Postado por

Para pensar e agir

Para pensar e agir
Print Friendly

Entre os dias 03 e 10 de outubro de 2010 viu-se através da mídia dois momentos com informações corretas sobre o Projeto Portal, mas também se escutou inverdades, vindas principalmente de um dos dois veículos televisivos – daquele que pertence a uma Igreja e que por interesses associados ao que é religioso, passou informações distorcidas ou incompletas já no final de sua reportagem.

Esta rede aberta de televisão apresentou um individuo perito em imagens, dizendo que o ser intraterreno “Bilu” é um embuste, que ele é forjado por alguém que usa uma espécie de capacete. Em relação a este seu comentário, mesmo que se esforce tentando ver este capacete nas imagens de “Bilu” na Página Imagens XXX deste Site, ele não é visto. O que é visto, são as imagens “se encaixando” com os textos que as acompanham.

Se alguém se vale de sua posição profissional e em função dela se expressa contrário aos fatos, distorcendo-os e, portanto “construindo apenas a sua verdade”, ele pode estar muitas vezes atendendo interesses, que nem sempre são realmente os seus.

O pesquisador do Projeto Portal deve ir sempre em frente passando informações, passando-as até mesmo para aquele que pesquisando dentro da ciência tradicional, ainda baseia as suas pesquisas dentro das leis próprias à terceira dimensão. Ele deve informá-lo, que estas leis são apenas parte das Leis Universais dentro de uma Ciência com alcance bastante maior – dentro da Ciência Universal que mais ampla atua também em outras dimensões como Ciências Paralelas.

O que esta acontecendo no Projeto Portal em relação às realidades paralelas é para ser vivenciado por aquele que ali busca e pesquisa “diferentemente” e, que já em outro nível vibratório-evolutivo vai se capacitando alcançar níveis de percepção não mais ao alcance dos seus cinco sentidos, próprios para as teorias no limitado mundo físico-laboratorial.

Quando o “Bilu” (agora também chamado de Jovem Sábio das Estrelas) se mostra “vindo” da quarta dimensão, para que isto aconteça deve existir o concurso dos elementais (do reino vegetal) e também do potencial gerado pela estrutura energético-biológica do pesquisador presente – condições que aquele da Ufologia tradicional por não as vivenciar, não as aceita.

No final da reportagem feita por este canal de televisão pertencente a uma Igreja, ficou também evidente a parcialidade nela mostrada, quando mencionou o Presidente do Projeto Portal em um processo acontecido alguns anos atrás (em Porto Alegre), mas deixou de mencionar também que este processo acabou sendo arquivado por falta de provas.

No final desta reportagem existiu ainda a comparação descabida entre o proceder do pesquisador do Projeto Portal com aquele de uma seita nos Estados Unidos, que todos os seus membros suicidaram induzidos a este ato insano e coletivo por uma liderança mentalmente doentia. Esta comparação é uma sandice.

O que é mais salientando no Projeto Portal é se deixar conduzir pela consciência e pela razão, que são necessárias ao equilíbrio emocional, que sem ele “não se alcança” as realidades paralelas.

Nele cada um é líder de si mesmo e todos trabalham com um mesmo sentido, que é aquele que busca propagar uma nova visão da Realidade. E cada um agora vivenciando outro padrão vibratório-evolutivo, interage realmente com outros planos de existência.

O Projeto Portal quando é mencionado dentro da Ufologia, ele não é aceito nesta condição por alguns, que quase sempre pertencendo a Ufologia tradicional e se valendo de criticas, não alcançam qual o seu verdadeiro sentido. Não sabem o que nele vem acontecendo, muito alem dos conhecimentos que são tradicionalmente aceitos nesta área.

Aqueles que nele estão, se conduzem também como um grupo que faz pesquisas ufológicas. São estudiosos das ciências paralelas e nesta condição, eles estudam todas e quaisquer informações relativas aos mundos paralelos – informações que a ciência terrena prefere ignorá-las ou deixá-las de lado.

Mas, a presença do Projeto Portal no aqui e agora tem ainda uma importância singular ligada ao passado e ao futuro da humanidade. Uma importância que os seus críticos não percebem, preferindo catalogá-lo como uma seita, da mesma forma que há dois mil anos atrás disseram para aqueles que naquela ocasião também se diferenciaram.

Na História da Humanidade o Poder Oculto – GO que não é uma falácia vem agindo de varias formas, com o firme propósito de não deixar o ser humano se perceber em sua verdadeira realidade.

Aquele que busca o Conhecimento deve ficar sempre alerta em relação a esta “fonte de desarmonia milenar”, que de forma constante e gerada de fora (e às vezes também de dentro), tem o objetivo especifico de destruir. Ela é gerada por um poder, que tem como a sua força principal em não se mostrar às claras.

Aquele que consciente ou não está a serviço deste poder quase sempre dissimulado e com propósitos inconfessáveis, ele que é de fato perigoso e, em relação a ele deve-se ficar atento.

Começou para o pesquisador do Projeto Portal “o teste final”, que como “choque de consciência” exige dele solida convicção – e, para este seu momento particular ele deve se precaver.

Apenas passará incólume por esta prova que é fundamental a certeza, aquele que possuidor de firme propósito já alcançou o equilíbrio emocional necessário a outro nível de consciência – que já atingiu realmente o patamar evolutivo-vibratório necessário à condição para uma nova visão da Realidade.

Ele deve se preparar para as agressões, “se armando” pelo Conhecimento – pelo Saber, para que possa responder os ataques que através da mídia virão de várias fontes.

Aquele que através de informações procura antes de tudo se conhecer, ele não fica a mercê deste poder nefasto, que tenta rotular e desqualificar.

De acordo com o Jovem Sábio das Estrelas – o “Bilu”, o Projeto Portal deve continuar na mídia despertando o maior número de pessoas, quando paralelamente vai mostrando para a população o seu verdadeiro significado.

Mesmo que tentem desqualificá-lo, o pesquisador que nele busca as realidades paralelas deve seguir adiante, passando informações vindas, inclusive, de seus parceiros de outros mundos e com elas fortalecido, deve responder a tudo e a todos.

Lagoa Santa/MG-BR, 9 de dezembro de 2010.

 ___________________________

 Texto de Antônio Carlos Tanure

Translate »