Postado por

Com a terceira visão a primeira percepção do “Ser”

Com a terceira visão a primeira percepção do “Ser”
Print Friendly, PDF & Email

Experiências com outras dimensões que vivenciamos no Chacra Vibracional da Fazenda Boa Sorte no município de Corguinho/MS-BR e em outros locais.

Os Relatos a seguir estão escritos na primeira pessoa do plural e quando o dimensional é neles citado, ele não é identificado pelo seu nome de registro civil, mas pelo seu trabalho missionário.

Antônio Carlos Tanure    

3h00min, madrugada do dia 18/07/1999, domingo. Foi em uma trilha, entre várias da Fazenda Boa Sorte, Corguinho/MS-BR, onde surgem as sondas, que interagimos pela primeira vez com um “ser” de cor dourada e em um processo de interação com o mesmo, sentimos um frio indescritível.

Este “ser” estava a trinta (30) metros de distância e por estar interagindo com alguns arbustos (passando através deles), as extensões do seu corpo em volta destes arbustos, lembravam os pseudópodes de uma ameba em movimento.

Quando pelo comando telepático do: “somos dimensional, aproxime, queremos contato” – ele se desprendeu dos arbustos, flutuou sobre os mesmos e já sem o seu corpo disforme emitiu, em corpo inteiro, três pulsações luminosas em nossa direção.

Neste momento de interação, vibramos de felicidade e renascemos. Como uma criança, sentimos uma alegria contagiante, em um estado de pureza de alma inexplicável.

Este “ser” não tinha uma forma definida. A sua consistência parecia gelatinosa e de cor dourada e não exteriorizava tanto o que podia a sua intensa e pulsante energia luminosa, porque ela estava contida no seu corpo plasmático e voltava-se para dentro dele.

Posteriormente, fomos levados ainda mais adiante nesta trilha, que desembocou em uma grota, onde também interagimos com os seres ultra-dimensionais, percebidos e mostrados apenas pelas filmadoras.

Translate »