Postado por

MÁXIMA – VII

MÁXIMA – VII
Print Friendly, PDF & Email

O texto desta Página como os das Páginas anteriores foi feito com informações tiradas de algumas partes dos últimos textos das Paginas Interações. Se nele as informações foram resumidas para uma só frase, foi com o intuito de melhor facilitar a assimilação de seu conteúdo e, com isto, facilitar também uma melhor fixação mental do mesmo, no sentido de despertar (em outro nível de consciência e razão) a percepção para as realidades paralelas – para uma nova visão da Realidade.

Com a finalidade de enfrentar a aceleração e a compressão de tempo e de espaço vindouros, os corpos físico e etéreo do indivíduo devem ser re-alinhados para facilitar a sintonia com a Consciência Crística entrante.

Mais do que nunca, neste momento, o ser humano deve entregar a sua vontade ao divino e, inequivocamente, qualificar as suas intenções, certificando-se de que o direcionamento dessas suas intenções volte-se realmente para o objetivo que almeja.

O indivíduo/dimensional deve expressar a sua certeza, afirmando sempre a sua interação com o Deus Criador Uno, com o Cristo Criador Uno e em nível de consciência, ligar-se cada vez mais com o seu Eu Superior.

A “mãe” Terra neste momento de sua transição, de sua passagem dimensional, cumpriu as exigências cósmicas para a sua “formatura”, estabelecidas pelas Esferas Superiores, ela irá graduar e o mesmo deverá fazer os seus “filhos”.

O indivíduo/dimensional que for selecionado para uma missão, será de varias maneiras orientado pelos “seres”, inclusive intuitivamente.

Ao retornar da quarta dimensão algumas pessoas sentem-se letárgicas e outras sentem um estado próximo do êxtase e seus relógios registram a mesma hora do início da viagem.

Quando interagem na quarta dimensão, não obstante as funções fisiológicas das pessoas continuem funcionando normalmente, não ocorrem nelas problemas de saúde e envelhecimento.

Aquele que interage com a quarta dimensão passa por um processo de transmutação, em níveis “interno” e “externo”, o que é doente (negativo) transforma-se em saudável (positivo).

Muitas vezes basta o indivíduo ter apenas uma interação na quarta dimensão, para que nele se dê a completa cura de suas desordens físicas.

Para que a passagem pelo portal se faça, o indivíduo deve direcionar a sua mente para o que almeja, através de um intenso desejo.

Se uma pessoa ou mais pessoas entrarem no portal, ele permanecerá aberto até que a última pessoa retorne.

A Terra sendo um planeta da terceira dimensão ainda “suga” energia e quando nela é aberta uma “janela do tempo”, é permitido que tudo que por ela passe sofra uma reciclagem.

A primeira grande transformação pela qual o indivíduo passará, quando interagir com a quarta dimensão será no seu corpo, que se tornará mais sutil.

A natureza “funciona” harmonicamente e sem ansiedade dentro de um princípio inteligente e ela se mantém unida pela Energia do Amor Uno.

O ser humano deve sempre gerar uma resposta criativa para a situação como se apresenta no momento, tornando-a mais harmônica.

O carvalho quebra com o vendaval, enquanto o bambu apenas dobra na sua passagem.

O indivíduo/dimensional está no momento de exercitar o seu pensamento positivo e de mostrar de maneira marcante porque veio e porque está aqui.

O indivíduo mais do que nunca deve ter uma consciência dimensional e não sintonizar com o astral inferior, que é uma freqüência alimentada pelo medo, pela angústia e pela insegurança, aspectos tridimensionais que normalmente o levam à depressão.

O ser humano/dimensional em uma regressão consciente poderá se identificar com a sua raça, pois sentirá e perceberá em relação a ela uma vibração de sintonia de identificação cósmica, em uma recordação intuitiva dos tempos remotos, quando ele ainda não tinha a forma humana.

O indivíduo que tem o seu GNA ativado pode ter dor de cabeça, pode “estalar” o seu pescoço e suas articulações, pode apresentar pressão na sua musculatura cervical e pode ter transpiração nas mãos, que ficam geladas.

A energia irradiada da nave do GNA favorece a imunização do indivíduo, proporciona-lhe mais energia, auxiliando-lhe na transmutação do seu corpo físico para um corpo mais sutil, para um corpo menos condensado.

A Fazenda Boa Sorte é um local de Portal, nela está localizada uma dobra do espaço, é também um local onde as pessoas aprendem a se interiorizar e a vivenciar a tolerância umas com as outras, vibrando na Freqüência do Amor de Cristo.

O indivíduo/dimensional, em sua atual fase de transformação física, deve aprender a curar o seu corpo, mas deve se esforçar o máximo para antes “curar” a sua mente, para que os seus problemas físicos não mais voltem.

