Postado por

SEMINÁRIO XXV

SEMINÁRIO XXV
Print Friendly, PDF & Email

Nos parágrafos abaixo as informações, as mensagens e os ensinamentos entre muitos outros foram escolhidos e tirados dos Seminários do Projeto Portal e foram transmitidos pelo “Consolador”, visando o despertar do individuo para um outro nível de consciência, ao nível daquela de um dimensional desperto que a muito vem fazendo perguntas do porquê de sua inserção no Universo – de sua presença no aqui e agora – e à medida que foi obtendo as suas respostas (e, muitíssimas outras que ainda obterá), ele se esclarecia e paralelamente já com um outro padrão vibratório e, principalmente com outro padrão evolutivo, foi com a ajuda dos “Seres” sendo capaz de transcender a terceira dimensão e interagir com outros planos de realidade – com os mundos paralelos.

Os “Seres” por serem Energias Conscientes muitíssimo mais sutis que os seres humanos em seus corpos fisicos, se sentem vibratoriamente incomodados quando no momento do contato existe o clima de disputa e de comparação entre alguns dimensionais, que acabam por gerar todo o tipo de mal estar, desarmonizando o ambiente.

Em julho de 2008, na Caverna do Urubu, situada na Fazenda Hotel Projeto Portal, um individuo/dimensional interagiu com o Plano Dimensional ao abrir um portal para receber o seu Compromisso. E, no inicio esta abertura dimensional lhe pareceu como um espaço escuro, para gradativamente ir tomando a forma semelhante a de um funil, à medida que se iluminava. E, se naquele momento o dimensional tivesse confiança em si mesmo e com coragem tivesse caminhado por este túnel energético afunilado que se formou, ele teria atravessado o portal e já estaria em um outro mundo, não mais aquele da terceira dimensão onde estava.

Na terceira dimensão onde os contatos realizam, por causa da interação do dimensional com os “Seres”, o local fica impregnado da energia deles. E, nos contatos com eles ao nível da quinta dimensão, o dimensional que os “viu”, quase sempre foi aquele tinha certa dificuldade de aceitar de maneira racional as realidades paralelas – de “encaixar” o seu raciocínio em relação à existência dos mundos paralelos.

Aquele dimensional que ainda tem bastante medo e fica ansioso, com certeza estes sentimentos negativos irão interferir em seu contato, portanto ele tem que se preparar mais, treinando para o contato ainda com a luz do dia. Apenas quando os “Seres” acharem que este dimensional está pronto para “vê-los”, que eles se projetarão para que sejam vistos e para que o contato dure mais.

O dimensional à medida que entra em sintonia com os “Seres”, ele vai ficando mais à vontade, conseguindo tanto vê-lo quanto escutá-lo mais detalhadamente. Entretanto, para que esta situação de fato aconteça, depende do estado emocional do dimensional, como acontecerá o contato, além de vários outros fatores.

Com o tempo o dimensional/Projeto Portal poderá ter um contato mais direto com os “Seres”, que deixarão ser vistos e poderão caminhar com ele quando for preciso, utilizando de sua vibração. Eles querem passar informações e tecnologias diretamente para aqueles dimensionais que hoje constituem o “Corpo Vivo do Consolador” e que já se relacionam com algumas das quarenta e nove raças.

Nos contatos com os “Seres” ao nível da quinta dimensão, a voz dos “Seres” pode ser percebida como uma vibração sublime que envolve o dimensional, que neste momento já está em intensa interação com eles.

Se o dimensional já se despertou e, portanto está no Projeto Portal é para vivenciar um outro padrão vibratório e evolutivo e também para desempenhar o seu compromisso em parceria com os “Seres”. E, neste sentido o sucesso de um é o sucesso de todos, mas para que realmente isso aconteça, cada um deve pensar e agir como parte de uma grande família cósmica.

Nos contatos ao nível da quinta dimensão, os “Seres”, estão tentando aproximar cada vez mais do dimensional e, portanto estão se tornando cada vez mais densos e se identificando para ele, dando nomes e tendo alguns procedimentos próprios da terceira dimensão.

Todos os dimensionais do “Corpo Vivo do Consolador”, portanto que já tiraram a sua Simbologia e que já passaram pela auto-avaliação ou pelo “julgamento”, já possuem de um modo geral a condição de estar frente a frente com os “Seres” – mas, eles ainda precisam de uma quantidade de carga elétrica, para que tenham também no contato uma conversação mais prolongada.

No momento em que o dimensional começa a entender o que os “Seres” dizem e a prolongar o seu contato, é porque ele já está mantendo a freqüência através da necessária carga elétrica de seu corpo físico e ainda, é porque está aprendendo a ficar tranqüilo. Portanto, nestas ocasiões ele mantendo tanto o seu equilíbrio emocional quanto a sua carga elétrica, é muito importante.

Para conservar a sua carga elétrica o individuo/dimensional deve fazer exercícios físicos diariamente, manter o seu peso e comer pelo menos uma maçã por dia e também, para que a sua Vibração de Kundalini mantenha ao nível da glândula pineal.

O “Consolador” já está sendo preparado para a sua segunda viagem além do Sistema Solar e ela acontecerá no ano de 2009. A primeira aconteceu no ano de 2002. O momento desta sua segunda partida poderá agora ser testemunhado e filmado pelos dimensionais presentes. Ainda, nesta sua segunda experiência ele ausentará de seis a quinze dias no tempo da Terra, que equivalem a quatrocentos e oitenta a mil e duzentos dias na quarta dimensão, onde oitenta por cento é energia e apenas vinte por cento é matéria – e, a sensação de fome, de sede e de sono é também oitenta por cento menor.

Nestas viagens além da sensação de que “está sendo levado”, acontece também um barulhinho semelhante àquele quando a espuma de sabão é mexida e, paralelamente a este ruído, acontece ainda em relação ao corpo do viajante tanto a ausência de peso quanto um calafrio parecido àquele que é de um estado febril – mas, sem febre.

No mês de março de 2008 antes de acontecer as duas fases do “julgamento”, os dimensionais/Projeto Portal não tinham ainda alcançado nem a necessária vibração ativa e nem o necessário e atuante padrão consciencial, que os possibilitariam voltar realmente para o bem comum. Entretanto, naquela ocasião quando a Luz da Energia Crística os envolveu e os imantou através de uma neblina, estes dimensionais representando todos os outros não presentes, alcançaram tanto o necessário nível de consciência quanto o necessário padrão vibratório. E, a viagem de julho de 2008 à Fazenda Hotel Projeto Portal foi para que os dimensionais fizessem junto aos “Seres” a auto-avaliação final – foram para “fechar” o “julgamento” já acontecido no mês de março. Então, como não mais aconteceu a presença da neblina (ectoplasma) que anteriormente os tinha envolvidos, ficou confirmado a não necessidade de mais um outro envolvimento energético e com isso, os contatos compromissos a partir daquela data puderam também acontecer de forma mais acelerada.

Ainda, na viagem de julho de 2008 ao Hotel Fazenda Projeto Portal foi realizado com todos os presentes o curso da Nudec, que adaptado à realidade do Projeto Portal, será muito importante nos trabalhos dos dimensionais com a população, que agora poderá ser trabalhada de maneira muito melhor direcionada dentro das normas da Defesa Civil.

Em 1998 quando o tempo vibracional da Terra era de quarenta e nove segundos, os “Seres” podiam nela ficar um pouco mais de sete horas. Entretanto, como o tempo vibracional atual da Terra é de seis segundos, eles podem permanecer no plano denso terreno no máximo duas horas, para que nele não se aprisionem e esqueçam que são “Seres” de Planos mais Sutis e não andarilhos por sucessivas encarnações no orbe terrestre, como acontece com a maioria dos indivíduos/dimensionais em corpos humanos.

