Postado por

Governos versus ÓVNIS

Governos versus ÓVNIS
Print Friendly

Documento do FBI cita oficialmente captura de óvnis

De acordo com este documento a Força aérea americana teria encontrado três Óvnis no Novo México.

O FBI publicou muito recentemente um documento que aparentemente prova a captura de Óvnis no famoso caso de Roswell, no Novo México. Segundo o documento, na data de 29 de março de 1950, um investigador da força aérea norte-americana relata o encontro de três discos voadores, que seriam ovais e com uma protuberância no centro (bem como nos filmes de ficção científica que tratam do assunto), com cerca de 15 m de diâmetro.

O documento, enviado pelo agente especial Guy Hottel à diretoria do FBI, está disponível na internet junto a milhares de outros documentos no novo sistema de pesquisa da agência chamado “The Vault”. O nome do investigador que teria descoberto os discos voadores e do agente a quem ele relatou o ocorrido foram rasurados no documento disponibilizado online.

Ainda de acordo com este documento, o investigador teria encontrado em cada um dos discos voadores três corpos semelhantes ao de um corpo humano, mas com baixa estatura. Os “seres” mediam cerca de 90 cm e vestiam roupas metálicas ultrafinas, segundo o que foi relatado.

Hottel informou que o investigador disse acreditar que os discos voadores foram encontrados caídos no Novo México, “pelo fato de o governo americano possuir um radar muito poderoso na área e se acreditar que os radares poderiam interferir no controle mecânico dos discos voadores”. Veja mais no documento:  http://vault.fbi.gov/UFO/UFO%20Part%208%20of%2016/view

A cidade de Roswell se tornou muito famosa depois de relatos de que discos voadores teriam caído no deserto perto de uma base militar, no dia 2 de julho de 1947.

Segundo diversas teorias os corpos dos alienígenas teriam passado por autópsia nas dependências do exército americano, que teria encoberto o incidente.

 

Ministério da Defesa Brasileiro abre documentos confidenciais sobre Óvnis

 

Brasília –  A abertura de arquivos secretos das Forças Armadas, com relatos de militares que supostamente avistaram Objetos Voadores Não Identificados (Óvnis), será agora discutida  no Ministério da Defesa, em Brasília. A assessoria de imprensa do ministério confirmou que representantes da Marinha, Exército e Aeronáutica debaterão procedimentos administrativos para cumprir a Lei de Acesso à Informação. Devido ao grande número de pedidos para a divulgação de documentos sobre Óvnis, o assunto será colocado em pauta.

Este atitude governamental foi o resultado da Carta de Foz do Iguaçu, assinada por cerca de 500 pessoas durante o 4º Fórum Mundial de Ufologia algum tempo atrás, solicitando a abertura de documentos confidenciais. Essa luta começou em 2004, mas “até agora só a Força Aérea vem cooperando com divulgação de registros relativos a discos voadores”, afirmou o ufólogo brasileiro Marco Antônio Petit.

A convocação para esta reunião interna foi através de carta encaminhada pelo secretário de Coordenação e Organização Institucional do Ministério da Defesa, Ari Matos Cardoso. Na correspondência, ele menciona a “singularidade da matéria” e a criação de uma comissão de investigação mista — com ufólogos, cientistas e militares, “para exame das eventuais manifestações do fenômeno Ufos (Óvnis em inglês)”.

De acordo com Petit, a maior parte dos relatos colocados à disposição pela Aeronáutica é referente à rotina operacional do controle de tráfego aéreo. 

O veiculo de comunicação “O DIA” teve acesso a alguns desses relatórios. Dois deles no Rio de Janeiro são descritos por militares. No dia 7 de novembro de 2000, conforme o documento 365/1472 do Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Condabra), um militar garante ter avistado de sua aeronave, às 23h, um objeto de luz branca em Santa Cruz, na Zona Oeste. Em outro relato, segundo documento 65 C, do mesmo órgão, dois militares dizem ter visto “várias luzes vermelhas caindo como gotas de um ponto branco” e em deslocamento, por volta de 0h50 do dia 2 de maio de 2001, em Jacarepaguá.

Mudança de cor e de posição

Uma das transcrições intrigantes é a gravação feita pelo tenente Ari Flávio de Souza do Centro de Tecnologia da Aeronáutica, proveniente de uma conversa entre pilotos de um vôo da Varig com agentes da torre de controle de Curitiba, na noite de agosto de 2003. Um dos pilotos da aeronave que seguia para São Paulo relata atônito, que estava avistando um objeto não identificado. “Não dá para saber o que é…Tá voando paralelo à gente…Agora, mais alto… Tá piscando…Agora tá parado… Na subida tava vermelho, agora está branco…”. “Tentamos todos os meios, mas não conseguimos identificar nenhuma aeronave”, respondeu funcionário da torre. 

