Postado por

Ziguratz / Pirâmide / Transmutação

Ziguratz / Pirâmide / Transmutação
Print Friendly, PDF & Email

Dimensionais despertos

Os dimensionais já despertos quando programam sua mente com determinação, buscando o poder de realização, os resultados que obtém tanto no mundo físico quanto nos mundos paralelos são surpreendentes.  Desses últimos mostram tanto “luzes” na mata aos fenômenos no céu como manifestações físicas, que não são frutos de sua imaginação, porque são fotografadas e, ou filmadas. Inclusive, “transfigurações” quando imagem facial conhecida de um dimensional, um ser de outra realidade com ela se mostra.

Os grupos Alquimia, Sublimação, Luz, Modulação e Propagação estão no Recando de Havalon em plena iniciação através de interações com os mundos paralelos, gerando esses “fenômenos”.

A partir do mundo denso-físico esses dimensionais são direcionados pelos mundos paralelos, que nesses momentos interferem em leis da terceira dimensão, para que essas interações aconteçam. E com elas vão mentalmente potencializando e exercitando, para gerarem energia transmutativa, seu objetivo final.


Os dimensionais já começam a buscar a verdadeira “riqueza” contida em seu próprio corpo – Imagem do Portal Pegasus – (www.pegasus.portal.nom.br)

Também com esse sentido os dimensionais utilizam de alguns artefatos e determinadas atividades físicas (como voltas em torno do “Morro dos Arquivos”, no Recanto de Havalon), ajudando-os plasmar o que positivamente pensam, pelo aumento de sua atividade cerebral. E proporcionando-lhes interações conscientes com os mundos paralelos e ainda os ajudando no desenvolvimento de suas habilidades (mentais) voltadas ao seu poder de criação e de realização.

Os dimensionais despertos já começam a se mostrar como “luzes do futuro”, quando agora começam fotonizar alimentos e objetos em sintonia à frequência do 999. Com ela já começam a buscar a verdadeira “riqueza” contida em seu próprio corpo e não aquela que: “não acumuleis para vós outros tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem destroem, e onde ladrões arrombam para roubar” (Mateus 6:19). 

Eles já começam (mentalmente) possuir a riqueza não associada aos valores materiais e pecuniários, mas à tecnologia de manipulação quântica de plasmas contidos em seu organismo, dentro de leis não mais de um mundo físico. Agora conduzem por outras leis que exigem deles outro padrão mental-evolutivo, gerador da verdadeira “abundancia”, não só a material “por ter”, mas principalmente a d’alma “por ser”.

Eles já têm a noção, mesmo a riqueza pecuniária material “por ter” na realidade física, ela deve vibracionalmente multiplicar, não só para aqueles que a possuem e a administram, mas também que ela se estenda para os demais, que dela devem usufruir.

A verdadeira “riqueza” não deve permanecer estática em nociva letargia, indo contra leis cósmico-divinas em seu sentido de O Todo. Leis que quanticamente “vibram” por igual para todos e que estão explicitamente postas na “Parábola dos Talentos”. Todas as formas de energias são corretamente regidas e direcionadas por Leis Universais – principalmente de maneira mais visível às associadas ao mundo físico – à matéria.

Essa “riqueza” é só alcançada por aqueles que já sintonizam à frequência de sábios ou de iluminados, que estão no momento nesse planeta para “diferentemente” iluminarem o caminho, incentivando à verdadeira “fortuna”, que se conquista pelo equilíbrio emocional, harmonia d’alma e paz de “espirito”.


Os dimensionais despertos estão na Terra para iluminarem, despertarem e poderem iluminar também o caminho dos demais – Foto de Antônio Carlos Tanure

Esses “afortunados” já são capazes de assimilarem informações e conhecimentos, que com eles já podem exercitar mentalmente conscientes com os multiversos, ao mesmo tempo que preparam alegremente para sua transmutação, já se antevendo em seu Eu do Futuro ou Corpo de Luz – o que de fato são em essência constituídos. 

Uma mente criadora é impulsionada pela vontade, fortalecida pelo desejo e direcionada pelo pensamento conduzido pela consciência buscando reais resultados. O momento é agora para o dimensional que já se despertou, para que desperte também de maneira incisiva outros dimensionais com informações e conhecimentos dentro de uma linguagem diferenciada e própria que gere “uma luz no final do túnel”.