O dimensional/Projeto Portal veterano até o atual momento (setembro de 2008) foi trabalhado dez anos pelo “Consolador”, para que pudesse ter outro padrão mental-vibratório e também ficasse mais constantemente em um estado alterado de consciência. Mas, como este Planeta em sua estrutura física também não acelerou, este dimensional deve estar ainda mais sintonizado com o ritmo vibracional da Freqüência de Ressonância Schumann – o Pulsar da Galáxia Central, que se mostrará de forma mais intensa no ano de 2012. De acordo com os “Seres” acontecerá neste ano o alinhamento total da “Cruz de Luz”, que na verdade são duas cruzes de oito pontas superpostas, como se formassem um Asterisco Cósmico.

Neste alinhamento a nível galáctico a Constelação de Ophiúchus estará em um dos vértices desta Cruz e o Sol Central estará no meio dela influenciando todo o nosso Sistema Solar. Então, o dimensional/Projeto Portal já dentro de um outro padrão vibratório e evolutivo deve aproveitar este momento cósmico que é propício para a sua transmutação. É um momento na terceira dimensão que o dimensional estará em uma melhor condição para alcançar a quinta dimensão, porque para ele a quarta dimensão não deve mais lhe interessar.

Portanto, o dimensional Projeto Portal deve desde agora saber como está o seu campo energético-vibratório, se nele a sua polaridade está invertida ou não.

A foto aura que o dimensional/Projeto Portal está ultimamente tirando (julho/agosto de 2008), ela já mostra se em seu campo energético a espiral esta ascendente/positiva (subindo) ou descendente/negativa (descendo). E, se ela não estiver ascendente, o dimensional deve ser trabalhado imediatamente, para que ela suba e ele possa ter o seu contato compromisso, desenvolver as suas habilidades extra-sensoriais e principalmente, ter sucesso na abertura de portal em seu “teste dimensional”.

Todos os dimensionais que estão na vibração de Sacerdotisa/Sacerdote precisam aprender manipular e direcionar em seu campo energético os vórtices/espirais de energia, que mudam de acordo com o seu estado emocional do momento e, portanto invertendo a sua polaridade, com o redirecionamento da sua espiral energética varias vezes durante o dia.

Como o dimensional não consegue se segurar constantemente na faixa de tolerância, ele acaba por se desequilibrar emocionalmente e desta maneira, mudando a sua polaridade, ele sai da freqüência por ele programada na Linha da Vida. Portanto, ele precisa saber conscientemente como entrar e sair de tais freqüências, para que possa continuar em sua programação escolhida na Linha da Vida. Assim, o que ele deve fazer mesmo, é trabalhar para que não mude de polaridade e, portanto se mantenha na freqüência escolhida e lhe aconteça positivamente, o que ele programou.

O dimensional não conseguirá manipular as Leis Universais se ele tiver a sua polaridade invertida – portanto, o que ele tem que perceber realmente, é se o seu campo energético está subindo em espiral.

As fotos aura que o dimensional está tirando ultimamente com as suas mãos abertas (julho/ agosto de 2008) ele deve se mostrar na cor vermelha, que é energia necessária para que ele possa manipular de acordo com as Leis Universais as suas três Linhas da Vida e, principalmente a Linha B ou a Linha do Meio, que é a Freqüência da Energia Taquiônica e também chamada de Sexual.

Recordando, o aparecimento do Ultra na cor vermelha sinaliza observação, na cor prata-azulada estabilização e na cor dourada contato.

Em Minas de Camaquã os “Seres” pediram aos dimensionais presentes que novamente sintonizassem com a “Cruz de Luz”, portanto que entrassem novamente em sintonia com o Cosmo através da Freqüência de Ressonância Schumann, – para que ela possibilitasse os contatos compromisso fluissem novamente.

Agora, o dimensional deve apenas preocupar-se em manter a carga elétrica do seu corpo, comendo pelo menos uma maça por dia, fazendo exercícios físicos e alimentando-se sadiamente, para que em seu organismo a nível celular aconteça “o salto quântico” – aconteça sem interferência de uma célula para outra as descargas elétricas emitidas pelo seu cérebro. E, quanto maior a sua carga elétrica em função de um metabolismo mais puro, mais tempo de contato ele terá.

Nos primeiros contatos compromissos os dimensionais que os receberam ficaram sobrecarregados de obrigações, foi porque se as suas partículas não entrassem na vibração suficiente para pegar também os seus compromissos, estes primeiros compromissados pelo menos já estariam notificados. Entretanto, como a vibração está satisfatória, já com a possibilidade de que todos os dimensionais tenham também o seu compromisso, aquele excesso de tarefas dos primeiros dimensionais compromissados será diminuído, porque será agora distribuído com as suas partículas, que assumirão parte deste compromisso.

E, os “Seres” dentro da prioridade do momento continuam observando a postura de cada dimensional, principalmente daquele que já tem a responsabilidade de um compromisso.

Todos os dimensionais compromissados ou não devem se ajudar mutuamente dentro de um sentimento de união e de organização. Um deve sempre apoiar o outro em todos os sentidos, porque sempre alguém necessitará de uma parcela de contribuição e, portanto um poderá sempre agir em beneficio do outro – o sucesso de um é também o de todos.

Vários itens nas “Placas” dos dimensionais estavam previstos para o período entre os anos de 2012 a 2020, mas se os “Seres” os anteciparam para o ano de 2008, foi porque os acontecimentos no mundo estão mudando já de forma acelerada e não estão tanto mais a mercê do processo mental desenvolvido e irradiado pelos dimensionais despertos, mas está mais a mercê de todo o Cosmo – do Universo. E, estes acontecimentos serão registrados pelo observatório astronômico que está sendo construído pelo Projeto Portal e as informações que através dele serão colhidas, a ciência oficial e atual nem imagina o que será revelado e ainda mais, que poderia existir uma tecnologia (dos “Seres”) para obtê-las.

O dimensional/Projeto Portal pediu aos “Seres” direcionamento e eles o deram através do contato compromisso. Portanto, agora é o momento do Projeto Portal organizar como um todo e agir, para que possa continuar cada vez mais ser direcionado e as portas continuem abrindo para ele.

Entretanto, se o dimensional já está com muitas funções dentro do Projeto Portal, ele não deve se preocupar com o contato compromisso – ele está sem contato, mas com a responsabilidade de muitos compromissos. O contato compromisso será direcionado para ele na ocasião que os “Seres” determinarem – no momento certo e sem atropelo.

Não adianta o dimensional ter o seu contato compromisso e depois ficar apenas deslumbrado com a visão dos “Seres”, de luzes e de abertura de portal, entre outras manifestações e não agir em relação à responsabilidade que agora ele tem em mãos.

E. como tudo é uma troca, se o dimensional relaxar em relação ao seu compromisso, os “seres” também relaxarão com ele, que ficará fora de uma outra programação de contato. Portanto, o dimensional deve pelo menos começar o seu compromisso, mesmo que ele ache difícil de ser cumprido.

No dia 17 de julho de 2008 foi o ultimo dia que os dimensionais veteranos fizeram trabalhos com as “Naves” GNA, Gemus e outras no horário do anoitecer. De agora em diante estas manifestações serão apenas para os dimensionais que estão chegando agora ao Projeto Portal.

As “Naves” manifestarão para o dimensional veterano apenas em momentos excepcionais e entre a 00h00min e 01h00min, porque os “Seres” querem agora é que ele se manifeste, aja, ponha em prática tudo o que aprendeu até hoje – portanto, que olhe menos para o céu e mais para baixo.

A conversação com os “Seres” é apenas um detalhe, dentro de um contexto muito mais amplo e cósmico e neste sentido o “Consolador” não vê que os dimensionais do seu “Corpo Vivo” tenham alguma dificuldade.

Os “Seres” de Gemus e os Intraterrenos possuem a mesma densidade física dos corpos humanos, mas com muito mais energia ativa do que os seres humanos e, por isso, que eles já interagem normalmente com a quarta dimensão através de portais e têm o controle mental quase total.

Os “Seres” já tinham anteriormente tentado aproximação com vários outros grupos de dimensionais espalhados pelo Mundo, mas nenhum chegou ao nível de interação com eles, como chegou o dimensional/projeto Portal, que se tornou responsavelmente uma esperança da humanidade perante o Universo. Com o seu atual padrão vibratório o “Corpo Vivo do Consolador” já não pode mais ser acompanhado neste sentido por outros grupos de indivíduos/dimensionais, portanto eles não podem mais também, ser protegidos pelos “Seres” como o dimensional/Projeto Portal está sendo protegido.

