Postado por

Retrospectiva voltada às “Janelas”

Retrospectiva voltada às “Janelas”
Print Friendly, PDF & Email

Esse texto foi escrito através de algumas fontes de consulta e está dividido em três partes com informações pertinentes à cada uma delas, mas no final procuram formar um só conjunto de conhecimento, com o intuito do leitor (dimensional) se posicionar, se conhecer e melhor se conduzir nas ocasiões das “Janelas”. Na verdade, dentro de um mesmo contexto são três textos em um só texto:

1 – Dimensionais despertos e realmente conscientes;

2 – Recanto de Havalon e Zigurats – Reino de Dakila;

3 – Passagem pelas “Janelas”;

Dimensionais despertos e realmente conscientes:

Os mundos paralelos já fizeram tudo que podiam fazer para os dimensionais que despertaram, direcionando-os às passagens pelas “Janelas”, principalmente a do ano 2018. Já passaram informações e conhecimentos, para que com eles pudessem exercer suas habilidades mentais e alcançassem outro padrão mental-evolutivo. E, já nesse seu outro nível de consciência caminhassem com suas próprias pernas”, direcionados às tarefas voltadas a esse novo tempo. Intuitivamente se conduzissem em sintonia com seu Corpo de Luz – com seu Eu do Futuro.

Aquele dimensional de fato já desperto percebe a responsabilidade de sua presença nesse momento crucial da história da humanidade, no final desse seu grande cíclico de 25.625 anos. Ele não deixa mais se aprisionar dentro da enganosa “armadura emocional” dos sentidos, que o limita e o aprisiona, fazendo-o conflitar com os demais e, por tabela consigo mesmo, o que paradoxalmente nesse antagonismo o deixa indefeso, colocando-se quase sempre inseguro e na dependência/controle mental desses, como uma marionete facilmente manipulada dentro do seu universo mental.

O dimensional não deve conflitar com os demais e nem se sentir conflitado por eles, para que não se perca no emaranhado de suas emoções, deixando-se conduzir pelo “eu” – pelo “ego” e assim, deixando também de ter capacidade/foco para se direcionar com independência e alcançar seu real objetivo – Foto de Antônio Carlos Tanure.

Apesar de ser “humanamente compreensível” que alguns dimensionais nas atividades de campo queiram sempre saber, quanto dela “em percentagem” absorveram em sua interação com os mundos paralelos, eles devem ter a vigilância necessária aos líderes, se essa sua constante necessidade (mesmo inconsciente) não é de dependência e falta de segurança, que os leva pelo contrassenso ao sentimento de suplantação e de competição estimulado pelo “eu”, pelo “ego”.

Aqueles outros dimensionais que por vários motivos não estando presentes, poderão mesmo assim absorverem posteriormente essa mesma “percentagem” de energia em seu campo por ressonância ou, em outra ocasião.

Os líderes são aqueles que representam e tomam atitudes por um grupo, por isso estão ligados ao poder de decisão. Eles precisam ter carisma, respeito, diplomacia e discernimento com os demais. Não terem preconceitos e não fazer distinção, para que tenham mais facilidade de atrair e de agregar, reunindo as pessoas.

O pior analfabeto não é aquele que na realidade física não sabe ler e/ou escrever, mas é aquele incapaz de transcender através do verdadeiro conhecimento e assim se norteando pelo sentimento do discernimento, iluminar-se pela sabedoria. Ele deve buscar o conhecimento não só aquele oriundo de uma visão acadêmica, mas também aquele outro que essa ciência ainda não alcança, como o relacionado aos mundos paralelos que é vivenciado por experiências associadas à Ciência Lilarial, baseada nos fundamentos da natureza.

O dimensional realmente consciente de sua importância propagadora, é também um líder que se prepara. Ele é um condutor de ideias voltadas para o novo e, por isso, nessa sua trajetória no mundo físico e de conflitos não deve temer, porque está sendo acompanhado de perto pelos mundos paralelos – não só pelas 49 raças como também pelo seu Corpo de Luz ou, pelo Eu do Futuro. E, já agindo por si mesmo ou, intuitivamente motivado em outro nível mental de percepção, deve-se fortalecer.

E assim já fortalecido e já em outra maneira de se comunicar com os demais, palestrando ou escrevendo, deve possuir a sabedoria como informante, para mantê-los na expectativa e despertar seu interesse. O assunto deve interessar não só em relação ao conteúdo que ele está expondo, mas também como ele procede, se mostra. Na verdade, é um conjunto de procedimentos, que cada um deve desenvolver seu próprio “mecanismo”, para que estabeleça uma diferente e positiva interação – entre seu campo de energia com o campo dos que escutam ou leem o que passa.

O dimensional para gerar essa interação, é necessário que ele já esteja em um outro nível de consciência e de sentimento, que o permita ter viva percepção do campo de energia dos demais.

Jesus de Nazaré – o Cristo, conseguia interagir com todos independentemente da quantidade dos presentes – Imagem da Internet.

Só chega nesse nível de consciência e de equilíbrio emocional/razão o dimensional que já também alcançou o “real sentido de possuir” – ou, de mais “ser” do que mais “ter” no mundo físico. Ele já se livrou do encanto quase hipnótico da falsa e constante necessidade de enriquecimento ou do só fisicamente possuir – e ainda, não deixa mais levar pelas enganosas promessas nesse sentido engendradas por alguns, sempre em detrimento da maioria.

Ele agora busca outra riqueza já nele geneticamente incorporada, mas que era por ele quase sempre despercebida e agora vista através do brilho de seu olhar, que o identifica com o brilho de sua alma – cu, com a frequência bastante acentuada de vibração sublimada, que irradia de seu campo de energia.

Os dimensionais realmente conscientes já possuem o entendimento, que estão sendo preparados já em outra frequência mental voltada para uma nova linguagem fundamentada na Ciência Lilarial. Um renascer para eles, mas para a maioria das pessoas ainda desconhecido que agora deve ser propagado com clareza de informações, sem excessos, sem fanatismo, mesmo quando algumas experiências únicas já são por eles vivenciadas.

Os dimensionais já despertos e de fato já conscientes devem proceder como uma grande família. Devem ter entre si confiança traduzida pela honestidade e dessa maneira ajudando mutuamente. A verdadeira união gera uma gigantesca força, que não se constrói pelo medo, desonestidade e hipocrisia, quando a boca disfarçadamente diz uma coisa, mas no coração vibra outra. Apenas onde existe Fraternidade e Amor, que existe a Verdadeira e Eterna Luz e não mais aquela passageira de efeitos eletromagnéticos.

A Verdadeira e Eterna Luz não é aquela passageira de efeitos eletromagnéticos – Imagem da Internet

Os dimensionais em uma época remota já tentaram alcançar a frequência do 999, e com ela almejaram sua transmutação, através de mudanças positivas de ser e de agir na realidade física, mas falharam. O “ego” reinou soberbamente sobre a sua consciência e, com esse seu imenso tropeço entraram na “roda” de morrerem e reencarnarem. Agora eles não podem deixar que isso novamente aconteça ou, que o orgulho, a vaidade e a ganância reinem e joguem por terra um compromisso com eles mesmos e com o Cosmo.

O “ego” no mundo dos sentidos é inerente à condição humana, portanto os dimensionais sempre “o carregam” dentro de si, mas eles agora podem e devem em outro nível de consciência e de sentimento, não ficar mais dispersos em suas emoções. Eles agora em outro padrão mental-evolutivo não devem se permitir mais estar em “stand by” – em compasso de espera, com suas habilidades mentais bloqueadas, sem poderem executar tarefas de seu compromisso, porque o “ego” aflorou mais do que sua real condição de dimensionais.

