Postado por

Fotos aura nos trabalhos vibratórios do Projeto Portal

Fotos aura nos trabalhos vibratórios do Projeto Portal
Print Friendly

O corpo do individuo ao nível celular possui um tipo de micro-vibração, que irradia sutilmente uma luminosidade, que pode se mostrar mais ou menos de acordo com o seu estado de relaxamento ou de stress, como também de acordo com o seu estado de saúde ou de doença e de alegria ou de depressão, entre outras situações. Esta luminosidade ou aura do indivíduo é um campo de energia em volta do seu corpo físico e ela é ainda conhecida como o seu corpo bioplasmático ou perispíritual. E, qualquer alteração em seu campo energético altera processos metabólicos em seu organismo, podendo lhe trazer doenças. Ainda, a aura interna pode mostrar doenças em seu corpo físico e seus distúrbios de fundo emocional, enquanto a aura externa mostra o seu grau evolutivo e o seu nível de consciência e, ela é que aparece expandida nas fotos/imagens abaixo. O dimensional precisa conservar todas as camadas de sua aura em equilíbrio energético, observando que: 1) – a primeira camada está ligada ao seu estado emocional e à sua glândula tireóide e, com o equilíbrio energético desta camada é que ele recebe os benefícios dos “Seres”, naqueles casos em que a medicina tradicional não os pode solucionar; 2) – a segunda camada está ligada à sua interação com o astral e às suas amídalas, e quando esta camada está energeticamente em desequilíbrio, ele pode tanto captar/absorver a energia de “entidades” com as suas vibrações negativas, quanto captar/absorver freqüências negativas de um modo geral; 3) – a terceira camada está ligada ao seu físico (corpo), à sua glândula pancreática e às reações químicas do seu corpo e ela ainda capta a ressonância da primeira camada, refletindo em seu corpo físico o seu estado emocional; 4) – a quarta camada está ligada ao extrafísico, ao apêndice, à vibração para contato, à sua projeção extra-física e mental e também o ajuda em suas habilidades associadas aos seus trabalhos vibratórios; 5) – a quinta camada está ligada ao seu campo eletromagnético, às suas glândulas pituitária/pineal, ao seu nível de consciência-razão, às suas interações com outras mentes, à sua absorção da Energia Crística, à sua capacidade com as vibrações alquímicas e de transmutação e ainda, à sua paranormalidade de efeitos físicos; 6) – a sexta camada está ligada à polaridade e à sua supra-renal e ainda, está associada ao seu penúltimo estágio evolutivo, que é o mais complicado para ele; 7) – a sétima camada na luz/cor branco-prateada está ligada à sua proteção e se ele já está com esta freqüência de luz/cor em sua aura, é porque ele já possui um outro nível evolutivo, que facilitará a sua Transmutação.

As imagens abaixo são fotos da aura interna e externa de alguns dimensionais/Projeto Portal, que há dez anos as vêm tirando normalmente nos Seminários, nos Trabalhos de Campo e na Fazenda Boa Sorte, no intuito tanto de orientar o Mediador em relação ao direcionamento que deve ser dado aos dimensionais nos trabalhos vibratórios, quanto avaliar o estado de saúde dos mesmos e também o grau de desenvolvimento mental-vibratório já alcançado por eles. A cor/freqüência na aura do dimensional não é “algo” que lhe é externo, se mostrando estático fora dele, mas é “algo” que lhe é bastante interno-dinâmico na forma de um campo eletromagnético fazendo-se como cor, que fica como sinalização em sua aura – e, para cada cor ele executa um comando mental.

1 – As fotos aura deste parágrafo foram tiradas no final de 1998, portanto foram feitas há quase dez anos e elas mostram ainda ao nível do plexo do dimensional bloqueio de fundo emocional, porque foi só a partir daquela época, que ele iniciou os seus trabalhos vibratórios com o Mediador, para que a sua energia da kundalini começasse a ser direcionada para o seu frontal já como energia vibracional e, ele pudesse então, iniciar a remoção deste seu bloqueio. Nesta época praticamente todos os dimensionais apresentavam vários tipos de bloqueios, que também foram posteriormente removidos. Cristo Jesus deixou aos seres humanos o exemplo da manipulação da energia vibracional pela força de Sua mente, que foi potencializada pela Sua profunda Vontade e o Seu intenso Desejo. E, se o indivíduo/dimensional conseguir também manipular/direcionar mesmo que em parte esta energia, ele já começará a ter a “chave” que abrirá “a porta do poder” de sua transformação e se caminhará para a sua Transmutação.


2 – As três fotos deste parágrafo foram feitas para que o Mediador orientasse o dimensional em um dos inúmeros trabalhos específicos, que em várias ocasiões são desenvolvidos no Projeto Portal. Quando a foto da esquerda foi tirada, o dimensional estava com as suas duas mãos fechadas sobre as cinco tiras metálicas de cada um dos dois sensores da máquina fotográfica especial e, ela mostrou que o dimensional deveria trabalhar a sua quarta camada da aura e fixar ainda mais a sua energia vibracional. Na foto do meio o dimensional estava apenas com a sua mão direita sobre o sensor e ela mostrou que ele já possuía liberação vibracional geral e, portanto, que deveria se preparar para um novo contato. E, a foto à direita com o dimensional com a sua mão direita apenas aberta sobre o sensor e a sua mão esquerda segurando uma pedra fornecida pelos “Seres”, ele foi orientado para fazer uma queima energética na medida em que interagia com outra realidade em companhia de mais três dimensionais.


