Postado por

Monumento Escalonado em Zigurats ressonando com a Pirâmide de degraus em Saqqara

Monumento Escalonado em Zigurats ressonando com a Pirâmide de degraus em Saqqara
Print Friendly, PDF & Email

No ano de 2015, entre os dias 17 e 27 de maio, cerca de 200 participantes de Dakila foram ao Egito e representaram centenas outros, que para lá puderam ir.

Eles foram conhecer especialmente o complexo em Saqqara com sua pirâmide e sua contraparte subterrânea, para que pudessem sentir in loco não só energia daquele local, mas também pudessem ali realizar atividades através de recursos tanto físicos quanto mentais.


Imagem de Dakila Pesquisas

Foi no complexo de Saqqara após o dilúvio universal, alguns milhares de anos atrás, que nele conhecimentos de um tempo ainda muitíssimo mais antigo originados da Civilização Muril, uma poderosa máquina quântica toda de granito esteve ali funcionando, vivificada pela energia mental dos participantes da Escola de Mistérios do Olho de Hórus.

Portanto, no complexo de Saqqara que aconteceu a primeira experiência que se tem conhecimento com a forma piramidal, para aplicar e aperfeiçoar uma tecnologia quântica, com objetivo voltado à aceleração vibracional e ao aperfeiçoamento mental daqueles que ali se encontravam.

Ali, os participantes da Escola de Mistérios desenvolveram de maneira bastante ativa sintonia mental ao nível da 5ª camada de seu campo biomagnético, para gerarem frequências mais amplas de vibração, de percepção e de interação com realidades paralelas mais sutis.

Mas, com o passar do tempo estes conhecimentos foram se perdendo, para só agora, a partir do dia 7 de janeiro de 2018, com o início da construção do Monumento Escalonado, em Zigurats, que eles começarão a serem resgatados, dando-lhes vida hoje a energia mental dos participantes e pesquisadores de Dakila.

O Monumento Escalonado em Zigurats em construção possuirá ressonância eletromagnética com a Pirâmide de degraus em Saqqara, para geração de energia taquiônica.


Imagens de Dakila Pesquisas

Cada ciclo que por ele a Terra passa, dura em torno de 5.125 anos, período que acontece modificação em sua malha eletromagnética e que provoca deslocamento em seu campo magnético da Terra. Atualmente o norte magnético está se deslocando 54 km no sentido da Sibéria, deslocamento muito maior ao anterior.

Por isto, não dá por enquanto estabelecer sincronia entre o Monumento Escalonado em Zigurats ainda sendo construído e a pirâmide com sua contraparte subterrânea em Saqqara, que está posicionada no norte magnético de alguns milhares de anos atrás, como estão também muitas outras pirâmides já encontradas em sítios arqueológicos, que estão fora da malha eletromagnética que envolve a Terra. E sem esta sincronia não tem condições ainda, de gerar através delas energia taquiônica.

O Monumento Escalonado em Zigurats foi projetado já prevendo este deslocamento futuro, pensando no próximo ciclo, com um deslocamento de 37º sentido norte/leste. E em função desta previsão ele está sendo construído simetricamente pelos ditames da Matemática e da Geometria Universais e de acordo com a posição eletromagnética do campo da Terra, para que possa já com seu 3º piso terminado, atuar com capacidade energética

Portanto, o Monumento Escalonado em Zigurats repetindo 5 mil anos atrás o feito da pirâmide e de sua contraparte subterrânea em Saqqara, ele também gerará atualmente energia taquiônica e ainda para mais 5.000 anos à frente.

Observando-se a ressonância energética entre estas duas construções, os participantes de Dakila enterraram artefatos no solo de Saqqara próximo à Pirâmide, em um momento que já era noite, mas como surgiu um imprevisto, alguns artefatos foram posteriormente jogados no Rio Nilo e outros enterrados no Vale dos Reis, o que teria de ser feito preferencialmente no solo de Saqqara, junto à pirâmide.

O artefato físico que foi colocado naquele local dentro da Matemática e Geometria Universais, era também uma “tecnologia mental” por estar nele vibrando a energia mental daquele que a enterrava, para que estabelecesse ressonância energética entre esta construção e o Monumento Escalonado em Zigurats quando construído, mesmo sem ela possuir a vibração de outrora, mas ainda com certa intensidade para estabelecer sincronia entre os dois.


Imagens de Dakila Pesquisas

A Pirâmide em Saqqara em seu formato quadrangular e faces triangulares simboliza também os raios solares que chegam à Terra e que expandem sua energia luminosa nas quatro direções. Os conhecimentos hoje chamados de gnósticos eram sobretudo empregados no complexo de Saqqara (pirâmide e sua contraparte subterrânea), por aqueles da “Escola de Mistérios”.

Conhecimentos que os gregos chamavam de princípios herméticos, que foram ensinados pelo sumo-sacerdote Imhotep e que hoje muitos outras informações e conhecimentos são passados pelas realidades paralelas aos participantes de Dakila, inclusive informações que foram transmitidas para a construção de Zigurats e especialmente para o seu Monumento Escalonado.

