Postado por

Ciência Lilarial: Energia Suprema, Ondas modulares

Ciência Lilarial: Energia Suprema, Ondas modulares
Print Friendly, PDF & Email

A Ciência Lilarial traz em seu bojo um novo conceito, que não se insere nos princípios e conceitos tradicionais de qualquer doutrina ou filosofia no mundo físico e que só agora está sendo melhor compreendido. Na comprovação desta teoria seus pesquisadores vão adquirindo uma aparente percepção filosófica ou, que existe uma conexão entre tudo e todos, através de um só Princípio, de uma só Lei.

Como esta ciência traz informações com conteúdo quase sempre desconhecido, ela traz junto também muita polemica, mesmo para aqueles que ainda no início a estudavam e que com suas informações faziam pesquisas.

Os estudiosos desta ciência para alcançarem melhor entendimento das informações “diferentes” por ela trazidas, devem primeiro remover de suas mentes alguns entendimentos, que até então eram para eles comumente aceitos como corretos.

Só assim com a certeza reforçada pelos dados já obtidos de suas pesquisas sustentadas pelas informações desta nova ciência, que eles devem esclarecer os demais, comparando estes dados com os da ciência tradicional.


A Ciência Lilarial menciona, que é a Energia Suprema a “condutora” das ondas eletromagnéticas moduladoras entrelaçadas de polaridades opostas e que presente em tudo (e em todos) não só neste universo físico, como também em outros e paralelos universos, ela é a Verdadeira Fonte que tudo modula, gera e cria. – Imagem de Dakila Pesquisas

A Ciência Lilarial é uma expressão em irdin, que foi o primeiro idioma da Terra em era muitíssima remota e que com ele as informações desta ciência podiam ser corretamente assimiladas e transmitidas.

Portanto, estas informações eram passadas por “metodologia didática” própria, que é inconcebível com os métodos de ensino de hoje com inúmeros idiomas e cada um deles ainda possuindo conceitos e interpretações impróprios para assimilarem e passarem informações da Ciência Lilarial.

A ciência tradicional ao pesquisar fatos e circunstancias que ainda os têm como “fenômenos”, ela assim os tem por não conseguir desvela-los, por não chegar em seu âmago. E ainda não aceita para eles resultados comprobatórios desta “outra ciência”, que não possui como ela “limitação técnica”, para entende-los e expressa-los.

Os participantes de Dakila são estudiosos da Ciência Lilarial, fazem pesquisas simultâneas com informações tanto do mundo físico, quanto de outros e paralelos mundos. Eles se informam e pesquisam tanto com dados das ciências exatas relacionados ao mundo real, físico e visível, utilizando-se de seus sentidos normais, quanto pelo processo puramente mental (paranormal) que utiliza de informações de mundos não visíveis, extra físicos ou paralelos.

Assim, os pesquisadores de Dakila em seus estudos, voltam-se não só para o conhecimento do mundo tido como real com dados fisicamente comprovados, como também pesquisam em função de informações oriundas dos mundos paralelos, que os pesquisadores da ciência oficial não os têm, por ainda não os alcançarem.


A Ciência Lilarial não só engloba a ciência tradicional dentro do enfoque das ciências exatas, que estuda e pesquisa o mundo físico, como também alcança e explica o que é por esta tida ainda como “fenômenos inexplicáveis”. A Ciência Lilarial os explica, utilizando-se de comprovações cientificas, que se relacionam em parte com o mundo físico, mas também indo além dele, alcança os mundos extra físicos ou, os universos paralelos – Imagem de Dakila Pesquisas

Os estudiosos de Dakila ao ampliarem duplamente seus conhecimentos mediante às suas duas fontes de informações, os da ciência tradicional e os da Ciência Lilarial, se veem constantemente brindados por surpresas, na medida em que vão se aprofundando nestes conhecimentos, os comparando e ainda, percebendo que as informações desta sua última fonte são praticamente ilimitadas.

O que é inexplicável para a ciência oficial tido como “fenômenos”, muitos deles para os pesquisadores da Ciência Lilarial já foram desvelados, tendo sua explicação ou causa quase sempre em mundos paralelos, que com eles os pesquisadores desta nova ciência estão cada vez mais conscientemente interagindo.

Como já foi mencionado, a Ciência Lilarial reúne a compreensão simultânea de dois mundos que se entrelaçam (físico e não físico) e, em função destas duplas fontes de informações que recebem, seus pesquisadores procuram de várias maneiras unifica-las em um só entendimento.

Neste tempo de transição planetária aqueles mais conscientes deste novo tempo e, mesmos aqueles não tão conscientes estão com suas mentes mais aguçadas, principalmente os primeiros mais perceptíveis estão buscando sem tanto mais com fantasias, clarearem suas mentes.

Procuram saber de maneira objetiva, como a partir do mundo visível da matéria “surgem” outros invisíveis e paralelos mundos ou, como se dá o entrelaçamento energético-vibracional com estas realidades.

Nesta direção em busca de respostas, a Ciência Lilarial com seu conceito e sentido vibracional de ondas modulares entrelaçadas de polaridades opostas quebram de início modelos assimilados pela ciência oficial, que não aceitando os fundamentos desta nova ciência, não dá respostas para muitos “fenômenos”.

