Postado por

SEMINÁRIO IX

SEMINÁRIO IX
Print Friendly

Quando o indivíduo bate na madeira três vezes, no sentido de neutralizar uma freqüência verbal (praga), ele só conseguirá este seu intento, se ele estiver vibrando em uma freqüência de onda acima de 23 Hz. Quando o indivíduo manipula as freqüências de ondas inconscientemente, através de rituais e de preces fazendo os seus “pedidos”, eles serão “atendidos”, se ele estiver em uma freqüência de onda acelerada acima de 23 HZ, que o possibilite interagir harmonicamente com o meio ambiente e entrar em sintonia com o Cosmos.São varias as maneiras na terceira dimensão ao alcance do indivíduo para que ele consiga os seus objetivos transcendentais, mas que só serão realmente alcançados quando ele acelerar a sua freqüência de onda vibrada pelo seu pensamento, pelo seu desejo e pela sua vontade que estão energeticamente codificados no “Triângulo” Pai, Filho e Espírito Santo.

A partir de 1971 é um outro tempo, é uma outra vibração, é uma outra freqüência. Por isto, aqueles que nasceram depois desta data têm uma chance maior de se “darem bem” na vida, porque eles têm uma freqüência de onda que neutraliza normalmente as reações negativas das freqüências de ondas circundantes e menos possantes.

O indivíduo para conseguir o que quer, deve desde agora aprender, que a energia que vibra no universo, vibra também nele e que só ele conscientemente pode manipula-la. O nível de consciência é que determina o caminho de cada um.

O indivíduo/dimensional é que traça o seu destino. A sua “placa” mostra as “boas” e as “más” situações que surgirão em sua vida, mas que poderão ser alteradas. Tudo pode ser modificado.

O Segredo da Santíssima Trindade foi falado para os dimensionais/Projeto Portal com alguns anos de atraso, porque eles não estavam naquele tempo com a energia da kundalini ativa e estabilizada no frontal. Portanto, tendo como referencia agosto/2003, o Mediador/Decodificador está atrasado dois anos em relação aos trabalhos vibracionais com os dimensionais/Projeto Portal. O campo vibratório de cada dimensional poderá ser trabalhado por ele, no sentido de estabiliza-lo, apenas por mais dois anos. A partir daí, cada um deve andar com as suas próprias pernas.

Quando o indivíduo/dimensional move rapidamente a faca pela sua força mental, é porque ele ”une” instantaneamente as “três pontas” do “Triângulo de Energia”, transferindo automaticamente para o seu corpo o que já está codificado em seu subconsciente, o que ele quer energeticamente que aconteça. Entretanto, para que o indivíduo/dimensional faça acontecer o que ele quer, ele precisa praticar muito, ele precisa aprender a codificar, a armazenar e a direcionar a sua energia da kundalini, até que tudo automaticamente se manifeste para ele. Ele precisa também, exercitar muito a sua paciência e a sua perseverança, utilizando-se do seu “Triângulo de Energia”. Os dimensionais/Projeto Portal terão apenas mais quatro anos de favorecimento vibratório cósmico, para que se façam a sua transmutação.

Quando o indivíduo quer se curar, ele deve criar uma vibração para que as suas células se regenerem. É apenas uma questão de codificação, quando ele aciona o “Espírito Santo” (vontade) através das células mães do seu organismo que recebem uma freqüência vibracional que vem diretamente do Cosmos, que as tornam capazes de regenerar aquela parte do seu corpo doente.

Alguns indivíduos considerados magos, alquimistas e bruxos tinham o conhecimento das Leis Universais e com elas manipulavam a matéria. Alguns deles usavam alguns elementos da natureza, como folhas, cristais, raízes, entre outros. Outros interagiam com os seres da natureza para conseguir o seu objetivo de realizar a transmutação.

Todos os tipos de emoções fazem parte das Leis Universais, que são freqüências vibratórias de diversos níveis que podem manifestar em qualquer indivíduo e sobretudo, podem ser controladas por ele.

Jesus Cristo conseguiu atingir um padrão vibratório como ser humano, mas com a Sua consciência divina estava sempre direcionada para os “seres”, conectada com eles. Ele foi especial e único.

Atualmente são os dimensionais despertos, com as suas habilidades especiais, com a capacidade de desenvolver a sua mente a ponto de perceber, intuir, desenvolver a telepatia e a premonição, entre outras habilidades especiais, que herdaram as condições de restabelecerem essa conexão com os “seres”.

