Postado por

Direcionando-se aos Planos Divinos

Direcionando-se aos Planos Divinos
Print Friendly, PDF & Email

Aqueles que já se percebem na trilha certa de seu processo evolutivo, portanto já sabedores que repostas reais estão contidas é em seu mundo interior, não devem mais procurá-las fora de si, voltando-se aos antigos padrões. Não devem se deixar levar por pessoas que os façam “lavagem cerebral” e os conduzam em seu caminhar sem questionamentos, sem legitimar qual é o seu Sentido de Verdade – se ele está conectado com a Fonte Infalível através da Presença Divina de seu Cristo Interior.

Precisam que se alertem contra os “pregoeiros de verdades” que hoje proliferam voltados para interesses pessoais e que se camuflam como porta-vozes do Cristo em suas “igrejas”, que parecem mais seitas.

Em muitos destes locais é insistentemente mencionando o nome de Jesus Cristo para conduzir incautos (pessoas quase sempre simples, incultas ou em desequilíbrio emocional momentâneo), quando o associa entre exclamações de aleluia… aleluia… aleluia… com os bens materiais que o “crente” adquiriu e que naquele momento foi gradativamente mencionando-os, dizendo antes que foi ali que “encontrou Jesus”

Estes “condutores de rebanhos” também mantêm “suas ovelhas” sempre cercadas com o mais eficiente tipo de cerca, aquela que é gerada pelo medo, quando a todo o momento eles lembram “o perigo de Satanás”. Ainda, se mostram “míopes em relação à sexualidade”, quando combatem e destilam a sua aversão em relação aos atuais conceitos científicos da condição de gênero.

Há dois mil atrás o aviso já tinha sido dado, que no final dos tempos (fim de um ciclo e inicio de outro) “muitos iriam aparecer em meu nome”. Em nome de Cristo Jesus que para ele o verdadeiro bem nunca foi necessariamente o material, mas objetivamente o espiritual que ensinava e que dele era o exemplo. Seu posicionamento foi claramente mostrado neste sentido, com o momento no qual a historia nos traz através do Novo Testamento a sua humana indignação, quando agiu de forma contundente frente à hipocrisia das ações dos “vendilhões no templo”, açoitando-os. Hoje, ele teria que usar “algo” ainda mais eficiente com tantos “anticristos presentes na praça”.

Os dimensionais em compromisso têm um papel essencial a desempenhar, portanto não é mais possível que abdiquem desta sua condição que exige serem líderes de si mesmos e se deixem conduzir docilmente para onde outros queiram conduzi-los. Precisam assumir ativamente a autoridade e ao mesmo tempo a responsabilidade que para eles foram cosmicamente postas.

O termo dimensional é empregado para caracterizar àqueles que já tiveram a experiência da transmutação e que têm sua origem em outra parte do Universo (1/3 da humanidade), portanto não têm a sua origem no planeta Terra, que dela são originários os “planetários” (os outros 2/3).

Os dimensionais ao exercitarem suas habilidades contribuindo-se para o processo evolutivo da humanidade, eles devem dispô-las em função do compromisso que fizeram antes de encarnar e que devem honrar, principalmente agora quando já possuem “ferramentas mentais próprias” para isto.

Mas, antes precisam sair da zona que julgam de conforto, liberando-se do que sempre ilusoriamente acharam ser importante e necessário. Desfazer do que guardaram durante anos sem perceber que eram estorvos – lixos mentais que precisavam ser removidos, para que não mais guardados, ficassem deles livres – dos desencontros, desencantos e conflitos, que sempre se mostraram como suas vontades e seus desejos não realizados.

Agora, buscando outras escolhas, focalizando com mais clareza e com mais poder os seus pensamentos e também, tendo mais determinação em suas ações, devem estabelecer com maior rapidez, objetividade e sem mais interferências como os seus desejos devem corretamente se manifestar no mundo da realidade física. Mas, para isto é importante que aprendam antes como disciplinar sua mente, fortaleçam sua capacidade de concentração, permaneçam no controle de suas emoções e evitem a sua dispersão mental.