Estas ondas se mostram energeticamente como vibrações em frequências tanto positivas, negativas e neutras, modulando todos os acontecimentos/”fenômenos” do universo, portanto são responsáveis também por tudo o que acontece na Terra.

As ondas moduladoras estão indiretamente relacionadas aos “ fenômenos” conhecidos como dança dos corpos, radiações difusas e malha eletromagnética, entre outros.

A ciência tradicional já tem dado alguns passos na descoberta dessas ondas, com o estudo do que se conhece como radiação de fundo, som do Big Bang ou mesmo o Bóson de Higgs, mas ela ainda não tem noção que tudo isto faz parte das ondas modulares e que estas, pode-se até assim dizer, é a presença de Deus atuando.

O Big-bang tido como o instante do início de tudo no universo físico através de uma inimaginável explosão, o que aconteceu e que ainda continua acontecendo de acordo com a Ciência Lilarial, são as ondas modulares atuando não só neste universo físico, como também em universos paralelos.

De acordo com esta nova ciência não existiu “algo” especialmente diferenciado, que proporcionou uma colossal explosão inicial. Foram as ondas modulares primordiais, que vêm atuando desde do início e que continuam modulando tudo. São elas que vêm proporcionando a modulação de todas as coisas, portanto possibilitando o aparecimento de tudo.

Elas são a causa do surgimento deste universo, que nele continuam atuando e promovendo o surgimento tanto do que é inerte (matéria), quanto o que é animado (seres vivos).  E, sempre estiveram também regulando os universos paralelos, não fisicamente visíveis.

A descoberta de um conjunto de frequências de ondas eletromagnéticas conhecidas como Ressonância Schumann (em sincronia/vibração com as ondas modulares), abriu um novo campo de pesquisas para os cientistas da ciência tradicional, que apontam imensas antenas para diversos pontos do céu e que com elas possam captar estas ondas como frequências sonoras vindas do universo.


Gigantescas antenas acham-se atualmente apontadas para o céu, com o intuito de captar sinais vindos de todo o universo, inclusive aqueles associados à Frequência de Ressonância Schumann, em sincronia (vibracional) às ondas modulares – Imagens da Internet

Este conjunto de ondas eletromagnéticas são frequências sonoras regulando, modulando e sincronizando todos os corpos e, se os cientistas conseguissem diminuir a sua frequência, se pudessem espreme-las, até oculta-las transformadas em uma só para decodifica-las, perceberiam que elas “se mostrariam” como uma só “linguagem”/vibração cósmica universal, energeticamente “orquestrando” todos e tudo.

Nas ondas modulares estão inseridas codificações que regem o funcionamento de tudo neste mundo físico e em outros mundos não físicos (paralelos). Portanto, na Terra cada ser humano possui sua codificação ou sua frequência de onda, como também a possui os outros seres viventes e todos os objetos (matéria inanimada)

Todos os seres humanos em suas respectivas frequências ou, em suas assinaturas vibracionais devem estar em sintonia às ondas modulares. Aqueles que não estiverem nesta sincronicidade ((e na Frequência de Ressonância Schumann), eles estarão fora do correto/harmônico padrão energético-vibracional, quando ficam ora à mercê das energias/sentimentos de frequências positivas (unificadoras, somadoras), ora à mercê das energias/sentimentos de frequências negativas (desarmonizadoras, separadoras).

E, como a humanidade principalmente nesta ocasião passa pela sua fase de transição, irradiando mais energias/sentimentos em frequências negativas, aqueles que absorvem mais as energias destas últimas frequências, ficam naturalmente mais à sua mercê.

Entretanto, se eles restabelecem sincronia com este pulsar universal, harmonizando-se, tornam-se mais tranquilos, ficam mais seguros de si, saem de sua inconstância emocional, que antes os deixava mais propensos ao “jogo da dualidade”, com sentimentos e comportamentos de confrontos e de disputas próprios de uma realidade de terceira dimensão.


O conceito e o sentido de ondas moduladoras já de início descartam modelos assimilados pela ciência oficial – Imagem de Dakila Pesquisas

Aqueles que estão em sincronicidade às ondas modulares ou aos seus pulsares, estão compatibilizados com todas as frequências universais ou, com o universo. E, tudo então para eles começa a dar certo. “O universo conspira ao seu favor”.

De acordo com a Ciência Lilarial, o padrão vibracional de cada ser humano e dos demais seres viventes está inserido em cada um deles, como padrão da natureza. Ele se mostra quando orienta a emigração de aves em voos de longas distancias, quando quelônios e peixes voltam aos locais onde nasceram para desovarem e, quando os bebês ou filhotes procuram a teta de suas mães para mamar, entre muitos outros exemplos.

Estas atitudes não ensinadas são “assinaturas” que estão inseridas nas ondas modulares, e que são incorretamente mencionadas como procedimentos instintivos. Estes “impulsos” estão como informações no DNA destes seres e, neles adormecidas são estimuladas de acordo com suas necessidades.