Se o indivíduo mantiver a sua mente limpa, perceberá a causa de suas experiências negativas e ao superá-las, harmonizando-se com a vida, ficará mais difícil de adoecer.

Nos homens como nas mulheres as doenças são causadas fundamentalmente pelo desequilíbrio emocional, portanto, eles devem controlar constantemente a sua emoção, trabalhando cada vez mais a sua mente.

Os dimensionais que freqüentam os seminários há mais tempo já têm entre si uma interação vibracional mais intensa.

O ser humano fantasia muito vivendo intensamente o emocional.

Se o indivíduo/dimensional não controlar a sua energia vibracional, direcionando-a corretamente, poderá contrair grandes débitos cármicos.

Para ativar a energia mental, alguns exercícios são feitos a partir de determinados chacras (básico, plexo e frontal) e esta energia pode interferir no pensamento e no sentimento de outras pessoas, por isto deve ser trabalhada com muito critério.

Para que alguns trabalhos vibracionais sejam realizados, o indivíduo/dimensional deve estar próximo de outras pessoas com quem tenha afinidade (sintonia vibracional).

A tendência da aura é expandir, principalmente depois que o dimensional “tira” a sua descendência.

A aura se mostra como um contorno energético que envolve o corpo do indivíduo, ela é conhecida também pelo nome de corpo ectoplasmático e qualquer alteração nela vai refletir no corpo físico da pessoa.

Os indivíduos/dimensionais foram liberados para comer carne, com moderação, porque o que se come é matéria e, portanto, na matéria fica, nada tendo a ver com o lado energético vibratório.

O indivíduo deve trabalhar os seus chacras diariamente ou duas vezes por semana, pois eles estão relacionados com o bom funcionamento de suas glândulas, com a sua energia vibracional e com a sua energia vital.

Quando os chacras são bem trabalhados, o indivíduo não sintoniza com o negativo.

Quanto mais a pessoa for se desarmonizando em um processo de interação energético/negativo, mais as ondas vibratórias que lhe são enviadas vão aproximando do seu corpo físico e quando elas chegam na primeira camada da sua aura, o motivo da mentalização negativa acontece.

As camadas da aura são normalmente separadas, mas, quando o indivíduo está com bloqueios, elas ficam unidas.

Os indivíduos que já nasceram com a aura prateada, por serem geneticamente diferentes e por já terem normalmente a sua freqüência vibracional alterada têm mais facilidade de desenvolver um estado maior de percepção.

O indivíduo que está sendo preparado para a fusão ultradimensional, durante sete semanas dorme pouco ou demais, tem desdobramento, fica em estado de depressão ou em estado de graça.

Na fusão, cada vez que a “luz” pisca perto da cabeça do indivíduo, é um estágio de consciência da sua história cósmica que ele absorve e neste momento, ele está sendo trabalhado (“ego”), para que vibre na humildade, na simplicidade e no Amor Uno.

O dimensional que já despertou deve ajudar no despertar de outros dimensionais.

Aquele dimensional que não despertou até o ano 2000 ou aquele que começou a despertar, mas não continuou, é porque não tinha certeza do que queria ou não tinha certeza da sua Verdade Cósmica/Divina ou ainda, não tinha condições de liderar.

A intenção dos “seres” é que o Projeto Portal se torne a escola do mundo.

O tamanho da pedra discóide é de acordo com a vibração de cada indivíduo, se ela for mais compacta o “seu dono” terá uma energia vibracional intensa e se ela for mais porosa o “seu dono” terá uma energia mais sutil, vibrando mais “espiritualmente” do que mentalmente.

Tanto a matéria da pedra (discóide) quanto à do ouro alquímico são provenientes do processo de interação com a quarta dimensão.

O dimensional deve sempre evoluir e no seu trabalho de propagação e de conscientização ele não deve se envolver com as “profecias” que citam datas precisas de acontecimentos futuros.

Existem partículas da mesma Essência, mas com origens diferentes.

As Partículas são pedaços da mesma Essência (têm a mesma polaridade do Eu Superior).

A primeira encarnação de uma Partícula determina a sua origem e o seu nível de evolução.

Os dimensionais têm as marcas que os identificam, que os “seres” humanos comuns (planetários) não possuem.

Os planetários que são colonizadores comuns do espaço, não têm a evolução mental suficiente para exercer a paranormalidade.

Para cada camada de aura trabalhada a pessoa tem um determinado trabalho, portanto, se ela tinha uma camada de aura trabalhada e hoje tem quatro camadas trabalhadas, significa que ela atualmente tem condições vibracionais para executar quatro tipos de trabalho dentro da sua missão.

Quanto mais cromossomos desenvolvidos, mais camadas de aura, mais energia vibracional ativa e mais GNA projetado e quem está na quarta camada, já deve estar entre vinte um e vinte dois pares de cromossomos desenvolvidos.