Militares avistaram discos voadores na Barra da Tijuca

Relatório já liberado pela FAB traz fotos e estudo sobre a aparição. O militar que fotografou o Óvni na Barra da Tijuca/RJ, enviou este registro fotográfico aos seus superiores.

Parecia um DC-3, só que voava lateralmente”, foi assim que o militar classificou o objeto voador em documento reservado, que a Aeronáutica vem liberando aos poucos para consulta pública. Comparando o que via com o avião de passageiros DC-3, o militar traçou com nanquim o seu movimento e o fotografou. Entregou tudo às autoridades aeronáuticas, que durante 52 anos mantiveram o relato guardado em seus arquivos, com o carimbo ‘reservado’. 

É esse material que começou a ser discretamente entregue ao Arquivo Nacional há um ano e meio e que, a partir desta semana, por meio de portaria assinada pelo comandante da Força Aérea, brigadeiro Juniti Saito, será liberado com regularidade. A partir de agora não virão apenas relatos antigos, mas também registros recentes de avistamentos feitos por pilotos, controladores e demais usuários do sistema de controle do espaço aéreo. 

O registro deste estranho disco que sobrevoou a Barra da Tijuca em 1952 integra agora o acervo ‘Objetos Voadores Não Identificados’ (Óvnis) da unidade do Arquivo Nacional em Brasília. Por anos ficou guardado no Rio, no Centro de Documentação e Histórico da Força Aérea (Cendoc), no Campo dos Afonsos, também na Zona Oeste do Rio. Nesse arquivo reservado, recebeu a classificação “Envelope 02 1971”. 

Estes documentos já conhecidos são ao todo nove fotos, sete desenhos em nanquim e quatro figuras desenhadas sobre a reconstituição do que a Força Aérea chamou de ‘Caso Barra da Tijuca, ano de 1952’.

 

Ovni Tijuca-RJ

Militares avistaram discos voadores na Barra da Tijuca/RJ/BR 

Fonte:

cspu.blogspot.com/2013/…/militares-avistaram-discos-voadores-na.ht…

 

Em outro documento, este de 1971, há relato sobre aparição de Óvnis na  cidade mineira de Varginha. O registro é atribuído a um “informante” da FAB.

Ele relata as famosas aparições de Óvnis sobre Varginha e seu deslocamento para a cidade vizinha de Três Corações. Lá permaneceu, segundo o documento liberado pela Força Aérea, “pairado sobre a ESA (Escola de Sargentos das Armas) do Exército, onde também alguns militares teriam testemunhado o fato”. 

O registro foi levado a sério. Recebeu encaminhamento para o Estado-Maior da Aeronáutica e para o comando de Zona Aérea. Recebeu carimbo de ‘reservado’ e observação alertando aos destinatários serem eles  responsáveis pelo sigilo do documento. 

 

Ovni Varginha-MG

Fonte:

aventureirododesconhecido.blogspot.com

 

Vídeos mostram suposto óvni em Israel e geram polêmica na internet

 

Veja neste Site imagens e textos sobre este acontecimento, na Página Imagens: “Sonda no Domo da Rocha/Jerusalém”. Veja também sobre este mesmo assunto no Google através do endereço: 2nd UFO Jerusalem Dome of the Rock Temple Mount UFO video surfaces from 01/28/2011.

Dois vídeos provavelmente de um objeto voador não identificado (Óvni) suspenso sobre a Esplanada das Mesquitas de Jerusalém causaram grande interesse na internet, com milhões de acessos e um polêmico debate sobre a chegada de extraterrestres à Terra Santa.

As imagens mostram quando uma bola de luz branca desce lentamente sobre a Esplanada das Mesquitas (terceiro lugar mais sagrado para o Islã), sobrevoa por cerca de dez segundos a dourada Cúpula da Rocha e volta a subir ao espaço em grande velocidade“Entregamos os dois vídeos a um laboratório e não queremos nos pronunciar sobre a veracidade do material até que tenhamos os resultados”, disse o porta-voz de uma associação israelense de pesquisa de Óvnis.

Ele ressaltou que “as imagens foram feitas de diferentes pontos da cidade por duas pessoas desconhecidas e que não têm qualquer relação”. A suposta aparição do Óvni ocorreu na madrugada de 28 de janeiro.

Os vídeos foram disponibilizados pouco depois no “YouTube” e geraram diversas reações. Enquanto alguns os tacharam de falsos, outros disseram que são a prova de que há vida fora da Terra.