A Cidade de Zigurats está dentro do Analema Solar ou, em um traçado dentro da Rosa dos Ventos, que a desenha/delineia no sentido dos pontos cardeais e ainda a direciona no sentido do deslocamento magnético celeste para os próximos 5.125 anos. Ela foi projetada para ter uma intensa atuação no futuro, como um campo especial receptor e irradiador de energia.

O traçado da Cidade Zigurats foi feito em função dos vórtices de energia, por este motivo que em alguns locais dela foram colocados “marcos” de cristais e outras tecnologias, para potencializarem estes vórtices, a partir do momento em que a construção do Monumento Escalonado chegar a 1/3 de sua base, pois mesmo inacabado todos os vórtices eletromagnéticos em construções piramidais para ele direcionados já estarão também atuantes, inclusive o gerado no Complexo de Saqqara.


Imagens de Dakila Pesquisas

Em seu deslocamento pelo espaço “imaginando a Terra girando”, existem através do Analema Solar o giro do Norte (acima da Linha do Equador) que para ele se tem como referência a Estrela Polar e o giro do Sul (abaixo da Linha do Equador), que para ele se tem como referência o Cruzeiro do Sul. Mas existe também um outro giro em 19º de latitude, que é “uma anomalia” e que é possível registra-la.

Assim, nessa latitude que não está na linha do equador, registra-se na verdade três giros. O giro do Norte, o giro do Sul e um outro giro central, mesmo tendo a Terra só dois polos. E esse giro central está situado bem no ponto onde o “caminho do Sol” se cruza ou, na transição que se juntam no Analema Solar o giro do Norte com o giro do Sul.

E, nesse ponto onde o Sol realiza esse cruzamento sob a influência do campo magnético celestial e não geográfico – “centro energético do mundo Terra”, é onde a Cidade Zigurats está sendo construída e sobre ela incidindo um vórtice de energia intensamente poderoso e, especialmente direcionado ao Grande Monumento Escalonado, como a “Estrada”ECP19.

A influência energética e vibracional que é originada do Analema Solar, com sua inclinação e com seu cruzamento ou interseção incidindo diretamente na base do Monumento Escalonado, proporcionará a partir desta inserção   efeitos eletromagnéticos, que alcançarão o máximo quando a construção deste monumento chegar ao seu topo.

Este intenso vórtice incidente como “estrada ECP19” sobre o Monumento Escalonado, é muito importante para os participantes de Dakila, porque o analema solar existindo em realidade paralela, facilita-lhes o desenvolvimento de suas habilidades mentais, para que alcancem aberturas de “Janelas” ou de “portais” e, também alcancem mentalmente o passado e o futuro.

Eles terão este acesso, pela total analogia (vibratória) do Analema Solar com os “Anéis ou Paredões”, que envolvem o “mundo energético Terra” e, não a Terra físico-geográfica, comumente vista e desta maneira entendida.

Ainda é pelo Analema Solar ou, pelo uso da “Estrada ECP19” com o Sol agindo como um vórtice ou, mostrando-se como uma “porta de entrada e de saída” para outras realidades depois de passar pelos “Anéis”, que informações e conhecimentos imprescindíveis cheguem aos participantes de Dakila – Mais informações neste Site, com o texto: Analema Solar/“Estrada ECP19” /Realidades Paralelas.


Imagem da Internet e de Dakila Pesquisas

Na topografia do lugar onde está sendo construída Zigurats existem locais,  como tivessem sido postos aleatoriamente pela natureza, como tivessem sido postos ali como representações interessantes e exóticas, mas na verdade se ali estão, é com objetivo energético-vibratório ou, de gerar frequências eletromagnéticas.

Frequências eletromagnéticas para repercutirem em Zigurats pelo menos 5.125 anos no futuro. E tendo em vista ainda, que cerca de 30% de suas construções depois de prontas, terão ligações subterrâneas posteriores ligadas à cidade de Kasalk/Shamballah e, dela às demais cidades dos mundos interiores, este feito traz certa analogia com o complexo de Saqqara, com sua pirâmide e sua contraparte subterrânea constituída de túneis e de galerias.


Imagem de Dakila Pesquisas

Em cada um de seus quadrantes no traçado de Zigurats, existirá uma corrente eletromagnética. Para isto, em cada um deles foi colocada uma haste/bastão, que conduzirá energia eletromagnética na frequência de 0,3 hertz ou, na frequência do pensamento ou ainda, na frequência da energia taquiônica.

Os participantes de Dakila dentro de cada um destes quadrantes terão apoio dos mundos paralelos para despertar suas habilidades mentais de maneira mais acelerada, como habilidade de percepção/intuição, 3ª visão, premonição, vidência, atuação mental sobre a matéria e ainda viagens às realidades paralelas, para que possam alcançar seu passado e seu futuro.

Essas suas habilidades sendo potencialmente aumentadas, elas lhes proporcionarão ligação mental mais intensa e consciente com a natureza, que será por eles então, percebida de maneira mais viva, dentro dos fundamentos que a regem, em sintonia à Ciência Lilarial.

Os participantes de Dakila que estão ativamente agindo para a construção de um novo tempo de uma nova era, eles já alcançaram a consciência, que são partes vivas de um compromisso que é cósmico e que nele está inserida a construção da cidade Zigurats, pela sua verdadeira importância nem tanto física, mas pela sua importância energético-vibratória.


