Postado por

Projeto Portal

Projeto Portal
Print Friendly, PDF & Email

De Mauro Dias (maurodias19@yahoo.com.br) – em agosto de 2010


As informações contidas neste texto foram tiradas da “Apostila para iniciantes”, que foi elaborada por mim e que já a revisei para a nova linguagem.

O Projeto Portal é uma associação cuja sede fica na ex-fazenda Boa Sorte, município de Corguinho – MS-BR, distante 40 km de Rochedo que fica 130 km de Campo Grande, capital do Mato grosso do Sul. O lugar tem a especial importância para desenvolver experiências com as ciências paralelas e encontros com os nossos parceiros de outras dimensões. Por ser assim, o lugar é marcado por fenômenos fantásticos que ultrapassam as explicações científicas. Dentre eles podemos citar: veículos que levitam de aspectos variados, vórtices energéticos, aberturas para outras dimensões, manifestações luminosas, chuvas de discóides e presença de visitantes de outras dimensões de extrema evolução.

Dentro da fazenda existem denominações para cada local tais como: Platô, Platozinho do Intra, Marcas, Crateras, Caixa d’água, Campinho, Bambuzal, Cascalho, Sondas, Lago, Lemúria, Milharal, Caverna do Urubu, Estrada do Ashtar e Trono. O Projeto recebe diversas pessoas de várias partes do Brasil, que frequentemente visitam o lugar para realizar atividades de aprimoramento energético, possibilitando encontro e conversação com nossos parceiros de outros mundos. O Projeto Portal mantém núcleo de representação em várias cidades do Brasil. O núcleo de São Paulo funciona como a central de informações.

O responsável pelo surgimento do Projeto Portal é o ufólogo e pesquisador Urandir Fernandes de Oliveira, que assumiu esta responsabilidade junto aos seus parceiros de outras dimensões. Ele que é um predestinado, tem a capacidade de realizar muitos fenômenos utilizando sua força mental, entre os quais podemos citar alguns como: criar matéria, movimentar objetos, transportar objetos à grande distância, deformar metais, desligar aparelhos elétricos e eletrônicos. Hoje, essas demonstrações são feitas somente com o objetivo de mostrar para os observadores que a força mental é capaz de realizar façanhas que no passado eram mal interpretadas. Ele quer mostrar, que o poder mental pode ser adquirido com a crença na nossa própria capacidade, desde que haja confiança em nós mesmos e um treinamento direcionado.

O Projeto Portal tem como objetivo reunir o maior número de pesquisadores dispersos. Essa união visa formar um grupo de estudo que possa desenvolver as potencialidades adormecidas nas pessoas. Desta forma, cada um poderá confiar na sua capacidade a ponto de desenvolver suas habilidades no controle mental, no preparo para estabelecer conversação com nossos parceiros de outras dimensões, na realização dos compromissos e na conscientização geral da humanidade sobre futuros acontecimentos próprios do final do ciclo da Terra.

Todos os fenômenos acontecidos no Projeto Portal devem ser analisados com todo o cuidado, pois misticismo e fanatismo são duas coisas proibidas dentro do grupo. Deste modo, muitas informações só poderão ser repassadas à população mais tarde, pois ela não está ainda pronta para entender a natureza de certos fenômenos. Como o Projeto Portal é formado por um grupo eclético e mesmo heterogêneo e seus pesquisadores estão num processo de aprendizado, alguns podem extrapolar, mas isto não passa de um descuido. Dentro deste contexto, o Projeto Portal está lidando com as ciências paralelas.

O Projeto Portal é formado por pessoas de variada experiência profissional, muitos de nível superior e pós-graduação, o que permite um melhor discernimento e avaliação dos fenômenos ocorridos com seus pesquisadores. No Projeto Portal o lema é mental, racional e equilíbrio.

O Projeto Portal é uma associação que reúne pessoas de várias partes do Brasil, que pesquisam em busca do entendimento sobre mistérios que envolvem nossa origem, a formação do Universo, os fenômenos provocados pelos visitantes de outros mundos galácticos e o significado de nossa existência neste planeta.

O Projeto Portal reuniu informações valiosas, que confirmam a existência dos mundos paralelos e da presença na Terra de pessoas, que agora estando em condição humana, vieram de outras dimensões. Assim foi dado o início ao estudo e manipulação de algumas propriedades das ciências paralelas. Para continuar, cada pesquisador depende primordialmente de sua revitalização energética e da sua elevação vibracional. Mas essas atividades só terão resultados satisfatórios se cada um evoluir em diversos sentidos, estabelecendo o controle mental, a autocura, o domínio do ego e a conscientização. O foco final dessas atividades está na dinamização de nossas potencialidades visando o futuro, exatamente no momento do final do ciclo da Terra.

As pessoas que têm origem noutra dimensão são de índole investigativa e desejam um conhecimento mais amplo que ultrapassa os limites do saber humano. Deste modo, eles buscam informações em várias fontes, com o intuito de ampliar seus conhecimentos na compreensão dos mistérios, que a ciência terrestre não foi capaz de explicar. No caminho desta busca, eles acabaram encontrando o Projeto Portal cujas atividades estão proporcionando satisfatoriamente estas investigações.

