Postado por

MÁXIMA – XVII

MÁXIMA – XVII
Print Friendly, PDF & Email

O texto desta Página como os das Páginas anteriores foi feito com informações tiradas de algumas partes dos últimos textos das Paginas Interações. Se nele as informações foram resumidas para uma só frase, foi com o intuito de melhor facilitar a assimilação de seu conteúdo e, com isto, facilitar também uma melhor fixação mental do mesmo, no sentido de despertar (em outro nível de consciência e razão) a percepção para as realidades paralelas – para uma nova visão da Realidade.

Entretanto, ele que já está em um mesmo nível de padrão vibratório do sétimo nível/estágio com todos os outros companheiros dimensionais, mas, não em um mesmo nível de consciência de muitos deles, deve se esforçar para adquirir o máximo de conhecimento, que o possibilite através de Luz/informação sintonizar com a sua Transcendência Divina não mais limitada aos conflitos humanos de sua individualidade.

O individuo/dimensional que exteriorizar a Centelha de Cristo com o Seu Poder Energético/Transformador praticamente se tornará uma Divindade Viva/Co-criadora e, portanto, deve possuir um nível de consciência responsável/compatível não apenas na sua condição de um ser dimensional, sobretudo, na sua condição de um ser da dualidade (humano), que se alimenta da energia de emoções nem sempre harmônicas.

No momento de sua interação com esta Energia Divina o dimensional precisa estar fisicamente bem, irradiando força de vontade e perseverança necessárias, para que a Luz que irradiava em Jesus incorpore e dure nele por um período mais prolongado.

Chegou o momento de o dimensional perceber em si mesmo as diferenças energéticas e vibratórias dos diversos degraus da escada evolutiva, notando que para acender cada degrau nesta sua escalada vibratório-evolutiva no “ir sempre para frente”, ele deve se fazer diferente e criativo, para que possa perceber o que realmente “É” e manifestar mesmo em seu corpo físico a Energia de Cristo.

A Energia de Cristo como “Lágrimas de Deus” dá condições vibratórias ao indivíduo/dimensional que consegue exteriorizá-La, tornar um avatar ou um alquimista, porque ele terá condições de fazer que tudo vibre e que tudo se faça/transforme conforme o seu desejo, como Jesus Cristo através da Sua Energia (Neutra) do Pensamento fez a transformação da água em vinho, utilizando-Se da Freqüência Multi-vibracional, que modificou as moléculas da água, transformando-as inicialmente em uma estrutura cristalina, para depois de vibrá-la, transformá-la em vinho.

O dimensional deve possuir o máximo de consciência e de evolução interior (auto-iluminação), para que ao manipular corretamente a sua fonte de energia vibracional, possa interagir com a Luz do seu Cristo Interior e através Dela, pensando positivamente e desejando profundamente, gerar imensa fonte de energia.

Ao desejar profundamente, o dimensional transmuta as suas emoções, os seus sentimentos e as suas sensações em vibrações que produzem “fenômenos” que nunca pensaria realizar, mas, ele deve se observar, porque a inveja, a vaidade e o egoísmo entre outras características do comportamento humano geradas na dualidade, não podem estar presentes quando o individuo interage na Freqüência da Energia de Cristo através de Sua Centelha Luminoso-Dourada, já que ele tem que se fazer puro como uma criança, tem que estar na “Neutralidade” sem qualquer tipo de bloqueio/conflito emocional.

O individuo/dimensional está vibrando no Amor de Cristo (Amor Puro/Uno), ele está pela auto-iluminação fechando definitivamente a porta para toda e qualquer forma de vibração desarmônica/”negativa”.

Tudo o que é conhecido e exercido atualmente como religião, governo e ciência entrará em colapso e tudo aquilo que é negativo, obsoleto e arcaico também sucumbirá em face desta Energia Entrante irradiada da Consciência de Cristo.

A Terra e os indivíduos devem vibrar em uma freqüência mental de maior amplitude, para que possam interagir com esta Consciência Entrante e o dimensional que tem uma missão para cumprir neste Novo Tempo, deve ativar o seu Poder Mental, clareando a sua mente, para que possa se exercitar em um constante estado alterado de consciência e ser direcionado de uma forma mais mental para esta Nova Era.

Todos aqueles que se tornarem unos com a Energia de Cristo poderão ter esperanças de sobreviver às calamidades futuras e, particularmente, o dimensional/Projeto Portal se observar/praticar corretamente as informações/orientações que vem recebendo dos “Seres”, ele conseguirá “se salvar”/transcender, irradiando a Energia Divina que toca o coração de todos.

O dimensional deve viver cada momento com a responsabilidade de um crescimento iluminado/continuo e quanto mais ele vive em uma postura consciente de um ser auto-iluminado, direcionando do seu frontal a sua energia mental/vibracional, ele vai cada vez mais como Jesus Cristo, tornando-se também um Co-criador.

O dimensional/Projeto Portal de agora em diante terá que trabalhar tanto a sua freqüência mental quanto o que ele chama de “espiritual” interagindo com Freqüências mais Sutis de Vibração e, portanto, ele deve aprender a relaxar o seu corpo, mas, conservando sempre a sua mente acelerada, para que possa no extra-físico manipular as leis naturais para determinados níveis de freqüência e ter a interação desejada.

O dimensional com a sua mente sempre ativa e com o seu corpo em um relaxamento adequado, deve construir o seu momento de equilíbrio energético e nesta freqüência ele ficará também frente a frente com o seu principal oponente, baterá de frente com ele mesmo através do “ego” ao perceber as energias por ele geradas da vaidade/orgulho, da inveja/ciúme e de muitas outras com raízes profundas e geradoras de insegurança, que impregnadas em sua mente e formadoras de sua personalidade são difíceis de serem removidas.

