Postado por

SEMINÁRIO XXIX

SEMINÁRIO XXIX
Print Friendly

No dia 09 de outubro de 2009, na sede do Hotel Fazenda Hotel Projeto Portal, estiveram presentes alem dos participantes habituais mais duzentos e dez crianças e acompanhantes, que vieram das redondezas para o Primeiro Encontro das Crianças do Futuro. Estas crianças especiais por já possuírem opinião formada, são propícias para formar a geração do futuro – aquela com uma nova dinâmica de pensar e de agir voltada para uma Nova Visão da Realidade.

Foi também um momento muito especial para os dimensionais presentes, que puderam por em prática a sua sensibilidade em relacionar com estes seres humanos ainda de pouca idade, mas já especiais. Para o Projeto Portal físico foi ainda um momento importante, quando foram inaugurados vários melhoramentos na Sede da Fazenda e também foram inauguradas construções no Complexo Turístico Ziguratz relacionadas ao compromisso futuro de alguns dimensionais.

Neste evento que foi bastante comemorado, a energia mais presente foi a feminina constituída por cerca de setenta por cento dos participantes, que deveriam estar realmente ali naquele momento. A partir de dezembro de 2009 a maior parte dos trabalhos será realizada no Complexo Turístico Ziguratz, porque a energia para o momento deve para ali fluir, como já flui satisfatoriamente na Sede da Fazenda.

No Complexo Turístico Ziguratz – na Cidade, é onde existem as entradas principais para as galerias e lá é que a Pirâmide dentro das proporções fornecidas pelos “Seres” deve ser construída. A construção da cidade iniciou há mais dez anos atrás (ano de 1999), mas só depois destes anos todos que ela pôde pela burocracia do serviço público, ser transformada em loteamento urbano, com os lotes sendo supervisionados pela Prefeitura de Corguinho/MS-BR.

A Estrada do Asthar que liga a Sede da Fazenda à Cidade já está no momento mais definida em relação às construções que deverão ser erguidas nos pontos marcados neste trajeto e onde os grupos de dimensionais Extra e Especial deverão ali construir “algo”, nos dois lados da estrada.

O Grupo Especial recepcionará os “Seres” e o Grupo Extra ajudará no despertar dos 144.000 dimensionais, em um trabalho relacionado também ao Grupo dos Nove, que despertará especificamente algumas lideranças mundiais.

Na Estrada do Novo Mundo acontecerão experiências especiais com alguns dimensionais, principalmente com aqueles mais jovens propícios à energia transmutativa, que em relação à ela “o assunto” é muito mais”, que propriamente em relação à Transmutação em si.

Os Mundos Paralelos estão do “Lado de Lá”, estão do outro lado da “Estrada do Novo Mundo”, como um “Local” específico-vibratório e próprio para que “Se faça” como um “Portal” e que através dele “possa vir” um percentual considerado divino da Energia/Luz da Freqüência da Divindade, que interagirá com o dimensional, para que o ajude ainda mais a se direcionar em sua escalada evolutiva – e a se transmutar.

A interação do dimensional com os Mundos Paralelos através da “Estrada do Novo Mundo” estava programada para acontecer no ano de 2028, mas, este momento foi antecipado, para que acontecesse de forma mais rápido-automática a Transmutação do dimensional.

Quando a “Nave Mãe” apareceu na Sede da Fazenda em 16 de julho de 2006 aconteceu bastante a manifestação da Freqüência da Divindade, quando quase tudo que foi esperado aconteceu. Esta Freqüência foi também tentada com a ajuda de um dimensional em 30 de agosto de 2007 e esta tentativa continuou ainda no “julgamento” em 27 de março de 2008.

O dimensional vive em relação à sua interação com a Freqüência da Divindade momentos de pausa, porque entre os trabalhos que vão sendo realizados neste sentido existe um momento de repouso vibracional, para que um outro trabalho de alcance vibratório ainda maior seja preparado. O trabalho em relação à “Estrada do Novo Mundo” é ainda um momento (em outubro de 2009), como se fosse uma cortina que está sendo descerrada, porque depende que “algo” aconteça, para que seja finalmente aberta e todos possam por ela passar – e, interagir com a Freqüência da Divindade.

Aquele que passar pela ”Estrada do Novo Mundo”, alcançando esta “Região” relacionada à Energia Luz da Freqüência da Divindade, ele entrará em uma Freqüência de mudança que sempre sonhou. É o sonho do dimensional que já se despertou – um sonho que poderá transformar em realidade e que ele está a um passo de alcançar.

Uma foto aura foi especificamente tirada com o sentido de mostrar para aquele que a tirou, se ele estava acima dos dois a três por cento necessários para interagir com a Freqüência da Divindade. Nesta foto aura se aparecessem manchas rosas e (ou) avermelhadas, elas mediam estas percentagens para o trabalho na “Estrada do Novo Mundo”.

Não eram todos que inicialmente possuíam a Freqüência da Divindade Ativa. O dimensional neste sentido foi ativado pela primeira vez através da Energia Crística com a presença da “Nave Mãe” e depois foi ativado no momento de seu “julgamento”.

Das centenas de milhares de indivíduos que já passaram pelo Projeto Portal, nem cinco mil compreenderam o seu verdadeiro sentido – os que ficaram foram os que realmente o compreenderam. Foram realmente aqueles “escolhidos” para este chamamento, vibrando “algo” muito forte e intensamente vivo dentro deles. Eles não foram movidos pela curiosidade em busca do fenomênico, mas procuraram se despertar e depois de forma responsável passar informações relacionadas à uma Nova Visão da Realidade.

