Postado por

Nave Mãe

Nave Mãe
Print Friendly

Após atividade do “despertar das habilidades adormecidas” realizado no Morro dos Arquivos em 16 de julho de 2006, às 05h00min, na Fazenda Boa Sorte localizada no município de Corguinho/MS-BR, dois Pólos Irradiadores de Energia exteriorizaram um imenso corpo, que na sua forma discóide com aproximadamente um mil duzentos metros de diâmetro deslocou pelo firmamento a novecentos metros de altura. Durante quatro minutos, sem considerar o período em que ele ficou parado no céu, este gigantesco corpo que a partir daquele momento começou a ser chamado de “Nave Mãe”, foi visto por setenta e sete pessoas que estavam presentes naquele local, além de outras pessoas da região que estavam um pouco mais distantes. Este imenso corpo já no final de seu aparecimento, ele após uma subida quase vertical seguiu em posição horizontal e lentamente na direção oposta de onde surgiu, sumiu no horizonte.

As imagens desta página foram tiradas de um filme fornecido pelo Projeto Portal e os intervalos entre elas são apenas de um trinta avos de segundo. Estas imagens foram colocadas seguindo uma seqüência, que permite observar a maneira como surgiu este gigantesco corpo no céu, foi semelhante à maneira como ele sumiu. Nos doze parágrafos abaixo as imagens deste aparecimento estão apenas com os recursos computadorizados de ampliação e de uma melhor iluminação. 

 

1 – Esta imensa “nave” que passou ser chamada de “Nave Mãe” possuía em suas extremidades dois núcleos, um “criador” que polarizava e potencializava e outro “gerador” que pulsava em sintonia às Leis próprias para o universo físico, que se manifesta (vibra) na bipolaridade.



2 – Este grande corpo se mostrou como “duas luzes fortes”, que no inicio pareciam aparentemente estáticas no horizonte, confundindo-se com as estrelas. Mas, logo que a atividade do “despertar das habilidades adormecidas” foi concluída, elas subindo no firmamento foram aumentando de tamanho e de intensidade. E, conforme movimentavam deixavam impressão que estavam ligadas, porque a distância entre elas era sempre a mesma para aqueles dimensionais que as observavam no Morro dos Arquivos – tanto no Platô como nas Marcas.



3 – Começa um novo tempo para este planeta e seus habitantes. Neste novo ciclo natural da Terra a primeira grande transformação será no corpo humano, quando os átomos que o constituem serão aumentados e re-arranjados para facilitar uma melhor sintonia do ser humano com o universo – e, através dele uma melhor interação com a Consciência Crística Entrante. 




4 – A “Nave Mãe” para se mostrar no céu da Fazenda Boa Sorte teve o auxilio vibracional direcionado dos dimensionais que estavam ali presentes. O objetivo destes dimensionais e também dos demais ausentes daquele acontecimento, é o de atingir níveis mentais compatíveis com as mudanças vindouras e necessárias à uma nova etapa evolutiva físico-mental e emocional-comportamental da humanidade.




5 – A “Nave Mãe” foi a grande condutora que trouxe o ultimo grupo de dimensionais em 4.004 a.C. Agora, novamente presente no plano físico terreno a sua finalidade é inversa. É recolher estes dimensionais que vindo de um mesmo “Pedaço” – de uma mesma “Energia”, estão aqui por auto-escolha com o intuito de realizarem o compromisso firmado consigo mesmo, com as quarenta e nove raças e com o universo.




6 – Os seres humanos – e também dimensionais, já possuem o padrão evolutivo para que possam se conduzir, tendo a consciência que são senhores de si mesmos. Eles vivem um momento especial de parceria com inteligências de outras realidades, que os auxiliam dentro do Conhecimento Universal se direcionar a Luz Central – a Deus, na medida em que vão acessando conscientes outros planos de existência.




7 – Com a energia da kundalini em seu frontal já como energia vibracional ativa, o dimensional do Projeto Portal vem a tempo aprendendo manipulá-la como freqüências multivibracionais, para que possa dentro de Leis Universais fazer o seu retorno, já transmutado e novamente inserido no “útero” da imensa “Nave Mãe”.



8 – Para que o vórtice eletromagnético (“portal”) formasse e permitisse através dele exteriorizasse (mostrasse) o imenso corpo da “Nave Mãe”, foi necessário que os dimensionais que estavam naquela ocasião na Fazenda Boa Sorte em atividade do “despertar das habilidades adormecidas”, alcançassem antes a necessária freqüência mental-vibratória, para que com ela e utilizando de sua própria malha eletromagnética (kundalini), pudessem interagir com a Malha Cósmica. Esta “somação vibratória” que os permite interagir com o universo físico e através dele interagir também com as realidades paralelas. 


9 – A densidade da terceira dimensão normalmente bloqueia no ser humano a sua percepção e a sua disposição para os conhecimentos não relacionados à leitura dos seus cinco sentidos, portanto o dificulta no desenvolvimento de suas habilidades extra-sensoriais. Entretanto, na Era de Aquário que está agora iniciando, tudo relacionado à natureza mundano-corpórea passará por uma formidável transformação, para que o ser humano harmonizando com o universo – com o seu corpo maior, tenha em uma freqüência mental mais acelerada uma maior compreensão de si mesmo e das realidades paralelas.


10 – O ser humano e dimensional em sua condição de “o observador” que leva em conta o princípio da ordem cósmica, ele sabe que tudo está ligado, portanto que existe uma profunda união entre ele e o universo, que sendo um conjunto de todas as coisas, eventos e processos, é um “sistema de sistemas.”


11 – O dimensional pesquisador sabe que ele não vive mais em um universo puramente físico. Ele já tem consciência do universo simbólico e nele o papel da mediação se faz através da informação, que busca o entendimento com “a linguagem” (o conhecimento) dos caracteres com os quais está escrito, com “a linguagem” matemático-geométrica.


12 – O dimensional do Projeto Portal que busca uma nova visão da realidade, ele já percebe de forma mais consciente a sua conexão pela mente e pelo coração com o universo, ao se deixar conduzir em ressonância com as Leis Universais, Ele já sabe que pela função cérebro-mente está automaticamente integrado no universo físico, mas que deve sair da passividade de estar apenas materialmente nele como extensão física e agir através da dinâmica (positiva) de seu poder transformador de Co-criador.

Translate »