Postado por

Despertam-se os Seres Universais

Despertam-se os Seres Universais
Print Friendly

 “O maior instrumento de poder de que se tem notícia  encontra-se dentro de nós: o nosso pensamento. Como a eletricidade, o pensamento produz resultados de acordo com o uso que se faz dele. O fato é que estamos continuamente interagindo com o Cosmo, emitindo e recebendo vibrações, e assim, criando as experiências que vivemos”.

“Ao tomar consciência do poder do pensamento, conquistamos a chave para abrir as portas que levam à realização dos nossos desejos mais profundos. Depois de Einstein e da física quântica, não há como negar que, em essência, somos energia”. 

“É essa energia se consubstancia na matéria, se transformando em corpo, mente e emoção. Se temos bons pensamentos e nos mantemos em sintonia com as correntes vibratórias carregadas de energia positiva, nos tornamos capazes de realizar as ações que nos levarão à felicidade”.

“Os pensamentos nos fazem sentir emoções variadas. Essas emoções, por sua vez, influenciam a nossa mente, o nosso organismo e a nossa saúde, ajudando a nos manter saudáveis e bem dispostos, quando são positivas, dependendo do cuidado que temos com aquilo que abrigamos em nossas mentes”.

“Assim, se queremos ter relacionamentos amorosos felizes, o primeiro cuidado a ser adotado é em relação aos nossos pensamentos. A lei da sintonia, como toda lei espiritual, pode não ser aceita ou compreendida, mas nem por isso deixa de produzir efeitos. Assim como a gravidade atrai os corpos para o centro da Terra, os nossos pensamentos têm o poder de atrair para nós aquelas realidades que desejamos viver”.

“É necessário reconhecer as próprias qualidades e a potencialidade que trazemos dentro de nós e que nos torna capazes de crescer, aprender e avançar. Só é possível dar aquilo que se possui. Apenas quem é capaz de se amar e de se valorizar pode amar e valorizar o outro”.

“O caminho para uma boa auto-estima está em cultivar bons pensamentos e ter em mente que eles são a nossa companhia mais constante. Temos a opção de escolher a cada momento, o que abrigamos em nossas mentes” – Jael Klein Coaracy

 

 ___________________________

 

A Era de Aquário está agora iniciando e para com ela sintonizar e interagir (vivenciar) já com uma nova visão de Realidade, deve se valer de novas informações – daquelas relacionadas às Ciências Paralelas. Não se deve mais se limitar apenas às informações  vindas do mundo real, mas buscar também aquelas outras que proporcionem melhor compreensão e percepção de outros planos de existência – das realidades Paralelas.

Neste Novo Tempo o “milagre” será o próprio homem, ao se perceber ser ele de fato o seu “próprio milagre” no exercício de sua capacidade mental voltada à Realização e ao uso de sua Vontade empregando o que ele tem naturalmente – o processo físico/bioquímico de seu corpo.

Ele compreenderá que está nele mesmo o “milagre”, já com nova disposição de não mais se deixar conduzir por subterfúgios impostos, ciente que Deus é a Energia Suprema de onde todos os seres humanos são suas extensões conscientes, são suas partículas lançadas nos Universos – e, nesta condição possuirá a convicção de sua potencialidade como Co-criador. Ele terá certeza de possuir a capacidade mental de transformar e de reciclar, ao gerar Energia Taquiônica (fusão de todas as suas frequências emocionais em uma só), a mesma energia que já foi produzida através da Pirâmide de Saccara e também em tempos ainda mais remotos pela civilização de Muril, através de “tecnologias” já muito esquecidas.

Neste inicio da Era de Aquário essas “tecnologias” já começam estar de novo à disposição da humanidade. Inicialmente, através de alguns seres humanos (dimensionais) possuidores de capacidade mental para interagir com o extrafísico, projetar-se mentalmente, programar a sua regeneração celular e ativar as energias adormecidas contidas em algumas de suas células cerebrais (lado direito do cérebro), que estão inativas e que são necessárias às suas habilidades mentais e a sua evolução interior.