O fato gerou muito nervosismo, alguns tiveram medo, outros ficaram eufóricos. Três pessoas confirmaram que também avistaram o Óvni, embora não o tenham filmado”, garantiu o especialista. O primeiro vídeo, de pouco mais de dois minutos, foi gravado de Armon Hanatziv (ao sul de Jerusalém) e por Elyigal Gedaliyovich, um fotógrafo israelense de 42 anos que passeava com um amigo para registrar imagens de um projeto no qual está trabalhando. Neste momento quando foi surpreendido pelas luzes do Óvni, se apressou para ligar a câmera e registrar o que via, noticiou o jornal “Yedioth Ahronoth.”

Sua voz que aparenta surpresa ao comentar com seu amigo sobre o que via, ela também aparece na gravação. Ele perguntava “o que é essa luz, está proibido voar ali, será que é um helicóptero militar?” Ao mesmo tempo o outro respondia, “que parecia uma bola de luz e que o objeto estava descendo”.

 

 

Sonda no Domo da Rocha/Jerusalém

Fonte Pagina Imagens

 (neste Site):

Gedaliyovich que afirma já ter visto Óvnis anteriormente (embora não os tenha registrados), diz que está “claro que existem Óvnis, mas em Israel ninguém presta atenção”. O segundo vídeo foi gravado por turistas americanos com um telefone celular mais perto da Esplanada das Mesquitas e nele é possível ouvir suas vozes, que identificaram o objeto como uma nave com seres de outro mundo.

O porta-voz da associação de pesquisa de Óvnis declarou que “se as imagens não são reais, a sua falsificação é perfeita e, se são verdadeiras, então se trata de um fato muito importante pelo lugar exato onde ocorreu”, apesar de ainda não se saber o que isso poderia significar.

A estes vídeos seguiram outros, vários que tentam demonstrar a manipulação das imagens dos dois primeiros. Por exemplo, mostrando a exagerada intensidade do brilho e a falta de reflexos nas imagens. Estas gravações que foram divulgadas mais tarde para tentar corroborar a visita extraterrestre e que foram tachadas de “claramente falsas” por uma parte dos internautas, entretanto elas não deixam de tirar a importante veracidade do “fenômeno” que aconteceu ali, naquele momento.

 

Fontes

Ig Noticias

O DIA


Se os EUA não revelarem a realidade extraterrestre ao mundo, a Rússia o fará”, diz Primeiro Ministro

 

De acordo com o site www.eutimes.net, um impactante relatório do Ministério de Assuntos Exteriores da Rússia (MFA) sobre a agenda do Primeiro Ministro Russo, Dmitry Medvedev no Fórum Econômico Mundial, a Rússia irá alertar o Presidente Obama que a “hora chegou” para o mundo saber a verdade sobre os alienígenas e se os Estados Unidos não participarem desta divulgação, o Kremlim a fará sozinho.

O Fórum é uma fundação Suíça sem fins lucrativos. É uma organização focada na melhora da situação global.  E, como já foi noticiado no “OVNI Hoje”, um documento do Fórum alerta que a descoberta de vida em outros planetas é um dos cinco “fatores X” a ser considerado atualmente e que a humanidade precisa se preparar para tal revelação.

O WEF (Fórum)

O WEF (Fórum) com sede em Cologny, Genebra se define ainda como uma organização internacional e independente compromissada em melhorar o estado do mundo, envolvendo líderes empresariais, políticos, acadêmicos e outros da sociedade para moldar agendas regionais e da indústria, a nível mundial.

O Fórum é mais conhecido por sua reunião anual em Davos, uma estância na montanha em Grisões, no leste da região dos Alpes da Suíça. 

O WEF em seu Sumário Executivo de 2013 programou para o debate uma série de itens com “n” fatores relacionados à Natureza e, entre eles aquele relacionado à categoria que inclui a ” descoberta de vida extraterrestre”. Portanto, ali seria o local ideal para ser declarada “prova de vida em outros lugares do universo, mesmo que tivessem profundas implicações psicológicas para os sistemas de crenças humanas”.  

Medvedev foi escolhido para abrir este Fórum especial, onde estavam presentes 50 chefes de governo, incluindo a alemã Angela Merkel e David Cameron da Grã-Bretanha, entre outros. E uma observação importante a fazer em relação ao assunto extraterrestre, é que Medvedev em 07 de dezembro de 2012, na cidade de Moscou, em entrevista com repórteres respondendo-os agora como Primeiro Ministro, ele fez alguns comentários fora do ar, sem perceber que o microfone ainda estava ligado.

Nesta ocasião ao ser perguntado por um jornalista, ele disse que lhe foi entregue (como Primeiro Ministro) o código para ativar o arsenal nuclear da Rússia, juntamente com arquivo secreto sobre “aliens”.

