Postado por

Os Dimensionais e as 49 Raças

Os Dimensionais e as 49 Raças
Print Friendly, PDF & Email

O ser humano dimensional e cocriador é especial – ele é pela sua essência divina um “semideus”. Em sua busca neste seu “redescobrir divino” já é capaz de sintonizar consciente com realidades paralelas, para utilizar de suas tecnologias e, entre elas o magnetoide, que é multivibracional, que emite frequência de luz/cor vermelha, que interage com o seu campo bioenergético, que se densifica em uma substancia pastosa de luz/cor amarelo-esverdeada e que ao ser consumida ativa “o percentual de deus” (da alma) normalmente mesclado em seu corpo físico.

Nestas suas interações as informações que ele está cada vez mais adquirindo, elas estão lhe proporcionando percepção bem clara das realidades paralelas, de outras Leis que regem estes mundos mais harmônicos, não mais ao alcance da compreensão do homem comum ou planetário, que ainda necessita de Leis em função de antagonismos e de conflitos, com os quais vivencia em seu dia a dia.

Quando o dimensional reúne-se aos outros em suas atividades vibracionais (de campo) e que nelas lhe são passadas tecnologias das realidades paralelas, ele neste momento pode se identificar dentro de três frequências mentais:

– como aquele que precisa realizar fenômenos para puxar o máximo da energia desta tecnologia;

– como aquele que não precisa do fenômeno, mas precisa de ativações;

– como aquele que não precisa do fenômeno, nem da ativação, mas de ajuste vibracionais feitos pelas realidades paralelas (banho de luz, de prótons e elétrons, etc.).

Cada ser humano dimensional tem uma expectativa, possui uma frequência mental e compromisso não só em relação à sua vida humana, mas também em relação às realidades paralelas. Cada um é um polo energeticamente gerador e criador e se está aqui, é com o sentido de gerar outro padrão mental. Entretanto, a parte mais difícil para ele já passou, ao adquirir outro nível de consciência e se direcionar para uma nova maneira de pensar e de agir, inclusive, de corretamente se alimentar. Assim, ele está agora podendo se favorecer até fisicamente com varias biotecnologias, que as 49 raças já puseram e que ainda continuarão pondo à sua disposição.

O dimensional consciente de sua verdadeira realidade vibracional e do porque de sua presença neste planeta deve-se pautar com firme propósito e com profunda convicção, cooperando para o surgimento de novos padrões de comportamento, introduzindo novos valores através de novos pensamentos e de novas atitudes em ressonância com a atual Era de Ouro – Era do Dourado.

Este novo ser humano que já começa dominar a matéria, ele deve aprender também e, antes de tudo se doar, colocando-se na Frequência da Lei Maior – da Lei do Amor Universal, porque só quando ele vibra nesta Frequência, só quando ele trilha este caminho de Fraternidade e de Somação que ele Unifica-se e ele torna-se mais divino, como já foi dois mil anos atrás grandiosamente ensinado para ele na aparente simplicidade de uma frase: “amai o próximo como a si mesmo”.

 

Pepitas de ouro materializadas por um grupo de nove dimensionais, em Belo Horizonte/MG-BR, no dia 16 de abril de 2006.

 

O Projeto Portal não é apenas um espaço físico – ele é constituído por todos os dimensionais que nele atuam – que nele pensam e agem levados pelo seu compromisso. E, para isto, precisam ter união, direcionamento e objetivo com todos se somando e se percebendo com a mesma importância em relação ao que almejam.

Mas, das realidades paralelas vêm sinalizações, que já chegou o momento para cada um caminhar com as suas próprias pernas, propagando e,… Realizando…

O dimensional consciente não deve mais ficar dependente, como muitos eram antigamente, quando sem ainda terem acordado para a sua verdadeira realidade multidimensional, não possuíam iniciativa própria e necessária aos verdadeiros líderes. Em outra frequência mental, se escondiam medrosamente (tangidos pela noção de “pecado”) atrás de lideranças religiosas de vários matizes e ainda, quando ficavam como hipnotizados em verdadeira atitude de adoração às imagens religiosas, situação que não mais coaduna com aquele que já alcançou de maneira verdadeiramente consciente nível de sintonia e de interação com seres das realidades paralelas, que não concordam faça o mesmo em relação a eles.