O voo dos gansos selvagens deslocando pelo céu e salmões se esforçando subindo o rio em sua busca de um mesmo local para reproduzirem, também bebês ou filhotes mamando no peito de suas mães, estes procedimentos, entre muitos outros, mais que instintivos são direcionamentos, que já estão modulados/codificados em seus DNA – Imagens da Internet

A natureza é esculpida por “assinaturas” através das ondas modulares, que se acham nela inseridas como Sucessão de Fibonacci (também Sequência de Fibonacci), que modulando formas, cores e outras de suas características a constroem.


A Sucessão ou Frequencia Numerica de Fibonacci escupe a natureza, em sintonia às ondas modulares – Imagem da Internet

As ondas moduladoras estão também por trás dos “insights” acometidos àqueles, que os sentem “projetados” de seu subconsciente como instantes de reflexão e que muitas vezes com eles se descobrem possuidores de habilidades (mentais), quando então em seu cotidiano redirecionam seu pensar e seu agir de maneira mais harmônica, mais plena de realizações.

Nos seres vivos a estrutura de seu DNA em formato de hélice obedece a padrões, ao sofrer interferência das ondas moduladoras, principalmente o DNA no corpo do ser humano.

Tudo e todos sofrem interferência das ondas modulares, com cada um vibrando em sua frequência conforme sua densidade. Mas, no fundo essa vibração ou “dança de corpos” é de fato uma frequência vibratória universal, é uma só vibração quântica.

Dentro da sincronicidade ditada pelas ondas modulares o universo influencia a forma como os corpos são nele constituídos e, em função disto, o ser humano por ressonância ou em função desta mesma sincronia pode também através de seu mundo interior (na frequência de seu campo mental) influenciar gradativamente o mundo de outras pessoas.

Como todos estão conectados pelas ondas modulares, o ser humano ao pensar emite uma onda eletromagnética de determinada frequência, que um outro estando nesta mesma frequência pode capta-la e ter noção do que seu emissor pensou. E esta interação pode se dar também entre seres racionais e irracionais, mas de outra maneira.

O pensamento é uma onda que oscila na frequência de 0,3 ciclos por segundo, que é a mesma frequência do pulsar/vibração da galáxia, da Pirâmide de Saqqara/Djoser e dos cristais de formato tetraédrico (apatita/glândula pineal). Mais informações neste Site, no texto: Glândula Pineal ou Epífise.

As frequências sincronizadas interagindo entre si, estão sempre em comunicação através das ondas moduladoras primordiais.


Aquele que está em sintonia (pela mente/coração) com o pulsar do universo, ele se realiza mais facilmente – Imagem de Dakila Pesquisas

Aquele que irradia de seu campo frequências que estão fora de sincronicidade às ondas modulares, ou ele as ajusta, ou então o universo age por ele descartando-as e, com elas quem as emite. “Pode-se fugir da justiça humana, mas não da justiça de Deus”, menciona a sabedoria popular.

E ao contrário, se as frequências em seu campo de energia estão com elas vibrando em sincronia, ele mentalmente se potencializa. E ele vai realmente se realizando, vai se tornando possuidor de mais experiências, de mais entendimento e de mais sabedoria. “Ele vai mais consciente, se aproximando mais de Deus”

Na ausência de sintonia às ondas modulares, o pensamento daquele que assim se coloca, o leva às atitudes de desequilíbrio ou fora de padrões, ao “se por” mental e emocionalmente em desarmonia.

Ele ausente desta sintonia não evolui, porque dá costas ao seu mundo interior, distancia-se do que é em Essência/Luz Viva. Ele trilha o 4º caminho, distanciando-se das Linhas ABC de suas Três Linhas da Vida. Direciona-se sem rumo, tornando-se prisioneiro de sua própria incerteza, geradora de sua estagnação mental.

Aquele que busca a real sabedoria, ele está em sintonia às ondas modulares, já se percebendo na busca da verdadeira riqueza ou do real conhecimento, porque ele já sabe, que a ausência desta o torna possuidor da real pobreza.

Ele já sabe que a verdadeira sabedoria só é alcançada em suas experiências de vida, quando já transita mental e emocionalmente com independência, ou já livre do sentimento de julgamento tanto para o que tinha antes estabelecido como negativo (ruim), quanto estabelecido como positivo (bom).

Apenas com seu pensar e agir gerando a frequência de neutralidade em sintonia vibracional às ondas modulares, que em frequências opostas se entrelaçam para assim neutralizadas possam se fazer como uma só, para então tudo modular/criar, que ele também com elas em sintonia pela mente e pelo coração poderá assim realizar-se, tornar-se cocriador.

Aquele que já descartou de si sentimentos ambíguos, pode alcançar o Real Sentido Vibracional do Unitário, para exteriorizar em sua humanidade o Sentimento do Amor Universal e poder seguir em seu processo evolutivo não só nesta realidade, como em também em outras realidades mais vibráteis já ausentes de frequências geradoras de ambiguidade.


As ondas eletromagnéticas entrelaçadas de polaridades opostas através do DNA, que é por elas modulado, proporciona ao que é chamado de vida aos seres viventes – Imagem da Internet.

Aquele que percebe a presença energético-vibracional das ondas modulares como uma “batuta” regendo Leis Universais, que são instrumentos de causa-efeito e de ação-reação do universo, sua conduta passa a ser outra. Ele não se deixa mais conduzir emocionalmente por mistificadores e nem se torna “instrumento” mistificador.