Imagem de Dakila Pesquisas

No dia 07/01/18 iniciou-se definitivamente a construção do Monumento Escalonado, em Zigurats.

Todas as dimensões deste monumento serão múltiplos de 09 – os andares, os pilares, as vigas, as lajes, rampas, escadas, etc. A sua geometria estará dentro da matemática universal pela finalidade que ela terá, de acordo com os mundos paralelos.

Ela terá 63 metros de largura por 63 metros de altura. E se considerar seu “entorno” – as pequenas pirâmides laterais, terá como base 90×90. Serão 9 andares, onde a Sala 09 ficará no último andar. Cada andar terá 4,68 metros de altura.

As dimensões de seus degraus serão calculadas para que também deem 9. Este monumento piramidal em um ponto será diferente das outras pirâmides de seu porte, porque as outras são todas “maciças, como a de Saqqara e ele será “vazado”, com salas e outros espaços em seu interior.

A estrutura do Monumento Escalonado em Zigurats será toda em concreto e os locais onde houver pintura terá argila vermelha na sua composição, para estabilizar naqueles que ali estarão os pulsos elétricos de seu cérebro, na frequência da Ressonância Schumann – 0,3 hertz.

Tanto na Pirâmide de degraus em Saqqara, quanto no Monumento escalonado em Zigurats a energia eletromagnética foi utilizada, no primeiro caso ela foi mentalmente trabalhada e direcionada pelos participantes da Escola de Mistérios do Olho de Hórus e no segundo caso ela será trabalhada pelos participantes e pesquisadores de Dakila.

Mas, em Saqqara a frequência de luz/cor mentalmente mais sintonizada foi na sutil vibração do azul e em Zigurats será na frequência de luz/cor vermelha, energia de frequência mais densa para realização no mundo físico.

No Monumento Escalonado existirá uma “torre” central provavelmente espelhada e um “vazio” entre a ela e o restante de sua estrutura, com as dimensões de 9,90×9,90. Na pirâmide de Saqqara existiu também um poço na vertical com essas mesmas dimensões, o que é visto até hoje.

Mas, aí está uma outra diferença no uso destas duas construções. Em Zigurats a energia será no sentido ascendente e em Saqqara foi no sentido descendente – o inverso do reverso.

A sala 09 localizada no 9º andar do Monumento em Zigurats estará ligada à frequência de transformação e de ascensão, portanto ela será fundamental aos pesquisadores de Dakila como fonte inesgotável de informações e conhecimentos, para que já de posse deles possam dar seu salto quântico.

Também na sala 09 acontecerão materializações e desmaterializações e ainda, como nela vibrará a frequência dos portais, ela funcionará como uma porta de entrada para os multiversos, o que possibilitará verdadeira comunicação com seres mais evoluídos dos mundos paralelos.


Imagens de Dakila Pesquisas

O Monumento Escalonado em Zigurats será a “catapulta vibracional” para o participante e pesquisador de Dakila. Esta construção como está sendo construída significará a liberdade para que ele trilhe o caminho, que o tornará ser universal.

Ele terá neste monumento mais que um símbolo físico, terá condição mental para alcançar sua ascensão aos mundos de vibração mais acelerada. Ascensão que ele irá gradativamente alcançar em cada uma das etapas desta construção, andar por andar até chegar à sala 09, se este seu acompanhamento for feito pela “visão” da mente e do coração.

Como em Saqqara a pirâmide e sua contraparte subterrânea funcionaram como uma máquina quântica, o Monumento Escalonado em Zigurats também assim funcionará, com suas salas em várias frequências. Sala dos mistérios, sala do conhecimento, sala dos que já ascenderam e que poderão momentaneamente se tornarem densos ao se plasmarem, entre vários outros compartimentos com suas respectivas frequências.

Ainda, nesta construção salas escuras serão adaptadas para que nela os participantes de Dakila gerem ou potencializem a energia taquiônica e com ela plasmem símbolos e assim, poderão plasmar aqueles de suas “Placas” como frequências ativas, para os próximos 13 mil anos.

O Monumento Escalonado em Zigurats será a primeira construção piramidal, com porte e finalidade que está sendo erguida depois do diluvio. Ainda, a primeira construída pelas criaturas seres humanos e não pelos criadores seres de outros mundos considerados deuses por povos de culturas mais antigas.

Esta construção estará relacionada a esse novo momento da humanidade, que se desperta para tecnologias associadas às novas informações e aos novos conhecimentos, que estimularão a aglutinação de mentes brilhantes, inovadoras e criadoras, que buscam o verdadeiro sentido vibracional da frequência prosperidade e com ela o poder da verdadeiramente realização.


Imagem de Dakila Pesquisas

O Monumento Escalonado em Zigurats ajudará aqueles que assim desejarem, a gerarem outro padrão mental, portanto ali se converterá em um gigantesco polo que irá produzir a prosperidade não só a material como é comumente entendida, sobretudo irá gerar a real prosperidade, que é apenas percebida por aqueles que pelo seu conhecimento e sua sabedoria já se iluminaram.