As entradas das cavernas (na Fazenda Boa Sorte) foram alargadas nos seus primeiros vinte metros, para que como galerias marcassem fisicamente as suas entradas, permitindo que o indivíduo/dimensional encontrando-as, pudesse acessá-las.

Só depois de três anos se preparando é que os dimensionais tiveram a permissão dos “seres” para entrar nas cavernas (galerias), até então escondidas.

As cavernas são constituídas por túneis com curvas, que vão dar em um salão imenso. Esses túneis a partir de cento e cinqüenta metros de profundidade são naturais e foram feitos pelos intraterrenos.

A Divindade “ouve” e “responde” o ser humano, quando ele está em comunhão de Amor com tudo e com todos, portanto, quando ele está interagindo harmonicamente com o Todo.

Está chegando o momento de o novo homem desabrochar, sintonizando a sua consciência individual com a Consciência do Todo, para que muitas e novas informações associadas à transição da Terra para a quarta dimensão lhe sejam transmitidas.

O trabalho desenvolvido no Projeto Portal é em nível mental e se o indivíduo interagir com uma outra freqüência usando o seu chacra frontal, ele sofrerá uma interferência energética, porque o seu frontal já está vibrando normalmente na freqüência/mental, com a energia vibracional ativa.

O dimensional pode ir a qualquer lugar, mas deve filtrar as informações, para não se deixar influenciar.

O indivíduo quando interage com o plano astral e tem uma intensa vontade de ver alguma coisa ou de ver algum fenômeno e, quando isso não acontece, a força do seu pensamento cria emocionalmente o que ele imagina.

O poder de discernir é um dos atributos da mente do indivíduo, adquirido pela sua concentração e pelo seu autocontrole e aquele que sabe se controlar tem o poder, tem o poder de conseguir, de realizar e de modificar as coisas.

Os “vivos” estão associados com a energia vibracional ativa e os “mortos” (astral inferior) precisam dessa energia vibracional dos “vivos”.

Um ser humano tem todos os seus corpos, portanto, ele está “inteiro” com a sua energia vibracional ativa e um “morto”, vibrando no astral não tem o seu corpo físico e energeticamente ele está pela “metade”.

Quando deixa o seu corpo físico, o “espírito” que agora está interagindo no astral (inferior), continua vibrando em uma freqüência ainda muito densa, mas agora em uma situação ainda pior, porque não tem o seu corpo físico.

Os “vivos” na terceira dimensão, mesmo aqueles que são considerados perversos, estão em uma situação melhor do que os “mortos bons” que estão no astral.

O indivíduo/dimensional deve programar a sua vida da maneira que ele achar melhor, mas deve programá-la sem dúvidas e sempre no sentido de ajudar os seus semelhantes.

O sucesso da missão de cada um depende de todos e vice-versa.

Todo distúrbio de origem emocional que é gerado no dia-a-dia de uma pessoa, pode ser curado.

As pessoas devem perceber que o presente é uma dádiva, é um presente divino e nele tudo pode ser resolvido.

A pessoa deve seguir a trilha sinalizada pela “inteligência da natureza”, que não atrita, é espontânea, manifesta-se “flutuando” calmamente, para que no momento certo uma determinada intenção aconteça.

Quando a ação acontece com a consciência expressando-se no presente, ela é mais atuante e está sempre intencionada ao futuro, porque o futuro é gerado no presente.

Normalmente, o indivíduo é carente em todos os sentidos e pode ficar influenciado com elogios.

Para o indivíduo com uma consciência dimensional um elogio é apenas um incentivo para que ele tenha cada vez mais a noção de sua responsabilidade dentro do contexto do universo e para que ele desperte cada vez mais.

Um dimensional deve ter discernimento e não se deixar levar emocionalmente pela vaidade, quando recebe um elogio, que deve ser apenas sinalização e incentivo para que tenha atitudes cada vez mais harmônicas.

Não é harmônico o clima de reverência de uns para com os outros, porque todos têm a mesma importância, já que originaram da mesma Partícula Inicial.

Os dimensionais com as suas formas humanas atuais têm apenas idades e aspectos físicos diferentes, a única verdade é que todos vieram de “Deus”.

O indivíduo quando se expressa emocionalmente, ele está sintonizado com o astral, por isto, ele é menos seguro, porque a “segurança” que ele necessita está no plano mental e não na freqüência que está interagindo.

O contato de 1o. Grau se dá com “visões” e sonhos.

O contato de 2o. Grau acontece com uma relativa aproximação dos “seres” e de objetos (naves) querendo contato, com as suas luzes piscando, emitindo raios.

O contato de 3o. Grau ocorre quando o objeto chega até a uma distância de cem ou duzentos metros, podendo acontecer comunicação telepática e a pessoa ser levada à nave.

