Postado por

Consciência e Mente Cocriadoras

Consciência e Mente Cocriadoras
Print Friendly, PDF & Email

Se o ser humano souber de fato como sua mente funciona e assim souber também o poder que ela lhe proporciona, ele pode alcançar praticamente tudo necessário à sua vida.

Alcançar o que ele quiser, vibrando com sua mente em sintonia ao mesmo tempo nos níveis das frequências da quinta, quarta e terceira dimensões e utilizando-se respectivamente de suas forças/energias do pensamento (consciência), desejo e vontade ou, da Tríade também conhecida como “Pai, Filho, Espirito Santo”:

(Pai): Consciência/Pensamento/Quinta Dimensão
(Filho): Desejo/Bioplasma/Quarta Dimensão
(Espirito Santo): Vontade/Kundalini/Terceira Dimensão

Para a utilização deste poder de criação e de realização existem “ferramentas”, que já vêm sendo utilizadas por “ocultistas” já milhares de anos e que hoje não tão mais “ocultas” podem ser também utilizadas por qualquer um, desde que ele se prepare para isto.

Energia Mental
A energia mental quando em frequência ativamente acelerada e conduzida consciente na frequência do sentimento da harmonia, pode-se através dela alcançar o que deseja – Imagem da Internet.

A mente humana tanto como uma “escultura” pode ser moldada com determinada forma, como também pode ser refeita. E, com esta reconstrução mental o ser humano transforma-se em uma nova versão de si mesmo.

Para isto é necessário, que ele desfaça de sua antiga “escultura mental”, para que possa depois com “seus pedaços” ajusta-los, mas agora em nova modelagem.

Esta “remodelagem” é realmente difícil de ser feita, por ser emocionalmente dolorosa. Por este motivo não sendo comumente buscada pelo ser humano, ele não se deixa com mais constância se reinventar, reconstruir-se para uma nova e melhor versão de si mesmo.

Este seu reconstruir deve ser um processo constante de busca para uma nova e dinâmica versão de vida, que é só alcançada em suas experiências cotidianas na realidade física, se são cada vez mais esclarecedoras, facilitando sua remodelação comportamental com mais equilíbrio emocional.

Um remodelar por ser difícil e doloroso não é desejado, mas mesmo assim o ser humano de uma maneira ou de outra é impelido enfrenta-lo e se reconstruir em um constante aprendizado.

E quando este enfretamento é bem-sucedido, ele se sente até confortavelmente realizado por um determinado período, mas a seguir se sente novamente impelido a se remodelar, para alcançar com suas experiências de vida, o que percebe ser cada vez melhor para si.

Nesta sua constante busca procura cada vez mais se conhecer e se transformar algumas vezes mais rápido e outras vezes nem tanto reconstruir mental e emocionalmente seu mundo interior, para se sentir “mais inteiro” em sua inserção no mundo exterior.

E este seu reconstruir na medida em que vai acontecendo movido pela sua vontade, os ajustes dos pedaços de seus antigos padrões mentais vão sendo reajustados e, com eles sendo reconstruído nova versão que deseja de si.

Neste seu processo de reajuste, ele tem que se inteirar de como sua mente funciona. Tem que saber como seu poder/energia mental de afirmação acontece para se remodelar ou, entender o que é realmente ter desejo e como tê-lo, exercitando-se, para alcançar o que é comumente chamado de “fé”

Reconstrução Mental e Emocional
O ser humano deve mais constante buscar sua reconstrução mental e emocional, buscando-a em seu mundo interior para mais se esclarecer e, “já mais inteiro” melhor também se perceber em sua inserção no mundo exterior – Imagem da Internet

Em seu processo afirmativo de mudança, as afirmações que o ser humano faz neste sentido, elas devem ser especialmente positivas, mentalmente visualizadas e principalmente serem por ele sentidas, porque são seus sentimentos conscientes, os componentes mais necessários no processo de sua transformação mental e comportamental.

Tudo é energia, vibração e frequência no mundo das experiências humanas.

Os sentimentos humanos são no fundo energias/frequências (eletro) magnéticas. Se o ser humano ao se conduzir em seu processo mental de mudança, busca obter o sucesso almejado, ele deve saber que tudo é constituído de energia, apenas vibrando em inúmeras e diferentes frequências.

Ele através de seu corpo físico pode se tornar uma imensa e especial usina de força para gerar energia e estabelecer consciente frequência mental de sintonia com o que ele quer. Ele pode harmonizar realmente estes dois polos, através de sua natural e potente usina de força.

O primeiro passo para que ele alcance este seu desejo, é ele entender qual a frequência da coisa que ele deseja para si. E o segundo passo é alterar a energia de seu corpo, afim de sintonizar à mesma frequência da coisa desejada.

E quando isto é realmente feito, a atração acontece. É semelhante ao que acontece, quando é procurada na faixa de frequência ou de sintonia do rádio a estação desejada.

O ser humano utilizando de seu corpo físico, deve fazer coincidir a energia que dele irradia através de seu campo biomagnético (aura), à frequência daquilo que ele busca, para que aconteça o que é por ele desejado.

O gênio cocriador Nikola Tesla conseguiu realizar seus grandes inventos, que modificaram radicalmente a maneira dos seres humanos procederem no mundo de suas experiências, porque ele já entendia que o universo (e nele o ser humano inserido) é energia, vibração e frequência.

Tesla já tinha concluído que tudo é energia, mas cada coisa vibrava em determinada frequência, que com ela em sintonia poderia interagir e realizar muitas coisas e, foi o que ele fez através de seus inventos.

Ionosfera Repleta de Eletricidade Planeta Terra É Um Imenso Gerador De Energia Elétrica

Nikola Tesla Sabia Que O Planeta Terra É Um Imenso Gerador de Energia Elétrica
Nikola Tesla sabia que o planeta Terra é um imenso gerador de energia elétrica, possuindo sua ionosfera repleta de eletricidade, que poderia ser facilmente rearranjada e distribuída de graça para todos os seres humanos, mas este seu desejo de fornecer à humanidade energia limpa e infinita foi interrompido pelos desejos de outros, que naturalmente não foi o seu – imagens da Internet

Nikola Tesla não finalizou formalmente seus estudos no campo da física, entretanto era possuidor de memória eidética (memória fotográfica) e assim era capaz de mentalmente trazer à sua consciência a essência do conhecimento na forma de informações precisas, especialmente as informações visuais.

Ele era capaz de alcançar a essência do conhecimento, como alcançou ao delinear mentalmente seu Mapa da Multiplicação de maneira alternativa e simples, quando também mostrou sua genialidade intuitiva com a matemática.

Para isto ele pensou e agiu “fora da caixa” não mais prisioneiro de seus cinco sentidos, deixou-se levar mais intuitivamente em suas conclusões, para desenhar mentalmente um plano matemático baseado no número 3 e seus múltiplos 6 e 9.

De acordo com este seu plano mentalmente desenhado estes três números constituem a chave para se descobrir o funcionamento do universo e também como procede a natureza com as energias nela inserida. Mais informações no texto: Energia na Vibração da Frequência Tríade, no www.pegasus.portal.nom.br.

Assim, foi ainda sua percepção em relação às imensas pirâmides egípcias como transmissoras gigantes de energia, que ele se inspirou (intuiu-se), para construir meios de enviar energia sem fio.

Ele direcionava toda sua atenção quando buscava respostas para um objetivo almejado, como uma vez fez, nele concentrando sua atenção em torno de 19 horas diárias, por um longo período de 12 meses.

Com sua capacidade de concentração e de geração de ideias, Nikola Tesla praticamente inventou os tempos atuais, com o surgimento dos smartphones, wi-fi e sistema de alimentação elétrica CA, entre outros inventos.

Ele que nunca se importou em “acumular riquezas” morreu em total pobreza e sozinho em uma suíte de um hotel no ano de 1943, aos 86 anos. E logo após sua morte o FBI tomou posse praticamente de todos seus pertences, que muitos deles foram depois devolvidos à sua família, outros estão expostos em museus, mas outros como várias anotações e projetos que ele fez em segredo, permanecem guardados pelas autoridades americanas, portanto são apenas do conhecimento delas.