A verdadeira oração vibra essencialmente a partir do coração daquele que modula os sentimentos de respeito, de compreensão e de amor, que traduzem procedimentos de somação, de união e de realização.

Aquele que está em interação vibracional com as ondas moduladoras, ele a partir de seu mundo interior torna-se “agente” dinâmico de realizações e, coopera neste sentido com os demais, para que sejam também “instrumentos” de realização é não fiquem à margem do caminho.


A sabedoria como sentimento de vida adquirido nas experiências do dia a dia está ligada à sincronia universal ou, ao saber que conduz os seres humanos em harmonia pelas ondas modulares – Imagem de Dakila Pesquisas

As pesquisas em Dakila não são feitas pela metodologia já conhecida pela ciência tradicional, mas seus resultados podem ser submetidos aos métodos postos por ela. Alguns de seus pesquisadores em seu cotidiano são profissionais de nível superior e também estudiosos em vários campos da ciência oficial.

E estes profissionais em alguns de seus estudos pelo enfoque da ciência tradicional viam, que as informações por eles obtidas chegavam até um determinado ponto e que a partir dele (dentro do raciocínio desta ciência), não obtinham os dados que procuravam.

Como os resultados procurados não eram achados, eles em busca de explicações, de respostas começaram a utilizar de uma outra lógica já com as informações obtidas em Dakila.  E, com elas obtendo os dados que necessitavam e com estes as respostas que procuravam, isto faz que os pesquisadores da ciência tradicional quase sempre se irritem.

O verdadeiro pesquisador deve possuir mente aberta, ficar receptivo a novos conhecimentos, pesquisar outras possibilidades, sem importar com críticas que estão sempre associadas ao “novo” e que nem sempre são construtivas.

Aquele que possui verdadeiramente mente cientifica, ele a tem aberta, ele é receptivo às novas ideias. Ele como um estudioso e pesquisador não se estagna às mesmices de sempre, mas com sua mente diferentemente acelerada alcança outros campos de informação e de aprendizado, não se limitando mais à didática com currículos pré-estabelecidos e muitas vezes insuficientes, ultrapassados.


A Teoria da Terra Plana defendida pelos pesquisadores de Dakila e a Teoria da Terra Esférica mencionada pelos pesquisadores da ciência tradicional geram intensos embates verbais entre eles – Duas primeiras imagens de Dakila Pesquisas e a última da Internet

O pesquisador de Dakila não deve se deixar aprisionar por modelos, que se mostrando como verdadeiros dogmas, limitam o conhecimento, bloqueiam o discernimento e proporcionam rótulos para tudo.

Rótulos que deliciam principalmente aqueles que com eles se julgam qualificar, ao se identificarem como “doutores” ostentando diplomas que com eles se sentem valorizados. Aprisionam-se pelos rótulos que carregam, limitam-se pelos seus diplomas, sem expandirem verdadeiramente o conhecimento, apenas valorizando a inteligência, sem alcançarem a real sabedoria.

São incapazes de mentalmente se abrirem, de extrapolarem do mundo da realidade física “construído” pelo raciocínio apenas com a lógica de seus cinco sentidos, que lhes transmitem informações e conhecimentos insuficientes, para que possam alcançar o entendimento/percepção mais amplo de outros e paralelos mundos, que existem e que “funcionam com outra lógica”.

Eles sem possuírem a verdadeira sabedoria, não podem perceber as realidades paralelas, não conseguem constata-las realmente pela sua mente e pelo seu coração. São “letrados”, mas continuam sob o controle do Sistema, que neles atua como forças externas inibidoras.

Forças que não deixam de fato se conhecerem, se interiorizarem e sem mais empecilhos alcançarem a verdadeira realização. A expressão de sabedoria está no coração e na mente daqueles que pensam e agem conduzidos por sentimentos que unificam, quando todos então “se entrelaçam em sincronicidade e tornam-se cocriadores, sejam eles “doutores” ou não.


A verdadeira sabedoria é expressa através do coração e da mente daqueles que pensam e agem em sintonia às ondas modulares – Imagem de Dakila Pesquisas

Aqueles que estão em sintonia vibratória às ondas modulares, eles são formados pela vida e seu diploma é o universo que lhes fornece. O entendimento que agora possuem do que acontece em sua volta, ele é outro. Com outra percepção e com ela fazendo a diferença, procede não mais submisso ao controle da “Matrix”.

Agora, com suas mentes mais abertas e inseridos melhor em seus próprios mundos, mostram-se como estudiosos e pesquisadores já livres de antigos condicionamentos e, na medida que vão descartando-os, tornam-se paralelamente mais propícios ao desenvolvimento de suas habilidades mentais.

E as inúmeras habilidades mentais lhes proporcionam adentrar o mundo dos “fenômenos” paranormais, ao utilizarem seus outros inúmeros sentidos, além daqueles que comumente utilizam.

Mas, estas habilidades só vão ampliando e evidenciando, se eles estiverem em sincronia às ondas modulares, porque são elas que energeticamente as despertam, estimulando o DNA das células de seu corpo.