Estas pessoas que são diferentes e também que são lideres, elas vieram para contagiar e fazer a diferença – contagiar corações e despertar lembranças e memórias.

Vieram para marcar, fazer a diferença que as atuais lideranças (governamentais, religiosas e outras) não a fazem porque não são capazes, por não possuírem “tecnologia” própria para isto, que exige o necessário alcance mental.

Estas “pessoas diferentes” já estão começando manipular frequências multivibracionais e interagir com o multidimensional. Elas já sabem que para alcançar este seu objetivo e interagir com as realidades paralelas precisam antes gerar a frequência da energia crística, que abre “as janelas” para estes mundos. E esta energia que já se mostra para elas no mundo real bem perto como “explosões”, é também conhecida como o fenômeno da Sarça Ardente – ou, o fogo que não queima (plasma).

Para elas voltadas às ciências paralelas já é comum ainda a presenças de “naves”, que vindas de várias partes do Universo são identificadas pelas suas cores, tamanho, maneira de se deslocar e principalmente pela vibração que emitem.

Estas pessoas (dimensionais) buscam o reencontro consigo mesmas, na medida em que vão aprendendo “acender” (exteriorizar) a sua Chama Trina como a sua conquista máxima – como o seu passaporte para os mundos paralelos.

Elas buscam de forma multivibracional e mais verdadeira o conhecimento sobre a Chama Trina, que até então foi passado de forma fragmentada por algumas linhas de pensamento. Este conhecimento sobre o uso desta energia que se perdeu no tempo e que agora está sendo recuperado, ele já era do conhecimento de antigos sacerdotes e sacerdotisas, passados há 30 mil anos pelas Amazonas (Ophiúchus).

Fala-se muito deste poder dentro de cada um, mas não a maneira realmente correta de adquiri-lo e de executá-lo, o que é primordial, porque com ele é que pode gerar energia de transmutação necessária àqueles, que serão já no inicio deste ciclo os futuros Seres Universais.

Ter esse conhecimento e saber manipular esta energia é algo muito sério, intenso e profundo, que exige muita responsabilidade. Para usufruí-lo é necessário muito respeito pelas coisas, pelas pessoas e pelo universo, porque é ter em mãos o poder de manipular o maior milagre da vida. O maior poder que o ser humano pode dele utilizar. 

Se para outras linhas de pensamento a Chama Trina é constituída pela trindade corpo, mente e espírito (alma), como três frequências que obedecem aos “Três Aspectos Divinos” que com eles são exercitados os três atributos principais de Deus como Poder, Sabedoria e Amor em perfeito equilíbrio, para as Ciências Paralelas (Projeto Portal) a Chama Trina é constituída por três freqüências das Linhas da Vida. É gerada pelo Pensamento, Desejo e Vontade ou respectivamente, pelas energias vibracionais do “Pai, Filho e Espírito Santo”.

Pelo conhecimento esotérico o ser humano ancorado em sua Chama Trina pode acessar o poder, a sabedoria e o amor de “Deus”, realizando a sua razão de ser, ao atingir níveis mais elevados de consciência, de mente e de sentimento, que o “libertam” interna e externamente, iluminando-o, despertando-o e expandindo suas capacidades latentes, para que ele se veja como mestre de si mesmo, quando busca neste seu caminhar interior (já iluminado) o envolvimento gradual de seu ser até Deus.

Mas, para aquele que já é ciente das Ciências Paralelas e que já possui certa experiência com as realidades paralelas, ele percebe a Chama Trina como sendo realmente a mais poderosa de todas as energias dos universos de 3ª dimensão. Através dela que ele como Co-criador consegue dominar Leis Universais que regem a 3ª dimensão, para que ele se torne de fato o “dono” de seu “próprio “mundo” e saiba se relacionar positivamente com os “demais mundos” ao seu redor, desenvolvendo a sua capacidade de atrair, possuir carisma e de ser admirado, entre outras capacidades.