Mas, mesmos estes em seu início ao buscarem o sentido da verdadeira prosperidade, travaram consigo mesmos uma batalha questionadora, para chegarem a entender, perceber e aceitar, o que para eles hoje já não é mais suposição, mas uma compreensível constatação.

Nesta sua transição foram em seu dia a dia vivenciando-a por etapas, vibrando em outra frequência mental, “reestruturando” seu campo de energia e alcançando outro nível de consciência, para só assim pudessem aceitar, o que para eles é agora tão diferente do que antes entendiam.

Aqueles que ainda não conseguiram atingir esse nível de consciência, irão realizar no Monumento Escalonado atividades mentais em algumas de suas salas, para que possam “acender sua luz interior” e dessa forma alcançarem outro nível de entendimento, de percepção e de consciência.

Como ainda mostra até hoje no complexo de Saqqara com sua pirâmide e sua contraparte subterrânea, também no subsolo do Monumento Escalonado em Zigurats existirão salas (espaços) totalmente escuras, onde serão trabalhadas a glândula pineal daqueles que buscam alcançar mais rapidamente a habilidade mental da percepção, projeção mental, experiência extrafísica e interação com mundos paralelos, entre outras habilidades, mas que buscam antes de tudo, alcançarem em seu processo mental de interiorização a auto iluminação.


Imagens de Dakila Pesquisas

Já erguido 1/3 acima de sua base o Monumento Escalonado em Zigurats, terá uma sala muito especial, que em um determinado ponto dela acontecerão interações especificas com os ascensionados, com aqueles que já se foram e se encontram ainda com certa limitação vibratória, mas que agora poderão ser ajudados.

A frequência de vibração deste monumento será estendida a todos, que usufruirão das atividades nele desenvolvidas, permitindo-lhes que mais rapidamente despertem-se e interajam conscientes com as realidades paralelas e, possam de maneira mais rápida e de diversas formas, despertarem também  os demais, mesmo que seja por ressonância.

Deste monumento vibrará um extraordinário potencial transformador de vidas e gerador de infinitas possibilidades. Sua principal função é disponibilizar conhecimentos diversos para todas as pessoas sem exceção, para que elas consigam alcançar a compreensão “do “além”, mesmo com informações do “aquém”, mas não mais distorcidas, emocionalmente enfeitadas ou sofridas como já vêm sendo passadas há milhares de anos.

Todos os universos se beneficiarão também do Monumento Escalonado em Zigurats, porque ele está sendo construído como tecnologia em frequência estabilizada, que somente daqui a milhares de anos a ciência humana começará estuda-la.

O Grande Monumento que está sendo construído em Zigurats, quando parte dele já estiver concluído ou, 1/3 a partir de sua base, será impulsionado pelo vórtice do Analema Solar, que sobre ele se mostrará como a “Estrada ECP19”. Também no complexo de Saqqara eram realizadas atividades voltadas “aos cultos solares”.

Como já foi antes mencionado, com sua forma de um asterisco “delineando” a planta da Cidade Zigurats, o Analema Solar, com seu giro do Norte e com seu giro do Sul formando um cruzamento no caminho do Sol, centralizado sobretudo no Monumento Escalonado, irá gerar um vórtice de energia imensamente poderoso sobre este monumento, que funcionando como a “Estrada ECP19”, favorecerá através dele transição e comunicação entre as realidades paralelas.


Imagens de Dakila Pesquisas

O ser humano está sempre em sua busca de conexão consciente com seu deus interior, em sua sintonia com sua essência divina como sua expressão de Luz Viva ou de Deus nele vibrando.

E para lhe auxiliar nesta sua conexão, o Monumento Escalonado em Zigurats, que está sendo erguido em sua forma escalonada e dentro da Matemática e da Geometria Universais, irá lhe permitir que alcance frequência mental mais acelerada e outro nível de consciência, para que possa mais rapidamente conectar com seu Cristo Interior.

A atividade cerebral é potencializada através de concentração, que gera energia ou a força que é aplicada à realização do que se deseja e sendo ela cada vez mais intensa, a realização deste desejo se dá mais rápidamente.

Já a frequência é na atividade cerebral a quantidade de oscilações ou de ciclos por segundo do pensamento (em 0,3 hertz), que somada e potencializada à concentração, proporciona através da energia taquiônica o “milagre da tecnologia mental”.

“Milagre” em irdin significa aglutinação e potencialização de um todo (mundo ou mundos), através de todas as partículas nele contidas em suspensão, que podem ser controladas e manipuladas na frequência de 0,3 hertz, para a realização. Para a criação, materialização.

No ser humano a frequência de 0,3 hertz vibra como a frequência de Deus, que Dele cada um é sua partícula cocriadora, mesmo que o ser humano assim não perceba e assim não proceda.

Como já foi antes mencionado, quando o Monumento Escalonado em Zigurats já estiver construído a 1/3 de seu ápice, acionará todas as pirâmides do mundo, mesmo aquelas ainda não achadas, quando então será restaurada por todos os cantos do mundo, a grande rede de comunicação da malha eletromagnética.

