Postado por

Realidades paralelas e a humanidade

Realidades paralelas e a humanidade
Print Friendly

O planeta Terra está cada vez sendo envolvido e sufocado por pulsos eletromagnéticos oriundos de tecnologias que a humanidade as conhece e delas utiliza, mas também por outras que ela as desconhece e que aparentemente emitem certa intensidade e frequência direcionadas com a intenção de destruição em massa – aumentar assustadoramente doenças terminais ou gerar cataclismos globais, por um poder controlador a nível mundial que se esconde.

Após o sismo e o tsunami de Sendai (designado oficialmente Grande Terremoto do Leste do Japão), de magnitude de 8,9, com epicentro ao largo da costa do Japão e ocorrido no dia 11 de março de 2011, surgiram muitas suspeitas de que seria consequência do uso da tecnologia H.A.A.R.P, para provocar estes tremores – Imagem da Internet.

Existe também outra teoria associada à atual “desordem global” provocada pela frequência sonora (influenciando a mente e o comportamento humanos cada vez mais voltados à violência), depois que aconteceu a mudança ocorrida de 432Hz para 440Hz, ditada pelo ministro de propaganda nazista, Joseph Goebbels. Ele usou esta outra frequência para fazer com que as pessoas pensassem e sentissem “de certa maneira”, com a intenção de fazê-las também prisioneiras “de certo estado de consciência”. 

Entretanto, as pessoas continuam até hoje vítimas desta imposição nazista, sem ter ma\s a sua vida musical – via sua sensibilidade não em sintonia com o Cosmo como aconteceria, se a afinação de todos os instrumentos e, de um modo geral o som emitido pelos veículos de comunicação, fosse a 432Hz – emitisse vibrações nesta frequência.

Por volta de 1940, os Estados Unidos introduziram mundialmente a frequência sonora em 440Hz, que finalmente em 1953 tornou-se o padrão pela ISO (Entidade de padronização e normatização). Um padrão antinatural de afinação, que está ausente da simetria das vibrações sutis e dos harmônicos e, que está também em “constante guerra declarada” com o subconsciente, principalmente no homem ocidental.

Cérebro mente – “mecanismo” que com ele o homem pode tanto alcançar às realidades mais sutis, quanto se aprisionar cada vez mais à densidade da realidade física – Imagem da Internet.

Se os seres humanos estivessem ouvindo sons musicais em 432 Hz, os átomos e o DNA de seu corpo começariam a ressoar em harmonia com a espiral PHI ou, com proporção (áurea) harmoniosamente constante na natureza – e assim, o ser humano estaria em sintonia consciente com as infinitas possibilidades da Criação.

A frequência 432 Hz está presente:

1 – no coração humano (ritmo cardíaco);

2 – na frequência de replicação do DNA;

3 – no máximo funcionamento cerebral (sincronia entre os dois hemisférios);

4 – na frequência fundamental da Terra – ressonância Schumann;

5 – na geometria musical da criação.


Músicas baseada em 432Hz transmitem energia de cura benéfica, porque está em sintonia com o tom puro da matemática fundamental constante na natureza. Mas, infelizmente esta possibilidade no ocidente foi convenientemente “deletada” para a maioria.

Entretanto, os dimensionais que já estão despertos desempenhando o seu compromisso, eles estão sendo protegidos pelas realidades paralelas através das 49 raças, neste momento caótico que por ele toda a humanidade está passando.

Estes dimensionais que já têm familiaridade com as realidades paralelas, para eles estão sendo colocadas à sua disposição tecnologias destes mundos – como a do magnetoide. Esta tecnologia aparece para eles espontaneamente em suas atividades de campo como uma luz de cor vermelha (ou, em outra cor, dependendo da frequência do momento), que ele deve apanhá-la e esfregá-la em seu plexo até sumir, para que o seu organismo absorva-a.

Os néctares e as essências são também alguns outros “recursos” dos mundos paralelos, que são oferecidos aos dimensionais para que fortaleçam e protejam os seus corpos físicos.