Todos os dimensionais possuidores de alma, portadores da Luz, são cocriadores – são “deuses” em potencial, portanto eles devem vivenciar realmente esta sua condição mental, vibracional e divina com a responsabilidade devida, que nenhum outro pode desempenhá-la para eles… Então, que cada um procure alcançá-la.

—————————————

49 raças – seres sutis (divinos)

Os seres das 49 raças que além da realidade física vêm acompanhando e direcionando os dimensionais conscientes e atuantes em função de seu compromisso cósmico, eles têm a sua origem vibracional em vários pontos de referencia no universo físico, que através deles se identificam e que estão abaixo enumerados e também mencionados:

1. Águia; 2. Aldebaram; 3. Altair; 4. Andrômeda; 5. Antares; 6. Aquárius; 7. Arcturos; 8. Baporu; 9. Cão Maior; 10. Capela; 11. Capricórnio; 12. CEF; 13. Chavi;14. Conet;15. Etéria;16. Fênix; 17. Fit; 18. Ganímedes; 19. Gêmus; 21. Kakim; 22. Kimias; 23. Kitãs ; 24. Leão; 25. Lira; 26. Manú; 27. Nebal; 28. Nitaa; 29. Om; 30. Omega; 31. Órfus; 32. Órion; 33. Otuno; 34. Pégasus; 35. Perseu; 36. Piasis; 37. Plêiades; 38. Salon; 39. Siriús; 40. Sistema Solar; 41. Tailo; 42. Taus; 43. Tilo; 44. Tinus; 45. Tnobi; 47. Unicórnio; 48. Utir”; 49. Vênus. – Mais informações sobre cada uma das 49 raças, no texto “Quarenta e Nove Raças”, na Pagina Interações, neste Site.

Naves bioplasmadas de algumas destas 49 raças sobrevoam o Hotel Fazenda Projeto Portal, em Corguinho/MS/BR, já como acontecimentos comuns e com os dimensionais já sabendo também identificá-las pela sua luminosidade, cor, formato e vibração. As naves de Gemus, Ophiucus, Plêiades, Vênus, Órion, Antares, Siriús e Capricórnio são algumas entre várias outras, que ali se mostram.

Também é bastante comum para estes dimensionais a presença identificável pelos seus flashes da Nave do GNA, que é responsável por transformar o DNA de suas células, tornando-o estruturalmente mais completo e muito mais vibrátil (em GNA), para que eles readquiram o padrão mental necessário no desenvolvimento de suas habilidades paranormais.

 

À esquerda imagem plasmada e filmada (à noite) de um ser de Gêmus e, à direita suas pegadas já densificadas deixadas na areia, em Minas do Camaquã/RS/BR, no dia 27/04/2013.

 

Os seres das 49 raças são “fragmentos” mais conscientes de Deus e futuramente os seres humanos dimensionais serão também como eles, com corpos mais sutis – serão “seres divinos”.

Os dimensionais possuem “potencial divino”, que só agora começam de fato percebê-lo e desenvolvê-lo. As 49 raças são “fragmentos” mais “concentrados” de Deus, porque conseguiram a muito aumentar o seu “potencial divino”, o que os dimensionais conscientes e atuantes começam agora também fazer. O que estes seres “semearam energeticamente” em cada dimensional já é suficiente, para que cada um chegue à frequência deles.

As 49 raças com suas origens (apenas) vibracionais em vários pontos no universo físico são de outra dimensão. Portanto, são de uma realidade paralela e, sem mais a limitação de espaço e de tempo se valem de outras Leis Universais, para que a partir destes pontos possam se mostrar e interagir na realidade física.

Os dimensionais atuantes e em sintonia com as 49 raças estão no planeta Terra para que informem, passem conhecimentos àqueles outros dimensionais para que acordem e não fiquem mais à mercê da manipulação e do domínio, que os seus criadores (anunnaki/nefilins) continuam exercendo até hoje (ocultamente) sobre eles, desde que assumiram veículos físicos – corpos humanos da raça adâmica. Controle que exercem não só sobre estes dimensionais ainda inconscientes de sua origem cósmica e de sua realidade vibracional de seres universais, como também (e principalmente) sobre os seres humanos planetários, originados da própria Terra.

