Postado por

Via à Ascensão

Via à Ascensão
Print Friendly

De Conceição Campos (conceiçãogc@yahoo.com.br) – Março/2006

Neste momento critico da humanidade, quando o caos se instala em todos os setores responsáveis pela sobrevivência humana, milhares de pessoas através do Projeto Portal estão conseguindo fazer a ligação entre o mundo dos homens com o Mundo de Deus. Como uma “Antena Parabólica” para esta comunicação direta o Mediador é o responsável por esta sintonia e por este intercâmbio, que irão mudar a história da humanidade com o auxilio da mais Alta Hierarquia composta pelos “Engenheiros Siderais”, Seres Energéticos, Seres Dimensionais e planetários.

Nestes muitos anos de estudos e vistas à Fazenda Boa Sorte/MS-BR não foi fácil de início compreendermos este sistema avançado e complexo do desenvolvimento mental/vibracional que ali ocorreu, que ainda ocorre e que nos possibilitou/possibilita desenvolver uma “tecnologia” ligada às nossas faculdades para-normais, para contatar em diversos níveis os Seres da Grande Hierarquia Cósmica.

Pudemos aprender que para Deus, Usina, Força e Poder, Célula-Mãe, as coisas acontecem de uma forma inerente à vontade humana. Existe um mecanismo que sai do Eixo Central de onde toda criação se inicia e é dali que a Vontade Divina Se expande e Se realiza através da Grande Hierarquia Sideral formada por Seres, que sem questionamentos simplesmente executam o Grande Comando.

Entretanto, aqui na Terra o “ego” das criaturas que tudo comanda, sempre está acompanhado pelo orgulho, onde o status prevalece diante de conceitos, onde o preconceito permeia tão somente as aparências, decorando e condecorando o exterior revestido de títulos e de riquezas daqueles que julgam pelas aparências. O sentimento e o caráter das pessoas estão impressos na alma e esses valores são naturais em ricos e pobres. Mas, infelizmente a sociedade humana não se atém ao bem maior daquilo que seria a igualdade e o respeito humano.

A Alma humana é o Átomo Primordial que tudo cria através de vários mecanismos responsáveis pela formação dos seus corpos sutis. E à medida que a Alma deixa o seu Centro Irradiador de Luz e mergulha em direção às dimensões mais densas, a sua Luz vai deixando de Se manifestar na sua totalidade. É por isso que na Terra, um mundo da terceira dimensão, o ser humano tem apenas dez por cento de consciência. Os chamados para-normais como os profetas e avatares são na realidade seres dotados de mais energia, que conscientemente podem realizar através da sua freqüência mental/vibracional, o que a maioria dos seres humanos não consegue nem vislumbrar. Uma casa pode possuir todos os utensílios eletrodomésticos, que só terão significado se funcionarem através da energia elétrica. Portanto, nesta comparação simples tendo como exemplo o nosso cotidiano, a energia elétrica seria a Alma que faz tudo funcionar e os utensílios criados em função e para a utilização dela, seriam comparativamente o espírito.

Deus é um mistério que jamais será desvelado. Nós somos Energias Vibratórias provindas da Grande Sementeira da Criação Vibratória/da Grande Unidade, para que a Vontade Divina Se realizasse em todos os aspectos da Criação Manifestada. Iremos nos tornar em um momento no Tempo de Deus em Seres Ultra-dimensionais, Seres Energéticos, mas, não mergulharemos jamais de volta ao Útero Cósmico (Célula Mãe)…para quê? Para que voltarmos ao estado anterior no ventre da Grande Mãe, se o propósito de Deus foi a interação na matéria, criando para o mundo da manifestação e realizando-Se através da matéria? Seria como se todas as mães do mundo pudessem atrair de volta aos seus úteros maternos, todos os seus filhos já paridos.

É necessário que saibamos decodificar e interagir com as Leis de Evolução Mental, estabelecendo a conexão com a nossa Essência Vibratória, onde estão informações reais de como se deu a nossa Origem e qual o ponto do universo que pertencemos, de onde “saímos” quando a nossa Essência Se fragmentou ao deixar a Célula Mãe (Deus).