Daqui para frente “no cair das máscaras” mostrará para o individuo o que ele normalmente há muito já vem pensando/criando, quando ele ao encarar a sua realidade mais profunda, deve aprender enfrentá-la, aprendendo a limpar a sua mente através da reprogramação do seu subconsciente com novas informações compatíveis a uma consciência, que já interage com o plasma da quarta dimensão.

O dimensional para estabilizar a sua energia vibracional ativa em seu frontal, ele deve se tornar cada vez mais o seu próprio espelho, para que em uma freqüência mental própria e em um outro nível de consciência/razão possa ser também ajudado/ativado pelos “Seres”.

O individuo/dimensional deve aprender a se conservar na faixa de tolerância, irradiando equilíbrio no seu pensar/agir, para que ele possa ao interagir com a Energia de Cristo, ser o “Senhor de todas as Leis” e com a consciência do Princípio de todas elas possa também reger os quatro elementos e ainda atuar com o quinto elemento ou o etéreo através do plasma total no extra-físico.

A partir do momento em que o primeiro dimensional/Projeto Portal com a ajuda dos “Seres” se tornar “Ponte Energética”, para que a Energia de Cristo Se manifeste na terceira dimensão, outros dimensionais também serão ativados e A manifestarão, portanto, eles não devem criar um clima de competição, mas, alcançar níveis mais amplos de consciência, para manter o seu campo eletromagnético em equilíbrio com a energia da kundalini fixada em seu frontal já como energia vibracional ativa/direcionada em sintonia com esta Energia Divina.

Os dimensionais não devem esquecer que para este momento, mais do que nunca, são necessários níveis mais amplos de consciência, que estão relacionados com a sua freqüência mental/vibracional, com a sua identificação em um dos degraus da escada evolutiva e com a sua capacidade de trilhar o caminho evolutivo sem maior atropelo.

O dimensional que já se despertou realmente, não se deixa mais influenciar pela desarmonia de outros indivíduos ou por pensamentos negativos, porque sabendo o quer, ele já não recua diante dos problemas por mais difíceis que pareçam ser, sabendo se harmonizar através de sua freqüência mental/vibracional, quando acelera a sua freqüência mental ao mesmo tempo em que fisicamente se relaxa e conserva o seu equilíbrio emocional.

Sobretudo, o dimensional deve alcançar no seu processo de interiorização uma linguagem mais mental com o objetivo final e transcendental de sua Transmutação através da mesma Energia, que Jesus Cristo utilizou para “subir aos Céus”.

A Freqüência Vibracional da “Nave GNA” gera um campo eletromagnético, que permite os genes do individuo se potencializarem pela incorporação de mais energia ao nível do seu DNA físico, que vai se transformando em DNA Inter-dimensional por causa deste complemento energético fornecido pela “Nave GNA” e, à medida que a Chave Energética no seu código genético vai sendo reconstruída, vai aumentando também a sua capacidade de conectar com outras dimensões.

Em sua ressonância multidimensional O DNA é um todo como DNA Inter-dimensional/GNA, constituído por doze camadas. Ele está dividido em quatro grupos com propósitos ou energias distintas e cada grupo é formado por três camadas.

No primeiro grupo com as suas três camadas os cientistas estão decodificando o genoma humano e o indivíduo que ainda não despertou/ativou as suas outras camadas, porque ainda vibra ao nível das três primeiras, é um ser consciente comum muito ligado à terceira dimensão, portanto, é emocional/influenciável e dependente/inseguro.

À medida que o individuo/dimensional vai ativando as camadas mais altas do seu DNA Inter-dimensional/GNA, ele vai percebendo o que ele chama de tempo começa a se alongar, com tudo à sua volta acontecendo/passando mais rapidamente, à medida que a sua consciência vai se despertando/iluminando para um estado quântico em relação a tudo que é observado.

Também, à medida que o individuo vai sintonizando/interagindo com a Freqüência deste Corpo de Luz, a sua aura se torna cada vez mais prateada, as células do seu corpo físico ficam menos densas, porque transformam em mais energia e vibrando menos como matéria, elas lhe dão uma aparência mais saudável, uma aparência mais leve/jovem.

Então, quando o indivíduo faz o exercício necessário para que possa sintonizar com a “Nave GNA”, ele está aprendendo a acelerar o seu padrão vibratório, para que expandindo a sua aura, possa ser favorecido em sua saúde com a imunização e também em sua capacidade extra-sensorial para os contatos e para a abertura de portais, entre outras habilidades.

O indivíduo quando começa a interagir com esta Freqüência Vibracional pode sentir dor de cabeça, “estalar” pescoço/articulações, apresentar pressão na musculatura cervical e transpirar as mãos, que ficam geladas.

Na medida em que os cromossomos das suas células vão ficando energeticamente mais desenvolvidos, a sua energia vibracional fica mais ativa e, quando a sua quarta camada da aura começa a ser trabalhada através desta Freqüência de Luz, os seus vinte e um ou vinte dois pares de cromossomos começam também a ser trabalhados/potencializados.

Existem quatro grandes “Naves” alinhadas sobre o território brasileiro desde 1971, que irradiando/vibrando os seus flashes nesta Freqüência Energética, estão modificando os genes físicos dos indivíduos.

Estes quatro Corpos Energéticos ou “Naves GNA” pertencem às quarenta e nove raças e uma destas “Naves” que fica na estratosfera da Terra, pode ser vista quando dispara os seus flashes luminosos e bombardeia os prótons e os elétrons do lado direito da nuca do individuo/dimensional, iniciando a partir deste ponto do seu corpo a potenciação energética de todas as suas células.

Esta “Nave GNA” normalmente fica parada no céu, perto das Três Marias (as naves restantes estão mais distantes do planeta), um pouco acima da Constelação de Órion e às 22h00min é o melhor horário para vê-la.