Aquele que é consciente de sua condição de um ser dimensional e já tendo atualmente experiências com as realidades paralelas e nelas já ter anteriormente vivenciado, não entende a Chama Trina apenas teoricamente através de palavras que até causam certo impacto e que são agradáveis de lê-las ou escutá-las, mas que sinalizam passividade e delegam poder. Ele sente a Chama Trina de maneira dinâmica, vibrátil e atuante em sua condição de Co-criador. Ele a constata fisicamente, quando para alcançá-la, utiliza-se de habilidades mentais (paranormais) em todos os níveis – sejam elas para efeitos físicos ou extra-sensoriais, ao dominar Leis Universais e manipular frequências multivibracionais.

De acordo com algumas correntes esotéricas para que aconteça a ascensão, tem que se aprender antes manipular a Chama Trina, que “se faz” pelo domínio da união das três “chamas” azul, dourada, e rosa, gerando através destes seus três aspectos de luzes/cores a oportunidade de “se tornar Cristo”, de exteriorizar a Divindade que existe em cada um. Para estas linhas de pensamento a Chama Trina é tida também como uma Centelha de Fogo Sagrado, que Deus transmite do seu Coração para o coração do homem. É tida ainda como uma inclusão com o Ser Crístico – com aquele que Cristo Jesus mencionava como: “O Pai em mim”.

Entretanto, para os estudiosos das Ciências Paralelas as cores da Chama Trina a partir de 21/12/2012 já em um novo dia cósmico (quando a Terra entrará no alvorecer da galáxia), ela possuirá três novas frequências cromáticas, especificadas logo abaixo:

 1ª – a freqüência da luz/cor prata corresponde à linha A das Três Linhas da Vida – ou, ao Filho. Esta frequência estabiliza, dá segurança e aumenta o campo de proteção da pessoa, que com ela alcança a Realização. Na Era de Aquário que se inicia (em sintonia com a energia feminina), a frequência da cor prata supera a da violeta, como se nela já tivesse a cor violeta e todas as demais. Por isso, a transmutação será na frequência da luz/cor prata, com a pessoa já ostentando “a faixa de vencedor branco/prateada”, que caracteriza a condição daqueles que já transmutaram. As cores prata e violeta têm forças paralelas, mas opostas.

2ª – a freqüência da luz/cor vermelha corresponde à linha B das Linhas da Vida – ou, ao Espírito Santo. É a frequência da criação, da energia matricial, da força, do poder, da vitória, do sucesso, e da superação de tudo. É nela que está ainda inserida a energia crística responsável pela “mente iluminada” – pela “cristificação”.

3ª – a freqüência da luz/cor dourada corresponde à linha C das Linhas da Vida – ou, ao Pai. Esta freqüência representa a espiritualidade, autoconhecimento, Luz e a chama interior que cada um carrega dentro de si, como a chama do amor, da paz, da justiça e da bondade.

Mais informações sobre as Linhas da Vida nas Paginas Interações, neste Site, com os textos “Sobre as Linhas da Vida” e “Com a fase final de manipulação das Linhas da Vida”.

Alguns místicos depois que “contatam” a sua Centelha Divina, eles a caracterizam como uma semente interior da divindade. Os budistas a relacionam como o “germe da budicidade“, que existe em todo ser vivo. A tradição hindu através do Katha Upanishad a menciona como a “luz do espírito”, que se esconde em um “lugar secreto do coração” de todos os seres e que “este espírito” é ao mesmo tempo menor do que o menor dos átomos e maior do que os mais vastos espaços. O Katha Upanishad também menciona que este “espírito interior” eterno, imutável, luz pura e imortal é uma “pequena chama no coração” e que apenas aquele que o vê revelado em seu coração, é que conseguirá a paz eterna.

