Postado por

MÁXIMA – IV

MÁXIMA – IV
Print Friendly, PDF & Email

O texto desta Página como os das Páginas anteriores foi feito com informações tiradas de algumas partes dos últimos textos das Paginas Interações. Se nele as informações foram resumidas para uma só frase, foi com o intuito de melhor facilitar a assimilação de seu conteúdo e, com isto, facilitar também uma melhor fixação mental do mesmo, no sentido de despertar (em outro nível de consciência e razão) a percepção para as realidades paralelas – para uma nova visão da Realidade.

As mensagens de Jesus Cristo sempre falam que o ser humano tudo pode, basta que ele queira, que deseje profundamente, porque a Energia da Criação está em todos e em tudo e se ele souber controlá-La pode inclusive, transformar o seu corpo em Luz.

Quanto mais o dimensional vibrar conscientemente ao nível da sua Essência, melhor será para ele, porque a sua capacidade extrasensorial ficará mais aflorada e ele vai se tornando mais Luz e menos matéria.

Se o dimensional conseguisse vibrar na plenitude do seu Eu Superior ainda na Terra, ele tornaria um outro Cristo, porque estaria também vibrando na plenitude da sua Consciência Divina.

A silhueta humana é universal, por isto os “livros sagrados” dizem que o homem é a imagem e a semelhança de Deus.

A forma discóide é também um padrão universal.

Despertar é relativamente fácil, o difícil é propagar e assumir a missão.

À medida que o dimensional for cumprindo a sua missão, ele vai “subindo” mais um degrau na sua escalada evolutiva, para o seu próximo estágio de vida.

Os “seres” estão vindo de muito longe (anos luz) para que aconteçam os contatos e através deles os seus ensinamentos sejam passados aos dimensionais, que são os seus porta-vozes.

O trabalho de propagação e divulgação não está acontecendo com a intensidade necessária, tendo em vista a importância e os objetivos desses contatos.

Os indivíduos/dimensionais às vezes ficam receosos de expor seus novos conhecimentos em função do preconceito de outras pessoas, inclusive do seu próprio preconceito, em relação àquilo que não é tido como o comum.

Os dimensionais devem fazer a propagação mesmo quando não são acreditados, entretanto, o ir à frente, não é insistir com pessoas descrentes.

Os “seres” estão esperando algo mais dos dimensionais já conscientes.

Aqueles que não mais necessitam de comprovação, pois já são normalmente convictos, terão contatos posteriores para que fiquem ainda mais seguros do que divulgarão e do que propagarão.

O dimensional que já está desperto, que já tem a certeza em sua mente e em seu “coração”, será chamado na hora certa.

De acordo com a exigência dos “seres” todos os dimensionais que recebem a “placa”, devem ficar no máximo em equilíbrio físico/emocional (saúde), com controle mental razoável e ter uma boa compatibilidade vibratória com eles.

Os dimensionais conscientes precisam ter mais união, para que possam organizar mais as informações que lhes estão sendo transmitidas.

Na Nova Era, na Era Dourada, a ênfase será para a manifestação divina das polaridades.

Alguns aspectos das energias de polaridade, que são atualmente experenciados no cotidiano humano estão discordantes e arcaicos, expressando-se até mesmo pela imposição física, através dos velhos padrões chamados de masculinos.

Ao nível da nova consciência humana, tudo que é discordante e arcaico será transformado para que as Energias Crísticas possam se equilibrar na “Nova Terra”.

Com a “Nova Consciência” será a era do intuitivo e do subjetivo, que virá à tona.

Os ultradimensionais que estão “assessorando” os dimensionais têm um padrão “mental/espiritual” muito além do padrão humano, que transcende à compreensão humana.

Os ultradimensionais são de alta vibração, de uma luz intensa e não são físicos como muitos esperam ou pensam, eles vibram além da matéria, a dominam e podem também, projetar uma imagem holográfica, uma energia ou uma bola de luz.

Os “ultras” são “Mensageiros de Deus” e trabalham a energia e a freqüência mental/vibracional dos dimensionais, para que na abertura de um portal, os dimensionais tenham a vibração compatível com ele e não sejam literalmente destruídos.

Entre 1997 e 1998 era comum ver os “seres” saindo e entrando no “Morro dos Arquivos”, “andando” à luz do dia, sendo filmados e fotografados.

Anteriormente, os “seres” ainda precisavam chamar muito mais atenção através de “manifestações fenomênicas”, para que posteriormente, pudessem transmitir o verdadeiro sentido de suas presenças.

Aqueles que já estão em missão não precisam mais de provas circunstanciais (externas), porque, além de já terem as suas próprias experiências de contato, eles têm o que é realmente necessário, têm a convicção interior, agora construída em outro nível de consciência.

Quando o implante está cem por cento plasmado, ele “anda” por todo o corpo do indivíduo, sinalizando-se por manchas em sua pele.