No Monumento Escalonado com sua arquitetura “desenhada” pelos mundos paralelos de acordo com Princípios (Leis) Universais, nele a frequência 999 vibrará como a frequência dos sábios ou, daqueles que já se tornaram sábios de si mesmos e que procurarão tornar os demais também sábios, para que todos já livres da frequência anterior do 666, tornem-se verdadeiramente senhores do mundo.

Senhores de um mundo que nele se exercitarão com a verdadeira sabedoria, mostrando-se como exemplos. Mostrando-se possuidores dos sentimentos de respeito, compreensão e compartilhamento e não mais dos sentimentos de discriminação, maquiavelismo manipulador, posse, orgulho e egoísmo, entre outros sentimentos deletérios, que não ajudam à somação, à união e à realização.


Imagens de Dakila Pesquisas

Em um espaço escuro no subsolo do Monumento Escalonado em Zigurats, a glândula pineal será impulsionada com pulsos eletromagnéticos através da precisa frequência de 0,3 hertz, para aqueles que estiverem neste recinto gerem frequências mentais nesta vibração neutra e alcancem a auto iluminação.

Esta construção carregará nela um extraordinário potencial transformador de vidas e gerador de múltiplas possibilidades, disponibilizando informações e conhecimentos.

O complexo de Saqqara com sua pirâmide e sua contraparte subterrânea foi construído em 03 etapas para gerar energia na frequência de 0,3 hertz, o que até hoje gera ainda um pouco. Foi por este motivo que os pesquisadores de Dakila enterraram ali seus artefatos mentalmente vibrados por eles,

Também o Monumento Escalonado em Zigurats quando já estiver com seus 03 pisos prontos, irá também gerar energia taquiônica.na frequência de 0,3 hertz. Energia que nesta frequência proporcionará àquele que ali estiver, o prolongamento de sua vida, sutilizando seu corpo físico através de sua própria tecnologia mental.

Façanha que para ela se destacará a mulher pela sua atividade cerebral, que é muito mais diferenciada que a do homem, ela com 37 canais mentais e ele apenas com 18 canais mentais.

Portanto, a possibilidade do uso da “tecnologia mental” ou do poder mental de criatividade pelas mulheres é mais do que o dobro a dos homens. Esta tecnologia é nelas muito mais acentuada e se dá de forma automática, principalmente neste novo tempo que já se iniciou (a partir do dia 22 de dezembro de 2012), início da era dourada e da energia feminina.

Mas, sendo o processo evolutivo individual, ele se dá pelo esforço de cada um, seja mulher ou homem. Dá-se pelo seu caminhar dentro das Três Linhas da Vida, ao se perseverar mais na Linha B ou do Meio e se distanciar tanto da Linha A ou negativa, quanto da Linha B ou positiva, para que ela ou ele já possuindo equilíbrio emocional e gerando sentimentos de harmonia, torne-se sábio de si mesmo.

Ela ou ele vai se tornando um vencedor, vai “vencendo o mundo” e, já alcançando sintonia mental à frequência de vibração do caduceu, alcança também sua condição de super-humano.

Perseverar na frequência mental de neutralidade, que está em ressonância à frequência de 0,3 hertz também neutra, aquela ou aquele que assim procede com sentimentos de respeito, compreensão e amor traduzidos por procedimentos de sabedoria, ela ou ele ilumina literalmente seu campo de energia (biomagnético) e com esta sua luz interior, vai iluminando também os demais ao seu derredor.


Imagens da Internet e de Dakila Pesquisas

O Monumento Escalonado em Zigurats não se mostrará apenas como local de manipulação de energia através de frequência mental, se mostrará também como um local onde será exercitada a ciência do futuro, a Ciência Lilarial que será deixada como legado às gerações futuras.

Ciência que no complexo de Saqqara já era ensaiada alguns milhares de anos atrás, mas com seu desuso com o passar do tempo pelo deslocamento da malha eletromagnética que envolve a Terra física, quase todo o conhecimento se perdeu. Mas a utilização da energia taquionica será novamente utilizada no Monumento Escalonado em Zigurats, através de informações e de conhecimentos passados pelas realidades paralelas.

Esta construção quando estiver erguida aqueles que ali estarão mentalmente, em atividade e, se suas ondas cerebrais estabilizarem na frequência de 0,3 hertz, eles poderão manipular todas as partículas em suspensão ao seu derredor, para materializar objetos e alcançar com este feito a condição (mental e vibratória) de super-humanos.

Poderão ainda nesta frequência mental impulsionando a glândula pineal através de pulsos eletromagnéticos em 0,3 hertz, alcançarem interações com seres de outros mundos, como os das 49 raças.

Seres de raças que não são somente físicos, mas também extra físicos e sublimados, mostrando-se com suas silhuetas luminosas através de matéria diferente, das que a ciência hoje conhece.

Filmes de ficção cientifica como o filme Spectral quando inteligentemente produzidos com recursos eletrônicos mais recentes e com seus enredos igualmente inteligentes elaborados através de consultas, de pesquisas sobre o que já é verdadeiro no mundo real, estes filmes mesmos sendo ficções ou, resultados da imaginação daqueles que os produzem, ainda sim, trazem quase sempre em seu bojo uma verdade velada.