Para o pesquisador e estudioso das Ciências Paralelas a Chama Trina é a sua Centelha Divina, que o possibilita ligar (sintonizar/interagir) com os seres de pura energia (angelicais) e com as divindades (seres da nona dimensão).

Para este pesquisador e dimensional a expressão “o pai em mim”, ele a vivencia quando ativa e domina a sua Chama Trina conectando-se à sua Centelha Divina e possibilitando-se mesmo ainda no plano denso tornar-se “um deus manifestado” ou um Co-criador e, com isto, torna-se também um Cristo.

Este pesquisador que já potencializa um percentual de sua Centelha Divina, já começa também interagir com o fenômeno da “Sarça Ardente”, que é uma “manifestação tecnológica” bioplasmática pela sua manipulação de Leis Universais. Esta “tecnologia” das realidades paralelas equilibra todas as camadas de seu campo biomagnético, desenvolve suas habilidades matriciais, sua percepção extrassensorial e principalmente amplia muito o seu nível de consciência, deixando-o como tivesse sido “mexido” de dentro para fora. Esta “mexida” é identificada por alguns como possuir “mente iluminada” – ou, estar com clareza mental.

Para a “ciência esotérica” a Chama Trina só pode expandir na pessoa como um todo quando as três plumas (cores) estiverem em equilíbrio, portanto apenas nesta condição é que a sua “luz espiritual” e o seu poder aumentarão proporcionalmente.  Já para as Ciências Paralelas aquele que manipula a Chama Trina tem a luz do conhecimento, da consciência, da conexão, do poder e das mudanças. 

O que ele deve observar ao desenvolver a sua Chama Trina é ter muito cuidado, para que ao manipular com a sua frequência mental (superior) a freqüência de outra pessoa ainda não no mesmo nível seu de vibração, tire proveito desta situação. Ele deve sempre se observar, “nivelando-se” dentro da “faixa de tolerância”, ao observar todos os seus pensamentos e atitudes. Controlar todos os seus excessos, para que proceda de acordo com as Leis Universais.

Quando alguém manipula de fato a sua Chama Trina (já desenvolvida, ativa e aflorada), ele possui uma percepção altamente aguçada, com um grande poder de discernimento. O seu censo de justiça que vem desta manipulação “se faz” de forma demorada, podendo levar anos. Mas, quando é alcançado, ele não terá mais pensamentos negativos ou que prejudiquem propositalmente o próximo. Ele “se transforma” em uma pessoa identificada como muito boa, amiga, companheira e justa.

Para as correntes esotéricas a pessoa só alcançará realmente este poder, quando ele vier acompanhado de sabedoria e de amor em perfeito equilíbrio – amor que se manifesta por equivalente poder e sabedoria. E reconhecer este equilíbrio é a chave para a cristicidade – é o resultado de sua experiência exterior e interior.  Para o pesquisador do Projeto Portal a manipulação da Chama Trina só é conseguida se ele estiver em “estado de neutralidade”, quando poderá manipular o que quiser pelo equilíbrio de suas emoções, que então somadas produzirá a atração e a realização envolvendo todos os demais. Nesta freqüência este pesquisador (e buscador de si mesmo) pode mudar seu destino em qualquer momento, porque já sabe manipular as suas três “Linhas da Vida”.

Este pesquisador que é também estudioso das Ciências Paralelas, ao manipular a sua Chama Trina poderá entrar na mente de outras pessoas, fazendo-as que sonhem e mudem o seu pensamento, no intuito de ajudá-las quando têm bloqueios de qualquer tipo (complexos, fobias, depressão, medo, vícios, emocional, compulsão, insônia) e, inclusive, ajudando-as no tocante à sua inversão de polaridade.

Estas habilidades ele já as possui de forma latente e para que elas se mostrem, ele deve antes aprender ativar alguns pontos que nele estão relacionados à sua Chama Trina e também aprender a usar a intensidade que coloca em sua energia do pensamento.

