Postado por

Comentário comparativo do que seja realmente o Parácleto

Comentário comparativo do que seja realmente o Parácleto
Print Friendly

De Conceição Campos (conceicaogc@yahoo.com.br) – Agosto/2008


Pela força do Espírito Santo, O fermento da criação foi unido à Água, no momento em que Ele, o Parácleto pairou sobre ela. (Santo Efrêm: Caverna dos Tesouros).

Observamos através das palavras de Santo Efrêm, século IV, que o termo Parácleto, de origem grega, remonta desde o momento da ‘Primeira Criação’, e assim sucessivamente, dentro da escala da evolução. O Parácleto é um Ser Especial que desenvolveu todas as suas habilidades mentais de alta frequência, podendo programar e até alterar as leis Universais, nos colocando no tempo zero, se assim for necessário. Este Ser Especial exerce também o papel de mensageiro, intercessor e amigo. É Aquele que chega para preparar o caminho em tempos especiais em nome de outro Parácleto . Paralelamente estão num mesmo grau de Evolução mental, tendo conseguido deixar a deprimente lei que rege os seres mortais com suas conseqüentes e terríveis encarnações reencarnatórias.

Parácleto: palavra grega muitas vezes traduzida por Consolador, mas que significa realmente auxílio, sustentáculo, intercessor. Ele cumprirá a mesma missão de JESUS, que foi também de ser: sustentáculo, advogado, intercessor. Tem habilidades para transfigurar, curar, ressuscitar e mudar o comportamento das pessoas através de ensinamentos e técnicas que vão alterando seus níveis de Consciência. Esses dons, o CRISTO passou para seus Apóstolos e pediu a Eles que curassem e ensinassem as pessoas a se curar, mas ressuscitar não, esse dom seria restrito só a Eles. Em se tratando de um Mensageiro específico, para uma determinada época, como o atual fechamento de Ciclo, podemos imaginar a potência que envolve o Parácleto que já está convivendo entre nós.

Estudando as Leis Universais de evolução, entenderemos a origem do Parácleto e a sua função dentro da Hierarquia celestial do Cristo.

No céu existem corpos ressurretos e corpos espirituais. Dão- se as chaves pelas quais se podem identificar mensageiros procedentes do outro lado do véu.

No céu existem duas espécies de seres, a saber: Anjos, que são pessoas ressurretas que têm um corpo de carne e ossos.

(1) Por exemplo, Jesus disse: Apalpai-me e vede: um espírito não tem carne e ossos, como vedes que eu tenho. (Lucas 24: 39).

(2) Corpos espirituais: Os espíritos de homens justos tornados perfeitos, aqueles que não ressuscitaram, mas herdaram a mesma glória.

Quando aparecer um mensageiro dizendo ter uma mensagem de Deus, oferecei-lhe a mão e pedi-lhe que a aperte.

Se for um anjo, ele o fará e sentireis sua mão. Se for o espírito de um homem justo tornado perfeito, ele virá em sua glória, porque essa é a única maneira em que pode aparecer.

Pedi-lhe que vos dê a mão e ele não se moverá, porque é contrário à ordem do céu que um homem justo engane; mas ele ainda assim transmitirá sua mensagem.

São três importantes chaves pelas quais podereis saber se um contato vem de Deus, diz o Profeta.

A terceira chave deveria ser digitada, mas prefiro não entrar na freqüência de incompreensão e agressão por parte daqueles que não interessam levar a fundo os Mistérios do Cristo.

Compreendendo os chamados homens justos

Todos os justos tornados perfeitos, seriam aqueles que estão numa dimensão sutil, porque ainda conservam suas formas de espíritos superiores. Mesmo assim, eles ainda não passaram pela ressurreição. Ascencionaram ao último degrau da escala de evolução terrena. Ali estão reunidos: Patriarcas, matriarcas, Sumos sacerdotes, profetas discípulos e mulheres fantásticas que reinaram e profetizaram deixando suas sagas no Velho e Novo Testamento, em nome do Cristo.

Compreendendo o processo básico de evolução através de três pilares: encarnação, ascenção e ressurreição (imortalidade) – E quanto a Enoque e Elias que não passaram pela morte?

Leia o que Jesus Cristo, “ouviu e respondeu” aos seus Apóstolos.