Deus proporcionou aos seres dimensionais – como seres universais (que posteriormente possuiriam corpos humanos), a condição de existirem (vibrarem) através de suas almas, quando então gerou em cada um a sua centelha – a sua essência divina, que pôde escolher o seu ponto de origem no universo.

 

Alguns estudiosos da física quântica já admitem de acordo com o Primeiro Principio (Lei) Universal, que o universo é imaterial, mental e espiritual – Imagem da Internet.

 

Tudo o que fisicamente se manifesta, se mostra através de energias, vibrações e frequências seguindo Leis próprias expressas pela Matemática e Geometria Universais e em sintonia à Mente Universal.

Deus está em tudo, mas não da maneira desenhada e limitada pelos seres humanos distorcidamente emocionais. Deus é muito mais do que as religiões, filosofias e outras linhas de pensamento sobre ele expressam-se. Ele é inconcebível, extrapola modelos desenhados pela filosofia e pela racionalidade humanas.

Da Natureza Divina origina-se a energia de pura harmonia e do ser humano – de sua natureza (física), origina-se as energias em desalinho que ele inventou, e entre elas está a morte, que Deus em sua eternidade não a fez.

Deus para o dimensional “existe” (vibra) como “deus e deusa”, porque a natureza no mundo real tem frequência bipolar – positiva e negativa, o que ele constata até mesmo em algumas de suas atividades de campo. Como as 49 raças não puderam impedir a criação física da raça adâmica pelos seus criadores (anunnaki/nefilins) – do homem e da mulher, elas estão agora utilizando da própria “natureza” humana consciente, para que esta dê o seu salto quântico e com ele possam os seres humanos acordar – principalmente os dimensionais para que eles percebam-se em sua real condição de sutileza vibratória, em sua luz, em sua alma – percebam de fato em sua essência divina.

Os dimensionais no planeta Terra geram a frequência emocional e através dela podem se trabalhar em busca de sua sutilização – de sua transmutação e, voltar à eternidade, voltar a vibrar na frequência eterna do que realmente eles são por possuírem essência – divina por possuírem luz como sua alma, que os permite transmutar e restabelecer a sua conexão divina também com as 49 raças.

Os dimensionais que já são conscientes e estão atuantes no desempenho de seu compromisso com o Universo através das 49 raças, eles não devem se descuidar. Devem sempre fazer a sua modulação vibracional, para que possam mais constantes ajudar também na modulação dos demais dimensionais ainda não acordados. Eles são no momento líderes destes outros lideres em potencial, que precisam acordar, para que também despertem a chama interior que vibra dentro deles.

Eles precisam acordá-los através de informações, conhecimentos e experiencias. Despertá-los em sua alma, fazendo com que sua luz através de seu corpo físico literalmente acenda e possa também iluminar. Então, agora mais informados e iluminados não fiquem mais condicionados e presos aos sistemas de crenças e interesses de uma minoria. Não fiquem mais manipulados por religiões, dogmas, sistemas econômico-financeiros e por varias outras formas de domínio.

O que o ser humano dimensional chama de Deus é uma realidade, que ele não alcança e não explica, mas a percebe através do que chama de vida vibrando dentro de si.

O dimensional consciente já não mais aceita a percepção de Deus do “folclore religioso”, rezando, invocando-o e esperando dependente que as coisas pedidas aconteçam, porque é desmerecer o cocriador que nele vibra e que já se despertou. A fé como concentração, desejo profundo e ação pela força do pensamento é que o faz “se ligar” a Deus, é que o faz “se descobrir” nele – é que o torna um semideus.

No mundo físico – da matéria, os seres humanos como aqueles que criaram seus corpos físicos (anunnaki/nefilins) são também criadores de outros corpos, quando manipulam formulas químicas em laboratórios, para criarem novas substancias e novos materiais. Eles podem também criar através da genética novas criaturas, mas não podem lhes dar a vida, apenas manipulam a matéria, “tentam imitar Deus, em ressonância com a verdadeira Fonte da Vida que os gerou – que de fato lhes deu a vida.