Como já foi mencionado, o individuo/dimensional que já está sintonizado e interagindo na freqüência da “Nave GNA” é favorecido com a imunização do seu corpo físico e por adquirir mais energia, possibilita-o transmutar para um corpo mais sutil, para um corpo menos denso.

Portanto, o dimensional que normalmente está aquém da sua capacidade paranormal, deve aprender através desta Freqüência de Luz acelerar o seu metabolismo e também acelerar o seu processo de evolução, despertando a sua consciência, para que possa acessar os conhecimentos, que estão registrados em seu Arquivo Cósmico.

Ele já passou por outras esferas, por outros mundos e veio para a Terra em trabalho/missão, mas, a densidade deste planeta fez com que ele perdesse a consciência do porque está aqui.

A densidade da terceira dimensão bloqueou o conhecimento da sua Origem, porque bloqueou a sua paranormalidade da vidência, da percepção, da premonição, da telepatia e da clarividência, que entre outras, lhe dariam condições de se despertar pela ampliação da sua percepção em relação aos vários Planos da Realidade/Manifestação.

Portanto, ele está na Terra para fazer o seu “despertar” através da sua paranormalidade e quando ele sente tristeza/insatisfação/vazio inexplicáveis, é ao mesmo tempo um aviso e um chamamento, para que ele faça alguma coisa, que ele ainda não define o que é.

O dimensional tem uma missão e para desempenhá-la, ele deve ativar o seu Poder Mental, clareando a sua mente, para que possa ser direcionado para uma interação mais mental com a Nova Era e, portanto, se despertando para uma Nova Consciência mais sintonizada com o Plano Mental, na medida em que vai se exercitando em um constante estado alterado de consciência.

O individuo da Nova Era que já está sintonizando nesta Freqüência de Energia e reconstruindo o seu código genético, tem a sua mente mais potencializada e pode ter uma comunicação mental mais direta com outras expressões de vida – tanto terrenas como de outros mundos.

O dimensional neste processo do seu despertar, o seu DNA está sendo potencializado com a energia necessária, para que ele futuramente se expresse/vibre através de suas doze hélices do seu DNA Inter-dimensional não apenas com as suas duas hélices atuais.

O individuo/dimensional deve procurar ativar os doze filamentos do seu DNA, que representam os seus seis estágios evolutivos da alma, para que consiga mais facilmente interagir com outras dimensões, sintonizar/potencializar energeticamente o seu DNA na Freqüência Vibracional da “Nave GNA” (DNA Inter-dimensional) e alterar a freqüência vibracional das suas células ao nível dos seus prótons/elétrons, para que possa se transmutar.

Este dimensional faz parte dos “escolhidos”, mencionados pelos “Seres”, pelos maias e pela bíblia. Entretanto, “muitos serão chamados e poucos os escolhidos”.

Atualmente o dimensional/Projeto Portal já tem um nível de sintonia com a “Nave GNA”, que lhe permite interagir com ela em qualquer local/hora, quando ela pode irradiar uma energia luminosa na cor dourada, ou na cor vermelha, ou ainda na cor violeta.

Este Corpo de Energia irradia mais comumente a freqüência de luz na cor dourada quando interage ao nível do Plano Mental com o dimensional, quando a cor é vermelha está decodificando-o e quando a luz é irradiada na freqüência da cor violeta, é um convite para que ele tenha um contato direto com os “Seres”.

A sonda que sai da “Nave GNA” para trabalhar o seu campo eletromagnético, quando irradia uma freqüência luminosa na cor vermelha, está também vibrando em uma freqüência necessária (densidade) para que ela possa se apresentar tripulada e quando irradia uma freqüência luminosa mais clara, ela não está nesta freqüência/densidade necessária para que a Energia Consciente que a direciona se plasme/materialize como forma (tripulada) na terceira dimensão com o auxilio da energia mental/vibracional do dimensional.

Portanto, os flashes deste Corpo de Luz, conhecido como “Nave GNA”, proporcionam ao dimensional uma saúde mais estável e um processo mais dinâmico para obtenção de novas informações, que o permitem auto-iluminar pela sua percepção cada vez mais clara como parte da Criação e também desenvolver a sua capacidade de co-criar através do despertar da sua paranormalidade.

Quanto mais o dimensional procura sintonizar/ouvir o seu Mestre Interior, mais ele vai exteriorizado a sua capacidade de profetizar e de irradiar a sua Luz, mostrando-se no Ser Angelical que “É”.

É o momento do indivíduo/dimensional irradiar a sua mestria e através dela em seu trabalho missionário, exercer a sua liderança e, também, é o seu momento de fazer a mudança de dimensão com o auxilio da “Nave GNA”, juntamente com Terra que também faz a sua transição com o auxilio do campo magnético do Cinturão de Fótons, que envolve todo o Sistema Solar.

O dimensional nesta ocasião da sua transformação e do planeta deve ser um Farol a iluminar outras Consciências, que na escuridão dos seus conflitos/confrontos estão como humanidade vivendo um intenso/escuro inverno de desamor.

O dimensional desperto está no aqui e agora pela Programação Divina como sentinela avançada, ajudando manter o equilíbrio energético do planeta.

Neste Novo Tempo da Terra que acolherá uma Nova Consciência, o individuo irradiará consciente o Eterno Agora, reunindo em uma só memória as experiências de suas vidas anteriores como uma única energia de vida.

O individuo/dimensional desperto que já está chegando ao clímax do seu trabalho missionário iluminado, está sendo percebido em todo o Universo através do seu livre-arbítrio, porque apenas ele tem o poder de escolher uma dimensão de vibração mais alta, quando para ela se direciona, à medida que vai irradiando a Luz da sua Divindade.

