Postado por

Trabalho coletivo de regressão na Sondas

Trabalho coletivo de regressão na Sondas
Print Friendly

No Local das Sondas, Fazenda Boa Sorte, Corguinho/MS-BR, no dia 09/10/1999, às 17h30min, iniciamos um trabalho de regressão coletiva para que pudéssemos voltar a este local, há seis mil anos atrás e posteriormente acessar os nossos arquivos cósmicos. Com os companheiros desta experiência que depois conversamos, apesar das nuanças da percepção de cada um, o fato da nossa chegada coletiva ali em um passado distante, foi intensamente percebida por quase todos.

A Montanha dos Arquivos não era fechada como é hoje. Ela era aberta e apesar da neblina formada pelo vapor da água da chuva que na regressão víamos naquele local há seis mil anos atrás, ainda assim, podíamos ver que esta grande cavidade construída na montanha era iluminada de dentro para fora, dando um toque surrealista à neblina, quando atravessada por esta luminosidade especial. Todavia, não identificamos as formas dos “seres” que ali, naquele momento, se movimentavam, o que conseguimos em outro trabalho mental do nosso despertar e em outro local.

O trabalho desenvolvido neste local naquele momento era metódico, porém intenso. Uma nave gigantesca circular pairava sobre as nuvens, mas, mesmo assim, era percebida uma intensa luz que dela saía, atravessando as nuvens. Ela estava estacionada sobre a Montanha dos Arquivos e sua luminosidade, por atravessar as nuvens, era às vezes confundida com os relâmpagos. Desta nave maior desceram vários e gigantescos “tubos”, que tinham a aparência de acrílico na cor leitosa com um brilho fosco, que flutuavam e penetravam nesta cavidade aberta da montanha.

No trabalho de regressão, pediram-nos que nos percebêssemos em uma nave. Percebemo-nos em uma nave dourada de um brilho ímpar, que estava envolvida numa faixa de luz alaranjada.

Da nave-mãe foi percebida a ordem: “cumpra-se a missão”. Esta ordem que vibra até hoje na Fazenda Boa Sorte e que captamos telepaticamente irradiada da Montanha dos Arquivos, é para uma missão especifica, que está codificada dentro de cada dimensional, que estava ali presente.

Translate »