Postado por

Bilu e a sua presença instantânea em vários pontos

Bilu e a sua presença instantânea em vários pontos
Print Friendly

As imagens logo a seguir foram fornecidas pelo Projeto Portal e foram retiradas de uma filmagem feita pela equipe do programa CQC da TV Bandeirantes, no dia 08/11/2010, na Fazenda Hotel Projeto Portal. Nesta filmagem especial foi focalizado o ser intraterreno “Bilu” e a parte da filmagem de onde foram tiradas estas imagens durou menos de dois segundos. Os intervalos entre elas com uma determinada seqüência são de um trinta avos de segundo e estão apenas com os recursos computadorizados de ampliação e de uma melhor iluminação.

Os extraterrestres das quarenta e nove raças são seres semelhantes aos seres humanos, mas possuem tecnologias mais elaboradas através de um padrão vibracional muito mais alem do conhecimento da ciência tradicional. Os pesquisadores do Projeto Portal utilizando de leis inerentes ao seu mundo de atuação mental, buscam o conhecimento ao nível da Ciência Universal, voltados para as Ciências Paralelas. Buscam o conhecimento e a vivência que extrapolam as leis físicas conhecidas da ciência oficial.

“Bilu” quando interage com os seus interlocutores, ele trabalha a percepção extra-sensorial dos mesmos. E em relação à freqüência ultravioleta que utiliza para se mostrar, ele os auxilia antes no sentido que treinem a sua visão para que percebam a sua freqüência – coopera para que eles treinem a sua visão periférica, utilizando-se de seus meridianos periféricos vibracionais.

Com as imagens abaixo e que estão dispostas em determinada seqüência, se tem certa noção de como “Bilu” transformando a sua energia vibracional em luz física e utilizando de um vórtice de energia (“de um portal”), ele consegue deslocar-se instantaneamente para estar em vários pontos ou locais distantes ao mesmo tempo, utilizando-se de leis próprias para a quarta dimensão dentro da realidade do bioplasma. Quando “Bilu” adquire a capacidade de estar em dois ou vários locais ao mesmo tempo, ele está manipulando Leis Universais próprias para as realidades paralelas, com o intuito de gerar neste instante um campo em espiral em volta de si e aproveitar este momento que existem as condições necessárias para a fusão de espaços.




“Durante milênios os seres humanos têm vivido numa espécie de transe, encantados pelos poderes místicos da unidade de todas as coisas. Ajoelhados dentro de templos ou buscando pela expressão matemática da “mente de Deus”, procuram ansiosamente extrapolar os limites do meramente humano, buscando uma perfeição que não encontra em suas vidas”.

“A ciência como construção humana é uma narrativa que o homem cria para explicar o mundo à sua volta. As “verdades” que ele obtém como a lei da gravitação universal de Newton ou a teoria da relatividade especial de Einstein, apesar de magníficas, funcionam apenas dentro de certos limites. Sempre existirão fenômenos que não poderão ser explicados pelas teorias da ciência tradicional. Novas revoluções científicas irão acontecer no Mundo do Conhecimento” – Marcelo Gleiser.

“É necessário lembrar que o que importa não é chegar à Verdade Absoluta, mas é adquirir conhecimento. O que importa não é saber tudo, mas o querer saber” – Tom Stoppard.

“Busquem o Conhecimento” – “Bilu”.

É o momento do ser humano acordar de sua inércia mental de milhares de anos e adquirir uma nova visão da Realidade, agora que ele já começa através dos vórtices de energia interagir com as realidades paralelas e nelas, com os seres energéticos, dimensionais e planetários nas suas expressões de luz, nos seus veículos plasmados ou físicos. Aquele que de forma mais verdadeira busca/pesquisa com um objetivo maior no plano físico, ele sabe que os seus cinco sentidos são apenas “instrumentos” iniciais e temporários que com eles a sua inteligência e a sua razão utilizam para que ele “alcance” as Leis Universais, que agora mais inerentes ao seu mundo de atuação mental o possibilitam alcançar em outro nível de consciência com mais informação/conhecimento “a percepção viva” de outros planos de existência.

Translate »