O ser humano dimensional, em corpo físico tanto possui espírito quanto possui alma alimentada pelo seu corpo emocional e é o único em vários universos, que através de sua alma sincroniza com as 49 raças, que está auxiliando-o, para que se mostrando em sua verdadeira realidade vibracional e divina, gere uma nova frequência mental para a humanidade, obedecendo o Primeiro Princípio (Lei) Universal.

 

Através de sua essência (divina) iluminando a sua alma – uma “dádiva” das quarenta e nove raças, o ser humano dimensional lembrando Theilhard Chardin “não é um ser inteligente, consciente passando por uma experiência espiritual… Ele é um ser espiritual passando por uma experiência humana” – Imagem da Internet

 

Da genética oriunda dos criadores da raça adâmica o dimensional tem apenas o seu corpo físico, tem o seu porte, tem o seu corpo material. Mas, ele pode “fazer do limão uma prazerosa limonada”. Ele pode se trabalhar, para fazer o seu corpo compatibilizar-se à frequência vibratória de sua alma e com ela perceber-se em sua luz, iluminada pela sua essência.

A Energia que os seres humanos dimensionais chamam de crística – na frequência de O Cristo, ela interage ao nível da alma de cada um deles e com ela que os seres das 49 raças trabalham em todas as criações, em infinitos sóis e em varias dimensões. Jesus de Nazaré – O Cristo, ele é oriundo das 49 raças e, neste sentido, é realmente é “o filho do homem”.

A condição dos dimensionais como seres universais está relacionada não só às 49 raças, como também às presenças na Terra de vários Mensageiros de Deus, que são os Mensageiros de Luz e que a cada 600 anos a partir de 4.004 a.C. vêm a este planeta redirecionar a humanidade, trazê-la a “Boa Nova”, para que gere um novo padrão mental. E o último destes Mensageiros foi Jesus de Nazaré – O Cristo.

Jesus de Nazaré como Mensageiro de Deus deixou aos seus seguidores mais próximos informações, que através delas pudessem propagar à humanidade novos conhecimentos para um novo padrão mental. Mas, o que aconteceu com eles, a historia registra na forma de perseguições e de vários outros tipos de violência, inclusive de mortes. Os seres humanos propositalmente desinformados e, quase sempre dominados e manipulados se portam relutantes, medrosos e agressivos.

Jesus de Nazaré conhecia a alma humana, por isto tinha imensa tolerância, compreensão e mesmo compaixão em relação à maneira de ser dos seres humanos, mas deles não aceitava a dissimulação, a hipocrisia.

Ele não tem nada a ver com “os deuses” geneticamente criadores (anunnaki/nefilins), a sua origem está associada às 49 raças e nesta condição como Mensageiro de Deus veio a este planeta para implantar e iniciar o redescobrir da chama interior, o que os dimensionais conscientes estão agora dando continuidade. Eles estão literalmente abrindo um caminho de luz com a ajuda das 49 raças, que estão fornecendo tecnologias como a do magnetoide, para que eles “conectem-se” mais consistentemente às suas almas – e, através delas “vibrem mais perto” de Deus.

A relação dos seres humanos dimensionais com a raça adâmica é apenas genética, quando se utilizam de seus corpos físicos, como os seres humanos planetários também deles utilizam. Mas, os primeiros diferentemente destes últimos utilizam de seus corpos físicos para a manipulação da energia cristica e com ela realizarem na terceira dimensão – ou seja, terem condição de energeticamente dominar e de manipular a matéria por sua Vontade, Desejo e Pensamento, quando se conduzem também pela sua sensibilidade d’alma na forma de suas habilidades mentais, associadas à sua paranormalidade.

 

Ilustração de Adão e Eva no Paraíso – Imagem da Internet

 

Na realidade vibracional dos seres das 49 raças a comunicação com o dimensional se dá através de seu pensamento, quando ele se percebe envolvido por sensações com intensas emoções e por estados d’alma que funcionam como pontes de comunicação entre as realidades – e, que o estimulam e que o despertam.

