Postado por

SEMINÁRIO XXIV

SEMINÁRIO XXIV
Print Friendly

Nos parágrafos abaixo as informações, as mensagens e os ensinamentos entre muitos outros foram escolhidos e tirados dos Seminários do Projeto Portal e foram transmitidos pelo “Consolador”, visando o despertar do individuo para um outro nível de consciência, ao nível daquela de um dimensional desperto que a muito vem fazendo perguntas do porquê de sua inserção no Universo – de sua presença no aqui e agora – e à medida que foi obtendo as suas respostas (e, muitíssimas outras que ainda obterá), ele se esclarecia e paralelamente já com um outro padrão evolutivo e vibratório foi com a ajuda dos “Seres” sendo capaz de transcender a terceira dimensão e interagir com outros planos de realidade – com os mundos paralelos.

O dimensional tem que saber o momento certo em que a sua onda mental ou sua freqüência de onda está sendo criada, para que ele consiga direcioná-la e interfira com o que ele quer e no instante em que ele alcançar o seu objetivo, a sua aura vibra energeticamente na freqüência da cor vermelha. Se o dimensional no trabalho através dos seus meridianos ele “viu” a luz na freqüência da cor vermelha, ele ainda sintoniza/interage mais na freqüência da energia da kundalini, que está associada à matéria (terrena) – à terceira dimensão. E, se o dimensional “viu” a luz na freqüência da cor branco-prateada, ele já é capaz de transcender a matéria, sintonizando mais com os Mundos/Realidade Paralelas de Vibração Superior, em suas interações de contato.

O médium não deve deixar a sua mente vagar excessivamente no momento em que ele já deu a abertura mental para um “espírito/entidade”, para que a sua mente não seja tomada por inteiro e ele perca o controle de sua vontade e do seu desejo, ficando à mercê de mensagens que sem o sentido maior de esclarecer, não direcionam positivamente, saindo da boca do médium por saírem e muitas vezes se fazendo também de forma enganosa para exacerbação da vaidade do ouvinte e ainda trazendo-lhe informações de situações que nunca acontecerão. A população de um modo geral ainda precisa de passes energéticos, de atitudes/mensagens tidas como “espiritualizadas”, portanto, é só o dimensional saber neste sentido administrar a “energia do astral” – quando pode acontecer a suposta influência de um lugar/ambiente ou de uma “entidade/espírito”, que é exercida sobre ele.

O dimensional/Projeto Portal em sua condição humana é um individuo que interage com a terceira dimensão, que pode também interagir com a quarta dimensão e ainda com a quinta dimensão através dos atuais contatos. As Leis Universais que regem a “Medicina de Cristo” são as mesmas que permitem o dimensional/Projeto Portal interagir com manifestações ao nível do Plasma, das “Naves” GNA e de Gemus e da Energia Crística, entre muitas outras interações/manifestações já conhecidas dele. Também, a materialização da pedra discóide, do cristal e do ouro e ainda a polimerização do perfume são parte de trabalhos vibratórios já realizados pelo dimensional/Projeto Portal exercitando a “Medicina de Cristo” através das Leis Universais – mas, para a população tudo isto ainda é especulação ou mesmo truque.

Quando o Mediador termina os trabalhos vibratórios realizados na Fazenda Boa Sorte, “explode uma luz” e de dentro dela aparecem “dois Seres como um casal” e um deles passa ao Mediador as informações necessárias para o momento e depois desaparecem através de uma segunda explosão – cada vez mais o dimensional/Projeto Portal está sendo testemunha de momentos em que as Leis Universais são manipuladas, quando participa de “fenômenos” nunca antes por ele imaginados, aumentando a sua responsabilidade de estar no aqui agora.

Muitos trabalhos atrasaram e não serão mais realizados, porque já mudou a vibração compatível e necessária para que eles fossem realizados, mas uma parte deles ainda terá que ser realizada, porque é preciso que estes trabalhos aconteçam como resgate vibratório. Os dimensionais que têm Origem em Plêiades precisam participar de uma interação, para uma manifestação que poderá ocorrer tanto na Fazenda Boa Sorte quanto no Trabalho de Campo, quando poderá “surgir” um objeto para um deles, que ficará então com a responsabilidade de conduzir neste sentido os dimensionais novatos que também tenham Origem em Plêiades. Depois dos dimensionais que têm Origem em Plêiades serão os que têm Origem em Antares, depois os originados em Vênus e a seguir serão gradativamente os dimensionais de outras origens. Os dimensionais precisam vivenciar as suas interações para que estas suas experiências, potencializem energeticamente o seu campo energético/aura e eles possam se despertar para o conhecimento e a Sabedoria de um Sacerdote ou de uma Sacerdotisa. Eles devem desenvolver vibratoriamente para que saibam proceder satisfatoriamente em situações difíceis, que como líderes devem resolvê-las.

Dentro da “Escola de Mistérios” o labirinto terá seiscentos e vinte metros quadrados e cada uma de suas inúmeras salas, terá “algo” para o treinamento/aprendizado do dimensional dentro de vórtices de energia – na freqüência/vibração do vermelho e na escala de 1 a 7. Todos os dimensionais terão que entrar e sair do labirinto – e, no seu final o dimensional será sintonizado na Freqüência da Divindade e na escala de 1 a 9. No labirinto o dimensional ficará cercado por paredes de até dois metros e dez centímetros de altura, que formarão salões e salas (algumas secretas) que o forçarão a exercitar o conhecimento/sabedoria, para que possa sair do emaranhando de compartimentos em sua volta.

Quando Jesus Cristo dizia: “levante e ande” e o enfermo fazia o que ele mandava, é porque Jesus Cristo tinha uma vibração altíssima, contagiando o enfermo e fazendo com que ele sentisse bastante segurança em relação ao “Comando” que estava recebendo. Portanto, quando Jesus Cristo falava: “você está curado, levanta e anda”, já era bastante para que o indivíduo modificasse as suas ondas cerebrais e direcionasse a energia do seu pensamento em direção ao seu objetivo – potencializado-a de tal maneira, o que acontecia naquele instante muitos chamavam de “milagre”, mas que nada mais era a alquimia interior que este indivíduo produzia, transformando positivamente o que para ele era negativo, através de uma “Ordem”. O dimensional deve organizar a sua vontade e o seu desejo para que as coisas que ele almeja lhe aconteçam positivamente pela força do seu pensamento. E, esta é uma das informações básicas que o dimensional veterano deve passá-las o quanto antes para o dimensional novato, para que ele não fique a mercê dos conflitos gerados por outros indivíduos.

Os sonhos são informações abstratas que o dimensional “coleta”ao nível do seu subconsciente e que são transmitidas à sua consciência em forma de símbolos, de cenas e de emoções, entre outras formas. E, quando os sonhos trazem emoções reais, como se fossem realmente vividas, dando ao dimensional quando ele acorda a sensação de realidade, ele vivenciou uma realidade extra-física, que é bom para ele, desde que ele saiba programar estes seus sonhos quando positivos ou quando são para ajudar alguém, fazendo com que eles aconteçam posteriormente como uma realidade física na terceira dimensão, por exemplo, para encontrar pessoas e objetos ou então, para modificar ações/atitudes negativas, que lhe são direcionadas de outros indivíduos.

O resultado dos últimos Trabalhos de Campo é que mostrarão se o dimensional/Projeto Portal poderá receber o seu compromisso fora da Fazenda Boas Sorte. Para os “Seres” não existem limites, portanto eles podem se apresentar em qualquer local, desde que não existam interferências negativo-emocionais de indivíduos principalmente não pertencentes ao Projeto Portal, que poderiam criar esta barreira energético-vibratória. Até o final do ano de 2007 serão feitos alguns trabalhos que estão atrasados, principalmente aqueles em relação aos contatos. Também, serão feitos ainda o Trabalho de Projeção da Simbologia, o trabalho de interferir mentalmente na estrutura fica de objetos para modificá-los ou movê-los e ainda a materialização da pedrinha discóide, entre outras interações.

O dimensional/Projeto Portal precisa se organizar como um todo, portanto ele deve se conscientizar neste sentido, para que possa discernir o que acontece hoje no Projeto Portal, em função do que ele será no futuro – tudo agora precisa ser bastante prático e bem direcionado. Cada Núcleo/Projeto Portal deve ter uma equipe de apoio com a responsabilidade de criar as bases para uma nova organização do Projeto Portal e do Núcleo/São Paulo é de onde virão as informações principais para esta nova forma organizacional.

Os setenta e três dimensionais que presenciaram o aparecimento da “Nave Mãe” na Fazenda Boa Sorte serão convidados para viagens fora do Sistema Solar e para isso, eles já começaram a ser trabalhados, sendo ativados no lado oposto do GNA. Energeticamente, todos eles já poderiam tê-las feito – é só uma questão de se organizarem. E, nesta experiência o dimensional volta com muitas informações que devem ser repassadas – mas, como fazer isso, mesmo entre os dimensionais/Projeto Portal?

A questão do compromisso é muito séria não só para o dimensional que recebê-lo, quanto para o Mediador, porque se o primeiro não realizá-lo é o segundo que ficará com esta responsabilidade. E, mesmo que o dimensional cumpra totalmente o seu compromisso, o Mediador mesmo assim ainda fará uma pequena parte dele, porque foi ele que teve a responsabilidade de intermediar o dimensional com os “Seres”, para receber as informações neste sentido. Este mesmo sentido de responsabilidade deve ter o dimensional, independentemente dele já ter feito ou não o seu compromisso. Ele deve ter esta responsabilidade em relação aos indivíduos que despertar e que tenham a sua mesma linhagem. – o dimensional será responsável por estes indivíduos, que agora percebem uma nova realidade, agindo com outro nível de consciência-razão.

Dos cento e quarenta e quatro mil dimensionais – especiais e extras – apenas um décimo por cento deles ou mil quatrocentos e quarenta dimensionais/Projeto Portal é que terão a possibilidade de fazer ao nível físico o contato compromisso, mesmo com a possibilidade dos “Seres” aparecerem no mundo todo e não só para eles – talvez, estes outros dimensionais não estejam com a freqüência ativa o suficiente, para receber dos “Seres” a proposta de compromisso ou ainda, porque quase todos eles talvez não tenham as informações necessárias e o interesse devido para que se dê esta responsabilidade.

Quando os dimensionais reúnem muitas vezes vêm à tona situações de suas vidas passadas e com elas vêm também regastes passados que devem ser resolvidos, para que neste amálgama energético-vibratório forme o Corpo de Energia necessário para o exercício do compromisso de cada um – e, os “Seres” neste sentido estão colocando juntos apenas indivíduos com muito potencial.

Os “Seres” não querem apresentar para a população de um modo geral, eles querem falar/interagir é com os dimensionais já despertos e lhes passar o que deve ser passado à humanidade – portanto, os dimensionais despertos são os seus intermediários.

O Dourado que é um Sistema, levou três anos difíceis para ser construído, com alguns acreditando nele e outros não, mas no final tudo deu certo. E, o “lucro” que o Dourado gerar em suas varias fases, será repassado para os dimensionais pela recomendação dos “Seres”. No momento o Dourado está acabando de se consolidar em relação à sua parte física, portanto, está se estruturando em relação aos seus associados, à sua parte financeira, à cerâmica, à olaria, ao Complexo Turístico Zigurats – tudo isto já é fisicamente o Dourado. Depois será a sua parte pratica/operacional no sentido de beneficiar os dimensionais/Projeto Portal e também a população mais carente.

A Fazenda Boa Sorte é o local que na terceira dimensão está como a “Célula-Mãe” do Projeto Portal – o Grande Chacra Vibracional – principalmente para as manifestações de contato e para as interações de um modo geral. Entretanto, novos locais na condição de vórtices de energia devem ser procurados nos Estados onde existam os Núcleos/Projeto Portal, para que nestes locais possam continuar acontecendo as interações de contato e outros trabalhos vibratórios – mesmo que neles não exista toda a potencialidade energético-vibratória da Fazenda Boa Sorte

O dimensional/Projeto Portal deve ter o cuidado ao passar informações para o público, insistindo em falar da presença dos “Seres”, mesmo porque no momento não tem um interesse maior para que estas informações sejam repassadas com o seu o sentido de especular e principalmente o de assombrar. Estas informações devem ficar mais restritas àqueles que possuem a convicção daquilo que procuram e porque o procuram – porque com certeza os “Seres” estarão incluídos nesta sua procura.

A Projeção da Simbologia está direcionada ao dia do julgamento/triagem vibratória dos dimensionais despertos – e, ela será ainda tentada mais três vezes antes do dia 27/03/08. E, como este dia cairá em uma quinta-feira, este julgamento/triagem poderá ser adiantando para o dia do feriado de Corpus Cristis, para que compareça o maior numero de dimensionais na Fazenda Boa Sorte ou talvez nos Trabalhos de Campo. O dimensional/Projeto Portal deve projetar a sua Simbologia antes do dia do julgamento, porque se ele a projetar, será bom em relação à sua Energia de Transmutação e também porque ele não ficará na mesma condição vibratória dos planetários, que em 22/12/2012 serão julgados. Em termos energético-vibratórios o dimensional/Projeto Portal está bem, o que lhe falta é o necessário nível de consciência, para que ele possa se organizar dentro de uma convivência mais harmônica, construindo o Projeto Portal como um só Corpo de Energia.

O dimensional consegue remover os seus bloqueios, se ele tocar o metal entortado por ele (energeticamente potencializado) três vezes para cima em seu frontal, também três vezes para cima em sua nuca e ainda três vezes em qualquer sentido no GNA. Em trabalhos posteriores o dimensional/Projeto Portal ainda irá modificar estruturalmente (derreter/transformar) outros metais como o ouro e a prata – é só uma questão de acostumar o seu subconsciente. Todos os dimensionais – SS – precisam vivenciar esta freqüência energética, que se mostra quando eles conseguem entortar os talheres, que são modificados em sua estrutura metálica. Os trabalhos no Projeto Portal ao mesmo tempo em que são feitos e direcionados ao coletivo, uma parte deles também é feita direcionada a cada dimensional, o que equivale dizer, por exemplo, se dez por cento dos dimensionais ficar doente, a doença deles acabará por chegar ao restante dos dimensionais – portanto, cada dimensional deve ter o compromisso com o coletivo, tendo-o consigo mesmo.