Portanto, os dimensionais estão constantemente se prejudicando pelas suas ações instintivas, que acabam refletindo em seu presente/futuro. Muitas “marcas” negativas podem existir em seu campo biomagnético (aura) para serem neutralizadas, que foram geradas pelo seu instinto primitivo e que ficam registradas na 6ª e 7ª camadas de seu campo biomagnético (aura). Por isso eles precisam neutralizá-las/queimá-las pelo fogo (fogueira) especialmente aceso para isso, para que através dele seja trabalhado sua energia do vórtice (chakra) do básico, que está diretamente associado à sua energia vibracional e onde o calor pode neutralizar essas suas “marcas”.

Esse fogo (fogueira) especialmente aceso promove uma sintonia com os quatro “elementos/deuses da natureza”, proporcionando a queima dos instintos primitivos do dimensional – Fotos de Antônio Carlos Tanure

Esse fogo promove uma sintonia com os quatro “elementos/deuses da natureza”. E desde que os dimensionais tenham realmente intenção, essa “queima” é feita pelos ultras, energéticos, “luzes” e caneplas – forças que não fazem parte da 3ª dimensão, mas que nesse momento (tempo zero) estão neles atuando enquanto o fogo estiver aceso. Assim as ações negativas de seu passado vão sendo queimadas até finda a fogueira. Apenas as ações futuras (nesse sentido) poderão lhe gerar novas consequências negativas – novas ações gerando novas reações.

Eles para o seu salto quântico precisam antes fazê-lo acontecer dentro de si. Não mais ostentando diferenças pessoais. Devem ser mais flexíveis, exercitando a paciência com os demais. Devem utilizar corretamente o poder das palavras, expressando-se o que pensam para construir e não para destruir. Quando o “ego” é lapidado (controlado) pela sabedoria, a paciência, a compreensão e o respeito estão sempre presentes – e, dessa maneira que uns devem agir com os outros.

Os dimensionais despertos e de fato conscientes devem sempre conservar sua mente e seu coração em sintonia vibracional com a Frequência das Ondas Moduladoras – com a Energia Suprema ou Deus, que Dela são Partículas Vibrantes de Luz.

———————————————-

Recanto de Havalon e Zigurats – Reino de Dakila:

Os dimensionais que já alcançaram a frequência mental para vivenciá-la em sintonia com esse novo tempo, terão tarefas próprias a fazer, mesmo porque já as executaram em vidas passadas e agora apenas as complementarão nessa sua nova fase – ou, de sua passagem pelas “Janelas”, buscando sua transmutação.

Em sua escalada na busca de si mesmo o dimensional voltou para “algo”, que preenchesse seu vazio interior, que preenchesse sua vida. Buscou um rumo a tomar em função de seu amanhã, quando procurou igrejas, paranormais, cartomantes, etc.

Em sequência ao se perguntar “o que eu faço com isso”, continuou com sua busca, porque não obteve respostas que o satisfizeram, por não serem suficientes. Então, procurando “aprofundar seu conhecimento”, buscou outras informações através das linhas esotéricas como Rosa Cruz e Maçonaria, etc. Linhas de pensamento que não se expressam como religiões. Mostram-se pela razão e não pela fé religiosa.

Nessa sua busca mesmo essas informações já obtidas, preencheram até certo ponto sua necessidade de mais conhecimento. Assim, chegou outro momento, que ele se sentiu impelido às novas informações, que procurou tê-las como conhecimento ainda mais avançado, quando buscou o “mundo espirita” com seus vários segmentos, onde acontecem “materialização de espíritos”, incorporação e psicografia.

Mas, em um determinado momento mesmo esse conhecimento com experiências por ele ali vividas não mais o preencheu, quando então encontrando um “leque de opções”, ele chegou em Dakila. E ali dentro de várias possibilidades foi através delas despertando interesse maior ou menor, que o fez permanecer ou se afastar, de acordo com sua sintonia e interação com os mundos paralelos. Quando maior foi essa sua percepção (mental), mais ele foi se permitindo fazer sua escalada evolutiva.

Assim, ao “fazer uso” dessas múltiplas possibilidades não só foi se despertando, como ainda ajudando a despertar outras pessoas. Sua subida pelos degraus dessa escada foi acontecendo com experiências, que as vivenciou e que lhe proporcionaram novas informações e novos conhecimentos, que só ali os obtém, permitindo que tivesse um outro padrão mental para um novo nível de consciência.

Escada Evolutiva – Imagem do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br)

Em Dakila o dimensional já vivenciando de fato, em outro padrão mental um novo nível de consciência ao experienciar com os mundos paralelos, ele não deve deixa mais que outros apontem seu caminhar na realidade física, porque ele já em sintonia e interação com seu Eu do Futuro ou com seu Corpo de Luz, é por ele direcionado. As atividades de campo junto à natureza são, para que se dê mais depressa esse seu despertamento.

Nessas atividades junto aos “deuses da natureza”, ele se exercita para superar suas limitações não só relacionadas ao medo e à ansiedade, mas também para vencer outros bloqueios, para que tenha uma maior percepção através de sua visão periférica, que o possibilite enxergar o campo biomagnético de todas as coisas em seu derredor. Percepção com o auxílio de suas células bastonetes (células da retina), quando começa a “enxergar” mais além da luz física.

Na atividade de campo ele é preparado para perceber realidades/mundos paralelos ou, o que não está na frequência da luz física. Quanto mais ele treina nesse sentido, mais ele “enxerga”, mais possui percepção dos mundos paralelos, quando vai também se tornando menos medroso e relutante, ao desfazer de seus bloqueios (principalmente os inconscientes), que até então o impediam alcançar um novo aprendizado para uma nova vivência.

Os artefatos que nessas ocasiões lhe são passados pelos mundos paralelos, eles ajudam reeducar, reprogramar seu cérebro e potencializar sua capacidade de comando mental.

Jesus de Nazaré – O Cristo, foi o único Mensageiro de Deus que já tinha tudo automatizado através do seu comando mental, assim não precisava mais de nenhum artefato, porque já o possuía naturalmente dentro de si como uma biotecnologia mental. Ele preparou para essa biotecnologia mental dos 12 aos 30 anos no Egito, até conhecer todas as Leis Universais e dominá-las. Assim não mais precisou de nenhum artefato/tecnologia para ampliar o seu comando mental, que o direcionava através de sua vibração sonora, como “poder do verbo”.

Jesus de Nazaré foi o único Mensageiro de Deus que tendo tudo já automatizado dentro de si, conseguia através do seu comando mental, dominar leis que governam o mundo físico, para manipular a matéria e controlar as forças da natureza – Imagens da Internet

O que ele fez nesse período foi exatamente o treinamento do equilíbrio das polaridades ou, dos hemisférios direito e esquerdo de seu cérebro na mesma intensidade e de maneira simultânea. Foi assim que realizou os “milagres da vida”. Depois que aprendeu “essa tecnologia mental” usava a energia das pessoas ativando seus campos, para que elas mesmas produzissem o fenômeno do “milagre”, que buscavam.

Na realidade física Jesus de Nazaré (de maneira especial) assim procedia, para conseguir o que queria. Ao curar várias pessoas que nesse sentido o solicitavam, ele conseguia ajustar sua frequência mental à de cada pessoa, pois cada uma tinha uma energia (um campo) de intensidade diferente.

Ele mentalmente direcionava para que elas ficassem na mesma frequência e vibração sua. Nesse momento ele estava vivenciando e ostentando vibrações multivibracionais, que eram direcionadas para todas as pessoas, mas dentro da necessidade de cada uma. E. ele sabendo que era mais um “potencializador dessa energia”, dizia no final para cada uma delas: “não fui eu quem a curou, mas sua fé que a curou”.

Diferentemente, o dimensional mesmo já desperto ainda precisa do auxílio de artefatos, para com eles se programar para resultados imediatos.

O MC1 é importante para que ele interaja com os mundos paralelos;

O MC2 é importante para a sua transmutação na Pirâmide;

O MC4 é importante para a manipulação de suas Linhas da Vida.