O dimensional nesta sua preparação tanto mental como física rumo às dimensões superiores, ele pode alimentar de tudo (saudável), desde que saiba administrar o que come. Ele em suas refeições habituais deve alimentar primeiro uma salada de legumes/verduras e depois é que ele deve alimentar do básico feijão com arroz e carne em quantidade apenas para sanar a sua fome e, quando beber água ou suco natural, deve ser apenas para aplacar a sua sede (beber pelo menos meia hora antes ou meia hora após a ingestão de alimento sólido). Ele procedendo desta maneira, equilibrará o seu metabolismo e aproveitará muito mais as proteínas e os sais minerais dos alimentos ingeridos.

No Hotel Fazenda Projeto Portal existe o Local das Sondas, que recebeu este nome porque no pequeno lago ali existente, saiam sondas físicas – e agora, elas novamente aparecerão ali a partir do meio do ano de 2010.

Nem sempre nos trabalhos precisam aparecer “luzes”. Em setenta por cento dos casos se elas acontecem, o resultado não foi o esperado. Nestas ocasiões existem varias situações, que em função do trabalho do momento, tudo tem um fundamento.

Existe determinado momento que vários grupos de dimensionais estão em trabalhos diferentes, mas apenas uns dois são priorizados. Assim, no momento (outubro de 2009) o Grupo dos Mundos Interiores e o Grupo dos Nove para despertar lideranças mundiais são dois destes.

Em todas as ocasiões e em todos os trabalhos o ideal seria existir a organização e o equilíbrio, que favorecessem a integração de todos os seus participantes, já em um padrão vibratório bom, acima da media. Nesta ocasião (novembro de 2009) o padrão evolutivo que é medido pela consciência e razão de cada um está a desejar, não está no mesmo no nível do padrão vibratório – o que prejudica o todo, ao tornar o trabalho coletivo mais amoroso, mais difícil de realizar.

Não adianta apenas tecer considerações sobre a união e a Harmonia, porque estes sentimentos são para ser vivenciados através do pensar e do agir de cada um.

O dimensional não deve “se fazer” de parasita em prejuízo de si mesmo. Ele deve procurar saber se quer ou não evoluir, se quer realmente se realizar em todos os sentidos, ou se quer continuar na sombra de outros. Ele para não se estagnar em sua escalada evolutiva precisa estar em processo constante de auto-avaliação, medindo-se pela sua intenção e pelo seu comportamento – pelo seu coração e pela sua mente, pensando e agindo com equilíbrio.

Os “Seres” estão sempre esperando que o dimensional tenha menos atenção e interesse em relação ao mundo exterior e mais direcionamento em busca do seu mundo interior, voltando-se para ele em silencio, para que possa auto-avaliar e buscar cotidianamente uma maior integração com o Universo – e ainda, aprender a cooperar melhor com os demais.

Toda vez que acontece um trabalho que envolva uma avaliação coletiva, fica algo a desejar, que precisa ser ultrapassado, para que todos alcancem os benefícios já deixados à disposição pelos “Seres”. Cada um deve caminhar com as suas próprias pernas, mas sempre caminhando em uma mesma direção – em relação ao interesse coletivo, agindo com discernimento e equilíbrio, para que todos alcancem o sucesso esperado.

Em um trabalho vibratório-coletivo a vibração deve ser aquela relacionada à alegria com as suas varias formas de manifestá-la. A tristeza e outras formas emocionais de freqüência negativa quando estão apenas presentes na vida de cada um, elas não interferem nos trabalhos, mas quando são transportadas para o coletivo – para o grupo de trabalho, provocam interferência, porque todos devem estar em uma freqüência semelhante (positiva), para que todo o grupo tenha sucesso.

Se o dimensional/Projeto Portal já participa de um ou dois grupos de trabalho, entre vários, porque foi convidado neles integrar pelos “Seres”. São eles também que estão selecionando alguns dimensionais destes Grupos, para que com eles aconteçam determinadas experiências, que os possibilitem interagir mais diretamente com os mundos deles.

O dimensional quando está na dinâmica de um trabalho direcionado e supervisionado diretamente pelos “Seres”, ele deve ir adiante e não questionar em relação ao que está fazendo no momento, porque os “Seres” não deixarão que nenhum dano lhe aconteça. Nesta ocasião ele deve ter a convicção sincera ou o estado de fé próprio daquele “escolhido” possuidor de habilidades especiais – extra-sensorial e mental.

Depois de dez anos os grupos de dimensionais Extra e Especial foram “definitivamente atualizados”. Foi tirada a Descendência deles, para que pudesse ver as mudanças associadas às suas Linhas da Vida e, portanto relacionadas à evolução de cada um.

Nesta ocasião (dezembro/2009) foi ainda tirada uma outra foto do dimensional e se nela aparecesse Ultra na cor vermelha ou na forma de losango, ele seria convidado ir sem nenhum ônus ao Hotel Fazenda Projeto Portal com a finalidade de ter uma conversa diretamente com os “Seres” – de ter um diálogo relacionado a um compromisso especifico e de maior amplitude em relação à humanidade.