O contato de 4o. Grau a nave pode ser vista a uma distância de até vinte metros, a pessoa pode ter uma conversa direta com os “seres”, tocá-los, tocar na nave e, às vezes, até entrar nela.

O contato de 5o. Grau a pessoa pode ter uma conversa direta com os “seres”, pode fazer uma ativação através de contato físico, pode entrar na nave e fazer viagens para outras dimensões.

O contato de 6o. Grau a pessoa recebe informação direta dos “seres”, pode entrar na nave e tocá-los.

O contato de 7o. Grau a pessoa pode ser levada para uma viagem cósmica, perto do Sistema Solar.

O contato de 8o. Grau a pessoa pode ser levada para uma viagem além do Sistema Solar.

O contato de 9o. Grau a pessoa tem com os “seres” uma interação total, tem uma integração maior e, inclusive, pode ter um relacionamento com eles.

Os intraterrenos não se adaptam à luz do sol.

Os intraterrenos que mais se manifestam na Fazenda Boa Sorte são: os da raça Laquin, que são baixos, com altura de 80cm a 1,50m; os da raça Toth, que são de estatura mediana, com altura entre 1,55 e 1,80 m; os da raça Betamix, com uma altura variável entre 2,40 e 4,00m.

O indivíduo deve livrar-se de condicionamentos culturais que o levam a ter medo de tudo e de julgar tudo como pecado.

O indivíduo pode ter um desenvolvimento mental mais intenso através da ativação de implantes, que atuarão ao nível do seu subconsciente.

No futuro o implante será feito em todos, para que vibrem em uma mesma freqüência e tenham uma mesma linguagem (freqüência) vibracional.

Às vezes em um mesmo grupo de pessoas algumas delas “enxergam” um “ser” e outras não, aquelas que o percebem estão na mesma freqüência vibracional dele e as que não o “enxergam” devem trabalhar no sentido de ativar todas as suas sete camadas da aura.

Se o dimensional conseguir propagar as verdades da Nova Era, transmitidas pelos “seres”, ele estará cumprindo a sua missão e passará para o plano angelical, vibrando sintonizado com essa nova freqüência.

Depois do plano angelical, o dimensional passará a interagir com um plano ainda mais divino e a partir deste plano sintonizará com a “Luz” em um estado de vibração, que a mente humana não consegue imaginar.

Os superdotados são dimensionais que encarnaram com uma memória cósmica programada e eles já nasceram com uma compatibilidade energética para acompanhar os trabalhos com as dimensões superiores.

Quando em determinados trabalhos vibracionais, a nuca (pituitária) do indivíduo é tocada, é para a expansão de sua aura, permitindo que o ultradimensional entre em seu campo energético (áurico) e ao interagir com ele trabalhe as sete camadas da sua aura.

Quando o Ultra “sai” do campo energético do indivíduo, ele libera um excesso de energia no ambiente, podendo provocar neste momento queda de pedras ou de qualquer outro objeto.

As “placas” não podem ser encaradas como troféus e quando elas são acessadas, o indivíduo não deve ficar ansioso.

As “placas” estão sendo também entregues de acordo com o trabalho vibracional que está sendo desenvolvido no Projeto Portal e as pessoas escolhidas estão em sintonia com esta freqüência vibracional.

A aceleração vibracional feita incorretamente pode de certa maneira, levar à esquizofrenia e quando ela é programada e controlada pelo próprio dimensional com ele totalmente lúcido, não tem problema algum.

Atualmente, encontram-se em missão os dimensionais dos grupos extra e especial, que estão dando uma cobertura geral a todos os dimensionais encarnados.

Os grupos extra e especial em missão representam cento e quarenta e quatro mil dimensionais ou as doze tribos de Israel, que são compostas por dimensionais de doze raças diferentes.

O dimensional que já possui a energia vibracional ativa em alta potência, quando está em um trabalho de energização com pessoas de energia vibracional de baixa freqüência, a sua presença pode lhes causar insônia ou sonolência excessiva por muitos dias.

Durante um treinamento para testar a sua paranormalidade, o dimensional deve procurar saber qual o lado do seu cérebro está funcionando melhor, se o de efeitos físicos (o direito) ou o extrasensorial (o esquerdo).

A intensidade do trabalho missionário que o dimensional desenvolve é proporcional ao desenvolvimento da sua intuição, ao percentual da sua missão em relação à sua “placa” e à sua lembrança cósmica.

Todos os dimensionais que trabalharão no Sistema Dourado devem ter habilidades que envolvam magia e energia de manipulação vibracional e este processo alquímico é segredo só dos dimensionais que estão nele trabalhando.

Deus não interfere na vida dos seres humanos, porque ele respeita a lei do livre-arbítrio que criou, entretanto, os dimensionais não devem esquecer a sua missão de expandir a Nova Consciência, através das mensagens dos “seres”.