Apenas quando o dimensional alcança a frequência do caduceu (depois dos mini cetros), que tudo já estará mais automatizado em sua mente. Em sua programação mental a imagem que irá acontecer em seu cérebro, já estará como desejo e intenção direcionados ou, como “endereço certo”. Portanto, seu desejo (“fé” consciente) poderá acontecer muito mais fácil e rápido para ele e não de forma confusa como agora.

Apenas quando o dimensional chegar à frequência do caduceu, ele como um cocriador já terá tudo mais automatizado em sua mente – Imagem da Internet.

O Caduceu de cada dimensional depois de colocado em determinado ponto de um local em Dakila, irá gerar uma onda eletromagnética, que funcionando eternamente agirá como uma “máquina quântica geográfica”.

Esses artefatos serão deixados para a posterioridade – para outros dimensionais iniciantes que virão e que almejarão também a frequência de seres universais, acelerando seu desenvolvimento mental e vibracional. Acelerando seu campo de energia, para que possam também dar seu salto quântico e transmutar. Os atuais dimensionais tiveram essa ajuda de antigos artefatos, que outros dimensionais em passado remoto deixaram para eles.

No Fuerte de Samaipata (sítio arqueológico pré-inca, na Bolívia) existem algumas janelas esculpidas na rocha, onde a energia taquiônica caminha por elas, ao saltar de uma para outra.

No Fuerte de Samaipata (sítio arqueológico pré-inca, na Bolívia) existem algumas janelas esculpidas na rocha, onde a energia taquiônica caminha por elas, ao saltar de uma para outra – Foto da Internet

A humanidade passou por vários estágios de sua história, até chegar ao atual estágio civilizatório e, para muitos deles que já perderam “na curva do tempo”, a arqueologia tem muito contribuído para hoje constatá-los, mas quase sempre sem obter respostas para esses seus achados, esses pesquisadores ficam mais no campo das suposições.

Em 1.963 um novo sítio arqueológico foi localizado no sudeste da Turquia – Göbekli Tepe, mas só a partir 1.994, novos estudos desenvolvidos pelo Instituto Arqueológico Alemão (D.A.I.) e pelo Museu de Sanliurfa (Turquia), abalaram os alicerces de todo conhecimento relativo à evolução histórica da humanidade. Essa descoberta está localizada sobre uma enigmática montanha criada artificialmente pelo homem, medindo aproximadamente 300 metros de diâmetro. Em seu interior está localizado um dos mais impressionantes tesouros arqueológicos jamais descobertos. Sua idade é um mistério, pois as escavações ainda não encerraram. Dados preliminares indicam que o estrato mais profundo pesquisado até o momento data de pelo menos 12.000 anos atrás.

Escavações sugerem fortemente que Göbekli Tepe, na Turquia, era um local de culto – o mais antigo já descoberto até hoje. A grande sequência de camadas estratificadas sugere muitos milênios de atividade. A camada com indícios de ocupação humana mais antiga é constituída por pilares monolíticos ligados por paredes. Até agora, quatro construções como essas foram desenterradas, com diâmetros entre 10 e 30 metros. Pesquisas geofísicas indicam a existência de mais 16 dessas estruturas – Foto da Internet

O artefato que cada dimensional deixará para a posterioridade, não está na frequência e na vibração da “Placa Física”, que foi ‘”cunhada” por ele mesmo 4.004 a.C. Ele irá “cunhar” uma outra para deixar às gerações futuras de dimensionais como fonte de conhecimento, mas agora como o “Livro da Vida” ou, como sua “Pedra Branca” – um legado intelectual, vibracional e transmutativo para as novas gerações de dimensionais.

A importância que é dado aos artefatos envolvidos pelo ouro alquímico e vibrado na frequência das Amazonas, é porque eles auxiliam na harmonia, mudança, modificação, modulação e transmutação do dimensional, que agora através de seu campo de energia pode propaga-las para outras pessoas.

As mulheres nessa frequência terão mais facilidade para gerar energia transmutativa, devido aos seus 37 canais, que os homens apenas os possuem em número de 18. O dobro de canais que as mulheres possuem, permitem que elas não só “ativem” os homens, como os “modulem”. Nessa sincronia entre mulheres e homens será gerada uma consciência não tanto mais individual humana, mas uma “consciência de seres universais”, que voltada ao coletivo lhes proporcionará também um rejuvenescimento em suas aparências físicas, como um salto quântico ou, como uma “tecnologia mental”.

As mulheres por terem mais do dobro de canais (mentais) que os homens, elas têm também mais do dobro de “fios/canais” para “limpar” do que eles, mas em compensação por elas possuí-los em maior quantidade, têm uma percepção muito mais aberta, que as faz agirem com mais carinho, amor, compaixão do que eles e assim, conseguem mais facilmente seu intento. Os homens agindo com mais instinto, “mais frieza” ou de maneira “mais primitiva”, acham que pela imposição possui na realidade física e dos conflitos mais favorecimento. Mas, são as mulheres as mais favorecidas, porque conseguem de maneira mais fácil e coletiva promover no mundo físico a pacificação.

Nos mundos paralelos já começou a ser moldada a “Pedra Branca” de cada dimensional desperto. A primeira delas que se relaciona ao “Livro da Vida, quem primeiro a recebeu, foi aquele da raça adâmica que no Livro de Gênesis é chamado de Adão.

A “Pedra Branca” é uma coisa” e a “Placa Física” é “outra coisa”, como já foi antes mencionado. Essa última que é apenas direcionada aos dimensionais, pode por enquanto ser apenas relacionada ao seu “Livro da Vida”.

A “Placa Física” (acima) é “uma coisa” e a “Pedra Branca” já em outra frequência e vibração é “outra coisa”. A primeira é trazida à realidade física por aquele dimensional que já viaja no tempo através do seu Eu do futuro. – Mais informações nas Páginas O Portal e No milharal, “a entrega da Quinta Placa”, nesse Site – Foto de Antônio Carlos Tanure

O dimensional já consciente de sua verdadeira realidade terá em momento próprio sua “Pedra Branca”, que virá com seu nome. Ocasião quando terá também sua “Pedra de Vencedor” com cor diferenciada e moldada em determinada forma, compatibilizada à sua Essência. Ela estará também associada à sua frequência mental, portanto compatibilizada à sua maneira de ser no mundo físico.

Além dessas “Pedras” tem a “13ª Pedra” que vem de Ophiúchus com “tecnologia vibracional” na forma de um artefato. Ela vai gradativamente sinalizando para o dimensional novas fases como viradas de frequências, que vão nele atuando de várias maneiras. Em um primeiro momento ela estará associada ao seu discernimento, em um segundo momento irá aproximá-lo de sua “Pedra Branca”, em um terceiro momento trabalhará seu campo energético para que acesse novamente a “Placa Física” e por fim, irá proporcioná-lo mais facilmente “regalias materiais”.

Essa “Pedra de Ophiúchus” que o potencializa, está relacionada às suas Três Linhas da Vida – ABC. Por causa dessa “mescla vibracional” que essa tecnologia/artefato ajuda também à sua passagem pelas “Janelas”, na medida em que o influencia, para que busque mais conhecimento, entendimento e percepção.

Os dimensionais despertos vivenciam hoje uma “outra escrita em uma outra linguagem”, que se mostra pela Matemática e Geometria Universais e que utilizando de frequências e de vibrações, os mundos paralelos delas se valem literalmente fundamentados na natureza – dentro da Ciência Lilarial. Uma outra Ciência ainda inimaginável da maioria dos seres humanos, mas não desses dimensionais que agora a redescobre, quando se comunicam com essas realidades nas atividades de campo ou, junto à natureza e através dessa alcançam um outro padrão mental-evolutivo, para receberem seus artefatos e com eles poderem transmutar.

A maquete da Grande Pirâmide já anos exposta no Recanto de Havalon, vai finalmente ser construída. Ela será um necessário, grande e especial “artefato” para esse novo tempo. Será a “antena vibracional” de Zigurats com o universo e com os mundos paralelos pelo menos durante 27 mil anos.