O paranormal deve ter como objetivo maior empregar sua habilidade (mental) extra-sensorial em benefícios dos outros e não só de si mesmo, só assim ao expressá-la, ele compatibiliza-se também com os ditames da Ciência Lilarial.

A Energia Suprema que conduz as ondas moduladoras vindas do centro da galáxia, ela é o que os seres humanos têm mais próximo do que chamam de Deus.  Com seu efeito sincronizador e modulador espraia-se pelo universo criando tudo e, especialmente todos que nele estão.

O Primeiro Principio ou Lei Universal procura explicitar esta modulação ao mencionar: “existem muitos planos de existência, muitos planos inferiores de vida, muitos graus de existência no universo, tudo dependendo do avançamento dos entes nesta escada, cujo extremo mais inferior é a mais grosseira matéria e, a mais superior sendo separada apenas pela menor divisão da Essência d’O Todo. Nesta escada de vida, tudo se move em cima e embaixo, cujo fim é O Todo”.


A Energia Suprema “inserida” nas ondas moduladoras entrelaçadas de polaridades opostas, com seu efeito sincronizador e modulador espraia-se pelo universo criando tudo, especialmente gerando todos que nele estão com características próprias, como alguns seres constituídos por tênues filamentos fluorescentes das fossas oceânicas (abissais), habitantes de uma profundidade que a pressão ali existente esmagaria o denso corpo humano – Imagens da Internet

Quanto mais o ser humano vai pela sua mente e principalmente pelo seu coração sintonizando à Energia Suprema, portanto se sincronizando também com a frequência moduladora que dela irradia/vibra, mais ele nesta sincronia vai irradiando-a de seu campo, mais vai modulando suas habilidades mentais paranormais, mais vai mostrando-se como cocriador.

A Ciência Lilarial ao mencionar as ondas moduladoras originadas da Energia Suprema atuando em tudo neste universo (e, em outros paralelos), aqueles que não possuem mente aberta ou percepção não mais limitada, não alcançam a compreensão da presença/atuação exterior desta Energia e, então se deixa mistificar prisioneiro de um “deus” criado pelo próprio homem.

Eles mentalmente ainda assim se limitam. Não conseguem sair de seu condicionamento cultural místico-religioso, para alcançarem a percepção de uma “Presença” verdadeiramente Cósmica Criadora e não de um “deus” que os fez (geneticamente) à sua semelhança, de um “deus” físico igual a eles, originado de um mundo também físico semelhante à Terra.

Eles não são capazes de dar seu salto quântico, de saírem de seu arcaico modelo mental, com conceitos alimentados emocionalmente por crendices, dogmas e outras limitações, que culturalmente sempre lhes foram impostas pelo Sistema.

Em cada ser humano vibra Centelha da Energia Suprema, que ele através dela pode consciente em sincronia às ondas modulares, sintonizar-se à Consciência Cósmica.

Sintonia mais do que nunca imprescindível, agora na mudança do modelo vibratório da Terra. E também do salto quântico da humanidade, que mentalmente sai da frequência da terceira dimensão com experiências com sentido energético dual ou com sentimentos conflitantes/antagônicos, para alcançar estado de consciência mais pleno, mais unitário compatível à quinta dimensão.


A Mesquita do Domo da Rocha e o Murro da Lamentações estão fisicamente próximos daqueles que os frequentam com seus corpos físicos, mas muitos distantes dos mesmos que os frequentam com seus sentimentos – Foto de Antônio Carlos Tanure.

Aqueles que estão em sintonia vibratória à Energia Suprema, estão também exteriorizando a vibração de sua Centelha através do sentimento do Amor Universal e, já vivenciando também a programação dinamicamente vibrátil, codificada em cada um deles, divinizando-o, porque “Deus quer só o bem de cada um de seus filhos

Esta programação não só acontece, se eles por livre arbítrio conduzido pelo egoísmo e pelo orgulho/prepotência auto programa, ausente de sintonia à Energia Suprema através de Princípios Universais, que com ela estão associados.

O caminho do bem é aquele que nele vibra a frequência da harmonia, é aquele que os caminhantes trilham a Linha B de suas Três Linhas da Vida. É aquele que nele mentalmente se modulam e alcançam sem empecilhos sintonia vibratória às ondas modulares e tornam-se cocriadores.

A vibração na frequência do sentimento humano do amor universal permite “aproximação” maior com Deus ou sintonia vibratória à Energia Suprema, porque soma, une, sem mais barreiras de conflitos emocionais.

E a realização desta modulação foi mostrada dois mil anos atrás pelo último “Mensageiro de Deus”, que mesmo inserido dentro de Leis para terceira dimensão as manipulou e as dominou, extrapolando-se fisicamente deste mundo e alcançando outros e paralelos mundos (ressuscitando/transmutando). E ainda, mesmo sendo combatido em sua época por forças repreensivas fundamentalistas, ele “venceu o mundo”.


A vibração na frequência do sentimento humano do Amor Universal, que soma, que une, permite “aproximação” maior com Deus ou, possibilita sintonia maior com a Energia Suprema – Imagem de Dakila Pesquisas

Energia Suprema/Deus “Onisciente, Onisciente e Onipresente”, ela assim se faz pela sincronicidade cósmica das ondas modulares não só neste universo físico, como também em todos os outros paralelos não mais limitados por espaço-tempo.