A Nova Era acabará com a desigualdade social que existe atualmente no planeta.

O dimensional deve ter conhecimento da sua missão, no que está ligado à sua “placa”, portanto, é necessário que ele saiba também qual a sua capacidade em relação aos trabalhos vibracionais, para que desenvolva os seus talentos e as suas habilidades.

No momento o indivíduo/dimensional deve saber o grau da sua manipulação alquímica no sentido de polarizar o perfume (homem) e materializar o cristal (mulher), condições que lhes dão a condição para fazer a alquimia do ouro.

A má alimentação e os exercícios vibracionais feitos incorretamente em noventa por cento dos casos são alguns dos fatores, que dificultam o indivíduo de tirar os seus bloqueios, principalmente as mulheres que devido ao seu metabolismo hormonal têm mais dificuldade na materialização.

Apesar das mulheres terem uma capacidade energética vibratória muito mais expandida e muito mais intensa que os homens, elas não sabem direciona-la.

Enquanto o homem consegue expandir a sua aura sete metros, a mulher comparativamente consegue expandi-la setenta metros.

As mulheres devem aprender direcionar a sua energia mental/vibracional, a calcular a intensidade e a velocidade do seu pensamento, enquanto ele atua na matéria.

Se a mulher aprender a direcionar a sua energia mental, cada desejo seu poderá tornar uma realidade, enquanto o homem precisa mentalizar dois desejos, para que eles tornem uma realidade.

O dimensional deve pensar naquilo que ele quer realizar, já o visualizando na sua mente, já sentindo a realização do acontecimento desejado, pela união da quinta, da quarta e da terceira dimensões e esta fusão dimensional é que faz acontecer materialmente o que ele almeja.

Se o dimensional tiver equilíbrio, ele passará pela sexta lamina sem perceber que estava com esta polaridade ativa e neste penúltimo estagio é que ele consegue realizar energeticamente com mais intensidade.

Todos os dimensionais quando alcançam certo ponto na sua escalada evolutiva passam pelo estágio sutil da bipolaridade, portanto, eles devem possuir a harmonia necessária para transcender a dualidade tridimensional, seguindo em frente, vibrando na neutralidade.

As fitas gravadas dos dimensional/Projeto Portal que acessaram “placa” trarão informações direcionadas, que neutralizarão muitas pendências que ainda existem em suas vidas.

As fitas gravadas trarão mensagens com orientações para o dimensional, auxiliando-o a sair de conflitos de sua existência atual.

As duas ondas superpostas no logotipo do Projeto Portal significam Vênus/duplo, elas são ondas de propagação universal, com uma determinada freqüência.

Tendo em vista o seu ponto de origem e depois de ser identificada a sua duplicidade, o dimensional deve buscar a sua ramificação cósmica, para trabalhos paralelos e especiais.

Os dimensionais segundo a sua origem devem resgatar os outros dimensionais que tenham a mesma duplicidade, porque é com eles que poderão contar para os trabalhos vibracionais futuros, inclusive para abertura de portais.

O indivíduo que não está “bem”, que está vibrando “diferentemente”, ele está energeticamente em desequilíbrio, ele não está em sincronia com o Cosmos e nem com os seus chacras.

O indivíduo deve vibrar conscientemente e com a intenção que o seu subconsciente cumpra a sua vontade.

Todo dimensional que acessou a sua “placa” tem pelo menos um ultra em uma camada de sua aura e quanto mais ele for passando informações no seu trabalho de divulgação e de propagação, mais os ultras vão lhe “abastecendo” com novas informações.

A diferença entre os intras e os extras é apenas a capacidade tecnológica, os intras são extraterrrestres que vieram para “perfurar”, para construir bases no interior da Terra, porque a sua tecnologia neste sentido é mais apurada do que a dos extraterrestres.

Os intras que moram no interior da Terra são os mesmos extras que visitam a Terra há muito tempo.

O indivíduo/dimensional só quando direcionado pela Energia do “Triângulo”, nos seus três aspectos pensamento, desejo e vontade, é que conseguirá caminhar com as suas próprias pernas.

É harmônico aceitar o presente e pretender o futuro.

O passado e o futuro “são propriedades” da consciência e através deles, ela (consciência) “transita” pela ressonância no tempo.

O tempo pode ser percebido como pensamento em movimento e o pensamento é o “instrumento” da consciência.

O Presente é a Consciência e, no aqui e agora, é que o ser humano manifesta a sua Consciência Divina.

O Presente É.

O universo nada mais é do que luz condensada em diferentes freqüências.

A luz branca reflete todas as cores e ao entrar em contato com a matéria, ela reflete uma cor de acordo com uma freqüência especifica.

