Postado por

Despertar do Sacerdote

Despertar do Sacerdote
Print Friendly, PDF & Email

De Ricardo Bastos Vieira da Cunha (ricardobvc@yahoo.com.br) – Agosto/2006


Antes de mais nada, devemos compreender que, no presente texto, “Sacerdotes” eram os indivíduos que ao lado das Sacerdotisas Amazonas, tiveram, além de outras, a missão de preparar a vinda de Jesus Cristo para nosso planeta. Para tanto, desenvolveram plenamente suas capacidades extrasensoriais.

Analisando o parágrafo anterior, podemos dispor algumas perguntas bem interessantes, que quando respondidas, mudarão o curso da nossa história, e o melhor, das nossas vidas… Vejamos: 
1. O que são capacidades extrasensoriais? 
2. Como estas capacidades foram e são desenvolvidas? 
3. Quem é realmente Jesus Cristo? 
4. Somos capazes de possuir tais habilidades extrasensoriais? 
5. A história da humanidade realmente é esta que conhecemos?

Não iremos nos ater especificamente a cada uma das questões, contudo, após a leitura de texto, o leitor encontrará o caminho para responder uma a uma.

Por “despertar”, devemos compreender que é o momento em que alguém acorda para algo. Apesar de sua definição ser singela, seu significado pode estar cercado de mistérios.

Tratando do “Despertar do Sacerdote”, devemos compreender que se trata da caminhada evolutiva do mesmo, onde dia após dia, o “Sacerdote Adormecido” retomará sua verdadeira personalidade, estado vibracional e consciencial.

Neste momento, torna-se oportuno questionar o leitor: Você sabe quem você é? Você sabe o que você é? Qual seu verdadeiro papel neste planeta? Você conhece todas as potencialidades do seu corpo?

Os seres humanos vivem em sociedade. Nela, trabalham, estudam, geram uma família, uma história, mas será que conseguem ter espaço nesta sociedade para desenvolver o seu verdadeiro “Eu Interior”, a sua Essência? A resposta é óbvia. É claro que NÃO!

Neste mundo globalizado, estamos mais preocupados em abastecer nossos armários com alimentos, pagar as contas de telefone, luz, água, colégio, seguro do carro, além de outras, isto sem falar na preocupação de manter a saúde e o equilíbrio emocional. Acabamos ficando literalmente “viciados pelo sistema”. Trabalhamos como formigas em um grande formigueiro.

No entanto, ainda há uma esperança. Mesmo vivendo em um sistema caótico, o ser humano percorre inúmeras linhas de pensamento em busca da “verdade absoluta”, ou seja, aquela que realmente o direcionará para o Criador. Aquele caminho que possui as pedras firmes e seguras. No entanto, independente da filosofia a seguir, não podemos esquecer de princípios básicos dispostos no decorrer deste texto.

Tudo e todos que existem de visível ou oculto funcionam porque fazem parte de um “Todo”. Tudo faz parte da criação de uma mente onipresente, onisciente e onipotente.

Segundo Hermes Trimegistros, este é sem dúvida o mais importante de todos os princípios já que nele estão contidos todos os outros. O “Todo” é Incognoscível e Indefinível em si mesmo, mas pode ser considerado como uma Mente Vivente Infinita Universal.

Como conclusão, sendo o Universo Mental, e nós existindo na mente do “Todo”, como tais, somos seres mentais e criamos com a nossa mente, à imagem e semelhança do “Todo”. Talvez isto explique um pouco a nossa criação conforme a imagem e semelhança de Deus.

Tudo no Universo está conectado e em constante evolução. O “Sacerdote Adormecido” deve compreender o quão fantástico é pertencer a este “Cenário Cósmico” criado por Deus, no qual todos têm a oportunidade de evoluírem, voltando a Ele muito mais perfeitos do que quando partiram Dele.

A evolução é gradativa e possui infinitas fases. O despertar não é imediato, mas sim permanente e constante, como o desabrochar de uma rosa. Cabe ao “Sacerdote Adormecido” a responsabilidade de nutrir este processo. Apesar do ser humano estar “viciado pelo sistema”, ainda pode acessar a Consciência Una através dele mesmo, ou seja, através da “Intuição”.

Com o desenvolvimento da intuição, o “Sacerdote Adormecido” estará acessando uma via ilimitada de informações. Trata-se de uma conexão que poderá ser estabelecida com a Mente Superior. Não precisará pagar para isso, talvez nem sair de casa, mas apenas escutar seu “Eu Interior”. O exercício da intuição, nada mais é do que o primeiro passo para iniciar o processo de despertar do Sacerdote.

Contudo, assim como um aluno precisa aprender diversas disciplinas no colégio, o “Sacerdote Adormecido” precisa estar ciente que a intuição por si só não o levará à subir muitos degraus na escada evolutiva.

Nutrindo dia após dia a intuição, o “Sacerdote Adormecido” observará que necessitará manipular também as suas emoções, ou seja, terá que exercer o autocontrole emocional. Este autocontrole somente será exercido plenamente, quando o “Sacerdote Adormecido” conhecer cada uma das emoções e conseguir manipulá-las com sua mente. Para ilustrar, podemos dizer que um ser humano transtornado por ciúmes, mal é capaz de utilizar a própria razão corretamente, quem dirá sua intuição.

O autocontrole das emoções é pré-requisito fundamental para o sucesso do processo de despertar. Com ele o “Sacerdote Adormecido” poderá presenciar conscientemente os reflexos de cada emoção, seja no próprio corpo físico, seja no meio em que vive. Enquanto estiver neste plano, terá, através da manipulação consciente das emoções, uma fonte inesgotável de energia vibracional. Munido desta energia, poderá experenciar outras realidades, como a atuação na matéria.