Corrente Alternada
Corrente Alternada foi fundamental para muitas das invenções de Nikola Tesla, que com ela através da eletricidade mudou a maneira do ser humano experienciar na realidade física. Este gênio cocriador mostrando seu incrível poder de concentração, disse em relação a um de seus inventos: “Mudo o desenho, faço melhorias e opero os equipamentos na minha cabeça. Para mim, não faz diferença se testo minha turbina em pensamento ou em laboratório” – Imagem da Internet

O entendimento que tudo no universo é energia, vibração e frequência, vale também para alguém que queira se sintonizar com outro alguém. E para isto aconteça, ele precisa antes sentir e reproduzir a maneira de proceder desta pessoa, sintonizando-se à sua maneira de ser ou, simplesmente “sintonizando-se à sua frequência”.

Em linhas gerais, esta capacidade é basicamente o que o bom ator realiza, quando dá vida ao personagem que interpreta, procurando antes sentir como é ou foi aquele/aquela que interpreta.

Um excelente ator tem a capacidade de mover sua consciência para uma determinada área de sua mente, que é responsável por “sentir” o personagem interpretado e reproduzir sua fala e outras de suas expressões.

Este mesmo fenômeno acontece também, quando alguém expressa afirmações positivas buscando autoafirmação. Neste momento ele está “interpretando” uma nova condição para si ou, tentando mudar sua energia, afim de corresponder ao que deseja.

E quando ele alcança sucesso com este seu intento, a lei da atração acontece, porque duas coisas passam a vibrar na mesma frequência ou, passa a acontecer “sintonia energética” entre quem deseja e o que é desejado.

A vida de experiência e aprendizado do ser humano é de manifestação e de resultado, que nele ele investe sua energia.

Ela se mostra onde ele coloca sua energia, que é irradiada de seu campo (biomagnético) e que a partir de um momento em “feedback energético” resultados começam a manifestar em sua vida. Eles se manifestam como experiências direcionadas para si positivas ou negativas, dependendo do que foi seu pensar e seu agir.

A energia não é positiva e nem negativa. Se ela é assim percebida, é pela limitação do entendimento do ser humano, que faz esta diferença. Ele ao colocar energia em qualquer coisa, ela se manifesta e pode crescer em função de seus interesses tanto aos que diz serem bons, quanto aos que diz serem ruins.

A energia antes de ser colocada em qualquer coisa
A energia antes de ser colocada em qualquer coisa, ela não é positiva e nem negativa. Transforma-la em boa ou ruim depende da consciência e do interesse de quem a gera – Imagem da Internet

O ser humano de um modo geral está se tornando “cria” de um mundo cada vez mais tecnológico, que está possibilitando abrir os horizontes de seu conhecimento e de seu entendimento, mas por outro também está o induzindo, a permanecer cada vez mais com inércia mental em sua zona de conforto, agora ainda mais ampliada.

Inercia mental neste momento ímpar da necessidade de transformação na frequência de vibração da Terra e do nível de consciência da humanidade, quando é muito importante que o ser humano saiba gerenciar a energia que gera e não a desperdiçando, mas sabendo conserva-la e acumula-la.

Só assim ele consegue dar seu salto quântico, saindo da frequência limitadora da terceira dimensão, para alcançar a frequência energética de maior amplitude de vibração da quinta dimensão.

Para que ele dê seu salto quântico, ele deve começar a ter noção que não é só mente, que é sobretudo consciência. E também saber que concentração, é sua capacidade de manter a consciência em si mesma sem dispersão por um longo período de tempo, quando ela se move pelas diversas áreas da mente.

O ser humano deste novo tempo deve-se acautelar, para não permitir que algo ou alguém de fora dele direcione sua mente e, através dela controle seus pensamentos (sua consciência). A “febre” dos smartphones que se espalhou pelo mundo, pode ser exemplo disto.

Entre outras tecnologias, o celular foi o que mais popularizou como instrumento tecnológico de comunicação e de informação, mas também se tornou instrumento corriqueiro de distração e de divertimento.

Aquele que faz de sua vida “sintonia à distração”, ele acaba por ficar nesta sua viciosa displicência mental e vai se tornando cada vez incapaz de se concentrar, para gerar e direcionar frequências energéticas como um cocriador.

Em sua grande parte, os seres humanos estão mostrando incapacidade de se manterem mentalmente focalizados e conscientemente sintonizados por um longo período em determinado objetivo.

Qualquer um que pratica alguma coisa por dez horas por dia, ele se torna muito bom nisto

Ao contrario daqueles que são mentalmente dispersos, um exímio pianista e um violinista, entre outros virtuosos instrumentistas se são assim chamados, não só se exercitaram no mínimo dez horas diárias com seus dedos em seus instrumentos, sobretudo se deixaram levar nestes momentos pela sua sensibilidade d’alma em profunda concentração, para atingirem frequências mais sutis de vibração.

Entretanto, o que acontece com os seres humanos de um modo geral é a “arte” da desconcentração”, na medida em que vão tomando consciência da “enxurrada” de informações diárias, como acontecimentos e situações de inúmeros outros aspectos quase sempre negativos de seu cotidiano, que são para eles trazidos pelos meios de comunicação de massa.

Apesar do ser humano não possuir noção do real significado energético vibracional contido nas palavras concentração e “fé” e assim não lhes dar a devida importância, elas estão no centro de todos os esforços, para o sucesso do que ele busca.

É através delas que ele alcança a realização de seu desejo, quando vindo do fundo de sua alma. É também através delas que ele autorrealiza como sua maior contribuição à humanidade, porque ele se eleva e ao se elevar, estimula seus semelhantes à sua volta também se elevarem.

Aquele que se eleva, ele eleva também todos em sua volta
Aquele que se eleva, ele eleva também todos em sua volta – Imagem da internet

Para o ser humano é quase sempre profunda sua dificuldade de encontrar seu propósito de vida, que não vindo naturalmente, deve ser procurado.

Aquele que desconhece seu propósito de vida, é porque não se volta realmente para seu interior, não mergulha de fato dentro de si, para perceber que as necessidades mais profundas de sua alma, muitas delas já estão plantadas em seu mundo interior e, se ali perduram como marcas de suas vidas passadas, porque são ainda necessidades a serem resgatadas em seu mundo físico e exterior.

O ser humano que mergulha cada vez mais em seu mundo interior, mais percebe o porquê da necessidade de se direcionar em seu dia a dia com pensamentos e atitudes iluminados pelos sentimentos da harmonia e do amor. São sentimentos de sua “voz interior”, que não sendo fisicamente ouvida, quase sempre passa despercebida.

Ele em sua busca de encontrar seu propósito na vida, está experienciando um propósito de prioridade através de um diálogo consigo mesmo, semelhante quando se procura conhecer ainda mais o melhor amigo.

Conversar consigo mesmo é a única maneira, de se perceber porque está neste mundo. Descoberta para ser alcançada é necessária firme disciplina, sem dispersão mental de energia.

O ser humano ao buscar se entender, ele experiencia situações que exige dele muito esforço e tempo de aprendizado. Entretanto, se ele busca referências nos conhecimentos já adquiridos por outros seres humanos, que ele as busque nos conhecimentos que irradiem a sabedoria da harmonia, para seu caminhar na vida torna-se menos longo, menos árduo.

Mas, mesmo ele auxiliado em seu caminhar na vida surgem-lhe barreiras, que deve transpô-las, para não se sentir desamparado, não se sentir indefeso com o sentimento de solidão, mas em qualquer situação se sentir mentalmente fortalecido pelo sentimento de intenso desejo/“fé” e, se perceber protegido e escudado por si mesmo.

Aquele que é possuidor do sentimento de “fé” em seu sentido vibracional e mais profundo, ele não se sente para baixo, não se sente emocionalmente disperso carregando “peso” dos sentimentos da tristeza e da incerteza, mas em qualquer situação se percebe na leveza dos sentimentos da harmonia e da alegria.

Frequência do Amor Universal
Aquele que vibra através de sua mente e de seu coração vibra em sintonia à Frequência do Amor Universal, ele se eleva e, em “Feedback Energético” se elevam também os que estão com ele em sintonia – Imagem da Internet

As experiências humanas na realidade física constituem um grande desafio, ao se mostrarem como inúmeras dificuldades, que devem ser enfrentadas e transpostas pelo ser humano.

Mas, elas se tornam mais fáceis de serem “desmontadas”, se ele já interage com tudo e todos ao seu derredor com pensamentos e atitudes positivas, que as busca antes de tudo dentro de si e não no ilusório mundo exterior ao derredor, através de algo ou de alguém.  Ele já neste patamar de consciência não fica mais prisioneiro dos sentimentos de dependência, de insegurança e de solidão.

O sentimento de solidão naquele que ainda não sabe se interiorizar, talvez seja a “chave que o fecha” como prisioneiro na prisão do desamor consigo mesmo e que não o deixa se elevar.