Na viagem de outubro de 2007 à Fazenda Boa Sorte foi comemorada a data de dez anos do Projeto Portal. Entretanto, o Projeto Portal físico já existe realmente há doze anos, apesar de oficialmente ter sido comemorado o seu décimo ano de existência. Nesta data foi alcançado o numero de cem casas (módulos) financiadas, que serão construídas no Complexo Turístico Zigurats. Também a partir de agora os dimensionais novatos terão trabalhos à parte, porque só depois de passarem por trabalhos específicos e necessários para determinadas experiências, é que eles poderão juntar aos dimensionais veteranos.

O objetivo da exteriorização da “Nave Mãe”, no ano de 2006, na Fazenda Boa Sorte, foi o de ativar a freqüência de setenta e três dimensionais que presenciaram a sua aparição no Morro dos Arquivos e que ali compareceram sem nenhuma programação dos “Seres”. E, estes dimensionais já foram ativados em uma determinada freqüência (no GNA), para que cada um deles possa posteriormente trabalhar a energia de cento e vinte e sete dimensionais, portanto, perfazendo no final nove mil, cento e quarenta e quatro dimensionais trabalhados para a vibração necessária, no caso de sairem do Sistema Solar. Estes setenta e três dimensionais terão uma interação mais profunda com os “Seres” e não apenas a de receber o compromisso. Os “Seres” desejam que as quarenta e nove raças tenham com os dimensionais/Projeto Portal de um modo geral um convívio mais intenso e mais físico, para ajudá-los em sua caminhada.

A magia que existe dentro de cada dimensional precisa ser exercitada para que cada um aprenda ativar em si as energias que estão adormecidas. O dimensional deve aprender a não ficar dependendo dos “Seres” – ele deve caminhar com as suas próprias pernas, porque ele já tem capacidade de agir por conta própria.

O “sumiço” de um companheiro dimensional dentro da Fazenda Boa Sorte por dois dias, na viagem de outubro de 2007, serviu para que os “Seres” passagem um recado para todos participantes do Projeto Portal, no sentido que tenham uma nova postura. Mesmo depois dos tópicos que foram passados e que estavam especificados nos trabalhos para os grupos um a sete e depois também especificados para os grupos Luz, Alquimia e Sublimação, o Projeto Portal como um todo não levou a serio o treinamento junto às comunidades, às entidades religiosas e à população de um modo geral, porque a atenção praticamente de todos voltou para os contatos. E, como não fizeram o que deveriam já ter feito, os “Seres” alteraram o campo mental de todos, para que o dimensional sumido não fosse encontrado por ninguém, apesar dele estar relativamente perto da sede da Fazenda.

O recado passado pelos “Seres” foi: “vocês aprendem por bem ou aprendem por mal”. E, eles ainda disseram: “vocês têm vibração. Estão prontos. O grupo tem energia. O que falta é consciência e discernimento, harmonia, organização entre vocês. Nós temos tudo para oferecer para vocês.” Este acontecimento foi um chamamento dos “Seres”, para todos sem exceção, que devem ampliar o nível de consciência, inclusive, para se organizarem para os momentos futuros e de extrema gravidade.

Se hoje um indivíduo sumiu e duzentos cinqüenta dimensionais o procuraram e mesmo assim ele não foi encontrado, pode se imaginar o que será então quando cada um (destes duzentos e cinqüenta dimensionais) tiver que encontrar duzentos e cinqüenta indivíduos totalmente perdidos. Este desaparecimento que no final de dois dias acabou bem porque o companheiro dimensional foi encontrado, não interferiu na energia do grupo em relação aos contatos. Serviu como treinamento e de alerta para todos os presentes naquele momento na Fazenda Boa Sorte – que estão aquém do que propuseram fazer.

Cada dimensional é responsável pelos seus atos, portanto tem que haver disciplina e respeito uns com os outros, para que os trabalhos aconteçam satisfatoriamente, inclusive, para deixar o Mediador direcionar sem mais atropelos os trabalhos – os dimensionais não devem ficar insistentemente atrás dele com questões não apropriadas para o momento. A prioridade é o trabalho em conjunto, portanto, o dimensional deve se observar, sabendo que existe um limite para tudo. O Mediador precisa de mais tranqüilidade para cumprir a segunda fase dos trabalhos, que é a de trabalhar diretamente cada dimensional/Projeto Portal – deixem que ele faça isso.

Os “Seres” não querem mudar a maneira de passar as informações para o compromisso e eles estão deixando que os dimensionais se organizarem e que tenham realmente a necessária responsabilidade para desempenhá-lo. Em relação aos compromissos que já foram passados, os responsáveis por eles darão conta de realizá-los com a ajuda dos “Seres”, portanto não devem preocupar – os “Seres” não passam responsabilidades que não possam ser cumpridas.

Existe uma partícula chamada múon proveniente do Cosmo e que atinge normalmente a Terra e, portanto, atinge tudo que está nela. O méson – hoje denominado múon – é um “elétron pesado”, que interage fracamente com um próton com uma determinada reação. No modelo padrão da física das partículas um múon (do grego = menos) é uma partícula elementar semi-estável com carga elétrica negativa e spin de ½.. Tal como todas as partículas fundamentais, o múon tem a sua anti-partícula com carga oposta, mas, com massa e spin idêntico: o anti-múon ou múon positivo. Os dimensionais são bombardeados diariamente por essas partículas que atravessam a terra todos os instantes. O problema é quando as partículas que os atingem têm carga extra, apresentando uma radiação na forma de emissão de elétrons desordenados. Se uma partícula está carregada ionicamente, ela tem uma carga elétrica e isso pode desestabilizá-la. O múon que tem capacidade de armazenar radioatividade (radiações cósmicas) e esta partícula existe desde sempre na Terra. A essência que será distribuída aos dimensionais/Projeto Portal, ela agirá em seu organismo como se fosse um “restaurador energético instantâneo”, que anulará o efeito radioativo do múon com a sua carga extra. Nos locais localizados a 19º de latitude N/S como a Fazenda Boa Sorte, Belo Horizonte e outros locais, a proteção é muito maior, porque tudo que está nesta faixa é como se fosse um portal de entrada e, portanto, acontece nestes locais certa reciclagem/filtragem natural, que não chega a ser cem por cento, mas que repele/filtra/anula uma percentagem boa das radiações.

Na viagem de outubro de 2007 à Fazenda Boa Sorte teve também um trabalho para a ”queima do astral”. Em relação ao nível de percepção nesta freqüência houve sessenta por cento de queima e em relação à “visão” houve queima de quarenta por cento. Já foi um bom inicio e este trabalho deve ter continuação, para que o dimensional/Projeto Portal fique apenas direcionado no sentido do Mental Superior, não colocando em risco pelo seu desequilíbrio emocional a credibilidade de um trabalho de mais dez anos. Tudo que foi trabalhado no dimensional/Projeto Portal até hoje (novembro/2007), teoricamente ele terá que praticá-lo até o dia 27/03/08 e, inclusive, com os mil quatrocentos e quarenta dimensionais já prontos para a conversação com os “Seres”. E, em cada encontro pelo menos dez dimensionais precisam projetar a sua Simbologia, para que se garantam para o dia do seu julgamento, quando será feita a seleção vibratória de cada dimensional e se ele conseguir passar por esta triagem, dificilmente sairá da faixa de tolerância.

Para o dimensional projetar a sua Simbologia mesmo que ela não esteja registrada de forma consciente em sua memória, basta que ele a deseje ao nível do seu subconsciente e dê uma ordem mental para que ela seja projetada.

A capacidade/força mental do dimensional para entortar os talheres está também relacionada com o tempo de duração de seu contato. Os trabalhos de outubro de 2007 em Mateus Leme/MG-BR foram para o dimensional projetar a sua Simbologia e para que ele através de sua força mental atuasse na estrutura de objetos – entortando uma colher ou um garfo. Este último trabalho dará seqüência a um outro mais ou menos dez dias após, quando então será ativado em cada dimensional um ponto em suas orelhas, para que através de seus meridianos percorra uma corrente elétrica e “estoure” uma luz dentro de sua cabeça.

Se o dimensional não tiver apêndice ou amídalas, pode ter alguma dificuldade de interferir com a força de sua mente na estrutura de um objeto, para entortá-lo (talheres) ou para movimentá-lo (carinho). Para projetar a sua Simbologia o dimensional deve gerar energia a partir do seu frontal na freqüência da luz na cor vermelha, que tem atuação no mundo físico, enquanto a energia na freqüência da luz na cor branco-prateada esta associada às interações de contato em níveis mais sutis – a partir de quinto grau.

O dimensional deve aprender a projetar o positivo, porque é o que o seu cérebro entende. O dimensional deve projetar mentalmente o que quer como algo já realizado. Assim, se ele quer dinheiro, ele tem que ser incisivo/positivo já antecipando a situação desejada, por exemplo, já se expressando: “eu tenho dinheiro com ele quero isto……aquilo”, já se vendo gastando este dinheiro ao adquirir o que deseja – este momento que ele tanto deseja tornará real se ele souber direcionar a energia contida no Segredo da Santíssima Trindade (Pensamento/Desejo/Vontade) para o que ele quer.

No Trabalho de Campo de Mateus Leme, em novembro de 2007, todos os dimensionais presentes tiraram a sua foto aura e aqueles que nela tiveram a cor:
a) verde – fizeram alteração da Simbologia e leitura de treze minutos para queimar algum excesso de energia negativa ou positiva;
b) azul – estabilizaram a quarta camada da aura com a expansão da Simbologia e interagiram em um grupo de sete dimensionais por dezenove minutos;
c) vermelho – queimaram excesso de energia na terceira camada da aura com a polarização de perfume.

O ultimo trabalho realizado no mês de novembro de 2007 em todos os Núcleos do Projeto Portal foi para o nivelamento vibracional dos dimensionais e neste trabalho eles foram ativados para que através de seus meridianos “pudessem ver” a luz branco-prateada e, portanto, aqueles dimensionais que “viram” a luz na freqüência da cor vermelha não alcançaram o objetivo procurado e eles foram vinte e seis em Porto Alegre, vinte e dois em Belo Horizonte, onze em São Paulo, oito em Vitória e um no Rio de Janeiro. Mas, de um modo geral o resultado deste trabalho foi bom. Os dimensionais/Projeto Portal estão agora – novembro/2007 – em uma fase pratica e mais intensa dos trabalhos e quando paralelamente começam também a manipulação mais constante das Leis Universais – como fizeram vários personagens bíblicos.

Só depois da materialização do ouro alquímico foi que o Dourado pôde também deslanchar – pôde ser erguido fisicamente. Para que o dimensional interaja na Freqüência de um contato de quinto grau, ele precisa estar em uma vibração superior, com a qual estavam os sete dimensionais que já receberam o seu compromisso. E, através destes dimensionais é que se torna possível padronizar/nivelar a vibração para o restante dos dimensionais e facilitar o termino dos trabalhos até então pendentes.

Quando o dimensional entortava o seu garfo ou colher ele estava utilizando/irradiando de seu campo energético a freqüência de luz da cor vermelha e quando ele estava tendo o seu contato compromisso, ele já estava utilizando a sua energia na freqüência da luz branco-prateada em um estado de transcendência vibracional alem da terceira dimensão. Os trabalhos de agora em diante (dezembro/2007) desenvolvidos pelos dimensionais/Projeto Portal, estão relacionados com os Planos Superiores de Vibração, à sua percepção do campo extra-físico e eletromagnético e à sua interação com as xendras ou portais. Ultimamente, a maioria dos contatos de quinto grau que o dimensional teve com os “Seres”, ele viu as silhuetas deles e em alguns casos também recebeu deles objetos e ainda em outras ocasiões foi tocado fisicamente (ativado) por eles.

O dimensional que terá experiências fora do Sistema Solar, já apresenta em sua aura freqüência de cor violeta ou prata. Os dimensionais para obterem de maneira direcionada o que desejam principalmente em seus trabalhos vibratórios, eles devem educar o seu cérebro e neste sentido devem aprender “enganá-lo”, como alguns dimensionais fizeram ao entortar um garfo ou uma colher. Inicialmente, com certa dificuldade eles ficaram com um destes talheres entre os seus dedos, mas depois foi retirado de sua mão pelo Mediador, que os aconselhou a continuar senti-lo entre os seus dedos como se realmente estivesse ali e, logo depois, o talher foi realmente colocado entre os seus dedos, quando quase todos os dimensionais conseguiram entortá-lo nesta sua segunda tentativa.

O dimensional que “vê” no lado esquerdo de sua cabeça a luz na cor branco-prateada é mais intuitivo e se a ”vê” no lado direito ele é mais racional. Se o dimensional não mostrar em sua aura a cor branco-prateada não é que ele deixará de ter interações com Seres de Freqüências mais ”Altas”/Sutis, apenas ele as sustentará por um tempo bastante reduzido. Para os atuais contatos os exercícios com a seta e a volta em torno do Morro dos Arquivos são necessários e ainda a alimentação deve ser uma alimentação sadio-balanceada, incluindo nela diariamente pelo menos uma maçã.

A condição de estar no “astral” ou de interagir com o Plano Astral está associada à capacidade do dimensional de gerar mais energia emocional e através dela se influenciar por algo ou ainda por “alguém” com ou sem corpo físico. No momento em que o individuo está atuando como médium, interagindo com estas freqüências – do “astral inferior ou superior” – se suas mãos estiverem quentes, ele está sendo sugado de suas energias, portanto não está tendo uma interação não confiável ou do “astral inferior”, mas se suas mãos estiverem frias a interação que com ele está acontecendo é confiável, é com uma “entidade do astral superior”. Entretanto, em qualquer uma destas duas interações e, principalmente para a primeira, o individuo deve ter sempre o domínio da situação.

Não está vetada a atuação/interação do dimensional/Projeto Portal com o “astral”, ele apenas tem que estar bastante consciente, sabendo administrar a situação neste nível de freqüência.