Algumas pessoas tiveram experiências com visitantes (e parceiros) de outros mundos e com outros fenômenos inexplicáveis pela ciência terrestre e só conseguirem explicações satisfatórias dentro do Projeto Portal. Nem sempre tudo pode ser explicado num determinado momento. As revelações são repassadas aos poucos de acordo com o processo de conscientização/evolução do pesquisador e ainda dependendo da situação que nosso planeta está submetido. Desta forma, muitos relatos anteriores podem ser refeitos com nova versão repleta de novidades que antes não podiam ser reveladas.

O Projeto Portal não é religião, nem qualquer tipo de seita religiosa. Se acontecer qualquer desvio de comportamento de algum pesquisador é compreensível porque muitos tiveram vivências religiosas e alguns iniciantes estão em processo de adaptação podendo manifestar sinais residuais de condicionamento religioso. Na verdade, são pessoas crentes em Deus, em Cristo e mesmo em muitos fatos relatados na Bíblia. A diferença é que nossos estudos nos dão uma visão e interpretação diferente daquelas comumente feitas sobre os acontecimentos bíblicos.

Uma estória pode ser contada de várias maneiras dependendo do ouvinte. Quando ela é fundamentada em provas convincentes, recebe a denominação de história. Desta forma, Jesus não podia contar para seus discípulos os detalhes sobre o Universo, pois eram homens simples que nada sabiam sobre ciência e não poderiam entender uma explicação complexa sobre a origem do Universo e os segredos da natureza. Até hoje isto é difícil de ser assimilado! Mas já chegamos num grau de conscientização, que nos leva acreditar que chegou o momento de recontar a estória/história. Esta é uma das tarefas do Projeto Portal, obter informações que possam compor a nova história, baseando-se nas informações obtidas através de conversação com nossos parceiros de outros mundos.

Finalmente, fica bem claro que ninguém sabe tudo, pois estamos num processo de pesquisa e aprendizado em busca da verdade dos fatos, dos mistérios existentes e nada é definitivo em matéria de conhecimento. Desta forma não podemos dar respostas a tudo, pois quanto mais aprendemos, mais sentimos que temos de aprender, porque surgem outros questionamentos que nos levam a continuar nas pesquisas.

Iniciantes são todos aqueles indivíduos interessados nas pesquisas do Projeto Portal. Alguns estão em busca de um entendimento capaz de dar um sentido melhor para suas vidas. Outros tiveram experiências com inteligências de outros sistemas galácticos e estão na procura de uma explicação ou orientação para saber lidar com esses acontecimentos. Também alguns são dotados de faculdades mentais extraordinárias, que precisam ser dinamizadas para alcançar um resultado mais satisfatório. Mas também existem outros interessados que são pessoas racionais e que através de um raciocínio lógico chegaram à conclusão de que o homem terrestre não é o único habitante do Universo e que outras inteligências sempre visitaram nosso planeta. Finalmente, o iniciante é o estudioso que estava perdido e que passou por experiências variadas e que achou o lugar capaz de orientá-lo para seguir na sua pesquisa.

Todo iniciante deve ter uma pessoa amiga – um pesquisador veterano, que possa dar as primeiras orientações no sentido de entender as verdadeiras atividades do Projeto Portal. Com o auxílio da “Apostila para iniciantes” ele terá assunto para formalizar perguntas e a pessoa que está dando a orientação terá chance de preparar este iniciante da melhor maneira. Quando não for possível o auxílio de um amigo, o interessado poderá agendar no núcleo de sua cidade uma entrevista com uma pessoa capaz de iniciá-lo.

O interessado deve procurar o Projeto Portal conectando-se a um dos núcleos existentes ou falar com um dos coordenadores ou pessoa participante mais antiga. Em seguida deve pedir informação se há um curso para iniciantes ou se existe alguma informação adicional para adquirir os primeiros conhecimentos. Os pesquisadores veteranos foram iniciantes um dia. Continuam nestas atividades porque estão vivenciando conhecimentos e experiências, que indicam que estão no caminho certo.

A Fazenda do Projeto Portal recebe pesquisadores diversas vezes por ano, geralmente em feriados unidos aos sábados e domingos. Esses viajantes são procedentes de Belo Horizonte, Vitória, Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Porto Alegre, Natal e Brasília, etc.

Cada interessado em viajar para a fazenda Projeto Portal deve procurar a coordenação de seu núcleo, para tomar informações sobre as viagens. Normalmente cada viajante precisa levar capa de chuva, agasalhos (inverno), roupa de cama, repelente, lanterna, cantil, sombrinha, boné e cadeira portátil. A autorização emitida pelo núcleo local é o “passaporte” para entrar no Projeto e para sair precisa de um visto.

As pessoas que viajam em grupo devem ter todo o cuidado para manter a harmonia ideal. O propósito é de evitar baixa da freqüência, o que começaria a prejudicar os treinamentos almejados. Ao chegar ao destino, todos devem continuar com a mesma atitude de harmonização para ter bons resultados. Para isto, brigas, desavenças e reclamações devem ser evitadas.

A primeira atitude do iniciante (e já participante) do Projeto Portal é tirar a sua simbologia. Ele precisa conhecer a sua simbologia e a sua descendência. A simbologia que fica/vibra em sua testa (frontal) mostra todos os seus estágios de existência noutras dimensões E a sua descendência indica a origem no universo. A simbologia que é o “cartão de identidade” do pesquisador, ela é necessária para iniciar as pesquisas e experiências no Projeto Portal.

Translate »