Imagens da Internet

Hoje no mundo real aqueles que buscam cada vez mais informações e conhecimentos voltados às realidades paralelas, que com elas já interagem conscientes, podendo até filmar ou fotografar o que delas se mostra, conduzem-se apenas pelo o que é constatado na realidade física.

Os olhos funcionam como a “porta de entrada” e de conversão da luz em sinais elétricos. Por isso, a lente de nossos olhos não tem a função de captar e, sim, de receber a informação que vem do cordão ótico e então, que a transforma em imagem para o cérebro.

A luz é uma radiação eletromagnética que pode ser descrita como uma onda de energia, que é proporcional a sua frequência. E assim temos os diferentes comprimentos de onda, desde às baixas até às altas frequências.

O ser humano vive em um mar turbulento de ondas eletromagnéticas, mas dele tem consciência ou “enxerga” apenas uma pequena e estreita faixa, o correspondente, apenas 2% da luz chamada de “visível”, que é a quantidade de energia que excita os pigmentos dos seus olhos.

Sua retina não apenas repassa os padrões claro-escuro que incidem sobre ela, mas também extrai informação a respeito das diferentes facetas da imagem visual. Aquilo que o ser humano percebe do mundo ao seu redor, depende não só da informação extraída pela sua retina, mas também de como ela é analisada e interpretada pelo resto de seu sistema nervoso central.

Um grupo de pessoas observando “algo luminoso” no céu, na mata ou em qualquer outro lugar, cada um vê tonalidades diferentes de uma cor. Isso acontece em função das informações extraídas pelos diferentes tipos de fotorreceptores no cérebro, que cada um através deles sintetiza de alguma forma um verdadeiro arco-íris de cores e preenche seu mundo, “colorindo-o” com diferentes cores e tonalidades.

Como cada um enxerga diferentemente uma coisa, é bem provável também, que esta é uma das razões de alguém ter muita facilidade de perceber, “ver fenômenos” das realidades paralelas e um outro nem tanto.

Os olhos dos seres humanos são uma máquina perfeita para captar realidades paralelas, mas se eles ainda não captam todas as nuances destes mundos invisíveis, é pela falta de treinamento, de exercitação dos bastonetes em suas retinas. São seus olhos treinados e suas mentes aguçadas que os permitem compreender as imagens destas realidades, para depois efetivamente poder “enxerga-las”.

O invisível é aquilo, que os olhos humanos na condição física normal não conseguem enxergar. Mas, não é porque ele não é enxergado, que ele não exista.

É difícil distinguir as cores no escuro, se apenas os bastonetes estão ativados.  O pico de sensibilidade para os bastonetes ocorre em um comprimento de onda de aproximadamente 505 nm., assim nesta frequência quando é percebido algo, normalmente ele é com tonalidade verde-azul.

Esta tonalidade que os participantes de Dakila, no antigo Projeto Portal e ainda no início de suas interações conscientes com as realidades paralelas, o chamavam de verde-néon.


Imagens de Dakila Pesquisas

Não há barulho algum na vegetação nativa, como se o tempo tivesse parado. Entretanto, percebe-se algo diferente na vegetação movimentando-se, sem identificar o que é, qual sua origem, para logo depois perceber apenas uma silhueta ou um espectro e a seguir “algo”, aproximadamente com 1,40m, falando com uma voz fina semelhante à de uma criança, mostra-se com sua imagem translúcida, mas uma imagem real que desafia o entendimento.

Este “fenômeno” ao se mostrar indo do translúcido ao denso, ele acontece em função da percepção visual humana, quando os olhos às vezes enxergam mais, outras vezes menos.

E este enxergar e este escutar são resultantes de vibrações oscilantes, que são provenientes do som e da luz “entrelaçados” em uma “condensação”, que recebe o nome de matéria, quando então através dela pode-se perceber a presença de “algo” normalmente não visível, hoje identificado como “Bilu”.


Imagens de Dakila Pesquisas

O ser humano ao acordar pela manhã e abrir a janela para ver os raios do Sol, que agora inundam seu quarto de luz, é para ele uma emoção de suave alegria e felicidade, mas é também um momento que ele constata através de seus olhos a presença da luz, tanto em sua forma mais densa (janela), quanto em sua forma mais “translúcida” (raios do sol). O olho humano possui a capacidade de transformar impulsos luminosos em diferentes visões.

É desta maneira que o ser humano enxerga, nada mais que isto. As partículas de luz que não têm massa são os fótons, quando eles passam pela córnea, cristalino, humor vítreo e atingem os cones e os bastonetes na retina de seus olhos e, eles atravessando-a, chegam à camada dos fotorreceptores, que nela realizam uma reação química e transformam a luz (fótons) em impulso nervoso via nervo ótico até chegar ao cérebro, fazendo com que ele enxergue.

Mas, para que o ser humano entenda a imagem que está vendo, este entendimento já é em outra parte de seu cérebro. É através de um mecanismo complexo e fantástico, quando também entra em cena a identificação das cores, através de três tipos de células especializadas para o vermelho, azul e verde. Estas três cores em junções geram estímulos luminosos, que fazem que ele enxergue, identifique todas as outras cores.

