Postado por

Sonda no Domo da Rocha/Jerusalém

Sonda no Domo da Rocha/Jerusalém
Print Friendly, PDF & Email

Tanto os textos quanto as imagens que compõem os quatro primeiros parágrafos desta pagina foram tirados da Internet. O local onde ocorreu o evento em 28 de janeiro de 2011, ele faz parte da história do judaísmo, do islamismo e do cristianismo. As imagens abaixo que mostram uma “sonda” junto ao Domo da Rocha, em Jerusalém e que foram tiradas de quatro diferentes filmagens, elas estão com uma determinada seqüência, com intervalo entre elas de trinta avos de segundo e apenas com os recursos de ampliação e de melhor iluminação do computador.

1 – É falado em relação ao lugar onde está o Domo da Rocha – em Jerusalém, que nele ficava o Templo de Salomão (“Primeiro Templo”) destruído por Nabucodonosor II, rei do Império Babilônico, após o cerco de Jerusalém em 586 a.C. E ali foi também, o local onde o segundo templo foi construído, para depois ser novamente destruído pelo general romano Tito, no ano de 70 a.C, restando agora apenas um pequeno segmento do muro exterior, que é conhecido como o Muro das Lamentações, que é sagrado para os judeus e que está localizado no Monte do Templo. Nas imagens abaixo a “sonda” aproxima do Domo da Rocha, dá um flash intenso e outro nem tanto, para depois deslocar para cima em alta velocidade e desaparecer.

UFO – Dome of the rock

 



2 – Na fé muçulmana, o Domo da Rocha e a mesquita de AL-Aqsa são locais muito venerados do Islã. Para os muçulmanos foi de uma pedra que está dentro do Domo da Rocha (da cúpula), que o Profeta Maomé subiu aos céus montado em seu cavalo EL Buraq. Ele estava acompanhado pelo Arcanjo Gabriel, que é o guardião do povo descendente de Ismael (os muçulmanos). Sua jornada a partir do Domo da Rocha continuou através dos sete céus, até que encontrou Deus (Allah). As imagens a seguir de outra filmadora e de outro ângulo de visão mais próximo do Domo mostram também o início do deslocamento da “sonda”, antes dela desaparecer.


 



3 – Durante as Cruzadas o Domo da Rocha foi dado à fé católica – para a ordem religiosa agostiniana. A mesquita Al-Aqsa foi transformada em estábulo real. Os Cavaleiros Templários configuraram a sua sede na Mesquita AL-Aqsa adjacente ao Domo da Rocha, durante grande parte do século 12. O “Templum Domini” como eles chamavam esta sua sede, foi destaque no selo oficial da Ordem dos Grandes Mestres e tornou o modelo de arquitetura para igrejas dos Templários em toda a Europa. Muitos cristãos acreditam e muitos escritos romanos parecem também confirmar, que o local onde está Domo da Rocha, foi onde Jesus teria sido julgado por Pôncio Pilatos. Nas imagens abaixo a “sonda” sendo registrada por uma terceira filmadora.



4 – O relatório do VKS russo afirma, ainda que o pulso de energia liberada pela “sonda” foi em sinal de 1420.377 MHz de freqüência, é quase idêntica ao forte sinal de rádio de banda estreita detectado pelo Dr. Jerry R. Ehman, em 15 de agosto de 1977, enquanto trabalhava em um projeto SETI (Search for Extra-Terrestrial Intelligence – Busca por Inteligência Extraterrestre). A freqüência de 1.420 MHz é significativa para os pesquisadores do SETI, pois o hidrogênio é o elemento mais comum no universo e ele ressoa em cerca de 1.420 MHz – assim, os extraterrestres poderiam usar essa freqüência para transmitir um sinal forte de rádio. As imagens abaixo de uma quarta filmadora estão como as anteriores posicionadas em uma determinada seqüência e elas mostram quando a “sonda” emitiu dois flashes e fez o seu deslocamento final, para quase instantaneamente desaparecer.


 



5 – O texto e as imagens deste quinto parágrafo estão relacionados à “Nave GNA”. As imagens abaixo de uma de suas “sondas” foram tiradas de uma filmagem feita no céu de Campinas/SP, no ano de 2001. Os seres das quarenta e nove raças que possuem Essência Especial e que trabalham em prol da Harmonia Universal, eles estão também trabalhando através da “Nave GNA”, para que restabeleça para a freqüência de genes energéticos os genes físicos dos seres humanos, que foram modificados por “seres negativos” de outros mundos, com a finalidade de manipulá-los como o seu receptor vivo de ondas – (mais informações na  Página Imagens – Sonda da GNA, neste Site). 



Muitos dos acontecimentos que são narrados no Velho Testamento e em outros livros tidos como “sagrados”, que citam “a presença viva de deus”, eles seriam de forma mais clara explicados pelos atuais conhecimentos da Ufologia Dimensional e não pelas inconsistentes informações de cunho religioso. Muitos ainda ignorando a existência de grandes vórtices de energia, chamam de “sagrados” os locais onde estão situados estes “portais”, que possibilitam “passagens” entre o plano físico e outros planos de existência e, vice-versa.

Os pesquisadores do Projeto Portal já conseguem “puxar”/ “chamar” não só a “Nave GNA” como outras de freqüências diferentes. Para eles já é uma fato corriqueiro utilizar de sua Força Mental, para que estas “Naves” se mostrem no mundo real. O Projeto Portal é uma “fantástica escola” de Conhecimento Universal adquirido através de experiências nele vividas pelos seus pesquisadores, quando manipulam Leis Universais para alcançar outras realidades de existência.

Esta edição do Site www.pegasus.portal.nom.br mostra este fato, quando procura acrescentar à presença da “sonda” junto ao Domo da Rocha – em Jerusalém. Há anos estes pesquisadores vêm aprendendo com conhecimentos tão próprios, interagir (inicialmente) com a quarta dimensão para alcançar depois a quinta dimensão e com ela a plenitude de consciência alem do mundo do dual – e também, alem dos conceitos do bem e do mal.

Translate »