Os “Seres” chamam a atenção do dimensional de maneira enfática, para que ele tenha consciência de sua responsabilidade em relação ao seu compromisso.

Como já foi anteriormente mencionado, o campo energético do individuo/dimensional pode mudar várias vezes durante o dia e esta inversão de polaridade se dá de acordo com o seu estado emocional momentâneo.

Portanto, o que determina essa mudança é o desequilíbrio emocional do dimensional e este seu descontrole acaba por refletir diretamente em sua Linha da Vida, porque ao se programar nela e se de repente por algum motivo a sua polaridade muda, ele sai da freqüência que programou.

Então, o dimensional precisa saber como entrar e sair conscientemente de uma freqüência para a outra quando necessário e depois de já estabilizado, não mudando mais a sua polaridade, manter-se na freqüência positiva já programada, para que as coisas possam lhe acontecer satisfatoriamente. E, ele só conseguirá manipular as Leis Universais, se ele persistir no equilíbrio em relação à sua polaridade.

Na foto aura tirada na viagem de julho de 2008, apareceu nela uma “mancha”, que não importava qual era a sua a cor, mas o importante era observar se ela estava somente à direita ou à esquerda do individuo/dimensional ou ainda, se ela estava nele ausente nos dois lados. Esta “mancha” indicava se o dimensional estava em equilíbrio ou não e se o seu campo energético estava também subindo em espiral ou não.

“A mancha” que na foto aura sinaliza o vórtice/espiral, a sua parte mais cheia é a sua base e o ponto mais diminuto é a sua ponta.

Os vórtices de energias expressam os estados de polaridades do individuo. Quando a ponta do vórtice/espiral está direcionada para cima, está expressando no campo energético do indivíduo o estado positivo de polaridade e quando a ponta dele está direcionada para baixo, está expressando o estado negativo de polaridade.

Assim, quando na foto aura o vórtice estiver presente em um só dos dois lados do individuo, não importando se ele está direcionando para cima (positivo) ou se está direcionando para baixo (negativo), está mostrando que ele está apenas com aquele lado em espiral ativo, com a energia subindo ou descendo só naquele lado em seu campo energético, de acordo com o direcionamento do vórtice/espiral.

Se no individuo o vórtice estiver apenas no lado direito de sua foto aura, ele é mais razão/mente e se estiver apenas no lado esquerdo, ele é mais intuitivo/”espiritual”.

Nas situações anteriores em que o individuo mostra em sua foto aura o vórtice apenas em um dos seus lados, à direita ou à esquerda e subindo ou descendo, significa que ele não está de todo mal, mas que deve energeticamente melhorar, porque em nenhuma daquelas situações ele poderá manipular totalmente as Leis Universais, poderá manipulá-las apenas em torno da metade de sua capacidade e assim, estará ainda à mercê de algumas freqüências não desejáveis.

E, quando o individuo/dimensional em sua foto aura a “mancha” que caracteriza o vórtice/espiral está ausente, ou seja, não está em nenhum dos seus dois lados, ele não está também vibrando nem no positivo/ascendente e nem no negativo/descendente e assim, não está se protegendo do Universo, das energias normalmente existentes em sua volta – e, portanto está sujeito ao “campo astral”. Ele continua um alvo fácil e vulnerável às obsessões e às manipulações de outros indivíduos, que podem controlá-lo emocionalmente utilizando de atitudes para impressioná-lo.

Ainda, quando cada vórtice na foto aura do individuo/dimensional é mostrado ao mesmo tempo nos seus dois lados e direcionados para cima (positivos) ou direcionados para baixo (negativos), ele está com a polaridade invertida nos dois lados, sinalizando-o que ele está na freqüência da sexta lâmina. Com isso não quer dizer que ele está vivenciando o homoerotismo, mas que em relação à sexualidade está nesta freqüência, emitindo freqüências de atração sexual ou emocional tanto para indivíduos do mesmo sexo, como para o sexo oposto varias vezes durante o dia, dependendo do seu equilíbrio emocional.

Quanto mais temperamental (desequilibrado) o individuo for, mais a sua aura terá vazões (rompendo-se), mas que poderá se compor logo depois, se ele se equilibrar. E, neste “romper e recompor” sucessivamente de sua aura, o individuo entra em um ciclo desestabilizador ruim, que apenas lhe permite se direcionar para uma situação energética neutra, que lhe tira a condição de manipular o seu campo energético e comandar a sua Transmutação.

Agora, quando na foto aura aparece em cada lado do individuo/dimensional a “mancha” que caracteriza o vórtice/espiral, com um dirigindo para baixo/negativo e o outro para cima/positivo, (não importando em qual lado um desce e o outro sobe), ele está energeticamente em equilíbrio e emocionalmente em Harmonia. Assim, ele já consegue manipular as Leis Universais com mais facilidade, fazendo os seus “milagres” e ficando “já pronto” para o seu contato compromisso. Entretanto, para que ele continue nesta sua situação positiva, ele deve se conservar na faixa de tolerância e, para isso, ele deve constantemente se trabalhar interiormente, para que não se desequilibre emocionalmente e não possa de novo inverter a sua polaridade.

Se o dimensional em sua polaridade não estiver neste nível de equilíbrio, a sua interação de contato poderá ficar apenas ao nível de uma sonoplastia, alguns flashes luminosos ou só contatando um laquim e mesmo assim por pouco tempo.

Resumindo, para o dimensional se manter em equilíbrio energético-vibratório, para que possa manipular satisfatoriamente as Leis Universais, ele precisa apresentar tanto em seu lado direito quanto em seu lado esquerdo os vórtices/espirais de energia, um direcionando para cima e outro direcionando para baixo.

Como o trabalho das Linhas da Vida se baseia na manipulação das freqüências emocionais, o dimensional deve permanecer em equilíbrio energético-vibratório, para que através delas possa se direcionar e obter o que almeja.

Tendência ao suicídio e às compulsões pode ser sinalizada com o vórtice à direta do individuo. Também, se ele permanecer na sexta lâmina, os sentimentos negativos em relação a si mesmo e ao meio em que vive, serão quase sempre bastante acentuados.

Existem indivíduos que apenas ao tocarem em um outro individuo, já invertem a sua polaridade e se aquele que foi tocado não souber fixar a sua energia, ele ficará também com a sua polaridade invertida.

Aqueles indivíduos que alternam a sua energia com mais facilidade, têm a propensão de fantasiar, de devanear e de acreditar no que eles ilusoriamente criaram. O seu cérebro não codifica bem em qual freqüência ele está, portanto se está na positiva ou na negativa – se é uma ou outra. E, como a sua freqüência está sempre mudando, a sua carga elétrica está também sempre alternando.

São várias as situações em que o dimensional pode fazer em relação à manipulação de suas Linhas da Vida, principalmente em uma situação depois de um stress, quando ele deve ainda mais se esforçar para se redirecionar e manter o seu equilíbrio emocional e possa através de seu campo energético continuar vibrando no mesmo ritmo anterior.

No local do Hotel Fazenda Projeto Portal, que na terceira dimensão é um intenso vórtice de energia, ali é mais fácil do dimensional fazer a manipulação de suas freqüências das Linhas da Vida, de “fixá-las” mais que em outros locais.

Quando o dimensional trabalha na Linha da Vida, a Linha B ou Sexual que é também a Linha do Meio, ele está gerando um vórtice de energia vibracional através da Energia Taquiônica ligada à vibração sexual, que é todas as energias/freqüências já convertidas em Energia Taquiônica e, portanto não quer dizer que é apenas a energia vindo do ato sexual, apesar do uso da palavra sexual.