Existem tanto os dimensionais que interagem neste nível de freqüência quanto àqueles indivíduos que em função do seu estado evolutivo precisam de orientações neste nível de informação, portanto cabe ao dimensional desperto não perder nunca a sua lucidez, por que os “espíritos”/entidades que obsedam estão insistentemente em sua volta. Os indivíduos que “incorporam” normalmente possuem uma sensibilidade extraordinária – são muito perceptivos. Cabe ao dimensional/Projeto Portal que já possui orientação dos “Seres” (que são Seres já transmutados e não apenas “espíritos” que apenas ascenderam) informar estes indivíduos quando for solicitado, passando-lhes o máximo de informações/orientações sem magoá-los, para que mais rapidamente consigam administrar, o que ainda não entendem como deveriam

Nos trabalhos em que o dimensional interfere na estrutura dos objetos, quando entorta um garfo ou uma colher, ele deve codificar em sua mente a freqüência exata daquilo que ele quer – portanto, ele deve aprender a dominar a matéria em um momento vivenciado de Alegria Interior, quando acredita realmente em seu potencial de realizar/criar, para que possa exteriorizar o que deseja. E, o dimensional para se ajudar fisicamente neste sentido, deve comer maçã, abacaxi, frutas cítricas e verduras, que o auxiliam a emagrecer e a se harmonizar fisicamente. Os dimensionais/Projeto Portal vão utilizar de locais no Complexo Turístico Zigurats e na Montanha do Asthar para executarem trabalhos, que os permitirão nestes locais interagirem com as realidades paralelas através de vórtices de energia, que favorecem a entrada para os Mundos Interiores e para os Planos Superiores de Vibração.

O que o dimensional/Projeto Portal conseguiu em termo de evolução e de energia vibratória, ele já conseguiu. De agora diante, o que conta é o seu equilíbrio/controle emocional – portanto, depende de cada dimensional saber se conduzir. Todos os dimensionais têm determinadas habilidades em relação às magias do sorriso, do olhar e da voz ou ainda, dentro da vibração de sábio, de mago e a de sacerdote/sacerdotisa, entre outras habilidades.

No trabalho de dezembro de 2007 em Porto Alegre os dimensionais/mulheres tiveram que projetar a luz na freqüência da cor verde (positiva e de cura) e elas conseguiram este seu intento. Entretanto, os dimensionais/homens que tiveram de projetar a luz na freqüência da cor azul, não conseguiram fazer a projeção, porque sem saberem, eles tinham dois energéticos harmonizando/transformando o campo energético/aura de cada um deles, para que não incorporasse em sua aura a freqüência da cor azul, que pioraria a sua situação financeira. Esta interferência positiva dos “Seres” vem provar que o dimensional/Projeto Portal está sempre protegido por eles e, portanto, o dimensional só sofrerá alguma interferência negativa em sua vida vinda do astral, de trabalho de magia e de mau olhado, entre outras, se ele deixar.

E, o dimensional/Projeto Portal já consegue ainda reciclar automaticamente qualquer vibração negativa que lhe é dirigida, transformando-a positivamente sem esforço algum e de forma consciente. O dimensional precisa aprender a tirar a descendência, o ponto de origem e também a simbologia – é uma “técnica” fácil de ser manipulada, mas, ele deve antes se “inteirar de um segredo” que ele ainda não sabe, para logo depois ser ativado pelos “Seres”. Os dimensionais que estão atualmente participando do Projeto Portal, estão virando mais uma página no seu desenvolvimento mental. Foram realizados muitos estudos teóricos e práticos durante todos esses anos, sendo que a maioria das experiências que eles participaram esteve além dos padrões normais da física.

Os dimensionais/Projeto Portal tiveram um longo período com diversos trabalhos tendo como foco principal a elevação vibracional da freqüência da energia de Kundalini, que se manifesta em tom vermelho na terceira dimensão, simbolizando a vibração Cristica ou Divina no mundo material. Para se chegar a essa vibração, foram realizados diversos exercícios com interação em realidades paralelas à terceira dimensão, estabelecendo assim uma sincronia mesmo que modesta, com esses planos que vibram em freqüência diferente da terceira dimensão.

O dimensional/Projeto Portal teve ainda contatos de quarto grau no “trono” e também teve outras experiências, para que chegasse a vibrar na Freqüência Alquímica (materialização da pedra discóide, cristal, ouro e polarização do perfume, entre outras), porque somente após estas experiências ele passaria a um estágio superior. Esse nivelamento através da energia de Kundalini proporcionou resultados excelentes ao dimensional e tal energia se concentra e se manifesta principalmente em seu chacra frontal. E, uma vez que a maioria dos participantes do Projeto Portal foi nivelada nessa freqüência, então, tudo ficou possível para ele na terceira dimensão. A cor prata também permite ao dimensional interagir com a sua Alma Chama – Luz Consciente que pode até se manifestar em forma humana por um período de até sete horas na terceira dimensão.

É claro que para se conseguir produzir a luz prata com facilidade, antes é preciso que o dimensional desenvolva a freqüência na cor vermelha (Kundalini), caso contrário produzirá o tom prata mesclado com outras cores. Isso não o impedirá de comunicar com Seres dos Planos Superiores, mas o seu tempo de contato será muito reduzido. Por exemplo:
Azul, verde e prata……………. aproximadamente quinze minutos;
Verde e prata ………………….. aproximadamente vinte e cinco minutos;
Azul e prata …………………….. aproximadamente vinte e cinco minutos;
Branco-prateada ……………… acima de trinta minutos;
Dourado e prata ………………. aproximadamente dez minutos;
Lilás e prata ……………………. aproximadamente quinze minutos;
Azul ……………………………….. aproximadamente de cinco a dez minutos;
Lilás ……………………………….. aproximadamente dez minutos;
Verde ……………………………… aproximadamente dez minutos.

E, a cor vermelha apenas em um hemisfério cerebral (percebida em um olho – no direito ou no esquerdo) o tempo de contato do dimensional será aproximadamente de cinco minutos. Outros exercícios serão praticados para que todos os dimensionais/Projeto consigam estender cada vez mais o tempo de comunicação e de parceria entre os dimensionais e os “Seres”. As freqüências nas cores desejadas pelo dimensional é que definem a realização de sua vontade na terceira dimensão. Portanto, conforme a freqüência por ele gerada como a da cor vermelha, por exemplo, é que ele pode atuar na matéria provocando manifestações psicocinéticas e telecinéticas. Então, é nesta freqüência, que ele pode atuar através de suas ondas mentais na matéria, entortando metais e outros materiais, além de materializar, levitar, transformar, reconstruir ou melhorar o campo eletromagnético de outro indivíduo, contribuindo para a melhora de seu estado de saúde.

Em função de cada cor é que o dimensional pode se mostrar para uma determinada capacidade paranormal:
a) prata – portais, manifestação extra-física, interação com níveis superiores, xendras, etc.
b) dourado – mediunidade, psicografia, transcomunicação, etc.
c) lilás – transmutação, transfigurações, bilocação, fluorescência, comunicação com Seres Ascencionados (Saint Germain, Hilarion, Kutumi etc.)
d) Verde – trabalho com a saúde física, mental e espiritual com o desbloqueio de todos os problemas relacionados com as doenças psicossomáticas.

Portanto, existem várias outras cores e cada uma tem a sua finalidade de atuação. Para cada situação é gerada uma freqüência que facilita a solução de um determinado problema.

Em relação ao equilíbrio dos planos:
a) Mental – da mente (faculdades mentais), que é a fonte de atividade psíquica e intelectual, capacidade de compreender e de criar, de imaginar e de intencionar;
b) Astral – estado de espírito, disposição, humor, “suposta” influência que um lugar ou ambiente exerce sobre “alguém” ou que uma coisa exerce sobre a outra e, por este motivo, o dimensional deve se precaver em relação a este item.
c) Espiritual – coisas não materiais, do espírito em oposição ao corpo. Espírito > parte não material do ser humano.

O significado de cada um dos três planos citados acima deixa bem claro, porque o dimensional deve interagir com cada um deles totalmente ou parcialmente, cabendo-lhe discernir com atenção e sabedoria sobre a ação de cada um deles em relação aos seus objetivos. O indivíduo quando nasce já está inclinado para se identificar mais com um plano, mas somente com o seu desenvolvimento e de acordo com esta sua tendência, é que ele poderá fazer a sua opção definitiva. Portanto, conforme o seu compromisso, ele se identificará mais com aquele plano que facilitará a sua jornada. Portanto, é necessário que o dimensional se situe com equilíbrio em relação aos três planos, para que alcance a compreensão e o discernimento necessários para que realize o seu ideal, sem prejudicar ninguém e sem se deixar prejudicar. Entidades são “espíritos” que perderam o corpo físico e aguardam o Juízo Final. “Seres” são Energias ou Luzes Conscientes, que não perderam o seu corpo físico, pois conseguiram a sua Transmutação através da aceleração das partículas subatômicas do seu corpo físico, transformando-as em energia – portanto, conseguiram transcender com a “matriz energética” de seu corpo físico.

O dimensional não deve esquecer, se nos momentos que antecedem à sua interação de contato ele estiver tenso e mesmo com medo, ele deve entrelaçar as suas mãos sobre o plexo, para que o seu estado emocional se harmonize e ele possa continuar esta sua experiência.

Em suas ultimas experiências de contato os dimensionais/Projeto Portal estão percebendo o surgimento de uma Luz Fosca sem direção definida, já que ela parece vir de todas as direções e não de um ponto determinado. Esta Luz/Energia trabalha no dimensional a sua freqüência da divindade e que lhe proporciona no momento de Sua exteriorização sentimentos de sublimação.

A presença desta Luz não Ofuscante permite o dimensional alcançar o estado de sublimação e paralelamente permite que a energia gerada por ele suba em espiral, possibilitando-o ficar na freqüência de um semi-deus e também ativar todas as suas várias formas de magias.

Ainda, na presença desta Energia/Luz Fosca quase sempre acontece o surgimento de uma “nevoa/neblina” que muda a temperatura ambiente, às vezes com queda de temperatura, fazendo frio e outras vezes fazendo calor e já dentro dela o dimensional não ouve nenhum som que por ventura seja gerado externamente. E, quando esta Luz aparece o dimensional pode ouvir de maneira própria as “vozes dos Seres” como que vindas energeticamente de todos os lados, portanto elas chegam não de um ponto fixo, mas de maneira semelhante àquelas das narrações bíblicas, quando Moisés “conversava com Deus” – com os seus Mensageiros.

Então, quando surgir para o dimensional em suas interações de contato a Luz Fosca Consciente e o plasma na forma de ”neblina”, ele já sabe que poderá mais de perto ser ajudado pelos “Seres” e iniciar trabalhos ligados à sua freqüência da divindade.

Os “Seres” quando se densificam, eles irradiam um corpo luminoso característico e à medida que eles “andam”, esta luz ilumina o caminho à sua frente.

Em um primeiro momento o dimensional/Projeto Portal conseguiu transformar a sua energia sexual ou da kundalini em energia vibracional, que agora em um segundo momento ele já começa a sublimá-la, transformando-a/direcionando-a de maneira espiralada.

Portanto, apenas a partir deste seu segundo momento de experiências que o dimensional/Projeto Portal está conseguindo resultados mais positivos em relação às suas interações de contado e conseguirá ainda mais em relação ao plasma, à fusão, à Energia Crística e mesmo em relação à própria energia da kundalini. E, foi também a partir deste seu segundo momento (março de 2007) que a presença da “Nave de Gemus” tornou possível para ele e agora (março de 2008) esta “Nave” já está apresentando apenas para ele em pré-horários determinados, em função de trabalhos específicos que executará.

E, a “Nave GNA” em função destes trabalhos específicos começou também aparecer emitindo cores diferentes e uma luz mais intensa.

Quando o dimensional desperto extrapola a faixa de tolerância, ele provoca energeticamente um rompimento em sua aura, deixando nela como se fosse um buraco por onde entram vibrações de diversas freqüências não compatível com o seu atual caminhar evolutivo – como a humanidade de um modo geral está vibrando mais no negativo, o dimensional com a sua aura nesta situação irá absorver mais freqüências negativas e poderá temporariamente estar no quarto caminho.
Lei do Mentalismo – “O Universo é Mental”;
Lei da Vibração – “Nada está parado, tudo está se movendo, está vibrando”;
Lei da Polaridade – “Tudo é duplo, tudo tem dois pólos, tem o seu oposto, com o igual e o desigual sendo partes de uma mesma coisa, os extremos se tocando e todas as verdades sendo meio verdades”;
Lei do Ritmo – “Tudo tem fluxo e refluxo – o ritmo é a compensação”;
Lei do Gênero – “O gênero está em tudo como o principio masculino e feminino se manifestando em todos os Planos da Criação”;
Lei da Causa e Efeito – “Toda causa tem o seu efeito, todo efeito tem a sua causa, existindo muitos planos de causalidade, mas nenhum escapando desta Lei”.

Quando o dimensional interfere mentalmente na estrutura metálica de um objeto, neste momento mais que um fenômeno paranormal ele está utilizando é das leis da física quântica. Portanto, o que ele realizou foi um processo físico, mas dentro de uma “física mais elaborada” não da terceira dimensão, que exigiu dele uma “tecnologia mental” para um procedimento ao nível de sua Vontade/Desejo e sob o comando de seu Pensamento – compatível com a “Medicina de Cristo”.

Quando o dimensional desperto desenha o asterisco, ele faz uma cruz sobreposta a uma outra, portanto tanto ele como o desenho desta simbologia são instrumentos vibratórios e sagrados momentâneos utilizados em seus trabalhos. O símbolo sagrado do asterisco já era do conhecimento dos habitantes da Lemuria, da Atlântida e mais recentemente dos templários.

O símbolo da Cruz de Ansata que é também um símbolo sagrado foi utilizado pelos sacerdotes do Egito antigo , quando era colocado nos bastões de comando (eletromagnético) para realizar as “proezas”, que muitas delas através de Moisés, por exemplo, estão citadas em textos bíblicos.

A sensação de tempo de vinte e quatro horas ou de um dia que o individuo tinha alguns anos atrás, no momento esta sensação está para ele como um dia tivesse apenas quatorze horas e trinta minutos. Por isso, com esta “diferença sentida” por ele para menos de sete horas e trinta minutos é que o leva muitas vezes dizer que não tem mais tempo para nada, que o dia está “curto”.