Maquete da Grande Pirâmide em Zigurats que parece agora vai ser finalmente construída – Imagem do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br)

A sala O9 é o local nessa Grande Pirâmide onde o dimensional de maneira especial interagirá com os mundos paralelos, trazendo de lá informações e conhecimentos também especiais, para propagá-los. Esse dimensional já alcançou a percepção que a “Sabedoria está no bolso, o Entendimento no coração e a Salvação em suas mãos”.

Aquele que ali estará já em estreita sintonia com os mundos paralelos, ele não estará tanto mais ligado apenas aos valores materiais de um mundo limitante físico, porque perceberá também, que ser “rico e pobre” é relativo, depende do ponto de vista de cada um… Ser rico de quê, ser pobre de quê?…

Se verdadeiramente ele já tem respostas para essas perguntas, ele não deixa mais levar pelo “encanto das ofertas” no mundo físico. Não possui mais excessivo apego ao que é muitas vezes supérfluo e que “envenena” tanto seu corpo quanto sua mente, pelo o que ingere e pelo o que se desgasta emocionalmente comprando ou tentando comprar.

O dimensional dentro da Grande Pirâmide (Zigurats), já na sala 09 – o Número da Vitória e da Sabedoria, já irradia a Frequência dos Vencedores. É o “Guerreiro” que já eliminou a Frequência viciada do 666, porque nele já está vibrando a Frequência do 999.

Na frequência da sala 09 vibra ainda a Frequência da Nobreza e não do “ego”. Aquele que já está nessa sintonia mental já percebe o verdadeiro sentido da superação, da organização e da distribuição. Ele não ostenta mais vícios de um tempo, que já está passando, para que renasça uma nova era – renasça a Era Dourada.

Ele já está junto às realidades paralelas em “Frequência Transbordante” ou, àquela que é alcançado o que deseja tanto material quanto vibracional. O universo é “transbordante”, portanto quando o dimensional também “transborda” com disciplina, determinação e foco, ele obtém tudo, que já era dele.

O dimensional consciente não se deixa mais levar pelo “encanto das ofertas” no mundo físico e muito menos pelo excessivo apego a elas – Fotos da Internet

Esse dimensional realmente consciente é ainda aquele que não se deixa mais prender pela ganância. Ele não mais se assemelha àquele, que não percebe o justo sentido da redistribuição. Aquele que não alcança a percepção que “sua salvação” ou o motivo que realmente o enriquece, é pensar e agir não só em função de si mesmo, mas também dos demais.

Aquele que está em sintonia vibracional com a sala 09, já está um passo de sua transmutação. Ele voltado ao seu compromisso “foi construindo seu destino” postado em sua “Pedra Branca”, que é conquistada em trabalho individual, porque não existe essa “Pedra” coletiva. Cada um vai gerando a sua, através de seus pensamentos e de suas ações, que são transformados em informações postadas em seu futuro.

Quando as realidades paralelas salientam para o dimensional que “Busque Conhecimento” ou, que busque aquele Conhecimento que realmente lhe proporcione transcender ou se elevar pelo coração, é para gerar ondas magnéticas/pensamentos, que impulsionam forças eletromagnéticas através de seu “mecanismo” cérebro-mente e ele possa despertar e tornar um ser cósmico, o que é de fato. Formam-se campos de energia de origem intelectual e emocional, que se combinam e que o direcionam para além da morte através de sua transmutação.

Em uma tentativa de inserir na ciência os conceitos de alma e de consciência, os cientistas Stuart Hameroff (diretor do Centro de Estudos da Consciência na Universidade do Arizona, EUA) e SirRoger Penrose (físico matemático da Universidade de Oxford, Inglaterra) criaram a teoria quântica da consciência, segundo a qual a alma estaria contida em pequenas estruturas (microtubulos) no interior das células cerebrais. Para eles a consciência é o resultado de efeitos quânticos gravitacionais sobre esses microtúbulos e, indo mais longe, a alma seria “parte do universo” e a morte, um “retorno” a ele. Esses cientistas desenvolveram sua teoria com base no método científico de experimentação e em estudos feitos por outros cientistas.

De acordo com Hameroff, experiências de quase morte estariam relacionadas com essa natureza da alma e da consciência, portanto: quando o coração para de bater e o sangue deixa de circular, os microtubulos perdem seu estado quântico. Mas, a informação quântica contida neles não é destruída, apenas se distribui e se dissipa pelo universo. Agora, é só aguardar outros experimentos e estudos sérios desses dois cientistas, para ainda mais validá-los.

Essa teoria não deixa de ter certa analogia ao ditado popular, que diz ser a voz do povo a voz de Deus e, nessa analogia continua também a percepção da sabedoria popular, ao referir àqueles “de boa alma” que o universo conspira ao seu favor. E ainda nesse mesmo sentido, os mundos paralelos mencionam por ser o universo “transbordante”, os dimensionais quando “transbordam” pelo que pensam e agem tocados pelo equilíbrio e pelo discernimento, eles obtêm o que desejam, buscando no universo o que já era deles.

A mente seria um universo quântico. A teoria da cognição quântica abre os campos da psicologia e da neurociência para entender a mente não de forma linear, mas um requintado universo – Imagem da Internet.

Os mundos paralelos estão constantemente estimulando os dimensionais através de informações e de conhecimentos, que estão além do alcance da maioria das pessoas. Informações como do ouro compactado, que as realidades paralelas o reduzem como artefato para um pequeno tamanho. Usando dessa tecnologia esse mental foi também compactado pelos anunnaki, para ser mais fácil levá-lo para fora desse planeta e depois novamente expandi-lo.

Os dimensionais ao dominarem a tecnologia da descompactação desse metal, eles estarão possuindo também o domínio sobre a matéria. Comumente o metal ouro é visto pelo ser humano apenas pelo seu valor comercial/pecuniário, mas para o dimensional seu valor é vibracional como ouro alquímico. Nessa frequência de pureza ele é universal e assim, é visto em todos os pontos do cosmo

Magnetóide é outra tecnologia oferecida pelas realidades paralelas aos dimensionais. É uma tecnologia bioplamática que potencializa suas habilidades extrasensoriais, fisiológico-mentais e que atua quanticamente através do seu ectoplasma sanguíneo – Mais informações no texto Magnetóide – Uma Biotecnologia, nesse Site

Os dimensionais já despertos estão na 1ª etapa fotônica do Magnetóide Coletivo. A diferença da etapa física anterior para essa de agora fotônica, é que essa última atua na frequência da luz. As células de seus corpos vibram dessa maneira quando recebem essa frequência fotônica, por isso nesse momento devem mentalizá-la, sendo também absorvida por milhões de pessoas através dessa ressonância quântica. Seu pensamento deve focar prosperidade e abundancia no seu sentido mais amplo.

A frequência do magnetóide é a frequência de vibração do plasma sanguíneo, 50% dele aproximadamente. Quanto mais substância fotonizadas os dimensionais incorporam como o magnetóide, mais próximo da transmutação ficam – mais fácil torna sua passagem pelas “Janelas”.

Muitas pessoas têm dificuldade de assimilar o novo. São mentalmente mais acomodadas. Como em cada cabeça uma sentença, acomodam-se excessivamente esperando por “milagres”. Mas, “milagres” não vão acontecer, porque cada uma precisa fazê-los acontecer.

Milagres” nada mais são do que a manifestação da capacidade mental consciente do dimensional, direcionando-a pela sua vontade, com objetivo/foco. Eles acontecem por meio de processo físico/bioquímico em seu organismo, que utiliza de sua força mental e que lhe permite visualizá-lo já realizado, através de intenso desejo (“fé” consciente).

Ultimamente o dimensional já desperto está mais constante interagindo com os mundos paralelos através de frequências, que se mostram como interações fotônicas, portanto vibrando como luz/cores na realidade física. Assim para sua maior clareza, ele precisa ter também uma melhor noção como as cores comportam/mostram na terceira dimensão.