A luz mais densa é a da criação (vermelha) localizada no básico e a mais sutil é a violeta localizada no coronário.

O ser humano criou as suas superstições porque captava uma freqüência da linha do tempo, mas como não tinha conhecimento dela, ficava apenas na impressão que algo de bom ou de ruim poderia lhe acontecer.

Quando o indivíduo tem uma freqüência muito baixa as suas experiências de vida desequilibram e tudo dá errado para ele, porque ele vibra aleatoriamente, ele vibra de uma maneira desordenada sem sincronia com o universo.

Se o indivíduo não expande as suas camadas de aura, elas ficam propensas a desestabilizarem e quando o indivíduo fica desarmonizado, ele fica em constante “azar”.

A maior parte das pirâmides tem degraus para que as ondas que chegam do Cosmos “pulem” de degrau em degrau e cada degrau tem uma freqüência de onda e segue uma angulação em relação ao corpo da pirâmide que é de 51o.

A pirâmide permite repassar para os objetos ou para as pessoas freqüências de ondas que podem ser positivas ou negativas e cada degrau dela é um espaço definido para uma propagação energética, que emite uma expansão de onda para o seu interior.

A 1/3 da sua base da pirâmide é mais difícil acontecer envelhecimento, os alimentos são mais conservados, a transmutação e materialização são mais fáceis de serem realizadas.

A 1/10 da sua base tudo já deteriora e acontece o envelhecimento mais rapidamente.

As pirâmides além de ter uma vibração eletromagnética, elas criam um campo de proteção.

Todos os objetos e todas as pessoas têm também a sua freqüência sonora, têm a sua vibração sonora.

Quando o indivíduo conhece o seu “mantra sonoro” e vibra a sua freqüência, ele não precisa inverter os seus chacras e nem tomar o banho frio de acordo com o tempo da Terra, para que ele harmonize e tudo volte a se equilibrar em sua em volta.

Quando o indivíduo/dimensional emite a sua vibração sonora ele organiza todos os seus chacras, sincronizando de uma forma instantânea todos eles, portanto, ele tem apenas que descobrir qual é o seu som e vibra-lo, para que ele desfaça os seus conflitos e as suas depressões.

Alguns procuram o seu “mantra sonoro” cantando, assobiado ou murmurando e outros ainda o procuram resmungando, rindo ou chorando.

Alguns gestos que o indivíduo faz compulsivamente, utilizando-se de uma determinada parte do seu corpo como tiques nervosos, podem sinalizar que um dos seus chacras localizado naquela região do seu corpo precisa ser trabalhado, para que estes gestos repetitivos não mais aconteçam.

A freqüência de onda é real, não tem como o indivíduo mudá-la ou de aproveitá-la trabalhando o seu campo e quando manipulada pelo indivíduo, ela é regida pelas Leis Universais de causa/efeito e de ação/reação.

Quando o indivíduo “reza” e faz os seus “pedidos”, ele poderá ser “atendido”, se estiver em uma freqüência de onda acelerada acima de 23 HZ que o possibilite harmonicamente interagir com o meio ambiente e entrar em sintonia com o Cosmos.

São vários os caminhos que permitem o indivíduo alcançar a auto-Iluminação, mas Ela só será realmente alcançada quando o indivíduo acelerar a sua freqüência de onda vibrada por seu pensamento, por seu desejo e por sua vontade que estão energeticamente codificados no “Triângulo Pai, Filho e Espírito Santo”.

A partir de 1971 começou um outro tempo para uma outra vibração ou uma outra freqüência.

Aqueles que nasceram depois de 1971 têm uma chance maior de se “darem bem” na vida, porque eles têm uma freqüência de onda que neutraliza normalmente as reações negativas das freqüências de ondas circundantes e menos possantes.

O indivíduo para conseguir o que quer, deve desde agora aprender que a energia que vibra no universo, vibra também nele e que só ele, conscientemente, pode manipulá-la.

O nível de consciência é que determina o caminho de cada um.

O indivíduo/dimensional é que traça o seu destino, apesar de sua “placa” mostrar as “boas” e as “más” situações que surgirão em sua vida, elas poderão ser alteradas, porque tudo pode ser modificado.

Quando o indivíduo/dimensional move um objeto pela sua força mental, ele está unindo instantaneamente as “três pontas” do “Triângulo de Energia”, ele está transferindo automaticamente para o seu corpo o que já está codificado em seu subconsciente e que energeticamente, ele quer que aconteça.

O indivíduo/dimensional precisa exercitar a paciência e a perseverança, quando utilizar o “Triângulo de Energia”.

Quando o indivíduo quer se curar, ele deve criar uma vibração para que as suas células se regenerem.

A auto-cura é apenas uma questão de codificação, o dimensional aciona o “Espírito Santo” (vontade) através das células mães do seu organismo para que recebam a freqüência vibracional que vem diretamente do Cosmos e sejam capazes de regenerar aquela parte do seu corpo doente.