À medida que o implante se desloca pelo corpo do indivíduo, vai potencializando todas as suas células, para que o seu campo vibratório fique totalmente energizado e nesta situação o indivíduo deve ter o cuidado de não freqüentar locais de vibração inferior.

O implante deixa a percepção e a sensibilidade do indivíduo à flor da pele, por isso ele pode mais facilmente sintonizar tanto com o “positivo” como com o “negativo”.

Se o dimensional “implantado” for a um local onde vibra a harmonia, a sua interação neste momento será também positiva, mas, se a energia do local ou das pessoas for negativa, o dimensional ficará mentalmente desequilibrado e poderá ficar potencialmente no caos.

Os “seres” que vibram no astral inferior, que vibram em uma baixa freqüência de luz, sabem quando no indivíduo/dimensional foi colocado um implante plasmado, porque o implante acaba com a sua “fonte de alimentos”, gerada por todos os tipos de medo.

O indivíduo que já tem o seu implante e que tem equilíbrio emocional está livre setenta por cento das doenças de origem psicossomáticas.

Os implantes ajudam o indivíduo/dimensional no seu despertar e na manipulação energética, em relação à auto-cura.

O Brasil foi escolhido pelos “seres” porque aqui existe uma maior mistura de raças, uma maior busca de conhecimentos voltados para a “espiritualidade”, muitas cavernas com entradas intraterrenas e o melhor vórtice de energia do planeta ou mesmo do Sistema Solar.

O dimensional acessando ou não a sua “placa”, ele não deve esquecer que a missão de todos os dimensionais é a divulgação e a propagação no sentido de despertar o maior número de pessoas para um estado de consciência sintonizado com a quarta dimensão.

O dimensional não deve bater de frente com idéias e ideais religiosos, não deve atritar com Igrejas, seitas ou filosofias, ele deve passar informações, mostrando uma nova realidade, ao nível de uma consciência dimensional.

O trabalho com as religiões talvez seja o trabalho mais espinhoso do dimensional na terceira dimensão, porque ele terá que tocar em crenças seculares.

A Nova Era será construída pela ausência da hipocrisia, será a era de trabalhar a dualidade/emoção, com uma maior percepção de “estar na ilusão tridimensional”.

A Nova Era será a era do raio transformador, que oferece amor e aceitação de todas as coisas divinas, para que as energias arcaicas e antigas que se manifestam em tudo e em todos sejam removidas.

Um mundo novo surgirá, juntamente com um ser humano novo e pacífico.

O indivíduo deve aprender a buscar o que é harmônico e aquilo que ele não mais interessa deve ser deixado para trás, para que ele possa ter crescimento mental/vibracional, despertando-se para outros níveis de consciência.

Quando uma pessoa “reza” e acende velas, é um “ato de fé” ditado pelo seu subconsciente, mas, chegará um tempo que ela não mais necessitará acender velas, porque ela já estará conscientemente usando a sua capacidade extra-sensorial para alcançar o seu objetivo.

O livre-arbítrio pode levar o indivíduo a tomar qualquer atitude, mas ele deve ter sempre em mente que deverá subir constantemente a escada evolutiva, para o bem de si mesmo e do próximo, crescendo e ajudando os outros a crescerem.

O ser humano não é “uma exteriorização emocional em prece”, ele é a própria prece viva, ele é “a união e não a separação”, ele se ilumina com a própria Luz Interior e não por referenciais exteriores.

Ser livre para amar sem nenhuma razão é exercer o Amor Uno, é o verdadeiro sentido das experiências tridimensionais de todos os seres humanos, é vivenciar o Eterno no aqui agora.

Os processos criativos são os meios pelos quais o Eu Superior expressa a Sua divindade e o universo físico é o meio pelo qual Ele vivencia e experimenta.

O dimensional não cura ninguém, é a própria pessoa que se cura.

O dimensional faz apenas a ativação, tem uma intenção, programa mentalmente a pessoa e apenas lhe toca por um segundo, mas, se a pessoa não desejar profundamente a sua cura, ela terá apenas uma estabilização energética.

Para inverter ou fechar os seus chacras, o indivíduo/dimensional deve molhar as suas mãos e girá-los no sentido anti-horário por sete vezes.

Para fechar os seus chacras o indivíduo deve girar a sua mão direita sobre eles sem precisar encostá-la em seu corpo e neste caso ele não emana e nem puxa energia, porque ele fecha o seu campo energético, mas trabalha a energia das pessoas que estão em sua volta, estabilizando-as.

Na inversão dos seus chacras, o indivíduo tanto puxa como emana energia, quando puxa energia negativa ela é transformada em energia positiva, se ele emana energia negativa ela é transformada em energia positiva e se ele emana energia positiva ela se mantém positiva.