Um planeta que passa perto do Sistema Solar a cada um mil oitocentos anos está em mais de um dos seus momentos de aproximação com a Terra. Os Nefelins que são oriundos deste planeta intruso, visitam com as suas naves os planetas que deles aproximam, interagindo com os seus habitantes e observando o nível evolutivo dos mesmos. E, estes seres visitantes da terceira dimensão manipulam a quarta dimensão e podem fazer o “arrebatamento” citado na bíblia daquele que já conseguiu um necessário nível evolutivo/vibratório.

Na “Era Dourada” muito esperada pelos “iniciados” o planeta Terra continuará na terceira dimensão, o dimensional desperto é que se capacitará cada vez mais interagir através da quarta dimensão com as realidades paralelas.

Quando o dimensional “faz” a sua bilocação ou “está” em dois locais ao mesmo tempo, ele está vivenciando uma realidade paralela proporcionada/induzida pelo seu Eu Superior, que emite momentaneamente uma outra partícula sua em direção à Terra. Mas, neste instante o dimensional tem que ter a consciência total do que está fazendo, para que ele sempre fique como o controlador da situação e não vivencie no extra-físico apenas uma projeção mental. E, na bilocação o dimensional pode se mostrar mais alto, com as costas mais largas e ainda o seu corpo físico pode tanto se esfriar como se tornar luminoso.

O Cristo Jesus foi “glorificado” em Infinitos Sóis como menciona a bíblia, porque ele pôde estar ao mesmo tempo em diversos Universos da terceira dimensão – Se mostrando em todos eles.

O teletransporte é realizado por aqueles dimensionais que já conseguem produzir a energia da kundalini na forma de espiral.

Todos os dimensionais que já conseguiram o seu contato verbal, já possuem a energia em espiral, mas eles devem agora aprender a sublimá-la, porque esta forma de energia é um gigantesco percentual de Energia Taquiônica – que é a soma de todas as energias em Sincronia com o Cosmo.

Para fazer a energia subir em espiral existem diversas maneiras, que dependerão de cada individuo. Assim, ao pensar de “uma certa maneira” – de maneira correta – já poderia ser o suficiente para que o dimensional desperto gerasse uma freqüência/energia em espiral, mas ele teria também que desenvolver antes algumas outras etapas em seus trabalhos vibratórios, para que esta forma de energia pudesse se manter.

Quanto mais o dimensional trabalha a Energia em Espiral, mais ele vai adquirindo a sua identificação vibratória e mesmo física com os “Seres”.

A Energia em Espiral gera a Freqüência da Energia Crística, que já está sendo mais trabalhada no dimensional/Projeto Portal, proporcionando-lhe a possibilidade de interação energética com a “Nave GNA” em sua própria residência”.

O dimensional Projeto Portal chegou a um nível de responsabilidade, que exige dele um imenso equilíbrio emocional, agora que ele começa a manipular e controlar as Leis Universais, que ainda não são assimiladas por ele como deveria.

O dimensional/Projeto Portal fez vários trabalhos vibratórios que “mexeram” ao nível de sua consciência-razão, potencializando muito intensamente o seu proceder como ser humano – tanto no “bem/positivo” quanto no “mal/negativo”. Portanto, permanecer na faixa de tolerância é muito imprescindível para ele, para que não viva cotidianamente em constantes dificuldades.

O dimensional desperto está vivendo um momento muito difícil, quando já mais consciente está se tornando o seu próprio “juiz”, percebendo mais vivamente com sua personalidade/caráter o que ele chama tanto de bom quanto de ruim. Nesta situação ele pode negativamente tanto receber como transmitir de maneira às vezes inconsciente e desmesurada, os sentimentos da inveja, do ciúme e da competição, entre outros sentimentos negativos e, portanto a sua “tabua de salvação” para estes momentos que ele intensamente está vivenciando, é se preservar na faixa de tolerância.

Em qualquer grupo de trabalho – principalmente aquele com maior numero de participantes – existem aqueles indivíduos com as suas mentes confusas, que estão envolvidas por conflitos internos. Estes indivíduos não conseguem satisfatoriamente concentrar e, portanto sem a possibilidade da introspecção eles começam a exteriorizar a sua confusão mental, chegando muitas vezes até desrespeitar àqueles que lhes estão próximos, que incautos também desrespeitando e agindo como se estivesse em “um efeito dominó” – vão contaminando negativamente uns aos outros.

Nos trabalhos com as suas Linhas da Vida o dimensional deve ter conhecimento dos “pontos” que têm a ver com a freqüência do dia e da hora do seu nascimento e também do local onde “pisou” pela primeira vez neste planeta com a sua Alma Gêmea 4004 a.C. – local onde está a sua “Placa”.

O dimensional através do teletransporte pode voltar à uma sua situação do passado, deixando-a como está ou modificando-a, para que no futuro ela não lhe traga complicações.

O dimensional quando se “projeta” mentalmente no futuro, utilizando-se das Linhas da Vida, ele através de sua Freqüência do Desejo pode fazer a reprogramação desejada e modificar tanto a sua vida quanto a de outros indivíduos.

O dimensional deve sempre anular os seus sentimentos negativos, para que sempre fiquem reforçados os seus pensamentos positivos e, com isso ele está trabalhando beneficamente o seu futuro.

Entre o ano de 2009 e o ano de 2012 a Terra viverá um período marcado por turbulências proporcionadas pela natureza e ela viverá especificamente aquela trazida pelas águas. Os “Seres” já tinham comunicado algum tempo atrás que o degelo (do pólo norte) iria já começar entre os anos de 2009 e 2010, enquanto os meios científicos mencionavam que a data mais provável seria entre os anos de 2070 a 2100.

Aquele dimensional/Projeto Portal que já manteve conversa verbal com os “Seres”, já está na vibração necessária, que lhe proporciona maior segurança para se comportar durante os momentos difíceis que aproximam para a humanidade. Nesta condição ele tem uma maior compatibilidade com os “Seres”, que poderão quando necessário, lhe informar e orientar no sentido de se organizar e de se proteger.

Quando o dimensional em seu contato “vê”/percebe a silhueta de um “Ser”, ela já é uma luz física que o seu olho capta – é uma manifestação já física, mas em forma de luz.

Os “Seres” têm um plano especifico de atuação para cada um dos dimensionais atuantes no Projeto Portal, para que cada um já direcionado se torne ainda mais atuante. Portanto, para cada dimensional os “Seres” têm tanto um momento quanto uma situação especial em relação ao contato, que acontecendo, já tem para cada dimensional uma finalidade determinada.

Os “Seres” tudo vêem e, portanto eles tudo sabem. Eles sabem quando um o dimensional “é interessante” no momento para um determinado contato e quando aquele outro ainda não é.

Os “Seres” estão ajudando no sentido que todos os dimensionais atuantes no Projeto Portal tenham o seu contato de responsabilidade/compromisso. Portanto, aquele dimensional que por enquanto não teve o seu, ele deve permanecer tranqüilo, conservando-se sem ansiedade para que não lhe ocorra o corte de vibração, prejudicando-lhe em relação ao que ele no momento mais almeja – os “Seres” sabem da condição do dimensional e eles estão lhe ajudando. Os “seres” conhecem a situação do dimensional na terceira dimensão, porque já passaram por ela.

Mesmo que o dimensional tenha apenas alguns instantes de conversação verbal com os “Seres”, ele já adquiriu o seu “passaporte” de sintonia com a Vibração Eterna.

Para alguns dimensionais é necessário que os “Seres” se mostrem fisicamente, enquanto para outros esta condição não é necessária, porque cada um tem uma determinada tarefa relacionada com uma determinada maneira de contato.

O dimensional deve proceder na presença dos “Seres” da mesma maneira que ele normalmente procede cotidianamente com o seu semelhante.

Como o dimensional Projeto Portal já chegou com a sua freqüência mental mais de 40 ciclos/seg., ele deve se precaver, porque ele pode agora com a mesma intensidade deixar aflorar tanto atitudes positivas como as negativas. Portanto, que cada um se veja como o juiz de si mesmo e aja de acordo com a sua Consciência.

O dimensional/Projeto Portal com a sua atual freqüência mental, com seu padrão evolutivo e vibratório, procedendo em sintonia com as informações dos “Seres” e orientado pelo “Consolador”, pode ser comparado àquele Mensageiro de Deus, que citado em textos bíblicos, era um Ser de uma dimensão mais sutil, que vinha ao planeta Terra no sentido de ajudar os seres humanos de um modo geral.

O compromisso do dimensional desperto termina no ano de 2028. Depois desta data ele pode ir para outras dimensões, mas se ele quiser poderá continuar na terceira dimensão ainda desempenhando o seu compromisso.

No ano de 2012 acontecerá para muitos a época do arrebatamento pregado por algumas igrejas, da ascenção por outras filosofias, do regaste por determinadas crenças e do juízo final onde Deus julgará os vivos e os mortos pela bíblia – este acontecimento descrito de varias maneiras acontecerá para muitos às 14h12min do dia 22 de dezembro do ano de 2012.

Entretanto, para o dimensional desperto ele já tem a consciência que o seu “julgamento” ou auto-avaliação já lhe aconteceu entre os dias 23 e 24 de março de 2007 e que se naquela ocasião a sua avaliação foi positiva, ela permitirá a sua Transmutação.

Para o dimensional que realmente se despertou, pode-se dizer, que ele com o seu atual padrão evolutivo, vibratório e criador, vive momentos semelhantes àqueles de Abraão, de Moisés e de muitos outros personagens bíblicos – ele “gera” fenômenos com a mesma grandeza aos dos Mensageiros de Deus bíblicos, mas que estão “adaptados” à sua atual situação de vida.

O dimensional para sair da freqüência do corte vital, ele tem que saber primeiro em qual das três linhas ela vai estar, quando vai estar e quais são os seus sinais. E, o seu sinal mais característico é a depressão.

A depressão tem vários motivos e se ela é muito comum nos dias de hoje, é por causa do estilo de vida dos indivíduos – stress/angustias e outros sentimentos negativos. Mas, a depressão pode ter também como causa por deficiência no organismo de minerais (zinco e lítio) e de vitaminas – ausências que perturbam a parte hormonal-glandular do dimensional.

Quando a depressão vai acontecer na vida do dimensional, somente o trabalho com as Linhas da Vida consegue mostrar, retratando o que mostra a sua “placa” guardada nas galerias dos Mundos Interiores.

A mudança mental/vibratória do dimensional é que faz que ele em suas Linhas da Vida pule automaticamente para a linha que melhor corresponde ao seu desejo do momento – na realidade quem programa o seu destino é o próprio dimensional “brincando” de ser um semi-deus.

Quando o dimensional manipula as Linhas da Vida em seu beneficio ou de outros, ele agora deve estar ciente, que de maneira mais incisiva ele é o seu próprio juiz e o que ele fizer neste sentido, o retorno desta sua ação virá rapidamente e em dobro.

O compromisso de realizar, de criar e de mudar é de todos os dimensionais despertos, que têm em Cristo Jesus o seu Referencial, porque Ele em seu tempo muito realizou/fez para que as mudanças em nível da humanidade acontecessem e pudessem atualmente ter continuação com o “Consolador” e com aqueles que o acompanham como seu “Corpo Vivo”.

Todos os dimensionais serão “julgados” – na verdade farão a auto-avaliação – no dia 27 de março de 2008 e aquele que não passar nesta auto-avaliação, será julgado entre os vivos e os mortos no “juízo final bíblico” no dia 22/12/2012.

A pirâmide que será construída no Complexo Turístico Ziguratz, será levantada na freqüência da Estrela Polar em ressonância com a Era de Aquários – a Era da Energia Feminina a partir do ano de 2012.

Se o dimensional absorve alguma energia negativa daquele outro que está potencializando-o para a auto-cura, significa que ao nível de sua aura, abriu-se uma freqüência para o “astral”, portanto ele logo deve de imediato se harmonizar energeticamente através de uma ducha fria de acordo com o tempo atual da Terra ou de seis minutos (fevereiro de 2008).

Quando o dimensional em seus trabalhos vibratórios ele queima mais uma etapa, significa que as suas atitudes de hoje que são compatíveis com a sua freqüência atual, anularam o que de negativamente poderia lhe acontecer.

Quanto mais o dimensional vivencia as suas Linhas da Vida, mais o seu subconsciente se desloca no espaço para que ele colha até o ano de 2028 as informações do que ele chama de seu passado, presente e futuro, de acordo com a seqüência dos fatos que ele realiza em sua vida.

Aquele dimensional com simbologia e que já passou pelo “julgamento”, poderá ainda fazer a sua “recuperação”, porque poderá ter deixado pendentes questões de consciência, que ele precisa antes resolvê-las.

A partir de seu “julgamento”, quando o dimensional passar pelo “Tribunal de sua Consciência”, a sua maneira de ser tenderá ser mais harmônica com os seus pensamentos e suas ações tendendo a modificarem para melhor, portanto terá muitas de suas atitudes anteriores já corrigidas. E, com um outro proceder/caráter – como juiz de si mesmo – ele tenderá para uma melhor qualidade de vida.

Na realidade o processo do “julgamento” não deixa de ser um beneficio que os “Seres” oferecem ao dimensional de acordo com o seu merecimento, com as suas conquistas de vida e também de acordo com outros seus estágios vibratórios já conquistados.

Quando o dimensional estiver com dúvidas em relação ao que ele quer expressar, é preferível que ele não se expresse se não tiver em ressonância com os ensinamentos do “Seres” transmitidos pelo “Consolador”. É mais preferível ainda em relação ao que ele propaga, se o que ele divulga puder ser provado com o auxilio de fotos/filmagens/gravações.

O dimensional em seu trabalho de divulgação/propagação deve ter a noção de sua responsabilidade de desmistificar toda uma crença milenar muitas vezes de fundo religioso, e “construída” por dogmas e resistentes preconceitos.