O indivíduo/dimensional no aqui e agora está em um momento especial de sua evolução, que deve viver a transição em um estado de consciência, que lhe permita cada vez mais exercitar a “Energia do Triângulo”, para que possa transcender irradiando Luz através do seu pensamento, do seu desejo e da sua vontade, na Unidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Até o presente momento (outubro/2003) já foram entregues 632 fitas gravadas, informando a missão de cada dimensional. Faltam 814 fitas para serem entregues. A demora de concluir este trabalho é porque estão sendo colocados em cada “placa” mais dois códigos que foram transmitidos pelos quatro flashes vermelhos/dourados vindos da nave do GNA e vistos pelos indivíduos/dimensionais no Local das Sonda, em 21 de junho de 2003. Estes novos códigos estão sendo decodificados pelo Mediador/Decodificador de uma maneira bastante clara, para que não aconteça uma incorreta interpretação deles, porque existem alguns acontecimentos na vida pessoal de alguns dimensionais que a sua “placa” sinaliza e que envolvem a sua missão. Ele deve ter a condição de poder escolher corretamente dentre das três opções, aquela que ele achar mais fácil desempenha-la.

O indivíduo/dimensional ao desenvolver a sua missão codificada em sua “placa” ele poderá escolher uma entre três vias. Se ele optar por uma destas três vias terá proteção dos ultras e dos energéticos. Entretanto, se optar por uma quarta via, em função do seu livre arbítrio, vivendo um caminho diferente, o Eu Superior não terá mais uma ligação mental/vibracional com ele, limitando a ajuda dos “seres”, que apenas poderá ajuda-lo até um determinado ponto, direcionando-o. Ele não terá mais a ajuda especial, porque irá paulatinamente se tornando um indivíduo com uma vibração “normal”, guiado apenas pelos seus cinco sentidos. Exercitando-se o seu livre arbítrio, aquele que seguir a quarta via chegará ao final de sua vida como o indivíduo/planetário, sem capacidade extra-sensorial e sem a linguagem intuitiva. Ele Interagirá apenas com as informações que receber da terceira dimensão. Se o indivíduo/dimensional não escolher nenhuma das três opções, ele não poderá futuramente ser ajudado pelos “seres” se algo negativo lhe acontecer, porque este acontecimento não está incluído em holografia no seu frontal (simbologia) e assim, não tem como muda-lo. Portanto, se o dimensional que escolher uma quarta opção em função do seu livre arbítrio e ela não está relacionada com a sua missão, pode ser que ele está ainda resgatando débitos de sua vida passada ou algo parecido. Assim, se o dimensional que tem a sua “placa” já decodificada e portanto, já tem conhecimento da sua missão, fizer uma quarta opção, ele ficará como estivesse só e não tendo a ajuda dos “seres” as dificuldades que surgirem em seu caminho ele deverá resolve-las com o seu próprio esforço. Ele será dono do seu próprio destino.

Em qualquer situação, mas particularmente neste momento do desempenho da sua missão, o que mais poderá desequilibrar o indivíduo/dimensional é o seu estado emocional, é o seu “ego” que não o deixa despertar para um outro nível de consciência, que não o permite transcender ao nível mental/vibracional de suas experiências duais da terceira dimensão. Ele não é capaz de vibrar harmonicamente, se expressando na neutralidade, atolado que está na sua “densidade emocional”.

Nem todos os indivíduos/dimensionais terão três opções codificadas em suas “placas”, mas qualquer que for a sua opção, ele deve procurar aprender o máximo, se iluminando no exercício de sua missão. A responsabilidade em função do seu compromisso cósmico começará a partir do momento que ele tomar ciência do que está gravado em sua fita.

Tendo em vista o exercício da missão, os indivíduos/dimensionais foram divididos em grupos de trabalho A, B e C,  podendo futuramente serem inseridos nos grupos J Vênus, C3R e  A.., encaixando-os portanto em uma classificação já existente. Como tudo evolui, aquele que hoje é C3R poderá ser amanhã A.., que por sua vez poderá ser J Vênus e assim por diante. Esta mudança de classificação depende do degrau da escada evolutiva em que o dimensional está. Em qualquer um destes três grupos é como ele estivesse representando ou positivo ou o negativo ou ainda o neutro, com possibilidade dele “pular” de um grupo para o outro, dependendo do degrau da escada evolutiva que já acessou e tendo em vista a sua necessidade de evoluir ainda mais.

O nível de consciência da maioria dos dimensionais/Projeto Portal já não é o mesmo, portanto estes dimensionais possuem muito mais Luz/informação que cinco anos atrás. Existe uma diferença imensa entre os dimensionais Projeto/Portal que trabalham a energia mental/vibracional e outros grupos que trabalham voltados para a “espiritualidade”. Os indivíduos/dimensionais são mentalmente mais dinâmicos e têm informações/experiências que outros grupos não possuem.