O individuo/dimensional como um ser humano vivencia o plano denso da matéria através do seu livre arbítrio, que o permite se descobrir como um Ser Transcendente, à medida que vai se transformando pela auto-iluminação e pela sua capacidade paranormal de co-criar.

O indivíduo que já está desperto, portanto, que já está “marcado” pela sua simbologia e consciente de sua condição de um ser dimensional, deve ter a noção da responsabilidade do seu compromisso cósmico, que deve ser cumprido através do seu trabalho missionário sem mais a interferência do seu livre arbítrio.

O dimensional que no momento na terceira dimensão está prisioneiro da dualidade, ele deve ter a iluminação necessária para perceber a sua Origem Cósmico-Divina, quando manipula a sua energia vibracional ativa/kundalini e se exercita com a Energia (Neutra) do Pensamento, Ponte para as Dimensões Superiores de Realidade.

O dimensional deve adquirir um nível de consciência/razão, que não fique mais preso à roda de suas re-encanações, quando o seu passado fica determinando o seu futuro e, portanto, ele deve se perceber em um outro nível de consciência trilhando um outro caminho diferente daquele que até então tem trilhado, se mostrando em seu pensar/agir com a sua Verdadeira Realidade, que não é mais aquela que está presa à terceira dimensão de um ser dual gerador de emoções/conflitos limitado à sua individualidade.

Quando o individuo começa sintonizar/interagir através de suas experiências inter-dimensionais com outras formas de Energias Conscientes que vibram (vivem) em outros níveis de freqüência além do seu plano de realidade que ele chama de matéria, ele está começando realmente se despertar.

O dimensional e a Terra (um Ser Cósmico Vivo) estão chegando ao final de um ciclo e entrando em um outro de vibração mais sutil, portanto, a Terra já iniciou a sua interação com a quarta dimensão e o dimensional em ressonância com ela já irradia um novo nível de consciência mais compatível à sua Transmutação.

O individuo/dimensional está menos limitado pelas sensações geradas pelo seu corpo físico através dos seus cinco sentidos, que o aprisionam na escola terrena através de repetitivas e de já cansativas experiências geradoras de emoções e, para que ele se torne um agente transformador e co-criador ainda no plano denso onde se exercita, deve ser muito perseverante/seguro, neutralizando através da sua vontade e do seu desejo profundo os seus conflitos/desconfianças, que são próprios para um “palco” construído para que ele vivencie com o seu livre arbítrio a dualidade.

O dimensional poderá co-criar e se transmutar, apenas quando ele já tiver a noção de Unicidade, que está além da sua noção de individualidade, que interfere na Freqüência Multi-Vibracional por ele manipulada/direcionada através da Energia (Neutra) do Pensamento.

O dimensional desperto percebe que Deus/Uno é Tudo o que É, portanto, como parte consciente do Todo ele está exercitando na matéria como o Seu agente transformador e co-criador através da sua Alquimia do Pensamento.

O dimensional quando tem em suas experiências cotidianas a necessária segurança para não mais se deixar afetar por situações do seu aprendizado de terceira dimensão, principalmente por aquelas que para ele nem sempre são “positivas”, ele já está começando perceber que para a Fonte de Onde Tudo Origina não existem os conceitos do bem e do mal e de todos outros conceitos que deles originam, que existem apenas para uma consciência que ainda alimentando de emoções, digladia na arena da vida, aprendendo no que ele chama de dor, não mais sentir sofrimento.

O dimensional desperto/iniciado está se tornando o Ser (Angelical) dos Novos Tempos, quando decodificando a “Neutralidade” que está codificada na Energia do Amor Puro Uno da Manifestação, vai vencendo o dragão de duas cabeças, que com o seu corpo sinuoso ora contorce para o mais “positivo”/bem, ora contorce para o mais “negativo”/mal.

Tudo na terceira dimensão que o individuo/dimensional através dos seus cinco sentidos diz que “está”, já “É” na Vontade Divina, que com a Sua Simplicidade no Corpo do Tempo, Se mostra em Sua Sabedoria através da grandiosidade/complexidade da Manifestação.

Como ser humano o indivíduo/dimensional é essencialmente emocional, sempre comporta de acordo com as respostas que ele recebe externamente, entretanto, ele não deve mais ficar suscetível ao que os outros acham/pensam dele, que venha interferir na sua caminhada rumo à auto-iluminação, porque ele deve pensar/agir centralizado nele mesmo, para que não sofra interferência no seu despertar, alcance outro nível de consciência/razão e se sinta responsável por si mesmo além dos limites da dualidade, para que possa se libertar do ciclo de suas re-encarnações.

O individuo/dimensional vai ficando consciente que não mais precisa exercitar o livre arbítrio, quando cada vez mais sintonizando/interagindo com a sua Realidade Dimensional de quarta/quinta dimensões, vai se despindo da ilusão emocional da sua momentânea experiência humano-planetária na terceira dimensão.

O dimensional que já queimou suficientes etapas do seu aprendizado terreno, começa irradiar a Luz do seu Cristo Interno, começa a irradiar a Luz de uma Nova Consciência, que não mais ignora a Verdade de sua Origem e que não tem mais temor, por já ter a noção de sua Realidade e, assim, na mesma proporção em que ele vai deixando de se expressar com a sua individualidade própria de um ser que na terceira dimensão vivencia a dualidade, ele vai cada vez mais percebendo a Unicidade, consciente da Luz Divina.

O individuo/dimensional além dos seus sete chacras que ele comumente os manipula em seus trabalhos vibracionais, ele deve agora, sintonizar/interagir também através do seu chacra frontal com o “oitavo chacra”, que localiza acima da sua cabeça distante uns dois metros dela às vezes à sua direita e que é a via de acesso (Portal) para o Eu Superior, que intuitivamente o comanda, para que ele não opte por determinadas informações, que podem surgir em sua escalada evolutiva, que não favorecem o seu despertar.