Os Mensageiros de Deus outrora foram pessoas que tiveram o conhecimento que os dimensionais estão tendo e, alguns deles estão agora na Terra reencarnados. Talvez, pela última vez, por ser esse o 5º e último ciclo de 5.125 do grande ciclo de 25.625 anos.

A pirâmide, os monumentos e os artefatos oferecidos pelos mundos paralelos aos dimensionais são para acelerá-los mentalmente e neles “acender a chama do novo” latente em seu interior. Nessa sua caminhada ele deve mergulhar dentro si e se descobrir, interrompendo três aspectos em sua vida humana: doenças., envelhecimento e morte.

E dentro desses três aspectos ele deve possuir o entendimento do que é apego e desapego, para que se iluminando, possa ir construindo seus “universos mentais. A iluminação interior está associada à busca do conhecimento, principalmente do autoconhecimento.


A pirâmide, os monumentos e os artefatos oferecidos pelos mundos paralelos ao dimensional, são para ajuda-lo “acender a chama do novo” que está latente em seu interior – Imagem da Internet

Quanto maior for a frequência mental do dimensional, maior seu conhecimento, maior sua capacidade de propagação e maior o seu rendimento vibracional trazendo benefícios mútuos – entre eles e os mundos paralelos e, vice-versa.

Cada pessoa tem sua maneira de despertar, de acender sua “chama interior”, ao buscar “algo” especifico e em momento certo. O dimensional já desperto deve ajuda-la, para que também se desperte, percebendo que a “sabedoria está no bolso (ausência da avareza) e o entendimento/emoção no coração (real riqueza), para que através deles se possa alcançar a “salvação” (transmutação).

No desprendimento os dimensionais tornam-se livres e podem abrir a frequência da “prosperidade” em seu verdadeiro e amplo sentido – o de atração. E assim, podem alcançar mentalmente outros mundos, já removidas preocupações excessivas que os bloqueiam, como as sensações de perda e as de angustia.

Cada dimensional no desempenho de seu compromisso procede como um vórtice de energia, ao fazer seu campo biomagnetico como uma antena parabólica, recebendo mensagens através de sua atividade cerebral e transmitindo outras pela força de seu pensamento, quando consegue sintonizar com inteligências não só desse mundo, mas também de outras em realidades paralelas.

—————————————————-

Recanto de Havalon– uma escola de conhecimento e aprendizado

O “Morro dos Arquivos” na sede do Recanto de Havalon possui uma concentração especial de minérios, que cria um campo magnético sincronizado com o centro dessa galáxia, gerando imenso vórtice de energia. Assim, ao darem voltas em torno dele, os dimensionais vão se potencializando e também gerando seu próprio campo de energia, que os auxilia obter maior compreensão e percepção, equilibrando sua consciência/razão e paralelamente sua frequência mental.

O resultado final dessa potencialização vibracional é a sua sincronização (de seu organismo ao nível dos prótons e elétrons) à Frequência Universal. Cada conjunto de voltas (09 voltas no sentido anti-horário) que ali dão, eles ativam as camadas de seu campo biomagnético (aura), quando podem ter “flashes” de memória ou instantes de intuição voltados ao seu futuro.


Através do dispositivo simples mostrado acima, os dimensionais podem ativar seu campo de energia, mas com ele precisam dar 270 voltas ao seu redor, equivalendo uma volta no “Morro dos Arquivos” – Ilustração do Portal Pegasus (
www.pegasus.portal.nom.br) .

O dimensional usufruindo de liberdade mental e exercitando sua atividade cerebral, ele fica mais perceptivo, mais intuitivo. Ele se torna mais hábil para “receber mensagens”, que o universo está constantemente lhe enviando, para que mais consciente “faça a diferença” necessária ao desempenho de seu compromisso.

O dimensional ainda não desperto, portanto não consciente de sua verdadeira realidade (cósmica), não percebe até mesmo seu próprio universo mental, que constantemente está gerando. Nessa sua própria prisão não se percebe todo seu potencial (mental) de cocriador – ou, em sua “abundante” capacidade de realização.