Os dimensionais são seres universais, com a sua origem vibracional em outras partes do universo, quando chegaram ao planeta Terra como consciência coletiva em 4004 a.C., já tinham tido outras passagens aqui muito antes do ultimo “dilúvio universal” (do movimento de precessão da Terra), vivendo em regiões demarcadas e conhecidas como sete reinos, quando geraram a frequência de deuses e de semideuses , com poderes de super-humanos, mas que de posse deles não procederam de acordo com as Leis Universais. Neste tempo já estavam praticamente transmutados, já interagindo com a quarta dimensão, mas ainda sem interagirem com a quinta dimensão. E, por causa deste abuso com ações mais negativas que positivas em função do poder que possuíam, não puderam continuar transmutados, não puderam voltar e ficar na frequência da quarta dimensão, que antes nela estavam.

Regidos por Leis Universais eles tiveram então que voltar à terceira dimensão para “consertar o estrago” que tinham feito, Eles voltaram como casais de almas gêmeas com o compromisso direcionado de ajudar todas as pessoas que possuíssem alma – luz. Ajudar todas aquelas pessoas (dimensionais) que possuíssem chama interior, no sentido de acordá-las, para que já posicionadas mentalmente em relação a sua realidade vibracional (cósmico – divina), agissem de outra maneira de pensar em sintonia às 49 raças e “candidatassem” novamente à condição de seres universais.

As “Placas” físicas que alguns dimensionais já acessaram, elas em sua linguagem simbólica pela matemática e geometria universais trazem diretrizes, que tanto sinalizam responsabilidades quanto trazem direcionamentos, que os ajudam no desempenho de seu compromisso e se resgatarem com as 49 raças.

O ser humano dimensional precisa se despertar, para que através de seus pensamentos e de suas ações, se veja e aja de acordo com a sua verdadeira realidade vibracional. Ele precisa acordar esta sua força interior, despertar a sua chama divina. A função do magnetoide é despertar nele esta força, para que se veja como um “semideus”, se perceba como “um pedaço” de Deus não só aqui, mas em todos os lugares do universo. A função desta tecnologia das realidades paralelas é para que ele já como um ser universal perceba-se mais unificado com Deus e também mais próximo às 49 raças, que são responsáveis pela sua alma (e não os criadores anunnaki nefilins), responsáveis apenas pelo seu copo físico.

De quinze em quinze minutos através das linhas temporais o universo vai “imprimindo” a partir do corpo físico do dimensional o seu campo (corpo) energético, registrando-o como um corpo luminoso “inserido” em sucessivos momentos de sua historia passada – vai continuadamente registrando-o como períodos anteriores de sua vida, que poderão ser vistos, mas que não poderão ser alterados. Então, se ele fizer uma “viagem” ao seu passado (sem mais os limites de espaço e de tempo) ele poderá ver a verdadeira fonte que gerou a sua condição atual – ver no passado, que ele “se tornou” no futuro e, neste instante comparar os dois “eu”. Entretanto, apenas já transmutado que ele poderá se valer consciente e de fato de seu “Eu Superior”, para ir com harmonia vivenciando o presente, na medida em que vai tanto buscando o futuro, quanto “vendo” o passado sem mais empecilho.

Quanto maior a aceleração mental do dimensional – sua vibração, maior é a sua alegria, não de maneira inconsequente, mas de maneira extasiada que permite colocá-lo automaticamente na frequência dos mundos mais sutis. Que permite colocá-lo na frequência verdadeira da alegria própria de mente e de coração puros – ou, de estado de graça, através de pensamentos e de ações que o sintonizam à frequência dos seres universais e que o permitem de fato desempenhar seu compromisso, que é especial.

Os dimensionais temporariamente em condição humana se estão no momento na Terra em compromisso especial, é para que possam também gerar ações positivas à transição planetária, com o objetivo do fortalecimento vibracional da Era Dourada, com o seu sentido verdadeiro de abundância.

O dimensional que já é possuidor de sua Simbologia e ciente de sua Frequência de Onda, portanto que já tem consciência de sua origem cósmico – divina e do verdadeiro objetivo porque está na Terra, ele sabe que tem um compromisso consigo, com o universo através das 49 raças – e, através destas com as realidades paralelas. Ele tem o compromisso de ajudar na evolução deste planeta, provocando uma revolução no modo de pensar e de agir em grande parte de seus habitantes, para que em outro patamar mental (e vibracional) interaja com as realidades paralelas de maneira mais transparente e sem distorções provocadas por falsos conceitos. Ele deve ter objetividade mediante ações mais conscientes e consistentes, conduzindo-se em cooperação com o planeta nesta sua fase transitória.