3 – As três fotos deste parágrafo mostram um momento, entre vários outros trabalhos que foram realizados no Projeto Portal para uma determinada finalidade energético-vibratória. E neste caso elas foram tiradas, quando os dimensionais procuravam as suas Partículas (dimensionais com a mesma polaridade à sua) e as suas Almas em seus vários graus de afinidade vibratória (dimensionais com polaridade oposta à sua) que os permitiriam pelo o equilíbrio das polaridades, fazerem trabalhos alquímicos, terem interação com os Portais e com outras Realidades/Mundos Paralelos – pelas Leis Universais a somatória energética do “positivo/negativo” que estas duas polaridades geram é imensa. Quando a aura está partida (faltando pedaço), significa que o indivíduo está perdendo a sua energia vital – está morrendo – e, a reconstituição de sua aura pode ser feita só três vezes, trabalhando apenas os seus chacras básico e frontal. Nesta situação a sua aura reconstituída fica inicialmente estreita, portanto, o individuo deve trabalhar também ao nível de suas glândulas, para que elas já reativadas possam aumentar o seu campo energético. Para fechar a sua aura o individuo deve tomar uma ducha fria de acordo com o “Tempo da Terra” do momento. A imagem à direita mostra dentro do circulo a presença de um “Ser”.


4 – As fotos aura com a sua linguagem das cores sinalizam para o dimensional tanto a sua capacidade quanto a sua necessidade energético-vibratória. Assim, nas três imagens logo abaixo a luz/cor verde que interage na reorganização do campo energético de cada ser vivo é a freqüência da cura e se ela aparecer na aura do dimensional à sua esquerda (à direita na foto), representa que ele tem energia de cura que deve doada para alguém ou então que ela deve ser queimada. Mas, se a cor verde estiver à sua direita (à esquerda na foto), neste caso representa que o dimensional está no momento recebendo energia de cura. De um modo geral a cor da aura pode ser mais clara ou mais escura, dependendo da intensidade energético-vibratória de cada dimensional, mas este fato não vai influenciá-lo em nada. As camadas da aura do dimensional são normalmente separadas, mas quando ele está com bloqueios as camadas ficam unidas. E, a sua aura deve estar sempre estabilizada, para que ele não capte energia negativa de outros indivíduos, de locais e de objetos.


5 – A freqüência na luz/cor lilás como as três fotos a seguir têm praticamente o mesmo significado da freqüência da luz/cor violeta e o dimensional que a possui tem um grau avançado de espiritualidade. Esta freqüência ainda ajuda o dimensional atrair bens materiais, portanto aquilo que ele neste sentido quiser, acaba praticamente acontecendo sem que ele se esforce muito – o que ele deseja acaba vindo ao seu encontro. O dimensional para “ficar” nesta freqüência, ele deve “puxá-la”, para que tenha pontos na luz/cor lilás em sua aura, já que ela não ficará totalmente nesta cor. Mas, para isso ele tem de trabalhar os seus chakras básico, plexo e frontal e ainda, visualizar fisicamente algo na cor lilás (tecido, luz, pedra), ao mesmo tempo em que ele se programa mentalmente, já vendo a sua vida realmente melhorada naquilo que está desejando. A tendência da aura é expandir, principalmente depois que o dimensional “tirou” a sua descendência.


6 – Os dimensionais que têm a freqüência da luz/cor dourado-amarela em suas auras como as três fotos logo abaixo, eles são bastante espiritualizados, compreensivos, amorosos e sensitivos. Eles são os “médiuns” e por causa de sua sensibilidade possuem também uma capacidade bastante desenvolvida telepática e de percepção extra-sensorial. Dimensionais que estão nesta freqüência conseguem transmitir uma vibração positiva para àqueles que estão à sua volta e, eles são principalmente “peritos” em trabalhar energeticamente outros indivíduos. Nesta freqüência pontos amarelos na aura do dimensional representam Seres Angelicais, que estão em volta dele, protegendo-o. E, esta cor pode ficar a vida inteira no corpo do dimensional e ela só mudará conforme a sua evolução vibratória.


7 – A aura na freqüência da luz/cor violeta significa que está acontecendo uma mudança geral na vida do dimensional, que ele está em um processo de transformação ou de reciclagem e que ele pode mudar tanto a sua vida quanto a dos outros. O dimensional quando está com a sua aura violeta, ele tem capacidade de mudar qualquer coisa em sua vida, transformando positivamente o que de negativo existe em sua volta, para que não possa nele interferir e, por causa disso, tudo o que ele planejar dará certo. Esta freqüência de luz/cor facilita também a materialização e a desmaterialização e ela pode ficar a vida inteira no corpo do dimensional. As três fotos abaixo mostram a aura violeta.