Ele em função de seu compromisso cósmico deve ficar alerta com seu maior inimigo –  ele mesmo. Deve possuir discernimento para decidir e agir entre “o certo e o errado”, exercitando-o com equilíbrio emocional em suas experiências no mundo físico, evitando para si consequências vibracionais negativas, que vão gerando outras.

Ele deve gerar pensamentos de “abundância” e exorcizar os da “miséria” em seu real sentido. Deve se tornar “rico” de pensamentos, sem mais interferência de seus sufocantes e míseros vícios mentais. Ele não deve possuir sintonia à frequência de “miséria” (mental), mas àquela que está em sintonia à sua verdadeira realidade vibracional, que o capacita gerar e criar como cocriador.

Também, ele não deve proceder pela ganância movida por privilégios em detrimento dos demais, tornando-se incapaz, por não saber com equilíbrio buscar a verdadeira “abundancia” – ou, por não saber dar seu salto quântico, quase sempre ainda mergulhando em lamurias e sempre querendo mais, perdido em si mesmo.

O dimensional de fato desperto deve saber se diferenciar, para poder também diferentemente ajudar. A humanidade foi induzida milenarmente assim proceder sob o jugo de um poder oculto, permanecer na frequência de submissa miséria, em sintonia à vibração do 666. Mas, no final desse grande ciclo de 25.625 anos e início de um outro (com as aberturas das “Janelas” dos anos 2018 e 2028), ela tem agora a oportunidade reagir e não ficar mais na inércia própria de pedintes.

O dimensional compromissado com a “virada” ou, com a Frequência do 999 (inversa do 666) já interage consciente com as realidades paralelas, que não dependem deles materialmente, mas de “acalentes” trocas de emoções com os mesmos, que têm nessa permuta aparecimentos e atuações das naves do GNA, da nave Mãe e de outras naves, entre vários outros “fenômenos” na realidade física.


“Nave” deOphiúchus –  Essa “nave “mexe” com o campo vibratório do dimensional que já despertou e que prepara para sua passagem às “Janelas” – Foto do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br) .

Essas manifestações físicas desses outros mundos são de valor incalculável, ajudando a provocar mudança de energia/vibração para a humanidade e para o planeta. Ajudando a inverter a frequência do 666 para a do 999. Frequência que irá ainda possibilitar os dimensionais transmutarem, quando terão experiências em outros mundos ou, se desejarem aqui ficarem, mas não mais morrerão.

O cérebro do dimensional quanto mais ativado mais se acelera, funcionando melhor como uma antena tanto receptora quanto transmissora. Gerando ondas mentais para todos os universos através de seus canais mentais (homem 18 e mulheres 37) – principalmente para seu universo mental que por ventura venha cria-lo.

Ele não deve exercitar só seu raciocínio, ficando apenas no campo da lógica e do entendimento. Se assim proceder não se descobrirá movido pela percepção, não utilizará da intuição, exercitando-se mentalmente só com seus sentidos normais.

Nenhum dimensional já desperto é excluído pelos mundos paralelos, pois já possui o privilégio de ser identificado pela sua atividade cerebral, mas que deve ser corretamente utilizada.

Aquele que já despertou e que consciente exercita o seu compromisso movido pela responsabilidade consigo e com o cosmos, possui constante e acelerada atividade cerebral. Fica em “estado de alerta”, vigilante e ao mesmo receptivo ao que acontece em derredor, com atividade cerebral acima de 40 hertz.


O dimensional para se tornar “diferente”, tem que se despertar, para fazer essa “diferença” acontecer dentro de si. Ele é (metaforicamente) uma “mini pirâmide de Saccara, ao produzir energia (mental) na mesma frequência da Ressonância Schumann, quando então é identificado pelos mundos paralelos, que com eles têm interações – Ilustração de Dakila Pesquisas

Todas as crianças “hiperativas” ou, que ficam em constante “ebulição mental”, elas já possuem 5ª ou 6ª mutação ao nível de seu DNA. Estão em constante ansiedade para realizar algo sendo impulsionadas por sua atividade cerebral, que as colocam nessa frequência mental. Diferente da maioria dos adultos que é condicionada primeiro obedecer, para depois executar, elas se mostram mentalmente ainda nessa idade independentes, procurando “caminhar com suas próprias pernas”, já pensando por si mesmas e assim agindo.