Parte do lixo de uma mini estação espacial que teve a sua queda no dia 28 de dezembro de 2014, acompanhada pelos seres de Gemus que a direcionaram suavemente (na horizontal) sobre a região da zona rural de Santa Rita do Pardo a 260 km de Campo Grande/MS, para que ela não afetasse a vida ou propriedades das pessoas. Queda que foi também vista no Hotel Fazenda Projeto Portal pelos dimensionais em atividades com as realidades paralelas e que pela maneira como aconteceu, ela foi um grande aprendizado para eles – Imagem da Internet.

Em 11 de março de 2012, através do Hubble Solar Dynamics Observatory, foi captado um enorme objeto perto do sol. Este objeto próximo ao sol apresentava um filamento de energia, que ligava os dois. Após determinado tempo o objeto se afastou repentinamente. Será que este gigantesco corpo estava sugando energia do sol, com o propósito de aliviar possíveis erupções ou explosões na superfície deste astro, que são causadas por mudanças repentinas em seu campo magnético. A atividade na superfície solar pode causar altos níveis de radiação no espaço sideral como partículas (plasma) ou como radiação eletromagnética (luz) e, pode também provocar graves danos.

Imagem à esquerda de um enorme objeto junto ao sol e a imagem à direita material que é expelido da coroa solar em forma de uma longa proeminência em direção ao espaço – Imagens da Internet

Para que pudessem receber proteção especial, que hoje a possuem, estes dimensionais tiveram antes que alcançar a frequência mental de discernimento necessária à sua interação com as realidades paralelas, quando foram capazes em seu atual nível evolutivo, perceberem sonoplastia, neblina, holografia, aroma, vozes (conversas).

A estrada que eles já percorreram como vivencias e experiências com as realidades paralelas, já os permite esta conquista.

Eles já estão agora aprendendo também mesclar certos perfumes e aromas que influenciam suas sensações e que atuam em determinada região do seu cérebro, alterando e ampliando a sua percepção. Estes aromas quando corretamente mesclados despertam neles o seu lado sensorial, fazendo com que todas as camadas de seu campo bioenergético se dupliquem – se expandem e, ao se ampliarem, os potencializem segundo as habilidades mentais de cada um.

Eles estão através da manipulação desta mistura aromática, ficando com o seu campo de energia mais cintilante e vibrante, facilitando-os na sua propagação, para gerar energia transmutativa e interagir harmoniosamente tanto com as demais pessoas, quanto com as realidades paralelas ao aguçar e desenvolver a sua percepção associada à sua terceira visão.

Entretanto, mesmo neste seu atual nível evolutivo com manipulação de perfumes e aromas, eles só alcançarão o verdadeiro significado relacionado à esta experiência, quando eles forem capazes através de sua frequência mental polimerizar o perfume desejado, ou seja, forem capazes de gerá-lo e exalá-lo à partir de seus próprios corpos, “magicamente” capacitando-os à sua interação com o mais sutil – especialmente com os deuses da natureza.

Estes dimensionais não vivem mais em um mundo apenas de teorias e das possibilidades, eles já têm a certeza através das realidades paralelas, que o planeta Terra vive o seu período de transição e que com ele a humanidade experiencia paralelamente o caos, com as pessoas vivenciando mais presente a desarmonia em nível físico, mental e emocional.

No plano físico o ser humano está sendo cada vez mais contaminado pela dioxina, que é uma substancia química liberada como subproduto industrial e que pode causar vários malefícios ao seu organismo, quando vai acumulando em seu tecido adiposo. Em nome do progresso a dioxina já “sufoca” todo o planeta e para ela não existe nível mínimo tolerável para a sua presença no organismo humano, apesar da Organização Mundial da Saúde (OMS) ter estabelecido como limite tolerável a dosagem de 2,3 pg/kg/dia, com 1 picograma (pg) equivalendo a um trilionésimo de grama.

Os alimentos que contem dioxina são os que contem gordura animal e alimentos outros que foram expostos aos pesticidas. Vapores liberados de lixões quando queimados e respirados são ainda fontes perigosas desta toxina. De acordo com a ATSDR, a dioxina é encontrada praticamente em todas as amostras de pele e de sangue das pessoas.

Fumaça preta e venenosa carregada de dioxina de um lixão sendo queimado, constituindo uma visão catastrófica e comum em grande parte do planeta – Imagem da Internet.