Trabalhar na Linha do Meio ou na Linha B é trabalhar sem nenhuma alteração negativa ou oscilação emocional e ainda permite que o dimensional possa ir para a Linha da esquerda ou da direita, caso em uma delas estejam previstos contratempos, doenças, mortes, etc. Então, é só o individuo/dimensional sair da Linha do Meio e optar ou para Linha da direita ou para Linha da esquerda e já em uma delas mudar o seu equilíbrio emocional através de uma programação mental, para que possa modificar o seu padrão vibracional. E, no momento que passar a freqüência negativa marcada na Linha do Meio, ele retorna para ela.

Entretanto, se nas três Linhas existir a mesma freqüência negativa ou semelhante, o dimensional poderá escolher um quarto caminho e assim, ele sabendo se direcionar nas três Linhas das Vida e além delas, ele terá em suas mãos o “Certificado” de manipulação das Leis Universais.

Com as atuais e sutis interações de contato o dimensional/Projeto Portal irá gerar uma freqüência energética de manipulação universal e já de posse desta freqüência mais pura, ele atrairá de forma positiva os animais, as plantas, os elementais. Todo ser vivente sentirá satisfação de sintonizar/interagir com ele, de aproximar dele.

Quando na Estrada do Asthar Sheran formou a “estrada dimensional” através do vórtice de energia na horizontal, apareceu nesta “estrada sutil” uma sonda da Constelação de Ophiúchus. O alinhamento que acontecerá no ano de 2012, formará a Cruz de Luz e esta Constelação em uma de suas pontas funcionará como um gigantesco vórtice de energia. Esta sonda veio deste ponto do Universo e já dentro da “estrada dimensional” foi diminuindo à medida que aproximava do rosto de um dos dimensionais que estava naquele momento tendo o seu contato compromisso, para depois sumir. Logo que este dimensional teve o seu contato, esta sonda novamente reapareceu e expandindo-se, deslocou-se em direção ao Morro do Asthar e “penetrou” dentro dele, como relataram alguns dimensionais que estavam ali perto e que fisicamente viram este “fenômeno” – a partir daquele momento os contatos transcorreram mais facilmente e se mostraram em um estágio ainda mais sutil.

Principalmente agora que os contatos são mais sutis, o dimensional no momento desta sua interação não deve ter em seu corpo qualquer tipo de metal e deve usar preferencialmente roupas de algodão e jeans.

Ainda, nesta ocasião (julho/2008) dois dimensionais mulheres abriram o trabalho com o Eu Superior, que está também relacionado com as experiências com o Sutil, vivenciadas ultimamente pelos dimensionais/Projeto. Os “Seres” estão preparando outros dimensionais tanto mulheres quanto homens para este nível de interação de contato e aquele que conseguir esta façanha, ele terá um contato muito especial consigo mesmo no futuro.

Quando o individuo/dimensional tem a percepção/intuição de que algo pode lhe acontecer através de um sentimento, que lhe fica martelando sem que ele nada faça para modificá-lo ou removê-lo, o que no inicio era apenas uma “sinalização”, pode lhe acontecer já como realidade – portanto, este seu “sensor” é que lhe avisa que poderá lhe acontecer tanto algo ruim como algo bom. E, nestes momentos em que está constantemente vivenciando estes seus sentimentos, é que ele através de seus pensamentos vai alimentando estas suas sensações, que no caso de serem positivas devem ser reforçadas e no caso de serem negativas devem ser anuladas, com ele expressando a sua Vontade que tudo aquilo que vier de negativo, que estiver “rondando” o seu campo energético-vibratório seja reciclado, transmutado e anulado. Ele não deve esquecer que com este seu modo de proceder, é que está toda a Força de sua Vontade, que na terceira dimensão é ela que atua e que pode neutralizar tudo de negativo que poderá lhe acontecer ou positivar tudo o que ele quer que lhe aconteça.

Então, o dimensional em relação à sua Linha da Vida se ele tiver sentimentos percebidos como negativos, ele deve anulá-los e os positivos deixar fluírem para que aconteçam, acelerem ou mesmo antecipem.

Quando o dimensional trabalha com as suas Linhas da Vida, ele está aprendendo a comandar o seu cérebro, para que ele “não mais se abasteça” com a energia de ondas negativas, que são mais constantemente geradas nos acontecimentos do seu dia a dia – e assim, quando elas passarem pelo seu campo energético, elas não são mais absorvidas.

Quando nos atividades de campo o dimensional passa para o papel o negativo que ele traz de suas experiências de vida, ele está usando “um truque” para enganar o seu cérebro, ele está removendo o que ele não quer ficar ali arquivado, “transferindo-o” para o papel. E, quanto ao positivo ou que ele almeja, ele está fazendo o contrário, portanto está ali reforçando. Então, o dimensional pode utilizar deste artifício em relação ao que ele quer e ao que ele não quer, manipulando o seu cérebro todos os dias.

O dimensional desperto tem que ativar o seu cérebro para sair do condicionamento mental da terceira dimensão e possa perceber outras freqüências/cores luminosas – “ver” outros aspectos da Luz.

A vidência, premonição e o dom de profecias, entre outras paranormalidades estão já no plano do extra-físico e “são mais compatíveis” com o Mental Superior. E, a comunicação com entidades/”espíritos” está mais relacionada com “uma forma mental mais sublimada”.

O proceder de maneira equilibrada entre o mundo físico e o mundo extra-físico dos Seres Dimensionais e não das “entidades/espíritos do astral” é que possibilita o dimensional ficar mais mentalmente centrado e, portanto mais harmonizado consigo mesmo e com o mundo – e, ainda mais estabilizado em todos os sentidos no plano físico em que vive.

O individuo que já manipula conscientemente a sua força mental e que utilizando de sua Energia do Pensamento trabalha em suas Linhas da Vida, ele não deixa mais a sua energia se esvair através de ritual tipo “despacho”, quando age de maneira emocional em sintonia com o “astral”. Ele já utilizando de outros recursos que estão em outro nível energético, não mais se somatiza, porque não mais deixa o seu campo energético desarmonizar.

O individuo que vive a dinâmica de primeiro se ajudar e paralelamente “ajudar”/nortear o seu semelhante, ele já está vivenciando a dinâmica de sua ascensão na Escada Evolutiva – ele não está nela estacionado.

Aquele que fica escravo de seus desequilíbrios emocionais e, por isso, se prendendo ao “astral”, ele não consegue o Estado de Harmonia, necessário à correta manipulação de suas Linhas da Vida.

O “astral” prende emocionalmente o individuo na redoma que ele mesmo criou na terceira dimensão e, portanto ele não consegue dela se libertar – ir para frente, se ajudar.

“Ser” espiritual desenvolve no individuo/dimensional a sua consciência e o seu espírito humanitário, que os “Seres” querem que ele desenvolva, para que ele tenha em relação ao seu semelhante os sentimentos de respeito, solidariedade, compreensão, paciência e tolerância, entre outros – necessários na formação de Um Só Corpo de Energia.

Um “Ser” da quinta à nona dimensão que o dimensional/Projeto Portal ultimamente está contatando, ele como um Ser Dimensional não tem mais a necessidade morrer e muito menos de encarnar sucessivamente, como as “entidades/espíritos” que se apresentam nas sessões espíritas e que são do “plano astral” entre a terceira e a quarta dimensão.

O dimensional que morre antes de se transmutar, ele vai para “o campo” daqueles que já ascenderam e poderá ter ou não permissão para novamente renascer na terceira dimensão. Mas, ele não fica no que é chamado de umbral ou de purgatório – ele não fica no “astral inferior”.

O dimensional/Projeto Portal ativou a sua Energia da Kundalini, para que ela “subisse” pela sua coluna como Energia Vibracional em seu frontal e daí, também já direcionada como Energia Taquiônica em espiral – Energia Sublimada – foi que ele conseguiu manipular a matéria, transmutando-a, projetando-a, movimentando-a e também, ter vidência e profetizar, entre outros feitos .

O dimensional/Projeto Portal deve ter com o outro uma maior sincronia mental, para que desenvolvam entre si uma comunicação mais telepática, como as Amazonas faziam. E, no tempo delas o ouro não tinha o valor material como o que existe hoje, ele era visto com o sentido “espiritual” e vibracional.