Não são os olhos que veem, é o cérebro e, por esse motivo não é o ser humano que de fato “enxerga”, ele apenas “projeta” as imagens. E, para que ele projete imagens novas e diferentes, como as que alcançam as realidades paralelas, o primeiro passo é ele treinar seus olhos.

Para ele alcançar a capacidade de percepção visual ou, de mentalmente “ver”, vai depender de como os “fotorreceptores” em seus olhos estão sensíveis para perceber as diferentes frequências luminosas, como as dos espectros luminosos (translúcidos),

Uma frequência diferentemente translúcida está em vibração mais alta e, se ela estiver emitindo frequência sonora, ela estará paralelamente vibrando pela escala musical com notas também mais altas e mais agudas, como se mostra e se comunica nesta frequência a Energia Consciente e Translúcida identificada como “Bilu”, que comunica com uma voz semelhante à de uma criança, o que no início o auxiliou em suas interações com os contatados, que diminuíram o medo do desconhecido, ao compararem inconscientes a sua presença, à presença de uma criança humana.


Imagens de Dakila Pesquisas

A construção da percepção visual é feita por meio de interferências, que inconscientemente o ser humano faz sobre o mundo em sua volta. Assim, ele comumente não se dá conta, que grande parte do que ele percebe em seu cotidiano, é uma construção ativa de seu sistema nervoso. Ele deve continuar a ter noção de visão, mas desconstruindo a percepção de realidade, a partir do que ele julga vê apenas no mundo físico.

Frequências de ondas que não são acessadas comumente pelo ser humano, constituem em torno de 98%, mas ele pode exercitar seu aparelho visual para esta percepção e “ver” (mentalmente) estas frequências mais sutis.

Frequências essas que possuem densidade de massa menor que a do ser humano com seu corpo físico, mas possuindo conteúdo energético maior, que poderá ser percebido/”visto” por ele, se exercitar mentalmente nas faixas mais altas além do espectro da luz visível.

Neste intento a glândula pineal localizada acima e atrás das camadas ópticas, em seu cérebro, é estimulada através de seus cristais de apatita, para detectar o comumente invisível.

Os cones e os bastonetes na retina permitem uma visão colorida em qualquer intensidade de luz. Devido à natureza das ondas eletromagnéticas e suas interações com o ambiente, é possível o sistema visual do ser humano extrair informação a respeito do mundo que o cerca, mas a dificuldade está como conseguir isso, como potencializar esta capacidade de percepção como uma “visão mental”.

Aquele que vai exercitando as pontas de seus dedos da mão, para que funcionem como receptores, atritando-as no escuro com certa frequência em um plástico duro, por exemplo, ele vai dando estímulo e comando mental ao seu cérebro, para que surja energia eletrostática e ainda em várias cores

É um treinamento físico-mental para que seus fotorreceptores captem frequências mais altas e ao capta-las, perceba ou “enxergue” melhor, os fenômenos que são invisíveis para a maioria das pessoas.

A luz direta do sol pode dificultar o ser humano em sua percepção das realidades paralelas, já que esta luz ofusca sua “visão”. Assim, o seu treinamento em locais com sombra lhe favorece, porque o entrelaçamento entre luz e sombra lhe auxilia perceber melhor as imagens destes mundos. Este treino deve ser feito um pouco antes do sol nascer ou, um pouco antes dele se pôr, porque neste momento o jogo de luz e de sombra fica mais evidente.


Imagens de Dakila Pesquisas

Consciências de outros mundos e de realidades paralelas como as 49 raças, se estão também compromissadas com o estabelecimento de um novo tempo, com o renascer da era dourada na Terra, elas têm objetivos muito maiores, do que simplesmente se mostrarem.

Elas procuram desafiar o ser humano, para que este amplie sua “visão mental” e possa com ela alcançar a percepção de outras realidades, vendo não só o denso, mas também percebendo o translúcido e assim, dar seu salto quântico.

Ele deve aprender ir além do que comumente se vê, como um entrelaçamento entre a imagem captada e a sua interpretação no cérebro, para só assim “enxergar” além do que é comumente visto.

Este alcance mental é uma das chaves da evolução da raça humana, daquele que já está se tornando super-humano, ao acelerar a frequência de seu campo energético (biomagnético) como também ao acelerar todas outras demais frequências, em uma inserção que possa com ela, se perceber em outro padrão de vibração mental e de ressonância com o universo.

Uma coisa é o ser humano perceber ou “ver” as frequências e outra coisa é ele formar ou imaginar uma imagem dessa frequência. Às vezes ele pode até sentir as frequências, mas não mentalmente “enxerga-las”, porque ele precisa ter de fato a “3ª visão” ou a percepção mental realmente desenvolvida.

A Frequência Energética que se identifica como “Bilu”, originada da Constelação Pégaso, sem mais os limites humanos de tempo e de espaço, esteve presente durante a construção da pirâmide de degraus em Saqqara, como está agora presente durante a construção do Monumento Escalonado em Zigurats.

Às vezes alguém pode “ver” através de sua “visão”/percepção mental esta Energia Consciente à sua frente conhecida como “Bilu”, “vendo-a” de maneira translúcida e bioplasmada como que se compondo com a vegetação e ainda a escutando, porém não consegue registrar sua imagem mesmo através de filmadora com o recurso de ultravioleta, o que só acontece pela sua vontade, ao mudar sua frequência de luz vibracional para luz física visível.