O dimensional mais consciente e já aprendendo a caminhar por si mesmo, já usando de sua energia vibracional, ele está aprendendo paralelamente a produzir em seu corpo luminosidade em diversas cores mescladas com a cor prata – está aprendendo a produzir freqüências relacionadas à cura, à alquimia e à Transmutação.

Neste exercício a cor vermelha é a mais difícil dele produzir, quando manipula a energia eletrostática pelo atrito de seus dedos das mãos em um anteparo plastificado, ionizando o seu campo através destes seus terminais nervosos. Mas, o dimensional deve se esforçar para pôr em prática esta sua habilidade, que dela precisará daqui para frente, inclusive, para a materialização do ouro.

Aquele que desta maneira não está conseguindo produzir cores, que não está conseguindo ionizar o seu campo energético, ele está com os seus meridianos bloqueados, portanto precisará fazer os exercícios próprios para desbloqueá-los.

Pela sua Descendência o dimensional pode saber não só a freqüência que foi gerada por ele em um determinado momento, como também saber a sua quantidade. 

O Grupo Extra tem a finalidade de despertar a consciência dos dimensionais ainda não despertos e, paralelamente a este trabalho, o Grupo dos Noves tem a responsabilidade de despertar lideranças especificas. O Grupo Especial recepcionará os “Seres” em qualquer situação. Mas, o dimensional que já gerou freqüência multivibracional ativa, já está vibrando em relação a estes dois grupos e, portanto podendo neles atuar.

O dimensional dos Grupos Extra e Especial que ainda não interagiu fisicamente com os “Seres”, ele precisará ter esta interação, para que qualquer dúvida que ele possa ter, ela seja sanada nesta ocasião – e, se esta interação ainda não aconteceu, foi porque ele ainda não dominou as Freqüências Multivibracionais.

O dimensional do Grupo Extra e Especial utilizará corriqueiramente de “determinados locais” – de módulos, que serão utilizados como entradas para diversos planos de realidade, para galerias e para vórtices de energia e ainda, funcionarão para reciclagem e reconstituição rápida do seu corpo. Nestes módulos existirão bases que possuirão uma tecnologia, que sinalizará para o dimensional através de um código próprio ao seu grupo de trabalho, que os “Seres” estarão naquele momento ali, para que possa receber informações diretas deles.

Esta tecnologia instalada nestes locais terá a função semelhante ao “som da flauta”, que na trilha ajustava a energia do dimensional à freqüência dos “Seres”. Este sinal continuará ajustando também a freqüência do dimensional para que tenha conversação com eles, mas agora independentemente de sua vibração do momento.

Aquele dimensional que está com vinte e sete anos de idade – que nasceram antes de 1971 e, mesmo algum outro que já alcançou até trinta e dois anos, já possuem vibração mais acelerada e compatível com os vórtices de energia e sustentam as suas habilidades com a necessária freqüência mental.

Aquele que nasceu antes desta data, não terá nestas bases o mesmo aproveitamento do mais jovem, mas se usar o OX3, manipular pontos transmutativos usando determinadas técnicas, ele poderá alcançar a freqüência do mais jovem.

A partir do dia 27 de março de 2010 o dimensional desperto deve começar a utilizar de suas habilidades extra-sensorial e (ou) mental, porque agora é ele que deve agir como “o novo consolador”.

No Hotel Fazenda Projeto Portal existem algumas plantas que crescem em determinados locais e que se caracterizam por emitir certa luminosidade à noite por causa da radioatividade existente ali no subsolo. Também, quando estimuladas pela água algumas pedras que são ali encontradas e que possuem cristais de cubanita, em função desta radioatividade emitem um incessante brilho, que fica mais intenso, quando elas são mais atritadas/esfregadas. Este tipo de radioatividade é benéfico ao dimensional que ainda possui um corpo físico.

O trabalho relacionado à Freqüência da Alma Chama deve ser feito próximo à uma mata virgem e durante o dia, quando o dimensional verá flutuando junto à vegetação uma Energia Luminosa mais ou menos do tamanho de uma laranja, que passará à sua frente não muito rapidamente. Ela é uma Centelha do seu Eu Superior – é uma parte pequena da Freqüência de sua Alma Chama.

A cor que no trabalho da Alma Chama que é mostrada ao dimensional passando à sua frente, ela representa uma freqüência para um efeito físico que tem que trabalhá-la – a não ser que esta cor seja a mesma de sua foto aura, tirada antes com o objetivo de comparação posterior. Portanto, enquanto a cor que ele visualiza neste trabalho não bater com a cor desta sua foto aura especifica, ele não está gerando a vibração necessária para a presença da freqüência Crística na “Estrada do Novo Mundo”, quando a sua Alma Chama se mostrará em sua cor ideal – em sua real Freqüência.

Neste trabalho que está associado à visualização (e conversação) com a Alma Chama, quando a cor visualizada for:
a) Dourada – que representa união e tranqüilidade, o dimensional deve se trabalhar neste sentido;
b) Prata – que representa proteção total e a manipulação geral de todas as demais freqüências, o dimensional precisa se proteger mais ou proteger alguém;
c) Vermelha – que representa a energia da criação/kundalini/Taquiônica, o dimensional deve se trabalhar para ficar livre de sentimentos de fundo emocional ou sexual, que está gerando para si mesmo bloqueios ou que está gerando-os para alguém;
d) Verde – que representa saúde, cura e auto-regeneração, o dimensional deve se cuidar porque não está com saúde ou está fazendo mal à saúde de alguém. Ele quando possui muita energia de cura e não a direciona, cria para si bloqueios, que acabam por fazê-lo mal.