Através da Auto-Ajuda que o dimensional se desperta, caminha pela Trilha da Auto-Iluminação e vai se tornando um Sinalizador para outros indivíduos e, esta Verdadeira Ajuda que em momentos de inspiração/intuição ele busca dentro de si em um processo próprio de Auto-Doação, não pode ser transferida, mas, permite que ele se torne um Referencial de Luz, despertando outros indivíduos para um nível de consciência, que os possibilite irradiar a sua própria Luz através do seu Cristo Interno.

Portanto, a Verdadeira Ajuda ou Auto-Ajuda emana de dentro em um processo de Auto-Iluminação, quando o individuo se exercita em uma linguagem intuitiva e intransferível com o Eu Superior e, portanto, não emana de fora, como na doação/ajuda de bens materiais ou nos favores entre indivíduos.

Na Terra surgirá uma sociedade menos desigual, que permitirá o indivíduo se expressar de uma maneira mais presente/consistente o sentido maior e verdadeiro de sua existência física, quando construirá com os seus semelhantes o Corpo Vivo do Cristo.

Na sua condição humana o dimensional exercita o seu livre arbítrio, entretanto, os seus pensamentos e suas ações são sempre supervisionados pelo “Anjo” que nele mora, para que ele possa ajudar na mudança vibratória do planeta e por ressonância na mudança de todo o universo.

O tempo da cobrança já começou, portanto, já começou o tempo do individuo se mostrar, deixando cair a sua máscara que o escondeu por incontáveis re-encarnações.

É o tempo do filho da Terra se mostrar no que realmente “É”, para que ele possa participar da grande festa de sua Mãe, que comemorará o seu “amadurecimento energético” nesta sua nova fase vibratória e aquele que nela viverá será o escolhido e o sinalizado pela marca da Harmonia, necessária para que ele se torne Ponte Viva com as Dimensões Superiores de Vibração neste Novo Tempo, em que a ligação entre o “Céu” e a Terra se dará mais constantemente através de Portais Energéticos imantados pela Energia do Amor Puro/Uno da Manifestação.

O individuo desta Nova Era perceberá que é um Ser que irradia alta Vibração/Luz e se ele está “escondido” em um corpo físico, é para que ele possa como “Homem/Anjo”, ajudar a construir a Nova Consciência deste Novo Tempo.

O dimensional com os conhecimentos e as informações que já adquiriu, deve se expressar com mais sabedoria, para que possa em um futuro próximo desenvolver o seu Poder de Transmutação.

Uma consciência iluminada já percebe que na Energia do Amor Puro/Uno está codificada toda a Manifestação e, portanto, Nela é que está realmente a Fonte de sua Transmutação. Ela precede todas as outras formas de energias, Ela é o “Amor de Deus”, está relacionada à “Mente Divina” e Se mostra no individuo no que está nele codificado como amor incondicional.

O dimensional/Projeto Portal está fazendo a sua escalada evolutiva de acordo com o seu padrão mental, ele está definindo a sua freqüência mental, para que possa participar de grupos específicos com trabalhos vibracionais também específicos e, portanto, ele deve em Harmonia se preparar, para que possa ser ajudado da melhor maneira possível pelos “Seres”, que vibram (vivem) em uma Freqüência de 4.000 ciclos/seg.

A sintonia do dimensional com o Criador vai ampliando cada vez mais, à medida que a sua interação com outras dimensões vai também se fazendo cada vez mais, quando a sua consciência “moldada” para interagir/vivenciar na terceira dimensão, começa também percebê-Lo através da sua visão pela percepção do frontal ou intuitivamente em outros Planos de Realidade.

O dimensional iniciado deve vibrar em uma freqüência mental de pelo menos 27 ciclos/seg., para que possa estabilizar em seu frontal a sua energia vibracional ativa ou da criação física e exercer a sua paranormalidade de contato, entre outras de suas capacidades para-normais.

O dimensional quando interage com os “Seres” e registra as suas imagens em fotos ou filmagens, deve perceber que é apenas um veiculo para uma finalidade maior, que o contato tem apenas uma finalidade missionária e não para satisfazer a sua curiosidade/vaidade ou movido pela inveja daqueles que já o conseguiram.

Portanto, para que o contato ou qualquer outro tipo de interação com o consentimento dos “Seres” aconteça com o objetivo maior do trabalho missionário de propagação/divulgação, o dimensional deve já possuir uma consciência dimensional irradiada de sua Verdade Interior.

Os “Seres” necessitam que alguns dimensionais interajam com eles através de contatos com diálogos claros, para que deles recebam e passem informações corretas e para esta missão não serão escalados muitos dimensionais, apenas alguns poucos que têm as qualidades da coragem, destreza, ousadia e perseverança, que são necessárias aos guerreiros/guardiões da linha de frente, que com o seu poder de decisão são bastante necessários nestes turbulentos tempos da Transição.

O tipo de interação/contato dos “Seres” com o dimensional é de acordo com o seu campo energético (aura) e com o seu nível de consciência e, portanto, como já foi anteriormente mencionado, o dimensional precisa estar sempre vibrando em um estado mais iluminado de consciência, para que se percebendo no que realmente “É”, tenha o verdadeiro alcance do que “Pode”, realize como Co-criador e não fique apenas como um depositário de fenômenos eletromagnéticos.

A partir do final de 1987 começou no Projeto Portal uma longa e exaustiva preparação de muitos indivíduos/dimensionais, para que pudessem alcançar a freqüência mental/vibracional necessária à sua interação com outras dimensões e, nesta seleção de oito anos alguns ficaram no meio do caminho, outros estão até hoje e outros ainda estão chegando agora na reta final.