Este atual atividade de campo em Entre Rios de Minas/MG-BR de setembro/2003 será um trabalho teórico/prático, voltado para cada um dos dimensionais presentes e será feito pelos enteais (espíritos da natureza). Este trabalho foi liberado pelos “seres” para ser feito fora do vórtice de energia da Fazenda Boa Sorte/MS-BR.  Ele é para o fortalecimento físico (corpo) dos dimensionais/Projeto Portal, quando os enteais trabalharão as camadas internas de suas auras, que estão relacionadas ao seu físico e a sua saúde. Neste trabalho ele terá também a possibilidade de um enriquecimento de conhecimentos/informações em todos os sentidos, por um acréscimo de energia.

A segunda camada da aura trabalha no indivíduo a harmonia familiar e a terceira camada da aura trabalha só o seu físico, portanto, está relacionada às células do seu corpo humano e o que ele pode sentir e ter, como as dores e as inflamações/infecções. A quarta camada da aura está ligada ao seu emocional e ao extrafisico, portanto está ligada ao medo, à irritação, ao stress, etc., que causa as doenças. A quinta camada da aura trabalha a “espiritualidade”. Assim, todas as camadas internas da aura estão relacionadas ao físico ou a tudo aquilo que nele reflete. O indivíduo/dimensional precisa estar bem consigo mesmo, para que possa transmitir o seu bem estar às pessoas.

Os 1.440 dimensionais que acessaram as suas “placas” foram escolhidos pelos “seres”, uns mais e outros menos, desde épocas mais remotas, para que pudessem ter contato direto com eles e fossem seus intermediários no plano físico. Jesus Cristo, Moises, Noé, Issac, Abraão e alguns outros foram os “interpretes de Deus” na Terra, porque podiam “falar diretamente com Deus” e depois passava informações recebidas para as pessoas. Jesus Cristo na sua “ligação com Deus”, via dimensões superiores, passava as informações que recebia para os apóstolos, que as repassavam para pessoas. Atualmente os “seres” procuram pessoas para que sejam os seus porta-vozes e para isto querem passar informações compatíveis com a Nova Era, compatíveis com o “novo” ser humano que já está surgindo.

Estes 1.440 dimensionais já possuem um determinado nível de consciência e, portanto, devem sempre olhar o interesse coletivo e não o interesse próprio, para que não se limitem conscientemente, não se confundam e não se perturbem.  Os dimensionais confusos e perturbados devem se dar um tempo, para que possam se reciclar e se questionar, refletindo porque não estão satisfeitos. Cada um deve fazer a sua reflexão analisando a sua atitude egoística/invejosa se for o caso, quando fica julgando se um outro dimensional mereceu ou não um contato, por exemplo.

Alguns indivíduos já têm ciência da existência dos “seres”, inclusive possuem informações que já lhes foram passadas por eles, entretanto, não passam estas informações (ensinamentos) quando em suas conversas cotidianas, com receio de se exporem ao ridículo. Estes indivíduos ainda não possuem a profunda convicção necessária para a sua missão de propagação e a divulgação.

Um terço da população mundial (dimensional) poderia ter contato direto com os “seres”, já que são dimensionais, apesar de inconscientes. Apenas cerca de dois mil dimensionais em todo o mundo terão este tipo de contato e incluído neste número, estão os dimensionais/Projeto Portal, que apesar de todas as dificuldades, de todas as perseguições sofridas, “os seres” estão os preparando, pelo grau de consciência que já alcançaram. Os “seres” estão também trabalhando outros grupos de trabalho semelhantes ao do Projeto Portal, sintonizados com a Luz.

A interação dimensionais/”seres” pode se dar de varias maneiras, de acordo com a sensibilidade e o grau de consciência (evolução) de cada um. Os Seres de Luz podem contatar com os dimensionais de acordo com a sua linha de comunicação, como na psicografia, na projeção astral extrafisica e outros processos de comunicação semelhantes.

Estes trabalhos de campo já são uma preparação para os contatos diretos que cada dimensional terá que fazer, com 63 oportunidades até 2012. Para isto ele deve fazer os exercícios recomendados de agachar/levantar/toque, dar voltas na peça metal/madeira, dar voltas no “Morro dos Arquivos” e trabalhar as pessoas carentes. Todos estes exercícios devem ser feitos de “coração”. Entretanto, o indivíduo/dimensional deve sobretudo, “ligar cada vez mais com “Deus” através do seu Eu Superior, sutilizando-se cada vez a sua percepção e iluminando-se com outros níveis de consciência.

Atualmente o que conta para o contato com os “seres” é o nível de consciência e de sentimento (Amor Uno) de cada indivíduo/dimensional.