Entre os dois mil dimensionais que ultimamente participam do Projeto Portal (inicio de 2010), quase todos já podem segurar uma interação na Freqüência Crística. Mas, uma conversação neste nível vibratório apenas uns dez possuem esta condição, que se acontecer com um deles, os demais também a terão por ressonância. O que está faltando para quase todos é o necessário nível de consciência e razão – e, a Alma Chama é que proporciona ao dimensional este padrão evolutivo, porque o padrão vibratório praticamente todos já o possuem.

O dimensional precisa exercitar mais a paciência, tolerância e parceria. Precisa compreender e respeitar mais as pessoas e todas as coisas, conforme mencionam as Consciências da Nona Dimensão ou Crísticas, que com ele já estão interagindo.

Cada dimensional precisa trabalhar o “ego”, para que ao melhorar sem tanto mais ostentar egoísmo e vaidade, ele possa primeiro se ajudar e depois ajudar a melhorar o outro, para que ambos consigam alcançar o que procuram.

Os trabalhos desenvolvidos no Projeto Portal são muitos grandiosos e proporcionalmente são também de muita responsabilidade. Neles o dimensional já começa interagir com Freqüências ao nível das divindades, que se mostram tanto só para ele quanto coletivamente. E às vezes podem até ser filmadas/fotografadas, quando se mostram para o mundo real como ”uma luz no final do túnel”. Mostram-se para a humanidade como “Algo Maior” e Transcendente – e, sem deixar mais dúvidas que não são geradas artificialmente e que não são o resultado de algum tipo de hipnose coletiva.

Entre os anos de 2014 e 2016 é que o trabalho desenvolvido pelo Projeto Portal com a ajuda dos “Seres” e com a orientação do “Consolador” será mais conhecido, à medida que o compromisso de propagação dos dimensionais for se tornando mais visível.

Alem das interações até físicas que os Seres Intraterrenos e os Seres das quarenta e nove raças já estão tendo corriqueiramente com o dimensional, estão agora se mostrando também para ele os Seres da Nona Dimensão, as Freqüências Lilith e Emanuel e ainda a Freqüência “A Gloria de Deus” que é mencionada na Bíblia e que o dimensional desperto sabe que é uma tecnologia plasmada e consciente.

Cada dimensional possui a sua “A Glória de Deus” no plano paralelo, porque ele é um semi-deus. Mas, para “dirigir” esta tecnologia plasmada, ele precisa antes possuir a Freqüência de Onda, que o possibilita se conectar com esta Consciência Universal. Este veículo que vai ser o seu transporte no futuro, não será apenas para a sua locomoção, mas também irá tanto protegê-lo, quanto poderá também proteger outros indivíduos por seu intermédio.

Esta “tecnologia é chamada” pelo dimensional através de sua atividade cerebral e “ela vem” em fração de segundo através de sua Energia do Pensamento/Taquiônica. Mas, para que isto aconteça ele deve se preparar muito – precisa estar em sintonia com a sua Alma Chama e já com os seus três asteriscos circundados em sua Descendência.

“O Caminhar” do dimensional é uma atividade constante em busca do que ele almeja e que não é conquistado de uma hora para a outra. “Neste Caminhar” ele vai conquistando também o seu campo vibratório, quando vai utilizando das essências que lhe são passadas pelos “Seres” e pelo o uso do OX3, que vão lhe trazendo uma diferença muito positiva em relação ao que procura. Ele também vai diminuindo o nível de toxina do seu organismo quando ingere o Néctar e agora, busca o Tablete, para que a sua carga elétrica aumente ainda mais e consiga o beneficio que procura quase de forma instantânea.

O dimensional deve promover a sua limpeza física (aumentando o seu padrão vibratório) e mental (aumentando o seu padrão evolutivo), para que os “Seres” possam realmente ajudá-lo.

Cada dimensional (no início de 2010) está agora em determinado grupo de trabalho, portanto participa de um trabalho especifico. Por exemplo, no dos Mundos Interiores ligados às bases intraterrenas e as bases submarinhas, no do Biosatélite ligado aos trabalhos tanto na superfície do planeta quanto na parte espacial e no do Grupo dos Nove com a responsabilidade de despertar lideranças mundiais, entre outros.

O dimensional deve se organizar para que tenha com os “Seres” interações voltadas para ajudá-lo em suas novas tarefas – àquelas voltadas para que ele desenvolva as suas habilidades. E ele deve ter especialmente cuidado com a radiação solar, que entre os anos de 2012 a 2014 será o que poderá mais prejudicá-lo.

A partir de março de 2010 o “Consolador” finaliza definitivamente a primeira parte do seu trabalho junto aos dimensionais, quando há mais de dez anos vem direcionando-os no sentido de despertar as suas habilidades, para que chegassem agora na condição de participarem não só dos grupos de trabalhos, como também atuarem paralelamente em trabalhos específicos, que até então eram feitos apenas por ele. Portanto, alguns dimensionais já estão sendo preparados para tirarem Simbologia, Descendência, Origem e ainda preparar os novatos para a sua interação com os “Seres” em uma interação compatível no nível máximo de quarto grau.