Aquele que se sente sozinho em seu caminhar na vida, quase sempre ele coloca sua esperança e sua felicidade em alguém ou em algo e, não as buscando dentro de si pela sua apatia e inercia mentais, ele sente dentro de si vazio e insegurança.

Diferentemente, aquele que constrói sua vida com os sentimentos de alegria e de felicidade e que procura compartilha-los com os demais, ele “virado para dentro de si” não transforma sua vida em “cegueira competitiva” de um “reality show”, mas motivo de gratidão pelo mundo de encantamento que nele vibra sua mente iluminada pelo seu coração.

Para ele tudo e todos em sua volta “são presentes”, que lhe foram dados pelo Criador, porque são “referências” que o estimulam seu aprendizado em seu caminhar do dia a dia, portanto com suas presenças não se sente solitário, mas agradecido.

O ser humano no mundo de suas experiências veio só com seu corpo físico e dele vai partir também só com seu corpo físico. Todos e tudo são apenas “referências” para seu aprendizado emocional, que ele diz bom ou ruim ou, nem tanto bom e nem tanto ruim, dependendo dos sentimentos que experimenta com suas “referências”, delas recebendo ou para elas os enviando como informações.

Ele em sua realidade cósmica é um ser universal, que no momento experiencia em um mundo exterior energeticamente de vibração dual e limitado, mas já percebe que todo seu poder de criação e de realização vibra ilimitado na frequência de realidade do seu sutil mundo interior.


O ser humano em sua realidade cósmica é um ser universal, que no momento experiencia em um mundo exterior e energeticamente denso, mas já percebendo que seu poder de criação e de realização, “está inserido” em seu sutil e vibrátil mundo interior. – Foto de Antônio Carlos Tanure

Concentrar-se principalmente nos dias hoje é muito difícil, porque não se ensina como fazer isto e, se algo não é praticado, não se sabe como fazê-lo.

Para fazer algo bem, deve-se antes exercita-lo, direcionando-se para o que está sendo desejado, como faz o bom jogador de futebol, que se torna “craque” ao fazer muitos gols, mas para isto ele treina.  E, quanto mais ele treina, mais vai se capacitando e identificando-se com as qualidades de um excelente jogador.

De um modo geral o ser humano é desatento. Ele passa maior parte de sua vida “distraído”, incapacitado de se mostrar com seu real poder criador. Ele não possui esta habilidade mental, que deveria exercita-la constantemente.

Tecnologias cada vez em quantidade sendo incorporadas ao seu modo de vida ou, mesmo impostas como necessidades em seu atual mundo de aprendizado, agravam mais esta situação.

Elas por si só não são ruins, desde que sejam manipuladas de maneira consciente. Aquele que as utiliza, deve ter sobre elas controle e não o inverso, para não lhe gerar dependência. Não existe manual que evite sua mente, poderosa ferramenta da consciência, gerar esta dependência.

Entretanto, ele pode e deve saber como sua mente funciona, porque só assim aprende controla-la, para focalizar no que realmente quer. Para isto ele deve pensar e agir sabendo-se a diferença entre mente e consciência.

cinco sentidos no mundo físico de suas experiências
Com sua mente o ser humano, uma criatura inteligente e consciente, pode sentir emoções e se informar através de seus cinco sentidos no mundo físico de suas experiências – Imagem da Internet

Metaforicamente, a consciência é como uma “bola de energia/luz” flutuante e a mente uma vasta área que por ela a consciência transita. Assim, a mente é constituída na realidade humana por “espaços” ou informações mentais (raiva, ciúme, sexo, felicidade, prazer, ciência e arte, entre inúmeros outros), que deles a consciência utiliza.

Portanto, a consciência como uma vasta “bola de luz brilhante” viaja pelos espaços da mente, podendo ir em qualquer um deles e “domina-lo”, quando o ser humano tem então consciência da informação ali contida.

Um filme com bom enredo e com boa direção e interpretação, é também um bom exemplo da interação entre mente e consciência. Aquele que acompanha na tela o enredo, experiencia momentos (espaços) de alegria, tristeza, ansiedade e pavor, entre outros, dependendo das imagens e dos sons, que ele vai vendo e escutando (tendo deles consciência) no transcorrer do filme.

Momentos de interação entre a mente e a consciência como os que acontecem com aquele que está assistindo o filme, são os mesmos que podem acontecer na realidade do dia a dia do ser humano, só que estes últimos quando acontecem, são de seu mundo real e não ficção de um mundo “de faz de conta”.

O ser humano está cotidianamente com sua consciência através de sua mente, tomando ciência de várias situações, às vezes triste, outras vezes alegre e outras vezes ainda de ansiedade, etc.

E nesta sua alternância mental e emocional que ele está comumente submetido, ele se torna incapaz de harmonizar e de concentrar, para poder focalizar no que realmente deseja.

A arte da concentração é a arte dele se manter direcionado consciente, para onde ele deseja. Ou, é a arte de manter sua “bola de luz”, sem a interferência proporcionada pelos seus cinco sentidos e, se por qualquer motivo ela se afasta momentaneamente, que se saiba trazê-la de volta, para mantê-la na frequência mental anterior.

É importante sempre salientar, que a mente é apenas o instrumento da consciência, que não deve sofrer interferências, na medida que transita pelos espaços da mente.

Quando o ser humano fecha os olhos físicos e “abre os olhos d’alma”, é sua consciência que “viaja” para onde ele deseja. Que ele saiba também “viajar” para outros mundos de frequências mais vibráteis/sutis, mas com seus olhos físicos abertos.

Ele ao se manter consciente, voltado para uma única coisa ou para um só objetivo por um longo período, ele exercita concentração, que lhe proporciona intermináveis benefícios.

A sua vida é um constante desafio, por ser tanto o resultado da energia que é gerada de seu campo biomagnético (aura), quanto para onde ela está sendo direcionada.

frequência energética em seu campo biomagnético (aura) frequência energética em seu campo biomagnético (aura) frequência energética em seu campo biomagnético (aura)
O ser humano experiencia no mundo de sua realidade física constantes desafios, ao gerar tanto diferentes frequências energéticas em seu campo biomagnético (aura), quanto para onde elas estão sendo direcionadas, já como informações em frequências mais vibráteis/sutis de luz/cor. – Fotos de Antônio Carlos Tanure

O ser humano deve ser persistente ao exercitar concentração, mantendo foco no que é por ele desejado. Para realizar o que ele quer, é necessário que ele continue com constante força de vontade, o que exige dele muito esforço focalizando mentalmente o que busca.

Vários procedimentos que ele os tem todos dias, muitos deles são não negociáveis como a necessidade de dormir, fazer higiene corporal e alimentar, entre outras.

Os procedimentos diários repetitivos são cansativos, mas por isto mesmo pela sua constância são exercícios que aprimoram sua vontade. Nestes momentos ele pode se esforçar para proceder da melhor maneira possível.

O esforço é primeira regra, para que o ser humano comece a aumentar sua força de vontade. E a vontade para que ele faça um pouco mais do que pensa que pode é a segunda regra, que leva à persistência ou à terceira regra, que lhe permite cotidianamente fazer ainda melhor, o que acha que pode.

Esforço, vontade e persistência são os sentimentos que dão o ser humano foco, para que ele possa consciente direcionar sua energia mental, para o que realmente deseja.

Aquele que desenvolve sua força de vontade, ele consegue controlar para onde sua consciência está indo. E se ele controla sua consciência, ele controla para onde sua energia está fluindo. A direção deste fluxo é onde se acham suas experiências (mentais) do dia a dia.

A “máquina” mais perfeita existente na Terra é o corpo humano. É perfeição divina por ser não só inteligente como também por ser consciente. E capaz de se refazer, se ela danifica (alguém machuca) em torno de duas semanas depois o dano é reparado (o machucado cicatriza-se), diferentemente da máquina criada pelo ser humano incapaz de se consertar.

Ainda mais, o corpo humano em sua singularidade possuidor de consciência exercita-se com o pensamento, quando manipula a energia mental para criar imagens (mentais), que podem ajudá-lo a projetar seu futuro.

Salto Quântico
O ser humano desta Nova Era se identifica pelo seu esforço, vontade e persistência, que permitem ele agora em outro nível de consciência dê seu salto quântico remodelando-se, já com sua frequência mental mais acelerada e iluminada pelo coração – Imagem da Internet.

Para melhor entendimento a energia procede como a água, que ao ser depositada em um recipiente, chega um momento que transborda. Assim também procede a energia gerada por alguém.