 “Janelas” são “ocasiões vibracionais” de interação com os mundos paralelos e, esses momentos podem se dar por vários objetivos. A do ano de 2018 e a do ano de 2028 são as que têm a frequência transmutativa, desde que o dimensional esteja vivo, conservando saudável seu corpo físico.

Em sua transmutação ele vai mudando sua percepção e alcançando maior facilidade de interação consciente com os mundos paralelos. A sua falta memória e seu envelhecimento vão sendo revertidos, ficando mais rejuvenescido e sua memória restabelecida, em frequência mental mais acelerada.
.
Principalmente na “Janela” de 2018 (com maior intensidade vibracional), o dimensional deve pelo menos garantir sua transmutação, para que na próxima “Janela” de 2028 alcance essa possibilidade, já com mais tranquilidade para conseguir o equilíbrio metabólico (seu corpo denso), harmonizar emocionalmente (sua alma) e iluminar (seu espírito).

Em adiantado processo transmutativo que sutiliza seu corpo físico, o dimensional ao movimenta-lo, não irá senti-lo, mesmo ainda estando dentro de leis para terceira dimensão. Ele já alcançou frequência de um já transmutado, inclusive já podendo atravessar paredes e outros objeto sólidos.

Na passagem pelas “Janelas” dependendo do padrão mental evolutivo do dimensional, poderão lhe acontecer três alternativas: ressurreição, reconstituição do corpo e o reviver (transmutação). Nessa última alternativa o seu campo bioenergético alcança a suficiente capacidade vibratória, para fazer com que a energia densa ou matéria de seu corpo físico volte a se sublimar ou, transformar-se novamente em luz – no que em essência sempre foi.

A transmutação é instantânea. A mente e o corpo do dimensional estando prontos ela acontece, mas o seu reflexo no corpo físico só vai sendo percebido com o seu desenrolar. A mente é uma “maquina” criadora movimentada pelo pensamento, mas que só funciona quando alimentada por “combustível” próprio “extraído” da paz interior em sintonia à Harmonia Universal – possibilitando o dimensional à sua capacidade de criação de um já transmutado.

Aquele que está em processo mental acelerado de despertamento, ele assim procede, porque se sente estimulado por novos conhecimentos, que com eles vai se descobrindo conduzido pela “luz” do autoconhecimento. A cada resposta que ele avidamente obtém para uma sua pergunta, ela se desdobra em mais outras perguntas, assim com sucessivas repostas vai gerando seu despertamento através de um dinâmico acréscimo de novas informações, conhecimentos e aprendizados.

Os dimensionais na busca do padrão evolutivo que os diferencia, alguns locais lhe são indicados pelos mundos paralelos e neles colocados artefatos com medidas precisas, para que ali gerem um maior campo eletromagnético (impulsionador de energia vibracional), quando então podem ser escutados “estalos” e vistas luzes como se fossem energia eletrostática de uma bobina de Tesla.  

Esses artefatos quanto mais tempo estiverem nesses locais escolhidos, maior será o campo eletromagnético ali produzido, gerando mais força que “impulsiona” a frequência mental dos dimensionais.

O alcance desse campo é em torno de 40 metros.  Os estímulos negativos ou de baixa frequência são aí anulados. E tudo que estiver com o dimensional dentro desse campo, que seja de metal principalmente discoide, ficará “carregado” mesmo que esteja em seu bolso, sacola, etc. Nele a energia funciona como uma “bateria”, que não precisa depois “recarrega-la”.


Os dimensionais na busca do padrão evolutivo que os diferencia, locais lhe são indicados pelos mundos paralelos, e neles colocados artefatos – Imagem de Dakila Pesquisas

Seres inteligentes de realidades paralelas possuem apenas 10% da tecnologia mental dos dimensionais. Por não possuírem a tecnologia do bioplasma, precisam dela que é oriunda das emoções/pensamentos desses últimos, para que possam plasmar no mundo físico. Os dimensionais a produzem, mas não sabem utiliza-la, as realidades paralelas sabem utilizá-la, mas não a geram.