Glândulas submandibulares: algumas vezes elas ficam um pouco inchadas e isto é um alerta para o individuo/dimensional em relação ao seu metabolismo. E, uma das maneiras dele saber se a sua polaridade está fora de controle é tocando estas suas glândulas (uma em cada lado). Se elas estiverem um pouco salientes, sensíveis ou doloridas, significa que ele não está bem.

Assim, o dimensional deve apertá-las suavemente e se elas estiverem salientes além do normal e doer, é sinal de que ele está com a sua polaridade invertida – tanto no homem quanto na mulher. Por isso, quando se tem que trabalhar a polaridade ou quando existe algum desequilíbrio hormonal, é nelas que se deve mexer/tocar. Estas glândulas regulam no individuo dimensional em quase tudo, desde a sua vibração, o seu campo energético, condicionamento físico, etc.

Portanto, a técnica para trabalhar estas glândulas consiste em o dimensional massageá-las suavemente varias vezes, compatibilizando estas massagens com o número de sua idade. E, na medida em que ele for massageando-as, ele sentirá um impulso vibratório e estimulante que o seu cérebro registra, pela emissão de algumas descargas elétricas naquela região. Pode também ocorrer que o dimensional sinta no momento da ativação muito calor na testa ou nas orelhas.

E, para fixar a energia o dimensional deve massagear as glândulas submandibulares duas vezes por semana. Após esta ativação ele pode ficar com a sua garganta incomodando-lhe um pouco, porque as células que ali estão emitem uma vibração muito mais intensa do que as outras células de seu corpo. E, se estas glândulas nos dois lados de sua face forem trabalhadas, equilibrando as suas duas polaridades, o dimensional ficará um pouco rouco, porque a sua garganta terá uma suave modificação nas cordas vocais durante alguns minutos ou no máximo três horas.

Esta ativação ajuda o dimensional a manter em dia a sua a polaridade, não deixando que saia da faixa de tolerância por qualquer motivo e ela deve ser feita no mínimo uma vez por semana. Mas, não é também recomendável fazer mais do que duas vezes, porque o dimensional poderá ter dor de cabeça, que é o sinal do seu cérebro “lhe dizendo” que deve parar. Assim, quando na ativação destas suas glândulas ele começar a sentir algum desconforto, ele deve parar, porque poderá ter uma congestão prânica – dor de cabeça e vômito.

O exercício de ativar as suas duas glândulas submandibulares gera no dimensional uma imensa capacidade mental, fazendo com que ele possa controlar as suas atitudes, como também as daqueles que estão em sua volta. Elas também ajudam o dimensional na auto-cura e no autocontrole, para que tudo funcione para ele em Harmonia, emitindo vibrações que ativam alguns neurônios “preguiçosos para que se despertem” e ajudem na carga elétrica do organismo, entre outras interferências positivas.

Independentemente do individuo/dimensional saber se está ou não com a sua polaridade invertida, ele deve massagear as glândulas submandibulares para que a sua vibração se estabilize e se fixe na vibração desejada e dela não mais saia. E, se pela sensibilidade/toque estas suas duas glândulas se mostrarem iguais, elas estarão sinalizando que ele está bem. Mas, ele deve treinar muito esta sua percepção, para que ele sinta realmente se elas estão em equilíbrio energético.

Lilith foi o primeiro ser consciente feminino presente na Terra e ela veio do 13º planeta da Constelação de Ophiúchus, que é a mesma Constelação que estará alinhada na ponta da Cruz de Luz do Raio de Sincronização, em dezembro do ano de 2012.

Neste alinhamento acontecerá a mudança dos pólos da Terra, todas as mudanças eletromagnéticas e tormentas solares possíveis, provocando profundas transformações na forma de hecatombes, que muitos as verão como se fosse o fim do mundo. Este alinhamento é a nível galáctico e ele acontece duas vezes no período de vinte e seis mil anos.

Foi Lilith a responsável pela manipulação e direcionamento da Energia da Kundalini, portanto foi ela que ensinou Eva os Segredos da manipulação desta Energia Sagrada. Esta Energia de Vida com a sua magia energético-sexual pode ser transformada em sua magia de energia vibracional ativa.

Quando o primeiro casal humano teve o conhecimento da manipulação desta Energia Suprema – Energia da Criação – ele obteve paralelamente o discernimento do que é o certo e o errado dentro das Leis Universais para a terceira dimensão, discernimento este que muitas religiões classificaram como uma atitude de rebeldia e de pecado.

Lilith era uma Amazonas – uma “Deusa”, que tinha todos os conhecimentos para a manipulação das Leis Universais. E, hoje alguns dimensionais mulheres e homens trazem delas a freqüência vibracional e às vezes até a descendência genética. Portanto, alguns destes deuses e semi-deuses da atualidade trazem neles a freqüência de Lilith e das Amazonas de um modo geral – e ainda, da “Medusa”.

A “Medusa” possuía o poder mental de interagir com a mente dos indivíduos, mas sem ter a contrapartida, de se submeter à influencia mental deles. Com esta sua manipulação estava o seu poder máximo, ao controlar e direcionar o magnetismo do seu olhar. Com este seu magnetismo pessoal bastava que ela olhasse para os indivíduos, que ela conseguia contagiá-los. Por causa desta sua magia de comando mental, com o seu poder de direcionamento e de sua capacidade de ordenar, é que fazia dela uma criatura muito temida. A energia mental que ela emitia era tão intensa, que saia certa fluorescência de seus olhos, semelhante àquela que Moisés irradiava após “ter conversado com Deus”.

Para exercer o seu trabalho direto com a população, os dimensionais mulheres principalmente precisam que já estejam com as suas magias do olhar e do sorriso como chaves principais, para que possam abrir as portas, que as permitem conquistar positivamente o mundo, passando as informações dos “Seres” sem muitos entraves.

A responsabilidade maior do dimensional mulher possuidora do “efeito Medusa” é anular as idéias e os condicionamentos que foram impostos à população pela mídia e por lideranças religiosas com os seus dogmas, paradigmas e conceitos arcaicos que muito vêm aprisionando a população. Assim, o dimensional mulher bastará que olhe e que fale determinadas palavras para o individuo, que ele ficará protegido da influência mental e da lavagem cerebral, que até então estava tendo.

Nos dimensionais homens o forte é a vibração sonora, através de sua locução, que ele pode utilizá-la da maneira que ele achar melhor.

Nesta nova fase de propagação/divulgação do Projeto Portal a voz do dimensional homem terá que ser também ouvida em vários pontos do Planeta e como ele tem praticamente apenas este item/ magia para utilizar em seu trabalho de divulgação/propagação, fica um pouco mais difícil para ele, que terá então de treinar com mais afinco, para que possa se comunicar com a população através de uma técnica correta de comunicação.

As fotos aura que os dimensionais tiraram (julho/agosto2008), elas foram para verificar em cada um a sua habilidade em sintonia com as Freqüências de Lilith, de “Medusa” e de Sacerdote e ainda, se estas Freqüências já estavam desenvolvidas ou apenas ativas. E, nos grupos de trinta indivíduos/dimensionais pesquisados, por media dois deles em cada um destes grupos estavam com uma destas freqüências iniciadas ou desenvolvidas e o restante estava com ela ativa, com possibilidade de desenvolvê-la.

As dificuldades encontradas nos contatos estão relacionadas às freqüências não ativas e um estado de polaridade não compatível dos dimensionais. Portanto, o momento é de nivelar todos em relação às suas habilidades extra-sensoriais, para que mantenham a energia ativa circulando no sentido correto. Mas, exercitar estas habilidades dependerá de cada individuo/dimensional, principalmente aqueles que estão na freqüência de Lilith e de sábio Sacerdote, que poderão emitir uma freqüência mental para qualquer parte da Terra e não apenas em uma distancia de setenta metros.