Haveis citado o caso de Enoque e de Elias: ‘Eles’, dizeis, continuam vivendo e conservam a carne que trouxeram a este mundo; por que, então, em se tratando de teu pai, (José) não lhe permitiste conservar seu corpo?

Então eu digo que, mesmo que houvesse chegado a ter dez mil anos, sempre incorreria na mesma necessidade de morrer.

Mais ainda, eu asseguro que sempre que Enoque e Elias pensam na morte, desejariam já havê-la sofrido a verem-se assim, livres da necessidade que lhes é imposta, já que deverão morrer num dia de turbação, de medo, de gritos, de perdição e de aflição.

Pois haveis de saber que o anticristo há de matar estes homens e derramar seu sangue na terra como à água de um copo por causa das incriminações que lhe imputarão quando os acusarem.

Nós respondemos dizendo: “Nosso Senhor e Deus, quem são esses dois homens dos quais disseste que o filho da perdição matará por um copo de água?”

JESUS, nosso Salvador e nossa vida, respondeu: “Enoque e Elias”.

Trechos retirados do livro: A Historia de José, o carpinteiro, contada por Jesus Cristo (Capítulos: 31 e 32).

Enoque e Elias são as duas testemunhas do Apocalipse 11.

O Parácleto já está entre nós.

O Parácleto está entre nós, Advogando uma Causa a pedido do Cristo, detendo Dele toda autoridade para anunciar os eventos já em plena ebulição, que transformarão radicalmente a face do Planeta Terra.

Há mais de uma década, Ele vem passando informações que o Cristo nos legou, decodificando seu real significado, elevando o nosso nível de consciência para que possamos acessar várias habilidades que estão adormecidas na nossa memória celular. Só assim poderemos assumir o Compromisso que assinamos com o Cristo.

Se as leis Universais, trazidas pelo Cristo, tivessem sido aplicadas pelos dirigentes religiosos, poderiam ter elevado a freqüência mental e vibracional dos povos da Terra, evitando a degradação moral e social, perante a total decadência de valores invertidos, que continuam sendo encenado neste palco sem a Arte da Magia do Divino Cristo Jesus.

O Parácleto é Aquele que conseguiu a mais bela de todas às artes disponíveis no Universo: a transmutação completa e regeneradora de todas as células que compõem um corpo físico no seu desdobramento total de Consciência Plena. Como Mensageiro dos Dirigentes Celestiais: Pai e Filho, Ele recebe “ordens superiores”, e quando se faz necessário, investe de autoridade perante a Ordem Maior para exigir mais dinâmica e transparência nos seus trabalhos. A sua indiferença pela fama e os louvores dos homens, faz dele uma criatura simples e guerreiro, ao lado daqueles que o seguem, trabalhando cada um deles, ouvindo seus clamores durante os contatos mensais nas diversas capitais do país e também na base do Projeto Portal, MS-BR.

O Parácleto, para descer aos planos densos de terceira dimensão, portando as leis necessárias de evolução, passa por um processo especial de encarnação, diferente no seu teor, no que tange a reencarnação.

Por uma questão especial de compromisso Cósmico com a evolução de outros povos, ao encarnar nos planos inferiores de terceira dimensão, acontece um processo especial de limpeza energética, nas imediações onde estão aqueles, que por uma questão de compatibilidade genética e também de compromissos, os recebem como filho. Este assunto é de suma importância histórica para o momento atual, porque estamos convivendo diretamente com a linhagem semente dos primeiros patriarcas bíblicos.

Ao questionar o pai do Parácleto, sobre alguns tópicos da Bíblia, ele responde com uma seriedade natural e profunda de quem realmente possui autoridade e sabedoria no que diz, como se realmente estivesse inserido na história ali lavrada, recordando com certa nostalgia no olhar, o tempo ali vivido. Naquele momento, sinto estar ao lado de Alguém Especial e Consciente do papel que representou, como um dos antigos personagens do Velho Testamento e ao mesmo tempo, diante da responsabilidade presente, como Patriarca do Parácleto. Observando-o, com seus passos rápidos, pastorando suas ovelhas e carneiros; consigo retroceder no espaço tempo e como numa catarse, posso ver e sentir este personagem épico, nas páginas milenares da Gênesis. Quando questionado sobre os acontecimentos que irão transformar a face da Terra, podemos sentir nas suas palavras e no olhar uma compaixão imensa pelo sofrimento que a humanidade irá passar.