Os seres desses mundos estão sempre alertando os dimensionais sobre sua capacidade de gerar energia/força/poder através da emoção/pensamento, mas esses sempre “tropeçam” em sua insegurança, por se acharem incapazes. Geram pensamentos que deprimem, que bloqueiam e que acabam por dificulta-los em sua caminhada voltada à transmutação.


Os artefatos passados pelas realidades paralelas quanto mais tempo estiverem em locais definidos por elas, maior campo eletromagnético será produzido, gerando mais força ao dimensional, “impulsionando” sua frequência mental – Imagem Dakila Pesquisas

Os dimensionais no Recanto de Havalon estão no momento preparando para interagir na frequência dos ascensionados, portanto precisam fazer a distinção entre os que estão ligados ao “mundo espiritual” normalmente não vistos a não ser com auxílio de médiuns (ectoplasma) e os também não vivos ligados ao mundo extra físico, onde se encaixam os ascensionados capazes de serem vistos por si mesmos, tornando seus corpos densos e ainda podendo trazer “algo” de sua realidade  de existência, para o mundo físico e vice-versa (bioplasma)

Aqueles que estiverem mental e emocionalmente em condições de interagir com a realidade de existência dos ascensionados , vão comunicar com os que nela estão/vibram, após desenvolverem o processo de “marcar janelas”. Marcando-as através do coração ou, de profundos sentimentos que emocionalmente os interliguem mentalmente com esse mundo, tornando-se como fossem filamentos de uma malha, de maneira mais mental e não mediúnica ou “espiritual”.

Essa ligação emocional é que promove a ida e a volta entre essas realidades. Mas, poucos conseguem abrir esse caminho dentro desse processo mental também delicado, difícil e demorado, mesmo agora sendo direcionado pelos mundos paralelos sem a transmutação dos dimensionais, que devem seguir em frente, para não gerarem consequências com outras leis físicas (da 3ª dimensão).

Como “marcar essa janela” se dá pelo processo emocional, os dimensionais na medida em que vão “marcando-a” deve senti-la de fato como registro emocional, que devem guarda-lo em sua memória. Deve registrar todos os seus sentimentos, que como acontecimentos, lhes proporcionem “impressões” mentais em seu cérebro, constituindo/marcando emocionalmente essa sua “janela”.

Os dimensionais já marcaram no passado a “janela” que por ela atualmente passarão e que agora poderão trazer “algo” de lá ou levar. Os multiversos quando são ajustados, se conectam, comunicando-se através das malhas eletromagnéticas com o futuro, que se mostra no presente como “princípio de vida”.


Os multiversos quando são ajustados, se conectam, se comunicam através das malhas eletromagnéticas – Imagem da Internet

Ao propagarem os dimensionais despertos devem estimular nas pessoas o seu “tico/teco” – ou, se posicionarem com consciência/razão, gerando com seus pensamentos equilíbrio emocional. Eles estão no momento nesse planeta como lideres voltados ao seu compromisso, estimulando uma outra maneira de pensar e de agir, que devem conjuntamente executa-la com uma mesma e nova linguagem.

Dessa maneira devem se expressar na frequência de “investidores” e não de “gastadores”, sabendo corretamente investi-la em diferentes níveis: sociais, culturais e outros. Os seres de Gemus estão auxiliando nessa sua tarefa, que deve ser especialmente implementada, tendo seu pico entre o final de 2018 e quanto muito início de 2019.

A Terra é muito mais do que os seres humanos imaginam. É um “trampolim” para a transmutação, por esse motivo também ela recebe inteligências de muitos lugares e de outros mundos e dimensões em um acompanhamento de “observadores”.


Algumas inteligências extraterrestres em frequência de existência mais sutilizada, podem mais facilmente manipular o bioplasma e já plasmadas confundir com a vegetação, com isso passando despercebidas, para melhor observar ao derredor – Fotos do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br)

No processo de despertar os dimensionais em seus esforços físico, mental e emocional, eles se estafam, ao serem estimulados pelos mundos paralelos, que assim os direcionam, para que aumentem o seu “patrimônio” e adquirem sua verdadeira “riqueza” através de um corpo saudável, da paciência, da tolerância e do espirito de fraternidade no convívio entre os grupos Luz, Sublimação, Alquimia, Propagação e Modulação e outros, no Recanto de Havalon.