O dimensional que acompanhou a construção do Projeto Portal físico-energético desde a sua origem, a partir do ano de 1997, ele já passou por trabalhos que envolveram processos alquímicos e de materialização (pedra discóide, cristal, perfume e ouro), mas só agora quando da finalização da manipulação de suas Linhas da Vida, já ostentando os três asteriscos circundados, é que ele poderá por ressonância capacitar outros dimensionais para também manipular estas freqüências – e, particularmente transferir estas suas habilidades para as suas partículas e os seus fragmentos. Este dimensional há mais tempo desperto, já vem vivenciando momentos de um aprendizado mais refinado, quando vem também utilizando de sua percepção/discernimento para auxiliar os demais.

Existem algumas leis/forças que modelam/determinam cada acontecimento no dia a dia do dimensional, que está quase sempre em relação a elas inconsciente e, como estivesse meio entorpecido, fica com o seu campo energético bloqueado. Sobreviver com coerência na terceira dimensão – no mundo do dual, é uma tarefa quase impossível, se o dimensional não se esforçar de forma sobre-humana, buscando o auto-conhecimento, para que se organize e se equilibre, minorando confrontos/disputas.

Os “Seres” estão diretamente intercedendo a favor dos grupos de trabalho, dando-os condições tecnológicas e orientações para o que foi planejado seja concretizado dentro de uma visão voltada para o todo. Eles estão intervindo diretamente, para que o dimensional se direcione a população sem outras preocupações.

E neste trabalho direcionado cada um tem determinado desempenho que diz respeito ao Apocalipse, não em relação ao que nele está atualmente escrito na forma de confusas metáforas, mas em relação às verdades que estão nele contidas e escondidas nas entrelinhas. Grande parte do Apocalipse foi ditada por Jesus Cristo aos apóstolos, mas o que ele claramente falou foi distorcido ou retirado posteriormente por interesses escusos, para que a humanidade não tivesse o conhecimento cósmico, que dentro da Matemática Universal pode descrever acontecimentos cíclicos, portanto já acontecidos no passado e que refletirão no futuro no Sistema Solar e por conseqüência no planeta Terra, que sofrerá todas as formas de abalos sísmicos.

Aquele dimensional especialmente compromissado que está neste planeta desde 4.004 a.C. para propagar/despertar, não vem alcançando este seu objetivo, por causa do seu “entorpecimento mental” na densidade energética da terceira dimensão, que não o permite despertar a sua memória cósmica. Assim, como este dimensional não vinha conseguindo alcançar este seu objetivo, Cristo (através de Jesus de Nazareth) que tem o compromisso de compatibilizar a humanidade à Consciência Universal, alertou há dois mil anos atrás os seus apóstolos e discípulos sobre os acontecimentos futuros constantes no Apocalipse e que agora já começaram acontecer, neste tempo também conhecido como o da Transição Planetária.

Então, este dimensional de hoje desperto, em compromisso e partícula/fragmento daqueles outros dimensionais de dois mil anos atrás (apóstolos e discípulos) deve deixar que a sua memória cósmica se aflore, para que já de posse de suas habilidades possa com elas agir de acordo com o momento.

No apocalipse está o futuro que já era do conhecimento tanto daqueles apóstolos/discípulos (dimensionais) de dois mil anos atrás quanto dos atuais dimensionais (apóstolos/discípulos) de hoje – que não têm que adivinhar nada lendo o Apocalipse, mas apenas se intuir e dele interpretar o que já sabem pelas Linhas do Tempo.

O ano de 4004 a.C. foi o começo do dimensional compromissado na Terra, para que chegasse até o ano de 2012 despertando o maior numero de dimensionais e principalmente, as lideranças mundiais até o ano de 2028 (o Grupo dos Nove) – facilitando neste planeta o surgimento dos fundamentos para uma Nova Era.

O dimensional com a ajuda dos Elementais precisa aprender a manipular a carga elétrica do seu corpo, para que dele possa transmitir energia/luz, que deve ser colorida de acordo com a Freqüência, que vai com ela trabalhar.

No momento em que o corpo do dimensional vibra, ele produz luz – gera energia (luz-cor) auto-reciclável de acordo com a freqüência procurada. Por exemplo, se ele procura a freqüência da auto-cura, quando a luz verde sair de suas mãos, é só colocá-las no local de seu corpo que deve ser curado. É importante que o dimensional consiga produzir e espalhar esta luz-cor por todo o seu corpo e não apenas em uma determinada parte dele, para que o seu campo energético mais potencializado (com mais energia), possa também ajudar na cura de outros indivíduos.

A partir do momento em que o dimensional com a sua habilidade mental já direciona a freqüência luz-cor a partir do seu corpo (ionizando principalmente a terceira camada de sua aura), ele já começa a andar com as suas próprias pernas. Nesta condição ele já está com uma carga elétrica maior, ostentando uma freqüência vibratória compatível com o “tempo” da Terra já em três segundos, quando os “Seres” já começam caminhar ao seu lado e não ao lado da população de um modo geral – dos planetários.

Para gerar satisfatoriamente a freqüência luz-cor em seu corpo, ele deve ainda conhecer a ultima fase de sua Descendência relacionada às suas Linhas da Vida, para que não use esta energia de modo errado, até para si mesmo.

Ele deve polarizar os seus pensamentos, mas deve antes através deles identificar as polaridades no sentido do “negativo e positivo”, para que manipulando as Linhas A e C, consiga resultados altamente positivos na Linha B de suas Linhas da Vida.