Para fazer a inversão dos chacras basta trabalhar apenas o plexo, porque dele a energia irradiará para os outros chacras e a inversão é recomendada porque com ela o dimensional só terá energia positiva e ainda transmutará a energia negativa das pessoas que estão em sua volta.

À medida que a Terra atual ascenciona para a freqüência da quarta dimensão, a Terra suplente (etérea) correspondente vai se manifestando imperceptivelmente na freqüência da terceira dimensão.

Os seres humanos “reprovados”, depois de um longo “período de descanso”, serão novamente preparados e recondicionados para voltarem a esta Terra etérea que “emergiu” e nela recomecem as suas experiências duais, durante outros 10.500 anos de trevas.

A quarta dimensão é oitenta por cento de energia e vinte por cento de matéria e ela pode ser visível fisicamente, desde que o dimensional esteja dentro de um vórtice de energia correto.

O vórtice correto normalmente forma a 19 graus acima ou abaixo do Equador (Fazenda Boa Sorte/MS-BR) e esta observação é válida para todos os planetas do Sistema Solar.

O dimensional não deve esquecer que a “primeira voz”, aquela que ele percebe primeiro, é sempre a voz da sua intuição, porque as “vozes” que vêm depois são da sua imaginação.

A partir do momento que mais dimensionais acessarem as suas “placas”, o trabalho vibracional para os outros dimensionais se tornará cada vez mais fácil.

A expansão da vibração energética vai passando para os dimensionais que estão chegando pela primeira vez ao Projeto Portal, como se eles já tivessem sido trabalhados energeticamente.

Os dimensionais não estão acessando as suas “placas” só de acordo com os seus créditos, eles também estão acessando-as de acordo com os seus débitos.

Existem mais de mil e seiscentos códigos das “placas”.

Todo acesso às “placas” deve ser comemorado porque é uma conquista da humanidade.

Os dimensionais já tiveram ligações profundas no passado, portanto, poderá surgir atualmente entre eles sintonia ou repulsa e se existir repulsa, ela deverá ser imediatamente “queimada” para que se estabeleça uma harmonia geral.

Os dimensionais devem ser alegres, unidos, sem brigas e sem ciúmes.

Todos têm defeitos, mas têm também qualidades.

Deve-se aceitar as pessoas como elas são.

O indivíduo que é chato para um, não é chato para o outro.

O indivíduo/dimensional depois que acessa a sua “placa” vai ficando “diferente”, porque ao se interiorizar, começará a irradiar a sua Luz, expressando-se em um outro nível de consciência.

Ao acessar a sua “placa” a energia vibracional do dimensional aumentará e como conseqüência a sua terceira visão ficará muito mais ativada e ele poderá “ver” luzes, holografias, imagens e ainda, “escutar” sons.

A todo instante o indivíduo/dimensional está sendo “observado” pelos “seres” nos seus pensamentos, nos seus sentimentos, nas suas atitudes, nas suas intenções e no seu “coração”.

Os dimensionais não devem perder tempo, eles devem propagar de uma maneira diferente e inteligente, porque vão atrair muitas pessoas por causa da energia que irradiarão – principalmente aqueles que já acessaram as suas “Placas”.

Infelizmente 99,9% da humanidade ainda vive no que pode ser chamado de bloqueio mental coletivo, não importando a classe social, a raça ou o sexo das pessoas, elas negam a “olhar para frente”, teimando em não sair das limitações sócio/culturais em que vivem.

As pessoas têm medo de viver a sua Verdade, porque apesar de estarem constantemente pronunciando a palavra verdade, quando têm que realmente vivê-La no seu dia-a-dia, se acovardam receosas das responsabilidades que acompanham as novas atitudes de um novo estado de consciência.

O indivíduo não está conseguindo transcender a dualidade nas suas experiências tridimensionais, porque não está conseguindo “sair” da sua condição de “estar emocional”.

As pessoas não conseguem irradiar o que realmente são, porque não conseguem se expressar pela Unicidade e, portanto, não conseguem expressar pela divindade do seu Cristo Interno.

Não será tarefa fácil mudar costumes, conceitos e valores culturais/religiosos tanto no seu aspecto “moral” como social, gerados na dualidade e impostos às pessoas durante milhares de anos.

Propagar a Consciência da Nova Era é o grande desafio da missão dos dimensionais.

A pessoa nasce com a cor de sua aura já definida, que só será alterada com a sua evolução mental.

A Luz oriunda do Amor Maior vibra em tudo, vibra por todo o universo, em um constante criar e recriar, harmonicamente irradiada da Sua Vontade.

Se o homem vive a sua experiência com a energia do dualismo na tridimensionalidade através do útero de sua “Mãe Cósmica”, que ele chama de Terra, é para que ele como consciência auto-ilumine.