Como já foi mencionado anteriormente, em relação às Linhas da Vida, o ideal é que o dimensional fique na freqüência da Linha B, que é a Linha da Energia Sexual/Vibracional Ativa e que é também a Linha da Fusão de todas as suas emoções – Energia Taquiônica . E, neste caso a palavra “Sexual” que não está apenas relacionada com o ato sexual em si, quer dizer também que é a Linha da Energia da Criação ou da Luz na Freqüência da cor vermelha e ainda, da Vontade que faz acontecer/aparecer na terceira dimensão.

O dimensional para que possa neutralizar ou remover os seus bloqueios, ele deve tomar o banho frio de acordo com o tempo da Terra e também fazer o exercício dos limões, que deve fazê-lo já sentado e com dois limões que ele rolará sob os seus pés durante cinco minutos – com um limão em cada um dos seus pés. Este exercício deve ser feito durante quinze dias, duas vezes ao dia e depois, mais trinta dias, mas desta vez apenas uma vez ao dia. Todas as vezes que terminar este exercício, o dimensional deve jogar fora os limões.

Os “Seres” sempre procuraram no mundo inteiro grupos “encantados” com a ufologia, mas o que eles queriam mesmo era passar informações e conhecimentos. E, o único grupo que preencheu esta aspiração dos “Seres”, fazendo-os de parceiros até com contato compromisso, foi o grupo formado pelos dimensionais/Projeto Portal, que constituem o “Corpo Vivo do Consolador” e que já pode praticamente contatá-los todos os dias.

Para o sucesso de um contato é necessário que o dimensional tenha uma boa carga elétrica, peso ideal, atividade física e dormir pelo menos oito horas por noite, repondo bem a sua carga elétrica.

O individuo/dimensional adulto que já tem discernimento, quando ele utiliza da palavra não, o seu sub-consciente já tem a noção de seu sentido rejeitando uma situação indesejada e, portanto nela está codificada o que não pode acontecer – o que ele não quer. Mas, esta observação não é valida para uma criança, que ainda tem “um querer automático”, porque para ela tudo ainda é positivo, é “um querer” bonito e colorido, diferentemente do adulto, que já tem um desejar movido pela sua consciência, já sabendo o que é certo ou errado, o que lhe é bom ou ruim.

A evolução nunca termina. Portanto, quando o dimensional transpõe um degrau da Escada Evolutiva, ele quase sempre percebe que tem um outro que precisa ser também conquistado e que depois deste mais à frente existe um outro que precisa ainda ser transposto e assim, nesta sua ascensão ele acaba por perceber que “é infinito este seu subir”.

O indivíduo/dimensional ao se alimentar de carne vermelha de maneira sóbria, ela além de não interferir nos seus contatos, até ajuda de certa forma que ele os tenha, porque os contatos que ele tem não são com entidades espirituais, mas são com Energias Superiores Conscientes dos mundos paralelos, E, se estas Energias aproximam dele, é porque ele possui uma vibração muito acelerada e um poder mental intenso. A carne vermelha possui uma proteína, que nenhuma outra carne tem que acelera todo o seu metabolismo e também, como a sua digestão no organismo é lenta, o aproveitamento desta proteína é muito maior.

O dimensional ao receber o seu compromisso não deve se fazer de desentendido em relação a ele, como se não estivesse entendo o que os “Seres” lhe passaram ou então apenas mostrando interesse pelas informações, conselhos e direcionamentos pessoais que naquele momento foram passados para ele.

Os “Seres” necessitam de indivíduos/dimensionais com determinação, fieis consigo mesmos e com o seu trabalho do compromisso – aqueles que realmente sabem o que querem.

O dimensional que não proceder com seriedade principalmente em relação ao seu compromisso, portanto não assumindo a sua responsabilidade em relação a ele, os “Seres” o deixarão de lado e, portanto ele não terá novos contatos pelo menos até o ano de 2018.

O dimensional em seus contatos está através das Leis Universais interagindo com Energias Conscientes de realidades paralelas e o que falam deve ser levado ao pé da letra por ele e também o que elas passam nas entrelinhas, direcionando-o.

O individuo/dimensional deve ter disciplina, organização e não deixar que a sua mente fique vagando, para que ele possa realmente assumir a responsabilidade em relação ao que está fazendo.

Às vezes o dimensional pode achar que não vai acontecer nada no local que foi programado para o seu contato, o que não é verdade. Portanto, a partir do momento que ele coloca os seus pés neste local , ele deve ter realmente a intenção de ser trabalhado pelos “seres”, porque eles estarão com certeza fazendo isto, mesmo que o contato ou uma outra interação não aconteçam como ele imagina.

Basta um simples pensamento do dimensional ligando-se aos “Seres”, para que eles lhe respondam vibratoriamente ou de outras formas.

O individuo/dimensional quando estiver na Estrada do Asthar Sheran para o seu contato e nela estiver andando apesar de ser noite, ele conseguirá mesmo assim enxergar a certa distancia detalhes principais existentes no local, como árvores, pedras, valas, etc.

Esta nova forma de contato com os Seres de Planos mais Sutis era para acontecer apenas entre os anos de 2017 e 2018 e se ela está agora acontecendo, foi porque os dimensionais/Projeto Portal alcançaram o necessário padrão vibratório e evolutivo para que fosse antecipada e também porque os “Seres” têm pressa em relação ao que já está acontecendo no mundo.

O dimensional/Projeto Portal já está no sexto estágio do seu trabalho com as suas Linhas da Vida (agosto/2008) e, portanto ele já está trabalhando para ter a nível físico as suas polaridades em equilíbrio – ter um vórtice para cima e outro para baixo atuando em seu campo de energia. Portanto, aquele que estiver nesta polaridade correta, será um semi-deus e poderá fazer os seus próprios “milagres” – e, principalmente os compromissados devem estar nesta freqüência com mais responsabilidade consigo mesmo e com o Universo.

Depois dos quarenta e nove contatados com compromisso, os “Seres” dariam uma pausa em relação aos contatos, entretanto como ficaram satisfeitos com os resultados já alcançados, tendo em vista os esforços que a maioria dos compromissados está fazendo para realizar as suas tarefas, eles optaram por continuar com os repasses dos compromissos.

Os indivíduos de um modo geral são condicionados desde novos a ter vida sedentária, dependência de medicamentos, compulsão e “morrer antes do esperado”. Entretanto, o dimensional desperto deve se preparar para ser diferente e cuidar de si mesmo, tendo uma vida dinâmica não sedentária, para que não fique a mercê da manipulação de lideranças, que não querem a sua independência mental, física e emocional. O dimensional deve estar preparado para superar o que vem pela frente.

O dimensional quando estiver interagindo com os Seres Luminosos e com as sondas dentro do túnel de energia na horizontal situado na Estrada do Asthar Sheran, o que ele estiver “vendo”/percebendo, não será visto por aqueles que estão fora deste túnel ou vórtice de energia na horizontal . E, para estes “Seres” que estão manifestando não existe a noção de tempo que o ser humano tem na terceira dimensão, porque já alcançaram a sua Transmutação e já como Seres Dimensionais a sua realidade existencial é outra.

Os “Seres” desejam que o dimensional apenas forneça as informações de seu aprendizado com as realidades paralelas para a população, para que possa despertar o seu interesse e direcioná-la para um outro estado de consciência compatível para o momento.

O envelhecimento em si não é uma doença, mas o processo do envelhecimento é gerado por vários fatores que contribuem para várias doenças, que “criam” a condição de velhice. O envelhecimento está associado à carga elétrica que o individuo tem no momento em seu organismo. O individuo até os nove anos ele possui sete microvolts, até aos vinte e sete anos ele tem seis microvolts, até aos quarenta anos ele tem entre quatro a cinco microvolts, até aos sessenta anos ele tem três microvolts, até aos noventa anos ele tem dois microvolts e daí por diante ele tem um décimo ou dois décimos de microvolts.

Quando alguns dimensionais mostram em sua foto aura a freqüência de adolescente e freqüência angelical, eles estão com uma boa carga elétrica e por isso, estão com mais microvolts em seu organismo, com mais imunidade e com uma melhor condição para os contatos. O dimensional/Projeto Portal deve ter em seu organismo pelo menos quatro microvolts.