Como conseqüência deste autocontrole, do constante uso da intuição e da manipulação de energia vibracional, o “Sacerdote Adormecido” perceberá as inúmeras informações que receberá no seu dia a dia. Sua vida passará a ter outro sentido. Perceberá que com estas simples atitudes, passará a controlar o seu destino, seu presente e futuro. Terá consciência da lei da ação e reação, causa e efeito.

Toda a causa tem seu efeito, todo o efeito tem sua causa. Tudo acontece de acordo com a lei. O acaso é simplesmente um nome dado a uma lei não reconhecida. Há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à lei.

Nada no mundo acontece por acaso, tudo tem sua causa, e essa causa é o efeito de outra causa, e assim por diante, é uma cadeia circular infinita de causas e conseqüências. Caso existisse o acaso, ele destruiria o Universo. Nada acontece sem uma razão, mesmo se nós a desconhecemos, pois tudo é dominado pela Lei.

As massas do povo são levadas para frente, seguindo os desejos e vontades dos outros, do coletivo onde as causas exteriores se tornam mais importantes do que a vontade própria. O verdadeiro “Sacerdote Adormecido” deve elevar-se acima da massa, exercitando a sua vontade.

Há milhares de anos atrás os Sacerdotes prepararam a vinda de Jesus Cristo. Sendo assim, poderíamos questionar que o atual “Despertar do Sacerdote” possui relação direta com o retorno de Jesus Cristo?

Com a resposta desta pergunta, poderemos trazer a tona as grandes verdades absolutas, que acabaram tornando-se nos mais fantásticos mistérios da humanidade.

O leitor deve compreender que nada está parado, tudo se move, tudo vibra. Nada nesse mundo está em repouso, tudo está em constante movimento. Tudo tem a sua infinita vibração, embora algumas coisas pareçam estar em repouso, na verdade estão dentro de um Universo que não para de vibrar. Tudo, em nosso Universo está em constante movimento, isto é, em constante evolução. O que está em cima é como o que está embaixo, e o que está embaixo é como o que está em cima. A característica de um corresponde de certa forma, com a característica de outro, ou vice-versa.

Da mesma forma que Jesus Cristo esteve há milhares de anos atrás nos passando inúmeros conhecimentos evolutivos, estará novamente neste plano. Contudo, não será como antes.

Assim, explicamos que as diferenças entre as diversas manifestações de matéria, energia, mente e espírito, resultam das ordens variáveis de vibração. Desde “O Todo”, que é Incognoscível, até a forma mais grosseira de matéria, tudo está em vibração. Quanto mais elevada for a vibração, tanto mais elevada será a posição na escada evolutiva.

Nas extremidades inferiores da escada estão as vibrações mais grosseiras da matéria, que parecem estar paradas. Ao subirmos alguns degraus da escada evolutiva, nos campos de vibração mais sutis, entramos em sintonia com “O Todo”, com a Mente Superior, recebendo assim os benefícios emanados.

Da mesma forma como o “Sacerdote Adormecido” busca evoluir dia a dia para tornar-se o verdadeiro Sacerdote, o Universo e a Terra também evoluem no mesmo compasso. No que tange ao Planeta Terra, para que a graduação ocorra, é necessário que a mesma passe pelo Cinturão de Fótons.

O Cinturão de Fótons nada mais é que um processo cíclico que permitirá a ascensão do Planeta Terra em termos dimensionais. Se o planeta vai ascender, o que estiver nele deverá ascender também, assim como o “Sacerdote”. É um processo lógico, mas não tão simples. Para que os habitantes evoluam nesse processo, faz-se necessário que haja uma evolução de consciência para que essa entrada na luz seja repleta de plenitude.

O Cinturão de Fótons é um dos veículos de transformação. O Cinturão de Fótons é o lar de Cristo.

Fótons quer dizer luzes. O Cinturão de Fótons é composto de micropartículas de luzes e atua como se fosse uma hélice. É também conhecido como Nuvem de Fótons, são nuvens de micropartículas de cargas positivas.

Do ponto de vista científico, é o movimento do Sistema Solar ao redor do Sol Central (Alcyone). Ele vem da constelação de Plêiades (mesma constelação que vieram os Sacerdotes). Esse movimento cíclico, em sentido anti-horário ao redor de Alcyone, dura 25.860 anos para completar sua órbita. Durante esse tempo, nosso Sistema passa duas vezes pelo Cinturão de Fótons – uma vez para o norte e outra para o sul. A cada 12.400 anos uma parte dessa hélice passa em nosso Sistema e em outros também.

Presidindo tudo isso, está o Cristo e suas energias Crísticas. Se estivermos em harmonia com essas energias, à medida que o Cinturão de Fótons se aproxima, poderemos escapar de suas influências e da negatividade do Planeta.

O Planeta Terra faz parte de um grande Jardim Cósmico. Sem sombra de dúvidas não estamos sós, e a história que conhecemos está repleta de desencontros…

Aquele que sente no seu âmago proximidade com o assunto tratado neste texto, provavelmente está atravessando o processo de despertar do Sacerdote.

Como mencionado anteriormente, a evolução é gradativa, o despertar não é imediato, deve ser nutrido pelo “Sacerdote Adormecido”. Tudo no Universo está interligado. Não somos formigas que trabalham sem pensar. Pelo contrário! Fomos feitos a imagem e semelhança do Criador, logo, também somos co-criadores.

Não fique parado esperando o mundo dar mais uma volta! Aproveite cada momento, cada emoção, cada intuição, para direcionar a sua caminhada rumo ao despertar pleno. Semeie seu futuro e o futuro da humanidade a partir de agora!

Desperte o Sacerdote que está adormecido! Interaja com este Cenário Cósmico!

Translate »