O indivíduo deve estar constantemente em equilíbrio coordenado nos três planos: o físico, o emocional e o mental.

Se o indivíduo não interagir harmonicamente nos três planos (físico/emocional/mental), ele ficará com desequilíbrio energético, impedindo que a sua energia vibracional suba pela sua coluna e irradie do seu frontal na forma de luz (ativação subconsciente).

Enquanto não houver uma sincronia do homem com o Cosmos (Deus), será muito difícil que ele suba mais uma etapa na sua escalada evolutiva.

Para que o indivíduo/dimensional vença mais uma etapa de sua escalada evolutiva ele terá que ser persistente e forte, porque ele provavelmente passará por muitos obstáculos que aparecerão à sua frente, que ele precisará superar.

Na sua escalada evolutiva o indivíduo/dimensional não deve voltar atrás e nem ficar por muito tempo estacionado sem procurar a auto-iluminação, mas se isto acontecer, ele não deve desistir, ele deve refletir sobre o erro cometido e procurar se harmonizar.

O indivíduo/dimensional não deve envergonhar de falar sobre os “seres”, sobre o extra-físico, sobre os “anjos” e principalmente não deve envergonhar de estar sempre consciente em Cristo.

Os escolhidos que estiverem prontos despertarão e aqueles que não despertaram, só despertarão no momento certo, quando forem chamados pela sua “Voz Interior”.

O dimensional quando estiver em sua missão de divulgação e de propagação, se alguém debochar dele por não acreditar no que está falando, não deve preocupar, pois no seu trabalho missionário não está incluída a missão do convencimento.

O entender ou o acreditar é uma questão cultural, enquanto o perceber ou o intuir é todo um momento de transcendência.

É importante que o dimensional saiba que nessa Torre de Babel das religiões, Jesus Cristo não deu nenhuma procuração, permissão ou declaração para entidades ou pessoas representá-Lo atualmente na Terra.

A “procuração” que Jesus Cristo passou foi para todas as pessoas indistintamente através da Lei do Amor, no “ame o próximo como a si mesmo”.

A Energia do Cristo estará sempre presente, quando os dimensionais irradiarem a verdade deste Seu ensinamento: “onde duas ou mais pessoas estiverem reunidas em meu nome, com elas estarei”.

Deve ser feita a separação energética das partículas, preservando a individualidade de cada uma delas, para que sete meses após possa fazer a sua fusão, numa interação de consciência, de energia e de conhecimento.

A regressão hipnótica pode ter interferência do astral, mas a regressão consciente e a regressão semiconsciente em terapia de vidas passadas não interagem de maneira alguma com o astral.

A maioria dos dimensionais, mesmo os extras e os especiais está mergulhada em uma “confusão mental”, porque os problemas humanos e cotidianos não deixam que ela se harmonize.

O dimensional que está em missão deve se observar constantemente, para que as suas ações do dia a dia sejam sempre corretas, irradiando equilíbrio e harmonia.

Por viver na terceira dimensão, o lado humano de muitos dimensionais se expressa muito mais intensamente.

Aqueles que mais desarmonizaram a humanidade foram os dimensionais não vigilantes, que como líderes de todos os matizes utilizaram dos seus dons de persuasão de uma maneira negativa, para manipular e explorar as pessoas.

A atual sociedade humana caracteriza-se pela desigualdade social e se os “seres” não promoverem um “choque” a nível mundial, vai ser muito difícil modificar a situação atual.

Durante seis mil anos as tentativas de divulgação e de propagação das mensagens dos “seres” foram desmoronando uma após a outra, portanto, o momento decisivo é agora, porque é o tempo de transição e os dimensionais não podem perder esta última oportunidade.

As partículas têm padrões mentais diferentes porque as suas experiências de vida são diferentes.

As partículas podem até ter o percentual de energia igual, mas por causa da influência sócio/cultural diferente, as suas camadas das auras se manifestam também diferentemente.

Ao harmonizar o seu padrão mental, um dimensional deve ao mesmo tempo se analisar e submeter-se a determinados testes, para ver como a sua mente atua na matéria, como é a velocidade do seu pensamento e qual é a intensidade da sua energia vibracional.

A consciência está inserida na Essência, portanto, elas não são a mesma coisa.

Cada dimensional tem uma missão a ser cumprida e durante a sua existência na terceira dimensão, ele vive momentos “delicados”, que podem mudar a sua vida de uma maneira positiva ou negativa.

Se o indivíduo em momentos especialmente difíceis de sua vida tem a consciência deles, mas, se conduz nestas ocasiões com pensamentos e atitudes positivas, exercitando-se persistentemente na Harmonia, ele sentirá por sete anos o reflexo dessa sua opção positiva.

Se nos momentos difíceis da sua vida o indivíduo não os aproveita para aprender, persistindo emocionalmente em desarmonia, ele continuará vibrando negativamente por mais sete anos e perderá ainda tudo o que ele conquistou anteriormente.