Estou tocando seriamente neste assunto, por uma questão de conhecimento no que se refere ao estudo das Linhagens dos nossos ancestrais, porque assim também está escrito no fantástico “Livro de Moisés”, que foi excluído da Bíblia.

“E aconteceu que Enoque continuou a clamar ao Senhor, dizendo: Rogo-te, Ó Senhor, em nome do teu Unigênito, sim, Jesus Cristo, que tenhas misericórdia de Noé e sua semente, para que a Terra nunca seja coberta de enchentes. (Enoque era bisavô de Noé)”.

E o Senhor não pôde negar; e fez aliança com Enoque e jurou-lhe, com um juramento, que deteria as enchentes; que visitaria os filhos de Noé;

“E Ele expediu um decreto inalterável de que um remanescente de sua semente seria sempre encontrado entre todas as nações enquanto a Terra subsistisse” . (Semente já está ativa entre nós).

Procurando sutilizar as palavras:

Estou sendo sutil nas palavras, tentando direcionar com muito cuidado e na responsabilidade de esclarecer que estamos convivendo com um “Ser muito especial” que, imparcialmente pode se manifestar no seu estado natural de espírito, em ocasiões especiais ou quando se faz necessário. É naquele momento que podemos dizer que vimos alguém, em plena Transfiguração. O processo de Transfiguração aconteceu com JESUS no alto de uma montanha, segundo (Mt. 17).

Alguns escribas, estudando as palavras do CRISTO com relação aos poderes outogardos ao Parácleto, não entenderam o significado do que seja realmente o Espírito Santo, criando um sentimento religioso e piegas que não combina com a Ciência Universal do Cristo. O Parácleto é aquele que conseguiu desenvolver todas suas habilidades mentais. Santo, é aquele Ser que recebeu o Selo do Cristo, por ter conquistado um lugar de destaque dentro da sua hierarquia, através dos pilares básicos: Conhecimento total das Leis Universais que lhe conferiu a Sabedoria de poder manipular estas Leis, através da fantástica alquimia divina de se integrar das polaridades sexuais e psíquicas nele mesmo, para se tornar inteiro.

Conceituando o Parácleto

É lamentável, que a maioria dos escribas conceituou o chamado Parácleto, como sendo algo que não pode ser compreendido e alcançado por um ser vivente, que está inserido dentro da escala cósmica de evolução. Ele, é aquele Ser que conseguiu tornar- se livre em relação a nossas dualidades, que nos estraçalham, para chegar até nós com uma Bagagem: sem as etiquetas e matriculas das Leis mortais, que escravizam os homens da Terra.

Não importa qual seja o nosso sexo e não importa quanto tempo ainda falta para incorporar-mos a outra parte que está separada de nós: o masculino na mulher, o feminino no homem, porque sabemos que, para sermos seres completos, teremos também que ser inteiros e imparciais dentro das polaridades sexuais e psíquicas, como elementos que nos farão percorrer o mesmo caminho do Parácleto, na busca pela imortalidade.

O Parácleto, enviado para preparar os homens no final dos tempos, já estava inserido na Mente do Cristo (ver João 15: 26) desde a organização da Terra, e aos homens não cabe o direito de querer revogar as chamadas Leis Divinas. Ele não é nenhuma alegoria do CRISTO, nenhum pombo pousando sobre a cabeça de alguém. Não é também nenhum ser virtual. Ele e um Ser Real de carne e ossos, semelhante aos Parácletos que o enviou: O Pai e o Filho. Ao contrário, como Ele poderia nos tocar e transmitir todas as coisas que nos fizessem recordar o que JESUS havia dito.

Ele esta fisicamente entre nós, confirmando as palavras de Jesus, quando abriu sua boca dizendo:

E eu rogarei ao Pai, e Ele vos dará outro Parácleto, para que fique eternamente convosco.

Mas o Parácleto, O Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, ensinar-vos-á todas as coisas e vos recordará tudo o que vos tenho dito.

Quando vier o Parácleto, que vos enviarei da parte do Pai, o Espírito da Verdade, que procede do Pai, ele dará testemunho de mim. Também vós dareis testemunho, porque estais comigo desde o princípio.

Muitas coisas ainda tenho a dizer-vos mas não as podeis suportar agora.

Quando vier o Parácleto, o Espírito da Verdade, ensinar-vos-á toda a verdade, porque não falará por si mesmo, mas dirá o que ouvir, e anunciar-vos-á as coisas que virão.