A energia gerada por ele se for algo desarmônico ou negativo vai crescer (transbordar) e se manifestar em sua vida. Do mesmo modo acontece se ele gerar energia se for algo harmônico ou positivo, irá por igual crescer e se manifestar em sua vida.

Conforme o ser humano movimenta-se em seu dia a dia na busca de seus objetivos, é para onde sua energia flui e, como ele gera só certa quantidade diária de energia, ele deve proceder com sabedoria ao direciona-la, sem gasta-la inutilmente.

Ele assim agindo consciente buscando seus objetivos, seu aprendizado no mundo denso de suas experiências torna-se mais fácil de ser exercitado e, fica para ele mais claro e mais fácil alcançar suas metas.

Frequência do Amor Universal
A energia que ser humano irradia de seu campo biomagnético (aura), vibrando em sintonia à Frequência do Amor Universal, é aquela que irradiada de seu mundo interior tanto o ilumina e o favorece com mais sabedoria no mundo exterior, quanto o favorece com mais intuição e interação com o não fisicamente visto ou, com os planos mais sutis/vibráteis de existência – Foto de Antônio Carlos Tanure

A repetição é a chave para o aprendizado, por proporcionar ao cérebro entendimento e automática realização. Portanto, a repetição é a melhor forma para programar a mente subconsciente.

O ser humano pode através de reprogramação mental, “aproximar-se” do que é do seu desejo, utilizando-se do poder da lei da atração com o uso de três exercícios fundamentais.

O primeiro exercício é com a técnica da hipnose, que permite acesso direto ao seu subconsciente, através de sugestões mentais, que vão ensinando o subconsciente a forma mais correta de imaginar/criar o que se quer. Esta técnica é de acesso direto, mas para utiliza-la é necessário muito cuidado, para que o resultado final seja o não esperado.

O segundo exercício ou técnica é através de afirmações mentais positivas, que nada mais são afirmações repetitivas no tempo verbal utilizado para falar de uma ação, que ocorre no momento que se fala (presente do indicativo) e que também podem ser utilizadas para falar de ações que acontecerão num futuro próximo.  A repetição destas afirmações é que dá maior poder para que elas funcionem, materializem-se.

E a terceira técnica de reprogramação mental é através da escrita, ao proporcionar àquele que mais constante a exercita, alcance novo padrão mental. Ele quando assim pensa e age concentrando sua atenção, vai sendo lhe proporcionadas reflexões através das letras, que já transformadas em ideias tornam-se mais fáceis de serem por ele materializadas.

A repetição é a chave para o aprendizado
A repetição é a chave para o aprendizado, por proporcionar ao cérebro entendimento e automática realização – Imagem da Internet

Estudos mais recentes da neurociência mencionam, que o desenvolvimento de cérebro humano se completa por volta dos 20 anos e que a partir desta idade, as funções cognitivas começam gradualmente a reduzirem, portanto já a partir dela é importante exercitar a mente. Alguns hábitos mencionados a seguir ajudam a manter a saúde do cérebro:

Hábitos que constroem uma reserva cognitiva, como o de ler, escrever, tocar instrumentos musicais, aprender um segundo idioma, viajar para conhecer novas culturas, entre outros.

Também manter uma rede de contatos e encontros presenciais com amigos e familiares, enquanto a idade vai chegando e se envelhece, porque menor nível de participação social ou, contato social menos frequente pode proporcionar sentimento de solidão e com ele o risco de aumentar o desenvolvimento da demência.

Ainda, praticar atividades físicas dentro da possibilidade de cada um, são também hábitos saudáveis. O cérebro depende de oxigênio e de outros diferentes nutrientes, portanto esta necessidade está diretamente ligada com o bom funcionamento do sistema circulatório.

E junto às atividades físicas alimentar-se de maneira saudável é também necessário, para que o cérebro possa funcionar bem e se mantenha por longos períodos em atividade. Dietas balanceadas com frutas, legumes e vegetais fornecem antioxidantes ao corpo e eles combatem os radicais livres.

Aquele que se abre às novas experiências, tem menor risco de seu cérebro entrar de forma acelerada em processo de declínio cognitivo. Se ele é possuidor de uma personalidade arguidora através de novos e mais constantes assuntos, ele possui uma poderosa ferramenta mental à prevenção de declínio cognitivo.

Pensar positivamente para assim agir, reduz o risco com mais idade de se tornar demente. E, esforço, vontade e persistência são sentimentos que dão força, para que se possa consciente direcionar a energia mental para uma velhice iluminada com sabedoria e com um corpo ainda saudável para realizar o que é desejado, mesmo em idade avançada.

“É importantíssimo cultivar o olhar positivo para a vida e não esperar com a idade colher consequências negativamente reais para sua saúde neural, porque aquele que espera se tornar cada vez mais lento e propenso ao esquecimento, esta sua atitude acaba por se tornar uma profecia autorrealizável”, explica Dr. Christian Jarrett, doutor em neurociência cognitiva, mestre em neurociência e autor, editor/colaborador de livros, abrangendo psicologia, neurociência, autoajuda e produtividade.

Esforço, vontade e persistência são sentimentos que dão força o ser humano
Esforço, vontade e persistência são sentimentos que dão força o ser humano, para que ele possa em qualquer idade direcionar sua energia mental e, mesmo já com mais idade tenha uma velhice iluminada com sabedoria, alegria, felicidade e com um corpo ainda fisicamente saudável – Imagem da Internet

O ser humano constrói no mundo de seus cinco sentidos – no mundo do “eu/ego”, experiências que são construções mentais, utilizando-se de suas energias emocionais como frequências ou sentimentos com todas as formas de conceitos, preconceitos, tabus, crenças e tudo mais, com os quais em seu mundo físico ele qualifica como sua realidade.

E por acreditar ser verdade a relatividade das coisas, que experiencia apenas com cinco sentidos em seu denso mundo, a maioria dos seres humanos não percebe que o mundo de suas experiências é ilusório, associado por alguns à ideia do Véu de Maya e por outros à realidade simulada mostrada no filme Matrix.

O Véu de Maya ou Véu da Ilusão esconde a realidade das coisas em sua essência. É uma expressão que procura identificar a ilusão do ser humano, que fica limitado apenas à realidade física ou, só ao que vê como informações através sua visão também física e de seus outros sentidos, sem que ele alcance consciente a “visão”/percepção (mental) de outras realidades ou de outros mundos com suas próprias leis.

Expressão Matrix foi tirada do filme com este mesmo nome, que nele o enredo principal é o domínio das máquinas sobre os seres humanos, que “vivem” em um mundo de simulação feita em computadores, com estes últimos (robôs) escravizando os primeiros.

Este filme possui semelhanças com a Alegoria da Caverna de Platão. Para este bastante mencionado filósofo da Antiga Grécia, o mundo das experiências humanas nada mais é que sombras ou, formas de manifestações imperfeitas, por isto os seres humanos (os presos na caverna) são cegos da verdadeira realidade.

Alegoria da Caverna de Platão e o filme Matrix se convergem às reflexões. Na primeira reflexão as sombras ou imagens que os seres humanos (prisioneiros) veem do mundo de fora da caverna, são projeções de objetos não reais, mas parecem reais porque eles nunca viram o mundo real.

Na segunda reflexão os seres humanos só veem o que mostram as máquinas, tornando-se difícil pelo filme Matrix, que eles acordem de um sonho contínuo, porque estão aprisionados em um mundo ilusório, incapazes de se libertarem.

Na realidade física o ser humano em sua busca continua da verdade, ele se submete ao dolorido e difícil processo de autoconhecimento, quando vai paulatinamente ficando “frente a frente” consigo mesmo (interiorizando-se), para se iluminar com a “luz da sabedoria” em persistente aprendizado

Ele vai aprendendo a sair das sombras de sua ignorância, possuindo com mais clareza a percepção de sua inserção à Realidade.

A alegoria da Caverna de Platão metáfora do filme Matrix
A alegoria da Caverna de Platão é análoga em grande parte à metáfora do filme Matrix, por proporcionarem reflexões ao ser humano relacionadas à necessidade de sua liberdade ou, à auto iluminação com autoconhecimento pela “visão” de seu mundo interior, para melhor perceber o porquê de sua inserção no mundo exterior e assim, alcançar com mais amplitude mental e consciência o significado de Realidade – Imagens da Internet.

A Nova Era que se inicia, é uma ocasião única que por ela passa a humanidade, ao se despertar de seu imenso sono de 25.625 anos.