O dimensional/Projeto Portal com ajuda dos “Seres” está aprendendo a se expressar através de uma linguagem mais mental, que o permite realizar o que deseja, quando sem jamais duvidar que este seu desejo profundo realize, traz a fonte de sua realização para dentro de si, usando-a mentalmente e, nesta linguagem ou freqüência mental o dimensional mesmo na terceira dimensão é mais dono de si e mais consciente da sua Verdadeira Realidade, manipula o seu Poder Criador através da sua energia vibracional ativa/kundalini, que levada para o seu chacra frontal pode ser direcionada através da sua Energia (Neutra) do Pensamento para as materializações e, sobretudo, para a sua Transmutação.

O indivíduo/dimensional deve trabalhar a sua freqüência mental para que ele alcance o Padrão Vibracional/Evolutivo Dimensional e, posteriormente, vibrando em uma Freqüência Expansivo-Coletiva, irradiar o Padrão Angelical.

Portanto, neste seu atual estágio evolutivo o dimensional/Projeto Portal preparando-se para a sua Transmutação, está a cada instante Renascendo através de sua Consciência em constante Expansão/Iluminação.

A palavra natal vem o latim natale e como escreve o Dicionário Aurélio, é relativa ao nascimento.

Entretanto, quando mencionamos “Natal”, estamos mencionando a data em que comemoramos o nascimento daquele que para Ele foi dado o nome terreno de Jesus, que muitos outros indivíduos de sua época também o possuíam, mas, que não eram o Cristo, denominação que Lhe foi dada posteriormente, que O identificou em Sua Missão Terreno-Divina e Única.

Portanto, “Natal” é a comemoração do nascimento de uma criança humana chamada Jesus acontecido há dois mil anos, que só é lembrada todo o ano por causa da presença Vivo-Eterna de Cristo, nos convidando a renascer a todos os instantes através da expansão/iluminação da nossa consciência.

Jesus como Luz no Cristo “Ressuscitado”/Transmutado, sinaliza para o dimensional o caminho da Transmutação.

O individuo/dimensional só aproxima do que é chamado de “Verdade”, quando ele consegue ligar a Ciência ao Divino, percebendo o universo pulsar e vibrar.

O que os cientistas chamam de Big-Bang é nada mais que a Expansão do Criador Supremo em infinitas Partículas Conscientes de Luz e estas Partículas que são carregadas/codificadas eletricamente nas “Polaridades Negativa e Positiva” obedecem a Lei do Eletromagnetismo e se espalharam em densidades diferentes nas diversas dimensões com as suas freqüências vibratórias específicas, que estão em constante expansão e retração, formando o que chamamos de Dinâmica Cósmica ou “Dança das Polaridades”.

A Pulsação Cósmica se faz através da expansão evolutiva da Consciência existente nestas Partículas, quando a Divindade em movimento, manifesta-Se e gera os universos físicos.

“A Lei da Polaridade rege a relação e o movimento entre todas as forças opostas, que vibram em todos os níveis, com a finalidade de gerar toda Criação e, é através Dela que todo o universo físico se expressa na Bipolaridade”.

O individuo/dimensional tem um corpo emocional onde as suas emoções geradas pelo “ego” vibram dentro do quê ele conceitua de “negativo/mal” ao “positivo/bem” e dentro destes limites poderiam ser citados como exemplos, infindáveis momentos geradores de emoção.

Os seres humanos são Partículas Conscientes de Luz vibrando/interagindo num mar de energias plasmadas e, portanto, sem o sentido religioso/emocional, o dimensional pode afirmar com bastante certeza “O Quê” liga o universo, fazendo a interação entre as suas Partículas Conscientes, é a Energia Neutra “Do Quê” ele chama de Amor Puro Uno da Manifestação, que é o Ponto de Coesão “No Quê” ele codifica/chama de Unicidade.

A Consciência está em constante experimentação nas diversas dimensões, ela vai além da terceira dimensão, experimentando o aparente e também o que não é visto, porque “Tudo está vibrando, tudo está em movimento, tudo está procurando o caminho de volta, à sua Fonte de Origem”.

O ser humano é “Luz” mesmo quando vivencia no plano denso, mesmo quando está limitado pelo seu corpo físico experimentando o dualismo, que através do “ego” gera a “energia magnética” de suas emoções, que às vezes atraem ou às vezes repelem.

São as emoções que fazem a dinâmica do cotidiano do individuo mostrando, como se ele estivesse em uma balança e na frente de um espelho, que precisa do seu semelhante para a sua oscilante caminhada evolutiva.

Portanto, em suas experiências com o dualismo gerando emoções, o individuo/dimensional não conseguirá evoluir sozinho, se não tiver como contraparte os seus semelhantes, porque nas atitudes deles é que vê as suas, principalmente aquelas que escondidas em seu sub-cosnciente não gosta de vê-las.

Como normalmente o individuo só nota o que o interessa, apenas “acenderá” a sua Luz Interior, quando se reconhecer limitado em sua condição humana pelo “jogo da dualidade”.

O individuo/dimensional deve ter a devida cautela, quando está aprendendo a sair do jogo Luz/”sombra”, porque na medida em que se ilumina, “a sombra” ressonante pode também ficar cada vez mais camuflada/dissimulada em seus pensamentos/atitudes e, assim, ele deve sempre se observar, não julgando as atitudes dos seus semelhantes e vigilante dentro do possível, vivenciar o auto-julgamento sem conflitos/tensões.

Em relação à dualidade o Dicionário Aurélio apresenta os seguintes sinônimos:
a) – dual é composto de duas partes;
b) – dualidade tem o caráter do que é dual ou duplo;
c) – dualismo refere a coexistência de dois princípios ou posições contrárias, opostas e, como alguns exemplos           de dualismo citamos: positivo/negativo, expansão/retração, claro/escuro tudo/nada e sim/não, entre vários           outros exemplos.