Ele me glorificará, porque receberá do que é meu, e vo-lo anunciará.

(João 14: 16 – 26. 15: 26. 16: 12,13 – 14) Novo Testamento. Tradução dos Originais pelos Monges de Maredsous (Bélgica) Ed. Ave-Maria.

Os escolhidos despertos já precisam ver para crer

Os Escolhidos despertos já conhecem o potencial que faz com que Ele possa interagir com energias diversas, abrindo e fechando os portais dimensionais, zerando o tempo para que possamos ser trabalhados diretamente com Seres da Grande Hierarquia Crística. Os mistérios dos .Portais. e quanto a sua importância, foi pronunciado por Jesus, quando abriu sua boca dizendo: “Eu te darei Pedro, as chaves do Reino dos céus: tudo o que ligares na Terra será ligado nos céus, e tudo o que desligares na Terra será desligado nos céus. (Mateus. 16: 19) Porque Pedro?”…

Quem não se questionou a origem deste Parácleto, O Grande Anfitrião, que em Março de 2008, recepcionou o Cristo nas terras de Boa Sorte, Corguinho, MS-BR – Brasil, ao lado dos dois filhos, pela questão genética de serem remanescente da mesma semente e pela iniciação que recebem desde a mais tenra idade, já conseguem alcançar, como auxiliares diretos: o mesmo nível de energia vibracional do pai. É este o processo avançado de iniciação, em que se formam outros Parácletos, que auxiliarão o Cristo na evolução de seres planetários com suas dimensões inferiores, e de ex-planetários como nos outros dimensionais, nesta eterna sucessão em busca da evolução mental superior.

Como estariam na presença do Cristo? É óbvio, que tenha sido através da transfiguração do corpo físico em corpo de luz, totalmente diferente do processo parcial e inconsciente, conhecido como desdobramento astral.

Momentos que antecederam o Julgamento

Depois de organizar e posicionar homens, mulheres e crianças, cada qual no seu devido vórtice de energia, despistando sutilmente, lá se foi o Parácleto, distanciando das suas Ovelhas, retornando momentos depois para falar e dar o balanço geral sobre a avaliação do nosso estado real de Consciência, diante do compromisso que assumimos há milhares de anos com o Cristo Jesus.

Os Escolhidos jamais se esquecerão daquele Acontecimento Épico, quando o Cristo esteve por três dias, andando entre nós, regressando ao Seu Reino Celestial, numa “Nave Plasmada”, naquele alvorecer do dia 25 de março numa terça-feira, no momento em que Seu Mensageiro, O Parácleto, encerrou o mais belo Espetáculo Cósmico que presenciamos nas terras de Boa Sorte, MS-BR. Brasil.

Questionei à ausência de tantos irmãos de humanidade que não estavam ali presentes, no afã de podermos dividir com eles, os momentos Sublimes que pautaram nossos passos, durante aquele limiar de um novo tempo em que preparamos para a chegada Dele: o Cristo.

O que é o Espírito Santo dentro da questão que envolve o Parácleto.

Com a revelação inicial, dos Seres de Sírius, que o Consolador, era o Dirigente do Projeto Portal, aquele questionamento voltou novamente a minha mente, com uma intensidade ainda maior. Agora queria entender os mistérios que envolvia o conceito significativo chamado de Espírito Santo, enviado pelo PAI.

Só fui compreender dias depois do Julgamento, quando deixei a mente fluir naturalmente. Permanecia ainda em estado de êxtase por baixo daquele véu Crístico, que se desenrolava como se fosse um rolo de pergaminho (segundo dizeres do Anjo Gabriel) cobrindo toda a região de Boa-Sorte, isolando-nos totalmente da dimensão astral inferior. Era um momento mágico, quando a lua cheia e o céu coalhado de estrelas foram encobertos diante dos nossos olhos, seguindo-se de um rápido frio etérico, quando, minutos atrás o tempo estava abafado e quente.

A Mente confirmando realmente o que seja o Espírito Santo.