O ser humano já começa a se despertar e a se libertar da densidade do mundo físico que o aprisiona, removendo o véu do entorpecimento mental, que o envolve.

Ele em frequência mental mais acelerada e em outro nível de consciência, já começa a buscar respostas não só mais no mundo de seus sentidos comuns – no mundo do “eu”, mas agora busca também respostas com mais clareza no seu mundo interior e, já começa a remover o Véu de Maya, intuindo-se de sua verdadeira realidade.

Ele já percebe, se ele existe no mundo físico de suas experiências, que é fundamentalmente constituído pela estrutura físico-atômica (externa) com energias bipolares opostas (prótons e elétrons), é porque nele em Ressonância ao Segundo Princípio (Lei) Universal, só pode manifestar experimentos mentais de dualidade, que são próprios à uma realidade consequente de informação mais complexa, como a de seu mundo emocional e mental de aprendizado, mas também de “sua prisão”.

Este Princípio Universal diz, que existe uma harmonia, uma correlação e correspondência entre os diferentes planos de Manifestação, Vida e Existência, porque tudo o que está incluído no Universo emana da mesma Fonte.

Em torno de dois mil e vinte anos atrás já tinha sido mostrado ao ser humano, como sair de sua prisão original ou, como “vencer o mundo”, por Aquele com sua maneira de pensar e de agir alcançou sua Ressureição/Transmutação.

“Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo ” – João 16:33

Apenas agora, ocasião de transição na mudança de sua frequência vibratória, que o ser humano começa a alcançar voo direcionando-se às frequências de realidades mais vibráteis/sutis e não ficando tanto mais mentalmente prisioneiro de seus sentidos comuns, que fortalecem mais o “eu”.

Ele só agora com mais clareza mental começa a aprender a sair do “vai e vem energético vicioso e de origem” que caracteriza seu mundo de experiências.

Mundo de suas experiências mentais comumente vivificadas pelas suas emoções, que se manifestam como energias de dualidade ou, que ondulam como frequências opostas em volta de conceitos ora como sentimentos bons, ora como sentimentos ruins.

Ele só agora começa a vislumbrar com sua “visão” mental iluminada pelo seu coração a existência de outras realidades, onde energias mais sutis e não mais bipolares circunscritas à noção do bom e do ruim e de espaço-tempo, vibram unificadas com outras Leis em sintonia à Frequência da Harmonia e do Amor Universais.

Ele já percebe que tudo na Criação é de Essência ou de Natureza Divina, portanto tudo é encantador, é sublime. Não existe o feio, não existe o inútil que deve ser removido. Na Dinâmica da Criação só existe a Somação como Manifestação de Amor e de Dádiva do Criador.

Percepção que só agora começa a ser alcançada por aquele, que já começa também a se libertar da ilusão forjada pelos seus sentidos comuns, através de sua “visão” que julga mesmo quando diz bonito e bom, porque já está registrado comparativamente em sua mente mesmo inconsciente o que é feio e ruim.


Xendra – Aquele que já se impulsiona consciente e em harmonia com sua energia mental, ele já interage com a luz originada de frequências dos mundos paralelos mais sutis. Para ele já “abrem portais” e, não mais se limitando apenas às informações do mundo físico de seus cinco sentidos, ele já começa a remover o Véu de Maya ou, não se sentir tanto mais prisioneiro da Matrix. Mais informações na Página Fotos analisadas, no www.pegasus.portal.nom.br – Foto de Antônio Carlos Tanure

As crenças populares nada mais são do que formas de polarizar o pensamento. O ser humano através de seu subconsciente que gera tais frequências, que podem ser polarizações positivas ou polarizações negativas.

Objetos, gestos e símbolos, entre outros referenciais representam algo que a maioria dos seres humanos já tem com eles uma relação, por exemplo o sinal da cruz, que é feito com respeito ao orar ou, ao ostentar medalhas e outros objetos com esse mesmo sentido.

Estes procedimentos são antes de tudo uma codificação e não necessariamente representação de positividade, que os pensamentos polarizam através da mente.

É a mente que cria estes códigos principalmente naqueles que estão com sua atividade cerebral em torno de 14 hertz ou abaixo disto. Eles quase sempre não possuem consciência de sua dependência mental destas crenças, que são quase sempre levadas a eles por alguém.

Diferentemente, aqueles que possuem atividade cerebral acima de 14 hertz e já em outro nível de consciência, dificilmente eles se deixam mentalmente envolver por estas crendices.

Quanto maior é a atividade cerebral do ser humano, mais ele é questionador, mais busca respostas e menos fica prisioneiro de dogmas, misticismos e de crendices de um modo geral, sem mais desenvolver em suas experiências cotidianas ilusões, como elas pudessem verdadeiramente construir seu futuro.

As crendices como são ilusões, elas acabam por induzir pela sua irrealidade àqueles que as cultivam o sentimento de insegurança, que os leva no final ao sentimento de medo.

A ausência de autoconhecimento, de auto iluminação e de sabedoria constituem as verdadeiras prisões do ser humano, por conserva-lo amedrontado e prisioneiro dentro dos limites de sua própria ignorância.

Muito do que o ser humano possui como medo é “vicio mental”, como o sentimento que ele sem motivo exterior justificável possui da escuridão física, possuindo-o apenas por ter medo do escuro.

Ele na escuridão física sem poder se exercitar com seus sentidos comuns, principalmente o da visão física, deixa-se levar pelo desequilíbrio emocional através do sentimento injustificável de insegurança, que o leva ao sentimento de medo.

A real dificuldade do ser humano é saber “crescer”, mas no verdadeiro sentido transcendente que se acha inserido nesta palavra. Quem alcança com sucesso este objetivo é aquele que cresce fisicamente, mas em sua espontaneidade continua com a alma de uma criança.

Só o Amor vence o medo, sentimento que bloqueia a felicidade humana, que é mais “inteira” ou mais constante naquele que “vê” o mundo ao derredor também com sua “visão” do coração. Com “visão” de sua alma que sendo mentalmente mais viva e mais iluminada, extrapola a opaca aparência de seu ilusório mundo físico.

imaturidade emocional através do sentimento da insegurança
Aquele que sem qualquer motivo exterior possui o sentimento de medo quando está na escuridão física, ele se mostra antes de tudo imaturidade emocional através do sentimento da insegurança, que nele se acha interiorizado – Imagem da Internet.

O ser humano em suas experiências na realidade física, “move-se” dependendo de seu ponto de vista ou, como através de sua frequência mental vai percebendo e sentindo as coisas.

Mas, aquele que já está de fato ajudando a construir a Nova Era, ele já possui lucidez de “pensar e de agir fora da caixa”, para ajudar a encontrar soluções criativas e diferentes relacionadas aos afligentes problemas e situações, pelos quais principalmente nesta ocasião a humanidade por eles passa.

Ele que está na Terra nesta ocasião da mudança de sua frequência vibratória, é para que auxilie o início deste seu Novo Ciclo Evolutivo e, por ter agora também percepção mais viva se foi criado em espírito/alma, foi para sua evolução eterna e, não apenas para ser possuidor de corpo físico em um mundo denso, que nele experiencia repetitivos ciclos nascendo, crescendo, trabalhando, envelhecendo e morrendo.

Ele já se despertou para sua condição de ser universal e, agora auxiliado pelas quarenta e nove raças está cada vez mais se libertando da escravidão mental e da prisão emocional, que ele como humanidade se submeteu por milhares de anos.

Com suas habilidades mentais em desenvolvimento, como suas percepções de clarividência, intuição e premonição, entre outras habilidades ele está cada vez mais tendo noção, que possui “algo mais” do que apenas corpo físico limitado por cinco sentidos.

Ele já em outro nível de conhecimento e de percepção já se intui que antes de tudo é Essência Criadora do Criador e, já começa a converter as energias negativas para ele direcionadas em energias positivas.

Conversão que se realiza, por ele já saber também possuir a capacidade como “veículo universal” de “trocar informações” com o Cosmo, que com ele sintoniza através da frequência de vibração gerada nos cristais de apatita, contidos em sua glândula pineal.

Olho Cósmico
Foto tirada no dia 07 de março de 2000, na Fazenda Boa Sorte, hoje Recanto de Havalon, Corguinho/MS. Registro fotográfico singular de interação do Sol com aquele que o fotografou, quando este astro se mostrou como “Olho Cósmico”.
Mais informações nos textos: “Fotos analisadas” e “Por trás dos milagres”, no www.pegasus.portal.nom.br – Foto de Antônio Carlos Tanure.