O ser humano é um ser para uma consciência dual, que nos limites do seu aprendizado na “arena da dualidade” (terceira dimensão), exercita-se com a energia emocional do dualismo através dos seus cinco sentidos.

O universo físico movimenta por impulsos eletromagnéticos, porque o fisicamente manifesto é energia na forma de partículas ou ondas (plasma), onde energias (seres) mais sutis conscientes nele vivenciam às vezes através de corpos físicos, que são gerados pela energia da criação ativa/kundalini e, na Terra estes seres conscientes são chamados de humanos, vivenciando/decodificando na dualidade a energia de suas emoções.

O indivíduo é energia consciente “inserida”‘ em corpo físico e, portanto, contrapondo à densidade da matéria onde está no momento, deveria em estado alterado de consciência “entrar” com mais constância em sintonia com o “Eu Superior” e não permanecer em seu cotidiano no já cansativo diálogo com o “eu menor”/dual, que através do “ego” o aprisiona no mundo das emoções.

O indivíduo é sempre comandado pelo “ego”, que constrói em seus afazeres diários a sua personalidade/caráter, através de suas satisfações/preocupações, entretanto, ele não deveria mais ficar delegando poderes ao “eu menor”, porque já sabe que é um Ser Divino Consciente “escondido” no momento em seu corpo físico humano, portanto, ao nível da sua Consciência Superior é que deve se conduzir.

O “Eu Superior” é o Divino no individuo/dimensional, que não pode mais deixar de sintonizá-Lo.

As experiências do individuo na terceira dimensão estão circunscritas aos limites da dualidade e a maior parte das vezes gerando desarmônicos sentimentos competitivo-antagônicos.

Entre muitíssimos referenciais duais que são observados em suas experiências de dualidade na terceira dimensão o individuo/dimensional tem: bonito/feio, melhor/pior, bom/ruim, forte/fraco, rico/pobre e certo/errado, entretanto, em relação a eles o dimensional deve aprender a ficar eqüidistantes destes referenciais externo-extremos, para que os transcendendo, se direcione para o “equilíbrio do meio”, transitando pela Neutralidade do Caminho do Meio.

O dimensional não deve fazer o jogo da dualidade gerando a energia do dualismo em um vai e vem ou em um sobe e desce sofrido, para que possa centralizado, se perceber como Unidade em sintonia com a sua Essência Divina.

O dimensional só conseguirá expandir a sua consciência para outras dimensões se sair deste jogo emocional através da “Neutralidade” e agir com a “Energia da Neutralidade” significa não reagir/conflitar, mas, agir baseado em um estado de consciência que está além do mundo tridimensional, onde o “ego” ilusoriamente está competindo no mundo da forma.

Portanto, estar “Neutro” ou vibrar em um “Estado de Neutralidade” não é ser alienado como muitos pensam, ao contrário, a alienação é quando o individuo não “dando ouvidos” ao seu Eu Interno, fica a mercê do “ego”.

Quando o individuo/dimensional ouve a sua Consciência Divina, sintoniza para além da terceira dimensão em um estado de consciência alterado e quando neste estado fica fisicamente em sentido de alerta e com as suas ondas cerebrais aceleradas, pode em um processo intuitivo, sintonizar com o seu “Eu Superior”, recebendo informações/orientações diretas Dele sem necessidade de mentores intermediários.

Na Terra o individuo está “jogando o jogo dual”, através da energia de suas emoções, que o prendem à densidade da matéria, mas, no momento em que consegue irradiar a sua Força Crística em um “estado de graça”, estará em Sintonia com o Cosmo e conseguirá mais facilmente interagir com os Planos Superiores da Criação.

Momentos especiais se aproximam, trazendo mudanças à situação atual do planeta e preparando o dimensional para eles, os Seres das Dimensões Superiores estão o orientando e o ajudando através de flashes luminosos do DNA Divino (GNA), que são implantados em seu corpo físico e que ativados pela sua freqüência mental e de acordo com o seu nível de consciência, estão se tornando plasmados ou físicos e interferindo em seu DNA físico.

Neste novo cenário que já descortina, o individuo receberá também a ajuda dos dimensionais de polaridade negativa (mulheres), que conseguirem desenvolver os seus dons de sacerdotisas em sintonia com a Freqüência das Amazonas, despertando as suas habilidades para-normais que estão nelas latentes, para mudarem no Planeta “Vivo” Terra a vibração molecular da água através da Ressonância Shumann e, portanto, modificarem também os seres humanos, que possuem em seus corpos físicos setenta por cento de água.

É divino o individuo poder transmutar através da energia da vida (ascendente) sexual/kundalini, vibrando-a ao nível da Energia do Verdadeiro Amor, vibrando-a em sintonia com a Energia “Angelical” (descendente) do Amor Puro/Uno da Manifestação, que o capacita nesta Fusão Sagrada começar a se transcender/transformar em um Ser mais Sutil e Divino, mesmo quando está ainda se expressando sexualmente com o auxilio de um parceiro (a) na densidade energética da terceira dimensão.

A energia irradiada do ato sexual é divina, quando os indivíduos transformados em “Chaves” que abrem o “Portal Sagrado”, podem com os seus (as) parceiros (as) através de suas Polaridades vibrarem em um só Corpo de Energia e se elevar despertos para uma consciência mais cósmica e sintonizada com o “Mundo de Pura Luz”.

O dimensional precisa alcançar o iluminado nível de consciência, que os situa em um determinado degrau da escada evolutiva e que o capacita sentir as células do seu corpo vibrar, sem tanto mais com a necessidade do orgasmo físico.