 

Frequência de onda de um dimensional trazida das realidades paralelas e mostrada através de uma “Placa” física.

 

O ser humano dimensional que ainda não é consciente, portanto não atuante em relação ao seu compromisso cósmico, suas ondas cerebrais estão entre 13 a 16 ciclos por segundo, enquanto o dimensional que já tem ciência de seu compromisso com o universo e que já interage com as realidades paralelas, as suas ondas cerebrais estão no mínimo em 27 ciclos por segundo.

As faixas mentais superiores medidas em ciclos por segundo e que são necessárias ao dimensional que de fato é consciente e já atuante, elas estão em vários níveis de frequências/vibrações:

– de 13 a 19 ciclos por segundo – as ondas cerebrais estão na frequência de Beta;

– de 19 a 27 ciclos por segundo – as ondas cerebrais estão na frequência mental superior:

– de 27 a 70 ciclos por segundo – as ondas cerebrais estão na frequência mental dimensional;

– de 70 em diante – o dimensional já interage normalmente com as realidades paralelas.

O dimensional que está com a sua frequência mental em mais de 60 ciclos por segundo, ele fica “invisível” às frequências negativas, portanto elas “não “o encontrando”, não “o tocam”.

Ele ao alcançar o nível de consciência 19 pode se considerar um vencedor para receber as suas “vestes energéticas”, porque já começa ter condições de produzi-las mentalmente, inclusive, a sua “faixa de vencedor”, que se mostra como o seu “coroamento” e como o seu primeiro passo rumo à sua transmutação, com o seu vórtice (chacra) coronário agora também funcionando e gerando energia criativa – energia do “coroado ou do vencedor”.

No nível de consciência 22 ele já alcança definitivamente os mundos superiores – o mundo dimensional. E, também mentalmente acelerado – em outro nível de consciência razão, ele não se perde nas “divagações do ego”, não mais perde tempo envolvendo-se em picuinhas comuns do cotidiano humano.

Ele deve aprender a “dar” em seu sentido mais verdadeiro – “doar-se”, para que se perceba em sintonia e interação com a Lei Maior – com a Lei do Amor Universal. Ele deve mostrar para o universo o que ele realmente possui e, o que ele verdadeiramente é. Só quando ele vibra nesta frequência, só quando trilha este caminho do Bem, da Fraternidade e da Somação que ele pode viver a consequência das consequências de maneira harmônica e amorosa.

Dois mil anos atrás o ser humano foi orientado para que “amasse o próximo como a si mesmo”, não só pelo sentido de se expressar bondade, mas o de também de se expressar sabedoria observando as Leis Universais.

As informações que o dimensional em compromisso já as tem, elas lhe proporciona percepção bem clara das realidades paralelas, com Leis próprias que regem estes mundos mais harmônicos, não ao alcance da compreensão do homem comum que ainda necessita de Leis em função de antagonismo e de conflitos que com eles convive em seu dia a dia. Estas informações já alcance do dimensional em compromisso, elas devem ser passadas com paciência para a população, para que ela possa paulatinamente adquirir outro padrão mental.

Interagir de forma mais dinâmica com o seu corpo mental deve ser uma constante no cotidiano do dimensional, para que já se conduzindo consciente nesta frequência mais sutilizada, possa sintonizar melhor com as 49 raças e utilizar com mais facilidade suas habilidades mentais (sua paranormalidade).

 

urandir1

Um momento da paranormalidade de efeitos físicos, do ufólogo e pesquisador Urandir Fernandes de Oliveira estourando um prato pela sua força mental.

 

O dimensional deve se preparar para utilizar de bases energéticas, que estão sendo ativadas em algumas partes do planeta e elas funcionam como “postos avançados” (vibracionais), para que seres das realidades paralelas possam através delas interagir com a terceira dimensão e ajudar os seres humanos e o planeta que já passa por momentos de perturbação. Estas bases já ativas elas se tornam locais onde acontecem “fenômenos próprios” de outras realidades, como a presença de naves, de luzes, de seres, de processos alquímicos e de materializações que ali também se mostram com mais facilidade.