Todos os pensamentos/atitudes do indivíduo são registrados ao nível do seu Eu Superior, que faz que ele reaja conscientemente, buscando harmonia nas suas experiências cotidianas.

O indivíduo/dimensional deve também trabalhar a sua energia da kundalini,  levando a sua freqüência vibratória para o seu frontal e armazenando-a ao nível deste chacra, para que ele estabeleça e mantenha o seu contato direto por mais tempo. Entretanto a “qualidade” do seu “diálogo” com os “seres” vai depender exclusivamente do seu nível de consciência, que ele conseguiu em suas experiências diárias através dos seus pensamentos/atitudes. É de acordo com o campo vibratório do dimensional, construído por uma vida harmonicamente bem vivida, através de uma mente pura e bem direcionada é que a “conversa” com os “seres” poderá ser mais “rica” de informações em quantidade e conteúdo. Portanto, em relação a qualidade do contato então, o que conta são os pensamentos, as ações e o nível de consciência do dimensional, que ele expressa através da sua tolerância e da sua paciência, exercidas pelo seu Amor aos seus semelhantes.A energia vibracional (kundalini) quando armazenada no seu frontal apenas segura o contato.

O indivíduo/dimensional quando estiver frente a frente com os “seres”, ele verá que eles não são seres físicos, que não são tridimensionalmente densos como os seres humanos, porque eles vibram na freqüência de um plano muito mais sutil do que o da terceira dimensão. Eles são Seres de Luz, mas, por um processo ectoplasma/eletromagnético, o dimensional por um momento poderá tocá-los. Portanto, a freqüência vibracional do dimensional deve estar cada vez mais compatível com a freqüência destes Seres de Luz, para que o seu contato dure por um período mais longo. Esta compatibilidade passa, sobretudo, por níveis mais amplos de consciência (Luz/informação/) do dimensional.

Estes trabalhos de campo que estão sendo feitos atualmente para que os ultras, os enteais e os energéticos de um modo geral trabalhem a sua parte física, porque se as suas células do seu corpo não estiverem funcionando harmonicamente como um todo, em função de uma inflamação ou de uma infecção, a sua freqüência vibracional ficará alterada ainda ao nível do plano físico. Portanto, os enteais vão trabalhar ao nível celular todo o corpo do dimensional, fazendo as células vibrar de uma forma diferente, reorganizado-as para que funcionem harmonicamente como um todo e o resultado desta interação poderá ser mais rápida ou não, dependendo do grau de evolução e da energia da kundalini que ele tem armazenada no seu chacra frontal.

Os ultras vão também potencializar todas as camadas da aura do dimensional/Projeto Portal, como se fossem duplica-las, possibilitando que a sua intuição, a sua percepção, o seu poder telepático e os seus desejos de um modo geral, se realizem com mais facilidade do que antes.

Vários dimensionais estão atualmente queimando o seu carma em função do que fizeram em suas vidas passadas. Eles vieram agora “predestinados” a resgatarem por um determinado tempo através do “sofrimento”/aprendizado todo um seu desequilíbrio existencial passado. Este tempo para que se harmonizem já está terminando, porque já está acontecendo a separação do joio do trigo. Entretanto, estes dimensionais não são “joio”, eles precisam apenas despertar para um outro nível de consciência, vibrando em uma outra freqüência, para que se possam somar com os outros os dimensionais/Projeto Portal que já vibram neste nível de consciência e não permitam que o trabalho como um todo seja interrompido.

Portanto, existem alguns dimensionais/Projeto Portal que apesar dos “seres” ajudarem, ainda tem que queimar a energia cármica de suas vidas passadas, por isto ainda não alcançam tudo aquilo que desejam. Estes indivíduos dentro do Projeto Portal e mesmo fora dele, apesar de viverem o seu hoje de uma maneira harmônica, integrados com o Cosmos, ainda têm que resgatar o seu carma. Portanto, apesar de serem pessoas “boas”, a vida é muito “difícil” para elas.

A partir do momento que começaram a se expressar como seres humanos, os dimensionais vêm experienciando a dualidade tridimensional, que os levou a ter uma percepção oposta àquela que uma consciência dimensional deve possuir. Os “seres” estão dando novamente uma outra oportunidade para que o dimensional/Projeto Portal se redirecione e sintonize com o Cosmos, com o Uno.

Quando a aura do dimensional é trabalhada o seu campo eletromagnético é potencializado e com isto, são potencializadas também as suas faculdades mentais, que ampliam as suas aptidões, permitindo que ele desenvolva as suas habilidades que estavam adormecidas.