Medvedev disse que “junto com a maleta com os códigos associados à ativação de armas nucleares, lhe foi dada também uma pasta ‘top secret’ especial e que nela contém informações sobre os “estrangeiros” (“aliens”) que visitaram a Terra e ainda, que junto com estas informações recebeu também relatórios muitíssimo especiais do serviço secreto,  que exerce controle sobre “estes “estrangeiros” no território russo.

Ele ainda aconselhou os jornalistas obterem mais informações neste sentido, de um filme bem conhecido chamado Homens de Preto… “Não vou dizer quantos deles estão entre nós, pois pode causar pânico“.

 

 

Um Osni estacionado no fundo do mar. A Marinha russa liberou…Imagem ilustrativa, de acordo com Vladimir Azhazha, um ex-oficial da Marinha e conhecido ufólogo.

Fonte:

UFOVIA osnis – objetos subaquáticos não identificados

www.viafanzine.jor.br/site_vf/ufovia/osnis.htm

 

Fontes ocidentais de notícias relataram logo depois em relação a estas suas informações chocantes sobre alienígenas, que ele estava “brincando”, principalmente quando fez referencia ao filme “Homens de Preto, que erroneamente (ou de propósito) foram relacionadas a uma comédia (1997) de aventura americana de ficção científica, sobre dois agentes secretos que combatem alienígenas nos EUA.

Medvedev, entretanto, não estava se referindo a este filme americano, mas sobre os famosos filmes russos: documentários Homens de Preto, que detalha muitas anomalias de Óvnis e alienígenas

Portanto, onde algumas fontes de notícias ocidentais citaram Medvedev, dizendo que ele ao passar informações detalhadas sobre este assunto, as relacionava com um filme bem conhecido chamado “Homens de Preto”, na verdade a sua verdadeira resposta foi “vocês podem conseguir informações mais detalhadas, ao assistirem documentários russos sobre os “Homens de Preto.”

Para estas agências de notícias ocidentais propagarem as palavras de Medvedev deliberadamente distorcidas em relação à vida alienígena já presente neste planeta, o motivo de ridicularizar é evidente. Mas, neste caso não só ele está “perdendo a cabeça”.

 Se alguém está “perdendo a cabeça” quando se refere aos alienígenas, estes não estão apenas na Rússia, mas ainda no Vaticano quando em novembro de 2009 informaram dali, que estão também se preparando para as divulgações extraterrestres.

Igualmente “perdendo a cabeça” são alguns funcionários do governo dos EUA, como o ex-consultor do Pentágono Timothy Good, e autor de Top Secret UFO Mundial Cover-Up , afirmando que em fevereiro de 2012, o ex-presidente Dwight Eisenhower teve três reuniões secretas com “estrangeiros” (“aliens”) com a “aparência nórdica” e que com eles um “pacto” foi assinado para manter a sua agenda em segredo na Terra.

Com a recente descoberta na cidade russa de Vladivostok de um Ufo 300 milhões de anos de idade, com os cientistas, astronautas e usuários do YouTube relatando acontecimentos cada vez mais estranhos na Lua e com os cientistas do Reino Unido e do Sri Lanka, dizendo que eles têm agora em uma ” rocha sólida prova de vida extraterrestre ” (depois de encontrar algas fossilizadas dentro de meteorito), os únicos que parecem estar verdadeiramente  “perdendo a cabeça” são algumas autoridades americanas, que há décadas vem encobrindo um dos acontecimentos mais importantes de toda a história humana –  aquele que os seres humanos não estão sozinhos no  Universo.

Se Medvedev foi capaz no WEF (fórum) convencer o regime de Obama, para dizer a verdade sobre Óvnis e extraterrestres, com certeza este convencimento não será do conhecimento da população.

O que a população poderá agora ter conhecimento com a participação ou não dos EUA, é o que o Kremlin começará paulatinamente a contar. Dizer a verdade sobre o que os pesquisadores desta área já sabem há tempos.

Mais informações nas fontes; 

a)http://www.eutimes.net/2013/01/russia-orders-obama-tell-world-about-aliens-or-we-will/.

b)http://ovnihoje.com/2013/01/23/se-os-eua-nao-revelarem-a-realidade-extraterrestre-ao-mundo-a-russia-o-fara-diz-primeiro-ministro-alegadamente/

c)http://www.eutimes.net/2013/01/russia-orders-obama-tell-world-about-aliens-or-we-will/

d)http://ovnihoje.com/2013/01/23/se-os-eua-nao-revelarem-a-realidade-extraterrestre-ao-mundo-a-russia-o-fara-diz-primeiro-ministro-alegadamente/#ixzz2IqFdrwk7

 

Translate »