O individuo/dimensional deve através da sua mente aprender a direcionar para o seu frontal a energia sagrada da Kundalini, para que possa a partir deste chacra, sentir o verdadeiro êxtase, que está além do “gozo” físico de um ato sexual e que faz com que a sua alma vibre em uma interação profunda ao nível dos seus sete corpos.

O Amor na sua forma mais real permite o individuo/dimensional usufruir de um estado iluminado de interação/percepção e o ajuda a se livrar de idéias errôneas, que estão impregnadas em sua mente gerada por uma sociedade, que ainda vive limitada dentro de conceitos duais do bem/belo/limpo se opondo aos conceitos do mal/feio/sujo, onde a energia (e o ato) do sexo mesmo no seu sentido mais puro como aquele que era praticado pelas Amazonas, quase sempre é vista como algo pecaminoso/sujo, que deve ser escondido/não falado.

O dimensional precisa aprender a “viajar no Tempo” para além dos limites tridimensionais da sua realidade atual e iluminado pelo que já aprendeu em suas vidas passadas e direcionado para o seu futuro, irradiar no Eterno Agora a Luz do Amor Puro e Uno, que é a Luz da sua Verdadeira Realidade.

A energia sutil da Kundalini é a energia da criação ativa que percorre no sentido ascendente a espinha dorsal do individuo no instante em que desperta para a sua Transcendência Divina, “conectando-o” com um estado mental interior de alta vibração/aceleração, que o leva a um contentamento profundo e a uma Alegria Interior imensurável.

Existem diversas técnicas para despertar esta energia radiante e divina da vida, entretanto, o indivíduo só deve liberá-la corretamente, direcionando-a para a sua Transmutação.

O despertar da energia da Kundalini ou da energia na freqüência da cor vermelha promove uma série de habilidades que estão latentes no individuo/dimensional, que ele deve despertá-las e as Amazonas como “deusas/sacerdotisas” já as tinham despertas e, portanto, conseguiam naturalmente encantar e atrair multidões pela sua magia e pelo seu magnetismo.

O “ego” não é capaz de realmente amar, ele impede o individuo de interagir com a Energia do Amor no seu sentido real e mais profundo através da Energia do Amor Puro Uno da Manifestação irradiada da Fonte Criadora, que dá gestação aos mundos.

Através do “ego” o individuo conhece apenas a sexualidade que vem acompanhada do desejo de posse, ambição e ciúme, entre muitas outras de suas características na dualidade.

Portanto, a questão básica é como a partir de sua vivência atual, o individuo pode transformar o que ele chama de “amor”/sexo no Verdadeiro Amor, que está sintonizado com a Energia Divina que Tudo Gesta.

Muitas vezes quando o indivíduo está “perdidamente” apaixonado (a palavra perdidamente já diz tudo por ela mesma), julga estar amando intensamente, o que não é verdade, porque a maior parte das vezes, a paixão é tão emocional/passageira, que não o permite ter a serenidade necessária, para construir harmonicamente sólidos laços energéticos com o seu (a) parceiro (a).

Nesta caminhada incessante de idas e vindas do seu doloroso processo reencarnatório o sexo apenas faz parte da iniciação do individuo/dimensional, o ensinando a transmutar a energia (do desejo) sexual para além do físico, para a energia vibracional direcionada a partir do seu chacra frontal.

Está surgindo um Novo Tempo para uma Nova Consciência, onde a teoria e a prática terão coerência entre si e, nesta Nova Era o individuo deve como dimensional interagir mais constantemente com a quarta dimensão não mais limitado “no jogo da dualidade”, já tendo a noção da Alquimia do Amor “Angelical”, que permite dois Seres “desaparecem”, para se transformarem/aflorarem em uma só Energia Divina, em um só Corpo de Luz.

A humanidade está chegando ao clímax da Transição Planetária e não é dado mais a ninguém benevolência da protelação, portanto, todos precisam iluminar com a divina coragem/decisão, para que agindo em sintonia com o Cristo Interno possam irradiar a sua Verdadeira Luz, que está apagada em muitos, por não saberem amar, Amar no verdadeiro sentido do Amor.

Som e Luz são nessa ordem os primeiros fenômenos da Metáfora da Criação Divina – Deus era Uno com seu Verbo e o Verbo Divino soou: “Haja luz e a luz se fez”.

Em essência e primordialmente todos os seres humanos são som e luz, são filhos e filhas do Verbo Divino, filhos e filhas das Freqüências Vibracionais (Som) da Voz de Deus.

Povos antigos como os Maias, os xamâs de várias culturas ancestrais, os monges tibetanos, os sacerdotes do antigo Egito e, até os gregos, mais precisamente Pitágoras e toda sua escola sabiam do poder do som, principalmente dos seus harmônicos, usando-os para harmonizar lugares, gerar luz em lugares absolutamente escuros, curar pessoas, fazer ascender e transmutar energias e abrir portais dimensionais, dentre outras coisas.

Esses conhecimentos foram trazidos ao planeta Terra pelas Amazonas, que encantavam todos com o som de sua voz, porque elas detinham esse conhecimento e o praticavam na alquimia e na transmutação energética, mas, com o fim da Era das Sacerdotisas, esses conhecimentos ficaram confinados em algumas linhas de conhecimento esotérico, que os mantiveram ocultos e preservados até agora, quando nesse momento da Transição Planetária começaram de novo a aflorar.

A palavra encantar vem do latim incantare, que quer dizer cantar ou entoar palavras ou sons mágicos.

O legado das Sacerdotisas está aflorando novamente e não é por acaso, que esse saber milenar recluso no seio das mais antigas tradições ressurge nesse momento, após éons de esquecimento e todos os indivíduos são autoconvocados neste tempo especialíssimo, que deve ser vivenciado ao máximo.

 

___________________________

Compilação de Antônio Carlos Tanure

Translate »