Postado por

Entrega da Segunda Placa

Entrega da Segunda Placa
Print Friendly, PDF & Email

Quando o dimensional/Projeto Portal acessa o seu Arquivo Cósmico através de sua “Placa”, não é um momento só do seu interesse, mas, também de uma grande parte da humanidade, porque com a “Entrega das Placas” começa vibrar uma Nova Freqüência Mental, que se propaga por todo o planeta, ajudando no surgimento de uma Nova Consciência. E, o dimensional depois que acessa a sua “Placa”, ele amplia também a sua percepção/intuição tanto em relação à necessidade de realização do seu compromisso missionário quanto aos acontecimentos do seu cotidiano. A “Placa” traz registradas as experiências tridimensionais do indivíduo/dimensional no plano denso da matéria – terceira dimensão – no período de três mil anos antes de Cristo até dois mil e trinta anos depois de Cristo e nela está codificada também a sua missão na Terra. A primeira “Placa” foi entregue por um Ser Intraterreno, a segunda e a terceira foram materializadas em uma galeria, a quarta e a quinta foram teletransportadas através da abertura de um grande Portal que se abriu no firmamento e a sexta e a sétima foram conseguidas através do processo mental gerado por dois dimensionais, que permitiu que elas fossem teletransportadas. Os “Seres” ainda entregaram dentro de uma caverna mais seis “Placas” – da oitava à décima terceira – mas, já com o auxilio da energia vibracional do Mediador através do seu chacra umbilical. Da décima quarta até setuagésima sétima “Placa” a entrega foi por um processo de materialização dentro de uma galeria através da freqüência vibracional da ”Placa” do dimensional responsável pelos trabalhos com os Mundos Interiores e as mil e trezentas e sessenta “Placas” restantes foram por um processo de plasmação também nas galerias com o auxilio da energia vibracional de dois dimensionais de polaridades diferentes que iniciaram estes trabalhos vibratórios. Todas as “Placas” possuem em sua essência o mesmo conteúdo energético-vibratório. Mas, pela sua codificação hierárquico-missionária as “Sete Primeiras Placas” que foram de maneiras diferentes entregues diretamente pelos “Seres” àqueles dimensionais que as acessaram, contêm a responsabilidade de ressonância com os Sete Selos Bíblicos ou com os Sete Anjos do Apocalipse. A “Primeira Placa é a Chave”, porque abriu para a terceira dimensão a “Porta” para que as outras “Placas” fossem materialmente acessadas, a Segunda está associada ao Sistema do Dourado e a Terceira está associada ao GNA. A “Quarta Placa” está associada aos portadores da aura prateada (jovens), a Quinta está associada aos Portais/Energia de Sublimação (Guardiã), a Sexta está associada à Energia Crística e a representação das doze tribos e a Sétima está associada à união das igrejas, religiões, filosofias e seitas. As setenta e sete “Placas” que foram materializadas nas galerias estão associadas aos Mundos Interiores e as “Placas” plasmadas restantes estão associadas às missões dos dimensionais com os extraterrestres. As “Placas” foram colocadas em um lugar seguro em alguns pontos do planeta, para que os dimensionais já em corpo humano tivessem acesso a elas entre os anos 2.000 a 2.012. Os dimensionais/Projeto Portal as receberam na Fazenda Boa Sorte – Corguinho/MS-BR e quando no acesso às “Placas Plasmadas” os seus símbolos luminosos foram “vistos” como que flutuando na abóbada da galeria, eles já estavam na terceira dimensão.

Estas imagens foram fornecidas pelo Projeto Portal. Os intervalos entre elas com apenas um trinta avos de segundo e em uma determinada seqüência estão apenas com os recursos computadorizados de uma melhor iluminação. Elas mostram o momento em que o dimensional de polaridade negativa acessou a “Segunda Placa” que está associada ao Sistema do Dourado, no dia 1º de janeiro de 2001, às 00h30min – em uma das galerias encontradas na Fazenda Boa Sorte/MS-BR.