Estas bases que foram ultimamente ativadas, elas estão em sintonia com as 49 raças, portanto são locais vibracionais de proteção para os dimensionais, que neles devem permanecer em frequência mental própria e voltada aos objetivos universais inseridos em seu compromisso.

Toda vez que o dimensional se posiciona dentro de um vórtice de energia e através dele atua, gera uma frequência gigantesca, que pode ser mentalmente direcionada para realizar o que almeja. Mas, para que isto aconteça, ele não deve se deixar levar por sentimentos desestabilizadores, aprendendo primeiro trabalhar sua mente de tal forma, que possa controlar seus sentimentos, dominando suas emoções.

O dimensional consciente e atuante de seu compromisso, portanto já com interação mental vibracional constante com as realidades paralelas, em qualquer lugar do planeta que ele for, a sua presença ativa ali frequências que até então estavam adormecidas. Como fonte de energia potente, ele gera, emite e recebe vibrações mentais intensas, portanto deve-se acautelar, para não entrar em sintonia com frequências negativas ao seu derredor, mas também não devem concordar com estas situações, com a energia de desarmonia que elas geram, porque ele é um líder transformador de paradigmas e assim deve proceder. Ele deve fazer a diferença.

Ele no desempenho de seu compromisso pode às vezes se sentir só, sentir-se isolado, porque a maioria das pessoas não o compreende, por não estar no mesmo nível de consciência em que ele está, por não possuir informações, conhecimentos e experiências que ele já possui. Seu nível mental é diferente! As suas experiências são diferentes, o seu mundo emocional é ainda completamente diferente das demais pessoas.

Entretanto, a partir do momento que mais pessoas vão alcançando o seu nível de conhecimento, ele vai deixando não só de ser solitário, como também vai se sentindo gratificado, por ver que o objetivo de seu compromisso (e dos demais dimensionais atuantes) está surtindo efeito, através do compromisso de propagação que é uma responsabilidade de todos os dimensionais. O dimensional é um teimoso e esta teimosia está inserida em sua condição de líder, que está no planeta Terra para romper barreiras e gerar uma nova frequência mental para a humanidade.

É sempre bom lembrar, que ele deve ter cada vez mais consciência do que venha ser de fato energia, vibração e frequência em atividades associadas as suas habilidades mentais (paranormais), para que sempre informado não se decepcione, ficando em busca apenas de “fenômenos”, que muitas vezes não acontecem.

O dimensional quando realmente é impelido por sua vontade, ele pode materializar o que deseja, portanto, quando muitos dimensionais pensam conjuntamente (também direcionados por sua vontade), este sentimento agora acrescido torna-se uma frequência intensamente ainda mais forte para realizar o que almejam. Assim, os dimensionais já conscientes e atuantes devem trabalhar, para que a frequência mental dos demais ainda não acordados atinja níveis de energias compatíveis com os seus e eles possam também já conscientes, atuantes e somados ajudar neste período difícil para a humanidade – o da transição planetária.

 

vibracaoamor

A força do pensamento conduzida na Vibração do Amor Universal é o único caminho, que direciona o ser humano para Deus – Imagem da Internet

 

Nesta sua busca para ampliar o seu nível de consciência através de informações necessárias ao seu aprendizado, o dimensional vai observando e experimentando. Ele vai passando por toda uma renovação mental e vai se percebendo mais lúcido, ao gerar frequências mentais mais sutilizadas, mais iluminadas. Ele vai distanciando-se daquelas outras mais “densas”, que geram desarmonia e que o afastam da Frequência ideal de sintonia com as 49 raças – e também que o afastam da vibração da Linha B (Neutra) e mesmo das duas outras Linhas auxiliares A e C de suas três Linhas da Vida.

Estar no quarto caminho como um “desvio de rota” em relação às suas três Linhas da Vida, é quando o dimensional se acha com o seu campo bioenergético “inserido” em forças vibracionais mais baixas alimentadas por um baixo padrão evolutivo. Forças que ele não consegue delas se libertar, tornando-o uma fonte de desarmonia para si mesmo e para os outros e impossibilitando-o receber as tecnologias oferecidas pelas realidades paralelas, entre elas o magnetoide.

Continuação em http://pegasus.portal.nom.br/magnetoide/

 

Fonte de consultas:

Seminários e apostilas do Projeto Portal

Imagens da Internet

Translate »