Cada um nesses grupos possui determinado entendimento e percepção – uns mais e outros menos. Mas, todos devem compreender o sentido do desapego, mesmo que nessa busca uns utilizem (metaforicamente) uma “carroça”, outros uma “bicicleta” e outros ainda um “carro ou avião”. O importante que todos cheguem ao “lugar” almejado.

Essa metáfora é uma alerta àquele que não é capaz de alcançar seus objetivos na realidade física, sejam quais forem. Se não os alcança, como poderá alcançar outros além dela, se ainda está preso às amarras emocionais desse mundo?  O dimensional desperto e em compromisso deve se somar com outros, para que todos juntos produzem e busquem novos valores. Desapeguem daqueles que já tornaram viciosos e os aprisionam.

Valores que enfocam e que envolvem mais o que é material e o pecuniário, sempre complicam a vida daqueles que assim pensam, porque os leva no torvelinho de emoções conflitantes e aprisionadoras.

A menção bíblica “É mais fácil passar um camelo pelo fundo de uma agulha do que um rico entrar no Reino dos céus”. – Mateus, 19:24, nela está explicita que interagir apenas com frequências de terceira dimensão, a energia/vibração resultante aprisiona ao mundo físico, por excessivo apego e por não saber desfaze-lo. Ou, por não saber corretamente o que fazer com o que se possui, sem multiplica-lo não só em benefício próprio, sobretudo em beneficio dos demais.

Essa outra citação bíblica “Daí a César o que é de César e a Deus o que é de Deus” – Marcos 12-1, 7, ela está de maneira mais explicita associada ao mundo quântico ou,  “o que é material fica na matéria/denso e o que é vibracional se multiplica no vibracional/sutil”.

 Os dimensionais já despertos anteriormente passaram por várias linhas de pensamento, onde em cada uma delas aprenderam algo. Todas elas buscam em relação ao processo evolutivo um mesmo objetivo dentro de um certo nível de entendimento e de compreensão.
Esses dimensionais despertos já chegaram a um nível de padrão mental e de interação com os mundos paralelos, que precisam de “algo” mais. Eles nessa sua atual “guinada”, já conseguem em qualquer local e momento suas interações com os mundos paralelos.

Os dimensionais despertos já chegaram a um nível de padrão evolutivo, que já conseguem interações com as realidades paralelas em qualquer local e momento: “Luz Azul” – Foto Dakila Pesquisas

Os dimensionais que já despertaram e que já estão desempenhando compromisso consigo mesmos e com o universo, já conseguem também gerar frequência para o aparecimento da “neblina”, que possui substâncias bioquímicas plasmáticas atuantes ao nível do campo eletromagnético de suas células, que nelas funcionam como neurotransmissores e os ajudam em seu salto quântico, independentemente dos multiversos que venham gerar.

Com essa tecnologia os dimensionais podem estabilizar o que criam. Alguns possuem condições de criar coisas, mas não as plasmam totalmente. Tem outros que as plasmam, mas não .as materializam por muito tempo. E outros ainda que já conseguem as duas coisas.


Imagens de alquimia da materialização do ouro – Grumos de ouro que foram apenas plasmados, dissolvendo posteriormente (desapareceram), em Belo Horizonte/MG/BR, no dia 16 de abril de 2006, por um grupo de vinte e cinco dimensionais – Fotos do Portal Pegasus (
www.pegasus.portal.nom.br)

 

Imagens de alquimia da materialização do ouro – Pepitas de ouro alquímico, que foram materializadas também em Belo Horizonte/MG/BR, no dia 16 de abril de 2006, por um grupo de nove dimensionais – Fotos de Antônio Carlos Tanure.

Existem muitas pessoas que precisam ainda de orientações de gurus, guias espirituais, cartomantes e vidente, entre outros. Necessitam que alguém as aponte o caminho, porque não sabem “caminhar com as próprias pernas”. Elas não se sentem libertas, mas inseguras por não perceberem que existe nelas “algo”, que poderia lhes dar essa liberdade. Mesmo os dimensionais devem aprender a caminhar pelas suas Linhas da Vida, escutando si mesmos, sintonizando-se com o seu Eu do Futuro – seu Corpo de Luz.