Qualquer um que já manipula energias multivibracionais, mas que ainda não sabe corretamente direcioná-las, ele poderá prejudicar o seu bom relacionamento com os outros, pois há certa necessidade destas energias (obedecendo ao ciclo da evolução humana) estarem sempre dentro do ciclo da vida renovadas no tocante à sua “quantidade vibracional”, portanto, elas não devem ficar estagnadas por 28 dias, para que não venham provocar diferenças, que acabam por gerar insegurança e repulsa.

O estudioso das Ciências Paralelas é possuidor de muitas informações só suas originadas de suas experiências com as realidades paralelas e também é possuidor de uma frequência (mental) mais alta, que com ela é capaz de mais facilmente “acender” (exteriorizar) a sua Chama Trina, como a “chave” de todo o poder de onde origina a sua interação com a “matéria etérea”, que possibilita a sua manifestação mental no Universo, ao fazê-la como um “veículo”.

Para várias linhas de pensamento o “Fogo Sagrado” está dentro de cada um como o seu ponto de contato com o “Divino”, possibilitando-o à ascensão. Para estas linhas de pensamento cada ser humano possui este ponto de contato com Deus identificado como a divina presença do “Eu Sou”. Capacidade que o homem a esqueceu após a sua “queda” e que cabe “ao discípulo” fazer com que esta capacidade novamente aflore e fique sempre ativa. 

Para a ciência relacionada às realidades paralelas o que o ser humano procura é a habilidade de fazer a sua Chama Trina “acender” totalmente, para que a sua energia possa vibrar em todas as células de seu corpo. E para este intento cada um tem o “combustível necessário”, que é a sua emoção.

O estudioso das realidades paralelas e buscador de si mesmo já sabe que para manter a sua Chama Trina “acessa” (totalmente desenvolvida), há a necessidade também do complemento da polaridade oposta (homem-mulher, pois um único ser humano não consegue desenvolvê-la sozinho ou se valendo de outro com a mesma polaridade, porque é com a necessária frequência de fusão das energias opostas (soma do positivo com o negativo), que acontece nesta condição através das células dos corpos humanos a reação químico-bioquímica para isto. 

Neste ponto as linhas esotéricas se limitam em relação aos estudos das Ciências Paralelas.

A Chama Trina supera em vibração a energia de sublimação, que por sua vez supera a energia de kundalini subindo em espiral.

A Chama Trina “se faz” pela manipulação das energias vibracionais – ou seja, ela se mostra como Energia Taquiônica pelo resultado da soma de todas as energias, inclusive, da energia de origem sexual. Ela como o resultado de todas as energias vibracionais – como a soma da energia emocional positiva (felicidade e alegria, etc.), energia negativa emocional (tristeza e medo, etc.) e energia neutra (sexual) possui condição muito superior a qualquer outra frequência em termos de resultados que o metabolismo do organismo humano possa produzir.

Mas, é necessário também mencionar, que a energia da kundalini pode ser convertida e estabilizada apenas proveniente de frequências emocionais, quando a pessoa as faz subir em espiral, para em seguida sublimá-las e depois fazê-las chegar à condição de Energia Taquiônica. Com estes procedimentos a pessoa estará finalmente na frequência de sua Chama Trina.

Abaixo três fotografias tiradas noSpa Holístico Retiro do Campo, em Uberlândia/MG/BR, em momentos quando alguns pesquisadores do Projeto Portal exteriorizavam a sua Chama Trina. Mais informações neste Site, na Pagina Imagens, com o texto “Vésica Piscis – Energia do Portal em Espiral”.

 

  versica piscis versica piscis versica piscis

 

Quando a pessoa trabalha a sua Chama Trina a sua frequência cerebral pode passar de 3 hertz para 7 hertz por segundo, em gradativo aumento de potencia, que dura como sensação altamente positiva e muito poderosa, de acordo com a capacidade da pessoa de controlá-la e de manipulá-la.