O ser humano no mundo físico de suas experiências exercita-se através de suas Três Linhas ABC da Vida

A Linha A representa o passado ou tudo aquilo que ele teme e que não quer que repita em sua vida, por isso esta Linha é representativa das energias de frequências na polaridade negativa. É a Linha “do não” ao mencionar, “não quero mais isso” ou “não faço mais aquilo”, mas acaba por repetir o que diz não querer e não alcança o que deseja.

A Linha C que representa o futuro é a Linha da frequência de polaridade positiva ou, do que deseja em sua vida, mas apenas ainda das possibilidades. Ela representativa do que ainda não aconteceu, é a Linha “do sim” ao dizer, “quero isto” ou “quero aquilo”, mas fica sempre no querer, sem também realizar o que deseja.

Finalmente a Linha B de suas Três Linhas da Vida é a Linha do Meio ou da Neutralidade, porque aquele que com ela se acha em sintonia pela mente e pelo coração não fica mais à mercê das Linhas A e C ou, não fica emocionalmente em desarmonia consigo mesmo por não fazer o que quer.

Ele na Linha B que tem ascendência vibratória sobre as Linhas A e C, não fica mais oscilando emocionalmente e assim, não fica esvaziando-se energeticamente, porque ele já percebe, que tudo na dinâmica da vida tem seu momento certo de realização.

O universo do aprendizado humano vibra em espiral e, neste “formato vibracional” o ser humano pode mudar a polaridade de suas experiências. Em outras palavras, ele pode estar em um momento na linha A (-) e em outro momento na Linha C (+), na medida em que vai mentalmente exercitando no mundo de seus cinco sentidos, o conjunto de todas suas emoções geradas pelo “eu/ego”.

Entretanto, se ele permanecer mais constante vibrando na Linha B, ele terá em sua vida controle de todas as situações, ou pelo menos de 80% delas. A Linha B por ser o caminho em suas experiências humanas que o leva à criatividade e à realização, ela deve ser sua reta e objetivo finais.

Frequência da Energia Sexual em Espiral/Kundalini
A Frequência da Linha B controla as Linhas A e C, ela é a Frequência da Energia Sexual em Espiral/Kundalini, que vibrando como Energia da Vida, é através dela que o Criador “Move-se” através da alma/espirito do ser humano, como sua Chama ou sua Centelha Divina – Imagem da Internet

Aquele que já em outro nível de consciência e já possuidor de frequência mental mais acelerada voltados à construção deste novo tempo, ele já é diferentemente percebido pelos mundos paralelos, que com ele estabelecem sintonia como “algo valioso”.

“Algo valioso” que devendo ser preservado, os mundos paralelos para ele começam mais diretamente fornecer “ferramentas”, tanto como informações gerais que facilitam seu trabalho de propagação, quanto informações pessoais que apenas interessam ele.

Mas, para estas interações com as quarenta e nove raças se mostrem mais constantes e mais fisicamente nítidas, ele tem que elevar a frequência de vibração de seu campo de energia.

Para isto, ele deve conservar de célula para célula do seu corpo, o máximo sem bloqueio elétrico, ingerindo menos alimentos com toxinas, conservando o peso ideal e observando o MDPL, ao o praticar como exercícios físicos dentro de suas possibilidades – Mais informações no texto: MDPL: Magnetismo, Densidade, Pressão e Luz, no www.pegasus.portal.nom.br

Seguindo estas observações, ele começa a se transformar em “antena de sintonia e de interação” de forma coordenada/continua com os mundos paralelos, através de sua atividade cerebral com ritmo em torno de 30 hertz/seg.

intraterreno Toth intraterreno Toth intraterreno Toth
A imagem (foto) translucida à esquerda é do intraterreno Toth, tirada no Platô em outubro de 1999, na antiga Fazenda Boa Sorte, hoje Recanto de Havalon, Corguinho/MS, no momento em que ele removeu” parte de sua “camuflagem”. A imagem do meio ampliada destaca seu rosto. E a imagem à direita foi trabalhada com uma técnica especial, para realçar parte do corpo deste “ser” da quarta dimensão, que possui altura entre 1,55m e 1,80m – Foto de www.pegasus.portal.nom.br

Alguns seres humanos possuem habilidades (mentais) excepcionais, que se manifestam desde a infância, outros as manifestam na adolescência e outros ainda com mais idade. Estas habilidades estão ligadas às suas mutações genéticas.

E cada uma destas suas habilidades está relacionada a um gene mutante, funcionando em seu corpo como um centro energético responsável por esta sua mutação.

Aqueles que já estão em sintonia com a Nova Era – os “diferentes” ou os “mutantes” já estão com suas mentes e seus corações ajudando a construí-la, impulsionados pela energia destes seus genes já modificados.

Os que nasceram antes de 1971, os genes mutantes já estavam neles presentes, mas estavam inativos e, só com o transcorrer dos anos a partir desta data, que foram sendo paulatinamente ativados pela Nave GNA.

A nave GNA ou a vibração na frequência desta “nave bioplasmada”, é que ajusta   ao nível do DNA humano alguns genes nele contidos, para que ocorra nos seres humanos profundas mudanças relacionadas tanto ao equilíbrio de seu corpo físico, quanto de seus campos mental e emocional.

Mudança que já estão neles acontecendo, ao serem deles removidas energias densas/toxicas sintonizadas à frequência da terceira dimensão. Energias como antigas memórias que estão sendo substituídas por outras, como informações em frequências mais aceleradas/sutis, compatíveis à vibração da quinta dimensão,


Imagens da sonda da nave bioplasmada GNA – Aqueles que nasceram de 1971 em diante, já nasceram “diferentes”, porque já nasceram com certos genes modificados, desenvolvidos e ativos. Mais informações no texto: Sonda da GNA, no www.pegasus.portal.nom.br – Fotos de Antônio Carlos Tanure

Os “diferentes” por irradiarem de seu campo de energia sintonia à “Frequência de Sábios Universais”, eles são questionadores, buscam respostas que sejam cada vez mais completas, para que fiquem cada vez mais também esclarecidos.

Existem muitos “diferentes” no mundo, mas grande parte destes seres humanos especiais não se destacam como deveriam. Eles não exteriorizam o que tem de melhor dentro de si, porque não desenvolvendo suas habilidades mentais, não alcançam interações com os mundos paralelos e assim, não possuem deles informações e conhecimentos privilegiados.

Muitos deles também não se destacam como poderiam, porque muitas vezes o sistema de poder vigente os impede de várias formas, por tê-los perigosos pela sua “diferença”, que os estimula a pensar e a agir voltados para dentro de si.

Mas mesmo assim, eles com suas próprias opiniões “pensando sozinhos” e sempre questionando, buscam se esclarecer e cuidando-se para não serem mentalmente manipulados.

Eles são as “sementes” que já estão sendo plantadas para que cresçam e se tornem em relação às gerações anteriores referências pelas suas habilidades mentais e nível de consciência muito mais amplos, que com eles estão se tornando “alicerce” sobre o qual está sendo erguido o início da Nova Era.

Eles são estas “sementes” para o surgimento de uma nova humanidade que pensa e age com nobreza, mas com a firmeza para mudar conceitos e valores, conduzindo-se com inteligência e sabedoria.

Eles quando estão fisicamente reunidos já são capazes com o auxílio das realidades paralelas alcançarem mais facilmente com sua “tecnologia mental” a frequência de materialização do magnetóide, que é uma biotecnologia relacionada à sua capacidade de realização, pois potencializa sua aptidão de concretizar as coisas.

Ao desenvolverem a frequência do magnetóide que tem relação com a frequência de Ressonância Schumann, eles estão exercitando suas habilidades, para despertarem suas faculdades extrassensoriais, principalmente adquirindo capacidade mental para alcançarem sucesso no que fazem.

Portanto, quando fisicamente reunidos exercitando-se como uma só força/frequência mental, buscam a prosperidade em seu sentido mais amplo, quando nela incluem também seu tempo de vida, que se tornando mais longo, podem investir mais em si mesmos.

Nesta frequência de modulação e de sintonia funcionam como “uma só biotecnologia” modulando/criando frequências, para com elas interagirem com a matéria e, ou com diferentes planos de realidade.

Em outras palavras, eles reunidos e vibrando mentalmente como “um só magnetóide”, tornam-se “uma só força tecnológica bioplasmática” e, nesta frequência modulam a energia mais rápido e podem mais fácil criar e realizar o que desejam.