8 – Durante anos o dimensional/Projeto Portal veio se preparando e utilizando de vários métodos, para que ele ao manipular a energia de sua aura, ela se potencializasse na freqüência da luz/cor vermelha, porque esta freqüência como energia vibracional já no frontal e já como o resultado da fusão das energias emocional e sexual, é a mais qualificada para a terceira dimensão e ela representa o máximo dentro da evolução mental. E, para que manifestasse a luz/cor vermelha em sua aura, o principal exercício que o dimensional fez foi o de trabalhar inicialmente a ativação de sua energia da Kundalini, porque foi a partir desta ativação que os trabalhos vibratórios posteriores puderam ser realizados. No momento em que o dimensional com a sua paranormalidade para efeitos físicos utiliza de sua energia/força mental, a sua aura energeticamente resplandecida na cor vermelha se mostra como parte dele e não apenas como “algo” que está em sua volta para ser apenas “visto”/percebido. A energia/luz na freqüência da cor vermelha estará sempre “embutida” nos trabalhos vibratórios do Projeto Portal, sendo percebida na aura do dimensional, quando o objetivo destes trabalhos for voltado para a atuação no mundo físico. As três fotos abaixo mostram a aura na freqüência da luz/cor vermelha e a foto à direita mostra ainda a presença de dois Seres Energéticos dentro do semicírculo.


9 – A freqüência da luz/cor branco-prateada é a que proporciona energeticamente ao dimensional a sua estabilização energético-vibratória e a sua proteção, mas ele tem de saber usá-la, manipulando-a e direcionando-a corretamente, para que ele possa neste sentido aproveitá-la – ela é a freqüência de Vibração Universal, que com ela todos os dimensionais devem vibrar e trabalhar. Portanto, o dimensional/Projeto Portal deve aprender a manipular a sua aura na freqüência multivibracional da luz/cor branco-prateada, que potencialmente possui todas as freqüências de cores. Desde 27 de março de 1971 quando foi implantada neste Planeta a Freqüência de Vibração do GNA, os dimensionais que nasceram dessa época em diante já têm a aura prateada e aqueles que nasceram antes, só vão consegui-la, se alcançarem um outro nível evolutivo – mental e espiritual. Quanto mais espessa for a aura branco-prateada do dimensional, mais energia e mais controle ele possuirá. É neste padrão vibratório que o dimensional normalmente faz a “Medicina de Cristo” no sentido dos “milagres” e das curas e também, consegue caminhar energeticamente protegido e dentro de uma das três linhas ou das três vias trazidas pela sua “Placa”. Ainda, é nesta freqüência de luz-cor que o dimensional se capacita a interagir com o extra-fisico de um modo geral, com os Portais e com as Consciências dos Níveis Superiores de Vibração.

Observações:

Primeira – fica aqui como registro que existe também a aura na frequência da luz/cor azul, mas ela não foi mostrada nas fotos/imagens acima e o individuo que a possui fica com a sua vida estável em torno de dois anos, mas depois deste tempo ela já começa a influenciar a sua vida. Portanto, o individuo deve alcançar outro nível evolutivo durante este período, para que ele consiga uma outra cor em sua aura e a sua vida não comece a ter altos e baixos – se tornando de forma mais negativa do que positiva. A aura nesta frequência de luz/cor não tem a necessária vibração planetária e, portanto não pode manter em equilíbrio por mais tempo a existência física do individuo. O prazo máximo para o individuo remover de sua aura a frequncia da luz/cor azul é cinco anos, para que ela não continue desorganizando cada vez mais os seus outros campos vibratórios. As doenças de ordem psíquica podem ser diagnosticadas na aura interna do individuo através de pontos que oscilam nesta cor – pontos que mostram quase sempre distúrbios de fundo emocional;

Segunda – dimensional com a sua terceira visão pode perceber/”ver” a aura interna entre um a sete centímetros acima da pele do indivíduo e com dois a vinte e cinco centímetros de espessura. É na aura Interna do individuo que são visualizados pontos ou oscilações, que podem mudar de cor conforme o seu estado emocional ou energético-vibratório. Portanto, estes pontos aparecem apenas nos órgãos do individuo que estão comprometidos. Assim, pontos vermelhos em sua aura interna significam que ele deve ter algum problema de inflamação ou infecção, enquanto pontos verdes indicam que em seu organismo está acontecendo um processo de cura. Ainda, se em sua aura interna os pontos estiverem espalhados e descontínuos, indicam que está iniciando em seu organismo uma inflamação e se eles apresentarem claros demais, pode significar falta de energia naquele ponto do seu corpo, que estará mais vulnerável à penetração de germes ou de energias negativas. Como se vê, através da aura interna pode se fazer um diagnóstico do individuo, observando os pontos coloridos ou oscilações energéticas, que indicam os locais vulneráveis em seu corpo físico – que representam fragilidade energética naquele momento.

Translate »