Na casa do meu Pai há varias moradas” é uma citação bíblica, mas despindo-a de seu sentido místico, percebe-se através dela, que não existe um só mundo habitável como a Terra, mas também outros mundos nesta condição.

E esta citação bíblica parece, que já está caminhando para a comprovação cientifica, com registros oficiais das presenças de óvnis inteligentemente manipulados, vindos de outras realidades ou de outros mundos, possuidores de conhecimento muito superior ao da ciência humana.


A Marinha dos Estados Unidos confirmou a autenticidade de três vídeos do Pentágono divulgados pela imprensa em 2017, que mostram objetos voadores não identificados (óvnis). O governo americano afirmou não saber o que são os objetos vistos nas filmagens, que eram secretas e que não deveriam ter sido divulgadas – Imagens da Internet

Os pesquisadores da Ciência Lilarial em Dakila possuidores de conhecimentos desta ciência mediante suas interações com as realidades paralelas, já sabem que seres inteligentes de outros mundos físicos e paralelos sempre vieram à Terra e, nestas suas interações ampliam seus conhecimentos, que procuram aplica-los em seu cotidiano, para que deem seus saltos quânticos.

Com outra visão de mundo que com ela age “diferentemente” com mais sabedoria, eles possuem agora, certeza que fatos, situações e circunstancias na realidade física não são acontecimentos isolados. Estes se entrelaçam não só neste mundo, nesta realidade de espaço-tempo, mas também se entrelaçam diferentemente com outros mundos, com outras realidades.

A Ciência Lilarial não circunscreve apenas ao que o ser humano vivencia na realidade física, para que tenha como verdade ou não o que é experimentado. A física quântica (especialmente a mecânica quântica) é que mais aproxima de seus fundamentos, mas mesmo ela está muito distante destes.

Algumas pesquisas cientificas no campo da ciência tradicional oficial que só agora começam a engatinhar, como as experiências de tele transporte com gastos gigantescos, os pesquisadores de Dakila que já possuem conhecimentos da Ciência Lilarial e deles utilizando através de algumas de suas habilidades mentais, preparam-se para realizar este “fenômeno”, que se dá quase instantaneamente e sem nenhuma despesa pecuniária.


A importância maior trazida pela Ciência Lilarial com as informações e os conhecimentos que transmite, é o benefício que eles proporcionam, ao estimularem àqueles que os absorvem o sentimento da harmonia que unifica, traduzido pelo equilíbrio de seus corpos físico, mental e emocional, que propagam para outros através de seus campos de energia – Imagem de Dakila Pesuisas.

A ufologia é tida por enquanto associada à ficção cientifica ou como assunto de consumo daqueles com tendência aos transtornos mentais. A mídia de um modo geral reforça estes estereótipos por conveniência, quando expõe o assunto extraterrestre não só ao que é fantasioso, mas ao mesmo tempo também ao que é perigoso.

Com meias verdades os veículos de comunicação de um modo geral distorcem o que informam, talvez por algum interesse oculto. Mas, o pesquisador de Dakila sabe por ele mesmo, que estar consciente em estado mental acelerado direcionado e já de posse de outro padrão evolutivo, nada tem a ver com esquizofrenia e outras patologias mentais.

Os seres humanos vêm sendo induzidos ao medo, quando o assunto são seres de outros mundos físicos ou paralelos. E aqueles que já intimamente os aceitam, não exteriorizam claramente o que já pensam, receando serem ridicularizados.

Em eras remotas seres de outras realidades já estavam na Terra demarcando-a. Milhões de anos atrás eles já analisavam o que colhiam e o catalogavam.

As informações passadas pela Ciência Lilarial transmitem conhecimentos e tecnologias que a ciência tradicional nem imagina.  Estes visam eliminar doenças, retardar o envelhecimento ou mesmo interrompe-lo, eliminando o sentido ou o porquê da experiência de morte.

Esta ciência proporciona àqueles que não só a pesquisam, mas também procedam de acordo com suas informações e seus conhecimentos, o que seres de outros mundos já assim procedem, alcançando condições inimagináveis de realização.

A atual rotina na existência do ser humano é nascer, crescer, morrer e reencarnar, ficando quase sempre nesta sequência repetitiva. Mas, a Ciência Lilarial lhe proporciona o conhecimento, que com ele ainda em sua vida físico-biológica interrompa este cansativo ciclo.

A busca do verdadeiro conhecer não é limitante e muito menos ainda imposto o que se deve conhecer. O verdadeiro conhecimento é rico de sabedoria, “explode” dentro cada um e se exterioriza.  Ele não é aquele que vem de fora imposto por regras e rótulos.

O verdadeiro conhecimento iluminado de sabedoria norteia-se pela voz do coração, quebra paradigmas e, aqueles que o possuem, com o agradecimento do universo tornam-se muito mais que “doutores”, transformam-se em cocriadores.