Os “diferentes” e também “mutantes” por já possuírem certos genes ativos e desenvolvidos, ao desenvolverem a frequência do magnetóide e exercitarem reunidos como uma só força mental, eles se tornam moduladores ou criadores de frequências, capacitando-se como “uma só biotecnologia” interação com a matéria e, ou com diferentes planos de realidades – Imagens de Dakila Pesquisas

Em Dakila seus participantes chamam de Tecnologia Mental ou de sua Força de Criação a energia proveniente de suas habilidades mentais, que são comumente chamadas de paranormalidade em outros centros de estudo.

Como já foi mencionado, esta Tecnologia desenvolvida pelo poder de modulação que os “diferentes” a possuem dentro de seus corpos físicos, ela é evidenciada principalmente quando eles se acham reunidos, vibrando de maneira mentalmente acelerada e ao mesmo tempo em que experienciam frequências energéticas de positividade, como as dos sentimentos de satisfação e de alegria.

Sentimentos como frequências mentalmente aceleradas que são geradas por eles, para que seja mantida no grupo frequência de vibração necessária e, um (ou dois) possa dele se afastar, para acessar por exemplo sua “Placa Física”, em interação direta com as realidades paralelas.

O grupo mantém a frequência de vibração necessária através da energia emocional, gerando sentimentos positivos de várias maneiras, como conversando alegremente, cantando e, ou dançando entre outros procedimentos geradores de frequências energéticas positivas.

Aquele que já é capaz de “acender sua luz intuitiva”, já percebe que a única forma de transcender os limites do mundo físico de suas experiências e alcançar outras realidades de existências mais vibráteis ou “o reino dos céus”, é iluminar sua mente em sintonia à Frequência do Amor Universal.

E também, quanto mais ele com sabedoria irradia de si “luz do conhecimento”, mais se percebe mesmo com sua “pequenez física” ainda influenciada por instintos primitivos, vibrando-se imensuravelmente através de sua Essência/Centelha Cocriadora.

Vibração da Luz Viva Criadora
Com sua Essência/Centelha o ser humano é luz cocriadora vibrando em sintonia à Vibração da Luz Viva Criadora – Imagem da Internet

Quanto mais consciente o ser humano pensa e age com Sentimento do Amor Universal e assim se iluminando, mais irradia de si Luz Viva e mais se torna cocriador, transcendendo até mesmo o plano angelical. Transcendência que deve conquistá-la, aprendendo desde de agora com seu renascer d’alma de todos seus instantes de todos seus dias.

Ele se acha no momento em um plano de realidade, que nele se exercita com frequências energéticas por ele chamadas de emoções, experienciando o que conhece e chama de vida.

Emoções geradoras de sentimentos, que com eles se expressa de uma maneira, outra vez de maneira diferente e até mesmo de maneira totalmente oposta. Mas, são eles que lhe possibilitam se conhecer e no final se perceber como cocriador.

Inclusive, sentir-se mais unificado à Consciência Universal e Criadora e, aquele pudesse acessar sua “Placa Física” na escrita universal dos símbolos e obter informações que ao recebe-las (ano 2001), não tinha mínima consciência do que mencionavam e, só anos mais tarde (ano 2020) teve a compreensão do que significavam e do porquê delas.

Informações que delas ainda hoje lembra, mas não mais com os excessos emocionais daquela ocasião, de possuir sintonia mental às frequências de Guardião; Manipulador de Energias Paralelas/“Viajante no Tempo”; Possuidor da “Alquimia do Pensamento”; Transformador do Emocional; Propagador da Universalidade/Unicidade; entre outras informações, que de certa maneira são verdades inseridas em seus textos.

Hoje ele sabe que “viajar no tempo” é até possível através da energia mental e que “Alquimia do Pensamento” é com ela, que ele se exercita ao escrever, procurando “traduzir” para o mundo concreto/real, o que é do mundo abstrato/sutil.

Informações que delas não tinha mínima noção, mas que já eram verdades em seu “tempo futuro” e, que só muitos anos depois se confirmou no aqui agora, em seu “tempo passado”.

É comum em filmes de ficção cientifica, o personagem fazer viagem no tempo com seu corpo físico, indo ao seu passado ou ao seu futuro. Talvez esta informação visual (física/corpórea) seja recurso cinematográfico, para ficar mais compreensível o enredo àquele que o acompanha na tela.

O que é chamado de tempo transcende o espaço  ou, o real como é tido o corpo físico humano. O tempo é apenas “referência” espacial ou,  apenas “instrumento” que através dele a consciência pode experienciar  na densidade da matéria o espaço.

O tempo é eterno (da consciência) e o espaço é passageiro (da matéria/corpo). Eles são de naturezas diferentes na Manifestação, portanto o ser humano não consegue com um mesmo corpo experienciar em épocas distanciadas umas das outras por dezenas de anos, como pudesse fisicamente “viajar” do futuro para o passado e vice-versa,  como consta o enredo do seriado Dark na Netflix, entre outros enredos de mais filmes.

Agora, sem mais ficção cientifica a viagem no tempo é bem possível através da energia mental – ou no plano mental sendo conduzida pela consciência, que para ela não existem limites tanto de espaço quanto de tempo.

Quinta Placa Quarta Placa

momentos registrados de alegria e de felicidade momentos registrados de alegria e de felicidade
Nas duas imagens superiores e da esquerda para direita, a primeira imagem é da “Quinta Placa” e a segunda é da “Quarta Placa” já acessadas materializadas dos mundos paralelos. E as duas imagens inferiores são momentos registrados de alegria e de felicidade que continuaram após os acessos das mesmas.
Mais informações nos textos: “O Portal” e “No milharal a entrega da Quinta Placa”, no www.pegasus.portal.nom.br. – Fotos de Antônio Carlos Tanure

O ser humano de um modo geral” está mentalmente disperso e “perdido em sua modernidade”, não está conseguindo exercitar concentração voltada para o verdadeiro objetivo de sua presença no plano de realidade, que nele no momento experiencia.

Ele se tornou “cria” de um mundo cada vez mais tecnológico. O celular é o típico exemplo de seu mundo atual, como seu meio mais fácil e rápido de informar e de comunicar, mas   se tornou também instrumento tecnológico de sua distração e de sua desatenção.

Esta ocasião é de mudança na frequência de vibração da Terra e de todos que nela se acham, portanto é o momento de transformação dos seres humanos, para que possam sair da frequência de vibração do mundo que nele experienciam comumente limitados pelos seus cinco sentidos e, alcançarem já com sua Tecnologia Mental desenvolvida, sintonia e interação com outras realidades muito mais vibráteis e sutis.

Portanto, é muito importante o novo ser humano que está surgindo, aprenda a gerenciar sua energia, sem a desperdiçar, como também saiba acumula-la, investindo-a no que deseja, para que ela não só cresça como também multiplique.

Para isto ele deve exercitar consciente a concentração, sem se esquecer, que ele não é só mente, sobretudo ele é consciência que se move pelas diversas áreas da mente. E concentração é sua capacidade de manter a consciência em si mesma por um longo período de tempo, sem que ela se disperse pela mente.

A “visão” através da percepção do coração, não é de efeito passageiro como a visão física. E por ser uma percepção que se dá através da alma, é ainda mais bela, por não se restringir apenas às informações físicas.

Nas catedrais e em outras construções mais antigas para cultos religiosos possuem muitas informações, que estão associadas às outras frequências de realidades e que ali estão colocadas de forma simbolicamente oculta, caracterizando aqueles tempos muito “voltados ao ocultismo”.

Naqueles tempos muitas informações associadas ao transcende ou, ao que hoje é associado às realidades paralelas, eram passadas de maneira velada através da linguagem dos símbolos para o conhecimento de poucos, mas mesmo eles assimilavam estas informações com muito misticismo, portanto cheias de mistérios eram assim distorcidamente entendidas e transmitidas.

Nas duas imagens abaixo a primeira mostra o que está desenhado no piso da nave central da Catedral de Santa Maria del Fiore em Florença, Itália e a segunda é a imagem/foto da espiral que se formou através da energia mental daquele que acessou a “Quinta Placa Física”.