Segundo a Agência de Substâncias Tóxicas e Registro de Doenças (ATSDR) do USA, a dioxina é comprovadamente causadora de câncer em animais, o que também parece ocorrer no organismo humano como carcinogênico completo – ou seja, não precisando de outros elementos químicos para que no corpo humano assim atuem e causem o aumento de todos os tipos de câncer.

Os dimensionais para interagirem com as realidades paralelas, eles devem ter alem de um necessário nível evolutivo, agindo com consciência e razão, eles devem ter menos possível toxina em seu organismo, para que com “leveza vibracional” possam mais facilmente perceber e interagir com os mundos mais sutis.

Os seres destas realidades mais sutis se mostram, mas de forma plasmada como silhuetas de luz e de cor, que se deslocam instantaneamente aparecendo ou desaparecendo algumas vezes no meio de uma neblina, se valendo dos elementais presentes na natureza (na vegetação nativa). E, para que neste momento aconteça uma interação satisfatória entre os dimensionais na realidade física com estes seres sutis nas realidades paralelas, os dimensionais presentes nestes acontecimentos devem também estar harmonizados uns com os outros, conduzindo-se sem mais cobranças, desrespeitos e preconceitos.

Ilustração de seres de consciência elevada em copos mais sutis, que evoluem além da realidade física – ou, da terceira dimensão, onde está plasmada a consciência humana terrestre – Imagem da Internet.

Neste processo de interação com as realidades paralelas onde “se encaixam” as 49 raças, elas sabem que os dimensionais estão limitados em sua condição humana, portanto neste momento quando estão se preparando para se tornarem seres universais, eles vivenciam varias dificuldades, que muitas vezes a sua vontade e os seus esforços ainda não são suficientes para superá-las. Mas, as 49 raças sabem também e, neste sentido os incentivam, que cada um em sua escalada evolutiva é líder de si mesmo. E, nesta condição, devem propor a si mesmos uma meta e um período para concretizá-la, na medida em que vão construindo o seu patrimônio – acumulando a sua verdadeira riqueza, que “a traça e a ferrugem não consomem”.

Um patrimônio que será obtido, apenas por aqueles, que em nível de consciência e razão já vivenciam o companheirismo, a capacidade verdadeira do discernimento, da responsabilidade e da concentração por saber focalizar, mesmo em um plano de realidade que nele rege a Lei da bipolaridade (e da dualidade), para que ela possa, entre outras necessidades, “disciplinar” antagonismo e conflitos.

Assim, se os dimensionais estão neste mundo de realidade física com Leis próprias, eles devem aprender não mais ficar à mercê delas, para que possam também mais constantemente harmonizados construir mesmo neste nível de experiências o seu verdadeiro patrimônio. Eles devem aprender a “dar a César o que é de César e dar a Deus o que é de Deus” – ou, darem a si mesmos, o que verdadeiramente procuram e necessitam.

Neste esforço hercúleo eles devem perceber que o maior inimigo deles são eles mesmos, quando se sujeitam à imposição do ”ego”. Então, só depois desta descoberta e procedendo harmoniosamente direcionados, que conseguirão “vencer o mundo, sem mais aflições, conflitos e tendo bom ânimo para alcançar o sucesso que buscam” nesta Era Dourada – e, do dourado.

Os dimensionais realmente já despertos e já no desempenho de seu compromisso são “guerreiros determinados”. Eles são líderes transformadores de paradigmas que não se envolvem tanto mais em conflitos em um mundo restrito à realidade física, que nele o que é entendido e experienciado, apenas se faz pela ótica dos sentidos humanos normais. Eles agora são capazes de alcançarem o mais além.

Eles são capazes de perceberem o mundo das realidades paralelas através de suas habilidades paranormais, para alcançarem a condição de vibrarem em sintonia com a “Frequência do Plano A” – a mais compatível às realidades paralelas (e a mais mentalmente desejável), para que possam dar a si mesmos, como de fato líderes realizadores e vencedores, os benefícios nela contidos.

E, na medida em que eles forem se posicionando mentalmente nesta frequência e procedendo de acordo com ela, os seres das realidades paralelas – das 49 raças, vão reciprocamente se mostrando com mais facilidade na realidade física. Vão se mostrando para eles, sem mais limitações, aparecendo em qualquer local em que estejam. Inclusive, vão se mostrando também para eles seres de frequências mais sutis – seres divino sublimados envolvidos pela luminosidade que caracteriza suas presenças.

