Postado por

Simbolismo Da Serpente

Simbolismo Da Serpente
Print Friendly, PDF & Email

 Em Maia Chicchan

De Rosana Batarelli (maoazul@yahoo.com.br) – Março/2007

A serpente representa a supremacia da energia, simboliza a energia de kundalini, devido ao seu tamanho e a sua freqüência; a serpente é também o símbolo que representa as Amazonas, a 13a tribo. A serpente representa sua galáxia de origem (constelação de Ophiúchus).

Simbolicamente na Bíblia foi a que tentou Adão e Eva, por isso foi “amaldiçoada” devido a sua persistência em fazer com que cometessem o pecado. Será que realmente cometeram o pecado?

A serpente citada na Bíblia não é o réptil em si; e sim a energia feminina que veio para despertar e não para cometer pecado.

A serpente é simbolizada como um réptil perigoso, mas de maneira alguma é negativa. A serpente é o símbolo de como as mulheres fariam a diferença aqui na Terra. Vieram para dar equilíbrio, mas a Bíblia (GO) retirou muitas coisas conforme o seu interesse justamente para dar uma interpretação duvidosa e não deixar que a população tivesse uma consciência mais ampla.

Algumas civilizações utilizavam a serpente como símbolo (dessa galáxia) da mesma forma que o símbolo de Leão, Peixes, etc. Os Atlantes também “adoravam” a serpente porque também era um dos seus pontos de origem.

O Caduceo, que hoje é usado como símbolo da Sociedade Médica possui duas serpentes entrelaçadas que se cruzam sobre sete chackras, os centros nervosos sobre a coluna vertebral que captam e distribuem a energia. Simbolizam as duas polaridades da carga elétrica e os movimentos opostos que correspondem ao Universo dual.

Buda ficou em estado de contemplação por cinco semanas, durante as quais foi atingido por uma tempestade. Foi nesse momento que a “Serpente Mucalinda” apareceu, protegendo-o ao enrolar-se e abanar a cabeça acima de Gautama. Krishna com a serpente da infinidade, “Ananta”.

Para os Maias

A serpente é a força vital que nos anima para que atuemos intuitivamente no momento presente seguindo as intuições que nosso corpo diz. O que é que instintivamente sentimos sobre nossos atuais problemas? Escute o que o corpo, esse templo de sabedoria, diz.

Permita que ele integre todos os níveis da vida. Crie uma relação com o corpo, a qual nos libertará das amarras de velhos padrões limitadores.

O “fogo” vital da purificação nos ajudará no processo de limpeza. A transformação instintiva está disponível para ativar e purificar o corpo; se voltarmos a “escutar” os ensinamentos e vislumbrar a energia em cada chakra. Conseguimos isso quando sintonizamos todo o ser com o fogo sagrado.

Os problemas relacionados com a intimidade e sexualidade, estão ligados a este “símbolo” pois representa a kundalini. Devemos nos assegurar de que não estamos separados da dança da paixão que é a união com seu Ser divino (energia sublimada).

A Serpente, pede que devemos rever bem os temas da intimidade e da sexualidade. Nesta sombra estão os temas de apegar-se demasiadamente ao corpo físico ou de ser consumido pelos desejos sexuais.

A Serpente recomenda para usar o corpo como ferramenta e guia para a transformação (transmutação). Através da exploração dos sentidos do corpo, podemos utilizá-los como meio para ativar uma consciência mais elevada (energia vibracional).

Com a integração e o fluxo natural desta poderosa força vital, podemos vivenciar o sagrado fogo da dança da serpente dentro de cada um de nós, quando a energia sexual do básico sobe pela coluna vertebral e se fixa no chakra frontal. Na luz do amor (afinidade entre os casais), vamos usar a paixão para vivenciar plenamente e aprender o “poder” da serpente.

Para os Maias está representada na exaltada forma da Serpente Emplumada Quetzalcoatl que, como a estrela da manhã, traz esperança para a humanidade, ensinando verdades superiores e incorporando ideais evolutivos.

Assim como Quetzalcoatl baixa a Terra no dia 21 de março, devemos encarnar em nós mesmos a verdade, o amor, e a sabedoria. Porém, só conseguiremos através do auxílio das partes superiores do Ser Humano, na luta da vida diária contra as forças egoístas que carregamos em nós mesmo. Neste simbolismo, Terra é nossa humana personalidade e Quetzalcoatl a Energia Cristica que cada um deve fazer “descer” para que encarne em nós e se faça uno conosco.

Precisamos ser ferozes como o Tigre, e místicos como a Águia, para conseguirmos converter o drama da vida, em Serpentes Emplumadas e seguir o caminho do superior.

A Serpente é o paradoxo de integridade energética versus mundo material, o Eu Superior versus o corpo. É a evolução para uma vida plena de mudanças e transformações.

Características

A energia da serpente sempre consegue destaque, mas não é facilmente compreendida. A liderança vem naturalmente devido à habilidade para ganhar e atrair atenção. Liderança nata com uma mente poderosa que pode captar conceitos profundos e sintetizar enormes quantidades de dados. Auto-suficiente, necessitando pouco dos outros. Esta misteriosa fachada consegue atenção e pode atrair um grande número de pessoas.

Vitalidade física e mentalmente, mesmo quando sob condições muito estressantes. Poder emocional fenomenal. Forte senso de liberdade.

É a encarnação da vitalidade e sabedoria instintiva. Grande magnetismo exterior, grande inteligência, estratégia e transformação, destreza intelectual, vontade forte, carismática (pode projetar uma camuflagem mística).

Quando esta poderosa energia emocional é compreendida e harmonizada, pode ser profundamente construtiva e criativa, tornando-a um jato de criatividade aparentemente ilimitada e incansável.

A História e as lendas distorceram o que a Serpente realmente representa.

Translate »