Verde/vermelho produzem a sensação da cor amarelo;

Azul/verde produzem a sensação da cor ciano (verde/água);

Vermelho/azul produzem a sensação da cor magenta (lilás ou fúcsia);

O azul e o amarelo produzem a sensação da cor verde;

O amarelo e o vermelho produzem a sensação da cor laranja;

O vermelho e o azul produzem a sensação da cor magenta.

Imagens da Internet

Também nessa mescla de cores e luz entre o mundo físico e o extra físico, o campo biomagnético do dimensional (aura), pode mostrar em várias frequências de cores/luz conforme o seu estado emocional momentaneo, que reflete não só seu estado físico como seu padrão mental-evolutivo. Essas frequências geradas em seu campo de energia são imprescindíveis em sua interação com os mundos paralelos.

As mais comuns dessas frequências/cores são: dourada, azul, violeta, lilás, prateada, vermelha e verde. A cor dourada entre outras coisas indica alto grau de espiritualidade, compreensão, intuição e percepção. A cor violeta significa faculdade mental já avançada, é a cor da transmutação/mudança. A cor lilás tem praticamente o mesmo significado da cor violeta, mas também atrai bens materiais.

A aura totalmente prateada indica alto grau de sensibilidade e de muita espiritualidade. Essa cor é das pessoas que nasceram após 1971 – é a frequência da vibração universal. A cor vermelha indica paranormalidade muito forte, muita energia voltada à realização no mundo físico. A cor verde ao se mostrar no campo biomagnético (aura) da pessoa à esquerda, indica que ela tem energia de cura acumulada e à direita mostra que está sendo curada. A cor azul desorganiza outros campos vibratórios, para que depois se reorganizem e abram várias “janelas” para outras esferas de realidade – Mais informações na Pagina Seminário VII, nesse Site.

Na mescla de cores e luz entre o mundo físico e o extra físico, o campo biomagnético do dimensional (aura), pode mostrar em várias frequências de cores/luz conforme o seu estado emocional, que reflete não só seu estado físico como seu padrão mental-evolutivo. As mais comuns dessas frequências/cores são: dourada, azul, violeta, lilás, prateada, vermelha e verde. São geradas em seu campo de energia e imprescindíveis em sua interação com os mundos paralelos – Fotos de Antônio Carlos Tanure.

Cores refletem aspectos de Luz e essa nada mais é do que Consciência, que “vai chegando” ao ser humano através de informação e de conhecimento, principalmente aqueles que mentalmente expressando/vibrando “em linguagem” ou frequências de cores/luz, vão mostrando seus pensamentos e “desnudando” sua alma, ao revelarem através de seu campo biomagnético seus sentimentos – Trecho do texto: Energia Dourada o “Verdadeiro Ouro”, neste Site

Em Dakila a luz azul que se mostrou no dia 11/09/17 sobre os dimensionais presentes, cada um percebeu nessa cor tonalidades diferentes conforme sua Frequência de Onda. Ela em conjunto com a nave do GNA atuou como uma nova tecnologia dos mundos paralelos. Dias antes apareciam naves do GNA em frequências diferentes, que emitiam imensos flashes, preparando o campo de energia dos presentes para maior absorção dessas tecnologias, que absorveram 72% delas.

O dimensional já desperto e consciente está sendo agora modificado, remodelado em consciência e razão, o que reflete em sua maneira de falar e de agir. As atividades que delas ele participa, tem como objetivo promover seu salto quântico – ou, passar pelas “Janelas”.

As vezes a luz vermelha (energia crística) ao se mostrar primeiro antes da luz azul, é porque essas duas frequências como vibrações luminosas cósmico-divinas, estão nessa sequência trabalhando na realidade física a capacidade mental (habilidade extrassensorial) dos presentes, com alguns podendo sentir certa pressão na cabeça, quando as absorvem totalmente. E aqueles outros que não as sentiram tanto, absorveram um pouco menos.

Em atividades energético-vibratórias alguns dimensionais podem ter outras reações de fundo psicossomático, como consequências da “magia do verbo”. Quando falam positivamente, geram positivamente energia, mas se reclamam (sem fundamento), a geram negativamente.

Quando fala positivamente, gera positivamente energia – Imagem da Internet

O “verbo” é uma força que através das palavras é gerado poder de vibração com uma intenção, que depois realiza. Ou seja, planta-se, o que se fala. Quando o dimensional expressa negativamente, direciona dessa maneira para si mesmo e prejudica-se, porque gera “substâncias negativas” para o seu corpo através de suas glândulas. Quem só reclama e deprecia auto mutila, pois irá gerar problemas emocionais que se transformarão em males físicos.

Se o que boca pronuncia foi antes construído no “coração”, dificilmente gerará reações diversas de fundo psicossomático, mas se as palavras mesmo disfarçadamente ditas não foram nele geradas, essas reações estarão quase sempre presentes.

Quando o dimensional passa uma informação com emoção ou, revestida de experiência por ele já de fato vivenciada, essa é passada com fundamento, com propriedade, porque já tendo domínio do que vivenciou ao falar ou escrever, ele consegue gerar positivamente energia, ao passar e despertar emoção aos demais, para que entrem em sintonia com ele e também deem seu salto quântico – no final desse grande ciclo de 25.625 anos e início de outro. E, possam também ajudar a transformar a antiga frequência do 666 na nova frequência do 999.

A energia que cada um irradia de seu campo é a sua característica vibracional e, com ela pode gerar energia positiva para si e negativa para um outro ou outros e, vice-versa. É uma questão de polaridades e não que elas sejam boas ou más. O líder precisa trabalhar essas energias quando fala e age, não deixando por elas ser dominado, para que permaneça sempre imperturbável envolvido pela vibração da harmonia. Não adianta fingir.

Jesus de Nazaré foi um Mestre no domínio de seu campo de energia, não só em relação a ele mesmo, mas também em relação aos outros. Não separava aqueles que eram com ele simpáticos, dos que não eram. O “eu”/”ego” escolhe ou conflita, o Eu Superior/ Eu de Luz em outro nível de vibração e de realidade não escolhe, nesse outro nível de frequência não existem diferenças.

O dimensional já desperto tem um imenso compromisso com o planeta Terra, na medida em que vai propagando e tornando-se um ser universal ou, transformando-se em um ser cósmico. Quando ele mentaliza sua Frequência de Onda e ela pulsa em seu frontal (junto à sua simbologia), projetando-a para os mundos paralelos, esses ficam com ele em sintonia direta.

No plano holográfico, cada dimensional em atividade de campo é visto como se fosse uma “luzinha” na mata e quanto mais forte essa “acende”, mais forte os mundos paralelos conseguem com ele conectar e assim aproximar. Ele deve potencializar essa sua energia/frequência vibracional, principalmente nas tarefas com o magnetóide e “outras luzes”.

A cada 20 segundos tem-se um pulsar ou, uma luz que vem do centro dessa galáxia, envolvendo os corpos que nela estão – é o pulsar da galáxia. Energia que os maias associavam em sua atividade esportiva predileta ou, o jogo de Pok Ta Pok disputado com tochas acesas e sob a luz do luar. Pratica hoje que o dimensional sabe estar associado ao MDPL. Nesse sentido também na Grécia antiga existiam as “Olimpíadas”, que foi perdendo com o tempo seu real motivo, até se transformar o que é atualmente um negócio.