Todas as tecnologias passadas pelos “Seres” aos dimensionais são funcionais, não são caras e têm a finalidade de proteção para todos os seres humanos, evitando mortes.

De um modo geral o dimensional mulher que gosta de ostentar algum ornamento em sua cabeça ou em seu braço, está de certa forma assim procedendo muitas vezes até inconscientemente em sintonia com a sua freqüência ativa de Sacerdotisa.

O individuo que está na sexta lâmina, não quer dizer que ele está vivenciando fisicamente o homoerotismo, mas pode estar sentindo atração pelo mesmo sexo em função de distúrbio glandular, que pode acontecer com qualquer um. Muitos indivíduos passam por esta fase, mas não despertam a sua atração para o mesmo sexo – portanto, esta situação pode acontecer na vida de qualquer um, podendo passar mais rápido com alguns e demorar mais com outros.

Permanecer na sexta lâmina é uma questão de sexualidade por distúrbio glandular e de bloqueio energético e, portanto é uma situação sem nenhuma conotação de imoralidade e de pecado que desta maneira muitas religiões na ignorância apregoam erroneamente – e também, para que muitas vezes ajam através de atitudes doentias e direcionadas por vários e distorcidos interesses.

Os dois vórtices de energia do individuo que está na sexta lâmina estão com um mesmo sentido subindo ou descendo em cada lado do seu campo energético, impedindo que a energia em seu campo circule e que ele indo alem do penúltimo estágio, transmute-se. Nesta situação o individuo não gera energia de transmutação, porque os vórtices em seu campo de energia estão na mesma polaridade e, portanto não gerando a circulação energético-necessária através dos opostos.

O dimensional que está nesta penúltima fase não o impede ter o seu contato – a única coisa que ele não conseguirá, é transmutar-se.

E, se a energia do vórtice aparecer em um só lado do campo energético do dimensional, ela não está completa, mas não está também de todo mal, porque o dimensional poderá posteriormente ainda equilibrar as suas polaridades – com um vórtice para cima e com o outro para baixo ou vice-versa.

Agora, o pior é quando os vórtices não aparecem em nenhum dos dois lados no campo energético do dimensional. Nesta condição se ele não tiver a aura branco-prateada, ele estará a mercê de “obsessores” que ficam absorvendo a sua energia como se fossem esponjas – o dimensional fica totalmente a mercê do “astral inferior” como vivesse em uma fase evolutiva muito primitiva.

Se o dimensional permanecer em qualquer uma das três situações energético-vibratórias mencionadas anteriormente, ele não se transmutará.

Logo abaixo estão as Leis Universais e Eternas (copiadas deste Site, na Página Livro com o Título “Da Terra para o Cosmo – buscando a verdade”). E, cada uma delas traz uma regra para nortear o indivíduo/dimensional em seu processo de transformação interna e externa. Portanto, ele deve seguir cada uma, interpretando-a, com ela interagindo e aplicando-a eticamente.

A Primeira Lei: Lei do Mentalismo

Sabendo que tudo que existe no Universo é uma criação mental o Alquimista usa esta lei para suas conquistas e durante todo o processo alquímico tem consciência de que faz parte de um Universo Mental, onde a energia e a matéria estão sujeitas à ação do pensamento.

Com a consciência da Força do Pensamento procuramos manter-nos sempre positivos, pois sabemos que qualquer negatividade poderá se materializar a partir da força do pensamento.

A Segunda Lei: Lei da Correspondência

Sabemos que o Universo é Uno, mas reconhece identifica a diversidade de planos/dimensões em que esse Universo se manifesta. A Unidade inerente ao Universo é garantida pela correspondência entre as leis e os fenômenos desses diferentes planos.

A Lei da Correspondência, cujo princípio prega que “o que está em cima é semelhante ao que está embaixo e o que está embaixo é semelhante ao que está em cima” traz para o Dimensional a perspectiva de, através da Alquimia do Pensamento, se tornar o reflexo perfeito do seu Eu Superior. Cada Eu Superior traz em si o modelo para cada um que dele é originado e reproduzir esse modelo é o compromisso de cada Dimensional. Por isso ela sabe que pode usar seu livre arbítrio, mas abre mão do mesmo em função do seu compromisso cósmico. Assim sua vontade precisa reproduzir a vontade do seu Eu Superior.

A Terceira Lei: Lei da Vibração

Tudo vibra no Universo, nada está parado e tudo tem em si um movimento contínuo. Quanto mais sutil a manifestação, mais intensa e rápida a vibração; quanto mais densa e grosseira a manifestação, mais lenta será sua vibração. Tanto a vibração extremamente acelerada quanto aquela extremamente lenta causam a impressão de que o objeto de observação está parado. Por isso não se vê o movimento de uma hélice rodando acelerada e nem de uma pedra estacionada.

Sabemos que quanto mais elevada a vibração, mais influência se pode ter sobre a matéria – terceira dimensão, e por isto procura manter acelerada sua freqüência vibracional.

A Quarta Lei: Lei da Polaridade

Tudo tem pólos opostos, cada coisa pode ser vista de duas formas diferentes e opostas. E todos os opostos podem ser harmonizados através da Alquimia do Pensamento. Tudo pode mudar se mudarmos a perspectiva do olhar, de cada pólo que se olhe se apresenta uma qualidade diferente da mesma coisa.

Assim tudo tem seu positivo e negativo, sua luz e sua sombra. Cabe-nos procurar em cada coisa o seu oposto, de forma a não se perder em julgamentos gratuitos e ilusões trazidas pela mente condicionada pela cultura, pela ciência, pela religião ou pela sociedade.

Através da identificação dos pólos é possível manter o equilíbrio entre emoções opostas, pessoas em conflito e opiniões radicais. Através da Alquimia do Pensamento podemos aprender a se colocar no lugar das pessoas que são diferentes dele e assim conhecê-las melhor, conseguindo harmonizar a rejeição eventualmente sentida.

O conhecimento da Lei da Polaridade nos indica a existência de vários graus entre os opostos e a possibilidade de nos situarmos nos graus intermediários para nos manter na Faixa de Tolerância, onde não somos afetados por emoções radicais.

A Alquimia do Pensamento nos permite a transmutação de um polo naquele que lhe é contrário; da sombra em luz, do negativo em positivo, do mal em bem. Pela Alquimia do Pensamento transformamos o Ego novamente em Essência Luminosa. Dominando esta fase da Alquimia do Pensamento, estamos em condições de ajudar outras pessoas a mudarem sua própria polaridade.

A Quinta Lei: Lei do Ritmo

O ir e vir do Universo se origina na própria vontade do criador quando liberou suas partículas para que um dia retornassem para Ele. Nesse ir e vir está toda a possibilidade de criação e de destruição, de ir e voltar, de subir e descer, de ação e de reação. Devemos ter consciência desse ritmo em todas as coisas da sua existência, de forma que não seja levado pelos acontecimentos à revelia de sua vontade. Precisamos observar os movimentos do ritmo da vida e saber aproveitá-los a nosso favor, cuidando para não sermos destruído por eles.

Em todo ritmo há um ponto, ou melhor, uma faixa de neutralidade, onde se pode estar seguro para observar o próprio movimento da vida e mesmo controlá-lo. Através da Alquimia do Pensamento podemos alcançar este ponto de equilíbrio e usar a Lei do Ritmo em benefício próprio e de outras pessoas.

A Sexta Lei: a Lei de Causa e Efeito

Esta lei demonstra que nada acontece sem uma causa que lhe dê origem e, por outro lado, que toda ação se torna um causa, que vai gerar um efeito posterior. Assim nenhum acontecimento pode ser considerado casual.

Também é preciso ressaltar que os planos superiores geram causas que têm efeitos sobre os planos inferiores, esta é a lei. Precisamos entender esta lei e aplicá-la, para gerar os fatos de nossas vidas.

Já conhecendo a Lei da Vibração e sabendo as vantagens das vibrações mentais superiores, ele procura elevar-se mentalmente para ter os efeitos positivos que deseja para si e demais pessoas de queira ajudar. Por outro lado, com o conhecimento da Alquimia do Pensamento evita os efeitos negativos que possam ser gerados por causas de vibração inferior.