A Energia do Dourado é uma Frequência Universal, portanto ela é de todos – e, para todos. E, neste sentido, os dimensionais estão aprendendo ao nível físico manipulá-la, multiplicá-la e propagá-la. Mas, muitas vezes alguns dimensionais sem perceberem o verdadeiro sentido vibracional desta Energia, acabam comparando-a apenas com a energia própria do que ele conhece fisicamente como o pecuniário e, com isto, sentem confusos e resistentes. E, se eles assim sentem, necessitam ainda muito que conhecer, muito que aprender e agir.

Na realidade física terrena estão acontecendo no momento (anos 2014/2015) parcerias de forma mais constante entre as 49 raças e os seres humanos dimensionais (filhos da raça adâmica) – e, para esta parceria o Universo se volta. Propagar a Energia do Dourado estimula os dimensionais à Realização e à Ação, que estão a cada momento sendo aceleradas.

A cada instante os dimensionais estão despertando para a evolução mental e espiritual, buscando na “Frequência do Dourado”, a Energia Divina que vibra em cada um deles.

Com o crescimento desta pareceria os dimensionais já interagem fisicamente com as realidades paralelas, utilizando-se conscientes de seus sentidos, para interagirem até com energias sublimadas, que se mostram na forma de silhuetas. Eles já as vêem e nelas tocam, quando às vezes elas se espalham e envolvem todos os presentes e quando às vezes também elas emitem “vozes”, que se espalham ao derredor (pela mata) sem mais se originar de um só ponto.

Neste momento a natureza se transforma como através de um toque mágico, sendo iluminada por uma claridade singular que plasma e “afugenta” a escuridão, quando envolve o local através de uma luz clara, opaca e prateada, que lembra a luz suave do luar. E, aquele que nesta Energia toca ou que nela encosta, o seu corpo também se ilumina, absorvendo-a e propagando-a.

Ilustração que procura retratar um momento de interação e de “magia” com a Energia sublimada, que na mata se plasma opaca e prateada, que ilumina a escuridão e que vibra compatibilizada com a representação divina do feminino – Imagem da Internet.

Esta energia sublimada de luz opaca e prateada com a sua polaridade associada ao feminino possui outra polaridade de luz vermelho amarelada associada ao masculino, que alguns as chamam respectivamente de Asherah (Lilith) e de Emanuel e que se mostram em um só Corpo de Luzes/Cores – se mostram energeticamente vibrando em um só corpo divino como silhuetas entrelaçadas.

Esta energia sublimada e prateada compatível com a representação vibracional e divina do feminino, que alguns outros ainda a chamam de “rainha dos céus” e de “mãe de todos os homens”, os dimensionais para com ela interagir precisam estar ligados à Vibração do Amor Universal, tendo suas mentes e corações sintonizados ao estado de graça. E então, só assim é que eles de acordo com os Maias, poderão ainda “ver que tudo e todos fazem parte de um só ser universal e sentirão que aqueles e aquilo que os cercam, são partes deles mesmos”.

Para que aconteça esta conexão com o divino, utilizando-se destas energias bioplasmáticas e sublimadas das realidades paralelas mais sutis, é necessário que os dimensionais tenham equilíbrio emocional absoluto. Que eles saibam transitar sem mais percalços pela Linha B de suas Três Linhas da Vida.

Só assim que eles poderão “ver” esta Energia luminosa que se mostra “viva” na forma desta luz prateada, que plasma o que quer vibrando em altíssima frequência, que vem acompanhando e velando pela vida desde seu inicio neste planeta e que já foi em tempo remoto ainda associada a Nitin esposa de Enki e hoje à Maria mãe de Jesus.

O ser humano milhões de anos atrás começou “ser modelado” na Mente Infinita e Divina em corpos mais sutis, para que pudesse se tornar muitíssimo tempo depois o homem de agora em seus corpos mais densos e, experienciar a matéria.

E esta energia sublimada que comumente não é visível, se os dimensionais agora a “veem”, é porque já despertaram de fato sua visão periférica, para que as suas outras habilidades pudessem depois ser despertadas – àquelas do grupo psigama.

Placa suméria simbolizando Asherah também associada à deusa da fecundidade e da maternidade, que vem sendo venerada por civilizações não mais existentes há milhares de anos – Imagem da Internet.