A responsabilidade que cada um deve ostentar em função do que compromissou exige disciplina pessoal, juntamente com um elevado nível de objetividade.

Cada um deve tornar-se cônscio de suas emoções e dos padrões dos seus pensamentos, porque são componentes importantíssimos no processo de Co-criação, por determinar a qualidade dos padrões vibracionais que gera em sintonia à Mente Universal.

As frequências dos pensamentos como sementes que cada dimensional planta, elas germinam determinando a qualidade do que nele se manifesta, experimentando-o em seu dia a dia – de positivo ou de negativo.Estas ocorrências são as suas sinalizações em relação aos tipos de padrões vibracionais que está enviando e recebendo em sua volta – do mundo de causa e de efeito. Mas, a sua atual tarefa e objetivo são os de se extrapolar, buscando o estado de percepção consciente de harmonia, na medida em que vai sintonizando à Mente Divina – e, se percebendo cada vez mais em sintonia com o Cristo Universal.

Na medida em que os dimensionais que já despertaram, começarem desenvolver sua capacidade Co-criativa e tornar mais capazes em seu controle mental e em sua visualização (3ª visão), irão também compreender como é importante estar monitorando constantemente os padrões (mentais) de freqüência, que estiverem irradiando para o mundo.

O Universo Vibra. O mundo da manifestação está em constante vibração através da energia cósmica – das forças da Criação que com ela pode-se moldar qualquer coisa, que se possa imaginar.

Neste vibrar cada um vai criando o que julga ser o seu próprio céu ou inferno, sem poder culpar ninguém por estar vivenciando uma destas experiências – por ainda não saber se situar na Linha B de suas Linhas da Vida, em estado de graça ou de neutralidade.

Os seres humanos são Centelhas do Criador, que lhes deu o dom da consciência individualizada, para que conservassem a percepção de sua natureza divina independente. Deu-lhe principalmente, para aqueles que na condição de dimensionais devem agora se despertar e se mostrar como Co-criadores – e, no futuro agir no sentido de: “Saiam e criem mundos sem fim em meu nome”.

É o momento de cada um se descobrir alem de sua roupagem humana experimentando, esforçando e aprendendo, sendo às vezes bem sucedidos e algumas vezes falhando, mas sempre destemido indo em frente e procurando oportunidades para se tornar  participante ativo na criação da Nova Era de Ouro – para se integrar e se aperfeiçoar através de um processo gradativo, com qualidades e com atributos dos seus muitos Eus Superiores.

A enorme quantidade de Centelhas do Eu Divino contém uma riqueza de informações. Nele, em cada faceta individual, contem aquelas de muitíssimas experiências. E quando todas se juntam, proporcionam os dons da Consciência Divina, como capacidades, talentos e sabedoria além do que a imaginação humana pode comumente alcançar.

É extremamente necessário que os dimensionais despertem-se as suas habilidades e com elas alcancem suas potencialidades próprias de agentes conscientes Co-criadores.

E para que se tornem Co-criadores com competência, eles precisam manter o que idealizam em suas mentes na forma de desejo, o tempo suficiente para que ele fique também registrado de modo claro em seu cérebro. Todos os eventos e manifestações criados na realidade física são provas de energia e de força mental. De saber exercitar a Tríade Pai, Filho, Espírito Santo como respectivamente Consciência, Desejo e Vontade, também nas respectivas esferas de realidades da quinta, quarta e terceira dimensões.

Como Sementes Estelares os dimensionais que agora já começam despertar, começam também vibrar em outro nível exigido de padrão de frequência, preparando-se para colocarem em prática o que realmente são. E na medida em que assim forem fazendo, aqueles que estão ao seu redor, ainda prisioneiros e lutando dentro dos limites do ambiente restritivo da terceira dimensão, eles se sentirão impulsionados com os seus exemplos de realizações e progressivamente começarão segui-los. Ensinar pelo exemplo é o modo mais eficaz de obter atenção daqueles que estão em derredor.