O dimensional deve se expressar de forma mais possível didático-comparativa, utilizando muitas vezes de pesquisas idôneas de outras fontes de informação, para que ele dê ao que está expressando um caráter mais confiável e verdadeiro e ao mesmo tempo proceder de acordo com os “Seres” – “dê primeiro para eles o que querem e depois “colha” o que se quer”.

O dimensional no momento em que desenvolve as suas experiências com a sua Linha da Vida ele não deve esquecer de mentalizar o que quer “consertar” em seu cotidiano, portanto ele deve pensar com bastante Vontade e intenso Desejo na solução em relação ao que busca, porque neste momento tanto os Seres Ultradimensionais, a sua freqüência mental e o seu subconsciente vão codificando o que ele está almejando – o que também favorece a “leitura” de sua Linha Vida feita posteriormente pelo “Consolador”.

Principalmente os indivíduos do sexo feminino possuem “algumas raízes” que fazem com que psicologicamente fiquem somatizando e acentuando problemas e, uma destas “bases/raízes” em seu corpo físico está no abdômen. Nos indivíduos do sexo masculino ela está na coluna, mostrando-se como algo travado/dolorido que não é acusado por exames médicos, porque se fazendo como um bloqueio energético, não é sinalizado nem pela foto-aura e só é descoberto pela “leitura” de sua Linha da Vida como um débito oculto.

O dimensional desperto precisa anular o medo inconsciente da morte e ainda deve aprender anular ou inverter a sua insatisfação que na forma de impulsos nervosos afetam o mundo em sua volta e que são mais constantemente gerados pelo seu medo de ser traído em uma relação conjugal pelo parceiro (a) ou por amigos e ainda gerados pelos sentimentos do orgulho e da inveja, entre outros, que provocam somatizações através do seu básico.

Os indivíduos que vivem com constante inquietação, com angustia e com desejos não realizados, acabam por gerar conflitos consigo mesmo, porque o que querem não conseguem realizar e este seu desejo consciente não alcançado, fica como o tivesse martelando constantemente, provocando nele uma perturbação, que acaba passando para os indivíduos que estão em sua volta.

A partir das atuais experiências com as suas Linhas da Vida o dimensional/Projeto Portal começa conviver com realidades paralelas, que para a ciência oficial ainda é uma ficção, mas para ele já é uma realidade.

O compromisso independe da personalidade atual do dimensional, porque a partir do momento em que ele começa a executá-lo, é a sua consciência-razão que irá orientá-lo em relação ao trajeto a ser seguido, independentemente do que ele pensa e fala. O que importa é que o dimensional tenha inicialmente a energia necessária para que os “Seres” manifestem e lhe passe o compromisso sem provocar nenhum dano à sua saúde física e mental, porque o choque de vibração nesta interação em relação ao seu corpo físico vai muito além do que ele imagina.

O objetivo do dimensional através das suas Linhas da Vida é trazer tudo que tem de positivo ou de bom para o seu agora, buscando-o e fazendo-o acontecer e, portanto possibilitando-o ao mesmo tempo que ele “veja” e o sinta esta melhora, à medida que vai utilizando-se energeticamente da Tríade Pensamento/Desejo/Vontade.

A “entrada” da quarta para a quinta dimensão é muito longa para o dimensional percorrê-la, ele precisa antes transmutar o seu corpo em luz, para que não fique preso à quarta dimensão ou mesmo fique estacionado na terceira dimensão como um planetário. Vinte por cento de matéria na quarta dimensão e noventa por cento na terceira dimensão é que impedem o individuo/dimensional alcançar a freqüência da quinta dimensão.

Os Seres Ultradimensionais quando se mostram entre a terceira e a quarta dimensões, eles estão na forma redonda, da quarta para quinta eles estão na forma discóide, entre a quinta e sexta eles estão na forma de losango e da sexta para a sétima dimensão eles estão na forma elipsoidal.

Os Seres Ultradimensionais quando se mostram com a forma quadrada eles estão em transição como fases intermediarias de todas as dimensões e nesta condição o seu aparecimento pode durar de um a sete minutos.

O que Cristo Jesus ensinou e fez em sua época, os “Seres” através do “Consolador” está ensinando ao dimensional/Projeto Portal a fazer também, portanto ensinando a cada um fazer o seu próprio “milagre”, porque cada um é o seu próprio universo, que deve ser energeticamente preparado e manipulado, fazendo que nele as coisas aconteçam. Mas, este aprendizado apenas será concluído, se todos os dimensionais se fizerem coesos, funcionando como um só Corpo de Energia, porque só assim alcançarão o que deve ser transmitido por ressonância para toda a humanidade.

A Energia Sexual/Kundalini é a Energia da Criação para a terceira dimensão e ela não está implicitamente ligada ao ato sexual – ela continua presente nas fecundações “in vitro” cada vez mais realizadas.

A Energia Sexual é Sublime, mas como está focalizada de maneira bastante incorreta pela mídia como um simples ato carnal entre indivíduos e distorcida por dogmas religiosos, ela é “mostrada” dentro de um sentido menor e não verdadeiro.

Os “Seres” que com eles o dimensional/Projeto no momento interage, sempre estiveram presente no Universo e não chegam em naves físicas e tradicionais na forma de “discos-voadores”, porque eles não utilizam deste tipo de veículos. Estes “Seres” que possuem um tipo de tecnologia muito superior, quando plasmam os seus “veículos” para locomoverem, eles estão preparando os dimensionais para lhes passar algumas de suas tecnologias.

O dimensional com o seu corpo físico não pode entrar nestas “naves plasmadas”, porque no interior delas ele seria inteiramente carbonizado. Então, a locomoção dos “Seres” junto ao dimensional está se fazendo através do teletransporte.

Após o seu “julgamento” o dimensional está passando por muitas mudanças interiores e está aprendendo muito mais além do que aprendeu até hoje. O dimensional está também passando paralelamente por muitas mudanças em seu cotidiano ou em seu mundo exterior e, portanto, estas suas mudanças estão acontecendo paralelamente ao seu relacionamento junto a outros dimensionais e a outros indivíduos de um modo geral – mas. será que o ele está em condições de trabalhar em parceria?

Durante o primeiro “julgamento” nas Terras de Asthar, dentro da Fazenda Hotel Projeto Portal – Corguinho/MS-BR surgiu uma sonda dourada como se ela fosse uma bola de fogo que ia aumentando de tamanho à medida que os dimensionais presentes faziam a ativação no seu umbilical e no seu básico. Este corpo luminoso é chamado em muitas comunidades interioranas como a “Mãe do Ouro”.

O brilho da “Nave de Gemus” geralmente “se abre” com intensidade, porém ampliado de forma geralmente crescente, em circunferência e uniforme. Também o seu deslocamento é bem mais lento do que Satélite Flares Iridium.

A “Nave GNA” pode aproximar até poucos metros dos indivíduos e ela não é um objeto metálico. Ela é uma freqüência de luz com consciência, que interage com o dimensional para ajudá-lo, conforme o seu estado evolutivo. Para cada raça existe uma “Nave GNA” especifica.

O dimensional para contatar com a “Nave GNA”, ele deve mentalizar que quer vê-la e se ele consegue este seu intento, ela lhe joga um flash, como se fosse alguém que estivesse na estratosfera, tirando-lhe uma foto. Quanto menor o intervalo de tempo entre os flashes, melhor será a vibração de contato – o numero de flashes e o intervalo entre eles pode também ter outros significados, quando trabalhos específicos estão sendo desenvolvidos.

As vezes a “Nave GNA” solta uma sonda que também emite flashes de luz abaixo das nuvens e ela como uma consciência desprendida da “Energia Nave Maior”, tem a mesma função desta.

As sondas são “naves” menores tripuladas ou não e elas servem para registrar como está a energia dos indivíduos, estabilizando-os ou direcionando-lhes contatos e trabalhos vibratórios.

Canepla é um tipo particular de sonda, tem a mesma função desta e possui um trajeto que pode ser horizontal e para cima, portanto, diferentemente dos meteoritos.

Quando sai na Linha da Vida do dimensional o corte vital para o ano de 2009, por exemplo, mas ao mesmo tempo constam para ele outras passagens para os anos 2010 e 2011, isto significa que o seu falecimento quando foi feita a “leitura” em sua Linha da Vida era realmente uma possibilidade para o futuro, mas que ele a anulou, manipulando-a para que esta mudança acontecesse.

O dimensional não possui o livre arbítrio que é dado aos planetários, porque ele tem é uma pré-programação que ele pode manipulá-la e assim, “brincando de ser um semi-deus”, pode manipular o seu “destino”, fazendo nele de maneira consciente as suas escolhas.

O perfil que o dimensional possui atualmente é aquele que está codificado em suas Linhas da Vida e refletindo com certeza em seu futuro, mas ele tem a dádiva da escolha da modificação em relação aos acontecimentos tanto positivos quanto negativos em sua vida.

O dimensional que já desenvolve a capacidade de manipular as suas Linhas da Vida , ele pode, por exemplo, trazer um ganho financeiro previsto para ele cinco anos no futuro, antecipando-o para o ano em que no momento está vivendo, desde que ele consiga vibrar na mesma freqüência que ele estaria naquele momento no futuro quando teria o seu ganho financeiro. Mas, para ficar nesta situação ele deve conhecer as Leis Universais e saber o método correto para aplicá-las na hora certa. O dimensional tem que saber criar esta freqüência, que ao ser gerada, ela fica registrada em seu cérebro. Portanto, ele deve aprender a enganar o seu cérebro, que não distingue o que é real ou irreal e enviar para ele imagens e dados de acordo com os seus interesses.

Quando o individuo age instintivamente e de maneira que afeta aqueles que estão em sua volta e logo depois se retrata, ele não está tendo uma postura de humilhação, mas antes de tudo está reconhecendo e compreendendo o que de negativamente gerou e ao mesmo tempo paralelamente “deletar” da ultima camada de sua aura os reflexos negativos desta sua atitude.

A presença da “Nave de Plêiades” nas terras do hotel Fazenda Projeto Portal na tarde do dia 21 de março de 2008, já estava sinalizando a autorização em parte do “julgamento” dos dimensionais.

Depois do “julgamento” a interação energética do dimensional com os Planos Superiores de Vibração acontecida naqueles dias, trará resultado positivo para a população de um modo geral, que terá como se fosse uma sacudidela mental.

Aumenta o numero de indivíduos que já está olhando com um outro interesse para o que o dimensional está propagando/divulgando, sentindo como se para eles abrisse uma janela, que está lhes permitindo ter uma outra visão das coisas, em função das informações que estão recebendo.

O Projeto Portal está passando para uma fase, que o dimensional em seu trabalho de propagação/divulgação deve nele encaixar, levando em conta o que a população aceita mais e levando ainda a estratégia ensinada pelos “Seres”: “que se dê primeiro aquilo que ela quer, para depois colher o que se quer”. E, o dimensional deve fazer este seu trabalho fundamentando-se o mais possível na ciência e fazê-lo de uma forma didática e no sentido de cada vez mais de desmistificar o que já está secularmente enraizado e distorcido já como verdade na mente humana – e, se o dimensional puder mostrar/provar o que fala ou que escreve, é melhor ainda.

A antiga sede da Fazenda Boa Sorte está sendo remodelada, para agora ficar com a estrutura funcional do Hotel Fazenda Projeto Portal e toda esta sua transformação até física é para que fique realmente retratada a “nova cara” do Projeto Portal.

E, o observatório que está sendo construído no Complexo Turístico Ziguratz a certa distancia do Hotel Fazenda Projeto Portal é para atender uma solicitação dos “Seres”. Ele será uma forma mais objetiva e concreta de fazer propagação/divulgação, quando ele se tornar um ponto chave e exclusivo, onde os indivíduos terão informações mais objetivas que os “Seres” estão preparando e que beneficiará o mundo inteiro.

O Dourado para os três mil trezentos e vinte e cinco dimensionais atualmente ativos no Projeto Portal (abril/2008) passa definitivamente para a sua segunda fase, quando a energia gerada por ele circulará mais incisivamente.

O Sistema Dourado é mais o que ele fisicamente parece mostrar, porque em outro nível ele é independente e intocável, porque os “Seres” não permitem que ele seja afetado na terceira dimensão e, portanto em relação a ele os dimensionais é que devem se movimentar.

Os “Seres” estão observando os dimensionais/Projeto Portal de um modo geral e especialmente aqueles que já receberam o compromisso.

Os “Seres” vêm de muito longe, esperando o momento vibratório de cada dimensional para que possam para ele se manifestar não no sentido de impressioná-lo. Eles não agem assim, porque não têm neste sentido interesse. Eles estão interessados é com a evolução do dimensional e com os trabalhos vibratórios que ele já em um outro nível de consciência já está realizando ou deveria já estar realizando.

Nesta interação e busca que estão acontecendo entre os “Seres” e os dimensionais, alguns dimensionais estão sendo “nomeados” diretamente por eles e outros foram chamados porque conseguiram a vibração para determinada função ou compromisso.

A “nota” que o dimensional “recebeu no julgamento” ou em sua avaliação, ela dependeu muito em onde ele estava no degrau da Escada Evolutiva – portanto, esta sua “nota” já estava em sua mente e em “seu coração”, portanto, intimamente ele já sabia se tinha passado, ficado em recuperação ou para o ano de 2012.

No “julgamento” dos dimensionais que foi feito com o auxilio da Energia Crística, mesmo aquele dimensional que foi reprovado, ficando para o ano de 2012, ele não foi excluído da “categoria de dimensional”, apenas ele terá que se esforçar ainda mais. E, aquele que foi aprovado mesmo com a sua recuperação, ele mostrou que se esforçou um pouco mais – e, nos dois casos cada um está colhendo o que plantou nesta sua vida atual. O “julgamento” foi de forma coletiva, mas a avaliação foi individual.

Aquele dimensional que foi reprovado e, portanto ficou para o “julgamento” no ano de 2012, ele não está recebendo totalmente os benefícios que aqueles que foram aprovados com recuperação ou não, já estão recebendo dos “Seres”.

A assistência dos “Seres” em relação principalmente aos provados será agora ainda muito maior – portanto, em relação aos benefícios que agora recebe a responsabilidade do aprovado é também proporcionalmente muito maior.