Nestes atividades de campo os ultras ajudarão a abrir de um modo geral a consciência, a  terceira visão do indivíduo/dimensional, trabalhando a sua aura, para que ele se iluminando, caminhe com as suas próprias pernas. Nestes trabalhos que também envolvem os enteais, os dimensionais serão “visitados” por estes seres que os potencializarão energeticamente, talvez com o dobro da energia vibracional que possuem atualmente, direcionando-a para o seu frontal, para que tenham no mínimo um contato de 4o. grau.

Na próxima viagem à Fazenda Boa Sorte em novembro de 2003 deverá ser trabalhado:

A – o plasma – quando os dimensionais em um ponto determinado pelos “seres” no meio da mata ou no platô ou ainda em qualquer outro local que eles sinalizarão, o plasma trabalhe cada um separadamente ou em grupos de três ou quatro indivíduos, através de uma tecnologia biomecânica dos “seres”;

B – a fusão – quando os dimensionais poderão ter a segunda fase da fusão;

C – o contato – quando os dimensionais poderão ter contato direto com os “seres”;

D –  os dimensionais poderão ter estas três experiências acima.

O tipo, a duração e o tempo deste contato que será no mínimo de 4o. grau, irá depender  de cada dimensional, que deve trabalhar o medo para que os “seres” não desapareçam da  sua frente, quando começar a sonoplastia gerada por eles e para que o dimensional possa ter também um diálogo mais prolongado com eles, obtendo maiores informações. Portanto, o dimensional estabelecendo este contato, deve aproveitar o máximo este momento, quando os “seres” poderão responde-lo verbalmente ou por telepatia. Se a comunicação for verbal, ela poderá ser gravada.

A parte material do Dourado tem a sua contra parte energética, portanto, quem quiser copia-Lo não obterá êxito porque Ele está ligado com determinadas freqüências energéticas presentes apenas no Projeto Portal, com o apoio dos “seres”.

Antes do final do ano de 2003 iniciará o processo energético do Dourado e para isto um grupo de dimensionais que acessou as “placas plasmadas” e que está sintonizado com a Energia Crística, terá muito trabalho direcionado para o início alquímico do Dourado. O dimensional responsável pela interação com os mundos interiores também iniciará com outros dimensionais o seu trabalho direcionado, como também os treze dimensionais que de maneiras diferentes receberam as trezes primeiras “placas” diretamente dos “seres”.

Nestes trabalhos de campo com os enteais e com os ultras a percentagem de energia que o dimensional armazenar em seu frontal, será nesta mesma percentagem que ele será trabalhado. Entretanto, alguns dimensionais terão uma melhora mais rápida do que os outros, porque a melhora dependerá também do grau de evolução de cada um.

O Centro Tecnológico Aeroespacial de São José dos Campos emitiu a primeira analise sobre a sonda que caiu há alguns anos atrás em Corguinho/MS-BR e está dando muito apoio ao Projeto Portal, inclusive para as pesquisas futuras que se fizerem necessárias, porque os atuais exames de laboratório feitos por aquele centro de pesquisa foram incontestáveis. Estes laudos científicos são os primeiros deste tipo, com o apoio da aérea militar federal e trazem informações de interesse público, que os dimensionais/Projeto Portal devem divulgar.

Aqueles que confundem a sonda com um meteorito podem de imediato descartar esta hipótese, porque quando um meteorito entra na atmosfera terrestre, ele forma uma crosta esverdeada (uma casca), que o núcleo da sonda não possuía. Também, quando um meteorito cai, o seu impacto com o solo provoca um som estrondoso, o que não aconteceu com a sonda porque foi uma “explosão” (clarão) sem som. Os restos da sonda apresentam uma resina que parece ser viva, porque nos exames de laboratório ela vai se modificando, apresentando alterações mostradas por varias freqüências de ondas. A resina da Terra sempre se mostra em uma determinada freqüência de onda. Portanto este objeto (sonda) que caiu em Corguinho/MS-BR apresenta uma tecnologia que não é terrena. Esta resina orgânica em função da sua cor, que é bastante escura, demonstra que esta sonda é muitíssima antiga.

Os restos desta sonda que estão sendo agora analisados por um órgão competente do Governo Federal, é uma esfera metálica que parece possuir um circuito de tecnologia diferente e tem o núcleo do tamanho de um limão. Este núcleo estava dentro em um paredão rochoso, que derreteu a rocha onde ele estava. Pelas as analises iniciais do material coletado do núcleo da sonda, já sabe que a parte externa do núcleo é totalmente revestida de titânio. Até lítio foi encontrado nele, o que possibilitaria o fornecimento de uma energia permanente à sonda.

Esta sonda que “caiu” deveria ter um laquim pilotando-a, porque ela deveria ter mais ou menos dois metros e meio de diâmetro, já que o núcleo dela tem 2,5cm. Cada centímetro do núcleo representa um metro de plasma do corpo da sonda.