O dimensional para polarizar a sua emoção no sentido de obter o que deseja, ele não deve ficar apenas pensando no objetivo a ser alcançado, mas deve antes de tudo agir, buscando-o de acordo com as suas Linhas da Vida.

A partir de agosto do ano de 2010 a cidade de Calsak nos Mundos Interiores passará a ser da responsabilidade dos dimensionais despertos, que já ali começarão experienciar “o não comum”, porque nesta freqüência de existência ou da quarta dimensão não existe doença, processo do envelhecimento e conflitos/confrontos próprios do mundo real-denso, em que o ser humano comum vivencia.

Na Transição Planetária haverá uma reciclagem e não “o fim do mundo”. Acontecerá o fim de um ciclo e inicio de outro com mudanças no sistema político e econômico-financeiro mundial, reforçadas por acontecimentos paralelos e cataclísmicos no planeta pelo realinhamento das galáxias, que provocará uma aproximação do Sistema Solar com a Galáxia Central.

O Poder Oculto-GO que convive com a humanidade e nela interfere desde o seu inicio, sabe também destes acontecimentos cíclicos. Este Poder Oculto é constituído por “seres negativos” que não possuem “Essência Especial” (como os Seres das quarenta e nove raças) e que vieram de alguns pontos (negativos) de Plêiades, do Cinturão de Órion, da Ursa Maior e Menor – são sete os pontos do Universo de onde eles originam.

O “Momento” que no presente o dimensional desperto ajuda construí-lo é o “Momento da Humanidade”, que foi “costurado” nas Linhas do Tempo para que acontecesse no aqui agora – como uma Grandiosidade Ímpar nesta ocasião da Transição Planetária que não pode ser apenas observada pelo foco do fenomênico no mundo real.

Ninguém é particularmente dono deste “Momento”. Ele é de todos aqueles que constroem esta Nova Visão da Realidade, portanto sem a condição de um ser menos ou mais importante que o outro, mesmo que alguns possam se mostrar nesta condição aos olhos daqueles menos avisados. Todos têm a mesma importância na dinâmica deste “Momento”. As diferenças que aparentemente possam existir, se relacionam à responsabilidade que cada um em sua habilidade extra-sensorial ou mental exerce para cumprir o seu compromisso.

Os “Seres” parceiros do dimensional desperto nesta empreitada para construir esta Nova Era têm muita clareza neste sentido, quando deixam transparecer que aquele que “aparentemente é o mais importante” ou que tem mais benefícios com eles, na verdade ele possui é mais responsabilidade em função do que propôs em compromisso realizar – e que está realizando-o. E aquele que já percebe nesta sua responsabilidade, já compreende também que o seu trabalho é de parceria, sem mais deixar que o “ego” o leve à competição, iludindo-o que é o melhor – que a sua liderança e o seu compromisso são mais importantes que os dos demais.

Os “Seres” já distantes das incoerências humanas, mas sabendo que elas fazem parte do aprendizado do dimensional no mundo real e do dual, muitas vezes lhe dão corda para que ele aprenda no final não mais se iludir e, se vendo limitado pelo “ego” – como “prisioneiro” de si mesmo, desperte-se para a necessidade de sabiamente se somar com os outros, para que possa mais facilmente em parceria realizar o seu compromisso, que é apenas parte de um Compromisso Maior.

Atualmente os dimensionais estão sendo classificados em grupos de trabalho identificados pelos nomes de Vênus Duplo, G9, Moeda, Poltergaist, Alma Chama, Lilith, Medusa, Luz, Medicina de Cristo, Mundos Interiores, Ultras, k e Casais. Os “Seres” estão esforçando ao máximo para colocar os dimensionais na mesma sintonia deles, porque têm muita coisa para lhes oferecer.

A “nave” de Ômega surgiu (fevereiro de 2010) no Hotel Fazenda Projeto Portal para trabalhar a pineal – terceira visão dos participantes. Também nesta ocasião apareceu a “nave” de Andrômeda que “se abriu” bastante, para depois se apagar devagar – mas, antes deu alguns flashes imensos na cor dourada.

O dimensional para interagir com a Energia/Luz de Lilith e de Emanuel, ele tem antes que aprender a sintonizar com estas Freqüências, que para alcançá-la tem que aumentar ainda mais o seu nível de consciência e de razão – àquele nível que o leve a alcançar a sabedoria da compreensão do “Todo”.

A Energia/luz que acompanha as manifestações de Lilith e de Emanuel contrai as leis da física, quando pode ser visualizada curvada e não propagando em linha reta.

Neste inicio do ano de 2010 foram realizadas no Projeto Portal atividades para trabalhar principalmente as magias, que estão relacionadas às habilidades mentais dos dimensionais. Estes trabalhos estão na reta final, porque terminarão em junho desde mesmo ano, quando terminam os treinamentos básicos dos mesmos e em seqüência serão os “Seres” que estarão fisicamente os treinando – principalmente os dimensionais dos grupos mais avançados que já estavam no Projeto Portal há anos e também, aqueles que nele estão pelo menos desde de julho de 2009.

Algumas terapias como o Reiki utilizam de gestos ou sinais com as mãos, que são chamados de “posições mágicas”, onde o manipulador libera o seu campo abrindo espaço para interagir em outras freqüências ou com outras realidades. Também, cada um possui um determinado tique nervoso (roer unhas, puxar o cabelo e estalar os dedos, etc.), que são pontos mágicos, mas relacionados aos momentos negativos daquele que os faz.