Como os dimensionais despertos e em compromisso estão também em processo de expandir ainda mais a sua percepção (tendo consciência ampliada do que está ocorrendo em sua volta), é muito importante que se protejam, perseverando-se no estado mental do estado de graça.

Devem sem julgar ser apenas observadores dos acontecimentos negativos que estão cada vez mais presentes. Devem-se acautelar, porque quase sempre as emoções humanas são atraídas para o redemoinho da negatividade.

Desenvolvam um novo e harmonioso modo de pensar, para que através da mente alcancem o poder do controle emocional.

Esforcem para que conectem aos fluxos da Consciência Infinita e, mais plenos de Sabedoria possam desenvolver “Sensibilidade Intensificada”, porem controlada e imparcial com aqueles com quem interagem. Este proceder faz parte do desenvolvimento do não julgamento, quando zelosamente deve buscar, reivindicar e viver o Sentido de Verdade com a melhor de sua capacidade.

Não permitam que nada e nem ninguém perturbem a sua serenidade neste tempo de maior atribulação para o planeta e para a humanidade. Desenvolvam um nível elevado de tolerância e de sensibilidade, para que de modo inteligente pratiquem a “ciência catalisadora” com as energias da paciência e da compreensão e não a pratica momentâneo-dispersiva com as energias do ódio e da vingança.

Enquanto buscam a Automestria, parte de seus testes pode ser a de viver experiências no dia a dia, até mesmo a de desfazer alguns relacionamentos difíceis com pessoas de sua intimidade, que não estão prontas ou não dispostas para avançar também na espiral da consciência da Alma desperta.

Toda e qualquer Alma deve escolher o caminho que seguirá, portanto os dimensionais que estão despertando e tornando propagadores da Boa Nova de Cristo devem proceder sem insistência quando propagam, porque apenas são responsáveis pela sua própria “evolução espiritual” – em outro padrão mental-vibratório mais acelerado.

Muitos ainda estão presos em relacionamentos, que constituem a fonte de grande parte de seus conflitos, angustias e desencontros, esquecendo que “ninguém é dono de ninguém”.

Ninguém pode segurar e arrastar o outro para que obedeça e faça o que ele não quer fazer. Cada um deve por seus próprios esforços buscar em seu interior o que deve só por ele ser buscado e se transformar, à medida que for obtendo as respostas que procura.

Todos aqueles que já estão dispostos de fato “se interiorizarem e se conhecerem” (este proceder é imprescindível para os dimensionais que estão procurando se despertar e desempenhar o seu compromisso), para eles chegou à hora de solicitarem a assistência do seu Eu Superior, ajudando-os auto-analisarem e se revelarem.

Neste inicio de Ciclo chegou o momento para que os seres humanos de um modo geral e os dimensionais em especial percam o medo de olharem para si mesmos – para dentro de si e se transformarem em Mestres de seus próprios destinos. Transformarem no que um não pode fazer para o outro e se libertarem definitivamente dos “condutores de rebanho”.

A Verdadeira Condutora e Mestra que cada um irradia, vibrando de dentro para fora e não de fora para dentro, é a sua Consciência Iluminada pela Verdade de seu Cristo Interno. É aquela que verdadeiramente se ilumina por instantes de interiorização e de percepção bastante especiais, que cada um os tem em sua própria medida e não desenhados e pregados em locais – igrejas, templos, mesquitas e outros pelos “condutores de rebanho” com frases até inteligentes e bem colocadas, mas com visão e interesse próprios.

O despertar é um processo dinâmico-individual, experimental e renovador no espaço e no tempo, portanto as formas pelas quais informações e conhecimentos foram passados seis mil anos atrás, não foram as mesmas passadas dois mil atrás e muito menos devem ser as mesmas de hoje.

A linguagem de ontem buscando os “céus” é a linguagem de hoje buscando o multidimensional. A fé cega de ontem é o Desejo consciente de hoje interagindo na quarta dimensão, para que a Vontade realize depois na terceira dimensão, o que ontem era chamado de “milagre”. O “crente, o fiel e o conduzido” que ainda ontem se ajoelhava (literalmente), é aquele hoje que se ergueu já liberto do medo e da solidão e cônscio de sua responsabilidade de Co-Criador e de “Vencedor”.