Acesso em um instante que ele em frequência mental especialmente acelerada e já em outro nível de consciência e de percepção “transformou-se em portal vivo” ou em “vórtice energético vivo” através de seu campo de energia (biomagnético), para alcançar na realidade paralela do futuro e, dela trazer em escrita universal dos símbolos informações relacionadas com seu compromisso na realidade física do agora.

ponto zero instante que gerou o vórtice/“portal” com a energia do campo daquele que “se transformou” em “portal vivo”
Será mera coincidência nas duas imagens acima o formato afunilado da espiral, que na primeira imagem forma a partir de seu ponto central, que é também chamado de “ponto zero” no centro da segunda imagem (foto), que mostra o instante que gerou o vórtice/“portal” com a energia do campo daquele que “se transformou” em “portal vivo”, para acessar da realidade paralela sua “Placa Física”? Mais informações nos textos: “O Portal” e “No milharal a entrega da Quinta Placa”, no www.pegasus.portal.nom.br – Primeira imagem da Internet e a segunda imagem (foto) de Antônio Carlos Tanure

A Via Láctea, a nossa galáxia tem a forma de espiral. É composta por três elementos principais: disco, bojo e halo. O disco é constituído por bilhões de estrelas, poeira e gases, sendo responsável por mostrar o formato de espiral. O bojo fica na região central, é circular e contém estrelas mais velhas, de cor avermelhada.

E em seu centro está sagitário A, que é um buraco negro supermassivo, com cerca de 35 milhões de quilômetros de diâmetro e uma poderosa fonte de ondas de rádio.

Via Láctea buraco negro – Sagitário A
É no centro da Via Láctea (primeira imagem) que está o buraco negro – Sagitário A (segunda imagem), vibrando como o “ponto zero”, gerando o vórtice de energia com a forma de espiral e “marcando” em seu interior o “outro lado” de uma realidade com suas próprias leis – Imagens da Internet

O ser humano quanto mais se integra à natureza, mais ele se mostra em sintonia ao que de fato fisicamente é. Ele enquanto em corpo físico é natureza e assim se percebendo e se sentindo, se conduz com mais clareza como extensão do Criador.

Ele se expressa mais com sentimento de harmonia e mostra-se também mais constante com o sentimento de felicidade, por se sentir consciente com mais alegria, inserido no ambiente ao seu derredor.

Se a desarmonia e o desamor perduram entre os seres humanos e ainda deles com a natureza, é porque principalmente com ela em total ignorância de si mesmos, procedem com autodestruição. Esquecem que na realidade física onde ainda se acham com corpos físicos, são também natureza.

Aquele que busca o conhecimento, busca antes de tudo se conhecer, para mais esclarecido se tornar mais presente. E mais atuante poder auxiliar mais constante na construção de um novo mundo com mais justiça e fraternidade, que reflitam o sentido mais verdadeiro de Universalidade, de Unicidade.

Sagitário A – O buraco negro no centro da nossa galáxia espiralada, emite som que lembra em intensidade e vibração a Escritura, que menciona “ anjos” com seus cânticos de louvor, são participes e arautos do Criador, que em Constante Movimento de Modulação, está Tudo Criando e Renovando – Som e imagem da Internet.

Apenas quando o ser humano remover o Véu de Maya poderá de fato “ver”, que pertence antes de tudo a realidade de um outro mundo. Mas, esta percepção é só alcançada, se ele possuir frequência mental mais acelerada e iluminada pela luz do coração, que é só “acesa” em seu cotidiano com seu pensar e com seu agir movidos pela compreensão, respeito, tolerância e bondade, entre outros procedimentos fraternos que levam à somação, à união.

O ser humano com seu “mecanismo cérebro-mente” se insere ainda no mundo da luz física ou da luz eletromagnética, enquanto com sua consciência ele pode se perceber na Realidade de Luz Viva, se com ela vibrar em sintonia na Frequência do Amor Universal.

Ele quando experiencia em seu mundo físico e diz “viver sua vida”, ele quer dizer, que está utilizando de um corpo denso, para com ele experienciar inúmeras energias em diversas frequências que as chama de emoções e, com elas moduladas à frequência do sentimento da harmonia construir a “ponte”, que o leva, libertando-o do mundo denso que se acha prisioneiro, à outra realidade de existência mais vibrátil, mais sutil.

A humanidade é prisioneira de um sistema global e dominante de poder, que a manipula com ideias voltadas aos seus interesses imediatos e que assim agindo dissimuladamente, não é percebido.

Mensagens subliminares são empregadas por este sistema global de dominância, ao dissimular e impor suas ideias através de informações, que comumente os seres humanos não têm delas consciência, mas mesmo despercebidas ficam registradas no subconsciente daqueles que ainda não alcançaram frequência mental acelerada e nível de consciência em sintonia à Frequência da Nova Era.

A imagem que se forma através dos traços abaixo é tida por muitos como resultado da “ilusão de ótica”, entretanto ela pode também de certa maneira, ilustrar o que é informação na forma de uma mensagem subliminar.


Fixe o olhar (sem piscar) um pouco mais perto da tela do computador e apenas nos quatro pontos no meio da figura, ao mesmo tempo em que vai contando mentalmente de 1 a 10. Logo a seguir rápido continue a olhar fixamente para a parede ou outro anteparo à sua frente também por dez segundos para ter uma informação que antes não era vista, mas neste caso é uma agradável informação visual – Imagem da Internet.

A única riqueza que o ser humano leva dessa sua densa e prisioneira realidade, é a Energia na Frequência do Amor Universal, que continua a vibrando em outra Frequência de Realidade, onde a Luz Criadora mais presente se mostra mais viva à percepção de seu espirito/alma e não mais a luz eletromagnética de sua visão física.

O desamor é o flagelo que açoita a humanidade, por gerar à família humana a desunião através de questões econômicas, políticas e sociais, entre várias outras questões. Desunião que o atual sistema dominante de poder está dela ainda se prevalecendo, para continuar a dominar.

Mas, a Nova Era também chamada de Era de Aquário por alguns e de Era Dourada por outros ou, por qualquer outro nome que se queria dar para ela, o que é nela determinante, é sua sintonia com a atuante frequência na vibração da energia feminina, que já começa a construir um novo tempo de sensibilidade, criatividade e realização no mundo físico das experiências humanas.

Um novo tempo já começa a se mostrar especialmente movido pelo potencial criativo da mulher, que é possuidora de trinta e nove canais mentais, enquanto o homem os possui só a quantidade de dezoito canais e, como consequência ele possui muito menos amplitude criativa pela sua muito menor percepção/intuição do que ela – Mais informações no texto: Energia Feminina e a nova humanidade, no www.pegasus.portal.nom.br

Cenáculo, Jerusalém Cenáculo, Jerusalém Cenáculo, Jerusalém
Foto tirada no Cenáculo, Jerusalém, no ano de 2014. O ser humano em frequência mental acelerada e estado alterado de consciência, ele através de seu “mecanismo cérebro-mente” transcende o mundo denso e de sua visão da luz física (eletromagnética), para alcançar com sua visão d’alma a Luz Viva de outros planos de realidades. Mais informações no texto: “Voltando ao passado buscando o futuro”, no www.pegasus.portal.nom.br

O ser humano do início deste novo tempo é comparativamente como uma criança, que acabou de engatinhar e que ele só agora começa a caminhar, dando tropegamente seus primeiros passos, para se descobrir e se inserir à família universal.

E se ele já está “se descobrindo”, é porque já percebe que deve “vencer o mundo”, não se deixando mais “se tornar consumidor desenfreado do que o consome”, ao satisfazer cada vez mais sua insensatez na densidade do mundo de seus sentidos.

O mundo da dualidade que nele experiencia é para que ele conheça sua verdadeira realidade, ao “amalgamar” seus extremos emocionais e no final, tenha mentalmente consciência com a Frequência/Sentimento da Harmonia, a beleza e o encanto de se somar e, Se Sentir Unificado.

 

Fontes de consulta:
https://www.youtube.com/watch?v=WOQykEIIOVM&t=371s – Isso foi mantido em segredo pelos monges por milhares de anos – lei da atração
Como encontrar o seu propósito | Monge Dandapani – You Tube
Como permanecer inabalável quando a vida te derrubar /Dandapani – You Tube
Foco inabalável | Dandapani – You Tube
Como aumentar a força de vontade? | hábitos do monge Dandapani para desenvolver a força de vontade – You Tube
Direcione Sua Energia e manifeste o Que Quiser (Técnica dos Monges) / Dandapani – You Tube
Desenvolva Autodisciplina e a Força de Vontade de Um Monge – You Tube
https://www.youtube.com/watch?v=kF4MTVFsNxo
Obrigue sua mente te obedecer
https://www.heliocouto.com/single-post/o-que-%C3%A9-a-matrix
Matrix – Filme da semana – Só Filosofiahttps://filosofia.com.br › vi_filme
Dakila Pesquisas

Translate »