A “energia tradicional” relacionada com o “emocional/astral” difere totalmente na sua dinâmica da energia mental/vibracional, que está em sintonia com as novas freqüências vibracionais e que estão chegando ao planeta Terra, alterando velhas e viciadas formas do pensar e agir humanos. Enquanto a primeira abaixa nossa freqüência mental, nos deixando estacionários, isolados no tempo e espaço, proporcionando-nos um estado de preguiça mental sem os estados alterados de consciência, a segunda é totalmente dinâmica, acelera as nossas ondas cerebrais, elevando o nosso poder mental a níveis elevados de consciência, onde a visão e a compreensão do Mundo da Verdadeira Realidade fogem de todos os parâmetros, que regem o mundo tridimensional onde estamos aprisionados. A vibração mental interage diretamente com a Célula Mãe como Força Motriz que cria, mantendo e modificando tudo no Universo.

O “escolhido” é aquele que já consegue interagir consciente com seres de outras dimensões. Ele já decodifica que a Célula Mãe/Pai dentro de Sua Unicidade Magnífica cria os mundos, os seres e todos os organismos vivos que dão sustentação a Sua criação através da Trindade e que a partir Dela é que o Divino realiza todos os seus atos. Ele já sabe que Deus é inominado e que não entra na matéria, porque se Ele manifestasse a Sua presença, “entrando” em Suas Leis que regem a matéria, por mais sutil que Ele fosse tudo seria o nada não manifestado, com o Universo em ebulição e expansão não presente, porque as Polaridades em Manifestação só podem existir como Unidade na Mente Divina.

O “escolhido” é aquele também, que apesar de estar ainda no plano físico, já conseguiu acessar os Arquivos Cósmicos (Akáshicos) de forma física ou dimensional, através de sua “Placa”, que contem as informações tais como a sua Identidade ou Freqüência Cósmica (nome), seu Ponto de Origem no Universo, seu compromisso missionário na Terra e o conhecimento dos acontecimentos que poderão ocorrer até o ano de 2030, que é a data final do compromisso dimensional no planeta Terra. “Ao vencedor darei o maná escondido e lhe entregarei uma “Pedra Branca” onde está escrito na linguagem dos símbolos um nome novo, que ninguém conhece senão aquele que o receber”. (Apoc. 2,17).

Do mundo de Deus, passando por cima das diversas lideranças responsáveis pela ordem mundial, a “Pedra Branca/Placa” está sendo entregue aos “anônimos” assinalados na testa. Se, de acordo com as Leis Cósmicas a escolha está assim sendo feita, devemos com amor respeitar a Vontade Divina. Se esta iluminada escolha fosse por decisão humana, com certeza muitas das cúpulas religiosas que imperam na Terra seriam as escolhidas, contudo, na Luz da Sabedoria Divina irradiando as Suas Leis, vibram “Conceitos” que extrapolam os conceitos humanos e que fogem dos limites terrenos.

Quando tomamos conhecimento da “Placa”, fazendo a leitura de suas letras, símbolos, sinais e a tocamos, mudamos de vida e despertamos para outros níveis de consciência em uma renovação vibratória e intima de todo nosso Ser pela decodificação das passagens desta e de outras nossas vidas, que pareciam não ter sentido, que agora ganham significado profundo.

“E, faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal em sua mão direita ou na sua testa” (Apoc. 13,16). Portanto, o “escolhido” é ainda aquele que está assinalado em sua testa e que para ele não existem diferenças de propósitos e de idéias. Tudo hoje é muito claro e as evidências estão agora presentes para que as pessoas possam compreender e sentir um êxtase em poder ter acesso a uma das mais belas verdades inseridas ali no Apocalipse, com relação ao final deste Ciclo de Transição da Terra rumo à quarta dimensão, conforme está selado em seu capítulo 21 que diz o seguinte: “E vi um novo céu e uma nova terra, porque o primeiro céu e a primeira terra passaram e o mar já não existe”.

A Simbologia que cada dimensional a traz “marcada”/plasmada em sua testa na forma de símbolos gráficos é a sua assinatura cósmica, que o permite ser chamado para uma missão e se tornar o “escolhido” para a grande tarefa neste tempo de transição, ajudando “criar o novo homem” deste Novo Tempo, que interagirá consciente com a quarta dimensão. Ela mostra o ponto em que o ser dimensional se mostrou (manifestou-se) pela primeira vez no Universo e o registro das missões que ele já realizou em outros sistemas e constelações. A simbologia mostra ainda onde está noventa por cento da Energia da Essência deste ser dimensional, tudo o que se diz respeito ao que ele foi ou será e ao seu aspecto evolutivo no seu atual momento como individuo/dimensional na condição humana. Através dela o individuo/dimensional pode controlar qualquer situação “positiva” ou “negativa”, não apenas no sentido de seu despertar, conhecendo seus erros/acertos e débitos/créditos, mas, também, no sentido do despertar de seus semelhantes.