Os mundos paralelos desejam que os dimensionais estejam com seu pensamento “carregado de emoção”, que eles não possuem, daí a troca que fazem com os últimos. E nessa permuta as realidades paralelas fornecem-lhes tecnologia que os ajudam a manipular o bioplasma para transmutarem e acessarem todas as “Janelas” dos multiversos, com seus mundos. Nesse salto quântico para outras dimensões os dois ganham.

—————————————————-

Grande Pirâmide em Ziguratz

No dia 07/01/18 iniciou-se definitivamente a construção da grande pirâmide, em Ziguratz.

A construção dessa pirâmide será necessária à transmutação dos dimensionais já despertos. Portanto, será para eles uma questão de vida além da morte, quando ali adquirirão conhecimentos que passarão e que terão reflexo para o mundo. Ao ser construída com esforço de todos os dimensionais, será ainda um aprendizado estimulando-os ao sentimento do desprendimento, que com ele à verdadeira e “abundante” prosperidade.

Todas as dimensões dessa Pirâmide serão múltiplos de 09 – os andares, os pilares, as vigas, as lajes, rampas, escadas, etc. A sua geometria estará dentro da matemática universal pela finalidade que ela terá, de acordo com os mundos paralelos. Ela terá 63 metros de largura por 63 metros de altura. E se considera o seu “entorno” – as pequenas pirâmides laterais, terá como base 90×90. Serão 9 andares, onde a Sala 09 ficará no último andar. Cada andar terá 4,68 metros de altura. As dimensões de seus degraus serão cálculos, que também darão 9.

Ela em um ponto será diferente das outras pirâmides de seu porte, porque as outras são todas “maciças” e essa de Ziguratz será “vazada”. Todo o concreto nela utilizado e nos locais onde houver pintura terá argila vermelha na sua composição, para gerar a frequência necessária à transmutação.

Por isso ela será de cor “avermelhada”. Essa argila estabilizará os pulsos elétricos do cérebro na frequência da Ressonância Schumann (e na frequência da energia cristica de realização no mundo físico). Todas essas condições se interligarão, principalmente no período das aberturas das “Janelas.


A grande Piramide em Ziguratz será diferente das outras piramides de seu porte – Imagem do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br)

Nessa pirâmide existira uma “torre” central provavelmente espelhada e um “vazio” entre a ela e o restante de sua estrutura, com as dimensões de 9,90×9,90. Na pirâmide de Saccara existe também um poço na vertical com essas mesmas dimensões. Mas, existirá entre as duas o inverso do reverso – na primeira o sentido é ascendente e na segunda é descendente.

A pirâmide em Ziguratz estará ligada à frequência transmutativa, que será fundamental para o salto quântico dos dimensionais. E, assim voltada para as frequências de materializações e de desmaterializações estará em ressonância vibratória com a abertura de “portais”.


Energia cristica faz acontecer na realidade física – Fotos do Portal Pegasus
(www.pegasus.portal.nom.br)

A grande pirâmide em Ziguratz será a “catapulta vibracional” dos dimensionais, porque lhes proporcionará seu salto quântico. Ela representará para todos os dimensionais o resultado de uma grande busca. Significará a sua liberdade e o caminho para tornarem de fato seres universais. Essa grandiosa construção simbolizará a sua ascensão, que irá gradativamente sendo alcançada em cada uma de suas etapas ou, na construção de andar por andar até chegar à sua conclusão ou à tão esperada sala 09.

Ela funcionará como uma “porta” para os multiversos e a comunicação com os mundos paralelos, que os povos mais antigos associavam aos contatos com os “deuses”. Ela funcionará como uma máquina quântica, com suas salas em várias frequências: sala dos mistérios, sala do conhecimento, sala dos ascensionados relacionada a densificação ou plasmação da matéria, sala das reuniões e várias outras salas com suas respectivas frequências. Ela será a primeira pirâmide de seu porte e finalidade que já está sendo construída no início desse novo ciclo, para durar 5 mil anos.