De acordo com as análises, pode-se supor que este objeto (sonda) veio de fora, cortou a atmosfera, provocou um choque e um super aquecimento, como mostra o local onde o núcleo foi retirado para as análises de laboratório.

Pela primeira vez fatos fisicamente acontecidos e relacionados com os “seres” já estão sendo vistos e analisados elos órgãos do Governo Federal.  Os restos desta sonda que estão sendo analisados são parte das sete provas com evidências cientificas que foram programadas pelos “seres”.

Para grupos específicos de trabalho no Projeto Portal, existem também segredos específicos que devem ficar restritos a estes grupos.

Os adolescentes devem ser trabalhados porque eles têm muita energia, mas, como não sabem utiliza-la, muitas vezes não a direcionam e não a canalizam positivamente. Eles possuem tanta energia que o seu excesso os tornam angustiados, levando-os a aliviar suas tensões através de esportes radicais ou infelizmente, através de bebidas e drogas. Muitos entram em um processo de esquizofrenia, apresentando estado alterado de consciência e descontrole. Entretanto, a maioria destes jovens nestas condições pode ser resgatada, pode ser trabalhada.

Para os trabalhos de hoje, setembro de 2003, a percentagem que for colocada atrás da foto da aura, em função de um clarão prateado que aparecerá em volta da imagem do dimensional, é percentagem do trabalho que os “seres” fizeram nele em relação à sua saúde. Entretanto, se o clarão não aparecer na foto pode significar que o dimensional será trabalhado a partir de sete dias, porque deve estar com um problema de saúde sério (inflamação/infecção) e não sabia. Pode ainda significar que algo grave poderia acontecer em sua vida e os “seres” estarão trabalhando durante sete dias todas as camadas da sua aura, fazendo um trabalho de “queima” para que nada de ruim aconteça em sua vida. Depois de sete dias é que sairá o clarão prateado na sua foto.

Cada dimensional está em um “degrau” diferente na “escada evolutiva”, porque cada um tem um determinado nível de consciência, com um padrão mental diferente, que o sintoniza com um “degrau” desta “escada”. O dimensional não deve ficar criticando o trabalho do colega. Se ele no momento está mais “iluminado”, ele já teve a experiência da “escuridão” que o outro ainda vive. A paciência será talvez o “instrumento” mais necessário para os dimensionais em missão, principalmente os que trabalharão na unificação das igrejas e de outras linhas filosóficas.

Em Gêneses (Bíblia), apenas esta informação bastante clara contida na frase:” façamos o homem à nossa imagem e semelhança “, já poderia estar ajudando o ser humano a  despertar para a sua Verdade Cósmica/Divina, se ele não estivesse envolvido emocionalmente por distorções de fundo religioso. E, nesta outra frase: “não deixeis que o homem coma a fruta da videira, porque abrirá a sua visão e ele será como um de nós”, não será esta visão, a que já está sendo trabalhada pelos dimensionais/Projeto Portal? Em Gêneses está bastante claro que foram “os deuses” que fizeram os seres humanos, que agora estão despertando e já com um outro nível de consciência/atitude (comeram a fruta da videira), começam a se expressar como os seus “pais” e estão também, tornando-se  deuses criadores.

Só agora os  “seres” podem passar as suas mensagens diretamente aos seres dimensionais que estão no momento “vestidos” com a roupagem humana, porque só agora estão tendo a evolução (consciência/poder) suficiente para manipular a energia da Santíssima Trindade, que os liga ao seu Eu Superior e os desperta para o seu “Deus Interior”.

Apenas o enteal do fogo é que trabalha o básico e o frontal.

Os ultras apareceram em São Paulo, mas como eles não apareceram no Rio Grande do Sul, deve ter ocorrido uma mudança vibratória ou uma mudança dos trabalhos ou ainda algo que mudou e que os “seres” ainda não informaram. Isto nunca aconteceu antes.

Para alguns indivíduos/dimensionais serão mostrados os “mistérios do Chacra Vibracional da Fazenda Boa Sorte” e eles também aprenderão a tirar a simbologia, para que o Mediador/Decodificador possa entrar na sua segunda etapa de trabalho, viajando para outros lugares do Brasil onde os trabalhos vibracionais orientados pelos”seres” ainda não  foram feitos. Ele viajará também para o resto do mundo, em um trabalho missionário despertando os dimensionais inconscientes que estão espalhados pelo planeta, para a sua verdadeira realidade (cósmica).

Um grupo de trabalho é solidamente construído, quando se alicerça em níveis de consciência compatíveis, que permitem mantê-lo unido e atuante.