Pok Ta Pok dos antigos maias – Imagem da Internet

Nessas “disputas esportivas” que eram realizadas pelos maias em certas ocasiões, os músculos de seus corpos eram mais exigidos e assim absorviam mais o MDPL. Esse era o verdadeiro sentido dessas competições e não realizações de “rituais” como são hoje considerados pelos arqueólogos e antropólogos. Nessas competições esses povos mais antigos, sabiam que podiam ser beneficiados por “alguma coisa”, pois nesse sentido os “deuses” lhes passavam informações/conhecimentos, como se proceder (Viracochas, Kukulkan, Quetzalcoatl e os “deuses gregos”, entre outras “divindades”). Atualmente o dimensional tem o biosatélite para fazer essa conversão, através da tecnologia do MDPL

O MDPL além de trabalhar fisicamente os dimensionais através de sua carga elétrica, abre os “arquivos” adormecidos de seu inconsciente. Com essa ativação eles vão relembrando cada vez mais através de “flashes” momentos ainda no ventre de sua mãe e continua em suas vidas passadas. Eles vão readquirindo sua memória cósmica. Portanto, a frequência luminosa que nesse momento ativa seu campo, “abre” seus “arquivos” não só dessa vida, mas de outras.

Eles ficam também com raciocínio mais rápido e desenvolvem mais suas habilidades paranormais. E, é nessa frequência mental mais acelerada, que os mundos paralelos podem ainda lhes passar o conhecimento do segredo da transmutação, porque ficam com mais facilidade para entendê-lo.

O MDPL Seletivo é liberado pelos mundos paralelos em locais onde ocorrem não só disputas esportivas, mas também onde nele ocorrem palestras e atividades intelectuais (lugares onde acontecem reuniões para essa especifica troca de informações).

 


O MDPL trabalha fisicamente os dimensionais através de sua carga elétrica, para que desenvolvam mais rapidamente suas habilidades paranormais –Imagem da Internet

O dimensional realmente consciente, sabe que não é correto o radicalismo, porque nos mundos paralelos tudo é possível, dependendo de cada situação. Assim, ele mesmo sabendo que no momento não pode realizar algo, não precisa radicalizar, mas mencionar a possibilidade de realizá-lo em momento mais propicio. Existem várias maneiras de se dizer não, sem se mostrar taxativo, arrogante e agressivo. O líder necessita desse discernimento.

O dimensional já desperto interage consciente com os mundos paralelos e através deles com as 49 raças. Ele já está familiarizado com manifestações oriundas dessas frequências de vibração e de realidade. Portanto, quando para ele mostra uma manifestação, que no Antigo Testamento é identificada como “carruagem de fogo”, ele já com outro conhecimento e possuindo outra compreensão, não se deixa mais levar pelo sentimento místico-religioso.

Entretanto, essa manifestação luminosa cósmica-divina não deixa de ser para ele sua “glorificação”, por já alcançar essa frequência de interação. A presença dessa “carruagem de fogo” no tempo de Moisés era um “sinal” para que fortalecesse naquele “povo escolhido” a presença de “deus”. Paralelamente foi sendo evidenciando um “outro” com o intuito de manipulação e de poder fazendo dos anunnaki esse “deus”, que também é bastante citado no Velho Testamento, impondo pelo medo, alimentando ignorância por falta de conhecimento e gerando uma “fé” cega e não consciente.

Com isso criou-se no final uma miscelânea de informações e ideologias em diferentes épocas, que sempre disputavam qual era o verdadeiro “deus” e que só agora começam a ser filtradas, começam a ser separadas. Para o dimensional desperto essa “carruagem de fogo” é uma “bolha” para conduzir em determinado instante no plano de realidade mais densa uma presença cósmica e mais vibrátil.

Carruagem de fogo” no Velho Testamento – Imagem da Internet

O ser humano foi “fabricado” (seu corpo) com a intenção apenas para trabalhos físicos pelos anunnaki, para que em seu benefício procedesse como verdadeiros robôs, mas a alma/essência que nele se inseriu, não aceitou essa imposição e buscou através de gradativo conhecimento e sensibilidade sua evolução – auto iluminação.

Hoje também em “seu evoluir” o dimensional continua procurando cada vez mais se conhecer. Procura não se deixar escravizar pelo sistema, que tenta prendê-lo no mundo físico através da tentação do consumo, quando o condiciona cada vez mais comprar e subliminarmente frustrá-lo, quando isso não acontece.

Os dimensionais dos grupos Luz, Sublimação, Alquimia, Propagação e Modulação já alcançaram um “percentual intelectual e de consciência” acima da média, para assimilarem informações dentro da Matemática Universal e, já possuindo importantes habilidades extrassensoriais, podem agora interagir ainda mais conscientes com os mundos paralelos.

Esses dimensionais em sua atividade de campo como tarefa especifica e compactada em 07 horas divididas em duas fases de 03h30min, têm como objetivo “abrir mais” o seu entendimento, conhecimento e, além de equalizar seus canais cerebrais, para facilitá-los em sua interação com os mundos paralelos, também os ajuda em sua passagem pelas “Janelas”, porque potencializa seu campo de energia.

Nessa atividade em local predeterminado o “fenômeno” principal é a “revoada”, que mostra como uma rajada de vento, que aparece de repente e de origem indeterminada como estivesse derrubando tudo, mas não é observada fisicamente nenhuma destruição em volta. Esse momento marca a presença do Paráclito, com a finalidade de nivelamento vibratório de todos os presentes, que devem fechar suas mãos para absorverem o máximo dessa frequência vibratória.

O Espírito Santo com sua origem celeste, é pré-anunciado por um rombo, um sinal ruidoso para indicar com certeza sua proveniência. “De repente, veio do céu um ruído, como se soprasse um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados” (Atos 2,2). Exatamente porque o Espírito Santo vem do alto, de Deus, tem a capacidade de encher até a borda nossas vidas, nossos corações”.

A ciência menciona que Terra dentro do “ciclo da vida” nada se cria, nada se perde, tudo se transforma (Antoine Lavoisier), portanto tudo é “reciclado”. Para os mundos paralelos a Terra é como uma grande e especial “tecnologia” onde tudo é nela gerado. E o Sol é um conversor de energia dos mundos superiores para esse planeta de 3ª dimensão. Portanto, a Terra é um especial processador dessa energia.

Ainda de acordo com as realidades paralelas mencionar que a Terra é apenas um planeta, é não possuir a sensibilidade ou a clareza mental para ir além dessa definição. É não diferentemente percebê-la como um Corpo Vivo, quando em um metro cúbico ou menos de terra a quantidade do que nele pode ser gerado ou, que pode ser produzido. Ela “procede” como um verdadeiro “útero”, que constantemente possibilita “surgir” outros corpos vivos.

Se Zigurats está sendo construída impulsionada também pela ação das 49 raças, essa impulsão está associada à condição da Terra como um “entreposto” e “sementeira de tecnologias” para mundos de 3ª dimensão, o que atrai para ela civilizações de outros pontos do universo.

E a argila encontrada em um determinado local no Recanto de Avalon é uma dessas tecnologias.

Fotos da argila uma tecnologia natural – de Antônio Carlos Tanure

Essa argila que nesse local é extraída sob orientação dos mundos paralelos é uma “tecnologia natural”. É constituída por enorme quantidade de minerais na forma de vibrantes micropartículas tetraédricas, por isso sua vibração é muito superior à de qualquer outra argila.

O corpo humano é constituído por água, gorduras, carboidratos, vitaminas, proteínas e minerais. Todos os elementos que o constituem são encontrados na terra do planeta Terra. Por isso, é mencionado no Livro de Gênesis, que o homem (seu corpo) foi feito do “barro” ou, das “substancias” encontradas na terra. A partir daí surgiu a raça adâmica – e dela os dimensionais como programações geneticamente modificadas dos anunnaki.

Essa argila funcionando como uma “nanotecnologia” natural, seu principal benefício é a sua atuação relacionada à carga elétrica atuando sobre as células. Ela se insere dentro do futuro da medicina, que constituirá por três pilares: estabilização da molécula de deutério na água, a presença da argila e atuação da luz.

Para os dimensionais despertos e de fato já conscientes os mundos paralelos estão constantemente pondo à sua disposição informações e conhecimentos e, em função deles experiências únicas.