O evoluir é um processo interior e não exterior, portanto não é o individuo comparecendo fisicamente em construções próprias onde são passadas informações distorcidas de crenças religiosas ou de linhas filosóficas que ele irá evoluir e, muito menos, é aquele dimensional/Projeto Portal que comparece no Hotel Fazenda Boa Sorte, para fazer turismo ecológico.

O dimensional quando comparece no Hotel Fazenda Boa Sorte, ele está através de trabalhos vibratórios complementares potencializando o seu campo energético-vibratório e ao mesmo tempo colhendo informações/conhecimentos, que apenas são fornecidos pelos “Seres” e transmitidos pelo “Consolador”.

Para os “Seres” todos os dimensionais são iguais e, portanto o tratamento que eles dão é igual para todos. Eles olham é a Essência de cada um e não dão “exclusividade” para ninguém – todos têm os mesmos direitos universais.

O “julgamento” teve também o caráter de avaliação para saber quais os benefícios que os “Seres” darão tanto individualmente quanto coletivamente aos dimensionais/Projeto Portal.

A projeção da Simbologia não foi uma garantia de aprovação direta do dimensional que anteriormente a projetou, porque muitos dimensionais que já a tinham projetado, ficaram para a recuperação.

Aquele dimensional que passou direto, já possui a imensa responsabilidade dentro de suas habilidades extra-sensoriais de desenvolver o seu padrão vibratório e evolutivo, para auto-ajudar e ajudar outros indivíduos.

Após o “julgamento” a Luz da Manifestação Crística que Se exteriorizou para aqueles dimensionais presentes naquela ocasião, manterá certa estabilidade em seu campo energético, que ele não perderá mais – só a acumulará.

A freqüência emocional nas Linhas da Vida é também importante e a partir dela é que o dimensional modifica o seu destino, deixando acontecer ou antecipando o “positivo” e “burlando” o “negativo”.

O dimensional quando ele manipula a sua energia para a materialização como ele fez para a sua pedra discóide, ele já está trabalhando com as Leis Universais para a terceira dimensão e ao mesmo tempo já interagindo energeticamente com os mundos paralelos – “mexendo” com outras dimensões como Cristo Jesus ensinava e como atualmente o “Consolador” também faz e ensina, direcionando e potencializando as energias de acordo com as Leis Universais

O dimensional deve aprender a utilizar muito bem a sua freqüência principal e saber polarizar todas as outras freqüências, utilizando energeticamente da Tríade Pensamento/desejo/Vontade, porque pode tanto ajudar/prejudicar a si mesmo, quanto pode também ajudar/prejudicar outros indivíduos.

É necessário que o “Corpo Vivo do Consolador” esteja coeso, vibrando em uma só Freqüência.

Os dimensionais que ficaram em recuperação depois do “julgamento” foram divididos em oito grupos selecionados através de fotos e cada um deles deveria desenvolver um trabalho energético especifico e mais outros trabalhos paralelos.

O primeiro grupo deveria trabalhar com o Plasma, o segundo grupo com a kundalini, o terceiro grupo com o cristal, o quarto grupo com o perfume, o quinto grupo com a fusão, o sexto grupo com a sonoplastia, o sétimo grupo com a Energia Crística, o oitavo grupo com o trabalho do pão/carne e o nono grupo foi aquele que não precisou de recuperação, porque já alcançou a Freqüência da Luz ou da Energia em Espiral – Sublimação.

Posteriormente, os trabalhos energéticos dos oito grupos foram transformados em três outros grupos, quando os dimensionais com o auxilio dos Seres Ultradimensionais interagiram por um processo mental com o “Consolador” e quando todos alcançaram positivamente o seu objetivo, passando na recuperação.

Alguns dimensionais paralelamente aos contatos compromisso estão sendo preparados para trabalhos vibratório-específicos. Alguns destes dimensionais não sabem para que estão neste sentido sendo preparados e outros ainda, não sabem mesmo que estão sendo preparados.

Estes dimensionais como todos os outros dimensionais do Projeto Portal trabalharam antes a materializações e a capacidade de movimentar objetos, entre outras manipulações, mas só quando alcançarem um nível vibratório satisfatório para manipular a alquimia de transmutação é que eles serão chamados e ficarão sabendo de sua responsabilidade para desenvolverem os seus trabalhos específicos. Cada um dos dimensionais do “Corpo Vivo do Consolador” terá também este seu momento é só esperá-lo e “se preservar” para merecê-lo. E, muitas vezes quando o dimensional acha que para ele as oportunidades acabaram, é que elas se mostram e começa para ele uma nova etapa de responsabilidades.

Cada indivíduo tem uma freqüência energética própria, portanto possui também uma intensidade de energia diferente a de um outro. Então, a carga elétrica que corre nas células de um dimensional é diferente da carga elétrica das células de um outro dimensional e, por isso, é que a sua freqüência de onda é também diferente.

Alguns dimensionais que possuem em sua Simbologia o símbolo do asterisco, eles possuem uma genética totalmente trabalhada, que foi modificada durante os seus doze primeiros anos de vida.

O campo eletromagnético gerado pelo dimensional tem uma determinada freqüência, que através dela pode conseguir com sucesso tudo o que ele quer, desde que saiba como “pega-la” na natureza (matéria), já que é um processo exclusivo da terceira dimensão.

O dimensional deve aprender através de suas células do seu corpo físico sincronizar o seu campo eletromagnético com a Freqüência Cósmica e neste momento em que na realidade ele está utilizando é da Energia Taquiônica (Pensamento Sublimado), ele está entrando na freqüência de deus criador ou da divindade.

E, esta freqüência é a do Cristo e que Jesus de Nazareth – Cristo Jesus – dela utilizou para gerar freqüências multivibracionais para o que ele queria fazer, como nas ocasiões quando ele potencializava/direcionava os indivíduos para a auto-cura e quando interagia na freqüência de objetos/substancias, modificando/vibrando as suas moléculas para que nelas ocorresse o “salto”/organização de seus elétrons/prótons – provocando a alquimia de transmutação ou a transformação de uma substância em outra.

Atualmente, o dimensional/Projeto Portal começa também a proceder desta maneira, quando ao ser direcionado e potencializado pelo “Consolador” materializou o ouro, a pedra discóide, o cristal e polimeriza o perfume, entre outros procedimentos – mas, o dimensional já deve começar agora andar com as suas próprias pernas, ele já deve começar fazer sozinho o seu próprio “fenômeno/milagre”.

Foram os Seres Ultradimensionais posicionados perto da cabeça do dimensional que sinalizaram/mostraram para o “Consolador” a freqüência emocional principal de cada um, que com ela trabalhará para obter o que ele almeja através de suas Linhas da Vida.

Naquela ocasião quando estes “Seres” mostravam à direta da cabeça do dimensional a sua freqüência emocional codificada foi a da felicidade, à esquerda de sua cabeça a freqüência emocional foi a da tristeza e acima de sua cabeça a freqüência foi a sexual.

O primeiro grupo de sustentação para os trabalhos vibratórios já no mês de maio de 2008 entrará na fase de desenvolvimento, quando começa também através da foto/aura a seleção do segundo e do terceiro grupos de sustentação e ainda o grupo de alquimia de transmutação, que são dimensionais com a sua energia não só ativa como também em desenvolvimento.

Os grupos que formaram no trabalho da recuperação, os dimensionais que os constituíram não se reuniram por coincidência, apesar de que aparentemente se mostraram desta maneira. Os “Seres” agindo como que coincidentemente, organizaram antecipadamente e vibratoriamente os grupos de dimensionais. Portanto este trabalho que foi direcionado pelo “Consolador”, foi antes uma organização vibratória dos “Seres” de acordo com a capacidade de cada dimensional e ainda tendo em vista a compatibilidade de um com o outro, para que harmonicamente dentro de um Corpo de Energia ou de um grupo coeso, cada um pudesse ser identificado energeticamente.

E, os dimensionais dentro destes vários grupos que se formaram no trabalho de recuperação, para que fossem aprovados, eles tiveram que se capacitar em uma das três situações: transmissão mental, psicocinese e projeção.

O dimensional que se projetou para a transmissão mental, ele tem a capacidade “de tudo vê” e como o “Olho de Hórus” tem a habilidade de captar o que está acontecendo em sua volta. Este dimensional está também ligado vibratoriamente ao grupo de sublimação.

O dimensional que se capacitou para a psicocinese está ligado por ressonância à “Raça Adâmica” e será direcionado para algumas experiências relacionadas a portais e já tem liberação direta para interagir com outras realidades ou mundos paralelos.

Aquele dimensional que se capacitou para a projeção, ele está ligado por ressonância à “Arca da Aliança” ou de ter a capacidade de definir freqüência de um determinado grupo.

Os três tipos de capacidades identificam os três grupos de dimensionais, que com esta sua habilidade mais aflorada, pode com ela se ajudar e ajudar outros indivíduos.

O dimensional que tem Vênus Duplo em sua Simbologia ou que ela aparece apenas em seu campo energético descende da Tribo de Judá.

Aquilo que negativamente foi feito pelo dimensional até o ano de 2008 – antes do “julgamento” – já está feito e neste sentido nada resta a fazer. Entretanto, ele pode em todos os sentidos anular o resultado negativo destas suas ações feitas no passado e a partir desta data então, proceder mais constantemente como recomenda o aviso bíblico “orai e vigiai”, porque se ele estiver mais atento não será mais pego de surpresa por uma pré-destinação programada por ele mesmo consciente ou inconscientemente.

O dimensional tem normalmente as suas ondas cerebrais projetadas de forma aleatória, nenhuma é igual à outra. E, raramente ele tem duas ou três ondas no mesmo padrão de oscilação – e, os ritmos uniformes é que lhe proporcionam o autocontrole ou o equilíbrio. Portanto, quanto mais presentes estes canais/linhas uniformes, mais equilíbrio o dimensional possui e também quanto mais acelerados os seus canais, mais carga elétrica é gerada por ele em equilíbrio e que ressoa com mais intensidade.

A cada canal que se torna ativo, potencializa geometricamente a capacidade de atuação mental do dimensional – setecentos metros para o dimensional/mulher e setenta metros para o dimensional/homem.

Paranormalidade é na verdade estar em equilíbrio no verdadeiro sentido da palavra. É quando as descargas elétricas como impulsos elétricos do cérebro estão oscilando em uma mesma freqüência e se o dimensional conseguir fazer com que todos os seus canais oscilem de maneira rápida, totalmente coordenados e uniformes, ele terá o Poder Mental do Controle Absoluto.

O dimensional com apenas três dos seus canais equilibrados na mesma freqüência já é o bastante para que ele ative o campo energético de qualquer individuo que esteja emocionalmente perturbado. Basta que ele dê apenas um toque no individuo com a intenção de equilibrá-lo, porque já estará ativando e direcionando o seu pensamento – a sua intenção é um comando, é uma freqüência.

Com cinco canais equilibrados – oscilando totalmente coordenados e uniformes – basta o dimensional olhar (sem mais precisar tocar) para o individuo com algum incômodo físico, que ele começa a melhorar, mesmo quando ele não saiba o motivo. Neste instante o dimensional está direcionando mentalmente uma alta onda/freqüência telepática ou eletromagnética ao indivíduo, que está com a sua freqüência/onda mais baixa.

Nos últimos trabalhos nos Núcleos/Projeto Portal que foram realizados no sentido da transmissão mental, psicocinese e projeção, se o “Consolador” conseguiu fazer através dos Seres Ultradimensionais a “leitura” de cada dimensional, foi porque em todos eles em que a “leitura” realizou-se, estavam com as suas ondas mentais pelo menos com três canais na mesma oscilação.

Uma onda cerebral em 40 ciclos/seg. já é suficiente para que o dimensional transmita telepaticamente qualquer palavra ou símbolo/desenhos e em 60 ciclos/seg. ele já materializa ou entorta objetos – estas duas situações já foram alcançadas pelo dimensional/Projeto Portal.

Se o dimensional ao formular um pensamento, ele mantiver a sua respiração presa, mas pressionando o ar para fora ao mesmo tempo em que não deixa que ele saia, o seu ritmo cerebral dá um pico muito alto. Com este exercício o dimensional aumenta a capacidade da sua onda do pensamento durante a emissão de um desejo. Cerrar os dentes e fechar as mãos também auxiliam – portanto, o dimensional quando gera uma determinada tensão, desejando algo intensamente, ele produz uma onda mental mais alta.

A freqüência emocional mais atuante diferencia de um individuo para o outro. Portanto, ele deve saber qual é aquela freqüência emocional que nele mais se porta intensamente e qual das sete camadas da aura ela deve atingir.

O Pensamento é o deus criador, o Desejo é o que plasma e traz para a terceira dimensão o que a Vontade realiza, “fabricando” no aqui e agora o que o dimensional quer – e, inclusive, ”quebrar” uma freqüência negativa, para ser polarizada positivamente.

A freqüência sexual “se mostra realmente potencializada” quando o individuo sente a vibração de amor (e, desejo sexual) por outro individuo do sexo oposto.

Em relação ao homoerotismo também acontece a freqüência sexual. Esta energia é uma variação por estímulos que são também transmitidos para os terminais nervosos dos indivíduos, que alcançam o seu campo extra-sensorial e que também é reconhecida como uma freqüência sexual.

O individuo não deve buscar a freqüência sexual se relacionando com outros indivíduos indistintamente – os parceiros devem possuir a mesma freqüência, devem ter a intensidade de energia semelhante.

Existe toda uma atenção especial em relação à Energia Taquiônica que deriva da energia da kundalini e que em relação a ela como energia vibracional ativa, deve existir todo um requisito especial de manipulação para o objetivo a ser alcançado. O casal conhecendo a técnica necessária e tendo “afinidades compatíveis” comprovadas um com o outro em seu dia a dia, pode tudo realizar.

O dimensional desperto que já manipula a energia vibracional, ele já aprendeu também com o “Consolador”, que a freqüência multivibracional se dá com a Energia Taquiônica, que é a soma de todas as formas de energia (emocional/sexual) mais a Sincronicidade Cósmica e que no final ela é a Vibração do Amor, mas não o amor pregado pelos filósofos/poetas.