A grande pirâmide em Ziguratz significará a liberdade  e o caminho dos dimensionais despertos para se tornarem seres universais – Imagem do Portal Pegasus

A sala 09 localizada no 9º andar dessa pirâmide, estará ligada à frequência transmutativa, que será fundamental para os dimensionais, em seu salto quântico. Será a sala das materializações e desmaterializações na frequência dos “portais”, por isso funcionará também, como uma porta de entrada para os multiversos, que possibilitará a comunicação com os mundos paralelos em uma verdadeira comunicação com “deuses”. “Essas”, serão apenas algumas das finalidades da sala 09, pois nela vibrarão ainda muitas outras frequências.

Ela estará relacionada a esse novo momento da humanidade, quando outras tecnologias associadas às novas informações e novos conhecimentos estimularão a aglutinação de mentes brilhantes, inovadoras e criadoras, que será um dos motivos de sua construção como centro “de real prosperidade e de verdadeira riqueza”, com justa distribuição.

Mas, a importância dessa pirâmide irá muito além da sala 09. Existirão nela outras salas principalmente às relacionadas à terça parte da sua base, que será fundamental para os dimensionais como significado e relevância imensos ao seu desenvolvimento, que se estenderá também à população. Isso se deverá a sua forma escalonada, que como uma caixa de ressonância ampliará toda sua capacidade sensorial (transmissão de sensações), podendo ser replicada, multiplicada e transportada para todo o planeta. A frequência gerada por essa pirâmide, certamente, irá “mexer” com todas as pessoas.

Ela ajudando a gerar um outro padrão mental, será um gigantesco polo que irá produzir a real “prosperidade” para ser alcançada e distribuída para a população. Em um terço da sua base existirão salas específicas, cujas frequências irão ajudar especificamente os dimensionais em suas habilidades extra-sensoriais, mas também na iluminação dos seres humanos em geral (planetários).

Muitos dimensionais ou parte deles, já estão garantidos e aptos a realizarem trabalhos (mentais) diretamente na Sala 09. Mas os dimensionais e também os planetários que não conseguirem atingir esse padrão, precisarão realizar tarefas em algumas dessas salas para acenderem sua” luz interior” e dessa forma, alcançarem necessária frequência vibratória associada a um nível de percepção, de consciência e de angelitude bastante acentuados.

No subsolo dessa pirâmide existirão salas totalmente escuras para trabalhar a glândula pineal, desenvolver a percepção, projeção mental, experiência extrafísica, interação com mundos paralelos e a iluminação da consciência. Esses serão alguns dos objetivos principais a serem desenvolvidos nessas salas. Para os planetários (originados desse planeta) será fundamental que nelas se desenvolvam. Essas tarefas poderão ser realizadas, assim que forem concluídos os dois primeiros pisos da pirâmide, portanto não sendo necessário que esteja totalmente construída.

A ajuda vibratória dessa pirâmide será estendida a todos, que usufruirão das atividades que nela serão desenvolvidas, permitindo que despertem mais rápido. Auxiliando-os de diversas formas, mesmo que seja por ressonância.

Haverá também, outro ponto na pirâmide, acima de um terço da sua base, onde existirá uma sala específica e muito especial. Nessa sala acontecerá as interações com os ascensionados (entes queridos) que se foram, mas que se encontram com certa dificuldade vibratória e que agora poderão ser ajudados.

No primeiro piso, acima desse um terço da base, terá uma área reservada “à glorificação” de todos os dimensionais” e em sequência de todos os planetários que conseguirem atingir esse patamar. Dimensionais “glorificados” são aqueles cuja mente e coração já iluminados, conseguem discernir o que é o bem e o mal, optando sempre por decisões com equilíbrio emocional. São aqueles que já atingiram um nível elevado de consciência, “caminhando” pela vida em sintonia à Linha B das Três Linhas da Vida.

Nessa pirâmide vibrará um extraordinário potencial transformador de vidas e gerador de infinitas possibilidades. Ela terá como principal função, disponibilizar ensinamentos preciosos e diversos, justamente para que todas as pessoas sem exceção consigam alcançar uma compreensão além do normal, além da vida física.

Todos os universos se beneficiarão também dela, porque será construída como uma tecnologia em frequência estabilizada, que somente daqui a milhares de anos a ciência começará a estuda-la.

Fontes de consulta:

Apostila de Dakila Pesquisas – mês de janeiro de 2018
Apostila de Dakila Pesquisas – mês de fevereiro de 2018

Translate »