Desde que conheci o Projeto Portal, passei a ter a ter um interesse maior em querer entender realmente o significado dos mistérios do Cristo, e o que era o Espírito Santo. Após o primeiro dimensional em contato receber o seu compromisso, duas pessoas amigas de Belo Horizonte, ligaram-me para saber onde estava no Evangelho a referência sobre “O Consolador”. A princípio, levei um choque imenso ao deparar em João 14: 26, com uma citação em tinta vermelha, abaixo daquele versículo, que eu me dirigia ao Dirigente do Projeto Portal, perguntando-lhe: “revela-me, este parágrafo”. Não recordava a data em que escrevi no verso daquele Livro. Só sabia que havia muito tempo, quando ainda estava neste plano o pai da minha filha.

Aquela citação permaneceu ali na bíblia, sem que eu tivesse tido oportunidade de questionar neste sentido o Dirigente do Projeto Portal. Neste espaço tempo mudamos para Campo Grande, após autorização de um Tot, durante um contato de Sonoplastia.

O propósito deste enfoque

A proposta deste enfoque foi o de revelar o que seja realmente o Espírito Santo. Hoje posso dizer, desprovida do Ego, que quando aliamos nossa mente aos mistérios do Cristo, você digita o que quer saber que a mente age, capta, o intelecto recebe e a memória grava, e num determinado dia, aquela revelação que buscávamos emana silenciosamente das entranhas profundas do nosso Ser. Naquele instante há uma interação tríplice e direta entre alma, espírito e matéria. Podemos até dizer que recebemos a revelação através do nosso próprio Espírito Santo, que opera ocultamente em tudo, segundo sua vontade.

Dias depois da viagem: a confirmação

Dias depois da Viagem do Julgamento, logo após assistir a um DVD, produção e gravação feita por um dimensional do Projeto Portal, onde um dos filhos do Dirigente do Projeto Portal relata a primeira experiência em que ele e o outro seu irmão tiveram quando crianças. Ao abrir a porta do quarto onde dormiam os seus pais, eles depararam com um ser todo iluminado de luz prata, bem em frente deles. A princípio tiveram medo, pensando que se tratava de um fantasma, mas era o próprio pai, despido da veste de carne. Ao perceber o pavor que tomava conta dos dois, ele disse: com medo, hein moleques! Naquele instante perceberam que era a voz do pai.

Este filho do Dirigente do Projeto Portal revela também o que aconteceu logo no seu primeiro contato físico com um Tot. Ao ver uma luz prata surgindo de dentro da parede de uma caverna, reconheceu que era seu pai ao ouvir sua voz que dizia: sou eu!

Em dado momento durante aquela fantástica entrevista, de repente como se fosse um insight divino, veio à revelação de algo que há anos eu buscava compreender: o que era realmente o chamado Espírito Santo que envolve o Parácleto.

Naquele Estado de Espírito, despido da veste de carne, em que o Dirigente do Projeto Portal se manifestou para seus filhos; estava a resposta que eu buscava há tantos anos:

Compreendendo neste contexto acima, a responsabilidade da Kundalini, esta energia sublime conhecida como Espírito Santo.

Quantas vezes ouvimos o Dirigente do Projeto Portal falar sobre a energia vital da Kundalini, como Energia Sexual Criadora e sua importância na evolução mental. É dele a seguinte frase:

“A atração pelo sexo oposto impulsiona a geração da vida, mas quando sublimado dentro de uma manipulação direcionada, o homem torna seu deus em vibração”. (Apostila: março de 2006).

O conhecimento da Energia de Kundalini mostra que a realidade da divindade está além dos parâmetros mortais e religiosos, conhecidos através de rituais e dogmas, alienando consciências, afastando as pessoas da realidade maior das Leis do Cristo, para que a humanidade pudesse receber os mistérios que envolvem o chamado Espírito Santo, através da Energia Mãe: a Kundalini.

As Deusas mulheres, desde o princípio da era Cristã, foram subestimadas pelos poderes religiosos com o aval dos poderes políticos. Sacrificadas e queimadas nas fogueiras durante a “Santa Inquisição”. Pensavam que matando as mulheres, ficassem livres dos poderes das Deusas. Esqueceram-se das palavras do Cristo Jesus, quando abriu sua boca dizendo:

 Não temais aqueles que matam o corpo, mas não podem matar a alma; temei antes aquele que pode precipitar a alma e o corpo na geena”. (Aquele: Deus, que tem o poder sobre a nossa vida e que pode castigar a nossa alma no inferno).