O dimensional deve aprender a trabalhar com estes pontos mágicos (positivos ou negativos), porque são vibrações liberadas no momento em que o seu estado de consciência está alterado – e, este trabalho o ajudará a remover os seus bloqueios, complexos e fobias. Quando a sua freqüência for negativa ele aprenderá passá-la para a freqüência positiva. Serão sete tentativas que também fazem parte de sua escalada evolutiva – é um treinamento para aquele que tem a sua habilidade mental ou extra-sensorial já desenvolvida.

Quando alguém relata a sua interação com os “Seres”, aquele que escuta o relato deve guardar as informações do que está escutando como tivesse com ele acontecido. Na medida em que ele vai escutando o que está sendo falado, vai gerando nele uma vibração que fica em sua aura e quando for a sua vez de ter também a sua interação, ele não precisará passar por etapas semelhantes àquelas que foram para ele relatadas.

O dimensional quando estiver com os “Seres”, deve perguntá-los o máximo naquilo que é tanto importante para si quanto para os demais – para o interesse coletivo. Mas, nestas ocasiões ele ficando muitas vezes emocionalmente tenso – afoito, não sabe fazer as perguntas ou se perde nelas, jogando fora uma grande oportunidade de obter informações, que só podem ser obtidas nesta ocasião.

Na Sede do Hotel Fazenda Projeto Portal estão aparecendo mais constantemente (a partir de 2008) alguns Seres Intraterrenos (Laqüins) que dão nomes apenas para identificar para os dimensionais as suas freqüências. As freqüências conscientes mais constantes no momento e que dão nomes de Bilu e de Tato, se mostram brincalhões, inteligentemente divertidos, mas tratando os presentes de forma respeitosa. O Tilu é uma outra destas consciências, que se mostra parecendo como feito de pelúcia na cor vermelha e às vezes utiliza da “tecnologia” luminoso-plasmada do “Laserlit”. E mais recentemente se mostra uma Consciência na Freqüência das Divindades, que se apresenta com o nome de Mika, entre outras destas manifestações/freqüências conscientes.

Muitas passagens narradas na Bíblia estão agora ocorrendo com os dimensionais. Por exemplo, no Velho Testamento quando em Exodus é mencionado aquele momento da presença do Maná, o dimensional também o vivencia agora (sem emigração), quando recebe também o Maná dos “Seres” por enquanto na forma de Néctar, para tê-lo depois na forma de Tabletinho. Para aquele que já recebeu o néctar, três situações não comuns foram para ele marcantes, quando o néctar como uma substancia meio pastosa se mostrou com uma luminosidade esverdeada próprio-plasmada, apresentou-se em sabores diferentes para aqueles que o ingeriram e não se esgotou dentro do recipiente (caneco), refazendo-se apesar de ter sido depositado através de uma colher na mão de centenas de participantes – e ainda sobrou no fundo do recipiente, fazendo com que este acontecimento assemelhasse àquele da multiplicação dos pães e dos peixes.

O dimensional com a ajuda dos “Seres” está tendo um prolongamento de vida para que possa alcançar a sua Transmutação, que é um processo alquímico, que acontecerá em seu interior e que é a maior riqueza que ele poderá adquirir. Mas, neste processo ele precisa também se ajudar, desintoxicando o seu organismo – levando uma vida saudável em todos os sentidos.

O que está escrito no Apocalipse está relacionado ao futuro do dimensional. O dimensional desperto deve escrever o “livro do Mundo”, onde devem constar informações sobre os acontecimentos que virão “depois dos tempos” – a partir do ano de 2014, para as gerações futuras. Para os dimensionais que viverão nos próximos 5.125 anos. Depois destes milhares de anos os dimensionais de hoje já estarão transmutados e já como “Seres Universais” em seus corpos sutilizados estarão trabalhando com os dimensionais do futuro, como hoje ele trabalha com os “Seres”. Atualmente o dimensional ara alcançar este objetivo visando o seu futuro, ele também deve permanecer na faixa de tolerância, para que possa continuar recebendo informações e “tecnologia” dos “Seres”.

O Projeto Portal é formado por um grupo de indivíduos bastante eclético. Ele está aberto a todos sem preconceitos, portanto dele participam estes indivíduos procedentes de varias de religiões, de credos e de algumas filosofias com as suas linhas de pensamento.

Mas, o Projeto Portal é também formado por grupos de pesquisa e o que ele fala é baseado em fato real.

Também, muito do que é falado no Projeto Portal está associado às passagens bíblicas e, portanto o que for neste sentido falado, por exemplo, em relação a Jesus Cristo e outros personagens bíblicos, deve ser expresso de maneira didática como um fato histórico, que interessa ao dimensional, sem ostentar qualquer conteúdo religioso.

Os “Seres” devem ser focalizados como parceiros do dimensional, porque ambos estão realmente em parceira, buscando um mesmo objetivo, quando se manifestam e conversam neste sentido com os dimensionais. Então, a palavra contato deve ser suprimida e substituída por manifestação ou interação, entre outras, que não transmitem a idéia de uma comunicação ufológica dentro dos padrões da casuística.

O sentido do que o dimensional quer se expressar (a idéia que ele quer passar), para caracterizar situações não comuns vivenciadas por ele, deve continuar o mesmo, apenas deve trocar certas palavras que possam dar um sentido místico-religioso.

