Postado por

Frequência das Amazonas

Frequência das Amazonas
Print Friendly

De Sônia M. Dias (sm.dias@terra.com.br) – Junho/2006

Sejamos a Nova Consciência


Somente quando conseguimos perceber o universo vibrar como uma Unidade, somos capazes de decodificar as informações e os acontecimentos de uma maneira menos fragmentada. Tudo faz parte de um Todo e de um grande Propósito Divino que comanda nosso universo físico. Tudo tem uma razão para estar acontecendo.

Precisamos fazer a leitura energética de todos os fatos que acontecem no planeta e também em nosso interior. Só assim teremos uma visão ampla e real num contexto cósmico, para melhor compreendermos o porquê das ocorrências atuais e futuras. Não adianta querer explicações lógicas dentro dos parâmetros do nosso entendimento, ao nível dos nossos cinco sentidos. A compreensão vai mais além da nossa inteligência e da nossa cultura. Vai ao nível da nossa alma e através de nossa percepção/intuição.

Todas as religiões cristãs são unânimes ao afirmar o retorno da Energia de Cristo. Mas não sabemos como será a Sua Manifestação. No entanto, quando fazemos a leitura energética dos momentos atuais, sejam eles em nível mundial, grupal ou pessoal, percebemos claramente a presença da vibração desta Manifestação Divina, contrapondo ao que vibra atualmente no planeta e às vezes até em nós mesmos.

Existem duas forças que tentam se harmonizar: a humano-planetária e a Divina e este processo de harmonização causa uma verdadeira depuração/recodificação tanto ao nível energético, quanto ao nivel consciencial em tudo e em todos, que não estão vibrando harmonicamente.

É chegado o momento, como humanidade, de irradiarmos uma Nova Consciência para com ela, possamos experienciar outros Planos de Realidade como “Seres” conscientes e evoluídos.

Tudo que não estiver em sintonia com a Consciência Crística será destruído, para dar lugar a esta Nova Consciência.

A Força Crística Divina irá adentrar em tudo, em todos e Ela fragmentará os sistemas vigentes, “impondo-os” com a harmonia de Sua Luz Reinante, onde Ela não encontrar receptividade consciencial.

Os sistemas vigentes em todos os seus contextos, como o contexto familiar, religioso, educacional, político e outros mais, serão substituídos e norteados pela Consciência de Cristo sintonizada com o Amor Uno, dentro dos parâmetros das Leis Universais.

“Leis Universais são Leis Eternas que regem o universo, orientando os filhos de Deus em experiências, que os leva a compreender que toda Manifestação e de que a Origem de Tudo é o Amor. Elas conduzem o processo da Vida”.

O planeta como um ser vivo está se alterando para equilibrar suas energias e todos nós, se modificarmos também a nossa maneira de ser, vibrando em uma outra freqüência mental, estaremos participando conscientemente da transformação da Terra. Não podemos ser meros espectadores, aguardando as ocorrências.

É nossa missão, participar ativa e conscientemente da dinâmica do que está acontecendo com a Terra. Estamos vivenciando sistemas e subsistemas esfacelados por falsos valores e crenças deturpadas, onde matam por ideologia, pelo dinheiro e pelo poder. Cada vez mais guerrilhas à nossa volta fortalecem barreiras sombrias, que impedem a Energia Cósmica de Cristo manifestar, para que Se impondo, harmonize o planeta.

Devemos primeiramente resolver nossas “guerrilhas internas”, para não ficarmos em ressonância com as guerrilhas externas. Temos uma forte tendência em crer, que simplesmente resolvendo as questões externas, ficaremos internamente bem, mas é exatamente o contrário, porque “é de dentro para fora” que iremos fazer as nossas transformações estruturais. Mas, as “guerrilhas camufladas” em nosso interior nem sempre conseguimos percebê-las, mesmo quando estamos duelando conosco. Para nos apaziguar temos que primeiramente sintonizarmos com nosso Eu Divino, nos percebendo inseridos no Todo. E, como seres humanos nós não estamos conseguindo perceber a necessidade de mudar a nossa freqüência mental/vibracional, para que com uma consciência coletiva mais iluminada, nos vejamos como humanidade.

Nossos “duelos internos” são a causa de desestabilizações emocionais como nervosismo, ansiedade e competições infindáveis que geram milhares de desequilíbrios interferindo em nosso estado psicológico sem que os notemos, porque já nos habituamos a eles em todas as nossas vidas – a atual e vidas passadas. No agora, “no cair das máscaras”, os nossos conflitos vão se manifestar de qualquer maneira, para que nos “implodindo”, vejamos como realmente somos e possamos já harmonizados, nos sintonizarmos com a Freqüência Crística.

E, esta passagem do “estar” para o de “ser”, se dará independentemente do individuo estar em algum credo, de estar em uma raça, de estar com uma determinada idade, de estar no sexo masculino ou feminino, de estar em uma determinada condição social. E, por ressonância esta passagem em nível mais global, acontecerá também com a coletividade e as instituições que não estiverem pautadas nas Leis Universais, porque não tendo como se sustentar, irão também “implodir”, para que se possam reestruturar.

As famílias por serem instituições milenares, têm vínculos fortíssimos, mas, até então baseados nas leis humano/terrenas. Entretanto, com o tempo que se inicia da Nova Consciência, elas deverão se pautar de maneira consciente e fundamentadas nas Leis Universais, principalmente na Lei da Evolução, para que não se desabem por divergências de paradigmas, de valores que estão sendo modificados, percebidos e vividos por jovens/filhos de muitos pais, que ainda não se despertaram para estes novos valores e não estão sendo capazes de compreender determinados procedimentos/atitudes de seus filhos e, portanto, por desamor, não estão sendo capazes de aceitá-los, gerando o tão conhecido “conflito de gerações”.