Kundalini é a parte da alma que surge primeiro e prepara o corpo antes que a alma possa realmente entrar nele. Depois que a criação do corpo físico está completa, ela fica adormecida na base da espinha. Tem à semelhança de uma serpente enrodilhada abaixo da espinha. A Kundalini quando desperta, ela irrompe pelos diferentes chacras, despertando os poderes paranormais.

Não importa o que fazemos. Se há alguma evolução do espírito, é a Kundalini que está sendo trabalhada no interior da pessoa.

A história bíblica de Adão e Eva, com serpente e maçã, é apenas a história de Eva que despertou sua Kundalini.

O mundo em que estamos é um mundo negativo. E o princípio negativo vem a ser o princípio feminino. Aqui, na Terra, estamos no Mundo da Deusa, o princípio negativo. Eis, aqui a revelação fantástica do Parácleto: As mulheres possuem 37 canais e os homens 18.

É fim do preconceito que colocou a Deusa em segundo plano, quando sabemos que na Terra estamos no mundo da Deusa, o princípio negativo. É preciso receber a graça da Mãe-Deus, antes que o aspecto verdadeiro de Deus se torne visível. Este é o motivo que fez com que os homens fossem trabalhados primeiramente pelo Parácleto. Ele já sabia que as mulheres poderiam esperar a sua vez, já que a própria Mãe Terra confere as Mulheres os poderes Nela inseridos. Esperamos muitas eras para receber de volta os poderes que nos foram legados, mas ao mesmo tempo negados. Temos 37 canais, e a liderança que nos relegou ao segundo plano apenas: 18 canais

Estamos aprendendo no Projeto Portal, este Corpo Energético formado por substância sutis de poderes ilimitados que é preciso receber a graça Mãe-Deus, antes que o aspecto verdadeiro de Deus se torne visível?. Este aspecto Deus o princípio positivo é o que a Deusa terá que se incorporar como pedaço que lhe foi tirado, para que a vida pudesse existir através da dualidade de terceira dimensão. Este processo é o mesmo que o Pai-Deus, terá que fazer para fundir com a Deusa e dela poder receber a graça da sublime energia kundalini o Espírito Santo, para que se cumpra as palavras do Cristo, quando abriu sua boca dizendo:

Não está escrito na vossa lei: Eu disse: Vós sois deuses. (João. 10: 34)

Na ressurreição, os homens não terão mulheres nem as mulheres, maridos; mas serão como os anjos de Deus no céu. (Mateus: 22: 30). Novo Testamento. Tradução dos originais mediante a versão dos monges de Maredsous (Bélgica)Ed. Ave Maria.

Encerrando este Enfoque, aqui estão as palavras do Cristo, que revela o Mistério que envolve a Sublime Kundaline, esta energia conhecida como Espírito Santo, que fez com que o Parácleto conseguisse incorporar os dois princípios ativos do Universo.

“Alguns dizem que Maria concebeu por obra do Espírito Santo. Fazes se equivocando, não sabem o que dizem. Quando alguma vez uma mulher foi concebida de uma mulher? Maria é a virgem a quem Potência alguma jamais manchou. Ela é um grande anátema para os judeus que são os apóstolos e os apostólicos. Esta Virgem que nenhuma Potência violou, enquanto que as Potências se contaminaram. O Senhor não teria dito: “Pai meu que estás nos céus”, se não tivesse outro pai; do contrário haveria dito simplesmente: “[Pai meu]”. (Evangelho Segundo Felipe Vers. 17). Obs. anátema: maldição, condenação, e opróbrio (desonra).

Um tributo aos dimensionais que já ascencionaram

Terminando este tópico, gostaria de deixar uma mensagem aos meus colegas do PP, e familiares que fazem parte dos Escolhidos que já deixaram esta cadeia de evolução. Transcrevo aqui as palavras do Parácleto com relação ao assunto:

“Os que ascencionaram, estão na 8ª subdivisão da terceira dimensão. Eles não precisam reencarnar novamente, porque ainda tem um plasma que não perdeu seu resíduo físico, garantindo assim a passagem para a 4ª dimensão no dia 22/12/2012, num sábado. Por isso vão passar por outro processo diferente do nosso. Estão no Astral Superior’’.

Não saberia dizer se os dimensionais que passaram direto subiram para 9ª escadinha. Só sei dizer que Eles são aqueles de Vestes Brancas (plasma). Ler Apoc. (6: 11. E 7: 13, 14)

Translate »