Postado por

Amazona: Expressão do Amor

Amazona: Expressão do Amor
Print Friendly

De Suzana Ferrari (suzanaferrari@yahoo.com.br) – Maio/2006


Para Ativação do Portal Interdimensional

No momento presente a nossa civilização encontra-se na fase crucial do seu desenvolvimento, em que se faz necessário redescobrir a forma do “Viver Sagrado” como reverência ao Criador.

Este nosso novo olhar nos permite vivenciar situações do dia a dia, manifestando a nossa alegria de sermos e de estarmos presentes nesta etapa tão significativa para o destino da Terra.

Para que possamos nos conectar com esta Energia Transcendente do Existir, precisamos resgatar em nossa memória cósmica – os símbolos e arquétipos expressos na terceira dimensão física – por meio de atitudes e de comportamentos sintonizados com o estado mais Puro do Ser.

Mas como nos ligar ao Todo, se nos percebemos desconectados com a Fonte?

Como manifestar o nosso Eu Dimensional, se não nos sentimos inteiros, mas, meros espectadores do nosso próprio destino?

Talvez o primeiro passo seja retornar à Simplicidade do Existir e, voltar às Origens, quando interagíamos magistralmente com a natureza e quando reconhecíamos os habitantes dos espaços/tempos, que nos cercavam como irmãos da caminhada e parceiros da Magia da Vida!

Precisamos resgatar a época em que nadávamos nas cachoeiras, comungando com o elemento água e brindando Harmonia com os Elementais. Tempo em que pisávamos o solo com dignidade, respeitando seus limites, aprendendo com sua sabedoria milenar e quando éramos capazes de ouvir os pássaros e, maravilhados, não contínhamos na garganta o canto de agradecimento ao Mestre Supremo.

Enquanto manifestação física da polaridade negativa – feminina, receptiva, geradora da Energia do Amor, nós mulheres Amazonas, vivenciávamos naturalmente a criança interior, libertas de condicionamentos e de limitações e em constante brinde à existência.

Este estado de existir permitia que manifestássemos o Sagrado e, em estado de comunhão com as espécies, partilhávamos amor e pureza com os animais.

Tal processo de unificação nos possibilitava experimentar o movimento de “religare” com o Eu Cósmico e nos sentíamos unidos ao Propósito Divino.

Este propósito encontra-se atualmente no seu auge de realização, com a consagração energética da raça humana, através da sua graduação para a quarta dimensão e o seu desenvolvimento rumo à sua Origem.

Isso só será possível se cada um de nós ativarmos o nosso Portal Interior, nos ligando à Verdade Uma como faziam as Amazonas.

Este movimento de acender a nossa própria Luz acionará a Luz de nossos semelhantes e, como num encaixe, ativará o Portal Interdimensional, permitindo a manifestação da Luz Crística necessária ao processo de ascensão do nosso planeta.

Em apoio à consagração da Mãe Terra, convidamos para iniciar este processo a Mãe Energética – cada representação da mulher Amazona – resgatando em seu Memorial a sua verdadeira razão de existir e sensibilizando a humanidade para seu posicionamento rumo à Luz.

Segundo Jinarajadasa: “Por ser o homem um Ser Divino, a sabedoria é sua herança. E, não somente a sabedoria, mas, também o Poder – o poder de ousar, sofrer e vencer. Este sentimento de vitória, que traz em si toda a alegria, é a dádiva que a sabedoria antiga concede a todos que a nutrem.

Assim, num movimento uníssono e ascendente vivamos a Luz e sejamos capazes de manifestá-La, por meio da expressão maior de Cristo.

Translate »