Ao nível da grande família – a humanidade – está também cada vez mais difícil o diálogo entre os seres humanos, entre as nações, porque não se percebem “inseridos” na Manifestação do Amor Divino.

“Os seres humanos que vivem dentro da Lei da Evolução, aproveitam para crescer através do enfrentamento dos opostos, da confrontação de conceitos, de crenças, de costumes, de culturas e de sentimentos. Neste nível as consciências reencontram o equilíbrio, ao reconhecer e ao compreender a mesma Lei que violaram. Todos os momentos difíceis que o ser humano passa, são necessários para que a sua consciência feita por informações e experiências, perceba-se como parte do universo e se harmonize com as Leis que o regem. Pelo afloramento de sua sensibilidade, ele descobre que todos os acontecimentos que o envolvem são para auxiliá-lo na sua evolução e, portanto, não existe o bem e nem o mal”.

Também outros sistemas, como o sistema dos poderes político, militar e religioso, passam por momentos cruciais de expurgação/reciclagem, para dar lugar ao “poder” de uma sociedade mais homogênea, constituída por indivíduos que se respeitam, portanto, conscientes como partes de um Todo.

Qualquer sistema de poder que não respeite os limites do outro é desarmônico e incompatível com este Novo Tempo, particularmente o sistema de poder religioso vigente, que manipulando através de inverdades de dogmas, instiga o medo e a culpa entre os seus seguidores, esquecendo que o Divino se faz presente pelo Amor e não pelo medo. O sistema educacional deve também direcionar o jovem para o “saber”, que é “Viver” o conhecimento e não teorizá-lo, para que ele possa em seu cotidiano viver com os parâmetros das Leis Universais.

Vivemos um momento árduo e de busca interior, quando o nosso emocional insiste em nos bloquear, tentando não nos permitir, que decodifiquemos o Agora através da Luz das Leis Divinas.

No nosso processo de iluminação devemos nos lembrar, que a energia de polaridade positiva ou masculina foi a que até agora “criou” o que vivemos na atualidade – um sistema patriarcal e globalizado – materializado por uma era de dois mil anos de conquistas onde o raciocínio imperou, buscando conquistas sobretudo materiais. Portanto é o momento de estabelecer o equilíbrio energético/consciencial na Terra, que já começa a vibrar em sintonia com a 4ª dimensão.

Se a balança planetária pendeu até então mais para o lado masculino/yang, agora é a vez da energia feminina/yin “gerar” energeticamente uma nova freqüência vibracional neste planeta.

Há tempos atrás as guerreiras Energéticas/Amazonas/Matriciais, vieram de seu planeta de origem, preparar o nosso planeta para receber a Energia Cósmica de Cristo.

Hoje, novamente os acontecimentos pedem/exigem que as Amazonas através de suas descendentes que aqui ficaram, irradiem a sua energia divina para a transformação energética/consciencial dos seres humanos.

Portanto, é o momento do despertar dos seres de polaridade negativa ou feminina, do despertar das “guerreiras” que energeticamente têm como característica a luta contra valores ultrapassados, falsas crenças e dogmas distorcidos. Entretanto, elas devem antes se libertar das amarras do dualismo emocional codificado para o universo físico, deixando que aflore a sua paranormalidade através dos seus dons de sacerdotisas e possam trabalhar o nível consciencial das pessoas, interferindo positivamente na vibração do planeta.

O inconsciente coletivo que vibra numa freqüência codificada do 666, precisa ser alterado para a freqüência do 999, que é a codificação Divina da Sabedoria. O inconsciente coletivo foi gerado pelos planetários em uma freqüência mais alimentada pelos instintos, que agora deve ser modificada para vibrar em uma freqüência mais harmônico-divina e, portanto, mais compatível com a Freqüência de Cristo.

Pelo menos um terço da população terrestre já deveria estar vibrando em sintonia com a freqüência dimensional ou da quarta dimensão, mas, como fomos sempre “torpedeados” por paradigmas distorcidos, deixamo-nos mentalmente nos entorpecer. Portanto, precisamos não só de nos integrar com as Forças Cósmicas, mas, também com a Força interna do nosso Cristo Interior, que precisa ser exteriorizada.

Para conseguir receber apoio energético/efetivo das Amazonas/descendentes, os dimensionais de um modo geral e particularmente os dimensionais de polaridade positiva – masculina – devem estar vibrando na freqüência da “Neutralidade” ou dentro da faixa de tolerância emocional, para que possam ficar harmonicamente em sintonia com a freqüência das mudanças vibratórias, que ao nível físico já estão ocorrendo no planeta.

Existirá um momento em que não haverá mais paradigmas e então deveremos estar irmanados em um só Corpo Energético e Harmônico.

Será um Novo Tempo onde o planeta será unificado, sem fronteiras geográficas e ideológicas, quando sintonizaremos no nosso cotidiano mais comumente com o Transcendente, percebendo Nele o verdadeiro sentido de Unicidade.

Todos os dimensionais devem estar sintonizados com a Freqüência Vibracional das Amazonas e as suas descendentes em ressonância com a Energia de Cristo, devem exercitar suas lideranças através de trabalhos missionários.

Voltemos a “ser criança”, com a nossa maneira de pensar e agir e, iluminados com a nossa “Alegria Interior”, irradiemos a Luz da nossa Essência, que vibra em ressonância com a Luz Divina da Manifestação.

Sejamos a “Nova Consciência”.

Translate »