Os dimensionais com sua condição humana em constante processo evolutivo tanto físico quanto emocional, alcançaram um outro estágio mental, que com ele já começaram expressá-lo em outro nível de frequência e de vibração. Nesse sentido um poço em formato de caracol (energia de propagação inversa – para baixo) irá ajudá-los gerar através da energia da kundalini a frequência das Amazonas. Os casais com essa atividade ficam praticamente prontos para fazer a ativação da Chama Trina. Não tem necessidade de “laço” matrimonial.

A Alquimia Transmutativa originada da Chama Trina está muito além de questões materiais, emocionais e de atração sexual. Ela está muito além do mundo da matéria e de suas leis para 3ª dimensão, pois já é uma energia sublimada. As ativações para realiza-la devem ser feitas sempre com polaridades opostas, mas podem também ser realizadas entre familiares homens/mulheres ou, entre amigos/amigas, pois não é mais de origem sexual, mas de energia vibracional como apenas frequência emocional sublimada entre os dois sendo direcionada.

Aqueles que descem nesse poço em espiral (descendente), já têm em si a frequência de kundalini subindo na vertical e em espiral (ascendente). Portanto, o casal nessa atividade se envolve por essas duas frequências e começa a trabalhar a substância do Santo Graal. Os dois não têm necessidade de envolvimento sexual, precisam principalmente estar emocionalmente compatibilizados – harmonizados.

A Chama Trina como a Chave de Maior Poder é a mais poderosa de todas as energias dos universos de 3ª dimensão. Através dela que se dá a manipulação das leis universais que regem a 3ª dimensão. Ela é conduzida como uma força mental através da união de três frequências – pensamento, desejo e vontade. É já como uma onda do pensamento é potencializada por uma intensa e especial emoção, diferentemente àquela do dia a dia.

Ela possibilita o dimensional controlar a “Bolha” (Merkabah), provocar a manifestação da Tela Universal para ser visto o futuro, passado e o que está distante acontecendo no presente e ainda, gerar energia para atravessar corpos sólidos, teletransportar, entre outras capacidades. Ela supera a energia de sublimação, que por sua vez supera a energia de kundalini subindo em espiral. A polarização do perfume pelo dimensional em toda sua mão ou apenas concentrada em sua palma e a materialização do cristal pela mulher e também, a materialização do ouro (alquímico) pelos dois indicam mais facilidade de desenvolverem a Chama Trina.

Nessa atividade os “solteiros” geram a frequência de kundalini em espiral através da transmutação de suas emoções (sejam positivas ou negativas). Se forem negativas, serão convertidas por eles em positivas através de seu comando mental.

Portanto, é preciso que todos aqueles que estejam participando dessa atividade, vibrem sentimentos que irradiem perfeita harmonia, porque a dificuldade maior não é produzir energia de kundalini em espiral, mas sublimá-la – só assim é produzida a substância do Santo Graal.

Sentido descendente – Primeira Imagem da Internet e a segunda do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br)

Na ciência acadêmica existem algumas “cabeças” com pensamentos muito racionais e radicais, que rejeitam todas possibilidades para uma determinada verdade. E quando finalmente chegam aceita-la, mesmo assim recusam admitir que estavam errados. Os dimensionais conscientes não devem ter essa arrogância. Devem deixar tocar pelo bom senso e assim induzidos pela sabedoria, devem também ir paulatinamente ganhando o confiança das pessoas, principalmente se mencionar sua vivência com os mundos paralelos.

No Recanto de Havalon a água da Cratera Dimensional tem propriedades magnéticas, que fazem as partículas da água dali se comportarem de forma diferente. Ela atua no sistema límbico e também sensorial do dimensional, eliminando bloqueios, quando passada na sola de seus pés. É um desbloqueio semelhante àquele que Jesus de Nazaré fazia nos pés dos apóstolos. Esse “lava pés” mais do que uma limpeza física, é “uma purificação” mental-energética daquele que o recebe, quando o merece.

Em Dakila lida-se com Energias – vibrações e frequências e não com fatos, então um pensamento e uma atitude mal postos podem até mudar no momento, tudo o que está sendo trabalhado durante as atividades ali desenvolvidas, mas no final tudo continua sem interrupção. Uma palavra, gesto e entonação de voz mal direcionada podem provocar essa mudança, quando alguns ficam tristes, outros irritados e outros ainda agressivos.

Esses sentimentos não originam dos mundos paralelos, que ao interagirem com os dimensionais sua “logica” e sua necessidade são outras. Mostram-se em sintonia com a frequência mental de cada dimensional ou mais deles, às vezes até em tom de brincadeira não compreendida, mas sempre procurando vibrar positivamente.

E quanto acontece uma interação mais próxima deles (quase física) com o dimensional, provoca nesse uma maior atividade cerebral, produzindo uma aceleração em seu campo de energia e que pode deixa-lo às vezes com enjoo ou mentalmente confuso. Ele fica com sua mente em “entorpecimento vibracional”, mesmo que procure acelerar suas ondas cerebrais, buscando equalizá-las.

Uma pessoa com atividade cerebral acima de 22/25 hertz a medicina convencional já a considera esquizofrênica. Mas, o dimensional já desperto sabe que ela pode estar a um passo de possuir “uma cabeça de gênio” ou possuir a paranormalidade de efeitos físicos. Entretanto, com suas atividades cerebrais aceleradas sem conseguir coordená-las em todos os seus canais mentais, ela fica confusa mentalmente e sem equilíbrio emocional, o seu comportamento é tido de uma “maluca”, uma esquizofrênica, entre outras pechas.

Quando todos seus canais mentais se uniformizam em hiperatividade, ela é tida como paranormal. E como dimensional já desperto possui interação com os mundos paralelos.

Durante o sono a pessoa que tem uma atividade cerebral acelerada, normalmente dorme com a sua mão levantada e dobrada na altura da cabeça (mesmo em sono profundo) e ainda movimenta muito, por ter picos altíssimos de atividade cerebral. – Imagem da Internet

O objetivo principal do dimensional desenvolver a atividade cerebral constante, é para interagir consciente com os mundos paralelos, em qualquer parte do mundo.

O “mecanismo” para que se interaja mentalmente com os mundos paralelos assemelha-se ao do “mundo dos espíritos”, mesmo estando em dois planos em frequências diferentes. Para manter a conversação com os mundos paralelos, é necessário estar acima de 50, 60 hertz constantes e se manter nessa frequência.

Quando o dimensional tem interação consciente com as realidades paralelas, é porque ele já atingiu essa frequência com todos os seus canais cerebrais já uniformizados, ou pelo menos a maioria deles. Mas, somente quando ele alcança total atividade cerebral acelerada e coordenada, pode ter essa interação até 07 horas de duração.

Na frequência mental ele pode também sentir sua energia em um determinado objeto ao tocá-lo e depois apenas por esse toque identificá-lo entre outros iguais. Na frequência do extra físico só de olhá-lo, conseguirá identificá-lo, porque diferentemente sentirá uma vibração em seu plexo solar.

Aquele que já educou sua mente, apenas a estimula quando coloca seu dedo indicador e médio na sua têmpora direita, apertando-a por alguns segundos, depois de já ter esfregado uma mão na outra por alguns segundos. Esses procedimentos proporcionam que o lado direito e esquerdo de seu cérebro se comuniquem melhor e assim, aumente mais sua concentração (foco), para que manipule melhor a matéria.

O dimensional com um pico de 144 mil hertz realiza fenômenos físicos, como quebrar ou entortar objetos – Foto do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br)

Para que o dimensional tenha uma melhor interação com os mundos paralelos é necessário ainda, que acelere suas ondas cerebrais a ponto de realizar alguns efeitos físicos como materializações, alquimia do aroma e provocar o aparecimento da “neblina”, entre outros. Para isso precisa ter treinamento, foco e determinação.

Desenvolver a mente para produzir efeitos físicos (entortar e quebrar objetos, etc.) é somente para aquele com compromisso trazido pela sua “Placa Física”.