A Sétima Lei: Lei do Gênero

Tudo tem o seu princípio feminino e masculino e isto se manifesta em todos os planos, como as demais leis. A lei do gênero atua no plano físico e também nos planos superiores.

Sabemos da importância dos dois gêneros em toda a manifestação. Ele reconhece em si os dois gêneros e procura ativá-los e harmonizá-los, de forma a desenvolver em si partes iguais de energia feminina e masculina. Esta transformação vai gerar um novo ser, com características andróginas e condições especiais de exercer sobre o mundo seu poder alquímico.

Assim a Alquimia do Pensamento é um processo de transmutação mental que se dá através de diferentes etapas, com diferentes graus de vibração e ritmos, harmonizando pólos e gêneros e observando causas e efeitos. Todo processo alquímico é um processo de transmutação e sempre busca alcançar a Unicidade, o Uno, a Coisa Única.

A Alquimia do Pensamento é a arte ou ciência de transmutar qualquer pensamento, energia ou matéria. Como o Universo é mental, o Dimensional pode atuar sobre o Universo, transmutando o negativo em positivo, melhorando condições humanas e do ambiente natural. Ele percorre o Caminho da Luz e passa a perceber o mundo de uma nova maneira, entendendo cada fato sob uma nova perspectiva. Este processo permite tanto a conquista do ouro físico como a conquista do ouro interno, que se expressa pela projeção da própria luz.

No passado muitos procuravam a Pedra Filosofal, que daria ao alquimista poderes sobre a matéria. Na verdade esta pedra filosofal não se constituía necessariamente de um objeto, mas sim energia que podemos produzir, armazenar no chacra frontal e controlar seu uso em função das necessidades.

A cada quinze dias o “Consolador” vai às galerias e “dá uma olhada” nas “Placas” dos dimensionais e naquelas pertencentes aos dimensionais onde ele irá fazer o atividade de campo, ele faz nelas algumas correções necessárias ou modificações para anular algumas situações não desejáveis aos trabalhos vibratórios daquela ocasião.

Ao nível dos Núcleos do Projeto Portal está acontecendo uma reorganização geral, porque o Projeto Portal cresceu mais do que estava programado anteriormente. E, em relação a esta nova fase do Projeto Portal serão feitas apostilas padronizadas para o curso básico, para que os que estão entrando agora no Projeto Portal adquiram as mesmas informações. Estas apostilas serão distribuídas para todos os Núcleos, para que os dimensionais veteranos que administrarem estes cursos possam através delas terem um mesmo tipo de informação e direcionamento didático.

Portanto, em relação ao conhecimento básico, que todos tenham um mesmo comportamento, tenham uma mesma linguagem.

E, em relação a estes mesmos dimensionais que mais recentemente estão chegando ao Projeto Portal, eles devem também receber dos dimensionais veteranos as necessárias informações, para que eles neste seu momento inicial entendam pelo menos um pouco o que está sendo passado pelo “Consolador”, para que não “ficando perdidos e sem estimulo”, acabem por desistir de freqüentar os seminários ou os atividades de campo.

A questão trazida pelos vórtices no campo energético do individuo/dimensional é muito importante, porque se a energia estiver através do vórtice descendo, ele está com bloqueio sexual ou emocional ou ainda com os dois. Portanto, a energia subindo na forma de um vórtice no campo energético do dimensional é o ideal, inclusive, para o contato com os “Seres”, que acontecerá da melhor forma possível e o entendimento/conversação com eles também será melhor.

Nas fotos das auras tiradas ultimamente (agosto/2008) quando aparece a cor dourada, significa que o individuo/dimensional está com a sua energia/vórtice subindo, que ele tem “mediunidade” ativa e entenderá com mais facilidade o que os “Seres” dizerem.

Toda vez que o dimensional vai tendo contatos com compromisso, no local desta interação é gerada uma Energia Cósmico-Universal, que ele progressivamente vai com ela interagindo e manipulando com mais facilidade.

Na Estrada do Asthar na Fazenda Hotel Projeto Portal quando o dimensional estiver transitando por ela para a sua interação de contato e os “Seres” pedirem para ele que ele pare, ele deve parar imediatamente. E se ele escutar apenas uma sonoplastia ele deve parar também por um minuto e se neste período os “Seres” com ele não comunicarem verbalmente, ele deve continuar caminhando pela trilha.

Principalmente no momento do contato o individuo/dimensional não deve gerar um clima de fofoca e de competição, porque além dos “Seres” agirem vendo todos igualmente sem preferência por ninguém, estes sentimentos negativos tiram os participantes do equilíbrio e da sintonia necessária para o momento – no fundo é o dimensional “que se escolhe”, quando alcança os necessários padrões vibratório e evolutivo.

Dois dimensionais homens estão ultimamente (julho/agosto 2008) levando os mil quatrocentos e quarenta dimensionais para os contatos, entretanto os setenta e seis dimensionais anteriormente já contatados, não precisam obviamente ser levados neste sentido pelos dois, que poderão ser ajudados por estes outros dimensionais levando também os demais dimensionais ainda não contatados para os seus contatos compromisso.

A partir do momento que o dimensional/Projeto Portal passou a interagir na Estrada do Asthar com o Plano Sutil – com Seres da Nona Dimensão – através do vórtice de energia na horizontal, o “Consolador” na sua condição também de “Ajudador” não precisará ficar mais presente nestas interações de contato, controlando as presenças dos “Ultras”.

Sem mais a presença do “Consolador” o dimensional poderá ter o seu contato com as Energias Conscientes com os seus Corpos Sutis, que por possuírem corpos luminosos na forma de silhuetas, poderão “ser atravessados” pelo toque do dimensional, quando permitido.

O dimensional deve andar na Estrada do Asthar Sheran não só adaptando a sua visão física à escuridão, como deve também aguçar a sua percepção para aumentar o seu campo de visão periférica e possa ali aprender ativar as suas habilidades extra-sensoriais. E, nesta sua experiência ele poderá inicialmente ouvir vozes, conversas e sons musicais. Poderá também escutar ser chamado pelo seu nome, ouvir canções angelicais e risos de crianças como estivessem alegres e festejando.

Durante os atividades de campo será tentada a localização nas matas virgens destes locais, de um ponto energético-vibratório semelhante àquele da Estrada de Asthar Sheran, na Fazenda Hotel Projeto Portal, ou seja, um vórtice de energia na horizontal (portal), que permitirá ao dimensional em um plano mais sutil melhor desenvolver, perceber e conversar nestas interações de contato com Corpos Luminosos Conscientes e “ver” sondas deslocarem dentro dele.

Quando o individuo/dimensional andar na Estrada do Asthar Sheran para o seu contato sutil com o Divino, ele está paralelamente vivenciando um “momento neutro no mundo físico”, quando os “Seres” não poderão protegê-lo e, portanto ele não estará fisicamente resguardado, ficando a mercê do universo/plano físico. Então, ele terá que caminhar com cuidado, olhando onde pisa, iluminando a trilha com a sua lanterna acesa virada para baixo.

O individuo/dimensional à medida que vai alcançando o conhecimento, ele vai paralelamente desenvolvendo a sua percepção extra-sensorial e se tornando cada vez mais apto para manipular as Leis Universais também em outros níveis da manifestação. Segundo os “Seres” Cristo Jesus procedeu desta maneira, treinando para conseguir as suas habilidades na densidade da matéria terrena e superar os limites da terceira dimensão. E, se também não tivesse procedido desta maneira o “Consolador” também não teria superado estes limites, quando passou quatro anos no “Morro dos Arquivos”, trabalhando-se para aguçar a sua paranormalidade de efeitos físicos e pudesse agora em um outro padrão vibratório e evolutivo manipular as Leis Universais e contatar com os Seres Extraterrestres, Elementais, Ultras e com Seres Energéticos ou de Pura Luz, com eles “conversando” quase que corriqueiramente.

Translate »