Às vezes o indivíduo tem a consciência do que deve fazer para se equilibrar, mas as situações que vão surgindo em sua vida não lhe sinalizam positivamente.

Existem pessoas que se acham ”donas” do azar e outras “donas” da sorte, portanto, em suas experiências duais na terceira dimensão as pessoas podem viver tanto o que elas chamam de positivo, como o que elas chamam de negativo.

Tudo o que as pessoas fizeram no passado de uma forma “negativa” ou “positiva”, refletirá nelas e em suas partículas, nos dias atuais.

Em suas vidas passadas os dimensionais tanto foram “bons” como “maus” e alguns não querem despertar e outros quando se despertam tanto podem direcionar para o lado “positivo” como para o lado “negativo”.

Só quando o indivíduo/dimensional tira a sua simbologia é que ele fica sabendo o que ele tem que fazer para direcionar, manipular ou neutralizar as energias negativas do seu passado.

A criação em constante vibração é a Divindade em movimento, manifestando-Se e gerando o universo físico objeto de Sua vontade.

Da Mente Divina origina-se toda criação.

Todas as leis físicas do universo estão em ressonância com o processo da Divindade em movimento, pois elas estão codificadas em Sua Consciência em movimento.

Quando a pessoa desperta, os contatos ocorrem com ela não só no Projeto Portal, mas em qualquer outro lugar, porque os “seres” aparecem quando for necessário.

Na Fazenda Boa Sorte/MS-BR, o “Morro dos Arquivos” onde os dimensionais dão as suas voltas, uma parte dele é formada por sedimentos e a outra parte é formada por vários minerais que ajudam a criar no local um campo eletromagnético próprio.

Alguns minerais que existem no “Morro dos Arquivos” ajudam estabelecer uma sincronia eletromagnética com o Cosmos e faz que a bússola gire ali, aleatoriamente.

Quando no local das crateras o indivíduo bate os seus pés no chão e sente que naquele ponto debaixo de seus pés está “oco”, é porque ali o campo eletromagnético é ainda maior.

Ainda está engatinhando a pesquisa cientifica que estuda as energias que envolvem os “fenômenos ufológicos” e só uma minoria está em busca de respostas para esses fenômenos, enquanto a maioria de “braços cruzados” está desligada dessa busca, porque duvida de tudo.

Muitos seres humanos vivem na desarmonia, na incompreensão e na impaciência, chegando às vezes um irritar com o outro, apesar de serem partículas ou fragmentos.

É muito mais fácil julgar do que ajudar, mas, toda vez que o indivíduo julga ou aponta erro do outro, ele está se direcionando para baixo.

Para que o indivíduo ascenda e auto-ilumine, ele precisa ter compreensão e paciência com ele mesmo e ‘com o seu semelhante, aproveitando todos os acontecimentos de sua vida, sejam eles “bons” ou “maus”, como referenciais para o seu aprendizado.

Quando os dimensionais fazem os exercícios da kundalini, a sua vibração é repassada para as pessoas que têm as mesmas passagens de sua simbologia

A propagação vibratória, em função dos trabalhos já realizados no Projeto Portal, tem elevado o padrão vibratório de todas as pessoas não só no Brasil, como também em todos os outros países.

Em determinados momentos o dimensional fica com a sua energia compatível para um determinado trabalho e nesta ocasião então, ele será mais facilmente trabalhado pelos “seres”.

A partir de 17/setembro/2002, a percepção, a intuição e os contatos com os “seres” se manifestarão diferentemente para o dimensional/Projeto Portal, que conquistou mais um degrau na sua escalada evolutiva.

De agora em diante (setembro/2002) é com a Energia Crística que o dimensional/Projeto Portal irá trabalhar e de acordo com os exercícios vibracionais que os “seres” passaram.

Tudo o que for tocado pelo dimensional/Projeto Portal será uma energia alquímica de transmutação e, o que ele se expressar como “religioso”, será transformado em sagrado.

O homem, corpo/mente, é um pequeno universo harmonicamente vibrando, “ligado” a uma consciência e inserido em um universo maior, um corpo vivo que também está harmonicamente vibrando.

As mesmas Leis da Sabedoria que regem o micro regem também o macro e são irradiadas da mesma Luz codificada da Mente e do Amor Divinos.

Os “seres” querem que cada dimensional saiba trabalhar a sua energia vibracional através do seu pensamento, para que estabeleça a freqüência e surja o efeito.

Os dimensionais devem transmitir algumas informações com muito cuidado, porque elas vão de encontro aos valores que as pessoas culturalmente já definiram como corretas, em relação aos costumes e a “moral”.

Para que o dimensional tenha uma conexão telepática com uma pessoa, passando-lhe uma mensagem, ele primeiro precisa sentir como se fosse esta pessoa e só depois então, através de uma ordem de comando, é que ele conseguirá passar a sua mensagem.