“Olhei e eis que um vento tempestuoso vinha do norte e uma grande nuvem com um fogo revolvendo-se nela com um resplendor ao redor e, no meio dela havia uma coisa como de cor âmbar, que saia do meio do fogo”. “E do meio dela saia à semelhança de quatro seres viventes. E esta era a sua aparência: tinham a semelhança de homem” (Ezequiel:1,4 e 1,5). “E o Senhor ia adiante deles, de dia numa coluna para guiar pelo caminho e de noite numa coluna de fogo para iluminá-los, para que caminhassem de dia e de noite” (Êxodo 13,21). “Nunca tirou de diante do povo a coluna de nuvem de dia, nem a coluna de fogo de noite”. (Êxodo 13,22).

Felizes são aqueles que têm olhos para ver e ouvidos para escutar, inteligência e discernimento para compreender o que tinham a dizer, porque eles estão conectados com seres de outras esferas e não a ídolos ou “homens de pedra”, quando em uma mesmice de milhares de anos venera “santos” e qualquer outra forma de pedra, gesso e madeira, entre outros materiais. A palavra paranormal na sua etimologia significa um ser que está além do normal. Portanto, é certo imaginarmos que seres humanos com determinados dons desde a antiguidade, já traziam em seu corpo energético “artefatos também sutis”, que os tornavam especiais na sua estrutura física, supra-física e mental, caso contrário, as suas presenças marcantes não seriam notadas na história da humanidade, cumprindo a função/missão a eles destinada.

É tal a simplicidade com que a Bíblia narra os fatos, que podemos entender nos exemplos anteriormente citados, que realmente durante o dia a luz do sol ofuscava o brilho intenso da coluna (nave), o que deveria parecer uma nuvem brilhante que os guiavam. Durante a noite é claro que o brilho da nave era intenso, como se fosse realmente uma coluna (nave) de fogo. Ninguém consegue ver estrelas durante o dia, a não ser o planeta Vênus chamado de estrela matutina quando está bem próximo da Terra, que é vista no céu com uma luminosidade apagada e que só chega ao máximo do seu brilho à noite. Hoje sabemos que houve um tempo como aquele de Abraão, que os chamados “deuses” falavam como os homens e habitavam entre eles, viajavam em suas carruagens de fogo (naves). Podemos “ler” (decodificar) no Velho Testamento, a presença de Seres Energéticos (Seres da Hierarquia Angelical) e extraterrestres em suas várias atividades aqui na Terra.

Basta lermos o que escreveu dois profetas importantes do Velho Testamento Isaias e Ezequiel sem distorcidos sentimentos religiosos, portanto, não com os sentimentos do espírito que é o nosso veiculo de energia material moldado pela Alma ainda alimentado de emoções, mas, com os sentimentos mais profundos da Alma que é a nossa Usina de Luz, é que vamos encontrar ali vários seres extraterrestres em suas “carruagens de fogo”, “nuvens de fogo”, entre outras formas de aparecimentos ou de manifestações.

Atualmente, o dimensional/Projeto Portal vê as “Luzes” das “Naves GNA e de Gemus”, que mais do que guiá-los, elas estão literalmente transformando-o ao nível do seu DNA físico e possibilitando-o que vibre cada vez mais em iluminados níveis de consciência pela ampliação de seu campo energético/aura e, portanto, confirmando até fisicamente uma antiga profecia tibetana que diz: “A Luz deixará de brilhar no Oriente e passará a luzir no Ocidente”.

“Em verdade vos digo que alguns há dos que aqui estão que não provarão à morte, até que vejam vir o filho do homem no seu reino” (Mateus.16,28). Jesus já naquele momento falava da imortalidade através da “Ressurreição”/Transmutação, que no aqui agora deve ser a meta de todos os dimensionais já despertos. Entretanto, “muitos serão chamados e pouco os escolhidos”. E, portanto, para que comecemos ainda na terceira dimensão retornar ao nível vibratório que perdemos, devemos estar realmente em missão e em um processo de auto-iluminação, para que consigamos transmutar em Seres Energéticos ou Seres Celestiais formados inteiramente por Energia. O nosso destino é nos tornarmos Seres de Luz ou “Anjos”, vestidos totalmente com “as nossas vestes brancas”, tecidas através da luz prateada de nossas camadas da aura.

Translate »