Existem pontos nevrálgicos no corpo do individuo que correspondem a cada um dos seus chacras. Estes pontos nevrálgicos – meridianos – têm que ser obedecidos para que o seu cérebro emita uma correspondente descarga elétrica, que atue em uma determinada região do seu corpo – às vezes o dimensional coloca a sua mão na orelha do individuo, para “curar” o seu pé.

Os últimos trabalhos desenvolvidos pelo dimensional/Projeto Portal no sentido de descobrir qual é a sua habilidade tem uma finalidade prática, porque já está chegando o momento dele lidar mais diretamente com a população, empregando o que aprendeu em mais de dez anos, quando buscou um desenvolvimento mental-vibratório mais profundo.

O dimensional que passou no “julgamento” e que posteriormente também passou na “recuperação”, terá entre outros benefícios o de ser ativado diretamente pelos “Seres” – para que em um maior processo de lapidação energético-vibratória, os contatos verbais continuem, mas agora de forma mais constante e mais direcionada.

No liquido conhecido como néctar que tem um componente fornecido pelo “Seres” e que o dimensional toma, nele existem vários aminoácidos e outras substâncias que passam fazer parte do seu metabolismo e, quando as “Naves GNA e de Gemus” passam elas ativam estes minerais, que emanam em seu corpo uma carga elétrica positiva, mesmo que ele esteja dormindo.

Em relação às Linhas da Vida existem sinalizações (procedimentos) que o individuo em determinados casos de imediato vendo-as, n ao tem a necessidade de se intuir e deve em relação a elas sempre obedecer. Por exemplo, o indivíduo que não usa o cinto de segurança e se por ventura ocorre uma batida do veiculo em que ele está, é mais candidato a um corte vital, do aquele outro que está neste momento usando-o corretamente.

A partir do “julgamento” o dimensional/mulher com os seus canais cerebrais a mais e ativos vai mostrar a sua grande diferença de sensibilidade/habilidade em relação ao dimensional/homem.

A energia do dimensional/mulher vai se mostrar na Era de Aquários, influenciando todos e tudo na terceira dimensão, enquanto que o dimensional/homem com as suas habilidades que já estão desenvolvidas e compatíveis com a sua vibração de sacerdote, está paralelamente já se preparando para a sua parceira vibratória com a energia feminina através da alma gêmea, afim, carmica e companheira.

Entretanto, o poder temporal, humano–machista e a serviço de um poder ainda maior e oculto de varias formas minar a força/energia feminina, não reconhecendo as habilidades e a potencialidade inerentes desta freqüência, temendo que os dimensionais/mulheres que as possuem dêem um passo a mais e mostrem o que realmente são segundo a sua Essência.

O sexto sentido é nato no dimensional/mulher, que na forma de uma sensibilidade especial percebe os fatos antes que eles aconteçam, o que está escondido e aquilo que não está correto – o dimensional/mulher possui um “sensor” que o avisa e que tudo monitora. Um mundo supervisionado/comandado por esta energia/poder, seria com certeza harmonicamente muito melhor.

Uma nova etapa começa para o Projeto Portal que é comandado pelo “Consolador”. Ele terá de terminar o ano de 2008 com os trabalhos vibratórios já atualizados – aqueles que ainda não foram realizados – para que possa dar andamento aos trabalhos práticos, quando os dimensionais serão treinados como proceder nos momentos já eminentes e difíceis. E, ele ainda terá que comandar a construção das bases, principalmente nos locais onde já existem os Núcleos/Projeto Portal.

O dimensional deve ter o máximo de controle e de preparação psicológica, porque a população precisará de ajuda, que ele potencialmente poderá oferecê-la. Ele irá lidar muito com o imprevisto, portanto ele deve proceder de maneira rápida e com o senso de improviso, porque não adianta nesta condição fazer um cronograma e empregar a lógica, porque não funciona.

O tempo com a seta e o banho frio é de seis segundos (maio de 2008).

As Energias Conscientes/”Seres” com os seus corpos luminosos podem se apresentar ao dimensional “passando” mais perto ou mais longe dele também pode se transformar em uma silhueta semelhante à humana – nesta ocasião o dimensional deve fazer todo o esforço para permanecer em equilíbrio emocional.

A ciência do Projeto Portal é a ciência dos “Seres” transmitida pelo “Consolador” e que está dentro dos postulados da física quântica.

O dimensional/Projeto Portal que já tirou a sua simbologia, ele lida com realidades paralelas que não funcionam de acordo com a “lógica” da terceira dimensão, quando os acontecimentos podem ser controlados/medidos por estarem dentro dos limites do que ele conhece como espaço-tempo. Portanto, aquele dimensional sem um alcance maior de percepção, pode muitas vezes achar que situações/acontecimentos vivenciados por ele poderiam ser de certa forma mais organizados. Mas, antes de tudo o Projeto Portal funciona/”anda” quando se diz respeito à freqüência dos trabalhos vibratórios, que não está dentro da “lógica” dos cinco sentidos humanos – está dentro de “uma outra lógica” que muitas vezes não é vista e, portanto que “logicamente” muitas vezes não é entendida.

O dimensional/Projeto Portal lida essencialmente com energias, e, portanto neste sentido ele vai agindo de acordo com a vibração que vai apresentando, ao mesmo tempo em que e vai adaptando às mudanças rápidas e radicais, que vão aparecendo.

O dimensional/Projeto Portal que nele já trabalhou a freqüência vibratória de kundalini, que já interagiu com a Energia Crística e com o Plasma e que ainda vivenciou outras interações energéticas, ele “atrai” as vibrações de realidades paralelas, que para elas deve se preparar, colocando em primeiro plano o que é vibratório e não o organizacional, mesmo porque ele já acostumou a escutar no transcorrer dos seus trabalhos vibratórios, que tudo mudou depois de uma sinalização dos “Seres”.

Assim, o dimensional que possui simbologia e que é realmente desperto e atuante no Projeto Portal, ele sabe que mesmo dentro de uma aparente desorganização, está sendo constantemente preparado pelos “Seres” e sendo conduzido pelo “Consolador” para sua grande responsabilidade consigo mesmo e com a humanidade.

E, mesmo que se queira, não adianta encaixar o funcionamento do Projeto Portal dentro das regras e padrões da terceira dimensão, porque cada dia que passa, ao mesmo tempo em que diminui o campo eletromagnético da Terra, acelera a nível celular o do dimensional e, portanto acelera também as suas ondas cerebrais.

Portanto, a cronologia dos eventos gerados pelos “Seres” não tem que ser necessariamente a mesma que o dimensional dentro de sua “lógica tridimensional”, acha que deve ser.

É verdade também que o dimensional/Projeto Portal, que já manipula a energia vibracional – as energias sexual/emocional já transformadas e direcionadas em seu frontal – ele não mais enquadra nas leis da terceira dimensão, porque já se expressa com o seu campo extra-sensorial, convivendo consciente com realidades ou mundos paralelos.

Os indivíduos comuns que em seu cotidiano transitam pelas ruas e avenidas das cidades não estão adaptados para esta aceleração, apresentando um comportamento alienado em relação ao meio circundante. Eles não querem ouvir e não conseguem direcionar a sua atenção e com isso uns não olham os outros. Não existe mais afinidade, companheirismo e conceito de valores em relação ao que era anteriormente considerado como positivo, porque proceder desta maneira não tem mais importância – e, neste descompasso nada não “funciona” mais.

A partir do momento em que o dimensional consegue polarizar a sua energia/freqüência emocional, ele consegue mudar na terceira dimensão o que ele quer.

Segundo as Leis Universais aquele que tem maior controle, tem maior poder em relação aos acontecimentos, sabendo conduzi-los e realizá-los.

A Energia do Pensamento cria, ela é deus-criador. A Energia do Desejo plasma na quarta dimensão e “traz” para a Energia da Vontade que materializa na terceira dimensão, tornando real/física a Energia do Desejo.

O dimensional desperto consegue emitir uma onda mental bastante elevada em ritmo muito elevado, desde que esteja em um estado de consciência alterado e nesta condição é que ele deve fazer a polarização de seu Pensamento nas Linhas da Vida, para que aquilo que ele mais deseja, aconteça em seu dia a dia.

O dimensional deve vibrar mentalmente com a maior intensidade possível e desejar profundamente e, quanto mais rápida a velocidade do seu pensamento e mais coordenado, mais as suas ondas cerebrais serão mais uniformes.

O dimensional deve concentrar, focalizando o que quer, para que coordenando o seu Pensamento ele não saia do ritmo e paralelamente não deixe que a sua mente se disperse, para que ele consiga os resultados que almeja.

O individuo/dimensional pode polarizar os seus pensamentos de forma positiva ou negativa. Portanto, se no momento a situação não é favorável em relação ao que ele deseja, mas mesmo assim ele já imagina, vivendo-o emocionalmente o que ele quer já realizado, ele está nente momento com o seu pensamento gerando positivamente a sua vontade que polariza e que transformará em realidade na terceira dimensão, o que ao nível da quarta dimensão ele antes desejou/plasmou.

O dimensional deve aprender a direcionar as suas Energias do Pensamento/Desejo/Vontade, prendendo a sua respiração por três minutos, para o que ele quer através do seu comando mental aconteça mais rápido. Em três segundos com a sua respiração presa ele já pensou e desejou forçando o ritmo de suas ondas mentais, que se fazem na forma de ciclos bastante pequenos e rápidos nas freqüências de 150 a 170 hz/seg. E, o dimensional pode chegar às freqüências de 800 a 1.000hz/seg. de acordo com o seu desejo e intensidade.

Se as emoções do dimensional já estão na forma de Pensamentos polarizados/direcionados, foi porque ele conseguiu enganar e dominar o seu cérebro, que se não fosse dominado seria o dimensional o “dominado e o enganado”.

Quanto mais o estado de relaxamento ou de meditação do dimensional menos resultados vibratórios ele obterá. Ele tem que estar em um estado acelerado não de seu corpo físico, mas de seu “corpo mental”, que alem de acelerado deve estar ainda coordenado e focalizado em um determinado objetivo.

Nas freqüências alfa, teta e delta e mais acima delas o individuo/dimensional é o seu próprio deus, ele é dono de seu próprio destino. Nestas freqüências o nível de concentração e do ritmo/rapidez das ondas cerebrais do dimensional são altas, permitindo que ele tenha mais proteção e mais resultados positivos em relação ao que ele almeja.

São três os grupos de sustentação, que são compostos por dimensionais que ajudam potencializar os trabalhos vibratórios à medida que eles transcorrem. O primeiro grupo de dimensionais já está em desenvolvimento e o segundo e o terceiro grupos que já foram sinalizados pela foto aura, começarão também a ser direcionados neste sentido.

Estes dimensionais ficarão em determinados locais do Hotel Fazenda Projeto Portal, como nas Crateras e as Marcas, entre outros e, também agora nos atividades de campo quando funcionarão como se fossem fio terra para os vórtices de energia, gerado pelos dimensionais presentes medrosos e que a carga elétrica de seu corpo não esteja bem.

O grupo de sustentação proporciona também a interação vibratória para o dimensional que está em trabalho especifico como o do contato compromisso e à medida que os dimensionais do grupo da sustentação auxiliam, eles em troca são também auxiliados pelas Energias Conscientes, que para eles podem também se manifestar.

Após o seu “julgamento” aquele dimensional que alcançou a “nota” nove ou conseguiu a Freqüência Luz já possui energia ativa e já pode entrar na fase de desenvolvimento, enquanto aquele que mesmo tenha passado na “recuperação” terá ainda dos “Seres” o beneficio para chegar à freqüência nove.

Os dimensionais que passaram na recuperação serão ativados nos atividades de campo, os dimensionais/mulheres serão ativados pela Freqüência Energia Luminosa e os dimensionais/homens pelos “Seres” – mas, pode se dar de maneira inversa.

Nos próximos atividades de campo os dimensionais/mulheres serão avaliados em suas habilidades, em que pontos estas suas habilidades estarão afloradas e em qual direção elas serão trabalhadas – precisarão aprender a direcionar a sua energia em três a sete fases de trabalho.

Os dimensionais/homens precisarão também aprender a direcionar a sua energia. Precisarão direcionar a sua Energia do Pensamento, para que ela atue na matéria – em cada um será trabalhada a intensidade desta sua Energia e para estes trabalhos ele precisará de doze fases.

Atualmente, por causa dos meios de comunicação que atuam de maneira intensa “bombardeando” e manipulando ao mesmo tempo o individuo com informações ao consumo, ele não está mais “disponível” para “ouvir” as vibrações cósmicas, para que possa com elas se conectar através de suas habilidades extra-sensoriais.

O sistema de poder atual através da mídia condiciona o individuo a ter cada vez mais bens materiais, para que ele não se direcione para o que ele de fato necessita – desenvolver-se interiormente, para encontrar ao nível de sua Essência o “Ser” que realmente “É”.

Como o movimento de precessão da Terra é cíclico, está chegando o momento das grandes mudanças na natureza, que redesenhará a superfície do Planeta.

Os “Seres” dentro de um objetivo maior têm condições tecnológicas de proteger os dimensionais.

A freqüência da morte está o tempo todo “vagando no espaço”, portanto está em volta do dimensional, que não deve sintonizar com ela, para que não sofra subitamente qualquer acidente de grande risco, proporcional à intensidade da negatividade que por ventura ele venha gerar.

Foi Lilith o primeiro ser humano do sexo feminino e ela quem desenvolveu a sua energia da kundalini muito mais que Adão e, por isso, tendo em relação a ele muito mais vibração e o poder de todas as magias. Portanto, Lilith possibilitou-se mais do que Adão, possuir os conhecimentos da Árvore da Vida (que cada um traz dentro de si), o que fez que tivesse ascendência sobre ele.

Lilith possuía a “Energia da Serpente”, porque como uma mulher sexualmente ativa ela podia fazer com facilidade a sua energia da kundalini subir em espiral pela sua coluna.

Portanto, no fundo o que fica mesmo em relação a este “primeiro casal bíblico” são verdades energéticas, cujas vibrações ativas resultaram na Energia Taquiônica, que proporcionou já nos primeiros seres humanos a sua condição de pensante/consciente e em função dela a sua condição também de discernimento/opção/manipulação.