1 – O dimensional que se prepara para acessar a sua “Placa”, pode às vezes ter uma “detonação interior” em relação ao seu Eu Superior, porque está percebendo, está assimilando positivamente a Transcendência de todas as coisas. E, quando ele acessa pela primeira vez a sua “Placa” o seu nível de consciência altera e ele se sente interiormente tocado, assumindo irrevogavelmente uma grande responsabilidade pessoal. O Portal “abre” para quem está em sintonia com ele, portanto, ele abre para quem está sintonizado na Freqüência da Harmonia/Sublimação, expressando-se pela simplicidade, pela humildade e pela pureza de coração – mas, a escolha final do dimensional para o acesso à “Placa” é sempre dos “Seres”. Nas imagens a seguir a seta na primeira imagem sinaliza em relação à terceira dimensão, aonde provavelmente se manifestou dentro da galeria o Ponto Zero que gerou o Vórtice de Energia (O Portal), para que a partir dele a “Estrada Dimensional” na forma de uma faixa de luz pudesse gradativamente se exteriorizar, “trazendo” da quarta dimensão a “Segunda Placa”.



2 – A “Placa” muda o campo vibratório do indivíduo/dimensional, mas, se ele não se desenvolver mentalmente e não se evoluir, mesmo que o seu padrão vibratório aumente, ele não terá sintonia necessária para que se recorde de suas lembranças de vidas passadas. E, como a decodificação de suas lembranças está estreitamente associada à sua intuição, se ele tiver qualquer tipo de bloqueio/limitação mental elas não aflorarão. Por isto, que a interação vibracional entre o dimensional/Projeto Portal e a sua “Placa” se deu mais foi ao nível da realização de seu compromisso missionário. Nas imagens abaixo a “Estrada Dimensional” está ainda no inicio de sua exteriorização.



3 – O dimensional/Projeto Portal está aprendendo a se ligar de maneira efetiva com a “Consciência Divina”, quando interage com Ela através da Ressonância Criativa. Ele já percebe que Nela – “Um Ser Quântico” – existe criatividade e com Ela que a sua consciência – do indivíduo/observador – deve estar também em ressonância criativa. Ele já vivencia pelas suas experiências com a Manifestação, que o “Corpo Divino” também “Vive” alem do espaço-tempo. Nas imagens abaixo a “Estrada Dimensional” continua sendo energeticamente ampliada, “construindo a ponte” entre a terceira e a quarta dimensão.



4 – A Malha Cósmica/Linhas do Tempo é o Caminho de Luz, que com a sua Geometria Sagrada “passam as Placas” e que só agora o dimensional/Projeto Portal começa a se capacitar para trilhá-La, na medida em que vai se despindo de sua individualidade/“ego” e vai se percebendo como parte do “Grande Corpo de Energia – como extensão do Uno. Se os Portais/Vórtices de Energia estão cada vez mais se abrindo, dando passagem às Manifestações Cósmico-Divinas, é porque este dimensional está cada vez mais se capacitando como um co-criador a interagir com a Malha Cósmica/Linhas do Tempo através da sua própria malha eletromagnética/kundalini, que também está lhe proporcionando um profundo estado de intuição e de percepção de outros Planos de Realidade através de sua “visão” pelo frontal – de sua terceira visão. As imagens a seguir retratam um momento de intensa vibração, quando se configurou o inicio do clímax da abertura do Portal já com a presença das ondas (em espiral), que naquele momento transformou o dimensional de polaridade negativa em um “Portal Vivo” através da Energia de Sublimação que irradiava e que permitiu a exteriorização cada vez mais da “Estrada Dimensional”, para que a “Segunda Placa” fosse acessada.



5 – Há muito já estava escrito que seres de origem divina – os dimensionais especiais e extras – surgiriam no meio da população, que estes seres teriam uma diferença imensa entre aqueles que já estavam aqui (outros dimensionais e planetários) e que seriam reconhecidos não só pelas marcas que teriam em suas testas (Simbologia), mas, principalmente como “possuidores de Placas”. E, neste sentido todos aqueles que estavam (e, estão) acompanhando a construção físico-energética do Projeto Portal tiveram a exata noção desta verdade, quando viveram a grandiosidade de um momento no dia 10 de outubro de 1999, em torno das 4h45min, na Fazenda Boa Sorte, Corguinho/MS-BR, que já era esperado há mais de cinco mil anos com a entrega da “Primeira Placa” e que começou a alterar a freqüência mental de todos os dimensionais conscientes e inconscientes e, portanto, começou a alterar a freqüência mental de um terço da população da Terra. As imagens abaixo mostram a “Estrada Dimensional” já plenamente exteriorizada, como se viesse iluminada do fundo da galeria, mas, sobrepondo-a.



6 – Quando o indivíduo como um ser humano acessa a sua “Placa”, lhe acontece a “reviravolta do espelho” e ele começa então, a perceber o verdadeiro lado de sua realidade. Portanto, com um nível já alterado de consciência e se sentindo interiormente tocado, ele “incorpora” a sua consciência dimensional – própria daquele indivíduo que já interage consciente com a quarta dimensão. As imagens abaixo são ainda da “Estrada Dimensional”, que começa agora a “se desfazer”.