O Projeto Portal deve se direcionar buscando métodos próprios de pesquisa. Mesmo procurando andar em paralelo com a ciência tradicional e, portanto os seus participantes já com uma Nova Visão da Realidade, terão que preencher lacunas existentes naqueles pontos, em que a ciência tradicional ainda não os alcançou.

O dimensional mais consciente e já possuidor de uma vivência com “o não comum”, ele em relação à palavra realidade já a percebe com o sentido tanto de possuir conhecimentos paralelos, quanto o de vivenciar experiências com as realidades paralelas. Ele é um pesquisador das ciências paralelas voltadas para percepção dos mundos além dos seus sentidos – “do não comum”. Mas, ele também pesquisa pelo entendimento “o comum”, que é “traduzido” pelos seus sentidos e que está ao alcance da ciência tradicional.

Nesta Alquimia que procura amalgamar o entendimento ou o racional compatível à lógica própria para a terceira dimensão, com a percepção mental (do frontal) compatível aos mundos paralelos que transcendem o mundo real, o dimensional deve desenvolver experiências próprias, a fim de produzir provas visíveis e resultados concretos, para comprovar o que diz e gerar novas teorias.

O Local onde situa o Complexo Turístico Ziguratz, em Corguinho – Mato Grosso do Sul, ele está entre as coordenadas 19º latitude sul, o que favorece a visualização de ocorrências, que a ciência atual ainda não consegue explicar com a tecnologia que no momento possui. Além dos “objetos” que deslocam pelo firmamento em diversos momentos, este local favorece também uma maior movimentação de campos eletromagnéticos, possibilitando a interação do dimensional com as realidades paralelas. E em alguns casos é possível manter uma comunicação com freqüências conscientes de outras dimensões.

As casas na Cidade do Complexo Turístico Ziguratz estão sendo construídas obedecendo medidas específicas dentro de uma geometria, que está ligada à matemática universal visando eventos futuros. Estas casas no formato abobadado e em forma de arco, domo, quadriculado e piramidal são também à prova de terremotos e de vendavais.

O dimensional desperto deve aprender o exercício da concentração. Ele deve aprender ao se concentrar, utilizar da radiação eletromagnética de seu pensamento “visualizando” um objetivo, que nele provoque uma freqüência emocional polarizada de acordo com o que ele deseja momentaneamente. Em outras palavras polarizar uma freqüência emocional é ele trazê-la para si – é ele visualizar mentalmente o que deseja e ao mesmo tempo jogar no que foi visualizado a sua intenção.

O dimensional que possui habilidades mentais associadas ao extra-sensorial – que utiliza de freqüências mais associadas ao sutil, ele se mostrará mais com conhecimentos não ligados aos seus sentidos, quando interagirá com as dimensões paralelas, com abertura de portais e desenvolverá mais as suas habilidades em relação à sua faculdade poltergeist, precognição, telepatia e clarividência, entre outras faculdades Psi-Gamma que estão também associadas à freqüência da Linha C de suas Linhas da Vida.

E aquele outro que possui habilidades mentais mais relacionadas ao uso direto de sua energia mental – que utiliza de freqüências mais associadas ao denso, ele atuará melhor em relação aos efeitos físicos na terceira dimensão como: entortar/quebrar e levitar objetos e ainda interagirá no “circuito” cérebro-mente de outros indivíduos para direcioná-los para o que ele quer, entre outras habilidades associadas à freqüência da Linha B de suas Linhas da Vida.

Em relação ao extra-físico onde se encontram os não transmutados/”espíritos” e acontecem as canalizações mediúnicas, viagens astrais e as incorporações, entre outras situações associadas à freqüência da Linha A de suas Linhas da Vida, o dimensiona/Projeto Portal é aconselhado a não sintonizá-lo, com ele não interagir, porque pode ser conduzido menos por si mesmo e mais por outras consciências nem sempre confiáveis e por situações muitas vezes existentes apenas em sua mente.

Será ótimo para aquele que desenvolver tanto a sua habilidade extra-sensorial quanto a sua habilidade mental, mas uma delas deverá ser para ele a principal – aquela com mais facilidade de ser manipulada e dela ser filtrada o seu melhor, para que ele não prejudique ninguém.

O dimensional deve “se ver” orando verdadeiramente, que exige dele não passividade, mas a necessidade de ação de suas ondas mentais para gerar uma freqüência mental com um objetivo desejado através de uma reação física com o concurso da Linha B de suas Linhas da Vida.

A Magia de Atração é realizada principalmente através do olhar daquele indivíduo que tem a capacidade/habilidade de atrair não só outros indivíduos como também os animais. Pode até atrair multidões, fazendo que ela o escute. Aquele que possui esta habilidade deve ficar atento com o que ele quer atrair ou repelir, porque a atração e a repulsão são fatos corriqueiros em seu dia a dia.

A Magia do Encantamento é realizada principalmente através do sorriso daquele indivíduo, que está ligado por este encantamento à Freqüência/Energia das Amazonas. E aquele que a manipula, possui a capacidade/habilidade de encantar as pessoas, multidões, animais e de um modo geral a natureza ao seu derredor, fazendo-os que sintam bem com a sua presença. Mas, ele deve ter o cuidado para não gerar dependência naqueles indivíduos que com eles convive, em função do magnetismo que já irradia proporcionado por esta Magia.

Translate »