A Ciência Lilarial fomentadora de conhecimento e de sabedoria, proporciona aquele que o possui e o exercita, não passe mais pela experiência da morte, mas ressuscite-se, transmute-se. – Imagem da Internet


Texto baseado nas informações da entrevista de Urandir Fernandes de Oliveira à TVCH

 

_________________________

Lilarial é a ciência do futuro. O termo lilarial é originado do idioma irdin, relaciona-se à unificação das frequências eletromagnéticas do multiverso ou das realidades paralelas e da força modular.

O estudo da Ciencia Lilarial volta-se principalmente à convergência das ondas eletromagnéticas moduladoras do cosmo. O movimento da estrutura cósmica que a ciência tradicional chama de ondas gravitacionais, elas são na verdade o movimento dessas ondas moduladoras, que são duas frequências positiva e negativa, duas polaridades.

As polaridades moduladoras destas ondas fazem um caminho entrelaçado como se fossem duas hélices, comparativamente, ao símbolo das duas serpentes entrelaçadas do caduceu (símbolo da medicina) e também ao símbolo de Enki, o pai da criação.

E por elas possuírem um formato espiralado, contínuo-modulado, elas vão fazendo com que todas as coisas as obedeçam, as copiem e, por isso, são chamadas de ondas moduladoras.

Assim agindo as ondas moduladoras se mostram como uma lei, uma regra, que é emitida de fontes ou frequências que o homem não conhece ainda e que ele as tem mais próximo do que chama de Deus. Estas ondas sincronizam tudo, está em tudo, em todos os pontos, em todas as frequências e em todos. Ela controla e modula tudo.


Ondas moduladoras como se fossem duas serpentes entrelaçadas do caduceu (símbolo da medicina) atuam no multiverso – Imagem da Internet

A Ciência Lilarial menciona as ondas modulares, como moduladoras da vida, de todos os organismos, de toda a matéria e de todos os universos. Tudo que neles existe elas modulam, inclusive, todas infinitas dimensões.

Na vida de relação social humana é delas a força que organiza o pensar e o agir de todas as pessoas, como também o proceder dos demais seres viventes, ao sofrerem ação dessa modulação de maneira positiva.

Estas ondas vão em cada ser humano modulando-o, trabalhando sua forma, sua genética, sendo este um dos motivos que o faz diferente do outro, mesmos àqueles nascidos em uma mesma família, com mesma genética.

É com o conhecimento melhor do funcionamento destas ondas, que está o futuro da humanidade, como uma tecnologia ainda a ser descoberta, que esculpe e molda os futuros universos, as futuras gerações e as futuras pessoas ou, aquelas que ainda irão nascer. Com este conhecimento inesgotável o ser humano torna-se cocriador.


Nas ondas modulares já está moldado/esculpido o que ainda irá acontecer – Imagem da Internet.

A Ciência Lilarial como a ciência do futuro, está milhares de anos à frente da ciência tradicional, mas este não é o caso das realidades paralelas, que nelas seres já possuem a muito o conhecimento desta tecnologia avançadíssima, podendo moldar, criar e transformar a matéria, enfim, modificar tudo.

De uma forma mais simples ou “tecnicamente” mais compreensível Lilarial é uma tecnologia, que pode ser relacionada ao mecanismo mais óbvio, que é o da frequência de 0,3Hz.

Frequência que se mostra como o processo mais potente, mais poderoso e ao mesmo tempo mais fácil de ser direcionado, que é o da frequência do pensamento, atuando neste mesmo ritmo.

Com maior conhecimento da Ciência Lilarial os pesquisadores de Dakila podem agora, passar informações mais claras em relação às suas observações do mundo físico, metafísico, da saúde, da energia emocional e das técnicas de como manipular e desenvolver frequências, para que gerem abundância e prosperidade em todos os sentidos, visando o bem-estar comum.


A Ciencia Lilarial menciona ondas modulares, manifestando-se tanto no mundo do cotidiano humano, quanto no campo dos fenomenos imensuraveis e, mesmo alem destes. Elas são oiriginarias de uma mesma Energia, que comumente o ser humano a chama de Deus – Imagens da Internet

Aquele que não mais satisfaz apenas com meias verdades, não aceitando ficar apenas mais no superficial, ele deve olhar realmente para dentro de si e perceber que só existe uma crença no mundo, a crença oriunda de si mesmo. A crença de que ele pode de fato, se tornar cocriador.

Para isto, ele precisa equilibrar a sua mente e o seu coração, conseguindo se manter em harmonia com a pureza em ambos na vibração “de ser” ou, “o que é” de fato, para perceber o tamanho do seu poder de realização.

Inicialmente, pode parecer bem difícil mudar a sua frequência mental redirecionando seus pensamentos, para reprogramar o que já foi construído. A intuição é o primeiro pensamento, como sentimento mais sutil, mais verdadeiro. Ela informa de maneira instantânea como a mente deve funcionar, sem deixar dúvidas.

A emoção é o segundo pensamento, criando a dúvida, confusão (é cria da dualidade entre o positivo/bom e o negativo/ruim que existe dentro de cada um). Com ela o “eu” – “ego” está quase sempre predisposto a gerar conflitos, a não exercitar a arte de mudar, ao criar bloqueios que levam as doenças psicossomáticas.