Para que a mensagem telepática chegue ao seu destino, o dimensional deve ter em mente que tudo é uma questão de treinamento, mas antes ele deve estabelecer uma freqüência (sintonia), com a pessoa interessada.

O exercício para sentir cheiro de perfume deve ser feito em grupo e quando o perfume manifesta cada um sente um aroma diferente, porque além de pensar no perfume que gosta cada dimensional tem uma intensidade (freqüência) de energia diferente.

Com novas informações dos “seres” gerando novas formulas, outras técnicas serão adaptadas, para que novos produtos surjam.

Os dimensionais que têm ressonância com o Dourado e, portanto, que forem escolhidos por causa da sua freqüência vibracional, precisam ter muito equilíbrio, principalmente depois que passarem pela primeira experiência de transmutação.

O indivíduo/dimensional deve descobrir quem ele foi no passado e qual a sua relação com as personagens dos tempos bíblicos, para que o reflexo de suas vidas passadas não interferira no seu dia a dia.

As dificuldades de hoje são normalmente a conseqüência das vidas passadas do dimensional, mas quando ele toma ciência do seu passado, ele pode neutralizá-lo, transformando-o positivamente.

Os “seres” dentro das galerias vão avaliar cada dimensional, se ele foi partícula ou fragmento de algum personagem bíblico.

Se o dimensional se identificar no passado bíblico e souber aproveitar o momento, “queimará” os últimos débitos de suas vidas passadas.

Mesmo aquele indivíduo mais “religiosamente iluminado” tem proporcionalmente apenas oitenta por cento da vibração mental de um dimensional, que já se exercita na freqüência mental, com a sua energia vibracional ativa.

A “espiritualidade” sempre existiu em nível elevado dentro das religiões, mas, ela nunca conseguiu dar uma virada decisiva na maneira de proceder dos seres humanos.

A “espiritualidade religiosa” administra quase sempre os conflitos humanos no tocante à morte, às guerras, às drogas, mas ela nunca ajudou a humanidade a transcender de fato.

Tanto no sentido religioso/”espiritual” como no sentido governo/poder, sempre existiram limitações que obrigaram o indivíduo a cumprir regras que restringiram a sua capacidade de pensar/agir por si mesmo.

Sempre existiram regras impostas, que nunca permitiram e que não permitem o indivíduo alcançar, níveis de consciência compatíveis com a Nova Era.

Jesus Cristo veio para garantir o equilíbrio mental/”espiritual” e Ele deixou além dos Seus ensinamentos, técnicas de transmutação para os apóstolos e para as pessoas mais próximas Dele.

O “espiritual” já é nato no ser humano, o que ele precisa para equilibrá-lo, é a energia mental/vibracional e Jesus Cristo através dos seus ensinamentos e de suas atitudes (milagres) mostrou a humanidade como fazer este equilíbrio.

O uso do fogo sempre foi mencionado como castigo principalmente no passado, para amedrontar os dimensionais que naquele tempo eram chamados de bruxos, para que eles não desenvolvessem a sua paranormalidade.

Somente o fogo pode impedir o dimensional de alcançar a vida eterna através de técnicas vibracionais que Jesus Cristo ensinou para a regeneração do seu corpo físico (Transmutação).

O fogo é um plasma de vibração superior, de vibração acelerada.

Quando o dimensional está pensando em algum objeto materializando, ele está direcionando a sua energia mental/vibracional ativa (kundalini) para que ela centralize em seu frontal e aconteça a materialização, que é um processo de transmutação.

No momento da transmutação o indivíduo/dimensional através de um comando mental/transmutação, está interagindo com o plasma na quarta dimensão, que possui oitenta por cento de energia e vinte por cento de matéria.

Na transmutação o corpo físico torna-se plasma e o que vai acontecer na terceira dimensão, já foi codificado na quarta dimensão.

À medida que a pessoa vai aumentando a sua vibração, ela vai queimando os seus débitos, desde que tenha consciência deles e que esteja disposta a neutralizá-los, vibrando com o “coração”.

O teletransporte acontece através da freqüência energética do ultravioleta, em um processo de intensa aceleração das partículas (matéria).

Um corpo em uma aceleração de tele-transporte pode passar através da matéria densa, porque na condição de um corpo plasmado, ele pode interagir com a matéria sem ser afetado por ela.

O exercício da paranormalidade permite que o dimensional manipule a energia e que interaja na quarta dimensão, pela sua capacidade de organizar os prótons e os elétrons que estão presentes em todo o universo.

O dimensional deve apenas saber vibrar mentalmente em uma determinada freqüência, para que ele organize e promova a fusão das partículas.