Quando acontece esta conexão com o mais sutil – com esta Energia divina, aqueles que com ela conectam-se, eles começam vivenciar uma diferença mental vibracional, que os permite propagá-la de maneira constantemente presente e infinita, possibilitando-os, àqueles que encontrarem e neles tocarem, eles também recebam esta energia.

Neste nível de interação e de frequência com as realidades paralelas os dimensionais devem aprender “ouvir” a natureza – devem “escutar a mata”, que dela as divindades utilizam para emitirem sons, que transformados em vozes, elas possam direcioná-los e trabalhar a sua percepção e a sua capacidade de conexão com o mais sutil e divino.

Interagir nesta frequência de conexão é uma necessidade cada vez mais premente para os dimensionais, na medida em que eles vão também cada vez mais exercitando tarefas, que os permitem cumprir mais satisfatoriamente o seu compromisso com o Universo através das 49 raças.

Os seres das realidades paralelas interagem com os dimensionais alegremente e ao mesmo tempo com responsabilidade. Agem com leveza vibracional, para que sempre sejam geradas nestas ocasiões frequências altamente positivas. Eles não poupam esforços, deslocando-se por todo o Universo em suas “bolhas” e quando partem de seu ponto de origem e chegam ao campo eletromagnético da Terra, eles fazem “esta façanha” em 0,2 bilionésimo de segundo.

Os dimensionais precisam também se mostrar com esta leveza e disposição. Eles devem se mostrar sem oscilações emocionais dentro do principio do “toma lá da cá”, ao interagirem com as realidades paralelas através das 49 raças, que investem neles e, que eles reciprocamente devem de maneira satisfatória investir nelas.

Todos os dimensionais já no exercício de seu compromisso são muito especiais e, por isto, eles devem ter responsabilidade à altura, ao “se construírem” com paciência, tolerância, disciplina e companheirismo, nesta sua caminhada rumo à sua futura condição de seres universais. Eles devem procurar ir além de sua condição temporariamente humana com experiências de terceira dimensão, que nelas o preconceito, o orgulho, o egoísmo e a vaidade são constantes.

Eles devem se pautar pelo equilíbrio emocional, quando propagam, não vivenciando os extremos. Não devem se deixar aprisionar excessivamente na realidade física, escravizando-se pelo “ego”, que se vale da “cegueira” dos sentidos humanos normais. E nem devem fanatizar impondo seus pontos de vista, quando combatem o que julgam distorcido e imposto pelo poder econômico financeiro ou por normas sociopolíticas ditadas pelo sistema.

Os dimensionais verdadeiramente em compromisso estão na realidade física em constante conexão com as realidades paralelas, mas alguns deles por enquanto não percebem esta conexão como deveriam, por possuírem habilidades sensoriais ainda em uma escala inferior, que não os permitem captação e recepção de mensagens em um nível de frequência mais sutil – ou, de comunicação na frequência de seu corpo mental. Entretanto, os dimensionais são lutadores, não desistem. Ao contrario, as dificuldades os estimulam ainda mais irem em frente.

O momento é este – dos verdadeiros líderes e vencedores. É o momento da virada esperado há vinte e cinco mil anos para a construção em um novo tempo de um novo mundo.

Assista o video

Conferência de Antonio Cerdán onde explica a evolução das 49 Raças e o Plano de Ajuda da Terra ( Pleiadianos, Gemus, Antares, Pegasus ). Explica também suas experiências  com o Projeto Portal no Brasil e nos mostra um intrigante video onde pode se ver o ser intraterreno chamado Bilu.

Fontes de consulta:

1 – Conspiração Contra a Mente Humana – muito além das …;

muitoalem2013.blogspot.com/…/440hz-conspiracao-contra-mente-huma…

2 – Teorias da Conspiração: Projeto H.A.A.R.P – A Arma …

conspiracytheoryrs.blogspot.com/…/projeto-haarp-arma-geofisica-mais.h…

3 – Imagem – Wikipédia, a enciclopédia livre

4- Enorme Objeto Esférico Sugando Energía do Sol … – YouTube

www.youtube.com/watch?v=ZrUi6CMkOdI

5 – Apostilas do Projeto Portal;

Translate »