Mas, se acontece este registo fotográfico, ele não se dá sem motivo, tem o objetivo de despertar alguém à uma frequência mental mais acelerada e compatível às interações com as realidades paralelas e paralelamente ainda, com o intuito de desperta-lo para um outro nível de consciência, com este acontecimento que é mágico e ao mesmo tempo de espanto.


Imagens de Dakila Pesquisas

As vezes em instantâneos fotográficos especiais a Energia Consciente “Bilu” comumente não fisicamente visível se mostra, podendo então ser vista bioplasmada/”entrelaçada” à natureza, “confundindo-se” com a vegetação nativa do local.

E em sua frequência de vibração e com as habilidades de um gênio (djinn), este ser pode também bioplasmar a forma que deseja e ainda interagir com uma pessoa através de seu campo biomagnético e com ela gerar frequência mental de sintonia, para que ela o represente.


Imagens de Dakila Pesquisas

Este novo tempo que é chamado também de era dourada, não deve ser percebido apenas o dourado da abundância física, do poder pecuniário do ouro físico, com seu sentido de “ter”.

Mas, deve ser percebido também associado à sutil energia dourada irradiada da essência de cada um, de sua luz interior que deve cada vez mais ser exteriorizada pela sensibilidade, que traz a real percepção do que é “espiritual”, com seu sentimento de “ser”.

Aquele que já descartou de si sentimentos ambíguos, ele já possui a percepção que é a ocasião de dar seu salto quântico, de extrapolar mentalmente da frequência de terceira dimensão geradora de sentimentos conflitantes/antagônicos próprios do mental concreto (3ª camada do campo biomagnético), e do mundo da dualidade “orquestrado” pelos sentidos comuns.

É o momento para que ele dê seu salto quântico e alcance a frequência de quinta dimensão, gerando sentimentos mais plenos de consciência, mais “espiritualizados” com a percepção do sentido de unidade própria do mental sutil (5ª camada do campo biomagnético) – Do texto, Ciência Lilarial: Energia Suprema, Ondas modulares, neste Site.

A nova era não será mais dos ditames de 10 mandamentos, com orientações que foram necessárias àquelas consciências ainda incipientes ou àquelas com o pensar e o proceder ainda brutalizados, próprios de seres que no plano Terra acabaram de sair das cavernas.

Este novo tempo que se inicia, é daqueles que já estão em outro nível de consciência e que se conduzem em sintonia mental e emocional por Princípios (Leis) Universais.

Para que se destaque nesta era que agora se inicia, Zigurats como a “Perola do Universo” está sendo construída para que possa literalmente irradiar sua luz para o mundo, através da energia mental que nela será gerada. Energia vivificada pelos seus participantes e potencializada no Monumento Escalonado, que está sendo ali construído dentro da Matemática e da Geometria Universais.

Zigurats será no plano físico, o legado que ficará para as gerações futuras. Portanto, é evidente a importância de sua construção e, principalmente do Monumento Escalonado que deve ser o quanto antes erguido, sem mais protelação.

Zigurats e o Monumento Escalonado são respectivamente o corpo e o coração e, este último ao pulsar dará vida ao primeiro, com sua vibração ecoando por toda a Terra e dela para o universo.

Aqueles que têm realmente a consciência da importância do funcionamento desta vibrante e viva “tecnologia mental”, devem ter também a noção que os recursos que estão sendo direcionados para sua construção, não devem ser desviados para outras edificações em outros locais. Zigurats física já deveria estar proporcionando condições mínimas, àqueles que desde de agora procuram ali residir.

Aqueles que em Dakila estão com compromisso na construção da era dourada em seu sentido mais pleno e mais verdadeiro, eles são donos apenas destas suas responsabilidades e nada mais.  Cada um deles pelo tanto que já obteve dos mundos paralelos, será medido e cobrado pelas Leis Universais,

O universo tanto conspira a favor quanto contra, dentro da mesma “magia de neutralidade” ditada por Leis Universais. Aquele que irradia de seu campo frequências que estão fora de sincronia às ondas modulares, ele as ajusta ou então o universo age por ele, descartando-as.

Na ausência de sintonia às ondas modulares, o pensamento daquele que assim se mostra, o leva às vezes sem perceber às atitudes de desequilíbrio ou fora de padrões, ao se mostrar mental e emocionalmente em desarmonia, inclusive, protelando e não construindo, o que de fato já deveria ter sido construído.


Imagens de Dakila Pesquisas

 “Vocês não sabem a força que possuem, não têm ideia do que está acontecendo com vocês neste momento. Diga a todos que parem, reflitam, pensem. Vocês não estão dando valor às coisas que possuem, não estão percebendo o quanto o universo está a favor de vocês. Estão deixando passar uma grande oportunidade e assim poderão nunca mais ter esta mesma chance, pois o tempo passa” – 49 raças.

  

Fontes de consulta
Zigurats / Pirâmide / Transmutação – Portal Pegasus
Analema Solar/“Estrada ECP19” /Realidades Paralelas – Portal Pegasus
Dakila Pesquisas

Translate »