7 – A partir da entrega da “Primeira Placa” está assegurada a permanência no plano físico dos Guardiões dos Planos mais Sutis e Agentes Condutores das Mudanças em nível individual e planetário, que começam a irradiar uma Nova Freqüência Vibratória que propaga por todo o planeta e que possibilita o surgimento do individuo com uma nova consciência que já interage com a quarta dimensão. As imagens abaixo mostram a “Estrada Dimensional” desfeita pelo fechamento do Portal, mas, antes a “Segunda Placa” foi materializada na terceira dimensão. E, ela já é fisicamente vista “apoiada” à parede da galeria e à direita da cabeça do dimensional de polaridade negativa. Entretanto, o dimensional por estar na escuridão total não a via naquele momento. A iluminação que consta nestas imagens foi produzida pelo infravermelho da filmadora.



8 – O dimensional ao acessar a sua “Placa”, ele está tanto em uma outra freqüência mental quanto em um outro nível de consciência, portanto, naquele momento em que os códigos de sua “Placa” estão sendo plasmados, ele pode mentalmente interagir com o processo de codificação que nela está acontecendo e perceber o que firmou/escreveu como compromisso, decodificando as informações de uma maneira tranqüila – achando tudo natural. Abaixo as imagens mostram o dimensional de polaridade negativa quando ao tatear a parede da galeria à sua frente à procura de sua “Placa”, ele acaba por encostar o seu braço nela, fazendo com que ela caia no chão.



9 – Os mil quatrocentos e quarenta dimensionais/Projeto Portal que acessaram as suas “Placas” físicas ou plasmadas foram escolhidos pelos “Seres”, para que pudessem ter com eles contatos diretos e se transformassem em seus porta-vozes no plano físico. Entretanto, estes dimensionais que atualmente já sabem direcionar a sua Energia Vibracional e que já estão literalmente iluminados pela Energia Crística, já deveriam ter se tornado “Placas Vivas” e, portanto, com uma necessária freqüência mental para um estado alterado de consciência já deveriam se orientar pela sua intuição/percepção e desempenharem de maneira mais contundente o seu trabalho missionário. Nas imagens abaixo a “Placa” finalmente é vista pelo dimensional com o auxilio da luz de uma lanterna.



10 – A “Placa” depois de acessada a sua vibração vai gradativamente interagindo com a freqüência vibracional do dimensional, aumentando também o seu discernimento e a sua visão para uma realidade até então não percebida e, inclusive, despertando-o ainda para a sua responsabilidade missionária. O dimensional começa a vibrar em uma outra freqüência mental e com a expansão de sua aura, ele começa também a se expressar em um outro nível de consciência, sentindo–se interiormente tocado. Nas imagens abaixo o dimensional ao pegar a sua “Placa”, vê formando em sua superfície os Símbolos, que são informações codificadas de suas vidas passadas e que neste caso são também informações relacionadas ao seu trabalho missionário associado ao Dourado.



11 – Quando os Portais ou os Vórtices de Energia se abrem para a “entrega da Placa”, tanto faz se ela se manifesta “vindo de baixo” dentro de uma galeria como na exteriorização da “Segunda Placa” ou se ela manifesta “vindo de cima” no céu como na exteriorização da “Quinta Placa” (Páginas o Portal, neste site), porque todas elas se originam de uma mesma Fonte Divina, apesar de serem direcionadas à terceira dimensão para missões especificas – o que está em baixo está em ressonância energético-vibratória com o que está em cima e vice-versa. As imagens abaixo ainda mostram os Símbolos na “Segunda Placa” que trazem as informações codificadas de interesse do dimensional de polaridade negativa que a acessou. E, também nesta ocasião começam aparecer pontos luminosos na “Placa”, como que vindo do seu interior.



12 – Principalmente o dimensional que já acessou a sua “Placa” deve ter a noção que o “Caminho da Luz” é “construído/imantado” pela Energia Neutra do Amor Puro Uno da Manifestação, que ele deve aprender vibrá-La com a sua Energia Neutra do Pensamento, na medida em que vai desenvolvendo as suas habilidades paranormais em sintonia com as Leis Universais, para que ele possa se transmutar auxiliado pelos Seres de Pura Energia e alcançar o Plano de Vibração Deles – o Plano de Pura Luz. Nas imagens abaixo pontos luminosos na “Segunda Placa” que ainda se exteriorizavam.


Translate »