Alguns indivíduos considerados magos, alquimistas e bruxos tinham o conhecimento das Leis Universais e com elas manipulavam a matéria.

Jesus Cristo conseguiu atingir um padrão vibratório como ser humano, mas a Sua consciência divina estava sempre direcionada para os “seres”, estava sempre conectada com eles.

Jesus Cristo foi especial e único.

Atualmente são os dimensionais despertos, com as suas habilidades especiais, com a capacidade de desenvolver a sua mente a ponto de perceber, intuir, desenvolver a telepatia e a premonição, entre outras habilidades especiais, que herdaram as condições de restabelecerem essa conexão com os “seres”.

O indivíduo/dimensional no aqui e agora está em um momento especial da sua evolução, vivendo sua transição em um estado de consciência, que o permite cada vez mais exercitar a “Energia do Triângulo”, para que possa transcender irradiando Luz através do seu pensamento, do seu desejo e da sua vontade, na Unidade do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

O indivíduo/dimensional ao desenvolver a sua missão codificada em sua “placa” ele poderá escolher uma entre três vias e se ele optar por uma destas três vias terá proteção dos ultras e dos energéticos.

Se em função do seu livre arbítrio o dimensional optar por uma quarta via não especificada em sua missão, poderá acontecer com ele:

1o. – o seu Eu Superior não terá mais uma ligação mental/vibracional com ele, limitando a ajuda dos “seres”, que apenas poderá ajuda-lo até um determinado ponto.

2o. – o dimensional não terá mais uma ajuda especial, porque irá paulatinamente se tornando um indivíduo com uma vibração “normal”, guiado apenas pelos seus cinco sentidos.

3o. – chegará ao final de sua vida como um indivíduo/planetário, sem capacidade extra-sensorial e sem a linguagem intuitiva, interagindo apenas com as informações que receber da terceira dimensão.

4o. – o dimensional não poderá futuramente ser ajudado pelos “seres” se algo negativo lhe acontecer, porque este acontecimento não está incluído em holografia no seu frontal (simbologia) e assim, não tem como muda-lo.

5o. – o dimensional ficará como estivesse só e como não terá a ajuda dos “seres”, as dificuldades que forem surgindo em seu caminho, ele deverá resolvê-las com o seu próprio esforço.

Obs.: o dimensional que escolhe uma quarta opção em função do seu livre arbítrio, ele pode estar ainda resgatando débitos de sua vida passada ou algo parecido.

Em qualquer situação, mas particularmente neste momento do desempenho da sua missão, o que mais poderá desequilibrar o dimensional é o seu estado emocional, que o incapacita de expressar harmonicamente na neutralidade.

Nem todos os indivíduos/dimensionais terão três opções codificadas em suas “placas”, mas qualquer que for a sua opção, ele deve procurar aprender o máximo com ela, iluminando-se no exercício de sua missão.

A responsabilidade do dimensional em função do seu compromisso cósmico começará a partir do momento que ele tomar ciência do que está gravado em sua fita.

O nível de consciência da maioria dos dimensionais/Projeto Portal já não é o mesmo, porque já possuem muito mais Luz/informação que cinco anos atrás.

Existe uma diferença imensa entre os dimensionais Projeto/Portal que trabalham a energia mental/vibracional e outros grupos que trabalham voltados para a “espiritualidade”.

Os indivíduos/dimensionais são mentalmente mais dinâmicos e possuem experiências/informações que outros grupos não possuem.

Os 1.440 dimensionais que acessaram as suas “placas” foram escolhidos pelos “seres” desde épocas mais remotas, para que pudessem ter contato direto com eles e fossem seus intermediários no plano físico.

Para conseguir qualquer coisa neste plano em que vive e experimenta, o ser humano deve desistir do apego aos resultados.

O ser humano não deve desistir da intenção nem do desejo, ele deve apenas abandonar o apego, que está baseado no medo e na insegurança, que por sua vez estão fundamentados no desconhecimento do seu Eu Superior.

A pessoa que se ilude vivendo na “segurança”, está na verdade vivendo a insegurança do efêmero, que a torna prisioneira de velhos condicionamentos, que por não conterem novas informações, não trazem evolução e não iluminam.

Jesus Cristo na sua “ligação com Deus”, via dimensões superiores, passava as informações que recebia para os apóstolos, que as repassavam para pessoas.

Atualmente os “seres” procuram pessoas para que sejam os seus porta-vozes e para isto querem passar informações compatíveis com a Nova Era, com o “novo ser humano” que já está surgindo.

Os 1.440 dimensionais/”placas” já possuem um determinado nível de consciência e, portanto, devem sempre olhar o interesse coletivo e não o interesse próprio, para que não se limitem conscientemente, não se confundam e não se perturbem.