A energia de kundalini quando é ativada e utilizada para a realização de tarefas no plano mental (voltadas para a 3ª dimensão), facilita a interação da pessoa com a matéria e ainda, com outras mentes. Mas, este tipo de ativação não deve ser feito entre pessoas que são muito próximas pelo afeto, porque ela mexe com a memória cósmica das mesmas em forma de sentimentos, que afloram de seu subconsciente e que podem às vezes liberar a mais potente e indesejável energia que elas tiveram em um passado remoto

Entretanto, a energia da kundalini quando é utilizada com a finalidade da alquimia de transmutação (já na freqüência da energia de sublimação), portanto muito além das questões materiais, emocionais e de atração sexual (muito além de leis para a 3ª dimensão ou para mundo da matéria), as ativações neste nível podem ser feitas entre parentes e amigos, entre pai e filhos, mas sempre observando polaridades opostas. Portanto, neste caso da ativação da kundalini periférica ela pode ser feita entre quaisquer pessoas, desde que o ativado e o ativador sejam homem e mulher.

De acordo com outras correntes de pensamento o “Núcleo de Fogo Branco” está em todas as chamas, portanto dando origem à Chama Trina e relacionando-se ao “coração” (timo). Para as ciências Paralelas a energia da Chama Trina está em todas as células do organismo humano.

Dependendo da frequência emocional matricial da pessoa em determinado momento (aquela mais presente na ocasião como a sua melhor habilidade extra-sensorial), a sua localização se dará em determinados pontos de seu corpo. Se for a matricial da felicidade (Linha C) estará no Plexo solar, se for a matricial do medo (Linha A) estará no Timo e se for da energia sexual (Linha B) estará no Básico.

Quem também possuía a “chave” que mantinha “acesa” a Chama Trina eram os sábios alquimistas e “os conquistadores” no início dos tempos – eram “os deuses” que visitavam a Terra e que detinham esta “chave” de maior poder.

No fundo esta “chave” é simplesmente constituída pelo pensamento na forma de uma onda mental. É uma “tecnologia” mental bioplasmática que permite a pessoa utilizá-la corretamente através da manipulação de seu pensamento, para que a sua mente atue e domine a matéria, como já fazem aqueles que através de sua habilidade de materialização, polarização e teletransporte, entre outras habilidades extra-sensoriais, já estão preparando para  se tornarem futuros Seres Universais. 

Para as Ciências Paralelas esta “chave” é constituída energeticamente pela união das três forças pensamento, desejo e vontade, mas na forma de uma onda de pensamento em frequência muito superior ativada por emoções de tal intensidade, que um homem comum (planetário) dela não tem conhecimento e que outros (dimensionais) já a utilizaram mesmo que inconscientemente várias vezes na vida.

Esta “chave” que está ligada às frequências emocionais, é ela que “abre” os mundos paralelos para aqueles que já estão transformando os seus organismos, ao acelerarem os prótons e elétrons de seus corpos para uma melhor interação com os mundos paralelos.

Este poder é, portanto, para aqueles que já conseguem em seus corpos acelerar os prótons e os elétrons, mas de uma maneira coordenada para alcançar a atividade cerebral que faça vibrar em um só ritmo uniforme todos os seus canais mentais. É para aqueles ainda, que já conseguem que os seus corpos por inteiro adquiram uma vibração acelerada e totalmente homogênea que produza a “Luz da Consciência” – ou, aquela da “Mente Iluminada” que caracteriza também o “Corpo Resplandecente.

Com este poder o objetivo final é a Luz para a transmutação, que buscam aqueles já em preparação para se tornarem Seres Universais.

___________________________

 

 Texto de Antônio Carlos Tanure

 

 Fonte de consulta:

Apostilas dos seminários do Projeto Portal

Translate »