Quanto mais o indivíduo/dimensional vai desenvolvendo o seu padrão mental/vibracional, mais ele vai subindo os degraus da escada evolutiva, através de modificações (auto-iluminação) que vão acontecendo ao nível do seu entendimento e da sua percepção, que lhe proporcionam um outro nível de consciência. Mudanças físicas poderão ocorrer inclusive em seu corpo físico, ao nível do seu metabolismo, juntamente com o “aparecimento de certas “habilidades” extra-sensoriais.

Até o presente momento (setembro de 2003) apenas um dimensional entrou nas galerias, interagiu com os “seres” e viu outras expressões de energia em forma de bolas. Mas, este trabalho de interação (contato) já está agora liberado para os outros dimensionais.

No local onde estão as cavernas (galerias) há cinco ou seis anos atrás aconteceu uma movimentação de rochas, fechando as entradas de algumas cavernas e com isto fechou a entrada de uma delas de oito metros, que contem a entrada principal e física que dá acesso aos túneis para os mundos interiores. Esta entrada que fica depois do poço e antes do pequeno lago nas sondas ficou alagada e agora deve ser recuperada, talvez perfurando uma outra entrada, para liga-la com as galerias que passam neste local da Fazenda Boa Sorte e que comunicam com as cidades subterrâneas.

A construção da cidade está atrasada. A sua parte central será para 2.700 indivíduos e apenas para indivíduos/dimensionais. O numero 2.700 é o numero que neutraliza a freqüência negativa do numero 666.  Depois desta aérea central os indivíduos/planetários poderão construir as suas casas. Naquela parte central da cidade existem entradas físicas e subterrâneas que comunicam com determinados pontos de muita valia para os dimensionais. Os acontecimentos que surgirão nos próximos dois anos permitirão que os indivíduos procurem pontos com vibração mais sutis, mais “espiritualizados”, que irradiem mais Luz/informação.

A missão é um compromisso e não uma obrigação, portanto, o indivíduo/dimensional em função do seu livre arbítrio segue o caminho que ele quiser.

 Os dimensionais/Projeto Portal estão vivendo momentos que devem aprender a “deletar” a desarmonia de alguns indivíduos, deixando-os que se reencontrem em seu próprio “murmúrio”. Alguns indivíduos/dimensionais mesmo já com algumas experiências energéticas de portais têm dificuldades de assimilar estas suas experiências, questionando-as. Eles ainda são o resultado de um condicionamento cultural muito bem trabalhado durante anos, que os bloqueiam e que não os permitem acreditar, limitados pelo seu receio e pelo seu medo.

Infelizmente, estes indivíduos que estão participando dos trabalhos do Projeto Portal, estão manifestando em relação a eles de uma maneira mais desarmônica possível, por isto, os outros dimensionais conjuntamente e em harmonia, devem estar preparados para os ajudarem.

Existem dimensionais que acessaram as suas “placas”, que ainda permanecem vacilantes, perguntando-se se realmente têm uma missão, quando ela começará, por onde ela iniciará, portanto, vivendo intensos conflitos interiores.

O dimensional que já está no Projeto Portal, há mais de dois anos, mas que vive um momento de insegurança e desabafa, deixe-o desabafar, porque depois ele perceberá toda a verdade da sua interação mental/vibracional com os “seres”. Os “seres” deram o pontapé inicial, que os indivíduos/dimensionais comecem agora, a jogar o seu jogo.

Os indivíduos/dimensionais quando interagem entre si, estão também em um processo de troca, estão passando informações, estão experenciando mutuamente, estão sendo referenciais uns dos outros e despertando para outros níveis de consciência. Nesta troca cada indivíduo/dimensional tem o seu momento de superar as suas dúvidas e os seus conflitos, mas, que já não deveriam estar existindo entre eles, apesar dos trabalhos que estão sendo desenvolvidos no momento, aflorarem tanto o “positivo” quanto o “negativo”, tanto a certeza como a incerteza. Entretanto, é bom salientar, que não tem mais tempo para conflitos e duvidas. O indivíduo/dimensional inseguro, sem um nível de consciência mínimo necessário poderá colocar a perder todo o trabalho que ele já fez. Em um futuro próximo o dimensional terá que tomar decisões rápidas e seguras.

A maior parte dos dimensionais/Projeto Portal (cerca de 85%) já está positivamente interagindo com um objetivo direcionado e centralizado com os seus ideais dimensionais. Já são sete anos que os dimensionais/Projeto Portal estão caminhando juntos e aqueles que chegaram depois são dimensionais conscientes, são firmes, sabem o que buscam, porque há muito já percebem que o trabalho mental/vibracional que estão desenvolvendo é serio.