As pessoas podem estar fisicamente sozinhas, mas sem se sentirem solidão, porque estão “inteiras”, enquanto outras podem estar cercadas por inúmeras pessoas, mas sentirem solidão por estarem “vazias”. Aquelas que estão em interação mais constante (“em conversa”) com o seu Eu Superior nunca sentirão solidão, mesmo que estejam sós. Também não possuirão insegurança e medo, porque estarão iluminadas pela Luz de seu Cristo Interior.

Os dimensionais que estão em condição humana na realidade física e que já começaram cumprir o compromisso que selaram com o Universo, através de seus parceiros de outras realidades e antes de tudo consigo mesmos (a propagação é o compromisso de todos eles), estão paralelamente saindo da “escuridão”, livrando-se do jugo do mundo dos sentidos. Estão escapulindo da limitação e da condição ilusória de sua atual existência, através de novas informações e de novos conhecimentos que estão adquirindo.

Eles já estão ensaiando para serem mais verdadeiramente livres – e, mais rapidamente também “levantarem vôo”, dominando Leis Universais e manipulando Frequências multivibracionais, para alcançarem o Multidimensional.

Entretanto, como alguns estão ainda em uma etapa muito decisiva do seu processo de iluminação e de transformação, eles podem amiúde estar também confusos, sem saber qual é o próximo passo ou a próxima verdade que devem “incorporar” em sua realidade (mental) em constante mudança.

Neste momento devem cuidar para não cair de volta aos antigos padrões, permitindo que pessoas os conduzam em seu caminho sem questionar, para que não lembrem que devem se conectar à sua Fonte Infalível – à sua própria Presença Divina, sem mais se valer de artimanhas estéreis, de trechos até decorados de livros tidos como “sagrados”

As pessoas comuns (planetárias) e os dimensionais ainda não suficientemente despertos buscam respostas fora de si. Amparam-se demasiadamente naqueles que acham mais preparados ou mais informados, esperando que estes mostrem o caminho. Este proceder não funciona, já que os dimensionais são Sinalizadores de Caminho, portanto são eles que devem iluminar o seu próprio caminhar, que já nele e sem impor, devem atrair e não serem atraídos, mostrando-se como exemplos de sabedoria interna, adquirida durante eras de experiências.

Hoje, aqueles que estão de fato em sintonia com a Boa Nova de Cristo, não podem ser fracos de coração ou tímidos de espírito, porque os próximos passos em seu caminho – em direção à plena Automestria, são os de assumirem o domínio do seu mundo pessoal e avançarem como Co-criadores com coragem e determinação, enquanto vão reivindicando sua herança dimensional e divina.

Precisam que continuem audazes e corajosos “no mar revolto da vida atual”, lutando contra a maré da ignorância e da desinformação, muitas vezes intencionalmente proporcionadas por interesses de um Poder e Governo Ocultos (GO). Em qualquer situação devem ter sempre prontas as palavras que ressoem com a vibração de sucesso, próprias da postura e da atitude de “Vencedor”.

Todos os dimensionais compromissados “foram programados” em outra esfera de realidade, para que agora pudessem na realidade física terrena delinear o seu caminho a serviço da humanidade e estabelecer a harmonia necessária à Nova Era – de mais sensibilidade e criatividade.

Aqueles que já se mostram realmente em compromisso, já começam também ter uma conexão mais constante e mais clara com o seu Eu Superior, que os impulsionam no Caminho da Luz – em direção às dimensões mais elevadas e mais perfeitas de existência.

Além das expressões matemáticas próprias à realidade física do homem, vibra a Matemática Universal com Leis dentro da Geometria Unificada, buscando através da Expressão Divina do construir e do reconstruir O Perfeito no Caminho da Luz, que Nele o homem trilha como seu passado, presente e futuro.

Mistérios do Cristo Cósmico

 

Translate »