Quando um dimensional transforma uma substancia em outra, é um “fenômeno” de efeito físico, onde as moléculas da primeira substância organizam, através da reestruturação de suas partículas no peso atômico (freqüência) da segunda substancia.

O indivíduo/dimensional deve aprender através da manipulação da sua energia mental/vibracional a não entrar em um processo de dissociação, que fica esperando auxilio de fora e não o busca dentro de si.

O ser humano, já totalmente consciente da sua divindade, tornar-se-á um “ser dimensional” e a sua nova consciência não apenas lhe permitirá que ele ingresse na quarta dimensão, como também de acessar dimensões paralelas.

À medida que o indivíduo interagir com o Cinturão de Fótons, a sua visão cósmica (percepção) de cores e formas geométricas aumentará e ficará cada vez mais nítida, com uma “linguagem” cada vez mais cósmica.

Quando no individuo o seu corpo e a sua consciência se “reformarem” em Luz, será o pensamento que o caracterizará nesse novo plano e o pensamento situado ao nível etéreo será mais real do que uma ação física.

Os dimensionais conscientes têm que se ajustar à Nova Realidade, para que não só se “ajudem” como também possam ser referenciais para os outros.

Se o dimensional não conseguir superar essa atual fase do seu aprendizado, não conseguirá superar a energia do Cinturão de Fótons que já está presente e que já está matando “inesperadamente” muitas pessoas.

No ato do batismo quando é molhado o chacra coronário do indivíduo, a energia vibracional fica abaixo do seu frontal e passa a não ter nenhum poder de atuação ao nível físico, ao nível da matéria.

Se Jesus Cristo foi batizado, Ele foi batizado de maneira diferente daquela comumente relatada na bíblia, porque se foi como está ali relatado, Ele não teria conseguido realizar os “milagres” que Lhe são atribuídos.

Jesus Cristo com certeza, fez que a sua energia da kundalini descesse para o seu chacra básico e dele para os meridianos dos seus pés e destes para o seu frontal.

Jesus Cristo ao lavar os pés dos apóstolos levou a energia vibracional ativa deles ao nível do frontal, através dos meridianos dos seus pés.

O dimensional/Projeto Portal, para que fique em condições vibratórias de realizar mais facilmente os “fenômenos” físicos, deve molhar com a água da Cratera Dimensional os pés de um outro dimensional e depois girar o frontal dele em qualquer sentido.

O ato de molhar os pés uns dos outros com a água da Cratera Dimensional é para que os chacras e os meridianos dos dimensionais sejam trabalhados e eles consigam centralizar a energia vibracional no frontal.

Os dimensionais devem fazer uns com os outros o “trabalho de lavar os pés”.

O ser humano é, sobretudo, uma consciência que vai se iluminando à medida que se conhece e com o seu autoconhecimento ele desenvolve a capacidade de auto- realização, que é eterna .

Aquele que expressa a sua verdadeira realidade, irradiando a Luz do seu Eu Superior, não mais necessita exercer o poder temporal, ele não controla e não é controlado e também não mais necessita de aprovação e não está mais sintonizado com o medo.

O “ego” dá vida ao personagem que cada um representa cotidianamente, ele é a “máscara social” construída no medo e, portanto, na ilusão de controlar e de mandar.

Não há mais tempo para os dimensionais despertarem de uma maneira mais intensa e a partir de agora os indivíduos/dimensionais não terão mais que “provar a sua coragem”, mas terão que ter uma compatibilidade vibratória com os “seres” no momento da sua aproximação.

O barulho que os “seres” projetam no meio circundante é um artifício para medir o nível vibracional indivíduo/meio ambiente naquele momento, com uma sonoplastia criada por eles, em um “teste/preparação”.

Em relação ao “barulho dos seres” não existe nada acontecendo fisicamente em função do som que o indivíduo está captando é apenas um meio que eles utilizam para expandir a aura do dimensional.

A freqüência vibracional dos “seres” é tão intensa que normalmente ela mexe com o emocional do dimensional e se muitas vezes ele corre não é por medo, mas porque não consegue sintonizar e interagir com a freqüência deles.

O indivíduo/dimensional ao encontrar um “ser”, poderá ver a sua semelhança com ele (forma humanóide) e também poderá perceber a sua bondade, porque naquele momento dentro da mata, o “ser” quer apenas ajudar e não provocar medo.

De um modo geral os “seres” estão satisfeitos com os trabalhos vibracionais dos dimensionais/Projeto Portal, já que estão alcançando o objetivo de desenvolver o padrão mental das pessoas.

Em relação ao padrão vibratório, o trabalho coletivo dos dimensionais/Projeto Portal ajudou aumentar muito a consciência das pessoas que tem ressonância com estes trabalhos vibracionais, ajudando-as despertar para um nível que nenhum grupo alcançou até hoje.