Aquele que seus padrões de experiências estão ficando repetitivos, ele deve ficar atento, por que é indício de que o “ego” está dominando-o, tornando-se seu mestre compulsivo. Ele deve resistir, iniciando diálogo com “seu interior”, esforçando-se verdadeiramente para se conhecer e se tornar líder de si mesmo.

E se ele já alcança o processo de transformação interna, a energia que irradia de seu campo emerge naturalmente e com ela vai gerando em outros o sentimento de atração, de encantamento.

Na faixa de tolerância – Linha B das Três Linhas da Vida ABC, ele não mais se perturba tanto pela negatividade excessiva do egoísmo competitivo, quanto pela positividade excessiva do orgulho estéril. Nesta trilha torna-se mais fácil para ele exercitar a sabedoria da compreensão, deixando de lado processo corrosivo do julgamento, do confronto e do estado de estagnação mental.


Na medida em que mente e pensamento se alinham, vão gerando frequência de ressonância com o universo. E quando mais este processo se alinha com o fluxo universal, mais nítidas se tornam as sensações de certeza, de felicidade e de plenitude – Imagem da Internet

Os fundamentos da natureza são fragmentos da Ciência Lilarial compostos de sete pilares básicos que são: magnetismo, densidade, pressão, luz, onda moduladora positiva, onda moduladora negativa e onda moduladora neutra (tempo zero ou tempo do não tempo).

E as sete forças físicas que são derivadas dos fundamentos da natureza e que regem a Terra são: magnetismo, densidade, pressão, campo magnético, força escalar, força forte e força fraca.

E ainda a força modular positiva, negativa e neutra (tempo zero) compõe a energia primária de criação, que tem comportamento ondulatório. Ela especialmente estudada pela Ciência Lilarial permeia tudo o que existe.

Com o conjunto das forças magnetismo, densidade, pressão e luz (MDPL) que compõe os fundamentos da natureza os pesquisadores de Dakila já estão com ele comumente interagindo, quando é intensificado seletivamente em um período determinado de tempo.


Na estrutura do DNA do corpo humano com seu formato de hélice em sincronia vibracional (e estrutural) com as ondas modulares, está “o dedo” de Deus ou a presença da Energia Suprema dando vida a um ser consciente e especialmente emocional, um ser especialmente diferente no universo – Imagem da Internet

A emoção diferencia o ser humano no universo, ao lhe proporcionar condição de se tornar “deus” cocriador, a partir de seu próprio mundo interior. Ele originado da Energia Suprema, é uma partícula entre incontáveis delas lançadas nos universos. Mas, enquanto ele acreditar que precisa de um “Deus” distante e ao mesmo tempo protetor, ele continuará em sua inercia mental, e emocionalmente limitado.

O consciente humano “trata” em média 2000 bits por segundo, enquanto estima-se seu inconsciente trata 400 bilhões de bits por segundo. Daí, pode-se concluir o imensurável ainda da limitação humana em sua percepção consciente da Realidade.

Daí ainda pode-se supor, quantas informações ele está recebendo o tempo todo, sem perceber de maneira consciente esta sua gigantesca limitação/perda, que não o permite gerar conexões universais e se tornar mestre de seu próprio destino.

Quando se direciona algo para o universo é essencial que se tenha sensação de ser merecedor do que está se almejando. Caso contrário, aquele que assim não procede, ele está ainda em um processo (consciente ou inconsciente) de punição de si mesmo, gerando realidades punitivas.

Aquele que está experienciando estas realidades punitivas, ele quase sempre está vivenciando a concepção de um deus que pune, quando joga para ele tudo que sente.

Ele não alcança o entendimento/percepção que o universo não perdoa e nem pune, porque não julga e nem condena.  É ele próprio através de sua consciência que se julga, se culpa e se pune.

Cada centelha divina é uma fonte inesgotável de energia. Aquele que não recebe do universo aquilo que direciona para ele, não é por “escassez de recursos”, porque o universo (através das ondas modulares) é uma infinita e abundante fonte.

Quando se intui o que se almeja está próximo, significa também que está próxima a sua realização física. Quanto mais o pensamento é coerente com o sentimento e com a ação que dele se derivam, maior é a possibilidade de sua realização.

O salto quântico da humanidade aproxima-se.

A movimentação das Ondas Moduladoras e a aproximação de um novo corpo celeste está alterando o campo magnético da Terra e produzindo um colorido diferente rosa alaranjado no céu, indicativo dessas alterações.

As Ondas Moduladoras à frente deste corpo celeste provocam algumas anomalias. Os tons vermelho e alaranjado não são consequência de fumaça de queimadas/poluição. Cada vez mais o Sol irradiará estes tons, para no final se mostrar acinzentado com manchas e, quando “o céu, a Lua, e o Sol já não serão mais os mesmos”.


A cada dia o Sol se desloca cerca de 3º a 5º de sua posição normal. E houve um mês que se deslocou 45º. Este deslocamento é chamado de ECP19 em Dakila e a astronomia não sabe porque isto acontece. Mais informações neste Site, com o texto: Analema Solar/“Estrada ECP19” /Realidades Paralelas – Imagem de Dakila Pesquisas

Fonte de informação Dakila Pesquisas
Imagens Google

Translate »