Os indivíduos/dimensionais que permanecem no Projeto Portal, estão sendo “filtrados” pela “qualidade” e não mais pela “quantidade”. Estão ficando apenas aqueles que já possuem níveis de consciência, que os permitem interagir com os “seres”.

Enquanto uma consciência dimensional necessita de um ano para se trabalhar no sentido de sua auto-iluminação, uma consciência planetária precisa, proporcionalmente, de dez anos.

O trabalho com o fogo é realizado com os elementais da natureza, é realizado com os elementais do fogo, porque ele é um plasma que faz parte da terceira dimensão, mas que interage com a quarta dimensão. Como já foi mencionado, a energia da kundalini é também uma energia da terceira dimensão, está relacionada ao SST e ela se expressando pela Vontade (Espírito Santo), está ligada à parte mais difícil do processo alquímico/transmutação, que é trazer a realização para a densidade da terceira dimensão.

Os Atos de pensar e de plasmar (Pai e Filho) são muito mais fáceis para o dimensional realizá-los. O processo de transmutação/materialização é como participar da abertura de um portal, quando no mesmo instante que forma o “buraco” do portal, aquilo que o dimensional pensa/deseja, a sua vontade materializa na sua presença.

A intenção dos “seres” é que o indivíduo/dimensional tenha condições de materializar no mundo físico através do seu pensamento/desejo/vontade, para que possa posteriormente manipular as energias dos portais.

No momento os dimensionais/Projeto Portal estão se preparando para irem a mídia e com as informações que serão passadas ao público, farão que as pessoas no mínimo parem para pensar. Será o início de mais uma “batalha” missionária e sofrida, mas, talvez, ela poderá ser até divertida, com o dimensional se realizando, à medida que ele for respondendo as outras pessoas em suas dúvidas e anseios. O indivíduo/dimensional em missão nunca estará sozinho, ele terá sempre ajuda especial, no sentido de despertar os outros dimensionais inconscientes.

Contato com sonda/nave só na freqüência da cor violeta, porque é nesta freqüência que o indivíduo poderá ser levado para dentro da nave, se for do interesse dos “seres”.

Serão formados grupos de trabalho voltados para religião, política, trabalhos socais, escolas/ crianças, mídia/marketing, meio artístico, saúde e universidades/jovens.

Alguns trabalhos que foram prometidos e não realizados é porque eles estão ligados às energias e elas podem ser alteradas a qualquer momento, já que todos os dimensionais estão ligados uns aos outros, através das freqüências de partículas, fragmentos e almas. Existem indivíduos/dimensionais que potencializam uns aos outros, desde que tenham freqüência vibratória compatível. Todos os dimensionais que estão no mesmo degrau da escada evolutiva potencializam entre si a energia mental/vibracional.

O indivíduo/dimensional está em um processo evolutivo e deve ser respeitado nesta sua condição. O que não deve acontecer é ele abaixar a sua freqüência mental/vibracional, voltando para um degrau inferior da escada evolutiva.

Este trabalho de campo em Entre Rios de Minas/MG-BR do mês de outubro de 2003 é um trabalho com os ultras que vai depender do “coração” e da energia mental/vibracional de cada indivíduo/dimensional. É um trabalho que ele será exigido, sobretudo, em relação ao seu modo de pensar e em relação à sua consciência, para que ele possa construir o seu “futuro energético” subindo gradativamente, porem com firmeza, os degraus da escada evolutiva. Portanto este trabalho é muito importante, porque é direcionado ao seu despertar, fortalecendo o seu ideal dimensional.

Neste segundo atividade de campo os ultras farão uma “medição” dos dimensionais presentes, para que os “seres” saibam se eles já têm um padrão vibratório x, o que não vai ser fácil, por cada um tem um grau de entendimento/percepção. Portanto, através da freqüência mental/vibracional dos indivíduos/dimensionais os ultras farão uma seleção, agrupando-os nos degraus da escada evolutiva, com cada grupo com as suas aptidões para um trabalho missionário junto à população, que alguns já estão exercitando, empregando os conhecimentos que possuem.

O dimensional que ainda não sabe o conteúdo de sua “placa”, que ainda não tem ciência da decodificação gravada de sua “placa”, não tem a responsabilidade de assumi-la. Ele ainda está apenas com o seu compromisso cósmico.

Até 7/01/2004 é a data para que os dimensionais/Projeto Portal já tenham tido o seu contato, de acordo com o nível de evolução do dimensional. A duração do contato é uma conquista de cada um e ele vai ser de 4o. grau em diante, com os “seres” podendo conversar ou não com o dimensional.  O tipo de contato é também uma conquista do dimensional, porque ele acontece de acordo com o seu padrão vibratório.

Translate »