A Energia Taquiônica é a soma de todas as energias e a energia da kundalini – emocional/sexual – ao subir ao mesmo tempo pela coluna do individuo na forma de várias freqüências emocionais, ele deve estar muito preparado para este acontecimento, para que não se desequilibre totalmente.

O dimensional que consegue produzir através do seu Pensamento Sublimado a Energia Taquionica, é porque ele antes conseguiu que a sua energia da kundalini subisse pela sua coluna e que vibrasse em todos os seus chacras anteriores e posteriores.

O dimensional/mulher basta conhecer a sua freqüência de onda e saber como fazer para que a sua energia da kundalini suba em espiral e sem interrupção pela sua coluna, que ela consegue trabalhar/manipular sozinha as suas três freqüências/vias. O dimensional/homem não alcança este feito.

Aqueles dimensionais que foram aprovados na recuperação, mas que estavam relacionados no item cinco – fusão – por serem indivíduos de muita bondade, às vezes querem ajudar, acabam não só se prejudicando como prejudicando os outros. São indivíduos que possuem a vibração angelical e que distribuem o que têm tanto fisicamente quanto energeticamente sem certo discernimento, portanto se prejudicam. Eles já tiveram passagens como sábios e têm muito que passar para outros indivíduos, mas serão orientados neste sentido – após o seu contato eles serão orientados pelas Energias Conscientes em relação o que irão ensinar.

As bases que serão construídas fora do Hotel Fazenda Projeto Portal, se no local o vórtice de energia apontar para baixo esta base será construída em ressonância com a energia feminina, mas se o vórtice de energia apontar para cima a base será construída em ressonância com a energia masculina e serão levantadas com as mesmas dimensões daquelas que já estão construídas no Hotel Fazenda.

É aconselhável os dimensionais terem um conhecimento pelo menos básico e compatível com o de um radioamador.

São três as freqüências/energias emocionais principais com as quais o dimensional em sua condição humana com elas experencia e, portanto são elas que regem o universo em que ele vivencia e com elas irá trabalhar em suas três Linhas da Vida, a Linha A, a Linha B e a Linha C.

Na Linha A o dimensional irá manipular a sua freqüência/energia da felicidade e com ela trabalhará pensando nos bom-alegres momentos já vividos por ele. Na Linha B ele manipulará a freqüência/energia sexual e com elas trabalhará com seus aspectos emocional/sentimental/físico – Energias Kundalini/Taquiônica. Na Linha C ele manipulará a freqüência/energia da tristeza e com ela irá trabalhar memorizando momentos já vividos de raiva, angustia e de medo.

E, em todas as suas três Linhas da Vida o dimensional pode trabalhar em cada uma delas tanto o lado energético-emocional positivo quanto o negativo oriundos de suas experiências humanas. O positivo o dimensional potencializa e o negativo ele anula – portanto, ele ele deve ser vigilante.

Nos três caminhos A, B e C das Linhas da Vida o dimensional trabalhará até o ano de 2012 respectivamente com as energias emocionais da alegria, sexual e da tristeza e em cada uma delas ele deve pensar por dezenove minutos o positivo ou o que ele almeja e depois com o mesmo tempo o que ele não quer e nestes dois momentos mentalizar: ” todos os segundos, frações de segundo, horas, dias impares e pares, semanas, meses e anos de minha vida até o ano de 2028, que o meu cérebro registre …. (memorize a situação) …. e faça com que aconteça (ou não aconteça) e que seja obediente à minha Vontade”.

Nos últimos atividades de campo (junho/2008) foram tiradas fotos-aura e nelas:
a) cor vermelha sinalizou para o dimensional a sua habilidade através do seu sorriso e que ele deve utilizar de seu carisma/sedução para deixar os outros indivíduos propensos a aceitar o que ele propõe/informa;
b) cor verde sinalizou para o dimensional a sua habilidade com o seu poder da palavra, portanto o sinalizou para a sua habilidade de convencer através de sua voz e ao mesmo tempo fazer parcerias com aqueles que o escutam;
c) cor azul sinalizou para o dimensional a sua habilidade de envolver os indivíduos com a magia do seu olhar – já em desenvolvimento.

O individuo/dimensional está circunstancialmente em sua condição humana, porque a sua verdadeira realidade é a de um ser dimensional e não a de um ser da terceira dimensão.

O sucesso dos dimensionais vivendo ainda em seu corpo humano é o sucesso também daqueles que não estão mais nele (já transmutaram/”Seres”) e que conhecem a grande dificuldade dos primeiros na densidade da matéria porque já a vivenciaram, portanto os “Seres” estão cada vez mais se aproximando/densificando-se para ajudar os dimensionais de maneira mais incisivo-presente, especialmente no sentido de ajudá-los no cumprimento de seu compromisso.

Depois do “julgamento” ou da auto-avaliação todos os dimensionais que já tiraram simbologia e estão atuantes no Projeto Portal têm condições de contatar com os “Seres”. A sua dificuldade maior é a carga elétrica corpórea, que deve estar em ”certo patamar energético”, para que ele possa sustentar em um tempo maior a sua conversação mais prolongada com os “Seres”. O dimensional neste sentido deve fazer exercícios físicos, manter um peso ideal e comer pelo menos uma maçã por dia.

No momento do seu contato é também necessário que o individuo/dimensional tenha equilíbrio emocional, não se perturbando, não criando fantasias e nem ficando tímido – ele deve questionar e reivindicar tanto em relação ao seu compromisso e quanto em relação a questões pessoais quando verdadeiramente necessárias.

O dimensional deve proceder normalmente em seu contato, não esquecendo que aquele que está “do outro lado” é ele amanhã com o seu compromisso já cumprido e já transmutado – portanto, ele deve se comportar como ele comporta na presença de seus familiares.

O dimensional deve aprender a mentalizar o máximo o positivo, para anular o máximo o negativo, que ele não consegue totalmente anular, mas deve deixar o mínimo de seu reflexo para não se prejudicar.

Através de suas Linhas da Vida o dimensional se possibilita conversar intuitivamente com o seu Eu Superior e com a sua Alma Chama até verbalmente.

Portanto, o dimensional para que possa obter positivamente uma “ajuda”, quando transita pelas três Linhas da Vida, ele deve se esforçar com determinação por merecê-la – não só ficar empiricamente querendo-a, mas nada fazendo para mudar o seu padrão vibratório.

As Linhas da Vida proporciona ao dimensional, que ele manipule o seu próprio destino, porque ninguém nasce com o destino traçado, já que ele é “pré-determinado” pelo próprio dimensional segundo as suas atitudes e vivências.

O dimensional/Projeto Portal teve ter sempre em mente que o seu cérebro não sabe a diferença entre o seu passado, o seu presente e o seu futuro e, que ele também não faz a diferença entre um acontecimento que realmente lhe aconteceu, daquele que existe apenas em sua imaginação. Portanto, se o dimensional realmente agiu ou que apenas pensou/imaginou que agiu, tem o mesmo efeito/registro para o seu cérebro.

Os pontos que o dimensional utiliza para realizar o seu trabalho com as Linhas da Vida variam uns dos outros, porque eles se fazem de acordo com a vibração de cada um.

Com a sua atual energia vibracional ativa e direcionada a partir do seu frontal (de um semi-deus) é que o dimensional com a “permissão” dos “Seres”, está podendo trabalhar com as suas Linhas da Vida.

Utilizando de suas Linhas da Vida o dimensional pode fazer opções, que lhe facilite o seu dia-a-dia, deixando acontecer algumas situações que lhe interessa e anulando outras que ele não quer que lhe aconteça.

Para o dimensional a melhor das suas três Linhas da Vida é aquela que através da “leitura”, ele tem menos dificuldades.

E, se ele psicologicamente “estiver travado” ou com bloqueio energético, basta-lhe que ele atue realmente com a sua Vontade no sentido de mudar a sua atual vibração, que ele mudará de sua atual Linha da Vida e ele então conseguirá o seu intento.

Somente agora o dimensional/Projeto Portal com 40 cicolos/seg. (hz) de freqüência cerebral começa ter condições de manipular as Leis Universais e “brincar” consigo mesmo como um semi-deus, manipulando o seu destino.

O segredo de tudo quando o dimensional trabalha com as Linhas da Vida é mudar o seu padrão vibratório, mesmo não sabendo em qual das três linhas ele está, porque se ele está vivendo um momento não positivo, ele vai automaticamente para uma das linhas restantes. O que ele não pode é permanecer em constante negatividade como que vivendo uma compulsão ou obsessão, que dela é incapaz de sair, porque assim procedendo não estará mais em nenhuma das suas três Linhas da Vida, mas na quarta linha, quando se desconecta do seu Eu Superior e não mais recebe ajuda dos “Seres”.

Um dia humano (vinte e quatro horas) na terceira dimensão terrena equivale a oitenta dias (mil novecentos e vinte horas) na quarta dimensão que tem oitenta por cento energia/plasma e vinte por cento matéria.

O indivíduo/dimensional deve manter o seu equilíbrio emocional para que possa paralelamente manter a sua freqüência/vibração. Portanto, ele deve desviar do que lhe é negativo e, inclusive, do seu corte vital que nada é mais do que a sua freqüência alterada e não que ele tenha que propriamente morrer, desde que reaja positivamente.

O dimensional que é atuante no Projeto Portal, portanto aquele que participa normalmente dos trabalhos vibratórios, ele já queimou em noventa e sete por cento a sua energia negativa e os três por cento restantes estão relacionados a influencia de seu emocional, que é próprio da terceira dimensão.

As fotos-aura tiradas no ultimo atividade de campo (junho e julho/2008), foram para identificar a maneira de interação do dimensional, para direcioná-lo à sua habilidade. Elas foram para mostrar mais especificamente qual o tipo de sua interação na época de Cristo Jesus – se naquela ocasião ele utilizou de sua magia do olhar ou do sorrir ou ainda, do falar. As cores para esta identificação foram o azul, o vermelho e o verde.

Em seu contato compromisso um dimensional no mês de junho/2008 abriu os trabalhos em relação ao “teste dimensional”, quando lhe aconteceu a abertura de uma Estrada Dimensional em um local do Hotel Fazenda Projeto Portal conhecido como a Caverna do Urubu. E, a presença da Estrada Dimensional está relacionada à abertura de um Portal, quando então o dimensional naquele momento pode por ele passar e interagir com os mundos paralelos. Mas, neste teste agora mencionado o dimensional ficou com receio e não passou por ele.

No “teste dimensional” o individuo tendo ou não contato compromisso é uma experiência que ele está tendo com as realidades paralelas. É um teste para avaliar os seus limites de equilíbrio e será para todos os dimensionais atuantes no Projeto Portal. E, como cada dimensional tem uma determinada freqüência, portanto cada um terá em relação ao outro uma interação diferente com as realidades paralelas. Então, o que vai contar agora no Projeto Portal é uma interação muito mais profunda dos dimensionais com os Portais.

O Projeto Portal físico está vivendo um outro tempo, quando alguns dimensionais estão assumindo obrigações que até então eram exercidas pelo “Consolador”, por exemplo, em relação à construção do observatório e da pirâmide no Complexo Turístico Ziguratz e da expansão material do Dourado, entre outras obrigações. Portanto, o “Consolador” não estando mais envolvido com tarefas próprias da terceira dimensão, ele pode agora mais presente trabalhar os dimensionais e colocar em dia os trabalhos vibratórios atrasados.

A partir de julho de 2008 o “Consolador” pelas fotos-aura irá selecionar aqueles dimensionais que já estão realmente “prontos” para receberem o seu contato compromisso no Hotel Fazenda Projeto Portal. Portanto, estes dimensionais selecionados quando viajarem com esta intenção, eles já irão sabendo com absoluta certeza que farão o seu contato e através dele receberão o seu compromisso.

Quando o dimensional em seu trabalho com as Linhas da Vida ele as manipula voltado apenas para os momentos positivos que ele deseja em seu futuro, ele deve paralelamente anular aqueles momentos negativos que teve no passado, para o que ele esta desejando positivamente seja registrado pelo seu cérebro.

Quando os “Seres” disseram para um dimensional “eu sou você”, ele quis dizer que todos são parte de uma mesma Célula, portanto que todos os dimensionais dentro de uma Verdade Maior, são realmente Um.

Para os trabalhos em Minas de Camaquã/RS dois grupos de dimensionais darão suporte aos trabalhos que visam o contato compromisso. São dois os grupos, o da Medicina de Cristo e o da Alma Chama que para este segundo grupo falta ainda identificar os dimensionais através da Cruz de Luz e eles terão que possuir as vibrações de sumo-sacerdotisa e de sumo-sacerdote.

E, posteriormente à formação destes dois grupos serão identificados os grupos de dimensionais que possuem Vênus Duplo e implantes, entre outros grupos.

Dependendo da vibração e do estado emocional do dimensional o contato para ele pode manifestar de forma gradativa, tendo inicialmente sonoplastia, depois apenas contato verbal e finalmente contato verbal com compromisso. E, nestas ocasiões o dimensional ao pedir o “Ser” que se apresente, ele deve fazer esta solicitação sem estar tenso, mantendo-se emocionalmente equilibrado. Se ele não estiver satisfatoriamente desta maneira, ele deve colocar as suas mãos em seu plexo.

Para formar o grupo relacionado à Medicina de Cristo precisam de vinte e sete dimensionais e o da Alma Chama de treze dimensionais – nos dois casos dimensionais homens/mulheres.

O trabalho com a Energia de Sublimação será aberto por um casal de dimensional e o dimensional/mulher por ter mais canais, as atenções poderão voltar mais para este dimensional.

Aqueles dimensionais que para eles foram feitas leituras inerentes às suas habilidades e que para elas foram nomeados, já possuem o aval dos “Seres” e do “Consolador” para exercê-las sem mais a influencia do “astral”.

A ativação relacionada ao trabalho de fechamento da Cruz de Luz gera ao nível de interação dos participantes uma Vibração Harmônica e de Amor, que não é amor sensual e nem emocional, mas a Neutralidade contida no Amor Universal que é gerado pela Energia Taquiônica -“alimentada” por Pensamentos Sublimados.

Translate »