Quanto mais o dimensional desenvolve/acelera sua frequência mental, mais facilmente comunica com os mundos paralelos através das 49 raças, que fazem essa interação num “piscar de olhos”, mesmo enfrentando nessa comunicação a letargia mental do primeiro, que tem dificuldade nesse momento entendê-las de pronto.

Como os mundos paralelos vibram em uma frequência superior ou muito mais acelerada que a frequência da terceira dimensão (física), esse “passar conhecimento” sobre um determinado assunto poderia acontecer quase instantaneamente ou, com a velocidade do pensamento e não em torno de duas horas que dimensional pela sua vagareza mental motivada por essa imensa diferença de frequência e de vibração, necessita para assimilá-lo.

———————————————-

Passagem pelas “Janelas

Para cada “crista” das ondas durante as aberturas das “Janelas”, que acontecerão no ano de 2018 e no ano de 2028, não importa qual seja sua intensidade relacionada à posição espacial da Terra nessas ocasiões, o importante é que os dimensionais as aproveitem ao máximo. Na subida dessa crista o atrito será maior, provocado pelas partículas que estarão vindo de encontro à Terra e na descida o atrito será menor, portanto na primeira situação os seus efeitos visíveis nesse planeta serão também mais intensos que na segunda situação.

Quando se joga uma pedra na água, cria-se uma propagação de ondas – uma maior e depois outras menores. O mesmo acontece com essas ondas pelo universo. Assim, se acontecer o choque maior durante o ano de 2018, não dá como a humanidade não o notar, porque “mexerá” com todo planeta.

Nesses momentos de acesso às duas “Janelas´, o dimensional deve possuir o peso ideal através de uma boa alimentação (toxina baixa), para que ostentando boa carga elétrica com auxilio também de atividades físicas através do MDPL alcance um biorritmo equilibrado. Além disso, ele deve passar por um “processo interior de “reciclagem”, para o que pensa e faz sejam corretos consigo e com os outros. Respeito e consideração são imprescindíveis

As Janelas” podem ser comparadas a uma “pescaria”, quando depois de jogado o anzol, pode ou não “fisgar o peixe”. É uma “batalha única”, que para ela se deve corretamente preparar. Esses “momentos das “Janelas” ocorrerão no mundo inteiro e, nos vórtices de energia (linhas eletromagnéticas) eles se mostrarão com força maior.

Sonda do GNA em três instantes seguidos de seus flashes. Com a proximidade da abertura da “1ª Janelamais de 58 Naves do GNA já circulam a Terra – Fotos do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br)

Sinais globais da 1ª “Janela” já estão se mostrando para humanidade. A inclinação desse planeta um pouco mais já é um indicativo, que ele já começou a subir para o topo da “1ª “Janela. Período que vão acontecendo de maneira diferentemente mais intensa e prolongada muitas tragédias naturais (somando às do efeito estufa), principalmente através das águas em suas três formas com sua presença em excesso ou com sua total ausência contribuindo muito para isso.

Manifestações no planeta já eram previstas, para que dessem de forma gradativa e não é de forma repentina, apesar de que essa última possibilidade também existe, porque as Ondas Moduladoras podem jogar um corpo celeste contra o outro e, nesse “empurrão” seus campos magnéticos podem ocasionar evento mais intenso.

As ondas Moduladoras nesse “bailar” podem fazer com que alguns corpos celestes assim procedam, quando provocam antes uma “repulsa” e depois um “solavanco”, como consequência.

Não tem fórmula mágica para passar pelas “Janelas” e transmutar, como vem salientando os mundos paralelos. Deve-se dormir o necessário, fazer exercício muscular para liberar “miocina”, que é um reparador total do metabolismo principalmente pela atuação do MDPL e alimentar com proteínas, antioxidantes e minerais que provocam reações químicas benéficas ao corpo – ao seu metabolismo. Sobretudo, ele já deve estar em outro nível de consciência, com equilíbrio emocional deixando-se levar pela razão – estar em outro padrão mental-evolutivo.

Se o dimensional não conseguir transmutar na 1ª “Janela”/ano de 2018, ele deve mesmo assim continuar no caminho certo e nele conservar até o ano de 2028. Nesse período ele deve continuar garantindo seu prolongamento de vida, estando na frequência de reparação automática de seu metabolismo ou, do prolongamento dos seus telômeros, que são estruturas constituídas por fileiras repetitivas de proteínas e DNA que formam as extremidades dos cromossomos, com principal função de impedir o seu desgaste – prolongar sua vida.

Aquele que perder também essa segunda oportunidade ou, que falecer nesse período de 10 anos entre as duas “Janelas” ou depois delas, irá para o plano dos ascensionados e juntos com os que lá já estão, trabalharão para uma posterior oportunidade de transmutação.

O dimensional que não despertou terá cerca de 3.600 anos, para que em outro padrão mental-evolutivo alcance um percentual satisfatório de energia transmutativa, mas não mais com a presença colaborativa das 49 raças, porque serão os atuais dimensionais já transmutados e já como seres universais, que darão essa colaboração cientes que em qualquer tempo, o “passaporte” para os mundos paralelos são consciência e razão (coração e intenção) como “requisitos” primordiais.

Cristas das ondas nos anos de 2018 e de 2028 concomitantes às “Janelas” – Imagem do Portal Pegasus (www.pegasus.portal.nom.br)

O dimensional “ascensionado” é aquele que perdeu seu corpo físico (morreu) antes de transmutar e, mesmo estando em outra realidade com frequência especial mais acelerada que a de um dimensional na realidade física, ele para transmutar nessas ocasiões das “Janelas”, precisa interagir (através de mutuo consentimento) com o campo bioplasmático desse, para complementar os três por cento que lhe falta. Esses três por cento do corpo humano ou, de sua matéria é composta por bioplasma (ectoplasma).

Os “médiuns” quando fazem “materializações de espíritos”, precisam liberar essa matéria para que essas frequências possam se manifestar/mostrar. Assim, esses três por cento é que também falta àquele que em condição especial (“espiritual”)ascensionou, mas sem transmutar não fez totalmente sua passagem às realidades paralelas. “Em verdade vos digo que alguns dos que aqui estão não provarão a morte (a transmutação) ” – Mateus 16:28.

O “médium” quando faz “materialização de espírito”, libera três por cento de sua matéria corpórea composta por bioplasma (ectoplasma), que é necessário ao ascensionado para sua transmutação – Imagens da Internet.

Entretanto o dimensional que já despertou e que consciente já vem preparando a tempo para esse momento (não só em Dakila), ele deve ter a noção, que já está com seu corpo mental fazendo essa transposição às realidades paralelas, que agora deve definitivamente completá-la com sua transmutação através do seu corpo físico, com o auxílio das “Janelas”.

Com aproximação desses momentos o sentimento de violência e de destruição em todos os sentidos está cada vez mais presente e aumentando no universo da relação humana. Essa profunda perturbação coletiva na alma humana gerando o caos, quando apenas corpos físicos se conduzem desgovernados e livres agem instintivamente como feras urbanas, o dimensional desperto e consciente deve se proteger nessa “selva”, irradiando de seu campo de energia frequências e vibrações mais sutis em sintonia com os mundos paralelos – e, “imunizando-se” com o seu Eu do Futuro, com seu Corpo de Luz.

Fontes de consulta:

www.fisica-interessante.com/fisica-ondas-cores.html

https://pt.wikipedia.org/wiki/Göbekli_Tepe

https://www.maconaria.net › Artigos

forum.antinovaordemmundial.com

https://hypescience.com/mecanica-quantica-alma/

brasilsoberanoelivre.blogspot.com/…/nossa-mente-nao-e-um-computador-mas-sim.ht..

Projeto Portal – apostila de novembro de 2012
Dakila Pesquisas – apostila de setembro de 2017
Dakila Pesquisas – apostila de outubro de 2017
Dakila Pesquisas – apostila de dezembro de 2017

Translate »