Sete ultras já estão aderidos ao campo energético dos dimensionais/Projeto Portal e serão agora repassados automaticamente para o campo energético de mais sete pessoas, mesmo que elas não tenham a simbologia ou que não participem do Projeto Portal.

As pessoas para receberem a ajuda dos ultras quando relacionam com os dimensionais Projeto/Portal devem apenas ter as mesmas passagens (cósmicas) dos dimensionais, com os quais têm contato.

Os trabalhos vibracionais mexem direta ou indiretamente com o campo energético das pessoas que aproximam do dimensional, criando condições favoráveis para que ele comece realmente a propagar.

Através da Energia do Amor os universos são construídos, porque Nela está codificada a Vontade Divina da Manifestação/Criação.

A Nova Era será conduzida pelos ditames do Amor Uno, que criará um Novo Mundo.

Alguns indivíduos ainda estão ligados ao astral e aos rituais, o que é sinalizado e visto ao nível da sua terceira camada da aura e esta atitude deixa os seus padrões de energia baixos.

O ato de acender velas e de “rezar” pode dificultar os contatos de quarto ao oitavo graus, porque o indivíduo estará misturando o astral com o mental, gerando muita interferência emocional na sua freqüência mental/vibracional.

Os dimensionais que já tiveram experiência no espiritismo, geralmente já conseguem ter contato com mais facilidade e intensidade, porque já aprenderam concentrar e podem direcionar a sua energia mental, transformando a energia extrafísica em energia vibracional ativa.

Os mantras e os rituais não mais desarmonizam o indivíduo/dimensional que já está na freqüência vibracional acelerada, mas, aquele que não estiver vibrando nessa freqüência, os mantras e os rituais poderão “alimentar energeticamente os obsessores” através de sua aura.

A intenção dos rituais é até boa, mas da maneira que são feitos, eles abaixam a freqüência mental das pessoas.

Sempre que acontecem os contatos com os “seres”, inicialmente aparece uma sonda ou uma nave, mas, para confirmar se realmente aquele momento é de contato, o dimensional deve pedir aos “seres” que joguem a cor violeta ou a cor dourada.

O dimensional nunca deve pedir uma sinalização de contato através da cor dourada ou violeta, antes que apareça uma sonda ou uma nave.

Além de sua função física, a alimentação desempenha também uma função sobre o corpo sutil do ser humano.

Uma alimentação mal feita afeta o funcionamento das glândulas, tanto as endócrinas como as do corpo sutil e ainda, provoca disfunções orgânicas, que refletem na aura, nos chacras e nos meridianos do indivíduo.

É importante acelerar o metabolismo para o processo do desenvolvimento vibracional.

As pessoas para terem contato direto com os “seres”, não devem ter peso maior ou menor que dez por cento do seu peso ideal, de acordo com a Tabela de Pesos, utilizada pelos profissionais de saúde.

O peso está ligado ao equilíbrio emocional do indivíduo.

O dimensional que está com o seu peso acima da tabela não conseguirá elevar a sua energia vibracional até à ultima camada de sua aura, devido ao mau funcionamento das suas glândulas.

O dimensional que está com o peso abaixo da tabela consegue elevar a sua energia vibracional, mas não consegue armazená-la no seu frontal devido à ineficiência energética do seu metabolismo e assim, os contatos só acontecerão quando programados pelos “seres”.

O exercício da ativação da kundalini deve ser feito entre duas pessoas de polaridades opostas, que tenham compatibilidade energética e que tenham simbologia e ele serve para aumentar e nivelar o padrão mental das pessoas e deve ser feito, uma vez por semana.

Quando os meridianos de uma pessoa são trabalhados, é para despertar e desenvolver a sua habilidade mental, desenvolver as suas glândulas e, sobretudo, para retirar os seus bloqueios.

O momento atual é apropriado para um intenso e direcionado trabalho de propagação e de divulgação, para que a população, quase sempre cética, mude a imagem que fazem sobre os extraterrestres.

O trabalho de propagação/divulgação deve ser feito principalmente pelos dimensionais que já acessaram as suas “placas”, seguindo a leitura (código) que elas trazem, para que possam inclusive, acessá-las novamente.

Os dimensionais que já acessaram as suas “placas” devem se informar (auto-iluminação) cada vez mais, para que possam também ser cada vez mais eficientes no despertar de outros dimensionais.

O indivíduo/dimensional deve ser antes de tudo um exemplo de vida.

Na Fazenda Boa Sorte/MS-BR, como em alguns pontos do mundo onde normalmente acontecem manifestações ufológicas, existe um “segredo” que está relacionado com a maneira, a forma, a época, o dia e a hora para que os “fenômenos” aconteçam.

As viagens ao Projeto/MS-BR são programadas de acordo com o “segredo do local” ou quando especificamente programadas pelos “seres”.

 

___________________________

Compilação de Antônio Carlos Tanure

Translate »