Alguns indivíduos já têm ciência da existência dos “seres”, inclusive possuem informações que já lhes foram passadas por eles, entretanto, não passam estas informações (ensinamentos) quando em suas conversas cotidianas, com receio de se exporem ao ridículo.

Os indivíduos devem possuir uma profunda e necessária convicção para que possam desempenhar a sua missão de propagação e de divulgação.

Um terço da população mundial (dimensional) poderia ter contato direto com os “seres”, já que são dimensionais, apesar de inconscientes.

Cerca de dois mil dimensionais em todo o mundo terão contato direto com os “seres”.

Os “seres” estão também trabalhando outros grupos semelhantes ao do Projeto Portal, sintonizados com a Luz.

A interação dimensionais/”seres” pode se dar de varias maneiras, de acordo com a sensibilidade e o grau de consciência (evolução) de cada um.

Os Seres de Luz podem contatar com os dimensionais de acordo com a sua linha de comunicação, como na psicografia, na projeção astral extrafisica e outros processos de comunicação semelhantes.

O indivíduo/dimensional deve antes de tudo “se ligar” cada vez mais com Deus através do seu Eu Superior, portanto, deve se sutilizar cada vez a sua percepção e se iluminar com outros níveis de consciência.

Atualmente o que conta para o contato com os “seres” é o nível de consciência e de sentimento (Amor Uno) de cada indivíduo/dimensional.

A “qualidade” do “diálogo” do dimensional com os “seres” vai depender exclusivamente do seu nível de consciência, construído em suas experiências diárias através dos seus pensamentos/atitudes.

É de acordo com o campo vibratório do dimensional, construído por uma vida harmonicamente bem vivida, através de uma mente pura e bem direcionada, que a “conversa” com os “seres” poderá ser mais “rica” de informações. em quantidade e conteúdo.

Em relação a qualidade do contato o que conta são os pensamentos, as ações e o nível de consciência do dimensional, que ele expressa através da sua tolerância e da sua paciência, exercidas pelo seu Amor aos seus semelhantes.

A energia vibracional (kundalini) quando armazenada no frontal apenas segura o contato.

O indivíduo/dimensional quando estiver frente a frente com os “seres”, ele verá que eles não são seres físicos, que não são tridimensionalmente densos como os seres humanos, porque eles vibram em um plano muito mais sutil do que o da terceira dimensão.

Os seres são literalmente de luz, mas, por um processo ectoplasma/eletromagnético, o dimensional por um momento poderá tocá-los.

A freqüência vibracional do dimensional deve estar cada vez mais compatível com a freqüência dos Seres de Luz, para que o seu contato dure por um período mais longo e esta compatibilidade passa, sobretudo, por níveis mais amplos de consciência (Luz/informação) do dimensional.

Os atividades de campo que estão sendo feitos atualmente são para que os ultras, os enteais e os energéticos de um modo geral trabalhem a parte física do dimensional.

Se as células do corpo do indivíduo/dimensional não estiverem funcionando harmonicamente como um todo em função de uma inflamação ou de uma infecção, a sua freqüência vibracional ficará alterada ainda ao nível do plano físico.

Os enteais vão trabalhar ao nível celular o corpo do dimensional, fazendo que as suas células vibrem de uma forma diferente, reorganizado-as para que funcionem harmonicamente como um todo, mas o resultado desta interação dependerá do seu grau de evolução e da energia da kundalini que ele armazena no seu chacra frontal.

Os ultras vão também potencializar todas as camadas da aura do dimensional/Projeto Portal, como se fossem duplicá-las, possibilitando que a sua intuição, a sua percepção, o seu poder telepático e os seus desejos de um modo geral, se realizem com mais facilidade do que antes.

Vários dimensionais estão atualmente queimando o seu carma em função do que fizeram em suas vidas passadas e eles vieram agora “predestinados” a resgatarem por um determinado tempo através do “sofrimento”/aprendizado todo um passado de desequilíbrio existencial.

Alguns dimensionais precisam despertar para um outro nível de consciência, vibrando em uma outra freqüência, para que possam somar com os outros dimensionais que já vibram neste nível de consciência e façam o trabalho vibracional como um todo.

Apesar dos “seres” ajudarem alguns dimensionais/Projeto Portal, eles ainda terão que queimar a energia cármica de suas vidas passadas, para alcançarem tudo àquilo que desejam.

Alguns indivíduos no Projeto Portal e mesmo fora dele, apesar de viverem o seu hoje de uma maneira harmônica, integrados com o Cosmos, ainda têm que resgatar o seu carma, por isto, apesar de serem atualmente seres humanos “bons”, a vida é muito “difícil” para eles.

 

___________________________

Compilação de Antônio Carlos Tanure

Translate »